Seis milhões enfrentam o Enem hoje às 13 horas...


Seis milhões enfrentam o Enem hoje às 13 horas...


Alunos do ensino médio de todos os estados irão participar do exame que tem se tornado a chave de entrada para 95 universidades brasileiras.

Estudantes de todo o Brasil começam hoje a maratona de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012. No total, são 5.791.290 inscritos de todos os estados do país, dos quais 280.135 são do Paraná, número recorde de participantes. O exame, nos dois dias, tem quatro provas, cada uma com 45 questões de múltipla escolha e uma redação. As provas vão tratar de quatro áreas de conhecimento do ensino médio.
Para evitar problemas de segurança, o Inep, órgão do Ministério da Educação responsável pelo exame, tomou uma série de precauções. Os malotes das provas foram lacrados e serão escoltados até os locais de prova por 19,5 mil agentes de segurança que atuarão para garantir a distribuição do material aos 15.076 locais de aplicação, espalhados por 1.615 municípios. No total, o órgão mobilizou ainda 566.617 trabalhadores, dos quais 539.919 são fiscais.

Ainda assim, na última semana, o ministro da Edu­­cação Aloizio Mercadante não descartou possíveis imprevistos durante o Enem, mas garantiu que o ministério não poupou esforços para que a edição deste ano não registrasse os problemas das anteriores. Em 2009, um funcionário da gráfica de impressão das provas roubou uma delas, em 2010 foram registrados erros na prova amarela e discrepâncias entre os cadernos de provas e gabaritos e, em 2011, o Colégio Christus, de Fortaleza, teve acesso às questões das provas antes do Exame.
Para evitar fraudes, o Inep fez cinco versões diferentes das provas, identificadas pelas cores azul, amarelo, branco, rosa e cinza. As perguntas são as mesmas, mas aparecem em uma ordem diferente. Ao receber a prova, o candidato necessita conferir os dados pessoais registrados no cartão de resposta, na folha de redação e em outros documentos do exame.
Admissão
O Enem é usado para a admissão em 95 instituições no país, incluindo 38 institutos federais. No Paraná, algumas universidades optam pelo exame como única forma de ingresso, como é o caso da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), ou para complementar a nota dos alunos, como acontece na Universidade Federal do Paraná (UFPR).

1º dia tem provas de humanas e de ciências naturais
Hoje, os candidatos vão fazer as provas de Ciências Humanas que incluem as provas de His­­tó­­ria, Geografia, Filosofia e Sociologia, e Ciências da Na­­tureza, Química, Física e Biologia. As provas seguem até às 17h30. Amanhã, serão as provas de Matemática, Re­­dação e Linguagens, que englobam questões de Língua Portuguesa, Literatura e Lín­­gua Estrangeira (inglês ou espanhol). Nesse dia, os candidatos terão uma hora a mais para responder as questões, até as 18h30. Nos dois dias, o primeiro estudante só poderá deixar a sala após duas horas de prova.
Os candidatos deverão usar apenas caneta com tinta preta, com embalagem transparente. É obrigatório apresentar o cartão de confirmação do Exame e um documento de identificação original com foto. Quem não tiver o documento deverá apresentar Boletim de Ocorrência emitido no máximo 90 dias antes da data da prova e se submeter a uma identificação especial e preenchimento de formulário próprio.