Coordenadoras e auxiliares dos Centros de Convivência recebem capacitação em Colombo

Para contribuir com a melhoria da qualidade de vida, coordenadores e auxiliares dos Centros de Convivência recebem capacitação.

Coordenadores e auxiliares dos Centros de Convivência participam de qualificação.
A Prefeitura de Colombo, através da Secretaria de Ação Social e Trabalho, realizou nos últimos dias 18 e 19, a capacitação para Coordenadores e Auxiliares dos Centros de Convivência. Segundo a Secretária de ação Social e Trabalho, Maria de Souza Silva, o objetivo principal foi implementar o atendimento aos 1.200 idosos atendidos em várias atividades, como biodança, roda de conversa, estabelecimento aos vínculos familiares, forma de lazer para a terceira idade e inclusão social. A intenção é contribuir com a melhoria da qualidade de vida. “Muitas vezes estão carentes, as famílias com suas ocupações do dia a dia e eles depositam em nós, toda confiança. Precisamos honrar sempre este compromisso”, relata.
Cerca de 60 pessoas que trabalham nos 26 Centros de Convivência de Colombo participaram do curso.
Dinâmicas para trabalhar movimentos corporais fazem parte do curso de capacitação nos Centros de Convivência
Na ocasião, o tema central da palestra foi “Mitos do Envelhecimento e a Fragilidade do Idoso”, abordado pela Secretária. Outros assuntos de interesse da terceira idade também tiveram espaço, tais como “biodança – movimentos corpo, mente e espírito”. Além de temas relacionados ao Colombo Previdência sobre os direitos e deveres dos servidores municipais.

Cidadão curitibano morre em US 24 horas no Pinheirinho por negligência

US 24 horas do Pinheirinho

Sindicância vai apurar negligência na US 24h do Pinheiro


A Secretaria de Saúde de Curitiba vai abrir Sindicância nesta sexta-feira para apurar denúncias de negligência e descaso na Unidade de Saúde do Pinheirinho. A informação foi confirmada pelo Secretário de Comunicação, Gladimir Nascimento. “Estamos avaliando toda a situação. Não seremos injustos. Mas não vamos acobertar ninguém. Se houve negligência vamos tomar as medidas necessárias”, disse o Secretário.A decisão de abrir a Sindicância foi tomada depois de um tumulto que aconteceu por causa da morte de um homem que esperou por mais de 8 horas por atendimento e não resistiu. O homem diabético, hipertenso e com graves problemas renais deveria ter tido atendimento prioritário. Com a morte do pai um dos filhos passou mal e as cerca de 150 pessoas que aguardavam por atendimento se revoltaram. Os médicos e enfermeiros se esconderam e depois trancaram a porta da unidade com medo de serem agredidos pelo população indignada com o descaso. O homem que passou mal teve que ser atendido pelo Samu já que os médicos se esconderam.
Depois do tumulto os enfermeiros também pararam de atender. A situação só se normalizou no final da noite.

Blog da Joice

Delegado Silvan é preso pela Policia Rodoviária Federal no oeste do Paraná


Delegado Silvan Rodney Pereira


Ele era titular da delegacia do Alto Maracanã, em Colombo, onde quatro homens alegam ter sido torturados para confessar envolvimento na morte de Tayná Adriane da Silva


O delegado Silvan Rodney Pereira, que era considerado foragido desde o início desta sexta-feira (19), foi preso pela tarde próximo ao município de Laranjeiras do Sul, na região Centro-Sul do estado. Ele foi detido na rodovia BR-277, em uma operação coordenada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), com apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF).
Pereira era titular da Delegacia Alto Maracanã, em Colombo, unidade em que quatro homens alegam ter sido torturados para confessar envolvimento na morte da adolescente Tayná Adriane da Silva, de 14 anos. O mandado de prisão havia sido expedido na quarta-feira (17), pela Justiça da Comarca de Colombo, mas ele não havia se apresentado.
Advogado vai pedir liberdade de nove policiais
Antonio Senkovski
O advogado de defesa dos nove policiais detidos na DFRV, André Luis Romero, diz que vai entrar com pedido de liberdade aos seus clientes. Ele relata que pretende ingressar com a solicitação de habeas corpus ainda nesta sexta-feira (19). Romero disse que estava estudando o processo nesta manhã e que ainda era prematuro adiantar os argumentos que seriam utilizados na defesa.
Silvan viajava em seu carro, acompanhado da família - a mulher e duas filhas. Aos policiais que efetuaram a prisão, ele disse que passou férias em Foz do Iguaçu, no Oeste do estado e que se apresentaria ao Gaeco e à Corregedoria.
"Nós estávamos monitorando-o e quando ele se movimentou, saindo de Foz do Iguaçu e passando por Cascavel, nós pedimos à PRF que o abordasse e o prendemos", disse o coordenador do Gaeco, Leonir Batisti. Segundo o procurador, o delegado não parecia surpreso com a prisão.
O Gaeco já comunicou oficialmente a prisão à Corregedoria da Polícia Civil, para que providenciasse a transferência do delegado a Curitiba. De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, Silvan será trazido à capital ainda na noite desta sexta-feira e ficará detido em uma cela especial para delegados, em uma unidade policial localizada na Travessa da Lapa, ao lado do 1º Distrito Policial, no Centro da cidade.
Ao longo desta sexta-feira, a Gazeta do Povo tentou inúmeros contatos via celular com o advogadoCláudio Dalledone Júnior, que representa Silvan, mas o defensor não atendeu as chamadas.
Outras 13 pessoas já haviam sido presas: nove policiais civis, um policial militar, um guarda municipal, um auxiliar de carceragem e um preso de confiança dos policiais, que, como já estava preso, foi transferido de carceragem.

Fonte: Gazeta do Povo

MP-PR obtém, na Justiça, fornecimento do remédio Mimpara(Cinacalcet) a doentes renais da Comarca de Guarapuava - PR



A liminar foi concedida com base em ação civil pública ajuizada pela promotora de Justiça Andréia Cristina Bagatin, da 8ª Promotoria de Justiça da Comarca



O Juízo da 2ª Vara de Fazenda Pública da Comarca de Guarapuava (região Centro-Sul do Estado) determinou, em liminar, que o Estado Paraná forneça o medicamento “cinacalcete” aos pacientes da Comarca de Guarapuava que necessitem desse remédio, conforme orientação médica.
A liminar foi concedida com base em ação civil pública ajuizada pela promotora de Justiça Andréia Cristina Bagatin, da 8ª Promotoria de Justiça da Comarca (Saúde Pública). De acordo com a petição inicial, desde meados de maio deste ano, pacientes renais crônicos estão procurando a Promotoria de Justiça porque não conseguiram obter o remédio por meio do poder público. Ainda conforme a petição, doentes renais crônicos (que realizam cotidianamente hemodiálise) podem desenvolver uma doença secundária chamada “hiperparatireodismo secundário”. Para tratar essa doença, o SUS disponibiliza dois medicamentos. No entanto, os medicamentos só podem ser administrados aos pacientes que apresentem níveis estáveis de cálcio e fósforo. Caso não haja tal estabilização, o medicamento disponibilizado pelo SUS não pode ser utilizado e, então, o paciente permanece sem tratamento. 
O medicamento pleiteado visa a permitir o tratamento das pessoas que possuem essa doença - hiperparatireodismo secundário - e que não possuem níveis estáveis de cálcio e fósforo. 
Os gestores do SUS (Sistema Único de Saúde) relataram a impossibilidade de fornecimento administrativo do medicamento, o que levou a Promotoria a ajuizar a ação civil pública. 
Conforme a decisão judicial, que beneficia todos os pacientes que possuem o quadro clínico que impede o uso dos medicamentos usualmente fornecidos pelo SUS, o Estado tem dez dias para fornecer ininterrupta e gratuitamente o “cinacalcete”, na quantidade e pelo tempo em que haja prescrição médica subscrita pelos médicos especialistas credenciados ao SUS. 
Os medicamentos devem ser entregues pela 5ª Regional de Saúde do Estado do Paraná.
Fonte; Diário de Guarapauava


Por que parte da polícia não quer resolver o caso Tayná?


Algumas perguntas envolvendo o Caso Tayná continuam sem respostas. Talvez a mais importante delas, seja: Por que parte da polícia não quer resolver o Caso Tayná?
A pergunta é feita com base em fatos, e sabe como é, contra fatos não há argumentos. É evidente que existe uma pressão dentro da própria corporação para que não se descubra a verdade. Será que isso é só corporativismo? Ou será que há informações muito mais preciosas que precisam ser escondidas a qualquer custo?Para se ter uma ideia, hoje mesmo, o Presidente do Sinclapol, André Gutierrez disse que há um excesso na prisão dos policiais envolvidos na tortura dos quatro homens, que debaixo de pancada confessaram um crime que não cometeram. Ele disse ainda que é inconcebível nos dias de hoje falar em tortura e que tanto a polícia séria, quanto o Gaeco trocaram os pés pelas mãos.
O Presidente do Sinclapol tem razão num único ponto: de fato é inconcebível nos dias de hoje falar em tortura, ainda mais, quando quatro inocentes são espancados, sem chance de defesa, por homens que se vestem da lei para cometer crimes. E mais, são submetidos a todo o tipo de barbárie, como violências psicológicas e sexuais. Realmente é inconcebível.
O que aconteceu na família de Tayná poderia ter acontecido na família de qualquer cidadão paranaense e o que aconteceu com os quatro homens vítimas da barbárie também. Talvez com raras exceções, dos mais privilegiados pelo dinheiro e pelo poder. Modos que, esse é um caso de responsabilidades. É preciso apurar quem matou Tayná? O porquê do crime? Quais as circunstâncias e o porquê da farsa para incriminar quatro inocentes submetidos a tortura. A alta cúpula da Segurança e do Governo precisa dar as respostas e ficar de olhos abertos com o que acontece dentro do próprio quintal.
Fonte; Blog da Joice

NILTON PARCEIROS DO RIM NÃO É O SALVADOR DO POVÃO




Padre Luiz Fernando não comparece a Audiência

Companheiros do blog  como todos já sabem eu fui acusado  pelo ex-prefeito J.Camargo de ser o proprietário do blog SALVADOR DO POVÃO. Fui processado pela administração anterior, pelas irmãs do J. Camargo, as secretárias da Fazenda e de Administração Maria Amélia Camargo e Maria Rita Camargo e pelo ex vereador Onéias Ribeiro. Em todas as audiências marcadas esses RECLAMANTES  não compareceram. Então todos esses processos foram extintos. Como relatei na entrevista ao blog Ivan de Colombo, foi uma tentativa de intimidação pelo meu trabalho  em favor da candidatura da prefeita Beti Pavin.

No último dia 17 foi a audiência com o padre Luiz Fernando da Paróquia Santa Terezinha que também ingressou com ação me acusando de ser o dono do blog Salvador do Povão, em princípio a audiência estava marcada para o mês de setembro, mas como o padre foi nomeado Bispo na cidade de Pemba em Moçambique, o mesmo pediu a antecipação da audiência.   E no dia marcado o mesmo não compareceu, mas enviou dois advogados para representa-lo, ocorre que no Juizado Especial é  indispensável a presença física do RECLAMANTE.  Então foi iniciada a audiência onde os advogados do padre pediram a CONCILIADORA   que fosse transferida para outra data. A mediadora relatou que não poderia  fazer essa transferência, mas relataria na ATA os motivos alegados para o não comparecimento do padre. Os advogados do GOOGLE e do FACEBOOK, pediram o encerramento do processo pelo não comparecimento do RECLAMANTE NA AUDIÊNCIA. E minha advogada também pediu a extinção do processo pelo mesmo motivo.

ASSISTA ABAIXO MINHA ENTREVISTA AO BLOG IVAN DE COLOMBO


http://www.ivandecolombo.com.br/2013/07/caso-salvador-do-povao-padre-nao.html