Garota e padrasto são encontrados mortos e amarrados a árvore em GO


Eles foram tirar fotos e desapareceram no Morro do Frota, em Pirenópolis.
Barrigas das vítimas foram cortadas e órgãos, arrancados, diz polícia.


A estudante de enfermagem Loanna Rodrigues da Silva Costa, de 19 anos, e o padrasto dela, Joaquim Lourenço da Luz, 47, foram encontrados mortos nesta terça-feira (17) no Morro do Frota, área de preservação ambiental localizada em Pirenópolis, região central de Goiás. Segundo o Corpo de Bombeiros, os dois estavam acorrentados pelos pés a uma árvore. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.
De acordo com a polícia, as vítimas tiveram as barrigas cortadas e órgãos foram arrancados. O delegado Rodrigo Luiz Jayme, responsável pelas investigações, esteve no local. Ele disse que ainda é muito prematuro dar detalhes do crime. "O que sabemos é que foi um assassinato muito cruel. Inicialmente, parece ser vingança, mas vamos apurar e ouvir as testemunhas para confirmar essa possibilidade", disse ao G1.
De acordo com o sargento do Corpo de Bombeiro João Pereira Rosa, a jovem e o padrasto tinham ido até o parque na tarde de segunda-feira (16) para tirar algumas fotos do local. Como anoiteceu e eles não retornaram, familiares pediram ajuda à corporação.

O padrasto e a mãe de Loanna moravam em Pirenópolis, cidade histórica conhecida por suas belezas naturais. A jovem cursava o 4º período do curso de enfermagem em uma faculdade de
Anápolis, a 55 km de Goiânia.Cerca de 18 militares trabalharam nas buscas, mas não conseguiram encontrá-los. Os corpos só foram localizados por volta das 13h por um homem que passava pelo local. Ele acionou os bombeiros.
Amiga da família, Regina Nazareno conta que a estudante e o padrasto não conheciam o Morro do Frota. "Era a primeira vez que iam lá. O Joaquim queria tirar umas fotos dele para colocar no Facebook e escolheram o parque porque é um lugar perto da casa deles e muito bonito. Todos da família estão chocados com o que ocorreu", disse ao G1.
O local foi isolado e agentes da Polícia Técnico Científica se dirigiram ao local fazer a perícia. Como Pirenópolis não tem Instituto Médico Legal (IML), os corpos serão levados para Anápolis.
Homem e enteada são encontrados mortos e amarrados a árvore em Pirenópolis, Goiás (Foto: Eduardo Henrique Mota/Ag.Mais)

Obrigatoriedade de freios ABS e airbag segue em 2014, diz Mantega


Governo cogitou exigir que só 80% dos carros tivessem os itens em 2014.
Kombi, que seria aposentada, poderá ganhar exceção, afirma ministro




A obrigatoriedade de instalação de airbag e freios ABS em todos os carros novos foi mantida para o ano de 2014, anunciou o ministro da Fazenda, Guido Mantega, nesta terça-feira (17), após reunião com representantes dos trabalhadores e do setor automobilístico em Brasília.
As resoluções 311 e 312 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), ambas de 2009, que determinam que estes itens de segurança devem ser obrigatórios já a partir do ano que vem em todos carros fabricados no Brasil, portanto, continuam valendo.
possível adiamento da entrada em vigor da obrigatoriedade para 100% dos carros chegou a ser avaliado pelo governo, segundo o Ministério da Fazenda, por conta da preocupação com preço dos carros, além do impacto no emprego do setor automobilístico - visto que algumas linhas de produção podem acabar.

Atualmente isso é obrigatório para 60% e o governo cogitou que no ano que vem não chegasse aos 100%, mas a 80%.
Desde 2010, o Contran vem aumentando gradualmente o percentual dos carros novos que devem sair de fábrica com airbag e ABS, sistema que evita o travamento das rodas em frenagens bruscas.
Entretanto, depois de discussão com representantes da indústria automobilística, a regra que determina a obrigatoriedade para todos os carros novos já em 2014 foi mantida.
Preço vai subir
Segundo Mantega, o preço dos carros populares, que não contam com esses equipamentos de segurança, vai subir de 4% a 8% no ano que vem para que eles sejam adequados. O governo estuda ainda reduzir o imposto de importação de autopeças sem similar nacional, para minimizar o impacto dessa medida no preço dos carros e no emprego.
Demissões
A obrigatoriedade de airbag e ABS deve aposentar veículos que não podem ser adaptados às exigências. Mantega diz que pediu que a indústria automotiva tente realocar os trabalhadores que poderiam perder o emprego com o eventual encerramento de algumas linhas, como do Fiat Mille.
Cálculos preliminares do setor automotivo indicam que poderia haver cerca de 4 mil demissões somente por conta da Kombi, mas o sindicato fala de 10 a 20 mil tralhadores demitidos ao todo.
"O restante das empresas não concorda que se dê alguma excepcionalidade [ao Mille], porque tem similar de carros que estão colocando airbag. A própria Fiat tem o 'Fiat com o airbag'", declarou o ministro Mantega.
O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, diz que houve um apelo do ministro Guido Mantega para que as empresas realoquem seus empregados das linhas que serão fechadas. Ele não se comprometeu, entretanto, com a manutenção do emprego no setor.
Antes de chegar ao último exemplar fabricado, no próximo dia 31, a Kombi ganhou uma exposição na fábrica da Volkswagen de São Bernardo do Campo.  (Foto: Flavio Moraes/G1)Kombi poderá ter brecha na regra do airbag e
do ABS, diz Mantega (Foto: Flavio Moraes/G1)
Kombi pode ter exceção
Um dos carros que sairiam de linha seria a Kombi, cujo fim da produção foi anunciado em agosto passado. Porém, o ministro da Fazenda declarou que poderá haver uma "exceção" para ela.
"A Kombi terá de ser extinta. É onde poderá haver mais demissões. Mas poderemos criar excepcionalidade para a Kombi. Ela não é caminhonete, não é automóvel. É a Kombi. É um produto diferente e não tem similar. Nenhuma das empresas têm objeção que se dê uma exceção à Kombi para que possa sobreviver mais um ou dois anos. É algo que ainda vai ser analisado", declarou o ministro da Fazenda, que marcou outra reunião com a indústria automobilísta na próxima semana.
"Não aceitamos demissões e não acreditamos ser possível a absorção de trabalhadores em outras funções ou em outras fábricas", declarou Rafael Marques, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, após a reunião em Brasília. A entidade defendia que a obrigatoriedade de airbag e ABS em todos veículos fosse postergada para 2016. "A gente espera que o governo aceite a excepcionalidade da questão da Kombi, que evitaria grandes demissões."
A Volkswagen anunciou a despedida da Kombi em setembro passado, lançando a série especial Last Edition, limitada a 1.200 unidades e que custa R$ 85 mil - a versão tradicional custa cerca de R$ 47 mil. A linha da Kombi deveria seguir ativa até o próximo dia 20 - alguns proprietários, inclusive, ameaçam devolvê-la à empresa ou tentar algum tipo de indenização na Justiça, caso o modelo seja mantido em produção.
Testes de segurança
Testes de segurança independentes realizados pelo Latin NCap, braço latino-americano do Global NCAP, costumam atribuir notas baixas a carros que não possuem airbag.
Entre os avaliados recentemente, o Chevrolet Agile e o Renault Clio, ambos testados sem airbag, tiveram 0 de 5 estrelas possíveis no quesito proteção de adultos (assista aos vídeos).
O Latin NCAP e outras entidades ligadas a segurança veicular, à saúde e à defesa do consumidor divulgaram um manifesto nesta terça, contra o adiamento da obrigatoriedade dos equipamentos para 100% dos carros novos. "Apelamos para que o governo não endosse esse retrocesso. A indústria automobilística brasileira já investiu para poder oferecer a mesma proteção que os consumidores têm em outras partes do mundo", diz o comunicado.

Detran-PR credencia mais um banco para recebimento de taxas


17 de dezembro de 2013
O Sistema de Cooperativas de Crédito (Sicredi) já está recebendo taxas do Detran-PR como o pagamento de guias e multas de trânsito. A medida entrou em vigor ontem. Com o credenciamento, os motoristas paranaenses contarão com uma rede bancária de mais de 1.130 pontos distribuídos pelo Estado. detranA partir de agora, os usuários podem procurar as mais de 330 unidades de atendimento do Sicredi ou os mais de 800 agentes credenciados para quitar o licenciamento do veículo, as taxas referentes à Carteira Nacional de Habilitação, as multas de trânsito, entre outros. “A abertura da arrecadação faz parte do projeto de realinhamento e modernização da autarquia e segue a orientação do governador Beto Richa, que é fazer do Detran um órgão menos burocrático”, explica o diretor administrativo financeiro do Detran, Ivaldo Patrício.
De acordo com o presidente da Central Sicredi PR/SP, Manfred Dasenbrock, o Sistema de Cooperativas de Crédito possui uma das maiores redes de atendimento de serviços financeiros no Paraná. “Temos uma capilaridade muito grande, estamos nos grandes e pequenos municípios, atuando em 71 cidades do Estado”, revela.

Beto Richa critica MP e defende permanência de Cid Vasques


17 de dezembro de 2013
“É uma medida descabida, uma decisão política, sem sentido algum. Por semana, tenho falado duas ou três vezes com o procurador geral de Justiça, atendendo pedidos do Ministério Público no que se refere a flexibilização deste rodízio e tudo foi atendido. E de repente essa medida impedindo o secretário Cid Vasques de exercer as suas funções. Eu quero que ele fique. Acho que o Paraná precisa do Cid Vasques, que está fazendo um belíssimo trabalho. É intransigente com corrupção, com desvios de conduta. É uma liderança muito forte nas nossas polícias, tem muita credibilidade e o seu comando está sendo atendido pelos nossos policiais e o resultado beneficia todos os paranaenses”, disse o governador Beto Richa, agora há pouco, em entrevista à imprensa, na entrega de viaturas para Polícia Rodoviária Estadual, em frente ao Palácio Iguaçu.
richa_vasques

Transplantes de órgãos aumentam 175% em três anos no Paraná


Da AEN

De janeiro a novembro deste ano foram realizados no Paraná 417 transplantes, contra 152 em 2010, um aumento de 175% em apenas três anos. Com estes números, divulgados nesta terça-feira (17) pela Central Estadual de Transplantes, o Paraná assume a terceira colocação entre os estados. No dia 15 de dezembro a Central de Transplantes comemorou 18 anos em atividade.
transplantes
Foto: AEN
O transplante de pâncreas foi o que mais aumentou, passou de 2 no período de 2010 para 22 em 2013, seguido por rim, que aumentou de 98 para 276, fígado, de 41 para 98 e coração, que passou de 11 para 21.
Todos esses avanços possibilitaram que a fila de espera por um transplante no Paraná fosse reduzida de 4 mil para pouco menos de 2 mil pessoas. Segundo a diretora da Central Estadual de Transplantes, Arlene Badoch, os resultados mostram o sucesso da rede integrada de procura de órgãos e tecidos criada no Estado.
“Hoje, temos equipes especializadas na procura e identificação de potenciais doadores e também na captação de órgãos e tecidos em todas as regiões do Estado. Isso dá mais agilidade ao processo de captação e transplante”, destaca a diretora.
Arlene Badoch explica que nem todos os pacientes com morte encefálica podem doar órgãos. “Pessoas com câncer ou com doenças infectocontagiosas e transplantados, por exemplo, não podem doar. Equipes treinadas ajudam a identificar os possíveis doadores e esclarecer as dúvidas destas famílias”, reforça.
PROCESSO – O primeiro passo da doação é a notificação da existência de um potencial doador, ou seja, aquele paciente com risco de evolução para o quadro de morte encefálica. Esse trabalho é feito por profissionais que compõem as comissões intra-hospitalares para doação de órgãos e tecidos dos próprios hospitais. A partir disso, equipes macrorregionais acompanham o caso e, uma vez finalizado o protocolo de morte encefálica, orientam a abordagem da família do paciente, que pode autorizar ou não a doação.
Caso o paciente tenha morte encefálica confirmada e haja autorização familiar, a Central inicia o processo de captação. “Mobilizamos equipe médica, transporte e toda logística necessária para os procedimentos. Além disso, já contatamos o serviço de saúde transplantador para que prepare o paciente que receberá o órgão ou tecido”, afirma Arlene.
Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) faz captação e transplante de coração, pulmão, rim, pâncreas, fígado, intestino, córnea, pele, ossos e valvas. No Paraná, são realizadas todas essas modalidades de transplante, exceto pulmão e intestino que têm referências em outros estados.

Motorista com sinais de embriaguez acerta só carros sem seguro e tenta fugir


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha
acidente-trem-171213-bandab3
Motorista causou o acidente e, durante a fuga, parou carro no meio de trilho. (Foto: Juliano Cunha Banda B)

Um motorista com sinais de embriaguez assustou quem passava pela Avenida Airton Senna da Silva, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. No início da tarde desta terça-feira (17), o homem, que dirigia um Fiat Uno, colidiu contra um veículo Palio, que foi jogado em cima de outro carro.
acidnete-trem-171213-bandab1
(Foto: Juliano Cunha – Banda B)
Segundo o condutor do segundo veículo atingido, o motorista do Fiat fugiu do local e engatou a ré após ter provocado o acidente. “Eu desci do veículo para conversar com ele. Mas ele só me olhou com uma cara de louco, deu a ré e parou o carro no meio do trilho de trem”, contou à Banda B.
Ele ainda disse que nenhum dos carros envolvidos tinha seguro. “O meu não tinha, o outro não tinha. O jeito agora é entrar na Justiça para conseguir alguma coisa. Tinham que tirar a carteira de habilitação e o carro de uma pessoa como essa. Se alguém estivesse no caminho dele, seria atropelado”, desabafou.
O cabo Nildo, do Corpo de Bombeiros, confirmou à reportagem que o motorista do Fiat estava com sinais de embriaguez. De acordo com ele, as empresas conseguiram parar o trem antes que ele pudesse atingir o veículo.

Tumulto entre manifestantes e seguranças interrompe sessão da CPI do Pedágio


Da Redação com Catve.tv

A sessão da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Pedágios foi interrompida na manhã desta terça-feira (17) devido a uma confusão entre manifestantes e seguranças da Assembleia Legislativa durante fala do secretário de Estado da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.
confusão-171213-bandab3
Foto: Reprodução Catve.tv
Um pequeno grupo do Movimento Popular Contra a Corrupção denominado Por Amor a Londrina se aproximou de Richa Filho e o empurra-empurra começou. Seguranças da Casa interferiram e tiraram os manifestantes do Plenarinho da Alep. Momento em que uma manifestante passou mal e chegou a desmaiar.
A sessão precisou ser paralisada por cerca de cinco minutos. De acordo com Jorge Custódio Ferreira, coordenador do movimento, o motivo para o tumulto foi o fato de que seguranças da Assembleia, haviam retirado sem autorização, as faixas de protestos contra o pedágio.
CPI
O objetivo da CPI dos Pedágios é analisar os contratos vigentes que regulamentam a cobrança de tarifas no Paraná. Assuntos como duplicações, infraestrutura, redução de tarifas, renovação de concessões também são discutidos e analisados pelos deputados.
A previsão de conclusão dos trabalhos dos parlamentares esta previsto para março de 2014.
As informações são da Catve.tv.

Bandidos entram em matagal após assalto e dois são baleados em confronto com a polícia


Por Marina Sequinel e Luiz Henrique de Oliveira

Um assalto a um estabelecimento comercial terminou em confronto na região da Cidade Industrial de Curitiba na tarde desta terça-feira (17). A informação é de que três homens entraram no local, na rua Ludovico Kaminski, e, durante a ação, atiraram contra um policial militar que estava de folga.
Em seguida, eles fugiram em um veículo Meriva e foram acompanhados por viaturas da PM até a Rua Chede com a Linha Verde, quando abandonaram o carro. O trio entrou em um matagal próximo a uma fábrica na região e lá entraram em confronto com a polícia.
Dois criminosos foram baleados e um segue foragido. A polícia realiza buscas no local com a ajuda de cães farejadores para localizá-lo.

Fabio Camargo quebra o silêncio e garante: “Não haverá uma nova eleição!”


17 de dezembro de 2013
O Conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Paraná, Fábio Camargo, convocou uma entrevista coletiva hoje pela manhã, e afirmou: “é impossível haver uma nova eleição. Não é apenas uma defesa do cargo, mas a demonstração de que as condições de um conselheiro trazem a vitaliciedade”. E completou: “houve o afastamento por duas situações, que estamos comprovando que não são verdade”.
Ele ainda comentou sobre a documentação – que chegou a ser questionada – para sua candidatura e garantiu: “não existe nenhuma irregularidade sobre a certidão. Nem poderia ter havido o afastamento.”
Fábio Camargo está afastado do cargo desde o dia 27 de novembro. Ele chegou a entrar com um mandado de segurança contra a Desembargadora Regina Portes que o afastou liminarmente, mas o pedido feito por Fábio Camargo foi negado. A eleição dele é suspeita de tráfico de influência, já que Fábio Camargo é filho de Clayton Camargo, ex-presidente do Tribunal de Justiça do Paraná.

Atirador segue motociclista, saca a arma e o mata com seis tiros na RMC


Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento


O motociclista e ex-presidiário Júlio César Venâncio, de 30 anos, foi executado com pelo menos seis tiros por volta das 7h desta terça-feira (17) na Rodovia do Caqui, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba.
campinagrandedosul
Motociclista morreu na hora (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)
Segundo a Polícia Militar, a vítima saiu de casa e foi seguido por outro motociclista. Em determinado momento as motos emparelharam e Júlio foi atingido na cabeça. “Não temos informações de quem pode ter cometido o crime, já que não havia testemunhas no local”, contou à Banda B o soldado Piazza, da Polícia Militar (PM).
De acordo com o soldado, a vítima tinha saído da cadeia há dois anos. “Nisto pode estar a motivação do assassinato”, concluiu.
O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

Sidepol provoca e diz que vai entregar cestas básicas na sede do Gaeco


cesta sidepol2
Presidente do Sidepol mostra cesta básica que irá levar para promotores – Foto: Antonio Nascimento/banda B

Por Denise Mello e Antonio Nascimento

A guerra entre o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) e a Secretaria de Segurança Pública do Paraná (Sesp) ganhou mais um capítulo nesta terça-feira (17), mas desta vez, quem entrou na briga foi o Sindicato dos Delegados de Polícia do Paraná (Sidepol). Em entrevista coletiva na sede do Sindicato dos Jornalistas do Paraná (Sindijor), no centro de Curitiba, o presidente do Sidepol, Claudio Marques, questionou os benefícios recebidos pelos promotores do Ministério Público, principalmente a verba de auxílio-alimentação.
“Lançamos hoje a Operação Bartimeu, em alusão ao personagem bíblico que era cego e foi curado por Jesus. A cegueira está presente no Ministério Público e queremos mostrar isso oferecendo cestas básicas para os promotores do Gaeco. Eles recebem salários de R$ 25 mil e ainda foram à Justiça para conseguir auxílio-alimentação de R$ 800. Quem ganha 25 mil precisa de auxílio para se alimentar?”, provoca Marques.
Apesar da entrevista ser uma reação clara às prisões do ex-delegado geral da Polícia Civil do Paraná, Marcos Michelotto, e do delegado do 8º Distrito, Geraldo Celezinski, feitas pelo Gaeco na última terça-feira (10), em uma investigação de combate a jogos de azar, Marques disse que a iniciativa de hoje é independente.
“Não tem nada a ver com as prisões dos delegados não. Estamos querendo apenas que a população saiba dos benefícios que os promotores recebem. Inclusive, queremos que eles devolvam os R$ 37 milhões que conseguiram na Justiça como retroativo de 2004 aos benefícios de auxílio-alimentação que eles não receberam no período. Nunca vi ninguém comer retroativo”, afirma o presidente do Sidepol.
Marques disse ainda que o Sidepol luta para que os promotores também possam ser investigados pela Polícia Civil. “Por que só eles podem nos investigar. Se o assunto é com os promotores, a investigação só pode ser feita pela Procuradoria. Os direitos têm que ser iguais”, completa.
Na entrevista, Marques disse que o sindicato está recolhendo cestas básicas para entregá-las na sede no Gaeco. “Vamos até a sede do Gaeco, no bairro Ahú, no dia 23, às 16 horas, levar várias cestas para ajudar na alimentação dos promotores. Eles devem estar precisando”, disse.
Prisões
Além de Michelotto e o delegado Geraldo Celezinki, foram presos dois investigadores, cinco policiais militares e outras quatro pessoas que não são agentes públicos. Segundo o despacho do desembargador, a investigação sinaliza um “conluio” do então delegado-geral com os outros policiais “na consecução de delitos contra a administração pública, atrelados diretamente à exploração de jogos de azar (através de máquinas caça-níquel)”.
Ontem, em entrevista coletiva, os promotores não quiseram dar detalhes sobre as acusações alegando segredo de Justiça.
Michelotto disse que não tem nenhuma relação com jogos de azar e diz que é uma vítima do MP-PR.
O MP-PR não se manifestou até o momento sobre as declarações do presidente do Sidepol.

Idoso morre durante espera na fila do INSS no Centro de Curitiba


Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento


INSS
Idoso morreu enquanto aguardava para ser atendido (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)
Um idoso morreu  enquanto esperava para ser atendido na agência do INSS de Curitiba, na Rua XV de Novembro com a João Negrão, no Centro de Curitiba, por volta das 9h30 desta terça-feira (17). O Samu chegou a ser acionado, fez o procedimento de reanimação por meia hora, mas não foi possível salvar a vítima.
Segundo Matilde Ribeiro, que entrega panfletos na região, o idoso chegou por volta das 8h30 e parecia estar bem. “Pode ter sido um infarto fulminante, difícil de saber. Aqui eu já vi muita gente desmaiar na fila, mas morrer é a primeira vez”, disse à Banda B.
A família do idoso chegou ao local por volta das 10h e algumas salas da agência do INSS foram fechadas. Alguns atendimentos foram transferidos para outros andares.
O corpo seria recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML) e a necropsia poderá indicar a causa da morte.
INSS
A assessoria do INSS em Curitiba informou que o idoso estava no local para buscar sua carteira de aposentadoria. Ele tinha acabado de entrar na fila quando passou mal e caiu. O médico de plantão o atendeu prontamente e acionou o Samu, que chegou em sete minutos.
Ainda segundo a assessoria, todos os procedimentos de socorro foram adotados, mas, infelizmente, não foi possível salvar a vida do idoso. O Instituto lamentou a morte do segurado.
O antedimento prossegue normalmente na sede da Rua João Negrão nesta terça-feira.

Menino de 14 anos é chamado no portão de casa e executado com vários tiros


Por Luiz Henrique de Oliveira e Roberto Romanowski


Um menino de 14 anos foi assassinado na noite desta segunda-feira (16) em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. Segundo a Polícia Militar (PM), por volta das 22h30 um homem chegou e chamou pelo garoto no portão da casa, que fica na rua das Violetas, no Jardim Monte Castelo. Quando Izack Melo Martins foi ver quem era levou um tiro na cabeça.
Ainda de acordo com a PM, o garoto conseguiu correr para o interior da residência, mas foi perseguido pelo atirador que continuou atirando. Izack foi atingido por pelo menos três disparos de pistola calibre 380. O atirador teria fugido a pé.
colombo
No local da ocorrência (Foto: Roberto Romanowski – Banda B)
“O menor assassinado morava com os pais, mas estava sozinho em casa na hora do crime. Ele já teve um irmão assassinado na mesma região há alguns meses”, descreveu à Banda B o tenente Dudson, da PM, que atendeu o local de morte.
A Delegacia do Alto Maracanã investiga o caso.

Nova droga pode reduzir em mais da metade risco de câncer de mama



Um estudo britânico com 4 mil mulheres mostrou que o uso da droga anastrozol pode reduzir em mais da metade a probabilidade de desenvolvimento de câncer de mama em pacientes de alto risco.
O estudo da Universidade Queen Mary, de Londres, foi publicado na revista Lancet. Além de mais barato, o anastrozol se mostrou cancer-de-mama-151213-bandabmais eficaz e apresentou menos efeitos colaterais que os medicamentos habituais.
A pesquisa dividiu as mulheres em dois grupos, ambos com pacientes consideradas de alto risco (por possuírem histórico de câncer na família).
No primeiro grupo, no qual as mulheres não receberam o anastrozol, 85 dentre 2 mil mulheres desenvolveram câncer de mama. Já no segundo grupo, que recebeu o medicamento, apenas 40 entre 20 mil mulheres tiveram câncer. Não houve registro de efeitos colaterais.
O estudo mostrou que o anastrozol impede a produção do hormônio estrógeno, substância que tende a impulsionar o crescimento da maioria dos cânceres de mama.
Para ler a reportagem completa, clique aqui.

MP de SC pede júri popular para torcedores do Vasco presos por tentativa de homicídio


Redação com informações do NDonline

O MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) ofereceu denúncia à Justiça pedindo para que os três torcedores do Vasco, presos desde o confronto na Arena Joinville no dia 8 de dezembro, sejam julgados por um júri popular por tentativa de homicídio. O pedido foi feito pelo Promotor de Justiça Ricardo Paladino. Os três torcedores vascaínos, que permanecem presos desde a confusão na última rodada do Campeonato Brasileiro, são: Jonathan Fernandes dos Santos, Arthur Barcelos Lima Ferreira e Leone Mendes da Silva. Eles estão recolhidos ao Presídio Regional de Joinville e fazem parte do 1º Inquérito fornecido pela Polícia Civil do município.
Os três cariocas são acusados de tentativa de homicídio com qualificação por motivo fútil e com a vítima sem apresentar defesa. Além disso, pela denúncia, os vascaínos também responderão por Incitação à Violência e Danos ao Patrimônio Público. Arthur Lima Ferreira também responderá por Lesão Corporal Grave contra o atleticano Willian Batista da Silva, o último a deixar o hospital. O vascaíno de 26 anos ainda é acusado por furto de bermuda e tênis do torcedor atleticano Estevam Vieira da Silva, que de acordo com a denúncia, estava caído sendo agredido pelos três torcedores do cruz-maltino.
Em detalhes, a denúncia traz trechos como: “O pretendido homicídio somente não se consumou por circunstâncias alheias às vontades dos denunciados, uma vez que a Polícia Militar logo chegou e retirou a vítima do local”. O documento também cita o fato de Leone “golpear a vítima que estava prostrada ao solo com uma barra de madeira com parafuso na ponta”. O pedido do é de julgamento e condenação sob júri popular. As informações são do Notícias do Dia Online, de SC.
Torcedores do Atlético-PR
Nesta segunda-feira (16), o delegado Clóvis Galvão, da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe), em Curitiba, encaminhou ao delegado de Joinville, responsável pela investigação, uma lista com os nomes de 28 torcedores do Atlético identificados como participantes da briga contra vascaínos.
Segundo Galvão, esta lista pode ser ampliada, mas os torcedores apresentados já deverão ser convocados para depor e poderão ser indiciados no inquérito.

Trio rende família de administrador de empresas e um é preso na Linha Verde durante a fuga


Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento
admdentro
Suspeito foi preso em flagrante (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Um administrador de empresas de 40 anos foi rendido por três homens armados no momento em que saía de casa no bairro Atuba, em Curitiba, na manhã desta terça-feira (17). Os marginais estavam em um veículo Celta e na fuga usaram também o Renault Senic do trabalhador. Um suspeito acabou preso na Linha Verde Norte, no bairro Bacacheri, pela Polícia Militar (PM).
Segundo o tenente Roberto, da PM, o detido estava no Scenic do administrador de empresas. “Nossa viatura tinha o alerta do roubo e demos de cara com o carro. O condutor percebeu que estava sendo seguido e se perdeu, batendo contra uma mureta. Ele tentou fugir a pé, mas foi preso”, contou à Banda B.
Já a vítima dos marginais comemorou o carro recuperado, mas lamentou pela violência. “É um trauma que fica porque toda minha família foi rendida. Alguns objetos estavam dentro do Celta e os dois outros rapazes conseguiram fugir. O prejuízo material fica, mas o emocional é o pior”, disse.
O suspeito preso, identificado pela PM por Reginaldo Januário Rosa, de 18 anos, foi encaminhado ao 5° Distrito Policial e será investigado por outros roubos. O próximo passo da polícia é encontrar os outros dois assaltantes envolvidos no crime de hoje.

Brasileiro é admitido por Harvard e quer trabalhar na área da educação.

 

Universidade americana aceitou 992 alunos; novo resultado sai em março.
Henrique Vaz, de 17 anos, também vai aplicar para outras instituições.

Vanessa FajardoDo G1, em São Paulo

Henrique Vaz foi o criador do VOA, projeto que incentiva a participação de alunos de escolas públicas em olimpíadas (Foto: Vanessa Fajardo/ G1)Henrique Vaz foi o criador do VOA, projeto que incentiva a participação de alunos de escolas públicas em olimpíadas (Foto: Vanessa Fajardo/ G1)
Pelo menos um brasileiro está entre os 992 estudantes do mundo todo admitidos para a nova turma da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, que começa as aulas em agosto de 2014 e se forma em 2018. Henrique Vaz, de 17 anos, morador de São Paulo é o mais novo brasileiro a receber um 'sim' de uma das universidades mais importantes do mundo. O resultado foi divulgado nesta sexta-feira (13), porém só os candidatos têm acesso, não há uma lista aberta ao público. O estudante também passou para a segunda fase do vestibular da Fuvest para economia.
Harvard faz as seleções em dois momentos. Nesta etapa, chamada de 'early action', os candidatos tinham de enviar o application (espécie de vestibular americano) até o dia 1º de novembro. Um total de 4.692 estudantes fez isso. Desses, 3.197 serão novamente avaliados na segunda etapa, o nome é 'regular action', com os demais candidatos que aplicarem até 31 de dezembro. O resultado do processo regular sai em março. Ambas as seleções são para formar as turmas que iniciam as aulas em agosto.

O estudante soube do resultado por meio de um email enviado por Harvard. Em seguida, fez um login no site da universidade e encontrou um vídeo com uma mensagem de boas vindas gravado por Mark Zuckerberg, um dos fundadores do Facebook e ex-aluno da instituição.
"Esta fase é mais arriscada porque só aprovam quem eles têm certeza que passaria na seleção regular. O resultado chegou numa sexta-feira 13, mas foi em boa hora, uma semana antes do meu aniversário de 18 anos", diz Henrique, que cursa o terceiro ano do ensino médio no Colégio Etapa, em São Paulo.
Henrique ainda tem dúvidas na escolha do curso. Pensa em economia, ciências políticas, matemática e até ciências da computação. Nos Estados Unidos esta indecisão não é nenhum problema, lá o estudante pode cursar a universidade, optar por algumas disciplinas e em até dois anos decidir o curso. "Em Harvard qualquer área que eu escolha vou estar bem, porque a universidade é muito boa em todas. Além disso tenho muitos amigos lá, o que acaba me 'puxando'. Até comemorei a aprovação com eles via skype."
Se a carreira a seguir ainda é incerta, os planos para o futuro estão traçados: Henrique quer trabalhar com educação. "Tenho um sonho muito grande de trabalhar no Ministério da Educação, por isso pretendia fazer economia e ciências políticas."
Tábata Amaral e Henrique Vaz criaram o VOA, em São Paulo (Foto: Vanessa Fajardo/ G1)Tábata Amaral (aluna de Harvard) que ajudou
Henrique Vaz a criar o VOA
(Foto: Vanessa Fajardo/ G1)
Henrique ainda vai aplicar para outras importantes universidades americanas como Duck, MIT, Stanford, Yale, Columbia, Princeton, entre outras, e ainda precisa saber qual será os outros resultados para saber onde vai estudar. A matrícula geralmente é feita no mês de maio. O jovem também vai precisar ter os retornos dos pedidos de bolsa estudo para se decidir. Nos Estados Unidos as bolsas são oferecidas de acordo com as condições socioeconômicas da família do estudante.
Para Henrique, um dos pontos forte de seu application foi a variedade de suas atividades extracurriculares. A seleção americana inclui prova em inglês, cartas de recomendação, redações, entrevista e análise de atividades realizadas além da vida escolar do estudante. Trabalhos voluntários e participação em olimpíadas, por exemplo, são bem vistos pelos avaliadores.
Alunos reunidos no Salão Annenberg depois de serem evacuados de prédios do campus por não confirmados de que os explosivos foram plantados na Universidade de Harvard (Foto: The Crimson Harvard via Reuters/ Reuters)Universidade de Harvard (Foto: The Crimson
Harvard via Reuters/ Reuters)
O jovem criou há cinco anos o projeto Vontade Olímpica de Aprender (VOA) que oferece aulas gratuitas para alunos de escolas públicas de São Paulo que desejam participar de olimpíadas do conhecimento. Atualmente são 120 alunos e os professores são voluntários.
"O meu diferencial é que exploro todas as áreas, além do VOA, participo de olimpíadas, tenho uma banda, canto no coral da escola e participo de eventos de simulações das Nações Unidas. O que me ajudou também foi que meus professores escreveram cartas excepcionais e  tive o apoio do Prep Program [programa da Fundação Estudar que prepara os candidatos]", afirma.
Brasileiros nos Estados Unidos
No ano letivo de 2012 a 2013, 10.868 universitários brasileiros estavam matriculados em faculdades ou universidades do Estados Unidos, segundo dados do Instituto de Educação Internacional (IIE, na sigla em inglês). Houve um aumento de 20,4% em relação ao ano anterior, quando 9.029 matrículas de brasileiros foram registradas. O Brasil é o 11º país que mais enviaram universitários aos Estados Unidos. O primeiro é a China. 
Henrique é vocalista de uma banda que se apresenta em festivais da escola Etapa (Foto: Arquivo Colégio Etapa)Henrique é vocalista de uma banda que se apresenta em festivais da escola Etapa (Foto: Arquivo Colégio Etapa/ Divulgação)