Corpo de adolescente desaparecido é encontrado em Pontal do Paraná


Um pescador localizou na manhã desta terça-feira (24) o jovem que havia sumido quando brincava com um amigo no mar no domingo (22) à tarde


Um pescador localizou por volta das 3h40 desta terça-feira (24) o corpo de Leandro Moro, de 15 anos, que havia desaparecido na tarde do último domingo (22) em uma praia de Pontal do Paraná quando brincava com um amigo. O corpo de Leandro estava próximo às pedras do rio do trapiche, a cerca de dois quilômetros de distância de onde havia entrado no mar.
Os dois jovens brincavam com uma prancha de isopor perto do Centro de Estudos Marinhos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), em uma área que sofre influência do canal da Galheta. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, por volta das 13 horas uma corrente mais forte puxou os garotos e um deles conseguiu se salvar, mas Leandro soltou da prancha e se afogou. Um praticante de kite surf ainda tentou resgatá-lo, sem sucesso.
As buscas pelo rapaz se iniciaram no domingo e devido à corrente presente na região nesta segunda-feira foram estendidas até o entorno da Ilha do Mel. Assim que encontrou o corpo, o pescador acionou a Polícia Militar (PM), e o adolescente foi reconhecido.
Balanço
Com a morte de Leandro Moro, o Corpo de Bombeiros contabiliza duas mortes e 27 casos de salvamento no litoral do Paraná desde o início da Operação Verão da Polícia Militar, ocorrido no último dia 20.

Homem coloca fogo em casa ao tentar assar um porco


24 de dezembro de 2013
Um homem colocou fogo em sua própria casa enquanto tentava assar um porco que ganhou de presente de Natal, em Ponta Grossa. O morador estava usando um fogareiro e segundo ele, a mangueira de gás estourou enquanto ele esquentava um caldeirão de água.INCENDIO_PORCO
Ninguém se feriu, mas a casa ficou completamente destruída.

Ação surpresa da Coca-Cola atende desejo de menino autista no Paraná


Menino, que possui alergia a corantes e não pode beber refrigerantes, pediu para brincar com o Papai Noel e presenteá-lo com uma garrafa de Coca-Cola

  • Direto de Campo Mourão (PR)

Fora do roteiro dos principais centros urbanos, onde se concentram ações de marketing de empresas de grande porte, o pequeno município de Juranda, a 528 km de Curitiba, foi surpreendido na tarde de quarta-feira desta semana por uma movimentação inusitada de caminhões de um fabricante de refrigerantes. Sem qualquer comunicação antecipada para a população de 7,5 mil habitantes, a "Caravana Coca-Cola" - campanha realizada pela empresa no período natalino - invadiu a cidade com veículos iluminados e ecoando o conhecido jingle de natal da empresa.
A caravana tinha um destino certo e uma missão a cumprir. Levar o Papai Noel para a casa de Harin Bruno Carvalho, 6 anos, - que gosta de ser chamado de Bruno -  e de sua mãe Wandy Noêmia de Carvalho, ambos autistas, atendendo a realização de um desejo que chegou ao conhecimento da empresa através de uma página que mantém em uma rede social.
Bruno, que possui alergia a corantes e não pode beber refrigerantes, não queria presentes. Pediu apenas para brincar com o Papai Noel e presenteá-lo com uma garrafa de refrigerante, repetindo a cena que vê em uma propaganda que está sendo veiculada nas emissoras de televisão.
A história começou no inicio deste mês. Em entrevista exclusiva ao Terra, Wandy contou que ao ver o comercial da Coca-Cola na televisão, Bruno disse que tinha o desejo de oferecer o refrigerante para o Papai Noel "porque ele deve se cansar muito do trabalho de distribuir presentes". A mãe prometeu então que compraria um refrigerante e levaria o menino em um shopping de Curitiba para que ele realizasse o sonho. A ideia de Wandy era aproveitar sua viagem à capital, repetida mensalmente, ao lado do filho para tratamento da Síndrome de Asperger, um transtorno autista que afeta a sociabilização, apresenta linguagem rebuscada para a idade, ocasiona atos motores repetitivos (tiques) e interesses muito intensos e limitados apenas por um ou poucos assuntos.
Apesar da promessa da mãe, Bruno disse que queria entregar o refrigerante para "o Papai Noel de verdade da Coca-Cola". Na tentativa de atender ao desejo de Bruno, Wandy postou uma mensagem na página da empresa relatando o sonho do filho, com a imagem de uma carta escrita no caderno do menino com a mensagem : "Querido Papai Noel. Eu gosto muito de você. Vou te dar uma Coca-Cola de presente. Espero você aqui na minha casa. Um beijão de amor de Harian Bruno de Carvalho."
O desejo do menino foi realizado de surpresa. Após passar pelas ruas centrais da cidade, a caravana estacionou em frente à casa de Bruno. Papai Noel desceu de um dos caminhões e entrou na casa do garoto para brincar com ele. Ao sair da casa para "descansar", o menino então entregou o refrigerante para o personagem, realizando seu desejo. Boa parte da população de Juranda acompanhava a cena. Até o prefeito da cidade apareceu. Refrigerantes da marca foram distribuídos gratuitamente. Ao final, Bruno ganhou um caminhão de bombeiros de brinquedo e uma cesta de produtos da empresa.
Sonho de emprego
Durante o tempo da movimentação na casa, a mãe de Bruno esteve escondida atrás da porta chorando. Em determinado momento, até mesmo o Papai Noel chorou abraçado com ela. Na tarde de quarta-feira, Wandy estava apreensiva. Na cidade corriam boatos de que a família dela havia recebido "uma casa, móveis e um carro da Coca-Cola. Publique por favor que eu não ganhei nada disso. A cesta de produtos que recebi, eu distribuí para o pessoal que estava aqui. Não tenho nada mais", disse ela.
Wandy sofre com o transtorno de sociabilização. Não suporta aglomeração de pessoas e ainda tem medo do Papai Noel. Sem qualquer comprometimento intelectual ou sinais de retardo, Wandy mora apenas com Bruno e com a mãe dela. Com o segundo grau e diploma de vários cursos profissionalizantes, ela também tinha um sonho para este Natal. Mas devido ao transtorno que possui, achava que seria impossível. Wandy queria um emprego, já que os recursos que recebe são escassos e neste ano teria que economizar muito para comprar um presente para o filho. "Em Juranda ninguém vai me dar trabalho. Já procurei e todos sabem do meu problema", disse ela.
O sonho da mãe de Bruno não estava tão distante como ela imaginava. Ao conversar com oTerra sobre a passagem da Caravana Coca-Cola na cidade, o prefeito Bento Batista foi informado do relato da mulher. Batista disse que realizaria o desejo de Wandy. "Não sei se pela prefeitura ou através de empresas privadas, mas pode publicar que ela estará empregada ainda neste ano. Não é apenas a realização de um desejo de Natal. É uma obrigação já que há até uma obrigação da lei de reserva de vagas no mercado de trabalho para pessoas portadoras do transtorno", afirmou o prefeito. Nesta sexta-feira, o prefeito da cidade confirmou ao Terra que a mulher irá trabalhar na prefeitura da cidade, mas o cargo ainda não foi definido.
Procurada pelo Terra, a assessoria de imprensa da Coca-Cola não conseguiu repassar informações sobre como ocorreu a ação da empresa e as razões que levaram ao atendimento do desejo do menino. Segundo a assessoria, os responsáveis pela ação não foram localizados.

Casal é preso e 250 kg de maconha apreendidos em Araucária


Da PMPR


Durante ação na manhã desta segunda-feira (23/12), em Araucária (PR), Região Metropolitana de Curitiba (RMC), um casal foi preso por envolvimento com o tráfico de drogas. Na situação, desencadeada por policiais militares e federais, integrantes da Força Tarefa, 250 Kg de maconha foram apreendidos.
“Recebemos a informação de que uma transição de drogas iria ser feita em uma residência no município de Araucária, sendo que um casal seria o responsável pela ação. De posse das características do local e dos suspeitos, nossas equipes se deslocaram até a residência e realizaram um levantamento”, explica o capitão Alexandre Lopes Dias, representante da PM.
forcatarefa1
(Foto: Divulgação-PMPR)
Segundo o capitão Alexandre, por volta das 8h30 dois carros, um Uno e um Omega, saíram do local. Os policiais tentaram efetuar uma abordagem, mas os condutores fugiram. “Durante o acompanhamento tático o motorista o Omega perdeu o controle, próximo a Rodovia do Xisto, e capotou”, afirma.
No carro nada de irregular foi localizado e os suspeitos, que estavam no seu interior, conseguiram fugir. “Perdemos o Uno de vista, mas após diligências conseguimos localizá-lo ainda em Araucária, sendo efetuada a abordagem e encontrado 250 Kg de maconha. A condutora possuía a mesmas características da mulher denunciada”, conta o capitão.
“A mulher declarou que a droga foi entregue em sua casa, mas ao notar uma movimentação estranha colocou o entorpecente no carro para tentar se desfazer dele. Ela e o marido, que foi localizado na residência, ambos com idade aproximada de 35 anos, foram levados à Superintendência da Polícia Federal, localizada no bairro Santa Cândida (PR), para as medidas cabíveis”, relata o capitão Alexandre.

Governo eleva IPI do carro popular para 3% em janeiro





Alíquota do tributo voltará a 7% em julho do ano que vem, segundo decreto publicado no Diário Oficial


O governo federal editou um decreto, publicado nesta terça-feira, que aumenta o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para automóveis a partir de janeiro de 2014. Com a decisão, o IPI do carro popular 1.0 passa de 2% para 3% em janeiro, com previsão para chegar a 7% em julho.
A alíquota dos automóveis foi de 7% para zero no ano passado para estimular a indústria nacional, tendo sido recomposta para 2% em 2013. O decreto do governo federal retoma a alíquota anterior gradativamente. A estimativa é que o aumento do imposto eleve a arrecadação em R$ 950 milhões até  o meio do ano.
De acordo com o decreto, o IPI dos carros flex de 1.0 a 2.0 passam de 7% para 9%, devendo chegar a 11% em julho do ano que vem. Nos carros com motores unicamente movidos a gasolina, a alíquota passa de 8% para 10%, variando para 13% em julho.
Segundo o secretário-executivo interino do Ministério da Fazenda, Dyogo Henrique de Oliveira, há um entendimento com a indústria de automóveis para que não haja repasse de preços nem demissões com a recomposição do IPI. Segundo ele, não há estimativa de impacto na inflação, porque há veículos em estoque e a variação dos valores não deve ocorrer automaticamente.
“Temos que cuidar para que as vendas continuem aquecidas e que se mantenha o nível de atividade na indústria. Nós estamos entendendo que há um acordo com a indústria para que não haja repasse para os preços nem demissões no setor face a essa recomposição”, disse.
O governo não alterou, no entanto, o IPI dos caminhões, mantendo a alíquota zerada sem prazo de aumento. "Nós entendemos que os caminhões são um investimento e um bem de logística que impacta em toda a economia. Nas circunstâncias atuais, nós devemos manter inalterado o IPI dos caminhões", disse Oliveira.
Todas as alíquotas divulgadas pelo governo levam em consideração que as montadoras cumprem o programa nacional do Inovar-Auto, que compensa 30 pontos percentuais de IPI em troca de inovação tecnológica em eficiência e segurança.
Móveis
O governo também continua elevando gradualmente o IPI para móveis a partir de janeiro, com a alíquota subindo para 4% em janeiro, 1,5 ponto percentual a mais do que a em vigor. Em julho, o governo decidirá se o IPI de móveis voltará à alíquota integral de 5%.
Segundo Oliveira, com essas mudanças no IPI, estendendo o prazo das recomposições das alíquotas, o governo terá arrecadação maior em R$ 1,146 bilhão na primeira metade do ano.
O governo passa por um momento de dificuldade nas contas fiscais, com receitas afetadas pelas desonerações e pelo desempenho da economia, que ainda não deu sinais consistentes de recuperação.

Em Colombo, jovem é colocado de joelho e executado em plena Véspera de Natal

Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha


O jovem Willian Evangelista Martins, de 21 anos, foi assassinado com vários tiros no início da tarde desta terça-feira (24) em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. Ele foi vítima de uma tocaia na Rua Mariluz no bairro Jardim Paloma.
colombo
Jovem morreu de joelho (Foto: Juliano Cunha – Banda B)
Segundo a tenente Elizangela, da Polícia Militar (PM), o jovem estava em uma Saveiro quando foi abordado por dois ocupantes de uma motocicleta. “Armados, eles teriam pedido para a vítima descer. O Willian tentou fugir, até ser alcançado. Aqui neste matagal ele foi colocado de joelhos e executado”, contou à Banda B.
Ainda de acordo com a tenente, uma situação de vingança é provável no caso, já que um amigo da vítima teria sido morta de forma semelhante recentemente. “Isso agora fica a cargo da Polícia Civil de Colombo investigar”, concluiu a tenente.
São José dos Pinhais
O final da manhã desta terça-feira também teve um assassinato no Jardim Alegria, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Lá um jovem de 18 anos foi assassinado com quatro tiros. “Ele chegou a ser socorrido pelo Siate. Não temos muitas informações do que pode ter acontecido”, descreveu a guarda municipal Hirte.

Quadrilha é presa depois de assaltar salão de beleza no Portão; dois estavam com indulto de Natal


Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha




Uma quadrilha truculenta foi presa em flagrante pela Polícia Militar (PM) após assaltar um salão de belezas na Av. Presidente Arthur Bernades, no bairro Portão, em Curitiba, na noite desta segunda-feira (23). O detalhe é que dois dos cinco detidos estavam com o induto de Natal, que é o benefício de passar as festas de final de ano com a família.
“Eles saem da cadeia para fazer isso, infelizmente é assim”, afirmou à Banda B o cabo Kent, da PM, responsável pela prisão dos suspeitos. “Nós recebemos a informação do assalto e abordamos o Ford Fiesta em que eles estavam. Um revólver e uma pistola foram apreendidos”, descreveu o cabo.
Em frente ao Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul, para o qual foram encaminhados, os suspeitos foram truculentos. “Chutaram a cara e cuspiram em um de nossos policiais. Nos ameaçaram e disseram querer vingança”, contou o cabo Kent.
Foram quatro homens e uma mulher presos pela polícia na abordagem que aconteceu no bairro Fazendinha.

Ganhador de prêmio na loteria é sequestrado na Grande SP



Pedreiro ganhou prêmio da Mega-Sena de R$ 7,8 milhões há 3 meses.
Polícia estourou cativeiro em Guarulhos, na madrugada desta terça.





O ganhador de um prêmio da Mega-Sena de R$ 7,8 milhões e o irmão dele foram sequestrados na tarde de segunda-feira (23), no bairro Continental, em Guarulhos, na Grande São Paulo. A Polícia Civil estourou o cativeiro na madrugada desta terça-feira (24). Houve troca de tiros. Um suspeito morreu e outro foi preso.

A Polícia Civil contou que os irmãos, que são baianos, preparavam-se para viajar para o estado onde nasceram de carro nesta terça-feira quando foram surpreendidos pelos sequestradores.
O pedreiro baiano, de 43 anos, que ganhou o prêmio há cerca de 3 meses, tinha R$ 5 mil em casa. Ele passou no banco e sacou mais R$ 5 mil. Aproximadamente meia hora depois, a casa dele foi invadida por um casal armado. As duas vítimas foram amarradas e amordaçadas.

Primeiramente, os irmãos foram levados no carro dos criminosos para um cativeiro em Mairiporã, na Grande São Paulo. Por volta das 20h, eles foram transferidos para o cativeiro na Avenida Pedro de Souza Lopes, na Vila Galvão, também em Guarulhos.

Na madrugada desta terça-feira, policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), que já investigavam uma quadrilha especializada em arrecadar dinheiro para uma facção criminosa, encontrou o cativeiro. O grupo, que era investigado havia cerca de 60 dias, fazia roubos de carga e roubo a banco.

Para o delegado Antonio de Olim, o sequestro teria um fim trágico pois as vítimas não tinham parentes em São Paulo que pudessem notar o desaparecimento deles. "Além da tortura psicológica, iam segurá-los no cativeiro o tempo que fosse preciso e tirar todo o dinheiro das três contas. Acho que o fim seria trágico, iriam dar um fim neles", disse .

Na troca de tiros, um suspeito ficou ferido. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. O outro foi levado para a sede do Deic.

No cativeiro, a polícia apreendeu duas armas - uma pistola .40 e revólver calibre 32 - e 1kg de cocaína. O suspeito morto, um feirante de 25 anos, tinha passagens por roubo e homicídio, segundo a Polícia Civil. Já o detido de 23 anos também tem passagem por roubo.

Vítimas de acidente na Régis Bittencourt são veladas em Curitiba


Pelo menos três vítimas serão veladas nesta terça-feira (24). 
Acidente deixou 15 mortos e 30 feridos, em São Lourenço da Serra (SP).


Pelo menos três vítimas do acidente de ônibus que deixou 15 mortos na rodovia Régis Bittencourt, em São Lourenço da Serra, na Grande São Paulo, no domingo (22), serão veladas e sepultadas nesta terça-feira (24), em Curitiba. O ônibus, que seguia da capital para o Rio de Janeiro, saiu da pista, caiu numa ribanceira de aproximadamente dez metros de altura e tombou ao bater no solo, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Outros 30 passageiros ficaram feridos.
Regina Guimarães, João da Silva Lima e Jucinéia Justino Leal moravam na capital paranaense e tinham viajado para comemorar as festas de fim de ano com familiares. Dois deles estão sendo velados desde a madrugada e devem ser sepultados até o período da tarde. O outro velório está marcado para depois das 9h e não há horário definido para o sepultamento.

A Secretaria de Segurança Pública corrigiu, na noite de segunda-feira, de 16 para 15 o número de pessoas que morreram no acidente.
O acidente aconteceu durante a madrugada. O ônibus pertence a Viação Nossa Senhora da Penha e tinha dois andares. O local do acidente é conhecido como curva do tobogã. Para o engenheiro de tráfego, Luiz Fernando Devico, a existência de uma barreira no trecho poderia ter evitado as mortes.
Os sobreviventes foram socorridos e levados para os hospitais de Juquitiba, São Lourenço da Serra, Itapecerica da Serra e Taboão da Serra. Até a manhã desta terça, 12 vítimas permaneciam internadas. Seis delas no Hospital Geral de Itapecerica da Serra. Uma mulher de 28 anos permanecia na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da unidade médica. Ela se recupera de uma cirurgia.
Já o motorista foi indiciado por homicídio culposo na direção de veículo automotor. A Polícia Civil investiga a causa do acidente. O delegado Renato Gonçalves Coletes disse que a hipótese mais provável para o acidente é a de que ele tenha dormido na direção do ônibus. “Tudo indica que o motorista dormiu ao volante”, afirmou.
Impacto amortecido
O sobrevivente Antônio Thieme conversou com o G1 e relatou a tensão durante o acidente. Ao mesmo tempo em que comemoro a minha nova vida, fico muito triste pelos que se foram", diz Antônio.
Ele disse ainda que estava sem cinto de segurança e que quando acordou percebeu que tinha sido arremessado para o fundo do veículo. "Eu estava no andar de baixo e sentado nas primeiras poltronas. Acho que não me machuquei tanto porque no fundo do ônibus tinham vários edredons, acredito que isso amorteceu o impacto", lembra. "Foi muita sorte".

Motoristas de ônibus dizem que trabalham com sono no fim de ano


Dois deles disseram que já sentiram sono e quase provocaram acidentes.
Polícia investiga se condutor de ônibus que caiu em rodovia dormiu.






Ex-motoristas de empresas de ônibus que realizam viagens intermunicipais denunciam que, durante o período das festas de fim de ano, é comum muitos deles trabalharem com sono.
Segundo eles, que preferiram não se identificar, nos dias que antecedem o Natal, até os primeiros dias de Ano Novo, os trabalhadores são obrigados a trabalhar sem as 11 horas de descanso mínimas, exigidas por lei.
“Ah, umas três horas e meia, no máximo quatro horas [de descanso]”, diz um deles, contando como é a jornada de trabalho. Perguntado se já dormiu alguma vez ao volante, durante o trabalho, ele revela que já sentiu bastante sono. “Não digo dormir, mas chega a parar o carro [ônibus], lavar o rosto. Parecia que tinha areia no meu olho, sabe?”, conta.

Os dois procuraram a
 RPC TV voluntariamente, após a notícia do acidente de ônibus na BR-116, que matou 16 pessoas, no domingo (22). Nenhum deles trabalhou para a empresa Viação Nossa Senhora da Penha, dona do ônibus acidentado.Outro, que pediu demissão em novembro, afirma que o motivo foi um susto em uma das viagens. Ele cochilou ao volante e quase causou um acidente na estrada. “Eu estava meio que piscando, aí, na hora que eu entrei na curva, eu olhei e tinha a carreta. A última parte da carreta bem em cima da minha faixa. E ali, por Deus, eu desviei”, diz.
Entre as hipóteses levantadas pela polícia para o acidente, está a de que o motorista dormiu ao volante. Ele foi indiciado por homicídio culposo, ou seja, quando não há intenção de matar. O ônibus, que saiu de Curitiba em direção ao Rio de Janeiro, caiu de uma altura de 10 metros, na Serra do Cafezal, em São Paulo. Além dos mortos, outros 30 passageiros ficaram feridos na batida.

Dilma sobrevoará hoje as áreas atingidas pela chuva no Espírito Santo



A presidente Dilma Rousseff deve visitar hoje (24) as áreas atingidas pelas fortes chuvas no Espírito Santo que deixaram cerca de 40 mil capixabas desabrigados e provocaram ao menos seis mortes. A expectativa é de que Dilma faça um sobrevoo pela região e depois participe de uma reunião com representantes da Defesa Civil, autoridades locais e representantes do Ministério da Integração Nacional.
Os detalhes da visita ainda estão sendo acertados pelo Palácio do Planalto. A presidente já teria telefonado para o governador Renato Casagrande (PSB) prestando solidariedade na semana passada, quando começaram as primeiras chuvas.
Os números de mortes e de desabrigados não param de crescer. Foram duas mortes registradas em Itaguaçu e as demais ocorreram em Colatina, Nova Venécia, Baixo Guandu e Paraju.
Já são 40.150 as pessoas que precisaram abandonar suas casas. A maioria está em casa de parentes ou amigos, mas 5.307 precisaram ser acolhidas em escolas e abrigos municipais.
Segundo boletim da Defesa Civil estadual, a chuva das últimas 24 horas provocou o desabamento de cinco casas na capital, Vitória, além de queda de barreiras nos municípios de Viana e Serra.

AUXÍLIO

O Ministério da Saúde informou que vai enviar duas toneladas de medicamentos e insumos para o Espírito Santo.
Os medicamentos encaminhados compõem 10 kits com capacidade para atender cerca de 1.500 pessoas por mês cada um. O kit é composto por 48 itens (30 tipos de medicamentos e 18 insumos para primeiros-socorros).
O ministério, por meio da Força Nacional do SUS (FN-SUS), enviou, no domingo (22), profissionais para atuar no gabinete de crise que coordena as ações de atendimento à população prejudicada pelas chuvas. Os integrantes da FN-SUS estão em fase de busca de informações, análise da rede de saúde e verificação da necessidade de apoio à assistência.
Pelo Twitter, a presidente destacou ações que o governo tem tomado em relação aos desabrigados pela chuva. Dilma disse ainda que a ideia da viagem é avaliar novas medidas para a região.
"Estamos mobilizados, junto com todo o Brasil, p/ (sic) ajudar os mais de 40 mil desabrigados pela #ChuvanoES", afirmou. "Enviamos kits emergências (medicação, dormitório, higiene e limpeza) e cestas básicas. Disponibilizamos 2 helicópteros e 10 veículos com capacidade de carga de 5 toneladas. Equipe de engenharia da @DefesaGovBr está instalando pontes. Enviamos 80 homens da Força Nacional e 4 geólogos", completou.

Voos atrasam após homem invadir pista de Congonhas



Um homem invadiu ontem (23) à tarde a pista de taxiamento do aeroporto de Congonhas (zona sul de São Paulo). Ele foi detido e, mais tarde, liberado.
A invasão interrompeu os pousos e decolagens no aeroporto por nove minutos, das 17h17 às 17h26, o que atrasou a partida ou chegada de cerca de 20 voos em Congonhas.
O efeito continuou depois da reabertura: até as 21h30 a maioria dos voos ainda apresentava atrasos de até 30 minutos, segundo dados da Infraero, estatal que gere o aeroporto.
Durante todo o dia, 10% dos voos atrasaram, de acordo com a Infraero.

PULOU A CERCA

Segundo a Polícia Federal, o homem, de cerca de 30 anos, não era passageiro nem funcionário de empresa aérea ou terceirizada.
Ele invadiu o aeroporto ao pular uma cerca de três metros com arame farpado em cima, pela avenida Washington Luís, na altura do pavilhão de autoridades de Congonhas. De lá, subiu um barranco e chegou à pista de taxiamento, por onde os aviões passam antes de decolar.
Ainda segundo a PF, o homem foi imediatamente visto por funcionários da Infraero e detido.
Na delegacia da PF no aeroporto, ele disse estar em busca de "uma pessoa", aparentando confusão mental, segundo um policial federal.
A polícia ouviu o homem e disse ter constatado que ele não tinha intenção de cometer nenhum crime ao invadir a pista.
Segunda a polícia, ele estava apenas abalado, aparentemente por causa de uma desilusão amorosa, e acabou sendo liberado.

Estatuto da Fifa veta castigo à Portuguesa ou à CBF se clube for à Justiça comum

O estatuto da Fifa tem um dispositivo que impede que a Portuguesa e a CBF sejam punidas se o clube for à Justiça comum no caso em que permitiu a entrada de Héverton na partida com o Grêmio, na última rodada do Brasileiro.
A Portuguesa perdeu quatro pontos e foi rebaixada à Série B, mas apelará ao pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva e fala em ir à Justiça comum. O Fluminense foi beneficiado com a sua permanência na Série A.
Segundo o especialista em direito esportivo Eduardo Carlezzo, há no próprio estatuto da Fifa uma exceção ao artigo 68 que determina que as federações nacionais insiram em seus estatutos a proibição de que as partes levem demandas à Justiça comum.
"A menos que exista previsão [de exceção] nas regras da Fifa ou as leis nacionais permitam o recurso à Justiça comum", reproduz Carlezzo.
"A constituição permite o recurso ao judiciário. Assim, se a Portuguesa for à Justiça comum, tanto a CBF quanto o clube não poderão ser punidos pela Fifa devido ao parágrafo terceiro do artigo 68."
O artigo 217 da Constituição Federal dita que o poder judiciário admitirá ações relacionadas ao deporto após estarem esgotadas as instâncias da Justiça desportiva.
"O Brasil é muito provavelmente o único país do mundo a ter um artigo em sua constituição federal tratando da Justiça desportiva e que prevê a possibilidade de recurso ao judiciário sobre matéria disciplinar", argumenta Carlezzo. "Caso não houvesse essa previsão, certamente toda essa discussão não estaria acontecendo."
Uma outra hipótese que também é levantada é a de que no caso de a Fifa sancionar a CBF caso a Portuguesa entre, de fato, na Justiça comum, suspendendo a entidade e os clubes filiados de competições internacionais, é possível o recurso à CAS (Corte Arbitral do Esporte).
Ela poderia se posicionar sobre a aplicação do artigo 68 do estatuto da Fifa frente à Constituição Federal do país.
Rivaldo Gomes - 11.jan.2013/Folhapress
O meia Héverton durante um treino da Portuguesa
O meia Héverton durante um treino da Portuguesa

Mulher com aliança na mão é encontrada morta no Parque Barigui


Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento

parque-barigui-231213-bandab
Foto: Antônio Nascimento – Banda B
Uma mulher aparentando ter entre 50 e 60 anos foi encontrada morta na manhã desta segunda-feira (23) próximo ao lago do Parque Barigui, em Curitiba. A vítima usava uma aliança na mão e vestia uma blusa azul e uma bermuda escura.
De acordo com o sargento Flausino, da Polícia Militar, funcionários da Cavo realizavam a limpeza do parque quando encontraram a vítima já morta no local. “Ainda não sabemos o que aconteceu, a princípio parece que ela teve um mal e sofreu uma queda no local, mas só a perícia poderá precisar o motivo da morte”, disse.
O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).
Outro corpo
Também na manhã de hoje, Gilberto Ramos Campos, de 30 anos, foi encontrado morto em uma trincheira de Campo Largo, na região metropolitana da capital. O corpo estava numa passagem de pedestres próximo ao quilômetro 112 da BR-277 no sentido interior do Paraná.
campo-largo-231213-bandab
Foto: Antônio Nascimento – Banda B
De acordo com o soldado Rodrigo Lima, da Polícia Militar, a vítima possuía vários ferimentos no rosto, que podem indicar agressões. “Ele pode também ter sofrido uma queda, mas a princípio não é isso que parece, vamos agora esperar o laudo do Instituto Médico Legal”, disse.
Caso seja constatado o crime, a Delegacia de Campo Largo irá investigar o caso.

Torcedores brigões do Atlético e Vasco devem passar o Natal na cadeia


torcedores presos1
Torcedores presos na Operação Cartão vermelho – Foto: Banda B

Redação com Lancenet

Os 24 torcedores que foram presos por envolvimento na briga entre atleticanos e vascaínos do último dia oito, em partida válida pela última rodada do Campeonato Brasileiro, em Joinville (SC), continuarão detidos no período do Natal. O delegado regional de Joinville, Dirceu Lopes, afirmou que os presos não têm direito ao indulto natalino.
– Para eles serem libertados do período do Natal, só com uma ordem judicial. Como foram presos recentemente e ainda serão julgados, permanecerão detidos – explicou Dirceu aoLANCE!Net.
Três torcedores do Vasco foram presos em flagrante logo após a partida. Outros 21 foram detidos na Operação Cartão Vermelho. Entre eles, está o ex-vereador de Curitiba, Juliano Borghetti.
A ação, que conta com a participação das polícias do Paraná, Santa Catarina e Rio de Janeiro, foi criada na última quinta-feira com objetivo de prender todos os envolvidos na briga da Arena Joinville.
Apesar das prisões, dez torcedores ainda estão foragidos. Entre eles, está Bruno Pereira Ribeiro, mais conhecido como Bruno “Fet”, que é presidente da torcida organizada Força Jovem do Vasco.
Os torcedores estão sendo acusados de associação ao crime, prática ou incitação à violência e danos ao patrimônio público.
Defesa
O advogado de defesa de sete dos dez presos, Aroldo César Natter, disse na Demafe que as prisões foram ilegais. “Foram prisões ilegais e descabidas. A tipificação do crime é envolvimento em racha e não as acusações alegadas. Eles deveriam responder a processo em liberdade”, informou o advogado à Banda B. Ele tenta reverter as prisões junto ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

Corrente arrasta casal e homem de 42 anos morre afogado no Litoral


Por Felipe Ribeiro

Um homem de 42 anos foi a primeira fatal de afogamento no Litoral do Paraná durante a Operação Verão 2013/2014. De acordo com o tenente Trach, do Corpo de Bombeiros, João Francisco Santana banhava-se no balneário de Costa Azul, em Matinhos, durante a manhã deste domingo (22), quando ele e a esposa foram arrastados por uma corrente.
“Eles estavam numa região que não possuí posto de guarda-vida. Ele retirou a esposa, mas acabou se afogando na sequência. Ele chegou a ser socorrido pelo helicóptero e levado ao Hospital Regional de Paranaguá, mas não resistiu”, comentou.
Adolescente está desaparecido
Também nesta segunda-feira, os bombeiros realizam buscas para tentar encontrar um adolescente de 15 anos, que está desaparecido desde as 13h20 de ontem, em Pontal do Paraná.
De acordo com o tenente Tratch, Leandro Moro brincava com um amigo quando foi puxado junto com a sua pranchinha pelo mar. “Um saiu e o outro não conseguiu. Ele chegou a ser visualizado por um rapaz que tentou ajudar, mas até o momento não foi encontrado. As buscas continuam durante o período do dia e, caso não encontremos, são reiniciadas amanhã cedo”, afirmou.