Série de “problemas” atrasa colocação do gramado na Arena da Baixada


11 de novembro de 2013
O gramado da Arena da Baixada deve ser colocado com um mês de atraso. Isto porque a obra ficou embargada durante seis dias por ordem da Justiça do Trabalho, há aproximadamente um mês. Além disso, a CAP S/A atrasou nas liberações das parcelas do financiamento do BNDES, segundo relatório do Tribunal de Contas do Paraná. No entanto, esses “problemas” não alteraram a data para o primeiro jogo/teste no estádio, que continua acertado para o dia 26 de janeiro. O público esperado é de 10 mil pessoas.
De acordo com o novo cronograma de obras, no dia 30 deste mês, as estruturas metálicas devem ser concluídas e então os guindastes serão retirados. O gramado, que é o grande desafio do momento, já está pronto no Rio Grande do Sul, e aguarda apenas o local ficar pronto para ser ajustado. A inauguração oficial do estádio está prevista para o dia 26 de março. A data escolhida fica por conta da festa de aniversário do clube, que acontece dois dias antes. A entrega para a Fifa está marcada para acontecer no dia 22 de maio.

COMEÇAM OBRAS PARA CONSTRUÇÃO DA UNIDADE DE SAÚDE NO MOINHO VELHO.

 11 DE NOVEMBRO DE 2013

Terraplanagem e fundação são as primeiras etapas da construção e a previsão de entrega é para o primeiro semestre de 2014

Terraplanagem e fundações são os primeiros passos da obra
Os moradores do Moinho Velho já podem perceber a movimentação na Rua Capivari, nº 37. Trata-se da construção da nova Unidade de Saúde do município. A primeira etapa das obras começou na última quarta-feira (06) com a terraplanagem, que tem como objetivo acabar com a irregularidade do solo. Nesta segunda (11) foi iniciada a etapa das fundações, que sustentará a obra.
A obra tem a previsão de entrega para junho de 2014 e irá beneficiar cerca de 12 mil pessoas da região do bairro Moinho Velho. De acordo com a Prefeita Beti Pavin a construção de mais uma unidade no município é parte de um plano de melhorias para a saúde de Colombo. “Temos que chegar onde o morador está e uma das principais metas é priorizar estes serviços, que são básicos para o bem estar da população, por isto é importante garantir o avanço da infraestrutura, construindo postos como este”, explica.
A região do Moinho Velho não contava até o momento com este serviço, motivo pelo qual foi escolhido para receber a Unidade, como explica o Secretário de Planejamento, Angelo Betinardi. “Através de estudos e projetos identificamos a realidade de Colombo como um todo, evidenciando a necessidade dos moradores desta região, que precisavam se deslocar para outras Unidades, como Jardim Osasco e CAIC. Isto fazia com que estes locais ficassem sobrecarregados e agora eles irão ter no próprio bairro uma unidade”, explica.
Unidade atenderá moradores da região do Moinho Velho, com serviços básicos para toda a família
A nova unidade contará com 573,16 m² de construção, cujas dependências serão utilizadas para sala de curativos, consultório odontológico, sala de vacinas, farmácia, entre outros. De acordo com a secretária de Saúde, Dalimar de Lucca Moreira, essa obra vem atender várias necessidades dos moradores, com serviços de saúde da família.
“A nova unidade terá quatro equipes de estratégia de saúde da família que trabalhar no atendimento específico da região, abordando com os moradores, desde questões sociais e sanitárias até doenças que prevalecem no local, realizando uma ação multidisciplinar”, destaca a Secretária.
Fotos: João Senechal/PMC
Mais informações sobre a prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br

SUPERTUFÃO DEIXA 10 MIL MORTOS EM CIDADE FILIPINA




NOVA YORK, 11 NOV (ANSA) - O "supertufão" Haiyan, que atingiu as Filipinas nos últimos dias, deixou ao menos 10 mil mortos somente na cidade de Tacloban, informou hoje, dia 11, a vice-secretária-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre assuntos humanitários, Valerie Amos, Dados divulgados anteriormente apontavam que a cifra dizia respeito a todo país, quando, na verdade, se refere à apenas uma cidade, explicou Amos. 

A cidade, uma das mais afetadas pelo fenômeno natural, tem uma população de cerca de 218 mil habitantes. O diretor de operações humanitárias da ONU, John Ging, disse que estes números tendem a crescer e que "devemos esperar o pior". 

Ainda de acordo com ele, cerca de 660 mil pessoas tiveram que deixar suas casas. O Haiyan, que seguiu para a China e o Vietnã, tem sido considerado o maior desastre natural já registrado na região das Filipinas. Uma sobrevivente filipina deu à luz hoje a uma menina em Tacloban. A recém-nascida recebeu o nome de Bea Joy, em homenagem à avó Beatriz, morta no desastre. (ANSA)


ASFALTO COMEÇA A SER FEITO NA RUA KELVIN PRÓXIMO AO TERMINAL MARACANÃ.


Etapa final de revitalização da via iniciou nesta semana; obra conta também com melhorias no meio fio e calçamento

Endereço concentra grande movimento devido ao comércio local e proximidade com o Terminal Maracanã
Nesta sexta-feira, 08, foi iniciado o asfaltamento da Rua Kelvin, no bairro Alto Maracanã, em Colombo. A ação é a última etapa das obras feitas na via, que iniciaram há cerca de duas semanas, como explica o secretário de Obras e Viação, João Maria Rodrigues.
“Primeiramente refizemos alguns pontos da rua, como o meio fio e o calçamento, que terá passeio de paver (bloco em concreto), para agora começarmos a asfaltar em duas quadras da via”, explica o secretário acrescentando que a obra será concluída em dez dias.
A obra faz parte do Plano Comunitário de Pavimentação, conhecido com Asfalto Comunitário, que pretende contribuir no asfaltamento das ruas do município, através da parceria entre a Prefeitura Municipal e a população.
Além disso, a obra terá reflexo significativo no trânsito dos veículos e circulação de pedestres, como destaca João Maria Rodrigues. “Este ponto é de grande movimento, principalmente pela presença do Terminal e pela quantidade de comércios da região, que será intensificado neste período de final de ano”, conta o responsável pela pasta.
Melhorias no asfalto, meio fio e calçamento estão sendo feitas na rua
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br
Fotos: Bruno do Carmo/PMC

Tempestade faz dia virar noite; em Fazenda Rio Grande, ventos passaram dos 80 km/h


Da Redação

temporal
Forte chuva atingiu Curitiba (Foto: Simepar)
forte chuva chegou a Curitiba no final da manhã desta segunda-feira (11). Na capital, não chegou a ventar muito forte, diferente de Fazenda Rio Grande, na região metropolitana, onde os ventos passaram dos 80 km/h.
Por meio do perfil twitter, o Instituto Tenológico Simepar postou uma imagem da chuva na Linha Verde, que durou cerca de 15 minutos.
Ainda, de acordo com o instituto, pode chover nas próximas horas em todo o estado do Paraná.


AMIGOS E FAMILIARES PARTICIPAM DO VELÓRIO DO MENINO JOAQUIM EM SP.

Enterro ocorrerá na tarde de segunda-feira (11) em São Joaquim da Barra.
Principais suspeitos, mãe e padrasto devem prestar novos depoimentos.

Do G1 Ribeirão e Franca

Velório do menino Joaquim Ponte Marques acontece em São Joaquim da Barra, cidade natal da mãe do garoto (Foto: Eduardo Guidini/G1)Velório do menino Joaquim Ponte Marques acontece em São Joaquim da Barra, cidade natal da mãe do garoto (Foto: Eduardo Guidini/G1)
Familiares, amigos e moradores de São Joaquim da Barra (SP) participam do velório do menino Joaquim Ponte Marques, de 3 anos, encontrado morto no Rio Pardo, em Barretos (SP), na tarde deste domingo (10). O corpo chegou ao velório municipal por volta de 10h30 desta segunda-feira (11) e o enterro está previsto para acontecer às 14h, no cemitério municipal.
A mãe de Joaquim, a psicóloga Natália Ponte, e o padrasto, o técnico Guilherme Longo, foram presos na noite de domingo, após terem a prisão temporária decretada pela Justiça. Para a Polícia Civil, Longo é considerado o principal suspeito do crime, porém, a polícia não descarta a participação de Natália no desaparecimento e na morte da criança.

Exames iniciais feitos pelo IML revelaram, segundo Osinski Júnior, que o pulmão de Joaquim não apresentava água, o que descarta a possibilidade da morte por afogamento. O fato evidencia a suspeita de homicídio, já que a criança, de acordo com a polícia, foi jogada no córrego Tanquinho, nas proximidades da casa da família.
O corpo do garoto foi encontrado pelo dono de um rancho, boiando no Rio Pardo, em Barretos, no início da tarde deste domingo (10). Ele havia desaparecido na madrugada da última terça-feira (5), de dentro da casa da mãe, em Ribeirão Preto (SP). Segundo o delegado João Osinski Júnior, diretor do departamento de Polícia Judiciária do Interior (Deinter 3), a criança vestia um pijama estampado idêntico ao descrito pela família no boletim de ocorrência registrado no dia do desaparecimento.
O delegado Paulo Henrique Martins de Castro não informou o local onde os dois permanecem detidos, mas confirmou que ambos devem prestar novos depoimentos na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Ribeirão Preto, nesta segunda-feira. “Temos muitas diligências a serem feitas e não podemos passar muitos detalhes para não atrapalhar as investigações”, explicou Castro, afirmando que familiares também serão convocados para prestarem esclarecimentos.
A avó materna de Joaquim, Cristina Ponte, é amparada por amigos e familiares no velório do neto (Foto: Luis Cleber/Estadão Conteúdo)A avó materna de Joaquim, Cristina Ponte, é amparada por amigos e familiares no velório do neto (Foto: Luis Cleber/Estadão Conteúdo)
Velório
Um dos primeiros a chegar ao local foi o avô materno de Joaquim, o mecânico Vicente Ponte, que não quis comentar a prisão da filha e do genro, principais suspeitos da morte do menino. Ponte chegou ao local por volta de 9h e conversou com os jornalistas na porta do prédio. Ele voltou a dizer que a família tinha um bom relacionamento. "O Joaquim nunca reclamou de maus-tratos e nunca falou nada sobre o padrasto."
O avô materno, Vicente Ponte, disse que espera ver o crime esclarecido (Foto: Eduardo Guidini/G1)O avô materno, Vicente Ponte, não comentou a prisão
da filha e do genro (Foto: Eduardo Guidini/G1)
Mecânico na cidade há quase 40 anos, Ponte afirmou que a família tem recebido apoio de muitos amigos e desconhecidos que souberam do caso pela imprensa. "Quero agradecer a Deus e à população da cidade que tem rezado por nós nesse momento tão difícil. A gente viveu dias de muita angústia e sofrimento e agora fomos supreendidos com esse desfecho terrível. Eu espero que os fatos sejam revelados", afirmou o avô.
O pai de Joaquim, o produtor de eventos Arthur Paes, está hospedado em Ribeirão Preto (SP) e ainda não chegou ao local. Muitos moradores que acompanharam o caso também se aglomeram no velório para prestar solidariedade à família e dar o último adeus a Joaquim. Assim que o corpo chegou ao velório, a Polícia Militar isolou o prédio e permitiu apenas a entrada de famíliares ao local. Minutos depois, foi organizada uma fila para que as pessoas pudessem se aproximar do caixão, que está fechado.
O comerciante Mauro Otávio Costa é amigo da família e se diz abalado com o caso: 'A cidade inteira está comovida' (Foto: Eduardo Guidini/G1)O comerciante Mauro Otávio Costa é amigo da
família e se diz abalado com o caso: 'A cidade inteira
está comovida' (Foto: Eduardo Guidini/G1)
O comerciante Mauro Otávio Costa disse que a família do menino é muito conhecida na cidade, que tem cerca de 49,2 mil habitantes, porque o avô de Joaquim possui uma oficina mecânica há quase 40 anos, no mesmo local. “Eles são muito queridos por todos. A cidade inteira está comovida com essa história. É uma família muito boa, todo mundo conhece o Joaquim desde pequeno, ele sempre foi muito alegre. Estamos tristes”, afirmou Costa.
O sentimento é compartilhado pelo mecânico Cleciano de Arruda, de 36 anos, que disse ter trabalhado por muitos anos na mecânica do avô de Joaquim. Arruda contou que, desde que era bebê, o garoto gostava de ficar entre os carros, brincando com as ferramentas e com uma cachorra da família. "Era um menino muito alegre e ativo, sempre pulando e brincando. Não parava um minuto. A cidade está chocada com essa história."
Joaquim, de 3 anos, foi encontrado morto no rio Pardo, em Barretos, SP (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)Joaquim, de 3 anos, foi encontrado morto no rio Pardo, em Barretos, após cinco dias desaparecido
(Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)
Entenda o caso
Joaquim Ponte Marques, de 3 anos, desapareceu na madrugada de terça-feira (5), de dentro da casa onde morava com a mãe e com o padrasto no bairro Jardim Independência. Em depoimento à polícia, Natália Ponte afirmou que notou a ausência do filho pela manhã, ao procurá-lo no quarto, por volta de 7h, para aplicar uma dose de insulina, já que o menino era diabético.
Segundo a mãe, as janelas da casa têm grades, o portão estava trancado, mas a porta da sala estava aberta. Natália afirmou que o atual marido é usuário de drogas e que teria sido ele o último a ter contato com o garoto, ao colocá-lo para dormir, por volta de meia-noite.
Dependente químico, o padrasto Guilherme Longo contou que nas últimas semanas teve uma recaída e chegou a sair de casa na madrugada em que Joaquim desapareceu para ir atrás de drogas. Ele disse que deixou a porta aberta ao sair, mas que voltou rápido porque não encontrou o que procurava.
Longo negou que a dependência pudesse oferecer riscos ao menino e às outras pessoas com quem convive. Ele também negou envolvimento no sumiço e disse que o relacionamento entre ele e Joaquim era de "pai e filho".
Longo e Natália colaboram com as investigações, argumentou juíza em sua decisão (Foto: Reprodução/EPTV)Segundo a Polícia Civil, Longo e Natália são os principais suspeitos de participar da morte do menino Joaquim (Foto: Reprodução/EPTV)

Somente 02 chapas disputam a ASSEMCO e por que a TCHE foi impugnada?



Para esclarecimento de todos os associados da ASSEMCO (Associação dos servidores Municipais de Colombo), a eleição da entidade, que será no dia 22 de novembro, terá 02 chapas disputando a presidência para o triênio 2013/2016, serão:
Chapa 01 - ASSEMCO PATRIMÔNIO DE TODOS
Chapa 02 - ASSEMCO FORTE

A chapa protocolada e impugnada TCHE, foi eliminada por não cumprir o Estatuto social da ASSEMCO, desrespeitar os prazos legais estipulados, propaganda eleitoral antecipada em desrespeito ao pleito eleitoral, decisão judicial contra a antiga gestão da ASSEMCO, doa qual integrante da chapa impuganad TCHE fazia parte e várias outras irregularidades.
Para não ficarmos somente nas palavras e no blablabla, você pode ver agora toda a documentação que impugnou a referida chapa protocolada e impugnada TCHE e tirar sua própria conclusão:

DOCUMENTAÇÃO DA COMISSÃO ELEITORAL DA ASSEMCO


Fonte: Blog do Wilson Vieira

GOVERNO DEVE AFROUXAR META FISCAL


Após sucessivos fracassos nas estimativas de gastos e receitas, o governo Dilma Rousseff já abre caminho para apresentar sua quinta meta fiscal para este ano.
Declarações das autoridades e movimentos no Congresso sinalizam que será necessário estabelecer um objetivo ainda menos ambicioso que o atual -uma poupança de R$ 111 bilhões a ser atingida em conjunto por União, Estados e municípios.
A equipe do ministro da Fazenda, Guido Mantega, começa a indicar que não será possível compensar, com um esforço extra do governo federal, o descumprimento do saldo de R$ 38 bilhões esperado de governadores e prefeitos.
Afinal, o desempenho do próprio Tesouro Nacional no ano, segundo os resultados obtidos até setembro, ainda está muito longe dos R$ 73 bilhões prometidos.
Nos primeiros nove meses do ano, o governo economizou R$ 27 bilhões da arrecadação de impostos e outras receitas para abater a dívida pública, a metade do já modesto esforço fiscal feito no período correspondente de 2012.
Já Estados e municípios pouparam R$ 18,5 bilhões,
R$ 2 bilhões abaixo do resultado de 2012. Tudo somado, restou a tarefa impensável de cumprir 60% da meta neste último trimestre do ano.
Não por acaso, voltou a tramitar no Congresso um projeto apresentado em abril que desobriga o Tesouro de garantir a meta mínima estabelecida para o ano, cobrindo os resultados abaixo do esperado de Estados e municípios.
FONTE: FOLHA DE S. PAULO

Ingressos para a Copa em Curitiba se esgotam rapidamente em nova fase de vendas da Fifa


Redação com Fifa.com

Mais de 220 mil ingressos estão disponíveis no próximo período de vendas para a Copa do Mundo da FIFA 2014, que foi aberto nesta segunda-feira, dia 11 de novembro de 2013, às 9h de Brasília, através do FIFA.com. Bilhetes para 57 jogos são disponibilizados e alocados por ordem de encomenda, mas a expectativa é de que sejam vendidos rapidamente.
Por volta das 10 horas, vários internautas relatavam pelas redes sociais que encontravam dificuldades para acessar o sistema no site da Fifa.
Quem conseguiu chegar na fase de reserva de ingressos, relatou que por volta das 11 horas já não havia mais nenhum ingresso disponível para os jogos da Arena, em Curitiba. O estádio vai receber partidas da primeira fase nos dias 16, 20, 23 e 26 de junho do ano que vem.
A Fifa informou que não haverá ingressos nesta janela de vendas para o jogo de abertura em São Paulo, a final no Maracanã, jogos da fase de grupos da Seleção Brasileira, para as oitavas de final em Belo Horizonte, assim como as duas semifinais em Belo Horizonte e São Paulo.
A quantidade total de ingressos disponíveis também engloba quase 41 mil carnês de sede específica que garantem acesso a todos os jogos em uma das sedes, bem como uma quantidade muito limitada de carnês de seleção específica, que permitem acompanhar uma seleção ao longo da competição (CISEL).
Aviso
A FIFA reforçou que o FIFA.com é a única plataforma online de venda de ingressos para a Copa do Mundo da FIFA 2014™. Qualquer produto com ingressos oferecidos por outras empresas ou plataformas não faz parte nem está relacionado com o programa oficial de venda de ingressos. A FIFA não indicou nenhuma empresa como sua representante para a venda de ingressos de jogos.
Para mais informações, visite a página oficial na internet: pt.fifa.com/ingressos

Nova linha de ônibus passa por 3 universidades em Curitiba


10 de novembro de 2013
A partir de segunda-feira, passa a funcionar uma nova linha do transporte público de Curitiba. Ela deve atender os alunos do ensino superior das regiões da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, da Unicuritiba e da Universidade Federal do Paraná. Durante a semana, cerca de três mil pessoas devem utilizar a “Linha Universidades”.onibus
O trajeto terá 22 quilômetros de extensão. O atendimento será feito por quatro veículos, de acordo com a Urbanização de Curitiba, e os ônibus devem passar a cada 22 minutos. A Linha Universidades funcionará de segunda de manhã até as 14 horas de sábado.

Requião quer concorrer à Presidência da República


10 de novembro de 2013
O senador Roberto Requião, do PMDB, afirmou em sua conta no twitter que vai à Convenção Nacional do partido a fim de disputar a indicação para concorrer pelo PMDB à Presidência da República.Confira a declaração do senador:
requião

Última parcial mostra Ênio Verri com larga vantagem na disputa pelo comando do PT estadual


11 de novembro de 2013
O resultado da disputa para a Presidência Estadual do Partido dos Trabalhadores (PT) ainda não foi concluída. Na última parcial, Ênio Verri aparece com ampla vantagem sobre o segundo colocado, Dr. Rosinha.VERRI
Até o momento, 54 municípios já tiveram a apuração concluída no estado. Confira a contagem parcial:
Roberto Elias Salomão: 27 votos
Ulisses Kaniak: 169 votos
Dr. Rosinha: 507 votos
Enio Verri: 2598 votos

Atlético dispara rumo à América


PUBLICIDADE
Antonio More/ Gazeta do Povo
Antonio More/ Gazeta do Povo / Éderson chegou a 17 gols, isolado na artilharia do BrasileiroÉderson chegou a 17 gols, isolado na artilharia do Brasileiro


Rodada ideal beneficia o Furacão na briga pela Libertadores. Vaga pode ser alcançada no próximo fim de semana

A 33.ª rodada do Brasileiro foi perfeita para o Atlético. Além de derrotar o São Paulo por 3 a 0, na Vila Capanema, o Furacão contou com tropeços de seus concorrentes por uma vaga na Libertadores. Grêmio (3 a 0 para o Cruzeiro) e Botafogo (2 a 1 para o In­­terna­­cional) perderam; o Goiás empatou (1 a 1 com o Flamengo).
O resultado é o Atlético em segundo, com 58 pontos, com quatro pontos de vantagem para os gaúchos e cinco sobre goianos e cariocas. Matematicamente, o Rubro-Negro tem a chance de assegurar a vaga no próximo fim de semana, antes da primeira final da Copa do Brasil. Mesmo que não consiga, pode receber o Flamengo com uma mão na classificação ao torneio continental via Brasileiro.
44
O Atlético é o time da Série A que menos vezes entrou em campo no ano, 44 vezes. O São Paulo está no outro extremo, com 70. Diferença determinante na vitória rubro-negra por 3 a 0, ontem, na Vila. “A gente uma hora ia pagar o preço da loucura que estava fazendo com o time, jogando e viajando. A diferença foi física”, falou o técnico Muricy Ramalho, que manteve o time que eliminou o Nacional de Medellín, na Sul-Americana. “Eu deveria ter tirado quem foi para a Colômbia. Com esse jogo que eles esticam a bola e saem correndo, tem de ter uma parte física apurada. É humanamente impossível”.
Final
O torcedor do Atlético terá de pagar R$ 250 ou R$ 125 (meia-entrada) para ver a final da Copa do Brasil contra o Flamengo, dia 27, no Maracanã. Ontem, o clube carioca anunciou o preço, mas não há definição de carga ou de como será a comercialização para atleticanos. Pelo Regulamento Geral de Competições da CBF, o Atlético tem até três dias úteis antes do jogo para solicitar o equivalente a no máximo 10% da capacidade do estádio – 7.863 lugares, no caso do Maracanã.
“A gente estava em busca dessa vitória. O Atlético não vai parar. Nosso time está crescendo cada vez mais e espero conseguir essa classificação para a Libertadores o quanto antes”, afirmou Éderson, um gol e uma assistência contra os são-paulinos.
Manter o time com a cabeça no Brasileiro após avançar à final da Copa do Brasil era uma das preocupações de Vagner Mancini. O técnico queria deixar claro que não há prioridade a uma competição específica. Por isso, descartou poupar jogadores e não mudou o estilo de jogo da equipe.
“Sabíamos a importância que tinha o jogo, não só pelo fato de mostrar que não estamos divididos. A pontuação na tabela fazia com que tivéssemos de vencer o São Paulo para ficar em segundo e chegar mais perto do nosso objetivo”, afirmou Mancini. “Mesmo que eu quisesse tirar o pé do acelerador, temos uma maneira de jogar. Estamos em um momento em que não dá para pedir isso [diminuir o ritmo] aos atletas”, complementou.
Assim, restam duas maneiras de desacelerar: suspensão e contusão. São dois fatores que obrigarão o Atlético a usar um time bem diferente na quarta-feira, contra o Criciúma. Manoel, Éderson e Marcelo nitidamente forçaram o cartão amarelo. Estão suspensos. Léo e Everton sentiram dores. Devem ser poupados.
“Tem de ser inteligente para saber que uma viagem de sete horas, um jogo quarta-feira e depois sábado de novo, é o momento certo de tirar um ou outro, de repensar a formação, mas tentando somar os três pontos lá em Criciúma”, comentou.
A viagem para Santa Catarina será hoje, de ônibus. Deve abrir espaço como titular para Dráusio, Jonas e Ciro, jogadores pouco utilizados na campanha. Também para peças mais efetivas, como Roger e Zezinho ou Fran Mérida.
“O nosso elenco é muito forte. É o momento de usar todo mundo”, diz Éderson. “O Cruzeiro terá de esperar para ser campeão. Não só em virtude do Vitória [adversário de quarta-feira], mas da ganância do Atlético de vencer outros jogos”, avisou Mancini.

Curitiba registra o dia mais quente do ano, mas vem chuva por aí


Da Redação
Foto: SMCS
Foto: SMCS
Curitiba, assim como várias cidades do Paraná, registrou neste domingo (10) a temperatura mais alta de 2013, com 32,6°C, ultrapassando a marca registrada em 1° de fevereiro de 31,7°C. O número foi divulgado pelo Instituto Tecnológico Simepar, que informou ainda que a marca de dia mais quente do ano foi superada também em cidades como Ponta Grossa (32,7°C), Campo Mourão (36,2°C), Maringá (35°C), Paranavaí (36,4°C) e Pato Branco (33,7°C).
Mas, apesar do sol forte, esse calor pode estar com as horas contadas. Isso porque, de acordo com o Simepar, o forte aquecimento, aliado ao aumento da instabilidade da atmosfera dão suporte para a ocorrência de pancadas de chuva entre o final da tarde e o início da noite.
Segundo a meteorologista Ana Beatriz Porto da Silva, os ventos apresentam intensidade moderada, o que leva a uma tendência de núcleos isolados de chuva rápida. No momento na região de General Carneiro há chuvas fortes e com pouca incidência de raios.
Para a segunda-feira (11), o dia deve começar com muitas nuvens e existe a possibilidade de chuvas com trovoadas no período da tarde. A tendência é a mesma para a terça-feira (12) e as temperaturas devem permanecer entre 16°C e 25°C na capital paranaense.