Criança morre afogada em piscina de plástico no RS




Criança de um ano e sete meses se afogou em piscina de plástico.
Salva-vidas dá orientações para evitar situações de perigo.



O pai da menina de um ano e sete meses que morreu após se afogar em uma piscina de plástico no sábado (28), em Passo Fundo, não encontra explicações para o que ocorreu. A ausência foi notada no fim da tarde. Quando encontrada a criança foi socorrida, mas já chegou sem vida ao hospital. Os pais acreditam que ela tentou pegar uma bola que estava na água, como mostra a reportagem do Bom Dia Rio Grande, da RBS TV (veja o vídeo).
"Não tem explicação. A menina estava comendo um lanche comigo, mamando. Tirei ela da água e fomos fazer o lanche, e ela retornou sozinha para a piscina", lamentou Emerson do Prado Freitas. Ele e a mulher têm outros três filhos. Os pais prestaram depoimento à polícia.
Criança de afogou em piscina de plástico (Foto: Reprodução/RBS TV)Criança de afogou em piscina de plástico
(Foto: Reprodução/RBS TV)
Orientação de especialista
As piscinas não apresentam os mesmos riscos que o mar, rios e açudes, que contam com ondas, correnteza e buracos. Porém, cuidados precisam ser tomados, principalmente com as crianças, como alerta o salva-vidas Róbson Loureiro da Silva.
A primeira orientação é ficar de olho nos filhos. Caso algum problema aconteça, a aplicação de primeiros socorros é necessária. O profissional explica como proceder.
"Tirei a vítima da água. Primeiramente tenho que ligar para o 192 (Samu). O segundo passo é fazer a massagem (cardíaca). Para salvar a vida de uma criança, tem que ser mais leve, massagear mais devagar, porque elas são mais sensíveis. Tem de fazer 10 e fazer uma respiração boca a boca, segundo até vir o socorro médico. Quanto mais fizer, mais probabilidade de se salvar".

Apresentadora de TV é presa suspeita de tráfico.


Gislaine da Silva, da Rede NGT, diz que droga era para consumo próprio.
Outros cinco jovens foram presos; maconha e cocaína foram apreendidas.




Uma apresentadora de TV foi presa em flagrante suspeita de tráfico de drogas na noite deste domingo (29), na Avenida Presidente Wilson, no bairro Itararé, em São Vicente, no litoral de São Paulo. Segundo a polícia, Gislaine da Silva Carvalho, de 28 anos, levava na bolsa 12 porções de maconha e cinco tubos com cocaína. Além dela, outros cinco homens com idades entre 22 e 30 anos foram presos. Ao ser abordada, Gislaine negou que estivesse vendendo os entorpecentes e disse à polícia que a droga era para consumo próprio dela e dos outros suspeitos.
De acordo com o boletim de ocorrência, várias denúncias anônimas foram feitas a policiais militares que faziam patrulhamento pelo bairro. A PM diz que ao chegar ao local se deparou com o grupo reunido vendendo drogas.
Uma revista foi realizada e as drogas foram encontradas na bolsa da apresentadora do programa 'Temperando o Papo', veículado pela Rede NGT, em SP e no RJ, pelo sistema UHF. De acordo com a polícia, foram apreendidas 12 porções de maconha, além de cinco tubos plásticos, com cocaína, embalados em forma comumente usada para comercialização. Outros três tubos de vidro contendo um líquido rosado não identificado pelos policiais também foram recolhidos. Uma quantia em dinheiro foi encontrada com ela e com os outros indiciados.

O
 G1 não conseguiu contato com a apresentadora nesta segunda-feira (30). A polícia não soube informar se ela possui advogado.Além de informar que a droga era para consumo do grupo, Gislaine afirmou, segundo a polícia, que havia chegado à cidade na última sexta-feira (27) e que estava hospedada em um apartamento na IIha Porchat junto com os outros cinco jovens. Os veículos e o apartamento em que estavam os indiciados foram revistados, mas nada de ilegal foi encontrado.

Os seis suspeitos foram encaminhados para a Delegacia Sede de São Vicente, onde a ocorrência foi registrada. Depois, os cinco jovens foram levados para o Centro de Detenção Provisória. Já Gislaine foi encaminhada para a Cadeia Feminina da cidade, situada no 2º Distrito Policial.

Renan Calheiros anuncia devolução de R$ 27,4 mil por viagem para implantar cabelo


30 de dezembro de 2013



O presidente do Senado, Renan Calheiros, anunciou nesta segunda-feira (30) que devolverá R$ 27,4 mil pelo uso de uma aeronave da FAB para atividade pessoal. Renan foi de Brasília (DF) para Recife (PE) no dia 18 de dezembro para fazer uma cirurgia para implantar 10 mil fios de cabelo.
De acordo com a curta nota divulgada no site do Senado Federal, o valor foi Brasília, Recifecalculado pela Força Aérea e o pagamento foi feito por via bancária, através de uma Guia de Recolhimento da União.
Foi a segunda vez neste ano que Renan usou um avião da FAB para fins particulares. Em junho, foi a Trancoso (BA) para o casamento da filha do colega Eduardo Braga (PMDB-AM). Na ocasião, ele também informou ter reembolsado R$ 32 mil à União pelo uso indevido.
FONTE: FOLHA DE SÃO PAULO

Dilma não lançará terceira etapa do programa Minha Casa, Minha Vida


30 de dezembro de 2013



SEM PUXADINHO
Dilma Rousseff tentou, mas não lançará a terceira etapa do Minha Casa, Minha Vida. Uma das vitrines de sua administração, o programa terá peso na campanha pela reeleição. A presidente chegou a fazer consultas à Caixa Econômica Federal para avaliar a concessão de mais subsídios. Mas à negativa do banco, que avançou mais do que o esperado com recursos às construções, somou-se a preocupação de Dilma em dar um passo adiante sem ter concluído a fase dois do programa.
Recorde Mesmo sem lançar a terceira etapa do Minha Casa, Minha Vida, Dilma deve terminar seu mandato com 2,4 milhões de casas entregues e 600 mil em andamento, totalizando 3 milhões, número que supera em 1 milhão o total de moradias prometidas e que será explorado pelo marketing na campanha.
Mais peso Em três anos de gestão, o programa consumiu R$ 50 bilhões, uma média de R$ 16,7 bilhões por ano. Esse investimento representa 15% do total destinado pela União para habitação. As informações são do Painel da Folha.

Morador segue rastro de sangue e encontra corpo algemado no milharal


Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

corpo-campomagro
Rastro de sangue levou morador até o milharal. Foto: JC/Banda B

Um morador de uma pacata zona rural de Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba, teve uma segunda-feira (30) fora do comum. Ele encontrou o corpo de um homem com ferimentos na cabeça por volta das 12h45. A vítima estava com as mãos algemadas e vestia somente uma cueca.
A região localizada no Morro da Caixa D’Água, no bairro Novo Campo, possui poucos moradores. Ninguém ouviu disparos de arma de fogo, nem gritos ou carros em alta velocidade deixando o local.
De acordo com esse morador que encontrou o corpo, rastros de sangue o levaram até o homem, que está somente de cueca e algemado. A vítima tinha muito sangue na cabeça e estava no milharal. Não há identificação, mas o Instituto de Criminalística estima que o homem tinha cerca de 25 anos.
Balanço
Esse fim de semana registrou 28 mortes violentas, de acordo com o Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. Entre as 18 horas de sexta-feira (27) até as 6 horas de hoje, foram 12 homicídios, nove vítimas de trânsito, dois enforcamentos, dois afogamentos e três corpos ficaram na dependência de exames complementares para indicar a causa da morte.

Gangue do Maçarico é surpreendida por ‘dispositivo novo’ e foge sem nada


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

macarico-dentro
Caixa eletrônico alvo dos bandidos. Fotos: Antônio Nascimento/Banda B

A Gangue do Maçarico foi pega de surpresa na manhã desta segunda-feira (30) durante uma ação em caixas eletrônicos do Banco do Brasil. Os bandidos invadiram a agência da Avenida Presidente Kennedy, na Vila Guaíra, em Curitiba, para tentar ‘engordar’ as festas de fim de ano, mas não contavam com um dispositivo novo instalado nesta agência. Com o calor do maçarico, um dos caixas soltou gases tóxicos.
gangue-macarico-dentro
Caixa eletrônico alvo dos bandidos. Fotos: AN/Banda B
Por volta das 7 horas, a Polícia Militar (PM) foi acionada para checar a informação de arrombamento dentro do bando. No entanto, os policias tiveram de acionar o Corpo de Bombeiros por causa de uma intensa fumaça que saia de dentro da agência. De acordo com a polícia, ao tentar cortar os caixas eletrônicos usando um maçarico, um gás tóxico foi liberado, obrigando os bandidos a deixar a agência. Eles fugiram sem conseguir alcançar os cofres com as notas.
Os bombeiros conseguiram entrar na agência usando máscaras de oxigênio para conter a fumaça tóxica. Eles usaram um duto – com efeito aspirador – para que, então, os policiais conseguiram entrar. A tentativa de roubo será investigada pela Polícia Civil.
Nota de Esclarecimento
Em contato com a redação da Banda B, a assessoria do Banco do Brasil informou que não há dispositivo de gases tóxicos nos caixas eletrônicos, no entanto confirma que a agência permanecerá fechada por pedido do Corpo de Bombeiros.

PM morre em capotamento durante perseguição policial no Pinheirinho


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

Um policial militar morreu durante uma perseguição no final da tarde desta segunda-feira (30) no bairro Pinheirinho, em Curitiba. Segundo relatos, PMs tentaram abordar uma caminhonete Ranger sem placas, com cinco ocupantes, mas o motorista fugiu na região da Favela da Pluma.
A perseguição policial teria durado cerca de 10 minutos. O condutor da viatura da PM acabou  perdendo o controle do carro, que sofreu um capotamento. A informação é de que um cabo, identificado apenas como Galvão, morreu após o acidente. O corpo deve ser encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).
De acordo com a polícia, a Ranger sofreu uma colisão e parou dentro da favela. Os PMs realizam buscas para localizar os suspeitos.

Com tempo abafado, virada do ano pode ser chuvosa no Paraná


Da Redação com Agência Brasil



A noite de Ano Novo tem tendência de chuva em algumas regiões do país, informou hoje (29) o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Essa é a previsão para as regiões Centro-Oeste, parte do Sudeste (exceto Espírito Santo, norte e nordeste de Minas Gerais) e toda a Região Sul.
A chegada de uma frente fria à Região Sul deverá ocasionar chuva mais forte na noite de 31 de dezembro no Rio Grande do Sul, mas os outros estados também estão sujeitos a passar a virada do ano sob mau tempo. No Paraná, por exemplo, a previsão é de que a terça-feira (31) seja marcada pelo tempo parcialmente nublado, com chuvas e trovoadas a partir da tarde. A máxima prevista é de 29ºC em Curitiba e 32ºC em Foz do Iguaçu e em Paranaguá. Entretanto, não há previsão de temporais no país, pelo menos até agora, para a chegada de 2014.
Na Região Norte, há possibilidade de um réveillon chuvoso em Rondônia, no Amazonas, em Macapá e Belém. Há também possibilidade de chuva no litoral entre as regiões Leste e Nordeste, alcançando desde Salvador até a Paraíba. Para o Rio de Janeiro, a previsão é mais otimista e pode não chover na noite de Ano Novo, diz o Inmet.
A previsão para os cariocas, até agora, é tempo parcialmente nublado, com névoa úmida, no último dia do ano. Para Brasília, está previsto tempo parcialmente nublado a nublado, com pancadas de chuva e trovoadas isoladas, mesma situação que deverá ocorrer na cidade de São Paulo na última noite de 2013.

Grave acidente deixa um adolescente e dois irmãos mortos na BR-277


Por Marina Sequinel e Antônio Nascimento
acidente-grave-291213-bandab
Ainda não se sabe se o carro apresentou falha mecânica. (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Um grave acidente de carro deixou três pessoas mortas  na tarde deste domingo (29) no km 124 da BR-277. A tragédia aconteceu no início da Serra de São Luiz do Purunã, na região metropolitana de Curitiba.
acidente-grave-291213-bandab2
(Foto: Antônio Nascimento – Banda B)
Por volta das 14h30, o motorista de um Citroen C3, com placas de Irati, perdeu o controle do carro em uma curva e acabou saindo da pista. Segundo testemunhas, o veículo caiu em um desnível de cerca de 8 metros de altura e capotou várias vezes antes de parar com as rodas para o ar.
O condutor Giuliano Hartmann, de 34 anos, foi encaminhado de helicóptero em estado gravíssimo para o Hospital do Trabalhador. Ele não resistiu aos ferimentos e faleceu. A irmã dele, Priscila Louise, de 31 anos, e o menino Bryan Hartmann de Oliveira, de 13 anos, morreram no local. Ainda não há informações sobre o grau de parentesco do adolescente com os dois ocupantes do automóvel. O carro estava carregado com malas e a família retornava de uma viagem.
De acordo com a Polícia Rodoviária, apenas uma perícia completa pode determinar a causa do acidente. Não se sabe se o pneu estourou, se o carro apresentou falha mecânica ou se algum tipo de imprudência provocou a tragédia. As vítimas fatais foram encaminhadas ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.
Pista perigosa
Segundo os moradores da região, a estrada é muito perigosa no ponto onde aconteceu o acidente. Eles reclamam da pressa com que os motoristas passam pela rodovia, além da falta de radar, de lombadas ou de outros redutores de velocidade.