Prefeita se reúne com o Conselho Comunitário do Santa Mônica



Representantes apresentaram as ações realizadas no bairro que vão desde segurança a separação do lixo

Moradores e empresários do Conselho Comunitário apresentam para a prefeita e para o secretário as inicitivas que estão sendo realizadas no bairro
A prefeita Beti Pavin acompanhada do secretário da Indústria, Comércio e Turismo, Antonio Ricardo Milgioransa, recebeu neste dia 04, em seu gabinete, representantes do Conselho Comunitário do Jardim Santa Mônica que apresentaram os trabalhos e iniciativas que estão desempenhando na sua região de abrangência.
“Este é um importante e significativo trabalho que este grupo está realizando, estou impressionada e fico muito feliz pela ação deste pessoal, e com certeza vamos querer levar e apoiar esta experiência bem sucedida para outros bairros da nossa cidade”, destacou a prefeita.
Na ocasião, os representantes do conselho formado por moradores e empresários, mostraram os trabalhos realizados na área da segurança, organização e separação do lixo orgânico e reciclável, e a integração que está sendo promovida entre a vizinhança no intuito de um proteger e cuidar do outro.
“Este exemplo de organização e de atuação cidadã será um canal de informação entre a comunidade e a prefeitura na realização e atendimento das demandas e projetos nos mais variados setores da gestão e da sociedade”, enfatizou o secretário Milgioransa.
Fotos: João Senechal/PMC
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br

Mais três mortes por gripe são confirmadas no Paraná



Casos aconteceram em Arapongas, Cornélio Procópio e Catanduvas. Ao todo, 58 pessoas já morreram em decorrência da doença neste ano


O número total de mortes por gripe no Paraná subiu para 58 nesta terça-feira (03), depois que mais três vítimas foram confirmadas pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa). Os pacientes eram dos municípios de Arapongas e Cornélio Procópio, no norte, e Catanduvas, no oeste do estado. Um deles tinha tuberculose, o que agravou o quadro clínico.
Apesar do aumento do número de mortes, o comportamento desde o início de julho é de redução da quantidade de casos registrados, segundo a Sesa. A queda deve se intensificar com o fim do inverno. De janeiro até agora, foram 1.416 confirmações no estado. Dessas, 154 aconteceram em Curitiba, 92 em Londrina e 73 em Maringá.
Segundo a Sesa, 90% das pessoas que morreram foram vítimas da demora ou inexistência de tratamento, enquanto 62% estão relacionadas a doenças crônicas pré-existentes na família. Os vírus responsáveis pelo maior número de mortes foram o Influenza A (H1N1) e Influenza B.

INCÊNDIO NO CENTRO DE CURITIBA NO FIM DA MANHÃ






Uma pessoa teve queimaduras de até segundo grau e uma cadeirante inalou fumaça no incêndio que foi controlado pouco antes das 12h30 pelos Bombeiros






Duas mulheres que estavam no apartamento que pegou fogo no Centro de Curitiba nesta quarta-feira (4) ficaram feridas. Uma delas teve queimaduras de até segundo grau e a outra, uma cadeirante que estava deitada em um quarto, inalou fumaça. As informações são do tenente Tiago Zajac, do Corpo de Bombeiros, em entrevista concedida ao Paraná TV 1ª Edição, da RPC-TV.


"Outras pessoas foram atendidas, mas mais pela questão do nervosismo e pelo transtorno que uma situação como essa causa. Quando chegamos, os outros moradores já tinham percebido o fogo porque a fumaça era bem grande. O apartamento ficou bastante destruído e ainda não foi possível dizer onde começou o fogo. As causas ainda são desconhecidas", informou o tenente.
O fogo começou pouco antes das 11h40, horário no qual o Corpo de Bombeiros foi acionado. As chamas consumiram um apartamento no 17º andar do prédio, que fica na Alameda Doutor Carlos de Carvalho, perto da Rua Visconde de Nacar. Uma equipe com quatro viaturas foi deslocada para atender a ocorrência. O primeiro dos carros chegou ao local às 11h49.
A Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) foi acionada para orientar o trânsito e bloqueou a alameda uma quadra antes do prédio, na altura da Alameda Cabral. A recomendação aos motoristas é de que, caso seja possível, evitem a região porque fluxo ainda está bastante prejudicado no entorno.
Fonte: Gazeta do Povo

Após vexame do deputado-presidiário, Câmara aprova o fim do voto secreto


As vésperas de novas manifestações, deputados acabam com o sigilo em todas as votações do Legislativo. Segredo do voto ajudou a manter o mandato de Natan Donadon


Às vésperas de uma nova onda de manifestações marcada para sábado, Dia da Independência, o Congresso Nacional corre contra o tempo para amenizar o desgaste provocado pela manutenção do mandato do deputado-presidiário Natan Donadon (ex-PMDB-RO). A Câmara aprovou ontem, por 452 votos a favor e nenhum contra, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 349/2001, que acaba com o voto secreto em todas as decisões do Parlamento. O texto segue para o Senado, que também deve apreciar até o fim deste mês de setembro a PEC 18/2003, que estabelece a perda automática do mandato após condenação com sentença definitiva.
“É de interesse das duas Casas conciliar [as votações] e entender que é preciso urgentemente dar uma resposta à opinião pública”, justificou ontem o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).
Agenda positiva
Quais são as propostas para tentar amenizar o efeito Donadon:
Fim total do voto secreto
A PEC 349/2001 passou sete anos engavetada e foi aprovada ontem em segundo turno pela Câmara. A proposta acaba com todas as possibilidades de votação secreta no Congresso e segue para apreciação do Senado.
Fim parcial do voto secreto
A PEC 196/2012 já passou pelo Senado e deve entrar na pauta do plenário da Câmara no dia 18. O texto prevê o fim do voto secreto para votações sobre cassação, mas mantém o sigilo para nomeação de autoridades e eleição da mesa diretora.
Cassação automática
A PEC 18/2003 determina a perda automática do mandato em caso de condenação definitiva (sem direito a recurso). A previsão é de que seja votada no plenário do Senado entre os dias 16 e 20 de setembro. Depois, segue para a Câmara.
Em Curitiba
A Câmara Municipal deve votar ainda neste mês a alteração do regimento interno da Casa e da Lei Orgânica do Município para pôr fim ao voto secreto dos vereadores da capital paranaense.
No Paraná
A Assembleia Legislativa já aprovou há vários anos a votação aberta para todos os casos. Mas uma decisão judicial impede os deputados estaduais a abrir o voto na eleição para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas.
Dê a sua opinião
Você acha que os deputados aprovaram o fim do voto secreto por medo de protestos contra eles? Por quê?
As cartas selecionadas serão publicadas na Coluna do Leitor.
A pressa em relação à PEC do Voto Secreto, entretanto, é novidade. A proposta havia sido aprovada em primeiro turno pelo plenário da Câmara há sete anos (por 383 votos a favor, nenhum contrário e quatro abstenções). E desde então permaneceu engavetada.
Atualmente, o voto secreto no Congresso existe em três tipos de deliberação: cassação de mandato, nomeação de autoridades e para a eleição da mesa diretora. A proposição aprovada ontem elimina todas essas possibilidades. Em paralelo a ela, outra PEC (196/2012) acaba apenas com o sigilo para votações sobre perda de mandato.
Alves disse ontem que a apreciação de uma PEC não inviabiliza a outra, que já passou pelo Senado e deve entrar na pauta do plenário da Câmara, em primeiro turno, no próximo dia 18. “Só não quero esperar até lá porque a resposta que a sociedade exige é para hoje”, declarou o presidente da Câmara. Pelos trâmites regimentais das duas Casas, há mais chance de a proposta que acaba com o voto secreto apenas para cassações ser votada antes.
Já a PEC que determina a perda automática do mandato em caso de condenação definitiva deve ser votada no Senado entre os dias 16 e 20. No ano passado, durante o julgamento do mensalão, o STF já havia definido esse entendimento, mas mudou de interpretação no mês passado, ao condenar o senador Ivo Cassol (PP-RO) a 4 anos e 8 meses de prisão por crimes cometidos quando foi prefeito de Rolim de Moura, no interior de Rondônia, entre 1998 e 2002.
Segundo o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-RN), a aprovação da proposta é “urgente” porque não faz “absolutamente nenhum sentido” manter o mandato de deputados que estão na situação de Donadon. Encarcerado desde 28 de junho no Presídio da Papuda, no Distrito Federal, Donadon foi condenado a 13 anos de prisão pelo Supremo Tribunal Federal (STF) pela participação no desvio de R$ 13 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia, no fim dos anos 1990.
Em votação secreta realizada há uma semana, 233 deputados votaram pela cassação do ex-peemedebista, 133 pela manutenção do mandato e outros 149 faltaram ou marcaram presença e não votaram. Para que ocorresse a perda do mandato, eram necessários 257 votos favoráveis.
STF decide na semana que vem se anula votação sobre caso Donadon
O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, disse ontem ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), que vai agendar para a próxima semana o julgamento do mérito, em plenário, do mandado de segurança que suspendeu os efeitos da sessão que manteve o mandato do deputado-presidiário Natan Donadon (ex-PMDB-RO).
Liminar
Anteontem, o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso concedeu uma liminar sobre o caso, mas não determinou a cassação imediata de Donadon. Alves declarou que só irá decretar a perda de mandato após um posicionamento definitivo do STF. Por outro lado, o presidente da Câmara determinou na semana passada, em decisão monocrática (individual), a suspensão do mandato do parlamentar preso e a convocação do suplente, Amir Lando (PMDB-RO).

Fonte: Gazeta do Povo

PROTESTO NO FERRY BOAT NO LITORAL

Construção da Ponte de Guaratuba está prevista na Constituição Estadual
Os moradores de Guaratuba prometem fechar o Ferry Boat que faz a ligação com o balneário de Caiobá no feriado de 7 de setembro. A principal reivindicação deles é a construção de uma ponte para substituir a balsa. O protesto é organizado pelas redes sociais e está marcado para começar às dez da manhã do sábado e continuar na noite de domingo.
Foto: Correio Atlântico
Foto: Correio Atlântico
Fonte: Blog da Joice

Agentes penitenciários querem audiência com Beto Richa

20130903-145514.jpg

Foto: Juliano Pedrozo/blogdajoice.com
Desde ontem agentes penitenciários permanecem acampados em frente ao Palácio Iguaçu. Eles querem uma audiência com o governador do estado, Beto Richa, para reivindicar melhores condições de trabalho e reajuste salarial. Durante todo o dia será feita uma operação padrão nas penitenciários do Paraná.
Fonte: Blog da Joice

Secretaria de Obras e Viação inicia serviços nos bairros Guaraituba e Embu


Aumento do diâmetro das tubulações e limpeza de entulhos das ruas são medidas que pretendem eliminar riscos e danos causados pelas enchentes

Obras tiveram início no mês de agosto e a previsão é de que em outubro estejam finalizadas
Mais uma ação está sendo feita com o objetivo de eliminar os danos causados pelas enchentes em Colombo. O mês de agosto marcou o início destas obras e esta é a meta estipulada como uma das prioridades da gestão da prefeita Beti Pavin, que começou beneficiando três ruas do bairro Guaraituba e uma do bairro Embu.
No Guaraituba, as ruas que receberão tubulações novas, são: Arapongas, Araucária e Atalaia. As obras começaram na segunda semana de agosto e tem previsão de término para outubro. Já no bairro Embu, a Rua das Oliveiras, foi selecionada para receber as obras iniciais, que irão até o final deste mês de setembro.
De acordo com o secretário de Obras e Viação, João Maria Rodrigues, as obras têm como principal objetivo conter os prejuízos que as chuvas do começo do ano, que acontecem com maior intensidade, geram. “Esse é o primeiro passo que a secretaria de Obras e Viação deu em relação às enchentes, pois víamos a necessidade urgente de combater os danos causados pelas chuvas, principalmente as que acontecem no verão”, explica.
Ruas do Guaraituba e do Embu serão as primeiras beneficiadas no programa de prevenção de enchentes
Além da troca das manilhas, que terão um diâmetro maior (1,20 por 0,80cm) – facilitando o escoamento da água das chuvas, será feita a limpeza de entulhos nas diversas ruas do município, o que irá auxiliar no projeto de prevenção das enchentes.
O secretário defende que essas medidas mostram que as melhorias prioritárias são aquelas que interferem diretamente na vida dos moradores de Colombo. “Os projetos visam melhorar a vida das pessoas, demonstrando o comprometimento que temos com a população. Esses bairros foram escolhidos para serem os primeiros, mas iremos continuar o projeto em outras regiões”, conclui.
Fotos: João Senechal/PMC
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br