Paraná conquista o 3º lugar na Olimpíada Brasileira de Matemática


Da AEN

Os alunos das escolas estaduais do Paraná ficaram em terceiro lugar na 9ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep). No quadro geral, o Paraná conquistou 437 medalhas – 33 de ouro, 81 de prata e 323 de bronze. O desempenho das escolas paranaenses melhorou em relação a 2012, quando o Estado ficou em 5º lugar no quadro geral de medalhas.
O resultado da Olimpíada foi divulgado na última sexta-feira (29) pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa). Confira a lista completa (premiacao.obmep.org.br/2013/verMenuAlunosPremiados-PR.htm).
Minas Gerais e São Paulo ficaram em primeiro e segundo lugar, respectivamente. “Proporcionalmente ao número de alunos, já que as redes de Minas Gerais e de São Paulo são maiores, o Paraná teve um excelente desempenho. O resultado é importante porque demonstra que os professores de matemática têm desenvolvido um trabalho por meio de metodologias que facilitam a aprendizagem, por exemplo, a resolução de problemas, um dos focos da Obmep”, destaca a técnica do Departamento de Educação Básica da Secretaria de Estado da Educação, Lucimar Gusmão.
olimpiada-de-matemática-031213-bandab
Foto: AEN
Na edição de 2013, os alunos paranaenses quase dobraram o número de medalhas de bronze e também conquistaram 12 pratas a mais que na Olimpíada do ano passado.
A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas é dividida em três níveis. O primeiro é composto por estudantes do 6º e 7º anos do ensino fundamental. No segundo, fazem as avaliações alunos do 8º e 9º anos do ensino fundamental. Já o 3º nível é composto por estudantes do ensino médio.
A Obmep estimula o estudo da Matemática entre os alunos das escolas públicas, além de contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica. A Obmep, promovida pelos ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia, é realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Aplicada (Impa) e pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).
Todos os medalhistas são convidados a participar do Programa de Iniciação Científica da Obmep. As aulas ocorrem em universidades de todo o Brasil, com 160 polos presenciais. O objetivo é estimular o estudo da matemática nas escolas públicas e revelar talentos da área.
Ações
A Secretaria de Estado da Educação tem aumentado cada vez mais as atividades escolares de educação integral desde 2011 com mais atividades artísticas, culturais, esportivas, de iniciação científica e aprofundamento pedagógico que vão além do currículo regular.
A partir de 2012 os alunos da rede estadual do Paraná passaram a ter uma aula semanal a mais nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática do Ensino Fundamental.
As provas do Sistema da Avaliação da Educação Básica do Paraná (Saep) estão sendo aplicadas desde o ano passado em toda a rede estadual de ensino. Com os resultados das avaliações, professores, diretores e pais de alunos podem trabalhar as dificuldades e os pontos fortes dos estudantes de modo específico, de acordo com a realidade de cada escola.
Além disso, o Departamento de Educação Básica vem desenvolvendo formação continuada, inicialmente para os professores de Língua Portuguesa e Matemática, sobre a importância da leitura e da resolução de problemas para melhorar o processo de ensino e aprendizagem.