“Operação Santa” prende 22 pessoas em Ponta Grossa


7 de dezembro de 2013
A “Operação Santa”, realizada hoje em Ponta Grossa, nos Campos Gerais, visando combater o tráfico de drogas na região, resultou em um total de 22 pessoas presas . A ação foi deflagrada pela Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), com apoio de oficiais do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre).
ÍndiceForam dois meses de investigações e nos resultados consta também a apreensão de 15 kg de maconha, 4 kg e meio de crack, 90 g de cocaína, além de celulares, munições e cerca de R$ 3 mil em dinheiro. Os presos foram levados ao Presídio Hildebrando de Souza.

Requião na disputa: Ruim para o Beto e bom para Gleisi


6 de dezembro de 2013
A candidatura de Roberto Requião ao governo do Paraná é fundamental para os planos políticos do PT, mais especificamente para a Ministra-Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann. É simples de entender. Se Requião sair candidato leva a eleição para o segundo turno. Pelo menos é o que mostram as pesquisas. Se hoje apenas Beto e Gleisi disputassem o governo, o governador se reelegeria já no primeiro turno. Requião e Gleisi sabem disso.requiao_gleisi
A única divergência é que Gleisi acha que usará Requião para chegar ao segundo turno e disputa o governo com Beto Richa. Já Requião, acredita que ele irá para o segundo turno e segundo turno é sempre uma nova eleição. Independente da cor partidária a única coisa que todos têm certeza é que em uma eleição com a participação de Roberto Requião ninguém sai inteiro. É diversão e pancadaria garantidas.

Aeroportos têm mais de 20% dos voos atrasados, segundo Infraero



Mais de 20% dos voos tiveram atrasos desde a meia-noite deste sábado (7), segundo a Infraero, empresa que controla os principais aeroportos brasileiros. Os transtornos são reflexo, de acordo com as companhias aéreas, da forte chuva que atingiu os Estados do Rio de Janeiro e de São Paulo dois dias atrás.  
Até as 22h deste sábado, 422 voos estavam atrasados (20,9% do total) e 128 tinham sido cancelados (6,3%) ao longo do dia em todo o país, informa a Infraero. O Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, registrava o maior número de voos atrasados (69). Já o do Galeão, no Rio, tinha a maior quantidade de voos cancelados (16).


Há atrasos nos aeroportos de São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Recife, Florianópolis, Vitória, São Luís, Cuiabá, Fortaleza, Salvador, Belém e Curitiba.
A suspensão de pousos e decolagens nos aeroportos do Rio e de São Paulo na última quinta-feira (5), por conta da chuva, provocou um efeito dominó que afeta terminais em todo o país até este sábado.
 
Os aeroportos do Galeão e Santos Dumont, no Rio, e Guarulhos e Congonhas, em São Paulo, ficaram interditados por várias horas. O problema afetou todas as companhias aéreas, principalmente a Gol.
 
Em nota, a Gol informou que trabalha para normalizar as operações ao longo do dia e lamenta o desconforto causado aos passageiros.
 
"Esses atrasos também tiveram reflexo no limite da jornada de trabalho e descanso de algumas tripulações que tiveram suas cargas horárias vencidas pela regulamentação da categoria gerando impacto nas nossas operações até este sábado", justificou a empresa.
 
Passageiros da companhia aérea enfrentaram problemas desde a noite de sexta-feira (6) e todo o dia de hoje para embarcar no aeroporto Santos Dumont, no Rio, onde foram registrados atrasos e cancelamentos de voos. Ontem, a fila para despachar as malas ultrapassou em 200 metros a delimitação dos guichês. 
 
No aeroporto de Brasília, o tempo de espera na fila do check-in superou duas horas no início da manhã deste sábado.
 
O sábado também não foi fácil para os passageiros que tentavam embarcar no aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, região metropolitana de Belo Horizonte. 
 
Ampliar

Veja os aeroportos que o governo federal já concedeu à iniciativa privada6 fotos

2 / 6
Pátio de aeronaves do Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Leiloado em fevereiro de 2012, foi arrematado por R$ 16,2 bilhões pelo consórcio Invepar ACSA, formado pelas empresas Invepar e Airports Company South África. O grupo assumiu o aeroporto em novembro do ano passado e manterá o controle até 2032. Os investimentos previstos somam R$ 4,7 bilhões, dos quais R$ 1,4 bilhão até a Copa do Mundo Leia mais Lalo de Almeida/Folhapress
 

Multa

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) informou neste sábado que vai autuar a Gol Linhas Aéreas por falhas na prestação de assistência a passageiros com voos atrasados ontem (6) no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, e nesta manhã, no aeroporto de Brasília. A multa pode variar de R$ 4 mil a R$ 10 mil por infração à resolução 141/2010 da Anac.
Segundo nota divulgada pela agência, a TAM Linhas Aéreas será notificada e terá dez dias para comprovar a prestação de assistência aos passageiros em decorrência de problemas observados ontem em Guarulhos. Se a agência constatar que houve irregularidades, a TAM também será autuada.
Pela resolução 141/2010, é dever da empresa informar aos passageiros sobre atrasos e cancelamentos de voos, além de explicar os motivos. A companhia aérea deve ainda facilitar a comunicação do passageiro (com ligações telefônicas e internet, por exemplo) para atrasos superiores a uma hora, alimentação adequada para atrasos superiores a duas horas, acomodação, traslado e, quando necessário, serviço de hospedagem para atrasos superiores a quatro horas.
Caso o passageiro se sinta prejudicado, deve procurar a empresa aérea para reivindicar seus direitos. Se a medida não apresentar resultado, o usuário pode encaminhar a demanda à Anac, aos órgãos de defesa do consumidor e à Justiça.
Os consumidores podem contatar a Anac pelo site e pelo telefone 0800 725 4445 (que está disponível 24 horas, sete dias por semana, com atendimento em português, inglês e espanhol). Cabe à agência analisar cada caso e autuar a companhia, quando houver irregularidade. (Com Agência Brasil e Estadão Conteúdo)
Ampliar

Prêmio elege os dez melhores aeroportos do mundo10 fotos

1 / 10
1º lugar: Aeroporto de Changi (Cingapura) - Pela quarta vez, o terminal, que transportou mais de 50 milhões de pessoas em 2012, venceu a eleição promovida pela empresa de consultoria britânica Skytrax. Desde a criação do prêmio, em 1999, o aeroporto cingapuriano sempre esteve entre os três mais bem avaliados. Neste ano, mais de 12 milhões de usuários em 160 países responderam à pesquisa, que não distribui prêmios em dinheiro. Nenhum aeroporto brasileiro conseguiu um lugar entre os cem melhores do mundo Divulgação

Empresário é executado na frente dos funcionários em oficina mecânica no Bairro Alto


Por Luiz Henrique de Oliveira e Roberto Romanowski


Um homem armado invadiu uma oficina mecânica, na rua Percy Feliciano de Castilho, no Bairro Alto, em Curitiba, e executou o proprietário do estabelecimento, no final da tarde desta sexta-feira (6). Luiz Laertes Portela da Luz Júnior, de 42 anos, casado e pai de uma filha, foi atingido por pelo menos três disparos de pistola: dois na cabeça e um na nuca.
Segundo testemunhas informaram à polícia, o atirador desceu de um Celta preto, entrou na oficina, foi direto até onde Laertes estava e sem dizer uma única palavra começou a atirar. Na hora do crime cinco funcionários estavam trabalhando e acabaram testemunhando o assassinato do patrão.
Os funcionários disseram à polícia que Laertes estava de costas quando foi baleado, o que leva a crer que o atirador conhecia bem a vítima, já que não falou nenhuma palavra.
Ainda de acordo com os funcionários, o patrão não tinha inimizades ou desacordos comerciais e nunca comentou sobre qualquer tipo de ameaça que estivesse sofrendo. Eles também disseram a polícia que não conheciam o atirador e que o homem nunca tinha sido visto na oficina.
O corpo do empresário foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML). A Delegacia de Homicídios de Curitiba investiga o caso.

Crise no Paraná: viaturas da PM paradas por falta de combustível


6 de dezembro de 2013

Viaturas estão sem fornecimento de gasolina, álcool e diesel s10


As viaturas da Polícia Militar abastecidas com álcool, gasolina e diesel s10 estão paradas. Não há mais combustível para abastecer os carros que trabalham na área da segurança pública do Paraná. A falta de abastecimento tem uma explicação simples: os fornecedores não foram pagos. A crise envolvendo o abastecimento já se arrasta há alguns meses, mas por enquanto havia pelo menos uma cota para os carros rodarem. Agora a fonte secou de vez. Boas fontes de dentro da Polícia Militar confirmam que a ordem dada hoje é para que algumas viaturas com policiais fiquem paradas em pontos estratégicos da cidade, mas a grande preocupação é com os atendimentos via 190.
destaque_anprviaturas8_primeira_orlando
Neste momento os únicos carros que ainda tem combustível para rodar no estado são as poucas caminhonetes da frota velha que estão abastecidas com diesel comum. Todos os outros carros de pequeno e médio porte e as novas caminhonetes permanecerão paradas se a situação não for resolvida.

Sem oposição, Stephanes Junior adia convenção do PMDB


Da Redação

DEPUTADO .STEPHANES JUNIOR(PMDB)DATA.06-06-07FOTO NANI GOIS
Foto: Divulgação
A Comissão Executiva Municipal do PMDB de Curitiba, que é presidida pelo deputado estadual Stephanes Junior (PMDB), cancelou a convenção partidária que aconteceria neste domingo (8). Segundo seu presidente, o principal motivo para o adiamento foi a retirada da chapa de oposição que tinha como líder o Professor Altino.
“Acredito que ante à possibilidade concreta de uma derrota, eles desistiram de participar, impedindo a realização de um debate saudável sobre o que é melhor para o futuro do PMDB. Assim, numa demonstração de prática democrática decidimos realizar a convenção em outra oportunidade, para que se promova um debate legítimo”, justificou Stephanes, que poderia realizar o encontro liderando a chapa única que reúne as principais lideranças partidárias com a certeza de vitória.

Cerca de 200 servidores trabalham para atender danos causados pelo temporal em Curitiba


Da SMCS

Equipes da Defesa Civil e Meio Ambiente da Prefeitura de Curitiba registraram até agora 449 solicitações emergenciais decorrentes da forte chuva e do vento que atingiram a cidade na tarde de quinta-feira (05). Cerca de 200 servidores continuam nas ruas nesta sexta-feira (06) para atender a população.
Foram registradas 257 solicitações para retirada de galhos caídos, galhos pendurados ou árvores caídas. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente ainda não pode precisar quantas árvores caíram porque muitas dessas solicitações são para os mesmos casos.
Também há registro de 15 veículos danificados e outras 12 de residências e prédios atingidos por galhos e queda de árvores, além de 55 casos de destelhamento.
dano-temporal-061213-bandab
(Foto: Cesar Brustolin/SMCS)
Perto de 200 servidores das equipes Prefeitura de Curitiba continuam atendendo as solicitações até a volta da normalidade. Não há desalojados e desabrigados.
Na manhã desta sexta-feia, nove semáforos ainda estavam desligados, por falta de energia elétrica.
Volume de madeiras
Todos os galhos, árvores e resíduos retirados das ruas da cidade são levados para locais cadastrados pela Prefeitura para a destinação correta do resíduo vegetal. O material geralmente é transformado cavaco para alimentar caldeiras e/ou composto para adubo.
Registros da Defesa Civil de danos causados pela chuva
· 15 bairros atingidos
· Aproximadamente 100.000 residências sem energia elétrica em Curitiba (fonte Copel). No momento 90% foram restabelecido;
· 200.000 pessoas afetadas;
· 15 veículos atingidos por árvores ou galhos;
· Aproximadamente 55 atendimentos de destelhamentos;
· 52 residências danificadas;
· 13 equipamentos públicos da Secretaria Municipal da Educação parcialmente destelhados;
· 5.000 m² de lona plástica fornecidos, para cobertura provisória das residências e equipamentos públicos destelhados.

Após morte de colega em briga de trânsito, ciclistas de Curitiba organizam protesto


Da Redação
capa
(Foto: Reprodução facebook)

A morte de um ciclista em uma briga de trânsito ontem, no bairro Santa Cândida, em Curitiba, revoltou os colegas dele. Por conta disso, uma bicicletada está marcada para a próxima sexta-feira (13), quando completará sete dias da morte de Marcos Alexandre da Cruz Rocha, de 32 anos. Até o fechamento desta reportagem, mais de 250 pessoas confirmara presença no evento por meio da rede social facebook.
O protesto é organizado pela página Bicicletada e tem como título “Bicicleta contra a banalização da vida dos ciclistas em Curitiba”. A intenção dos ciclistas é sair às 18h na Praça do Homem Nu e depois circularem pela cidade. A recomendação é que os manifestantes levem buzinas, apitos e faixas de luto.
A descrição do evento é a seguinte:
“É o caso mais grave e cruel de morte de ciclistas em Curitiba. É um caso emblemático, significativo. Para além da morte, dano irreparável à vida não apenas da vítima direta, mas a toda sua família e amigos, fica a questão social. Somos, nós ciclistas, pedestres, transeuntes e até mesmo motoristas descartáveis? Valemos tão pouco a ponto de a pressa e o patrimônio justificarem o fim de nossas vidas?”.
Confira o a página do evento aqui.
Relembre a morte do ciclista na notícia relacionada abaixo:

CASO TCE: Desembargador Loyola se declara suspeito para julgar pedido de Fábio Camargo


6 de dezembro de 2013
O Desembargador Antônio Loyola se declarou suspeito para julgar o mandado de segurança que favorecia Fábio Camargo, que tenta voltar para o Tribunal de Contas do Estado do Paraná.O conselheiro está afastado liminarmente do TCE por decisão da Desembargadora Regina Portes, e entrou com um mandado de segurança contra ela para tentar reaver a vaga no Tribunal. Por coincidência, o relator do processo acabou sendo o Desembargador Loyola, que tem relações próximas com a família Camargo. Por conta da proximidade, Loyola se declarou suspeito para julgar o mandado de segurança.
loyolaDe qualquer forma, seria um monstrengo jurídico o Desembargador julgar um mandado de segurança contra outro mandado de segurança, também de uma Desembargadora.portesO caminho correto é o recurso, ou seja, o agravo. O prazo para que Fábio Camargo tente os meios jurídicos corretos para tentar a ‘reintegração de posse’ do cargo no TCE é a próxima terça-feira. É esperar para ver. 
LEIA TAMBÉM

Fábio Camargo cria imbróglio jurídico e entra com mandado de segurança contra desembargadora Regina Portes


Estudantes que comemoravam entrega do TCC morrem em acidente na BR-277


Da Redação com Catve.tv
Foto: Reprodução Catve.tv
Foto: Reprodução Catve.tv
Duas jovens, de 23 e 24 anos, morreram em acidente na tarde de quinta-feira (5) na BR 277, em Candói, na região centro-sul do estado. Elas estavam em um veículo Palio de Ponta Grossa, que bateu frontalmente contra o caminhão Mercedes Benz de Toledo no Km-397.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a colisão ocorreu em trecho de faixa dupla, e a condutora do carro forçava uma ultrapassagem.
facebook-estudantes-br-277
Foto: Reprodução Facebook
Fernanda Cristina de Castro e Camila de Mattos morreram no local. Conhecidos contaram que as duas comemoraram a aprovação do TCC (Trabalho de Conclusão do Curso), e seguiam para Santa Helena no Oeste no estado para acampar.
Elas eram estudantes de enfermagem da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).
Ainda segundo a PRF, chovia muito no momento do acidente. Os corpos foram encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal) de Guarapuava.
Informações da Catve.tv.