‘Metralhas’ planejam plano do ano e se dão mal após confundir salas de Banco do Brasil


Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento


quadrilha de ‘Metralhas’ de Almirante Tamandaré, uma alusão aos ladrões do Tio Patinhas que sempre se davam mal na hora da conclusão do plano, fez jus ao apelido na madrugada desta quinta-feira (5). Eles tinham em mão a investida do ano contra uma agência do Banco do Brasil, no município da região metropolitana, mas não contavam com um erro de cálculo.
metralhas
Metralhas nunca conseguiam levar plano ao fim nas histórias do Tio Patinhas (Foto: Reprodução)
Segundo o delegado Hertel Reiben, de Almirante Tamandaré, o bando conseguiu fazer um buraco, mas errou a sala e caiu na de depósito de documentos. “Durante a madrugada eles fizeram o buraco e tentaram entrar na sala do cofre. Quando viram a besteira largaram tudo e saíram correndo”, contou à Banda B.
De acordo com o delegado não existem filmagens na área em que o buraco foi feito. “Só mesmo com a perícia para tentar descobrir algo por meio de digitais. Nenhuma pista no local, exceto por uma meia que foi usada para abafar o barulho durante a confecção do buraco”, concluiu