Encontro entre três homens com sinais de embriaguez termina em tragédia na BR-277


Por Marina Sequinel e Antônio Nascimento
acidente-br277-151213-bandab
No local da ocorrência. (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

encontro acidental entre três homens com sinais de embriaguez no volante terminou emtragédia no início da madrugada deste domingo (15), na BR-277. Segundo informações da polícia, dois amigos saíram de um bar, na Vila Guarani, em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba (RMC) e, na volta para casa, tiveram dificuldades para manobrar o veículo.
Ao tentar fazer o retorno da rodovia, o motorista Silvino Muniz, de 31 anos, acabou errando o caminho e caiu em um canteiro, onde o carro ficou preso. Ele e o passageiro, o pedreiro Valdemar Crispim da Silva, de 34, desceram do automóvel e decidiram cruzar a rodovia para pedir ajuda da Rodonorte, concessionária que administra a região.
Ao atravessar a estrada, Valdemar foi atropelado por um Corsa Classic, conduzido por um rapaz que voltava de uma festa. Com o impacto, o pedreiro morreu na hora. O condutor do Corsa também estava com suspeita de embriaguez e, por isso, foi levado para a Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba. O corpo de Valdemar foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).
Outro caso
Em São José dos Pinhais (RMC), o motorista José dos Santos, de 32 anos, morreu ao colidir o veículo Parati contra um poste. O acidente aconteceu na rua Antônio Singer, no bairro Campo Largo da Roseira, na zona rural da cidade.
acidente-poste-151213-bandab
Motorista se perdeu na curva e bateu em poste. (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)
De acordo com relatos, o condutor perdeu o controle em uma curva, quando dirigia em direção à rodovia. O passageiro Luiz Lima Padinha, de 31 anos, ficou ferido e foi encaminhado ao hospital pelo Siate.




Policiais e bombeiros militares fazem mutirão de limpeza em praias do Paraná


Da AEN

A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros do Paraná realizaram neste sábado (14) o 1º Mutirão de Limpeza Costeira do Litoral do Paraná. A ação aconteceu em Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná e em menos de seis horas foram recolhidos cerca de 600 sacos (50 litros) de lixo das praias. Além disso, foram retirados perigos submersos (âncoras e pitas abandonas, redes), na linha da arrebentação do mar, que podem colocar em risco os banhistas.
operação-limpeza-141213
Foto: AEN
O resultado do trabalho, tanto na praia como no mar, será divulgado na próxima semana. Além da retirada e correta destinação dos materiais considerados perigosos e poluentes, o objetivo foi sensibilizar a população que visita ou reside no Litoral para a preservação e proteção do ambiente costeiro.
O capitão Durval Tavares Junior, da 1ª Companhia do Batalhão de Polícia Militar Ambiental, que coordenou os trabalhos para retirada dos perigos submersos, ressaltou a importância da iniciativa para a segurança das pessoas.
“Já tivemos pessoas que se machucaram com perigos submersos, e infelizmente, alguns tivemos casos fatais”, afirmou ele.
O trabalho, que consistiu em linha de arrasto, por cerca de nove quilômetros, para localizar os riscos, foi executado com auxílio de embarcações do Corpo de Bombeiros, em uma faixa de navegação do Morro do Cristo à Barra do Saí, em Guaratuba.
O mutirão contou com o apoio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, Instituto Ambiental do Paraná, Sanepar, ONG Parceiros do Mar, Associações de Surf do Litoral e Secretarias do Meio Ambiente de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná.
“Nem todas as pessoas têm conhecimento do mar e há muitos materiais submersos, que causam diversos acidentes”, disse o surfista Juliano Martins Siqueira. “Essa iniciativa é importantíssima”, declarou ele.
O Ferroviário Jean Kleber Primor, que passa férias no litoral, achou a ação legal. “Quando cheguei as areias estavam bem sujas e com o mutirão a praia ficou limpa e agradável e com muita mais segurança pra a família”, afirmou ele.
NAS PRAIAS – O trabalho nas praias foi coordenado pelo 8º Grupamento de Bombeiros e realizado no trecho entre Guaratuba e Pontal do Paraná, em extensão de quase 45 quilômetros. Participaram cerca de 100 bombeiros militares dos cursos de Guarda-Vidas e de Formação de Soldados que estão sendo realizados no Litoral.

Motorista se perde em contorno e tomba carreta com sucata na Rodovia dos Minérios


Por Marina Sequinel e Antônio Nascimento
caminhao-tombou-151213-bandab1
(Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Uma carreta carregada com sucata tombou no início da manhã deste domingo (15) naRodovia dos Minérios. O acidente aconteceu no acesso ao Contorno Norte, em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba.
Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o motorista do caminhão se perdeu na hora de subir o acesso e acabou tombando. Ele e a mulher, passageira do veículo, foram socorridos e encaminhados ao Hospital Evangélico com ferimentos leves.
A carga da carreta ficou espalhada pela pista e acostamento. Outro veículo foi providenciado para realizar a entrega da sucata.

Motorista capota carro e causa acidente com “efeito-dominó” no Água Verde


Por Marina Sequinel e Antônio Nascimento 
acidente-efeito-domino-151213-bandab2
O veículo atingiu, primeiramente, um Megane que estava estacionado. (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Um motorista de um veículo Duster perdeu o controle do carro e provocou um acidente no bairro Água Verde, em Curitiba, por volta das 3h da madrugada deste domingo (15). Elecapotou o carro na rua Getúlio Vargas, colidindo com um Megane que estava estacionado de maneira regular.
acidente-efeito-domino-151213-bandab3
Motorista apresentava sinais de embriaguez, segundo testemunhas. (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)
Segundo testemunhas, a colisão provocou o chamado “efeito-dominó”: com o impacto, o automóvel atingido pela Duster “pulou” e bateu em um Ford Ka, também estacionado, que foi parar no meio da rua. O rapaz que dirigia a Duster teria descido do veículo após o acidente. Apesar da proporção da ocorrência, ninguém ficou ferido.
A informação é de que ele se negou a fazer o teste do bafômetro, mas foi encaminhado para a Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba, por apresentar sinais de embriaguez.

Cerca de 120 mil pessoas devem embarcar na Rodoviária de Curitiba para no fim de ano


Da SMCS
Com a previsão de aproximadamente 120 mil embarques na Rodoviária de Curitiba entre a véspera do Natal até dia 31 de dezembro, a recomendação da Urbs – Urbanização de Curitiba S/A, que administra o terminal, é para que os viajantes antecipem a compra de passagem, seja nos guichês das empresas na própria rodoviária, ou pela internet.
Em dias normais, o movimento na Rodoviária de Curitiba é de aproximadamente 12 mil passageiros embarcam e desembarcam. Neste fim de ano, a concentração maior deve se dar entre os dias 20 e 24 e 27 a 30 de dezembro.
No dia do embarque, a recomendação é que o viajante saia mais cedo de casa e se apresente para o embarque até 30 minutos antes da saída dos ônibus, com o bilhete de passagem e um documento de identidade, com foto, à mão.
Também é preciso atenção às exigências legais para embarque de crianças. Convém obter informações antecipadamente no Juizado da Infância e da Juventude.
No bloco interestadual, da frente, que já passou por reforma completa, o passageiro conta com diversos serviços, como caixas automáticos de diversos bancos, guarda-volumes automáticos (Malex), sanitários, serviço de achados e perdidos e central de avisos, como ainda posto da Polícia Militar, da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), e do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR).
Dicas para quem vai viajar com embarques na Rodoferroviária:
Compra antecipada – Compre suas passagens, de ida e volta, via internet, em agências de viagem, ou na própria rodoviária, com antecedência. Isso ajuda as empresas a planejar o atendimento e evitar filas.
Consulta de horários – Para saber os horários da empresa de ônibus escolhida para transportá-lo ao destino desejado, acesse o site da Urbs (www.urbs.curitiba.pr.gov.br). Procure à direita, “Horários de ônibus”, e clique a seguir “Linhas rodoviárias”. O próximo passo, abaixo da informação “De Curitiba para”, é escolher o destino desejado e, por último, “consultar”. O quadro a seguir informa a empresa de ônibus, os horários, a frequência da linha e o tipo de ônibus.

Ministra-chefe da Casa Civil rebate acusações sobre liberação de recursos e afirma que, só pelo PAC, Governo Federal investiu R$ 30 bilhões no Estado do Paraná


15 de dezembro de 2013
A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, em entrevista ao Jornal da Manhã, de Ponta Grossa garantiu que o governo federal investiu no Paraná tanto quanto em outros estados:”nós tivemos bons investimentos em todo o Brasil. A presidenta Dilma Rousseff teve como uma das metas de seu governo, e ainda tem, ampliar o percentual de investimento no país em relação a nossa economia. Ela fez um esforço muito grande para esses investimentos, que envolvem infraestrutura e áreas sociais. Na infraestrutura, temos as estradas, nossas rodovias, investimentos em portos e ferrovias, que ela ampliou do Programa de Aceleração ao Crescimento para o Programa de Implantação e Operação da Concessão (PIO). E, dentro disso, o Paraná vai ser contemplado, inclusive a região de Ponta Grossa.gleisi_aerp

Corpo de Nelson Mandela é enterrado em Qunu


15 de dezembro de 2013
O funeral de Estado de Nelson Mandela começou neste domingo, 15, às 8h10 (horário local, 4h10 de Brasília) em Qunu, aldeia do sudoeste da África do Sul na qual passou sua infância e na qual será enterrado após a cerimônia. O ofício religioso é celebrado em uma grande tenda instalada no sítio de Mandela para 5.000 pessoas, entre elas a família do ex-presidente e líderes de diferentes países.
O caixão percorreu o trajeto, entre a casa de Mandela e a tenda, em um reboque de um caminhão militar e envolvido na bandeira da África do Sul. Uma guarda militar escoltou o corpo, que avançou rumo ao local do funeral ao compasso de marchas militares e enquanto os canhões disparavam salvas em honra a Mandela.
Levado por generais, o caixão entrou na tenda seguido pelo presidente da África do Sul, Jacob Zuma, o neto mais velho do ex-presidente, Mandla Mandela, e, em uma segunda linha, a viúva de Mandela, Graça Machel, e sua ex-esposa, Winnie Madikizela-Mandela. O coro entoou o hino religioso “Lizalis’ idinga lakho” para dar início à cerimônia.
O caixão com o corpo de Mandela foi colocados diante do palco branco, em cujo fundo se podem ver velas e uma grande imagem do rosto sorridente do líder sul-africano.
Antes da cerimônia, a filha mais velha do antigo ativista contra o “apartheid”, Makaziwe Mandela, foi vista falando com outros membros da família.
Entre os presentes estão líderes religiosos de diferentes confissões, o príncipe Charles da Inglaterra, o príncipe Albert de Mônaco e líderes de países como Malavi e Tanzânia. As informações são do Estadão.

Governo planeja adiar nova regra de segurança em carros e divide Anfavea


12 de dezembro de 2013
Após campanha publicitária que incluiu até um testamento, o fim da produção da Kombi pode ser adiado para 2016. O governo deve anunciar, em alguns dias, o adiamento, por dois anos, da norma que obriga a instalação de airbag e freio ABS em 100% dos carros novos, que entraria em vigor em janeiro.
A possível mudança na regra para os dois itens de segurança, estabelecida em 2009, é resultado da preocupação do ministro da Fazenda, Guido Mantega, com o impacto inflacionário que o aumento dos preços dos carros pode provocar.
Segundo Mantega, o reajuste pode variar de R$ 1 mil a R$ 1,5 mil. Recentemente a Volkswagen calculou esse aumento em R$ 600 a R$ 800. Outro impacto deve vir da alta do IPI, também prevista para janeiro.
Além da Kombi, produzida há 56 anos pela Volkswagen, serão beneficiados os modelos Gol G4, Fiat Mille, Chevrolet Celta, Renault Clio e Ford Ka e Fiesta Rocam. Os dois itens também poderão voltar a ser opcionais em carros já equipados.
Houve intensa campanha do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC pelo adiamento, por temer demissões com o fim da Kombi e do G4. Dirigentes da entidade recorreram até à presidente Dilma Rousseff. A Kombi não tem estrutura para receber airbag. Já para o G4 e os outros modelos mais antigos, o custo para incorporar os itens não compensa financeiramente.
“Possivelmente vamos adiar a entrada em vigor (da obrigatoriedade)”, disse Mantega. Segundo ele, 60% dos veículos já têm airbag e ABS. “Passaria para 100% e provavelmente vamos diferir isso em um ou dois anos. Ainda não fechamos a proposta, vamos fechar na terça-feira.”
A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) informou, em nota, ter sido informada dessa medida, “como decisão”, e disse estar “avaliando o assunto”.
A entidade, segundo apurou o Estado, está dividida. Boa parte dos associados não aprova o adiamento. Um dos motivos é o investimento feito pelas empresas para adaptar seus novos produtos à legislação. Esses veículos, provavelmente mais caros, teriam de competir com os que não vão ter airbag e ABS. “Fica difícil planejar investimentos se uma lei aprovada há vários anos pode ser mudada dessa forma”, disse uma fonte da indústria.
Segundo o secretário-geral do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, as linhas da Kombi e do Gol G4 empregam 2 mil funcionários. Levando-se em conta a cadeia produtiva, ele calcula que cerca de 6 mil vagas podem ser fechadas. O mesmo pode ocorrer em outras empresas. Sobre a questão da segurança, Santana ressaltou que o fim da Kombi vai levar o consumidor a optar pelo mercado de usados, já que não há um substituto na mesma faixa de preço. “A tendência, nesse caso, é aumentar a insegurança.”
A Volkswagen informou que “atende plenamente a legislação vigente e seguirá toda e qualquer nova regra a ser aplicada”. Caso haja mudanças na regra, a empresa vai avaliar os novos critérios para decidir se mantém ou não a Kombi. Fabricantes de peças foram informados do fim das encomendas e a Volks está desligando mais de 400 funcionários aposentados como parte de acordo feito há dois anos que levava em conta o fim da produção da Kombi e do G4.
FONTE: ESTADÃO

Homem com R$652 mil escondidos na meia é preso em aeroporto de Brasília


14 de dezembro de 2013
Na noite da última sexta-feira (13) a Polícia Federal identificou e prendeu um homem de 41 anos que levava nas meias US$ 280 mil (uma quantia equivalente a R$ 652 mil) e R$ 13.950. O indivíduo usava meias de futebol, onde escondeu as notas.
Depois de ter sido preso no Aeroporto de Brasília, ele foi encaminhado para a superintendência da Polícia Federal. Enquanto estava sendo levado, chegou a contar diversas versões para a origem do dinheiro, mas permaneceu calado durante o depoimento. Depois de depor, o homem foi liberado pela Polícia, e o dinheiro apreendido.
Uma delegacia foi montada pela Polícia Federal no aeroporto de Brasília com o objetivo de investigar situações como esta, de indivíduos que tentam trazer quantias de dinheiro escondidas nas peças do vestuário. No mês de maio, outros casos foram identificados. Dois passageiros foram presos no portão de embarque levando R$465 mil presos nas meias e cuecas.
Depois da apreensão, Carlos Eduardo Lemos, operador de mercado, procurou a Polícia se identificando como dono do dinheiro. Tempos depois, a Operação Miqueias, da Polícia Federal, revelou a participação de Lemos em diversos casos de desvio de dinheiro entre outros crimes. De acordo com apuração do Estado, a apreensão desta sexta-feira tem envolvimento direto com a do começo do ano.
De acordo com as normas brasileiras, só é permitido viajar com dólares em voos nacionais, com a apresentação de documento que comprove a origem do dinheiro e da instituição de origem. Para viagens internacionais, é permitido transportar até US$ 10 mil. As informações são da Agência Estado.

Pilotos ameaçam entrar em greve no dia 20


13 de dezembro de 2013
O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), entidade que representa pilotos e comissários, aprovou nesta sexta-feira um indicativo de greve para o próximo dia 20. Os trabalhadores farão nova reunião na próxima quinta-feira, dia 19, para confirmar se vão interromper as atividades na sexta-feira que vem (20/12).DSC_1538
A indicação de greve ocorre porque as empresas e os trabalhadores não chegaram a um acordo sobre o dissídio da categoria. A proposta das empresas é de corrigir os salários pela variação do INPC, acumulado em 5,58% nos últimos 12 meses até novembro. Já os trabalhadores reivindicam um reajuste de 8%, segundo o presidente do SNA, Marcelo Ceriotti.
Se confirmada, a paralisação ocorrerá no dia em que muitas empresas entram em férias coletivas para as festas de fim de ano, uma época de alta temporada para a aviação. O sindicato diz que tentará novo acordo com as empresas até o dia 19.
FONTE: ESTADÃO

Viatura sofre pane mecânica, para em rodovia e policial morre atropelado


15 de dezembro de 2013
Policiais do 12º Batalhão estavam em uma viatura que sofreu uma pane e acabou paranndo no meio da rodovia, no Contorno Norte, hoje pela manhã. Os agentes desceram do veículo para ver o que tinha ocorrido quando um jovem de 20 anos – sem perceber a viatura parada – atingiu o carro em cheio, arrastou o veículo e deixou um dos policiais morto O outro foi levado ao hospital em estado grave. DESGRAÇA

Foto: Antônio Nascimento/BandaB