Para André Vagas pré-candidatura de Gleisi Hoffman para o governo é certa


12 de dezembro de 2013
Deputado diz que há a possibilidade de duas candidaturas, a de Gleisi e a de Requião
O vice-presidente da Câmara dos Deputados, André Vargas (PT-PR), realizou na manhã de hoje, 12/12, um café da manhã em sua residência, em Brasília, com a ministra Gleisi Hoffmann, os deputados federais e o senador Sérgio Souza para discutir o cenário político das eleições de 2014.andre-vargas-size-598
Segundo Vargas, a pré-candidatura da ministra Gleisi Hoffmann é certa. “Não se tem dúvidas em relação à disposição da Gleisi. Discutimos a compreensão de disputarmos com duas candidaturas, ou seja, a da Gleisi e mais a do Roberto Requião e Orlando Pessuti. Nós estaremos juntos sintonizados, porque já estamos juntos em nível nacional e queremos estar juntos também aqui no Estado”.
Vargas comentou que o PT estará coligado com o PMDB na disputa nacional e que seria importante essa aliança também nas eleições estaduais. “Entendemos que nessa coligação o PMDB tem que indicar o candidato a vice-governador ou o candidato ao senado, assim poderíamos fazer uma chapa única para deputado federal e estadual. Essa articulação está em curso e nós fazemos questão de ter o PMDB incluso na nossa chapa na hipótese do Requião não ter candidatura própria”, avaliou.
Estavam presentes na reunião (na foto): André Zarachow, André Vargas, Hermas Parcianello,  Gleisi Hoffmann, Osmar Serraglio, Marcelo Almeida, João Arruda e Sérgio Souza.

CASO TCE: TJ rejeita mandado de segurança de Fábio Camargo


12 de dezembro de 2013
O Tribunal de Justiça do Paraná rejeitou hoje o mandado de segurança impetrado por Fábio Camargo contra a Desembargadora Regina Portes. Quem avaliou o pedido foi o desembargador Ruy Cunha Sobrinho, que informou que o pedido não foi aceito porque a primeira decisão contra ele não é ilegal.fabio camargo tce
Fábio Camargo queria reaver o cargo de Conselheiro do TJ do Paraná e alegava que a liminar que o afastou do cargo era ilegal.
RELEMBRE O CASO

Eleição de Fábio Camargo para o TC está anulada

CASO TCE: Desembargador Loyola se declara suspeito para julgar pedido de Fábio Camargo

Fábio Camargo cria imbróglio jurídico e entra com mandado de segurança contra desembargadora Regina Portes

Tribunal de Contas afasta oficialmente Fábio Camargo

Fabio Camargo depõe no STJ na investigação de tráfico de influência

Tribunal de Justiça afasta Fabio Camargo do TCE


Garota de 13 anos desaparece em Pinhais e é encontrada com namorado no Litoral


Por Luiz Henrique de Oliveira e Marco Piza

A menina de 13 anos que estava desaparecida há três dias, foi encontrada em Guaratuba, no litoral do Paraná. Policiais localizaram o paradeiro da adolescente, moradora de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na tarde desta quinta-feira (12).
A delegacia confirmou à Banda B que ela estava com um suposto namorado, que seria maior de idade. A menina sumiu no início da semana depois de entrar em uma sala de aula em uma escola pública, próxima ao Bosque Municipal de Pinhais. A suspeita dos conhecidos da garota era de que ela teria sido sequestrada.
Odete Pacheco, prima da garota, afirmou que, por imagens de câmeras de segurança da escola, foi possível vê-la chegando para a aula. “Ela entrou e depois de um certo tempo desapareceu. Ontem a mãe conseguiu contato e disse que a menina pediu para que a queixa fosse retirada, porque estariam querendo dinheiro para libera-lá”, afirmou.
Segundo Odete, recentemente a menina tinha iniciado um namoro com um colega de escola. “Só que ela só tem 13 anos e, por isso, não dá para ter certeza do que está acontecendo. Já foi feito um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Pinhais e estamos no aguardo”, descreveu.

Após violência entre torcidas, governo discute padronizar segurança nos estádios do país


Da Agência Brasil

As cenas de extrema violência registradas durante o jogo entre Atlético Paranaense e Vasco da Gama, no último domingo (8), levaram representantes do governo federal, do Poder Judiciário e de entidades desportivas, como o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a discutir medidas para garantir a segurança nos estádios brasileiros.
aldo-rebelo-121213-bandab1
Ministro Aldo Rebelo (Foto: Agência Brasil)
Entre as iniciativas tratadas durante reunião realizada hoje (12), no Ministério do Esporte, está a padronização de procedimentos de segurança durante eventos esportivos, principalmente durante jogos de futebol. “É necessário unificar um padrão de comportamento dos órgãos de segurança pública e privada, definindo competências, deveres e responsabilidades”, disse o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, esclarecendo que o ministério já discute um Guia de Procedimento de Segurança.
A criação de juizados e delegacias especializadas no atendimento a torcedores também esteve na pauta da reunião como iniciativas a serem discutidas com os governos estaduais e com o Poder Judiciário. Outra iniciativa retoma a necessidade de um cadastro nacional de associados a torcidas organizadas e daqueles proibidos de frequentarem estádios.
O cadastro já existe em alguns estados, mas, segundo Cardozo, os representantes das entidades consideram “fundamental” a existência de uma base de dados nacional. “Obviamente, as medidas para que este cadastro não seja um mero cadastro informativo, mas seja aplicado, vão ser discutidas com os secretários de segurança pública”, disse Cardozo, garantindo que algumas das medidas anunciadas são de implementação imediata, enquanto outras são apenas sugestões.
Cardozo e o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, também defenderam maior responsabilização dos clubes quando seus torcedores se envolverem em brigas ou atos ilícitos. “Mais do que a punição pecuniária, os clubes temem a punição técnica. Um clube teme mais a perda de três pontos do que [multa] de R$ 3 milhões. O dinheiro ele pode arrumar emprestado, já os três pontos vão ser cobrados pela torcida de forma muito mais dura”, defendeu o ministro do Esporte.
As demais medidas tratadas na reunião preveem maior integração dos setores de inteligência policial dos estados. O ministro Cardozo defendeu, por exemplo, que todos os estádios sejam equipados com itens de segurança obrigatórios, o que poderia ser feito por meio de parcerias entre os estados, a CBF e as federações de futebol; além da instalação imediata da Câmara Técnica de Intolerância Esportiva do Ministério da Justiça, que já existiu.
A última medida discutida foi o envio ao Congresso Nacional do projeto de lei que trata do Estatuto da Segurança Privada. De acordo com Cardozo, o assunto já está em fase final de elaboração e define regras e condicionantes para a atuação dos serviços de vigilância privada. “Temos um plano já definido, já especificado, para a segurança da Copa do Mundo e que foi empregado na Copa das Confederações. O que se coloca agora é a questão das atividades ordinárias de segurança pública e privada nas atividades esportivas fora da Copa do Mundo”.
O governo vai criar um grupo técnico, coordenado pelos ministérios do Esporte e da Justiça, para definir como implementar as medidas. “Ele [o grupo] vai trabalhar eventuais especificações que necessárias para facilitar a aplicação [das medidas] com grande velocidade”. Estão previstas três reuniões para tratar do assunto: a primeira será entre os secretários estaduais de segurança pública; a segunda entre representantes do Conselho Nacional do Ministério Público e do Conselho Nacional de Justiça; e a terceira entre CBF, Superior Tribunal de Justiça Desportiva e as federações estaduais de futebol.
O ministro da Justiça fez questão de destacar que a preocupação não diz respeito à segurança das partidas da Copa do Mundo de 2104. “Isso não é para a Copa, que já tem um plano dialogado com a Fifa, governos estaduais e CBF”.

Tabela de férias entra em vigor no transporte de Curitiba e usuários reclamam de longas demoras


Por Felipe Ribeiro e Luiz Henrique de Oliveira
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Alterações na tabela de ônibus do transporte coletivo de Curitiba vêm gerando uma série de reclamações por parte dos usuários desde o início desta semana. Nesta quinta-feira (12), vários usuários que perceberam as mudanças e entraram em contato com a Banda B para relatar atrasos de até meia hora entre uma linha e outra.
Como exemplos expostos pelos ouvintes estão as linhas Barreirinha, Interbairros II, Boa Vista/Barreirinha, Jardim Mercês/Guanabara, Curitiba/Araucária, Pinhais/Campo Comprido e Cabral/Osório. “É complicado isso acontecer ainda no dia 12, a maioria trabalha até a véspera de natal. Percebemos essa situação esperando meia hora e andando em ônibus cada vez mais lotados”, reclamou.
De acordo com o presidente da Urbs, Roberto Gregório, com o início das férias escolares, a empresa adota uma tabela diferente de horários e isso implica na mudança de alguns horários e dimensionamento da frota. “Nós identificamos inclusive com essa operação férias alguns fatores fora do considerado normal, como novos conjuntos habitacionais implantados, o calendário diferenciado da UFPR, entre outros. Esses problemas já foram identificados e as linhas reforçadas. Caso algo não tenha sido resolvido, espero que os usuários enviem sua reclamação ao telefone 156 para que possamos resolver”, disse.
Em relação aos casos específicos das linhas que a Banda B recebeu reclamações, a Urbs explicou cada situação:
Boa Vista/Barreirinha e Barreirinha – Foi feita análise que não identificou problemas de demanda. Problema de regularidade em função do trânsito.
Cabral/Osório – Como a Opet, que é o maior gerador de demanda da linha, está em férias, também não foram constatados problemas com a demanda, e sim atrasos em função do trânsito.
Pinhais/Campo Comprido – Houve alteração na segunda-feira, mas a tabela horária voltou ao normal na sequência, assim que se constatou o problema.
Interbairros II e Jardim Mercês/Guanabara – Os horários foram readequados à demanda, mas não se observou problemas de demora em função disso. A variação de intervalo foi inferior a dez minutos. Estamos verificando se há problema de regularidade em função do trânsito.

PM prende assaltante que ficou ‘famoso’ em vídeo na internet


Da Folha de S. Paulo

A Polícia Militar (PMprendeu na tarde desta quarta-feira (11) um homem procurado por participar de um roubo a moto na Penha, na zona leste de São Paulo, em outubro. Na ocasião, o outro assaltante foi baleado por um PM que passava no local. A ação foi gravada por uma câmera acoplada ao capacete da vítima.
roubar-moto-121213-bandab
(Foto: Reprodução)
Leonardo Silva Barros Melo, 19, já havia sido identificado pela polícia. Nas imagens, ele aparece dirigindo a moto, de blusa azul escuro. Segundo a SSP (Secretaria da Segurança Pública), ele foi encontrado por volta das 16h de ontem após uma denúncia anônima. A informação passada ontem aos policiais é que ele estaria em um bar que pertence ao pai dele, em Ermelino Matarazzo, também na zona leste de São Paulo.
Para ler a reportagem completa, clique aqui.

Homem é preso por agredir namorada e matar cão ao jogá-lo duas vezes contra parede


Por Luiz Henrique de Oliveira


Uma discussão entre um homem de 41 anos e sua enteada terminou em uma tragédia em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na tarde desta quarta-feira (11). A situação aconteceu no bairro Jardim Weissópolis e o machão de cozinha foi preso por policiais militares, acusado de agredir a companheira e a filha dela. Ele ainda matou um filhote de cachorro, após jogá-lo contra a parede duas vezes.
De acordo com a Polícia Militar (PM), o homem surtou durante a briga com a enteada. Ele agrediu as mulheres com um bastão de madeira e, não satisfeito, pegou o filhote de cachorro e o jogou duas vezes contra a parede. “Indefeso, o animal não resistiu a violência e acabou morrendo. A agressão e a morte do cão revoltaram os moradores da região”, contou à Banda Bo soldado Cleverton Rodrigo.
Os policiais militares encaminharam o suspeito para a delegacia do município, onde ele responderá pela violência doméstica e também pelos maus-tratos ao animal. Mãe e filha sofreram alguns ferimentos e prestaram queixa na delegacia.

Escolas Municipais de Colombo elegem seus novos diretores


WEBMASTER 12 DE DEZEMBRO DE 2013

Diretores assumirão gestão 2014/2017 e serão os responsáveis por coordenar equipes visando atender a educação do município

Das 40 Escolas Municipais de Colombo, 24 realizaram a eleição com candidato único
Das 40 Escolas Municipais de Colombo, 24 realizaram a eleição com candidato único
Foram eleitos nesta segunda-feira, 09, os diretores das 40 Escolas Municipais de Colombo, que irão estar à frente dos trabalhos das instituições de ensino na gestão 2014/2017. A votação aconteceu durante todo o dia e contou com o voto de alunos maiores de 16 anos, um voto por família que possui um ou mais filhos matriculados na rede municipal de ensino.
A eleição mobilizou o departamento de Educação, que faz parte da Secretaria da Educação, Cultura e Esporte. Das 40 escolas, 24 realizaram a eleição com candidato único, e nas demais teve dois ou três candidatos concorrendo à direção.
O cargo de diretor de uma escola é de extrema importância para a condução do sistema educacional aplicado em cada instituição, como destaca a responsável pela pasta, secretária Aziolê Cavallari Pavin. “Os diretores atuam coordenando as equipes de cada escola, planejando ações e desenvolvendo projetos que vão de encontro às diretrizes da secretaria, que pretende desenvolver cada vez mais a educação do município”, conta Aziolê.
Segue abaixo a listagem completa dos diretores gestão 2014/2017:
Escola Municipal Agripino João Tosin – diretora Marilia Grein
Escola Municipal Angelo Falavinha Dalprá – diretora Telma Lopes
Escola Municipal Antonio André Johnsson – diretora Adriana Milek
Escola Municipal Antonio Cavassin – diretora Alexandra Pereira Galvâo
Escola Municipal Antonio Costa – diretora Valdirene do Rocio Buzato
Escola Municipal Arlindo Andretta – diretora Elizabete Maria Kusma
Escola Municipal Barão de Mauá – diretora Terezinha Nunes de Souza
Escola Municipal Carlos Fontoura Falavinha – diretora Dalva Regina Simião
Escola Municipal Cristóvão Colombo – diretora Vera Lúcia do Rocio Busato
Escola Municipal Dr. Manoel Costacurta – diretora Claudia Mara Muniz
Escola Municipal Elvira Nodari Alberti – Maria da Glória F de Souza
Escola Municipal Gabriel D’Anúncio Strapasson – diretora Amaura Bessa da Silva
Escola Municipal Heitor Villa Lobos – diretor Robson Bueno
Escola Municipal Isolina Ceccon – diretora Rita de Fátima Straioto
Escola Municipal Jardim Ana Maria – diretora Diana do Rocio Biz Paim
Escola Municipal Jardim das Flores – diretora Giane Maria Andreassy da Silva
Escola Municipal Jardim das Graças – diretora Vanda Aparecida de Oliveira
Escola Municipal Jardim Guarujá – diretora Anália dos Anjos Vincentin
Escola Municipal João Batista Stocco – diretora Sandra Maria Carvalho Oliveira
Escola Municipal John Kennedy – diretora Maria Tereza Francisco Souza
Escola Municipal José Frederico Paulo Weigert – diretora Maria Elizabete Strapasson
Escola Municipal Jovino do Rosário – diretora Mara Solange Santos R Zonta
Escola Municipal Jucondo D’Agostin – diretora Luciane da Neves da Silva
Escola Municipal Juscelino Kubitschek – diretora Marialva Batistão
Escola Municipal Monteiro Lobato – diretora Dionice Ribeiro Stier de Oliveira
Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima – diretora Dalva Inácio Cerino da Silva
Escola Municipal Padre Angelo Alegrini – diretora Rosana Aparecida Vane
Escola Municipal Padre Durval Secchi – diretora Andréia de Espíndola
Escola Municipal Padre Jones J.Tibolla – diretora Maria Judite da Silva Leme
Escola Municipal Parque Monte Castelo – diretora Nelice Aparecida da Cruz
Escola Municipal Parque Santa Terezinha – diretora Katty Mariel G Rausis
Escola Municipal Pedro Viriato Parigot de Souza – diretora Devani Scheremeta
Escola Municipal Presidente Castelo Branco – diretora Catarina do Rocio Sheraiber
Escola Municipal Santa Fé – diretora Maria de Jesus Glir
Escola Municipal Santa Isabel – diretora Marina Aparecida Motin
Escola Municipal Severo Ribeiro de Camargo – diretora Lurdes Ines Pasternak Machado
Escola Municipal Ver. André Nadolny – diretora Eliane Mazon
Escola Municipal Vitório Manoel Franceschi – diretora Renata Maria Socher de Lara
Escola Municipal Rural Imbuial da Roseira – diretora Noemi Aparecida Strapasson
Escola Municipal Rural João José Gasparin – diretora Ana Paula Magalhães Strapasson
Crédito: Dayana Estevam/PMC
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br

Rapaz é flagrado com produtos roubados e, sem pensar duas vezes, coloca a culpa na namorada


Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento


Um casal de namorados teve que fazer uma ‘DR’(Discussão de Relacionamento) na delegacia durante a noite desta quarta-feira (12). O rapaz foi flagrado na Av. Munhoz da Rocha, no bairro Cabral, com produtos furtados de uma farmácia. Ao ser questionado sobre como conseguiu aquilo, apontou para o outro lado da rua onde estava sua namorada e, sem pensar duas vezes, disse: “Foi ela”.
Os policiais militares então para esclarecer os fatos levou o casal e a sacola, recheada de chocolates e produtos de higiene, até a farmácia furtada. Lá as imagens das câmeras de segurança constataram que os dois estavam envolvidos na situação.
O casal, com cara de poucos amigos, passou a noite se explicando no Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul. Não foi possível precisar se depois dessa eles vão continuar juntos, mas pelo menos na delegacia tiveram que ficar lado a lado.

Garota de 13 anos vai para a aula e desaparece em Pinhais; família acredita em sequestro


Por Luiz Henrique de Oliveira e Marco Piza


A família de Beatriz Pacheco Auler, de 13 anos, está desesperada. A menina foi para a aula em uma escola pública próxima ao Bosque Municipal de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, e não foi mais vista. Na manhã desta quinta-feira (12) completou três dias de buscas e a suspeita dos conhecidos da garota é de que seja um caso de sequestro.
desaparecidadentro
Beatriz está desaparecida desde segunda-feira (9) (Foto: Arquivo pessoal)
Odete Pacheco, que é prima de Beatriz, afirmou à Banda B que, por imagens de câmeras de segurança da escola, registradas na última segunda-feira (9), foi possível ver a garota chegando para a aula. “Ela entrou e depois de um certo tempo desapareceu. Ontem a mãe conseguiu contato e disse que a menina pediu para que a queixa fosse retirada, porque estariam querendo dinheiro para libera-lá”, afirmou.
Segundo Odete, recentemente Beatriz iniciou um namoro com um colega de escola. “Só que ela só tem 13 anos e, por isso, não dá para ter certeza do que está acontecendo. Já foi feito um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Pinhais e estamos no aguardo”, descreveu.
Quem tiver informações sobre a menina pode procurar a delegacia do município da região metropolitana de Curitiba pelo telefone: 36655250.

Escolas de Colombo formam mais de 900 alunos no curso Proerd


WEBMASTER 11 DE DEZEMBRO DE 2013

São 30 turmas de escolas da rede municipal trabalhando contra a violência e por um mundo melhor

Mais de 900 alunos receberam o diploma de conclusão do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd)
Mais de 900 alunos receberam o diploma de conclusão do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd)
A Secretaria Municipal da Educação, Cultura e Esporte de Colombo em parceria com a Polícia Militar do Paraná (PMPR) realiza nestes dias 10 e 11 de dezembro, a formatura de mais de 900 alunos dos 5º anos da Rede Municipal de Ensino. Ao todo, são 30 turmas, de 12 escolas de Colombo, que durante o segundo semestre de 2013 participaram do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), que dentro de um cronograma com 12 aulas buscou alertar as crianças e adolescentes para os riscos das drogas, além de incentivar práticas para a cultura da paz e distanciamento de situações que envolvam as diversas situações de violência.
Durante o primeiro dia de solenidade, a secretária da pasta, Aziolê Cavallari Pavin, lembrou aos jovens a importância de levar o aprendizado consigo e comemorou o sucesso da parceria. “Hoje temos mais uma leva de alunos que puderam adquirir experiência de vida de forma segura, aprenderam a lidar com situações de risco sem ter que realmente passar por elas, e isto mostra o tamanho do sucesso desta parceria, que traz para os alunos, ensinamentos que eles devem e vão levar consigo para toda a vida”, ressaltou Aziolê.
A noite reservou muitas emoções aos pais, alunos e professores presentes na solenidade de formatura
A noite reservou muitas emoções aos pais, alunos e professores presentes na solenidade de formatura
Durante o evento, alunos, pais e professores assistiram a apresentações e discursos das autoridades presentes.
Parcerias que dão certo
Acima da parceria firmada entre a Prefeitura e a PMPR, que trouxe o Proerd para os alunos de Colombo, Aziolê também lembra que a principal parceria que deve ser mantida é a dos pais com a escola. “Os papéis, da escola através dos professores, e da família no fortalecimento dos vínculos sociais, são de suma importância para esta fase e é este trabalho que vai manter as crianças longe das drogas,” lembrou a secretária.
Um dos objetivos do programa é evitar o aumento do índice de jovens envolvidos com a violência. Para o Cabo Dirlei da Silva, responsável pela ministração das aulas, a receptividade das instituições de ensino contribui para que os alunos consigam absorver todas as lições que o Programa oferece. “Nosso objetivo é que, ao final do curso, eles sejam cidadãos ainda mais conscientes, que saibam discernir o certo e o errado. Em Colombo, a recepção das escolas é excelente, o que resulta, também, no nosso sucesso”, destacou o cabo Dirlei da Silva.
Concluem o curso 30 turmas, com alunos de nove a 12 anos, das escolas da Rede Municipal de Ensino de Colombo
Concluem o curso 30 turmas, com alunos de nove a 12 anos, das escolas da Rede Municipal de Ensino de Colombo
O Programa é aplicado para crianças na faixa etária de nove a 12 anos, quando a criança está em fase de descobrimento mais profundo de si, inserida no todo. O cabo Dirlei explica que esta é a idade da curiosidade, da puberdade, onde as crianças iniciam a pré-adolescência. É nesta fase que a intervenção e o alerta, a respeito dos males que as drogas e a violência podem causar no indivíduo e na família, serão absorvidos com maior facilidade pelo jovem.
A formatura aconteceu no período da noite, no auditório do Caic, no bairro Vale Verde, e ontem, no dia 10, recebeu os alunos das Escolas Municipais João José Gasparin, Antônio Costa, Vitório Manoel Franceschi, Isolina Ceccon, Padre Durval Secchi, Jovino do Rosário e Dr. Manoel Costacurta. Hoje, dia 11, quarta-feira, será a vez dos alunos das Escolas Municipais Jardim das Graças, Angelo Falavinha Dalprá, Pedro Viriato Parigot de Souza, José Frederico Paulo Weigert e Barão de Mauá.
Fotos: Valdemir da Luz/PMPR

Motorista perde controle de carro em curva e acerta carro de sargento dos bombeiros


Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento
acidentedentro
Três pessoas ficaram feridas (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)


Um grave acidente de trânsito deixou três pessoas feridas no início da manhã desta quinta-feira (12) na Av. Senador Salgado Filho, no bairro Uberaba, em Curitiba. Um sargento do Corpo de Bombeiros e o filho dele precisaram ser encaminhados pela ambulância do Siate ao Hospital Cajuru.
Segundo testemunhas, um jovem de 25 anos vinha em um Corsa Wind no sentido Centro quando teria se perdido na curva e batido com a lateral contra o Celta do sargento Rogério Gonçalves de Oliveira. “Essa informação também nos foi passada pelas vítimas do Celta. O filho do sargento, um adolescente, estava no carro e teve ferimentos leves. Já o bombeiro teve alguns ferimentos mais graves, mas sem risco de morte”, afirmou à Banda B os sargento Taufik, do Batalhão de Polícia de Trânsito.
O motorista do Corsa teve apenas um corte na cabeça e recusou encaminhamento ao hospital. Ele não quis comentar o caso.

PM e suspeitos de roubarem casa trocam tiros no Cascatinha




Os suspeitos conseguiram fugir para um matagal próximo. A perseguição continuava até pouco depois das 9 horas


Troca de tiros entre policiais militares e suspeitos de roubarem uma casa ocorreu no início da manhã desta quinta-feira (12), no bairro Cascatinha, em Curitiba.
Segundo a Polícia Militar, uma viatura chegou a casa que estava sendo roubada por volta das 8h40. Os suspeitos saíram, houve intenso tiroteio e eles conseguiram fugir para um matagal próximo. A perseguição continuava até pouco depois das 9 horas.
Informações extraoficiais dão conta de que dois dos suspeitos teriam sido mortos na troca de tiros e de que uma família foi mantida refém desde o início da manhã, mas esses dados não foram confirmados pela PM até as 9h25

Mais informações em breve.

INTÉRPRETE DE SINAIS EM HOMENAGEM A MANDELA DIZ QUE ESTAVA ALUCINADO.


Homem foi acusado de ser impostor e ter fingido os gestos na África do Sul.
Em entrevista, ele disse que teve um episódio esquizofrênico no palco.

Do G1, em São Paulo

Thamsanqa Jantjie disse a jornal local que estava ouvindo vozes enquanto estava no palco de homenagem a Mandela (Foto: Itumeleng English/AP)Thamsanqa Jantjie disse a jornal local que estava ouvindo vozes enquanto estava no palco de homenagem a Mandela (Foto: Itumeleng English/AP)
O homem acusado de ser um impostor ao fazer a interpretação para a língua de sinais dos discursos de autoridades durante homenagem ao ex-líder sul-africano Nelson Mandela na terça-feira (10), no estádio Soccer City, em Johanesburgo, afirma que estava "alucinando e ouvindo vozes", informou o jornal local "The Star".
Thamsanqa Jantjie disse ao jornal que sofreu um "episódio esquizofrênico" enquanto estava no palco durante o evento. "Não havia nada que eu pudesse fazer. Eu estava sozinho em uma situação muito perigosa", contou.
"Tentei me controlar e não mostrar ao mundo o que estava ocorrendo. Peço desculpas."
Jantjie alega ter as qualificações para atuar como intérprete de língua de sinais, e disse trabalhar para uma empresa que o pagou US$ 85 para sua atuação no evento de terça.
O homem disse não saber se foi a magnitude do evento ou a alegria por participar da homenagem a Mandela que disparou o ataque esquizofrênico no palco. De repente, ele disse ter perdido a concentração, começou a ouvir vozes e a alucinar.
Jantjie contou que, apesar disso, ele não conseguia sair do palco – por isso, continuou fazendo gestos, apesar de não terem sentido. As alucinações fizeram com que o homem não conseguisse ouvir o que era falado e, consequentemente, interpretar as frases para a língua de sinais.
"A vida é injusta. Essa doença é injusta. Qualquer um que não entenda essa doença vai pensar que eu estou inventando tudo."
Segundo o jornal, fotos e documentos mostrados pelo homem confirmam que ele trabalha como intérprete – há imagens dele em diversos eventos ao lado de várias pessoas, incluindo o presidente da África do Sul, Jacob Zuma.
Líderes mundiais
Jantjie foi visto por todo o mundo na TV próximo a líderes mundiais, como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Mais de 100 lideranças globais participaram do evento, incluindo a presidente Dilma Rousseff.
A tradutora oficial para língua de sinais Nicole Du Toit, que estava acompanhando a transmissão pela TV, falou por telefone que o homem que estava fazendo a tradução parecia constrangido.
"Foi horrível, um absoluto circo, muito, muito ruim", disse ela. "Só ele pode entender seus gestos", afirmou.
Integrante do Parlamento da África do Sul, Wilma Newhoudt, que também é surda, falou que o tradutor não comunicava nada com suas mãos e braços.
Especialistas em língua de sinais disseram que Jantjie não estava fazendo a tradução dos discursos nem para o africâner, nem para o inglês.
fake (Foto: Matt Dunham/AP)Homem foi acusado de ser um impostor por especialistas em linguagem de sinais (Foto: Matt Dunham/AP)

 

Pelé lança livro com suas ‘joias’ em Curitiba e dá opinião sobre Seleção.


Por João Pedro Alves e Greyson Assunção
Maior nome de todos os tempos dentro dos gramados, Pelé esteve nesta quarta-feira (11) em Curitiba para o lançamento do livro “As Joias do Rei Pelé”, em que a renda dos ingressos foi revertida para o Complexo Pequeno Príncipe. Além de falar sobre a obra, em que sua trajetória é contada de uma forma diferente da convencional, o craque ainda deu sua opinião sobre a Seleção Brasileira.
(Foto: Greyson Assunção/Banda B)
Pelé lançou o livro ao lado do autor, Celso de Campos Jr. (Foto: Greyson Assunção/Banda B)
O livro tem como objetivo mostrar um lado de Pelé talvez desconhecido do grande público. A história do ex-atacante é exposta por meio de objetos e imagens que o marcaram desde quando ainda era o pequeno Edson, longe de ser aquilo que se tornou.
“A ideia é colocar em um livro o acervo do rei. E não só o que ele ganhou em campo. É para se conhecer mais da história dele por meio dos objetos”, explicou o autor, Celso de Campos Jr, que participou do bate-papo junto com o personagem da obra.
O crítico Pelé garante ter gostado do resultado final da coletânea. ”O livro é uma joia, não sei se mereço tanto”, disse modestamente, dando uma prévia do que é possível encontrar nas 184 páginas. ”Nesse livro tem uma joia que é a caixa de engraxar que ganhei meu primeiro dinheirinho em Bauru, por exemplo”, contou.
Mas o eterno camisa 10 não deu sua opinião apenas sobre “As Joias”. Entre os vários assuntos abordados, surgiu um que Pelé entende como ninguém: Seleção Brasileira. Tricampeão mundial com a amarelinha, ele fez uma análise de como está a equipe treinada por Luiz Felipe Scolari.
“O Parreira e o Felipão dão confiança para mim na Seleção, o time está bem preparado e temos uma base”, disse, fazendo um aprofundamento. ”O Brasil sempre teve um ataque muito bom, bastante positivo. Mas hoje é do meio para trás que somos fortes. Temos dificuldades na frente e espero que até a Copa tudo se resolva”, apontou.
Aliás, Copa do Mundo que, apesar do grupo brasileiro ser formado por México, Croácia e Camarões, não garante vida fácil. ”Não tem mais jogo fácil. Com as informações que temos hoje, todo jogo fica difícil”, finalizou Pelé.