Socorrista diz a jornal que acidente dividiu capacete de Schumacher em duas partes



Uma das primeiras pessoas a se aproximarem de Michael Schumacher após o acidente revelou que o impacto foi tão forte que o capacete "estava dividido" em duas partes.
A declaração foi dada por um socorrista ao jornal alemão "Bild".
"Dava para ver uma grande quantidade de sangue", disse ele, que não teve o nome identificado.
O maior campeão da história da Fórmula 1 está internado em hospital de Grenoble, na França, em estado crítico. Ele bateu com a cabeça em uma pedra enquanto esquiava com o filho Mick, 14 anos, e três amigos da família em Méribel, estação nos Alpes Franceses, próximo à fronteira com a Suíça.
Schumacher passou por cirurgia para interromper hemorragia cerebral e está em coma induzido. Em entrevista nesta segunda-feira, os médicos não quiseram fazer qualquer previsão. "Ele está lutando pela vida", afirmou Jean-François Payen, chefe do departamento de anestesia do hospital de Grenoble. "No momento, não podemos dizer qual será o futuro de Michael Schumacher. Estamos esperando e tentando ganhar tempo."
Novo boletim médico deve ser divulgado apenas na manhã de terça-feira


.