Começam obras contra enchentes que afetavam o bairro São Gabriel

WEBMASTER 27 DE NOVEMBRO DE 2013

Nova tubulação irá facilitar o escoamento das águas; medidas são para conter os prejuízos dos moradores da região

Nova tubulação, com diâmetro de 1,20 metro, irá duplicar escoamento no São Gabriel
Nova tubulação, com diâmetro de 1,20 metro, irá duplicar escoamento no São Gabriel
As fortes chuvas que acontecem principalmente nos primeiros meses do ano traziam muitos prejuízos para os moradores do bairro São Gabriel, em Colombo, principalmente na rua Ailton Luis Nadori, onde fica localizado um córrego parcialmente canalizado. Mas com o início das obras de contenção de enchentes, que começaram com a limpeza do terreno, será possível mudar esta situação.
Para tanto, também será feita uma nova tubulação, em cima da que já existe, com a colocação de cerca de 50 manilhas de 1,20 metros de diâmetro para melhorar o escoamento, que era insuficiente e causava os alagamentos, como explica o secretário de Planejamento, Angelo Betinardi. “Este ponto da rua ficava sobrecarregado, pois era o encontro das águas e duas tubulações desaguavam em apenas uma, por isso a necessidade de duplicar o escoamento”, conta o secretário.
Exemplo dos danos que essas enchentes causavam para a população do local é citado pelo comerciante Altamiro Leite da Silva, funcionário de uma borracharia. “Nossa maior preocupação era a perda de ferramentas e maquinário de trabalho, como os motores que utilizamos. As águas das chuvas chegavam a entrar nos comércios e casas”, disse.
Obras irão acabar com danos causados pelas fortes chuvas ocorridas principalmente no início do ano
Obras irão acabar com danos causados pelas fortes chuvas ocorridas principalmente no início do ano
Para o comerciante Arielson do Carmo Aleluia, que há três anos possui um estabelecimento nesta rua, a obra iniciada é uma solução que há tempos vinha sendo esperada por todos da região. “Com essa nova tubulação teremos mais tranqüilidade nos períodos que a chuva estiver mais forte. Vai resultar em uma melhoria de 100%”, acredita o comerciante.
A previsão é de que a obra esteja concluída em 15 dias. O projeto faz parte do Programa de Contenção de Enchentes da Prefeitura Municipal de Colombo, que até o final do ano irá beneficiar inicialmente 12 pontos da cidade.
Fotos: João Senechal/PMC
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br

Delegado diz estar perto de prender responsável pela morte de empresária do Batel


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

O mistério no crime da empresária Clemans Abujamra, de 51 anos, está perto do fim. Pelo menos é o que garantiu o delegado responsável pelo caso, Dirceu Schactae, em entrevista à Banda Bna tarde desta quarta-feira (27). A vítima foi encontrada morta com doze facadas no final do mês de abril na Rua Abrão Lerner, bairro do Batel, em Curitiba. Ela vivia na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, e vinha com frequência a Curitiba. Na ocasião tinha a intenção de adotar uma criança.
clemans-271113-bandab
Foto: Reprodução
De acordo com o delegado Schctae, a forma em que o corpo foi encontrado indicava muita raiva, mas novos indícios e testemunhas levam a Delegacia de Homicídios a crer que em breve o caso estará resolvido e o autor preso. “A equipe de investigação caminha a passos largos para encontrar o autor do assassinato. O delegado anterior trabalhou muito bem no caso, mas as diferenças entre como cada um vê a situação está nos levando por um caminho muito positivo”, garantiu.
A investigação do caso chegou a ficar interrompida por dois meses, pós a DH pedir prorrogação do prazo para diligências ao Ministério Público (MP). O MP informou que o documento foi liberado pela promotoria no dia 19 de agosto, mas por entraves burocráticos só chegou no início do mês às mãos da titular da DH, Maritza Haisi.

ACIDENTE ENTRE TELEMACO BORBA E TIBAGI ENVOLVENDO AMBULÂNCIA DE VENTANIA DEIXA UM MORTO.


Um grave acidente deixou pelo menos 4 pessoas gravemente feridas e um morto após uma colisão entre uma ambulância da cidade de Ventania e um veículo Doblô com placa de Guarapuava.

O acidente aconteceu por volta de 16h desta segunda-feira (25), na PR-340, entre Telêmaco Borba e Tibagi.

Segundo algumas informações preliminares, a ambulância por algum motivo teria derrapado na pista e colidiu com o Doblô que vinha no sentido contrário.

No Doblô estava o motorista Marcos Rodrigues que morreu no local com um passageiro Jaques Rocha de 37 anos, que sofreu ferimentos graves.

Na ambulância estavam três pessoas que também ficaram feridas, a farmacêutica, Carolina Gomm (30), o motorista João Pedro da Silva (39) e auxiliar de farmácia, Thiago Matos (25).

Todas as vitimas feridas foram encaminhadas os hospital Dr. Feitosa pelo Corpo de Bombeiros e a vitima fatal recolhida ao Instituto Médico Legal.

A Polícia Rodoviária Estadual esteve no local da ocorrência para elaboram um boletim de ocorrência e apurar as responsabilidades.

Foto de Alex Durski

DERROTADOS DA ELEIÇÃO DA ASSEMCO, QUEREM CRIAR OUTRA ASSOCIAÇÃO




Boa tarde amigos leitores, essa semana tivemos a noticia que alguns servidores da Prefeitura Municipal de Colombo, insatisfeitos com a derrota da ASSEMCO, estão cogitando a  possibilidade da criação de outra associação. Pelas informações que tivemos são funcionários  que faziam parte das chapas impugnadas e das que desistiram.

Será que estão tendo apoio dos partidos políticos que fazem parte da oposição?

Será que os servidores municipais enxergam essa ideia como positiva?

Essa possibilidade é legal???

Parte de estrutura metálica do Itaquerão desaba; 3 funcionários morrem



Estádio Itaquerão
Uma parte da estrutura metálica do Itaquerão desabou nesta quarta-feira e destruiu parte do novo estádio do Corinthians. De acordo com o Corpo de Bombeiros, três pessoas morreram no acidente que atingiu a cobertura da arquibancada localizada atrás de um dos gols. A arena estava com 94% das obras prontas e tinha inauguração prevista para janeiro de 2014.
"No contato com o centro de operações do corpo bombeiros, as primeiras informações dão conta que foram encontradas três pessoas em óbito devido a queda da grua que atingiu parte da cobertura", disse disse o major Mauro Lopes, do Corpo de Bombeiros, à TV Record. "Deverá ser solicitada perícia técnica dos engenheiros da prefeitura, provavelmente isso vai acontecer nos próximos momentos".
O acidente aconteceu quando um guindaste içava uma peça de 500 toneladas da cobertura. Era a última que faltava para a conclusão da área leste. Informações de responsáveis pela obra indicam que o guindaste se partiu e caiu sobre a arquibancada destruindo dois andares.
"Aparentemente, o guindaste se partiu. Destruiu dois andares da arquibancada. O negócio está bem feio'', afirmou o arquiteto da obra, Aníbal Coutinho, ao blog do Rodrigo Mattos.
A Odebrecht, responsável pela construção do estádio, não explicou a causa do acidente. A empresa confirmou oficialmente a morte de dois funcionários, mas admitiu a possibilidade de novas vítimas. Serão feitos estudos para verificar se a queda de parte da arquibancada impedirá o estádio de receber o primeiro jogo da Copa do Mundo. Já o Corinthians, até o momento, apenas emitiu nota oficial lamentando o ocorrido.
A área leste é onde estava mais avançada a obra do Itaquerão. Tanto que foi ali que se realizou a festa de aniversário do Corinthians, em setembro. Banheiros e o acabamento de alvenaria já tinham sido feitos. O acidente atingiu o painel de lead do estádio, que fica desse lado.
O outro lado, a área oeste, que é o mais nobre e com lugares premium, estava menos avançado e ainda necessitava de acabamento em alguns pontos. Desse lado, há uma série de vitrais.
A inauguração do estádio estava prevista para 5 de janeiro, data determinada pelo secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, que dificilmente será cumprida por conta desse acidente. Haverá uma reunião de emergência entre o COL (Comitê Organizador Local) e Odebrecht. A organização da Copa de 2014 já foi informada sobre o acidente.
Estádio do Palmeiras também teve acidente este ano
Em abril, um dos lances da arquibancada superior do novo estádio do Palmeiras desabou e o funcionário Carlos de Jesus, de 34 anos, morreu e outro ficou ferido. Quatro vigas caíram sobre cinco trabalhadores, mas três deles escaparam ilesos.
Na ocasião, a obra precisou diminuir o ritmo até que a perícia determinasse as causas do acidente e desse o aval para que os trabalhadores voltassem a trabalhar normalmente na construção.
A construtora WTorre se responsabilizou pelo ocorrido, embora os operários fossem terceirizados, e prestou todo o atendimento ao funcionário que ficou ferido aos familiares do que faleceu, inclusive arcando com as despesas funerárias.

Audiência Pública em Colombo apresenta obra de implantação do Contorno Norte.


Projeto prevê a implantação de 13,2 km de pista dupla, com início na PR-417 (Rodovia da Uva) e término na BR-116 no km 11

População e representantes de instituições se reúnem para discutir a implantação da obra
População e representantes de instituições se reúnem para discutir a implantação da obra
Presidida pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA, a Audiência Pública que apresentou a obra de implantação do Contorno Norte de Curitiba foi realizada no Pavilhão de Eventos do Parque Municipal da Uva, em Colombo, na noite do dia 25. A obra é integrante do plano de exploração da Rodovia BR-116, relativo ao Lote nº 6 do Edital 001/2007.
Presentes os responsáveis pela obra, a concessionária que administra o trecho, Autopista Régis Bittencourt, informou da previsão de implantação de 13,2 km de pista dupla, com início na PR-417 (Rodovia da Uva) e término na BR-116 no km 11.Junto aos representantes da concessionária, estiveram presentes representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e da Consiliu Meio Ambiente & Projetos.
No encontro, que teve a Prefeitura de Colombo como convidada, o IBAMA apresentou e discutiu com a população presente os estudos de impacto ambiental realizados para a implantação da obra e a população tem até o próximo dia 10, para protocolar sugestões em relação ao projeto que poderá ter início em outubro de 2014.
A obra
Foi apresentado estudos de impacto ambiental; moradores têm até o dia 10 para protocolar sugestões
Foi apresentado estudos de impacto ambiental; moradores têm até o dia 10 para protocolar sugestões
A implantação do Contorno Norte de Curitiba está prevista no PER – Programa de Exploração da Rodovia, do contrato de concessão da Autopista Régis Bittencourt. A rodovia a ser implantada vai concluir o Contorno Norte de Curitiba ao conectar a rodovia da Uva (PR-417) à rodovia Régis Bittencourt (BR-116).
Seu projeto consta de pista dupla com separação de barreira rígida de concreto, três trevos em desnível (na BR-116, BR-476 e PR-417) e cinco transposições para atender o município de Colombo. O traçado (projeto funcional) está aprovado pela ANTT e o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA) já receberam a anuência do IBAMA. A Prefeitura Municipal de Colombo, em 2010, também já deu sua anuência.
Fotos: João Senechal/PMC

FOTO MOSTRA QUE JOVEM QUE BATEU A 170 KM/H GOSTAVA DE VELOCIDADE.


Imagem postada em rede social mostra velocímetro a 180 km/h.
Velório e enterro aconteceram no Cemitério de Itanhaém nesta terça (26).

Ivair Vieira JrDo G1 Santos
A jovem Giovana Dias de Souza Alves, de 19 anos, que morreu após tirar uma foto dirigindo a 170 km/h em Itanhaém, no litoral de São Paulo, já havia demonstrado anteriormente que gostava de velocidade. Há alguns meses, ela postou em uma rede social na internet a imagem do velocímetro de seu carro a 180 km/h. Durante seu sepultamento, nesta terça-feira (26), amigos e familiares afirmaram que Giovana usava muito o celular e mandou uma mensagem para um primo cerca de dez minutos antes do acidente.
A foto foi tirada há 34 semanas, como indica a própria página da rede social, na parte superior direita (34w, sendo que w significa weeks, semanas em inglês). Abaixo da imagem, a jovem brinca com a situação e a velocidade atingida: "Opss #instagoleta1.0 #instaveloz #instadivertido kkkkkkkk".
Segundo a polícia, nesta segunda-feira (25), uma outra foto foi encontrada no celular de Giovana, com o velocímetro apontando 170 km/h. Momentos depois do registro, ela teria perdido o controle do veículo, na altura do Km 315 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, e batido na pilastra de sustentação de uma passarela. O carro ficou completamente destruído e sua morte foi instantânea.

Mensagem
Giovana, que nasceu em Campinas mas morava na Baixada Santista, voltava para Itanhaém depois de ter saído do banco onde trabalhava emPraia Grande, também no litoral paulista. O celular foi recolhido pelo Instituto de Criminalística de Itanhaém e passará por análise. O caso foi registrado na Delegacia Sede da cidade.
O primo da jovem, Felipe Santos Lima, que tem a mesma idade de Giovana, contou que esteve com a garota no fim de semana e que ela era praticamente uma irmã para ele. "Uma pessoa alegre, sempre animada. Não imaginava. Não dá para acreditar que isso aconteceu. Ninguém conseguiu dormir, está sendo complicado", disse. Ele também lembrou que a última vez que falou com a jovem foi pelo celular, que sempre a acompanhava. "Ela havia me mandado uma mensagem 10 minutos antes de tudo acontecer. Ela me amava muito, e eu a ela. Muito triste", lamentou o primo.
Jovem morre após tirar foto dirigindo a 170 km/h em Itanhaém, SP (Foto: Reprodução/Instagram)Jovem morre após tirar foto dirigindo a 170 km/h em Itanhaém, SP (Foto: Arquivo Pessoal)

Hospital Evangélico suspende atendimento do pronto-socorro pelo 2º dia por falta de remédios.


Redação

O pronto-socorro do Hospital Evangélico, um dos três principais de atendimento de emergência de Curitiba, permanece fechado nesta quarta-feira (27), após passar o dia todo de ontem sem atender. A decisão foi tomada pela direção do hospital depois de constatar que não havia mais medicamentos para atender a população. O estoque, segundo o hospital, daria apenas para atender os pacientes internados. A direção alega que não recebeu R$ 11 milhões de repasses do SUS, referentes aos meses de outubro e novembro de 2013 e também de 2012 e, por isso, não tem dinheiro para comprar medicamentos e materiais básicos para o atendimento aos pacientes.
Quem procurou uma consulta de emergência também teve que voltar para casa. Eles eram orientados a procurar a Unidade Saúde 24 horas do Campo Comprido. Hoje, os socorristas do Siate informaram a reportagem da Banda B que apenas casos muito graves são encaminhados para o Evangélico, mas, de modo geral, o pronto-socorro está fechado para novos casos.
Ainda nesta quarta, a direção do hospital deve se reunir com integrantes da Secretaria Municipal de Saúde para tentar resolver o impasse. O hospital alega que a Prefeitura de Curitiba está com os repasses atrasados. A Secretaria Municipal de Saúde nega a informação.
O Hospital Evangélico passa por uma série de problemas. Além de denúncias que envolveram a médica Virginia Soares no início do ano, acusada de induzir a morte de pacientes da UTI, o hospital enfrenta ações trabalhistas na Justiça que já chegariam a R$ 25 milhões.

PRESO TIRA FOTO COM COLEGAS DE CELA E POSTA NO FACEBOOK.



facebook-261113-bandab
(Foto: Reprodução/Facebook)
Um dos presos da Delegacia de Campo Largo postou uma foto no Facebook de dentro da cela com colegas de prisão através de um celular. A publicação, segundo a Polícia Civil, ocorreu por volta das 22h30 de segunda-feira (25) e foi descoberta através de uma denúncia anônima.
O perfil do detento, que cumpre pena em regime fechado pelo crime de roubo, foi excluído logo após a denúncia. Ele também negou que tenha feito a publicação de dentro da cadeia. “Apesar de ter assumido que tinha o celular, disse que foi a mãe dele quem postou”, conta Macedo.

VEREADOR DIZ: NÃO TER DÚVIDAS QUE A CAIXA PRETA DA URBS FOI ABERTA E TARIFA PODE SER MAIS BARATA


Por Felipe Ribeiro e Geovane Barreiro
O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Transporte Coletivo de Curitiba, vereador Jorge Bernardi (PDT) afirmou em entrevista ao radialista Geovane Barreiro na tarde desta terça-feira (26) que a caixa preta da Urbs foi aberta e que a passagem pode sim ser mais barata. “Esse foi um trabalho de 13 vereadores, com o apoio de todos os outros, que abriu o esquemão do transporte da capital, que abriu a caixa preta da Urbs e podemos sim ter uma tarifa R$ 0,40 mais barata”, afirmou.
28.06.13-JORGE-BERNARDI
Foto: Divulgação CMC
De acordo com ele, durante os últimos cinco meses, 28 audiências foram realizadas, 26 pessoas envolvidas no “esquema” foram ouvidas, milhares de documentos foram lidos e quatro diligências foram realizadas e o resultado foi bem positivo. “Outras auditorias, como a do Tribunal de Contas e a da prefeitura já mostraram que a passagem pode ser até R$ 0,40 mais baixa. Precisamos fazer uma lipoaspiração na gordura das empresas”, disse.
Durante a entrevista, o vereador comentou ainda que cada centavo a mais na tarifa representa um lucro de R$ 30 milhões a mais para as empresas, por isso eles sugerem a quebra da licitação. “Durante esse tempo, foi desenvolvida um tecnologia para cobrar esse valor. Se as empresas usam 200 mil litros por dia de gasolina, elas compram por um preço mais baixo, mas tabelam com o preço médio. O lucro operacional, previsto na tarifa, é de R$ 104 milhões por ano, mas temos a impressão que eles ganham muito mais que isso. A licitação foi feita para beneficiar as empresas que já atuavam em Curitiba, por isso propomos a nulidade do contrato”, comentou.

Comissão no Senado debate preços das passagens aéreas


26 de novembro de 2013
Representantes de empresas aéreas e da Secretaria Nacional de Aviação Civil atribuíram os preços das passagens aéreas ao elevado custo do querosene de aviação – que tem tributação diferente conforme o estado -, à “forte limitação ao investimento de capital estrangeiro” e à grande exposição do setor à variação cambial.O assunto foi tema de uma audiência pública hoje (26) na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. O presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Eduardo Sanovicz, disse que os preços cobrados no Brasil são maiores porque são impactados por regras que não existem em outros países. “Se for enfrentado o debate dos tributos e da precificação do querosene da aviação, nós vamos mostrar que preço contra preço, nós competimos com qualquer empresa do mundo”.
O diretor de Serviços Aéreos da Secretaria de Aviação Civil, Ricardo de Melo Rocha, ressaltou que o aumento do capital estrangeiro nas companhias é fundamental para o mercado. Segundo ele, pela legislação em vigor no país, as empresas só podem ter até 20% do capital de empresas de fora do Brasil. “A gente não vê motivo para que haja qualquer restrição ao capital estrangeiro”. Para ele, entre outras vantagens, o fim da restrição resultaria em aumento da quantidade de rotas e cidades atendidas, redução do preço médio das passagens, incremento do turismo e queda do custo com regulação.
Na avaliação do presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino, o desequilíbrio entre oferta e demanda no Brasil leva as empresas a cobrar preços mais elevados. Ainda segundo Dino, o cenário brasileiro de liberdade de tarifária com pouca concorrência resulta no “pior dos mundos” quando o assunto é preço de passagens.
Como solução para o problema, Dino defendeu uma política de “céus abertos” que haja uma maior concorrência, como foi feita na Europa. A mesma alternativa, além de um novo marco regulatório para a aviação civil, foi defendida por senadores que participaram do debate.
“Acho que este [a criação de um novo marco regulatório] é o caminho sim, acho que nós temos que ter coragem para isso, sim”, disse o líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDB-AM). Sobre os preços praticados, o senador criticou os representantes das empresas ao afirmar que querem “justificar o injustificável e defender o indefensável”.
O deputado Weverton Rocha (PDT-MA) disse que, desde a semana passada, está recolhendo assinaturas para a instalação de uma comissão parlamentar mista de inquérito (CPMI) para investigar possíveis abusos na aviação civil. Segundo ele, só na Câmara já foram coletadas 60 assinaturas, das 171 necessárias. O deputado informou que esta semana pretende começar a buscar apoio dos senadores, pelo menos 27 precisam apoiar a CPMI.

Senado aprova PEC do Voto Aberto


26 de novembro de 2013
O Senado concluiu na noite de hoje (26) a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 43/2013, PEC do Voto Aberto. Aprovado em segundo turno, o texto estabelece que as votações de vetos presidenciais e processos de cassação de mandatos de parlamentares não serão mais secretas, tornando públicos os votos dos deputados e senadores.
Originalmente, a proposta remetida pela Câmara dos Deputados previa também a abertura do voto para indicações de autoridades e eleições das mesas diretoras das duas casas, mas a maioria dos senadores considerou que isso poderia prejudicar a independência deles em relação ao Poder Executivo.
Como os senadores rejeitaram parte do texto da Câmara e aprovaram o restante, o presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros (PMDB-AL) anunciou a intenção de promulgar o trecho que é consensual. Ele também informou que se reunirá com a Mesa Diretora das duas Casas para tratar da parte que foi rejeitada pelos senadores.
O relator da PEC, senador Sérgio Souza (PMDB-PR), reconhece que a manobra poderá gerar questionamentos, uma vez que qualquer matéria alterada no Senado retornará à Câmara dos Deputados. “Pode [haver oposição à promulgação parcial], inclusive já houve em casos como a PEC que alterava o número de vereadores. Mas, também, já houve precedentes como a PEC que fez a reforma do Judiciário, que teve apenas partes promulgadas inicialmente”, explicou.
Apesar disso, Souza comemorou a aprovação do texto em segundo turno e creditou a conclusão da votação à pressão popular. “Foi um avanço gigantesco, e eu credito esse avanço à sociedade brasileira, porque foi a sociedade que pressionou”, disse. As informações são da Agência Brasil.

No vermelho: ambulâncias do Siate param por falta de combustível


26 de novembro de 2013
Sistema do Siate opera com 50% do total hoje, relata servidor
A falta de dinheiro no caixa do governo do Paraná já atinge praticamente todas as áreas do estado. Agora, além de viaturas, até ambulâncias estão paradas por falta de combustível. Isto acontece depois do corte de telefone na Secretaria de Segurança Pública na semana passada e da ameaça de corte na alimentação dos presos em presídios no estado.
A denúncia que chegou há pouco à redação do blogdajoice.com é de que quatro ambulâncias do Siate estão paradas por falta de combustível em Curitiba e região metropolitana hoje. Segundo um membro do Siate, que prefere não ser identificado, desde que o diesel S-10 foi implantado isto acontece com frequência: “No Quartel Central, no Portão, no Bairro Novo e, em  Araucária temos baixa hoje”. Segundo ele, quando há ocorrências são acionadas ambulâncias de outras regiões da cidade.  “Quando é uma ocorrência lá do Bairro Alto, a gente pega uma ambulância da CIC para tentar atender”, relata.
OUÇA O RELATO