Provas para denunciar suspeitos de matar Thayná são insuficientes, diz MP


Tayná da Silva, de 14 anos, foi encontrada morta em Colombo, no Paraná.
É investigado se os quatro suspeitos foram torturados para confessar crime.




O Ministério Público do Paraná tem até segunda-feira (15) para apresentar ou não denúncia contra os quatro homens suspeitos de violentar e matar a adolescente Tayná Adriane da Silva, de 14 anos, em Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. Se isso será feito ainda não foi definido. O promotor Paulo de Lima afirmou que até o momento os indícios contra os suspeitos são insuficientes.

“Nós precisamos de confirmações de alguns depoimentos que nós temos como também precisamos de provas periciais. As provas periciais, algumas delas, não incriminam, até agora, os acusados, e nós temos pendentes outras, que nós precisamos avaliar o resultado. Os elementos que nós temos hoje não são suficientes para iniciarmos um processo contra eles”, afirmou o promotor. A menos, lembrou Lima, que surja uma prova testemunhal que os incrimine.

A jovem desapareceu quando voltava da casa de uma amiga. De acordo com a polícia, ela foi abordada pelos suspeitos presos, que trabalhavam em um parque de diversão da cidade. Ainda segundo a polícia, eles estupraram e depois estrangularam a adolescente. O caso indignou moradores, que protestaram e atearam fogo nos brinquedos do parque. O corpo de Tayná foi encontrado por moradores da cidade três dias após o desaparecimento em um matagal em frente ao parque de diversões. Após uma conversa com os suspeitos, a Ordem dos Advogados do Brasil, no Paraná, disse que os quatro suspeitos confessaram os crimes porque foram torturado.
O advogado dos suspeitos, Roberto Rolim de Moura Júnior, pretende esperar para solicitar à Justiça a liberdade dos quatro. Ele afirmou temer pela vida dos clientes. “Nós teríamos um problema. Será que esses meninos poderiam permanecer vivos?”, questionou o advogado.O Ministério Público abriu um inquérito para apurar se houve agressão. Os suspeitos realizaram novos exames de lesão corporal, que devem ficar prontos a partir de segunda-feira (15). O Ministério Público quer saber se as agressões ocorreram antes ou depois da confissão.

“Um crime horrendo não justifica um mais horrendo ainda praticado por agentes do estado. Então, nós queremos efetivamente esclarecer isso. Se houver uma relação mínima que seja, que gere uma dúvida, em nós promotores, de que essa confissão foi obtida mediante tortura, essa prova vai ser desconsiderada”.
Sêmen não é dos suspeitos 
Durante uma coletiva de imprensa na sexta-feira (12), o promotor Paulo Lima afirmou que um exame realizado no Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba indicou que o sêmen encontrado na calcinha daTayná não é de nenhum dos suspeitos. A prova, porém, na avaliação dele, não significa inocência.
“[O sêmen] Pode ser de uma relação consentida, que ela teve antes de ser morta. Então, nós temos que ter bastante cautela quanto a isso. Ele é um exame, na verdade, que ele não é afirmativo da responsabilidade dos suspeitos (...). Essa prova, na verdade, os beneficia, mas não exclui a responsabilidade de ter havido uma relação sexual em que não ocorreu a ejaculação. Além disso, não exclui a responsabilidade deles em relação ao homicídio", afirmou o promotor.
Fonte: G1/Globo

Prefeitura realiza obras no Morro Grande para prevenção de enchentes


Prefeitura realiza obras emergências no Morro Grande


"A Prefeitura Municipal de Colombo segue com força total com as obras emergenciais de recuperação do município. Ontem na Rua João Gusso, Bairro Morro Grande, na zona rural, estivemos acompanhando a obra de reparação e substiuição do manilhamento que não conseguia vencer o fluxo de água na região, causando alagamentos em toda área. A obra foi uma revindicação do Vereador Pastor Antônio junto a Prefeitura que atendeu com extrema urgência, devido ao fato dos moradores já estarem à anos solicitando esta obra com a antiga gestão, mas sem sucesso. Parabéns ao Vereador Pastor Antônio, que fez questão de acompanhar tudo de perto. Seguimos de olho em seu bom trabalho."



Vereador Pastor Antonio






Fotos: Márcio B. Souza Fausto


Audiência Pública mostra projetos habitacionais para a Vila Liberdade em Colombo

População pôde conhecer e ficar por dentro das ações que serão tomadas para regulamentação do bairro

Audiência pública reúne autoridades e moradores da Vila Liberdade
Os moradores da Vila Liberdade se reuniram na noite deste dia 11, no Colégio Estadual Professor Altair da Silva Leme, com autoridades da Cohapar e do município em uma Audiência Pública. No encontro foram apresentados projetos, como a resolução de pendências burocráticas, com a regulamentação da Vila Liberdade, melhorias na infraestrutura da região, como a pavimentação das vias. Essa iniciativa é uma parceria entre a Prefeitura Municipal de Colombo e a Companhia de Habitação do Paraná (COHAPAR).
A secretária de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Tânia Tosin, ressalta a parceria das duas instituições para as melhorias estruturais da cidade. “Com a resolução destas questões, e do apoio da Cohapar, estamos aos poucos conseguindo solucionar os problemas habitacionais e estruturais da população do município”, declarou.
População participa e tira dúvidas em reunião sobre a infraestrutura da região
A apresentação das iniciativas previstas para a região, foram destacadas pelo diretor de Regularização Fundiária e Relações Comunitárias da Cohapar, Nelson Cordeiro Justus, que pontuou sobre as regularizações de áreas, infraestrutura urbana, realocações e regularização para mais de 500 famílias da Vila Liberdade como também a previsão da implantar uma área de lazer para o local.
No evento estiverem presentes o vice-prefeito, Ademir Goulart, os secretários da Administração, Luiz Gilberto Pavin, da Agricultura e Abastecimento, Marcio Toniolo, do Meio Ambiente, José Carlos Moretes do Amaral, da Ação Social e Trabalho, Maria da Silva Souza, e os vereadores José Renato Strapasson (Pelé), Givanildo da Silva (Gilgera) e Sidinei Campos.
Projetos de regulamentação foram destaques na audiência apresentada pelo diretor da Cohapar, Nelson Cordeiro Justus
Além deles, participaram da audiência o Gestor Municipal da Sanepar, Aldemair de Brito, Roberta Alberti, diretora da Indústria e Comércio do município e representando Aziolê Cavallari Pavin, Secretaria da Educação, Cultura e Esporte, a chefe do departamento de Educação, Teresinha de Jesus Alberti.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br
Crédito: Bruno do Carmo/PMC

Prefeitura realiza obras para sanar transtornos ocasionados pelas chuvas

Ruas João Gusso, no Bacaetava e Presidente Faria, no São Dimas serão recuperadas

Rua João Gusso recebe novas manilhas para captação das águas pluviais
A Prefeitura de Colombo através da Secretaria Municipal de Obras e Viação, realiza uma operação de reparos em diversas ruas do município em função dos problemas causados pelas últimas chuvas, entre elas, a rua João Gusso, próximo ao Parque Municipal Gruta do Bacaetava, no bairro rural do Bacaetava.
Segundo o secretário da pasta de Obras, João Maria Rodrigues, a erosão e o alagamento na João Gusso, entre os bairros Morro Grande e Poço Negro, foram provocados pelo rompimento de uma tubulação, devido ao grande volume de águas da chuva. Porém, a medida de solução, ele afirma que foi a troca manilhas de dois metros de diâmetro. “Com certeza agora não teremos este tipo de problema nos próximos trinta anos”, garantiu.
Outra situação que Rodrigues considera um problema, porque vem acontecendo há vários anos, segundo relato dos moradores, é a depressão da rua Presidente Faria, no bairro São Dimas. O secretário afirma que já neste mês de julho iniciarão as obras no local.
A ação irá sanar o problema definitivamente, onde será feito um muro de contenção, drenagem e troca da tubulação. “Nossa intenção é resolver de uma vez por todas o problema e recompor o asfalto. A estimativa é que, após o início, a obra seja concluída no prazo de trinta dias”, pontuou.
Rua Presidente Faria terá nova drenagem e troca da tubulação
E para solucionar os problemas causados nos vários bairros da cidade pelas constantes chuvas, o secretário Rodrigues afirma ainda que, as operações tapa buracos nas ruas de asfalto já estão quase concluídas, e após, estas obras serão iniciadas nos pontos mais críticos das ruas de saibro.
Para tanto, vão ser realizadas limpezas de valetas, bueiros e patrolamento para nivelar as vias. O objetivo é devolver o acesso e o tráfego de veículos e pessoas nas ruas danificadas pelas águas.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br
Fotos: João Senechal/PMC

SERGIO, UM DOS ACUSADOS DE MATAR THAYNÁ CONTA COMO FOI TORTURADO


Sergio um dos quatro acusados


Sérgio, suspeito de matar a menina Tayná, contou em detalhes como ele e seus colegas apanharam nas delegacias e quais as maneiras de tortura utilizadas pelos policiais.


http://ricmais.com.br/pr/bg-curitiba/videos/suspeito-de-assassinato-explica-como-sofreu-tortura-na-delegacia/

Fonte: Programa Balanço Geral - RIC TV