Após visita a ministro do TSE, Marina diz que Rede deve ser aprovada



Após uma visita ao ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Marco Aurélio Mello, a ex-senadora Marina Silva disse que a Rede Sustentabilidade deve ter seu registro de partido aprovado pela corte devido à sua “legitimidade social”.
marina_silva
“Nossa conversa com os ministros é no sentido de mostrar a eles a legitimidade do pleito que estamos apresentando. Após um processo de mobilização, de coleta de assinaturas, que dentro dos prazos respondeu os quesitos legais para a formação do partido. E ainda temos o aspecto da legitimidade social”, disse.
A legitimidade, segundo Silva, vem das 668 mil assinaturas coletas pela Rede no processo de criação do partido. No entanto, do montante, somente 455 mil foram certificadas por cartórios, um número inferior às 492 mil exigidas por lei.
Para a ex-senadora, os cartórios teriam anulado de maneira ilegal 95 mil assinaturas, o que impediu a nova sigla de entregar o mínimo legal de apoios à criação do partido. Silva espera que, apesar disso, o pleno do TSE aprove o registro da Rede.
“Nós temos cerca 455 mil certificadas e as 95 mil que estão dentro da norma legal e foram indevidamente anuladas. Essas assinaturas serão apreciadas pela Corte no sentido de nos fazer justiça”, afirmou Marina.
Fonte: Blog da Joice