Câmara enterra plebiscito para valer em 2014 e PT promete reagir




A maioria dos líderes da Câmara dos Deputados decidiu nesta terça-feira (9) descartar a realização de um plebiscito para discutir uma reforma no sistema político brasileiro com efeitos para as eleições de 2014.
A decisão foi tomada por líderes da base aliada e da oposição. O PT ficou isolado na defesa de um plebiscito imediato, como o Planalto sugeriu ao Congresso

Em resposta, os petistas devem começar a recolher assinaturas para tentar viabilizar um projeto de decreto legislativo propondo a consulta popular, mas os próprios deputados da legenda reconhecem que há dificuldades para avançar com a proposta na Casa.
São necessárias 171 assinaturas para que a proposta comece a tramitar na Câmara, mas, além do prazo apertado, outra dificuldade é a falta de consenso sobre o conteúdo do plebiscito. O PT espera contar com o apoio das bancadas do PC do B e do PDT_ sendo que juntos os três partidos reúnem 128 parlamentares.
O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disse que a proposta do plebiscito com efeitos para a disputa eleitoral de 2014 ficou inviável.
"Se aparecer uma proposta de plebiscito que recolha assinaturas, essa Casa poderá votar, não vai se furtar a votar, mas mesmo vindo o plebiscito só terá validade para 2016", afirmou.
O líder do PT, José Guimarães (CE), afirmou que a prioridade é trabalhar para um plebiscito neste ano e que pode negociar a validade das medida em outra etapa.
"O PT considera que dá, sim, para realizar o plebiscito em 2013. Nossa missão agora é recolher as assinaturas para conformar a ideia do decreto para a convocação do plebiscito. Esse negócio de tempo hábil quando se quer faz, quando se quer consegue", disse.
O líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ), afirmou que a proposta do plebiscito com uma reforma política em 2014 "foi enterrado e já teve até a missa de 7º de sétimo dia". Segundo ele, o PMDB pode até aceitar discutir uma consulta popular em 2014, junto com as eleições para não "ter custos. "Não queremos despesas".
"É uma questão que está superada. A grande maioria [dos líderes] reconhece que não tem como realizar [o plebiscito]", afirmou o líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO).
A ideia do plebiscito foi lançada pela presidente Dilma Rousseff há duas semanas como uma das principais medidas em resposta às manifestações nas ruas do país.
Na semana passada, os líderes da base aliada já informavam ao governo que não havia condições de realizar a consulta popular para direcionar uma reforma política com impacto nas próximas eleições.
O vice-presidente Michel Temer e o ministro José Eduardo Cardozo (Justiça) chegaram a descartar a medida na semana passada, mas recuaram depois de pressionados pelo Planalto.
Além de reclamarem de que Dilma atropelou o Congresso ao anunciar a consulta, os aliados apontam que o prazo de 70 dias estabelecido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para organizar e realizar o plebiscito torna a medida inviável.
Para uma reforma ter validade em 2014, o Congresso teria que aprovar as mudanças na legislação antes de 5 de outubro, um ano antes do pleito.

REFERENDO

Independente do plebiscito, a Câmara decidiu criar hoje um grupo de trabalho para discutir uma reforma política. Essa comissão, que será coordenada pelo deputado Cândido Vaccarezza (PT-SP), terá 90 dias para discutir projetos que proponham mudanças no sistema político. Entre as medidas podem entrar o fim do voto secreto no Congresso, das coligações proporcionais e das reeleições, por exemplo.
O petista deve fazer uma consulta aos representantes de grupos da sociedade civil organizada para discutir uma pauta de votação. Os deputados ainda vão decidir se a reforma política aprovada pelo Congresso será submetida a referendo.
O governo rejeita essa ideia porque acha que exclui a sociedade, que teria motivado esse debate, de orientar as alterações no sistema.
O referendo é defendido especialmente pelos partidos de oposição. "A maioria quer que o grupo de trabalho entregue a reforma política e depois a população siga se aprova por meio de referendo", disse o líder do PPS, Rubens Bueno.


O presidente da Câmara não se comprometeu com o referendo. Ele disse apenas que a reforma "poderá" ser submetida a consulta aos eleitores depois de aprovada.

Fonte: Folha de São Paulo

Indignação de um cidadão Colombense

Câmara Municipal de Colombo dia 09/07


Isso é educação e respeito?

Texto do meu amigo Marcio B. Souza Fausto.
O que vou falar aqui retrata sobre um protesto que aconteceu na Câmara dos Vereadores hoje. Há 2 semanas atrás eu vi um muito positivo de estudantes que souberam a hora de falarem, a hora de ouvirem e tudo foi do jeito que queriam, não fizeram nada agressivo, deram seu recado e apoiei com toda a certeza. Inclusive a fala do menino Giovani. Mas hoje, infelizmente vi a Juventude da Pastoral de um Vereador fazendo isso que está na foto. A foto é um pouco ruim, feita de longe por celular, mas traz a tona uma pergunta: Alguém disse para fazerem isso? Vi um cartaz com o seguinte dizer: "SOU JOVEM, QUERO EDUCAÇÃO!" E assim começam, sapateando em cima de um Patrimônio Público? Espero que tenham consciência e não se induzam, pois o assunto me preocupa. Quem me conhece sabe que fui por anos líder de um dos maiores movimentos jovens de Colombo, chamado Clan Kebradera, um grupo de dança que mostrou a muitos jovens o melhor caminho a seguirem. Estivemos envolvidos politicamente também, participamos até de um protesto pacífico na mesma Câmara na época, mas tudo com muito respeito. Por essa experiência e pelo trabalho que desenvolvo em meu blog hoje, eu quero ver o jovem protestando sim, é de direito, mas que façam sem vandalismo...A juventude que eu gosto de ver e promover, é aquela que canta, que dança, que desfila, que estuda seriamente, que pratica esportes. Enfim, esse é meu ponto de vista.

Legista diz que divulgação de laudo do caso Tayná foi precipitada e Sesp quer saber como vazou




“Foi pedido segredo de justiça e enquanto todos os trâmites não estiverem prontos não vamos concluir. Não temos nada de concreto. Tenho exames falsos, positivos, outros novamente falsos, outros positivos e, então, nesse momento só falaremos quando tivermos algo nas mãos”, declara o médico legista responsável pelo caso.
No entanto, a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp-PR) confirmou, por meio da assessoria, que o sêmen encontrado no corpo da garota Tayná Adriane da Silva não é de nenhum dos acusados pesos.  A afirmação rebate o próprio legista do caso que reitera: “Não há como comprovar ainda, não é uma ciência exata, é preciso cautela”, disse.
Na reunião,  além do médico, estavam presentes o  delegado-chefe da Divisão Metropolitana da Polícia Civil, Agenor Salgado, o delegado Silvan Pereira, da Delegacia do Alto Maracanã, o delegado responsável pelo caso até então, Fabio Amaro, da Delegacia de Pinhais, o promotor Ricardo Kassed, de Colombo, representantes da Polícia Cientifica, uma delegada da Corregedoria e o delegado Rafael Viana, da Secretaria de Segurança Pública. Falaram com a imprensa apenas o médico e o o delgado Salgado.
Salgado disse que as investigações podem ter ido por outra linha. “A polícia pode ter errado, sem dúvidas, mas não agiu de má fé”, limitou-se a comentar o delegado, que acredita ter uma quinta pessoa envolvida no caso.
O delegado Silvan Pereira, que teve as férias interrompidas, reassumiu o caso. O promotor Kasseb disse apenas que deve pedir segredo de justiça nas investigações.
Vazamento
A assessoria afirmou durante a reunião que a Sesp vai abrir sindicância para descobrir como a informação sobre o laudo vazou para a imprensa. A informação sobre o laudo da Criminalística foi divulgada pela primeira vez pela jornalista Joice Hasselmann nesta segunda-feira (8), que não revelou sua fonte.
O médico legista informou ainda que o laudo final deve sair em até 10 dias, porém, a perita do caso Jussara Joeckel disse há pouco que até sexta-feira (12) já será possível divulgar todos os laudos.

Fonte: Banda B
Por Elizangela Jubanski, Denise Mello e Bruno Henrique

II Conferência Municipal do Meio Ambiente será realizada em Colombo

Evento é a primeira fase que antecede etapa regional e nacional que tem o objetivo de implementar a lei dos resíduos sólidos

Resíduos sólidos. E este o principal tema da II Conferência Municipal do Meio Ambiente, que acontecerá a partir das 8 horas do próximo dia 31, no Pavilhão de Eventos do Parque da Uva, na Rua Marechal Floriano Peixoto, 8771, no Centro de Colombo. O evento é uma realização da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Meio Ambiente.
A Conferência Municipal é a etapa preparatória para as conferências regional, estadual e nacional, todas com o mesmo tema, com o objetivo de fazer com que Colombo colabore para a implementação da Lei 12.305/2010, que cria a Política Nacional dos Resíduos Sólidos, além de debater as principais demandas ambientais do município. Estas propostas, inclusive, podem ser levadas para as outras etapas.
O evento conta com quatro eixos temáticos de discussão: produção e consumo sustentáveis, redução dos impactos ambientais, geração de emprego e renda, além da educação ambiental. A conferência irá contar com apresentação dos painéis temáticos e palestras.
A conferência é aberta ao público, principalmente para moradores de Colombo, ONGs ambientais, empresas e estudantes. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas no local ou pelo site.
Mais informações:
Secretaria de Meio Ambiente de Colombo – Rua Marechal Floriano Peixoto, 8771, Centro (41) 3656- 4849.

Caso Tayná: Sêmen encontrado no corpo da menina não é dos 4 presos

Informação foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública do Paraná após sair o resultado de laudo da Polícia Científica que realizou exame de DNA

O sêmen encontrado no corpo de Tayná Adriane da Silva, de 14 anos, não é compatível com o de nenhum dos quatro suspeitos apontados pela polícia como autores confessos do estupro seguido de morte da adolescente. A menina foi encontrada morta no último dia 28 de junho em Colombo, região metropolitana de Curitiba, e desde o início as investigações apresentam contradições. A informação de que o material genético encontrado no corpo é incompatível com o dos suspeitos foi confirmada pela Secretaria de Segurança Pública na manhã desta terça-feira (9) após o resultado de um laudo feito pela Polícia Científica.
O inquérito do caso, no entanto, já foi entregue ao Ministério Público. De acordo com a assessoria da Sesp, depende do promotor o pedido de mais informações sobre o caso. Uma reunião foi convocada com todos os órgãos envolvidos nas investigações para definir uma nova linha de atuação no caso. Até o momento não foi identificado de quem é o sêmen encontrado no corpo da adolescente.
Reprodução/Facebook
Ampliar imagem
Tayná sumiu na terça-feira (25) nas proximidades de um parque de diversões em Colombo
De acordo com a Delegacia Alto Maracanã, em Colombo, quatro suspeitos de cometer o crime foram indiciados com base nas investigações: Sérgio Amorin da Silva Filho, de 22 anos, Paulo Henrique Camargo Cunha, 25, e Adriano Batista, 23, que teriam matado a garota após manterem relações sexuais forçadas com ela. Ezequiel Batista, 22, também foi indiciado, mas porque testemunhou tudo sem tentar impedir o assassinato e sem denunciar os comparsas.
O crime
Segundo relatos dos acusados, eles sabiam que a menina costumava passar por aquele caminho diariamente entre 17 horas e 17h30 e voltar entre 20h30 e 21 horas. De acordo com o delegado Fábio Amaro, que assumiu interinamente a delegacia, os presos já estavam arquitetando um plano de como violentá-la. Conforme análise da câmera de segurança do local, os quatro rapazes, que trabalhavam em um parque de diversões na região, teriam abordado Tayná na rua, em frente ao parque.
Um deles bateu na cabeça da jovem, que ficou inconsciente. Chegando ao local do crime, a menina teria recuperado parcialmente a consciência, então Paulo, Sérgio e Adriano se revezaram praticando sexo anal e vaginal na adolescente por aproximadamente uma hora. Ezequiel, no entanto, teria ficado apenas observando. Na sequência, um dos homens usou o cadarço da bota da menina para estrangulá-la.
Quando a morte se dá por asfixia mecânica, o corpo dá alguns sinais. Um desses indícios, segundo o delegado, é o surgimento de um bolo fecal, onde foi comprovada a presença de sêmen. Por causa da ocorrência desse novo indício, o delegado Amaro conseguiu com que os acusados prestassem um novo depoimento mais detalhado sobre o caso. Neste segundo depoimento os presos descartaram a suspeita de necrofilia, prática de ato sexual com cadáver, que havia sido apontada anteriormente.
Contradições
Declarações de uma perita, que investiga a morte de Tayná, no último dia 2 de julho, colocaram inicialmente em dúvida as conclusões da polícia sobre o crime. De acordo com Jussara Joeckel, do Instituto de Criminalística, a adolescente poderia não ter sido violentada, pois não havia sinais de violência ou luta no cadáver da jovem, comuns em caso de resistência aparente. Em entrevista ao portalParaná Online, Jussara disse que o corpo da menina estava com roupas alinhadas - de forma que apenas ela mesma poderia ter vestido -, com um cadarço no pescoço e tinha marca de pancada na cabeça.
Fonte: Gazeta do Povo

Jovens de Colombo participam de festa caipira no Parque da Uva

Integrantes do Programa Projovem Adolescente dançaram quadrilha e participaram de brincadeiras

Jovens fizeram uma animada apresentação de quadrilha
Muita alegria e descontração fizeram parte da festa julina realizada para os integrantes do Programa Projovem Adolescente, através Prefeitura de Colombo, por meio da Secretaria da Ação Social e Trabalho, no último dia 05, no Parque Municipal da Uva. Estiveram presentes, cerca de 100 pessoas, entre eles orientadores do Programa, alunos, servidores municipais e a secretária da Ação Social e Trabalho, Maria da Silva Souza.
Ao som de músicas típicas, muitas delas na voz de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, os adolescentes com trajes caipiras fizeram apresentações de quadrilha e teatro, relembrando as tradições do casamento na roça, além de apresentações musicais.
Sem esquecer a animação da festa do campo, nas barracas decoradas não faltaram as deliciosas comidas tradicionais como milho verde, pipoca, doces, pinhão, bolos, tortas, maçã do amor e cachorro quente. Outras atrações que chamaram a atenção e cooperaram com a euforia dos adolescentes foram às brincadeiras de pescaria e a dança da cadeira.
Para a secretária da Ação Social e Trabalho, Maria da Silva Souza, a realização desta festa tem como objetivo integrar todos os participantes do programa no município. “É muito importante reunir estes jovens, ainda mais em um momento festivo e de encerramento do primeiro semestre para interagir e avaliar o quanto é importante a união deste grupo”, comentou.
Integrantes do Programa Projovem dançando as tradicionais músicas do campo
De acordo com a coordenadora do Programa, Eliziane Jordão, a festa marcou o encerramento das atividades do primeiro semestre. O retorno está previsto para o próximo dia 22. “Ver brilhar de contentamento o rostinho de cada jovem é muito gratificante, e para o segundo semestre já estamos programando diversas outras atividades”, anunciou.
PROJOVEM
O Projovem é um Programa com o objetivo de oferecer aos adolescentes carentes de Colombo, atividades no contra turno com dinâmicas sócio educativas. Essas atividades têm a intenção de estimular no desenvolvimento de aptidões, senso de responsabilidade social e moral.
Segundo a coordenadora Eliziane Jordão, o Projovem atende jovens de 15 a 17 anos e o público alvo é, principalmente, adolescente com famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, ou que cumprem medidas sócio educativas. Os principais temas trabalhados no contexto das dinâmicas são Juventude e Direitos Humanos, Juventude e Meio Ambiente, Juventude e Trabalho, Juventude Esporte e lazer.

Onde Procurar o ProJovem no Município de Colombo:
As brincadeiras como a pescaria fizeram a alegria da garotada
CRAS Roça Grande – Rua Santo Pascoal Francheschi, 322
CRAS Rio Verde – Rua Getúlio Vargas, 473
CRAS Maracanã – Rua Abel Scuissiato, 40
CRAS Graciosa – Rua: Anair Bonato Tosin, 677
CRAS Guaraituba – Rua Pedro do Rosário, 786
ASMOV – Extensão turma Guaraituba – Rua do Ipê, 992
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no SITE: www.colombo.pr.gov.br.

Fotos: João Senechal/PMC