Roçadas e limpeza de vias públicas são mantidas em Colombo


Equipe composta por 23 servidores intensificam roçadas e podas de árvores em todos os bairros do município

Também os terminais urbanos são alvos da equipe que diariamente estão nas ruas da cidade fazendo Colombo uma cidade melhor e mais limpa
Passado o inverno rigoroso, o crescimento da vegetação se acelera e rapidamente espaços públicos nos passeios parques e praças, são tomadas por capinzais. Uma equipe coordenada pela Secretaria Municipal de Obras e Viação desenvolve trabalhos diários de roçadas e podas de árvores em todos os bairros e área rural do município.
Ao todo são 23 servidores que com suas ações diárias contribuem decisivamente para a melhoria da qualidade de vida ao combaterem vetores de doenças, melhorando a segurança pública e garantindo uma boa imagem da cidade. Segundo o Diretor da Secretaria Osmar Alberti, que coordena estes trabalhos, a equipe é dedicada e muitas vezes, mesmo com o mal tempo, estão nas ruas recolhendo entulhos, roçando e limpando literalmente a cidade.
A coleta dos entulhos resultantes da roçada é feita com veículo próprio da Prefeitura
O volume de trabalho é grande, segundo o coordenador e passada a etapa em que as árvores precisam ser cortadas e com o aumento da temperatura e o período das chuvas, o mato cresce rápido o trabalho se avoluma. “A cidade já está ficando bem mais limpa, entulhos a gente já está vendo bem pouco e estamos fazendo de tudo para deixar essa cidade maravilhosa, porque este é o compromisso da nossa equipe.” Conclui Alberti.
Fotos: João Le Senechal

APAE de Colombo é a primeira do Paraná a participar de competição estadual de Fanfarra


Campeonato Paranaense deu a chance para alunos da instituição da cidade mostrarem seus talentos

Alunos da APAE de Colombo tem participação inédita em competição estadual de fanfarras
Os alunos da Escola de Educação Especial Santa Gemma Galgani, mantida pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) em Colombo, participaram do 22º Campeonato Paranaense de Fanfarras e Bandas. Na competição que aconteceu em União da Vitória, Sudoeste do Paraná, os alunos puderam apresentar o resultado das aulas da fanfarra da instituição, que começaram há cerca de quatro meses.
O evento, que foi realizado pela Federação Paranaense de Fanfarras e Bandas, contou com a inédita participação dos alunos especiais da Apae de Colombo que competiram com outras 38 equipes de todo o Paraná, representantes de instituições, municípios e/ou escolas regulares. A participação dos alunos da APAE na competição foi uma parceria de esforços entre a instituição e a Prefeitura Municipal de Colombo.
Ensaios acontecem há quatro meses e tem o auxílio de professores e voluntários
De acordo com o presidente da APAE de Colombo, Cleverson de Souza, a parceria entre as instituições é de fundamental importância para a realização de ações como esta. “A contribuição do executivo da cidade foi essencial para que os alunos fossem participar do campeonato, motivando eles para se desenvolverem a aprenderem novas atividades”, conta.
Os cerca de 20 alunos que viajaram na companhia de cinco professores, puderam interagir, conhecer e competir com outros participantes. De acordo com a diretora da escola, Rita Aparecida da Silva, essa interação e inclusão é fundamental para o desenvolvimento dos alunos e a inclusão social.
“A participação inédita de alunos da APAE no evento foi uma oportunidade de mostrar a todos que eles podem competir de igual para igual, promovendo a auto estima deles e a igualdade, que é fundamental para nossa sociedade”, defende.
Prêmios recebidos pelos alunos motiva a busca pela independência e satisfação
Comprovando esta capacidade, os alunos da APAE trouxeram para Colombo o 1º lugar de banda de percussão especial, 1º lugar de linha de frente e o 1º lugar de mór de comando – função que comanda a Fanfarra. E este sentimento de realização foi percebido por todos, como conta a diretora da instituição, Rita.
“Para eles só basta a oportunidade de mostrar que eles são capazes, e este sentimento de conseguir fazer algo em uma competição estadual refletiu até na própria família dos alunos”, conclui.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG -colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK:facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial:www.colombo.pr.gov.br

Diretores e professores se encontram com a prefeita Beti Pavin


O objetivo do encontro foi reafirmar os compromissos da prefeitura com a classe e com o ensino do município

Prefeita Beti Pavin conversa com os profissionais da educação
A prefeita Beti Pavin acompanhada da sua equipe da secretaria da Educação, Cultura e Esporte, esteve reunida na manhã desta sexta-feira, 04, na Regional Maracanã, com representantes das escolas e Centros Municipais de Educação Infantil – CMEI’s, de Colombo. Estiveram presentes diretores, professores, coordenadores e educadores das 80 unidades públicas de ensino.
O objetivo do encontro foi reafirmar os compromissos da prefeitura com a classe e com o ensino do município. Em um memorando entregue à categoria, Beti reiterou os compromissos já assumidos que é o de ampliar a hora atividade, que já passou de 20 para 25%, no último mês de agosto e o aumento já concedido de 8%.
Ainda no documento entregue a todos os participantes, consta que já está em trâmite o início dos estudos objetivando a revisão do plano de cargos e salários com a participação direta dos profissionais da educação, como também o acordo de cumprir integralmente a determinação do piso nacional do magistério com definição de reajuste de 12% para os professores e de 19% para os educadores infantis a partir de janeiro de 2014.
“Reafirmo para todos vocês que a nossa prioridade é o da qualidade da educação, é, sempre foi, e sempre será, e para isso que estamos aqui. Precisamos avançar, em todos os sentidos, inclusive o de valorizar os professores, mas para tanto, necessitamos passar este ano, que está no fim, para que em 2014 possamos avançar num pequeno espaço de tempo”, disse a prefeita.
Para completar, Beti Pavin enumerou alguns problemas que teve que resolver até o momento. “Tivemos que colocar a casa em ordem, e conseguimos neste 2º quadrimestre, encerrado em 31 de agosto, a certidão do Tribunal de Contas, e finalmente Colombo está em dia com a Lei de Responsabilidade Fiscal, sendo assim, é possível iniciar os avanços para Colombo e também para a educação”.
Fotos: João Senechal/PMC
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG -colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK:facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial:www.colombo.pr.gov.br

PPS e PTB formalizam convite para Marina ser candidata ao Planalto em 2014

Um dia após a Justiça Eleitoral barrar a criação da Rede Sustentabilidade, o presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire (PPS), utilizou o Twitter nesta sexta-feira (4) para convidar a ex-senadora Marina Silva para se filiar ao partido e disputar a presidência da República em 2014.
"Solidário reafirmo convite do @pps23 para que junto com a Rede se integre conosco para ser candidata e disputar 2014!", escreveu Freire em seu microblog.
Na avaliação de Freire, a participação de Marina na corrida pelo Palácio do Planalto é fundamental. "Quando ela [Marina] resolveu criar a Rede, o PPS ajudou. Eu mesmo fui um dos signatários do apoio à criação do partido. Achamos que Marina expressa o desejo da cidadania. É importante para a sociedade brasileira termos um candidato com a expressão que ela tem", afirmou o presidente do PPS, lembrando, ainda, do convite feito pelo partido à ex-senadora para que se filiasse à legenda no início deste ano.

O presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire, formaliza convite para Marina se filiar ao partido



PTB
deputado estadual Campos Machado, secretário-geral do PTB, também ofereceu nesta sexta-feira (4) espaço para que a ex-senadora se filie à sigla e dispute a Presidência pelo partido nas eleições do ano que vem.
"Ela é a Getúlio Vargas de saia. O programa do PTB --com a questão das leis trabalhistas, nacionalismo, Petrobras-- está em total conformidade com o que ela vem pregando", diz.
Para formar a Rede, Marina tem adotado o discurso de renovação da política e de crítica a estruturas partidárias existentes. A busca por fontes de energia alternativas ao petróleo também faz parte do programa da Rede.
Apesar disso, ele diz não ver incoerência. "Novo mesmo, só se ela formasse o partido, mas o PTB é a opção para ela continuar a pregação dela dentro da sua linha programática."
Campos disse ter contatado aliados da ex-senadora e afirma aguardar resposta. "Estamos querendo deixar uma outra opção para ela, mas sem constrangê-la."
ANÚNCIO
A ex-senadora deve anunciar na tarde de hoje seu futuro político. Nos últimos dias, ela recebeu convite de sete legenda. Para disputar as eleições de 2014, ela precisa estar filiada a um partido político até sábado.

Pastor Valdemiro Santiago pede R$ 21 milhões aos fiéis para pagar dívidas da igreja


PASTOR PASSA A SACOLINHA NOS TEMPLOS
Com voz chorosa, desesperançoso e cabisbaixo, o apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, iniciou nesta semana uma campanha para a arrecadar ao menos R$ 21 milhões para pagar dívidas da igreja, especialmente as referentes ao aluguel de horário do canal 21, do Grupo Bandeirantes.
A igreja arrendou a emissora praticamente por 24 horas por dia e agora está com dificuldades em cumprir a obrigação...

ALÉM DISSO...
Valdemiro afirma que há vários templos com aluguéis atrasados, além de atrasos no pagamento de outros horários locados em rádios e TVs Brasil afora. Um especialista em igrejas, ouvido por esta coluna, que pede para não ser identificado, afirma que dois fatores prejudicaram substancialmente a Igreja Mundial, e que esses fatores ameaçam até a existência da linha evangélica:
Motivo 1)
A tentativa de crescer rápido demais e sem controle algum sobre a contabilidade; ou seja, a igreja contou que podia crescer mais rapidamente até que a Igreja Universal, mas confiou demais na generosidade dos fiéis; acontece que os fiéis (classes C e D, principalmente) já estão com outras dívidas e pararam de colaborar tanto. A Igreja Mundial quis crescer mais e mais rapidamente do que o possível.
Motivo 2)
A guerra deflagrada pela Igreja Universal contra a Mundial, no ano passado. Por meio da Record, a Universal exibiu reportagens que acabaram com a saúde contábil da Mundial, que acabou investigada pelo Ministério Público e, principalmente, pela Receita Federal. A Igreja teve de vender propriedades, gado, se desfazer de templos... Enfim, entrou num verdadeiro gargalo financeiro. Esse gargalo está agora se apertando ainda mais.
Mastrangelo Reino - 31.ago.2011/Folhapress
Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial
Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial

Após chuva, atendimento no setor de alvarás da Prefeitura de Curitiba e na Urbs é afetado



O temporal que atingiu a Grande Curitiba causou estragos na rodoferroviária e vários setores da Urbs não funcionam nesta sexta-feira. Serviços como compra de crédito transporte, carga de cartão, regularização de Estar, estão suspensos. A rodoviária funciona normalmente.
00138022
Foto: Jaelson Lucas/SMCS
O prédio da Urbs ficou destelhado com o deslocamento de peças de cobertura que caíram sobre dois carros. Três pessoas ficaram feridas e foram atendidas pelo Siate. Funcionários e clientes da Serra Verde Express foram retirados do prédio e a área foi isolada pelas autoridades.
Foto: Evandro Bressan/SMCS
Foto: Evandro Bressan/SMCS
O setor de alvarás da Prefeitura de Curitiba não funciona hoje. Um vidro quebrou durante o temporal e 500 documentos ficaram molhados. Os demais serviços funcionam normalmente.
Pelo menos dez escolas e creches municipais sofreram algum tipo de dano durante a tempestade.
Com informações da Prefeitura de Curitiba.

4,5 mil casas continuam sem energia em Curitiba e região após tempestade

Situação mais crítica ocorre nos bairros Mercês, Vista Alegre, Centro, Centro Cívico e Santa Felicidade. Prefeitura está sem energia e Urbs cancelou atendimento ao público

Pelo menos 4,5 mil casas amanheceram sem energia elétrica em Curitiba, São José dos Pinhais e Quitandinha nesta sexta-feira (4). O problema ocorre depois que uma tempestade atingiu a capital na tarde desta quinta-feira (3). No horário de maior impacto ao fornecimento de energia elétrica, 64 mil unidades ficaram no escuro. A previsão é de que tudo volte ao normal até o meio-dia, segundo a Copel.
Os bairros com mais unidades consumidoras sem energia em Curitiba são Mercês, Vista Alegre, Centro, Centro Cívico e Santa Felicidade. Além de São José dos Pinhais e Quitandinha, também teve problema com a luz nesta quinta a cidade de Campo Magro. Os ventos, que passaram os 70 km/h, segundo a Copel, derrubaram galhos e árvores sobre a rede, rompendo cabos e derrubando postes.
Leia mais
Cerca de 25 minutos de chuva, ventos fortes e granizo causam estragos em 19 bairros e afetam a rotina de milhares de pessoas
Com duração de 25 minutos e ventos de até 80 km/h, temporal foi resultado de uma frente fria que passou pela capital e cidades da região metropolitana
Chuva torrencial no Centro de Curitiba causou congestionamentos, desligou semáforos e fez o comércio fechar as portas mais cedo
Região que concentra prédios públicos ficou tomada por galhos e troncos. Parece até que um tornado passou pelo local
A Rodoferroviária de Curitiba sofreu danos com o temporal de ontem. Parte do teto da operadora de turismo Serra Verde Express cedeu

Aniele Nascimento / Agência de Notícias Gazeta do Povo
Aniele Nascimento / Agência de Notícias Gazeta do Povo / Desde esta quinta, Prefeitura tem equipes nas ruas para atuar na retirada de árvores derrubadas pelo ventoAmpliar imagem
Desde esta quinta, Prefeitura tem equipes nas ruas para atuar na retirada de árvores derrubadas pelo vento
Diversos prédios públicos foram atingidos, entre eles a Prefeitura Municipal de Curitiba, que permanece sem energia elétrica. A Urbs também sofre com os impactos da chuva e informou que suspendeu o atendimento ao público na Rodoferroviária, inclusive a venda de créditos de cartão transporte.
A empresa que administra os ônibus da capital informa que, apesar de não haver atendimento ao público, o sistema on-line funciona sem restrições. Os usuários podem comprar passagens pelo site e acessar a página normalmente. Os demais prédios da Urbs que tem atendimento, como as Ruas da Cidadania, receberão os usuários para outros serviços – já que não há venda de passagens nesses locais.
A Secretaria Municipal de Trânsito (Setran) informa que cruzamentos amanheceram com sinaleiros desligados. Às 8h30, tinham problema, por exemplo, os que ficam na Rua Teffé com as ruas Hugo Simas e Tapajós e da Nilo Peçanha com a Carlos Pioli, no Bom Retiro; e na Amintas de Barros com as ruas Dr. Faivre e General Carneiro, no Centro.
Por meio do Twitter, a Prefeitura de Curitiba informou que a previsão para restabelecer os semáforos é o início da tarde desta sexta. A entidade informa que agentes de trânsito orientam o tráfego nas ruas e a Defesa Civil atua em diferentes pontos da cidade.
Fonte: Gazeta do Povo

Após derrota no TSE, Marina diz que coerência definirá seu futuro



Ex-ministra reuniu-se durante a madrugada desta sexta para discutir possível filiação a outra legenda

Após a derrota no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a ex-ministra Marina Silva reuniu-se durante a madrugada por seis horas com militantes envolvidos no processo de criação da Rede Sustentabilidade para discutir uma possível filiação a outra legenda ou o abandono do projeto de candidatura presidencial em 2014. Na saída, exatamente às 5 horas da manhã, Marina afirmou que não terá uma “crise de incoerência na decisão”.20130409213332555696i
A reunião aconteceu no apartamento de uma amiga da ex-ministra na Asa Sul, em Brasília. No discurso a aliados, Marina falou sobre algumas premissas que pretende levar em conta em sua decisão. Em um momento de maior ênfase foi possível ouvir do lado de fora do prédio algumas expressões, confirmadas por alguns dos participantes. “O que é melhor é uma construção que coloque em primeiro lugar a coerência”, disse a ministra por volta das 2h30. Ela afirmou ainda que é preciso uma solução que busque o melhor para o país, não para aspirações pessoais. Reafirmou ainda o discurso de que a Rede sai fortalecida do TSE por ter sua lisura reconhecida, ainda que com a derrota no aspecto legal.
Na saída, questionada sobre a declaração, a ministra afirmou que tem repetido o princípio como um “mantra”, demonstrando bom humor. “Isso (Coerência) é o que vocês mais ouvem eu falar, é quase um mantra, vocês acham que eu ia ter uma crise de incoerência?”, disse.
Segundo participantes da reunião, foram discutidos possíveis adesões a PPS, PEN e PHS. Para disputar, Marina precisa se filiar até sábado. Nova reunião será realizada nesta sexta-feira e o anúncio deve ocorrer no início da tarde. O grupo envolvido no projeto da Rede se dividiu. Parte entende que uma candidatura por outro partido criaria problemas para a imagem de Marina e a impediria de fazer o debate político que deseja. Outros, porém, afirmam que não é possível esperar até 2018 para apresentar-se como alternativa e a aconselharam a buscar a legenda existente que traga menos desgaste. Alguns observaram que um partido pequeno seria melhor por permitir que o grupo de Marina tenha o controle da campanha.
O coordenador-executivo da Rede, Bazileu Margarido, destacou que toda a mobilização do grupo só foi possível até agora pelos princípios nos quais está embasado. “Isso só é possível porque tem outra coisa que dá sustentação, que é a credibilidade e a coerência. Qualquer decisão para frente tem de levar em consideração a credibilidade e a coerência em relação à nova política”, afirmou, na saída.
A reunião começou por volta de 23 horas, após um debate inicial sobre qual a amplitude dos participantes. Integrantes da Executiva e os deputados federais Alfredo Sirkis (PV-RJ), Miro Teixeira (PDT-RJ), Reguffe (PDT-DF) e Walter Feldman (sem partido-SP) participaram. O deputado Domingos Dutra (PT-MA) e a vereadora de Maceió (AL) Heloísa Helena (PSOL) não compareceram.
Houve momentos de tensão. Em um deles, Marina discutiu com Sirkis, segundo relatos dos presentes. Argumentando que todos os partidos têm problemas, o deputado observou ser a própria Rede um grupo eclético por unir progressistas, a esquerda radical e também evangélicos de direita. Marina reagiu questionando se por ser evangélica seria de direita. Sirkis, então, fez uma série de críticas reclamando da lentidão do processo de criação da Rede, iniciado com o Movimento Nova Política em 2011, da dificuldade para os parlamentares envolvidos, e de agora ter de tomar decisões em apenas um dia. Saiu irritado do apartamento na metade da reunião, recusou-se a dar entrevistas e afirmou que estava indo para o Rio de Janeiro. Em outra situação, apoiadores teriam discutido ao um deles defender “poder de síntese” nas manifestações. Um dos integrantes protestou dizendo que o debate era sobre o futuro do Brasil.
Na discussão sobre uma possível filiação, aliados debateram sobre PPS, PEN e PHS, sempre com conflitos e acusações da existência de incoerências na adoção de uma destas legendas. Os dois primeiros foram citados por mais participante. Foi relatado ainda que o PDT ofereceu a legenda por meio do presidente Carlos Lupi, demitido do ministério do Trabalho em 2011 no processo de faxina. O convite não foi tratado pelos integrantes do grupo.
O debate ainda em andamento não impede que os parlamentares busquem alternativas. Dutra, que nem compareceu à reunião, pode filiar-se ao Solidariedade. Miro Teixeira pode ter o PROS como destino. Alfredo Sirkis relatou que tem conversas com o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, pré-candidato à presidência pelo PSB. Apenas Walter Feldman estaria disposto a acompanhá-la em qualquer caminho.