Caça Mirage 2000 faz último voo e é aposentado pela FAB


Último modelo em uso partiu da base aérea de Anápolis (GO), às 10h42.
Aeronave será aposentada e substituída pelos caças suecos.



A aeronave mais potente do Brasil, o caça Mirage 2000, acaba de se aposentar. Após completar mais de 10,6 mil horas de voo no país, sucateado, sem munição e com alto custo de manutenção, o avião, que já deveria ter deixado de operar em 2011, fez o voo derradeiro na manhã desta terça-feira (31) 
O último modelo em uso, o avião 4948, partiu da base aérea de Anápolis, em Goiás, às 10h42, com destino ao museu da Força Aérea no Rio de Janeiro, onde pousou às 11h53 e ficará como peça de museu.
G1 vai publicar nesta semana um vídeo com a íntegra do último voo do Mirage.
Caça Mirage brasileiro antes de decolar para o último voo oficial (Foto: Tahiane Stochero/G1)Caça Mirage brasileiro antes de decolar para o
último voo oficial (Foto: Tahiane Stochero/G1)
Só a partir de 2018 chegará o substituto: osueco Gripen, que foi escolhido no início de dezembro pela presidente Dilma Rousseff como a nova aeronave de combate brasileira. Serão compradas 36 aeronaves ao custo de US$ 4,5 bilhões.
Até lá, o Mirage 2000 será substituído temporariamente pelo F-5, uma aeronave de menor potencial bélico e mais lento - atinge até 1,9 vezes a velocidade do som.
O capitão Augusto Ramalho, de 33 anos, fez a última hora de voo do Mirage, do avião que desde 2006 protegia o espaço aéreo do país, em especial, as fronteiras da Amazônia, do Centro Oeste e do o Planalto.  "É um momento de dor, de despedida. O avião é como parte do nosso corpo, faz parte do piloto. O conhecemos por dentro para não correr riscos", diz o oficial.

Novo caça da FAB, o Gripen NG (Foto: arte g1)Foi o Mirage que destruiu as vidraças do Supremo Tribunal Federal em julho de 2012, quando a Aeronáutica ainda temia uma indefinição quanto ao futuro da aviação de caça. Isso porque a aeronave pode chegar até 2,2 vezes a velocidade do som.
Na ocasião, o piloto exagerou na velocidade a baixa altitude (cerca de 300 metros) e acabou sendo transferido para outra unidade.
Comprados em uma estratégia tampão da França já usados em 2004, os 12 Mirage 2000 completaram 10,6 mil horas de voo no país desde então. Desde o início do ano, apenas 6 estavam voando - o restante começou a ser decepado (ter peças tiradas) para que o restante pudesse continuar operando, devido ao nível de sucateamento. A última hora de voo custou mais de US$ 7 mil. Já o Gripen, cujo contrato ainda será assinado e será produzido 70% no Brasil, deverá ter o custo de hora de voo calculado em US$ 4,5 mil.
O clima em Anápolis nesta manhã foi de um misto de alegria e tristeza. O Mirage 4948 assumiu a prontidão às 8h. "Quando estamos de prontidão, pode soar o alarme a qualquer momento. Temos que sair correndo e entrar no avião. Só saberemos a caminho o que está acontecendo", explica o capitão Ramalho, que tem mais de 2 mil horas de voo na aviação de caça. "Somos chamados para interceptar qualquer avião que sobrevoe aqui sem autorização, seja criminoso ou que esteja sem plano de voo", diz o oficial.
O caça pode atingir até 15 km de altitude e carrega bombas. Para ser levado para o Rio, os mecânicos tiveram que tirar sua munição: 125 cartuchos de bombas incendiárias que ficam armazenados em um canhão.
Foi o Mirage que, em março de 2009,  abordou um monomotor roubado do aeroclube de Luziânia, em Goiás, por um homem que viajou com sua filha de 5 anos e tentava chegar a Brasília. O avião acabou sofrendo um acidente e caiu no estacionamento de um shopping em Goiânia (GO). Ambos morreram. Naquela situação, os pilotos tentaram convencer o homem a pousar e poderiam realizar um tiro de abate caso ele não obedecesse. A decisão do tiro de abate de oficiais do alto comando da Aeronáutica, em Brasília, e só pode ocorrer em último caso - como em ataques terroristas - ou se o piloto se sentir ameaçado.
"Somos treinados para qualquer situação. O avião parte armado para todas as missões. Se você comandou o avião para colocar munição, você tem certeza do que pode fazer. Quando se dá um disparo, não tem volta. É como o tiro de uma pistola", afirma o capitão.
O comandante da base aérea de Anápolis, Sérgio Bastos, também piloto de caça, lembra que o Mirage completou sua tarefa na Aeronáutica ao permitir que  pilotos e mecânicos aprendessem a lidar com novas tecnologias. A versão anterior do Mirage, o Mirage III, foi utilizada entre 1973 e 2004, e foi determinante na Guerra das Malvinas (1982), quando um avião cubano e outro inglês foram interceptados ao sobrevoarem sem autorização o país e obrigados a pousar.
A previsão é que até as Olimpíadas de 2016 modelos do Gripen sejam transferdios pela empresa Saab ao Brasil até que a nova versão, o Gripen NG, seja produzido. O avião sueco foi escolhido como o novo caça do Brasil, em detrimento do F-18, da norte-americana Boeing, e do Rafale, da francesa Dassault, devido à transferência de tecnologia: 70% da aeronave terá fabricação nacional.
O capitão  Augusto Ramalho, de 33 anos, fez a última hora de voo do avião que desde 2004 protegia o espaço aéreo do país,  (Foto: Tahiane Stochero/G1)

Quatro apostas dividem a Mega-Sena da Virada



Apostas são de Curitiba (PR), Palotina (PR), Maceió (AL) e Teofilândia (BA).
Cabe a cada uma delas R$ 56.169.465,02.







Quatro apostas dividiram a Mega-Sena da Virada, sorteada na noite desta terça-feira (31), informou a Caixa Ecônomica Federal (CEF). As apostas foram feitas em Curitiba (PR), Palotina (PR), Maceió (AL) e Teofilândia (BA). Cabe a cada uma delas R$ 56.169.465,02.
Confira as dezenas sorteadas:
20 - 30 - 36 - 38 - 47 - 53
A Quina premiou 1.147 apostas com R$ 38.701,20. A Quadra registrou 90.376 apostas vencedoras e cada uma receberá R$ 701,67.
O rateio deste ano foi de R$ 224.677.860,07, o segundo maior desde que a Mega-Sena da Virada começou, em 2009. A quantia é superior à estimativa inicial, que havia sido de R$ 200 milhões, e o prêmio é o maior do ano sorteado pelas Loterias da Caixa.

As apostas começaram no dia 11 de novembro e, ao todo, foram vendidos 104,2 milhões de bilhetes. O total arrecadado foi de R$ 758,2 milhões. Desse valor, R$ 246 milhões foram arrecadados apenas entre esta segunda (30) e esta terça, os dois últimos dias de captação de apostas.
O sorteio ocorreu pouco depois das 20h desta terça, no estúdio da Rede Globo, em São Paulo.

Garoto sobe em telhado para não apanhar de vizinhos depois de manter idoso refém: “Chamem a polícia”


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

“Só desço quando a polícia chegar”, gritava Luiz Henrique, 18 anos, de cima de um telhado de uma residência na região da Vila São Pedro, no bairro Xaxim, em Curitiba. Ele e um adolescente invadiram a casa de um idoso na rua Estevan Monacier no início da noite desta segunda-feira (30) para assaltar. Armado com um canivete, a dupla rendeu o homem e o levou para dentro da casa. Pouco tempo depois o filho da vítima tocou a campainha e viu que tinha algo de anormal.
A ação dos dois aconteceu por volta das 19h30. Já mantendo o idoso como refém dentro da própria casa, começaram a montar pilhas com objetos que levariam na fuga. No entanto, o filho do idoso apareceu para uma visita e tocou a campainha. Vendo que o pai estava em casa, mas não atendia ao chamado, achou que pudesse ter algo errado. E tinha.
Nesse momento, o adolescente com uma faca de cozinha nas mãos foi até o portão tentar abordar também o filho, que tocava a campainha incessantemente. O rapaz começou a gritar e chamar a atenção dos vizinhos, que rapidamente se armaram contra o garoto com chutes e pontapés. Vendo que o comparsa estava rendido, Luiz correu até o fundo da casa da vítima e subiu no telhado de outra residência.
Os moradores rodearam o telhado para impedir que ele fugisse. Tentando não ter o mesmo destino do comparsa, o jovem gritava que só desceria com a chegada da polícia. “Liguem pra polícia”, dizia o assaltante. Que paradoxo! Ele foi levado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) e o outro para a Delegacia do Adolescente.

Assaltante ‘cai do cavalo’ e é preso acusado de aterrorizar comércios de Pinhais


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

assaltante-pinhais
Depois de medicado, suspeito foi levado a delegacia. Foto: AN/Banda B
Um jovem assaltante de 26 anos caiu de uma motocicleta enquanto fugia de viaturas da Polícia Militar (PM) durante a tarde desta terça-feira (31). Diogo Sibral Costa está sendo acusado de assaltar comércios na região da Vila Amélia, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Depois de medicado, ele foi encaminhado a delegacia do município.
assaltante-pinhais-garrucha
Arma usada para assaltar comércio foi apreendida. Foto: AN/Banda B
Usando uma motocicleta vermelha e uma garrucha calibre 38, o suspeito deu voz de assalto em um aviário e fugiu levando R$ 97. A PM foi acionada e conseguiu identificar o suspeito nas proximidades da região. Costa não parou com a abordagem policial e foi perseguido. Em uma curva, ele se desequilibrou e caiu na moto. Policiais levaram o suspeito até uma Unidade de Pronto Atendimento para que ele fosse medicado.
Depois de cerca de 40 minutos o suspeito foi liberado e, sob escolta policial, foi levado a Delegacia de Pinhais. Pelas características da moto e da arma, um vídeo da câmera de segurança revelou que Costa também é suspeito de ter assaltado um mercado na tarde de ontem. Ele fez compras e assaltou o caixa levando R$ 270 do estabelecimento.

Jovem pega carro da mãe para dar rolé, fica sem gasolina e precisa ‘assaltar’ para abastecê-lo


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

A irresponsabilidade de um jovem de 23 anos que mora em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, deu dor de cabeça para a família na madrugada desta terça-feira (31). Na companhia de um amigo adolescente, o jovem motorista emprestou o carro da mãe dele para dar umas voltas pelas ruas de Curitiba. A gasolina acabou e a ‘saída’ que a dupla encontrou foi a pior possível: assaltar.
De acordo com a Polícia Militar (PM), motoristas de alguns carros fizeram sinal para alertar uma viatura, que andava pela Avenida Presidente Kennedy, sobre o assalto. Em patrulhamento pelo local indicado, os policiais logo encontraram um jovem e um adolescente dormindo dentro de um Ford Fiesta na rua Lamenha Lins, no bairro Rebouças. A vítima reconheceu a dupla. Eles tinham roubado um iPod e a quantia de R$ 64.
Em depoimento aos policiais, o jovem e o adolescente contaram que moram em Araucária e vieram ao centro da capital para dar umas voltas. Depois de passearem com algumas garotas e gastarem o dinheiro que tinham, notaram que o carro estava sem gasolina para voltarem para casa. Segundo eles, a ‘solução’ encontrada foi assaltar quem passasse pela frente.
O jovem foi autuado por roubo no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) e o adolescente foi levado à delegacia especializada no bairro Tarumã, em Curitiba. A família dos dois foi avisada pela polícia sobre a apreensão.

Depois de ameaçar guardas, suspeito ‘se borra’ ao ver que entrou em cana: “Cheiro insuportável”


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

A valentia de Alexsandro Ricardo de Lima, 38 anos, ao ser abordado pela Guarda Municipal na madrugada desta terça-feira (31), no Centro de Curitiba, deu espaço ao medo. Lima enfrentou os guardas durante a ação ameaçando-os de morte e dizendo que perseguiria a família deles. No entanto, ao perceber que ele seria levado para a delegacia, ‘se borrou’ nas calças, literalmente.
O suspeito foi abordado na rua Nestor de Castro com uma bucha de cocaína, pesando 4 gramas. Ele resistiu à prisão e ameaçou os guardas até descobrir que estava com um mandado de prisão na cidade de Registro, no interior de São Paulo. Então, acabou fazendo o número dois nas calças.
“Que cheiro insuportável. Emporcalhou a viatura inteira. Que nojo”, disse o guarda Silveira à Banda B. Na Delegacia de Vigilância e Capturas o suspeito teve de ir pro banho após ficar cinco minutos dentro da cela. “Não tamo (sic) aguentando esse fedor”, diziam os presos.

Mãe é pega com drogas nas partes íntimas ao lado do filho de 9 anos: “Estou dando o meu melhor”


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

Uma mãe de 27 anos foi presa em flagrante com drogas nas partes íntimas nas proximidades do Terminal Guadalupe, no centro de Curitiba. A prisão aconteceu na madrugada desta terça-feira (31) e Débora dos Santos Bueno, 27 anos, estava ao lado do filho de 9 anos quando foi abordada pela Guarda Municipal. Ela levava 10 pedras de crack e 4 buchas de cocaína dentro das partes íntimas e rebateu sobre o exemplo que estava dando ao menino:“Estou fazendo tudo que posso pelo meu filho. Estou dando o meu melhor como mãe”.
Durante toda a madrugada, a GM realizou abordagem para combater o crime, o roubo e o furto no centro da cidade. Por volta da 1h25, Débora e o filho foram vistos andando ao lado do Terminal. Uma agente feminina revistou a suspeita, que logo contou o que levava. Em depoimento aos policiais, Débora disse que ela e o filho moram em um hotel – de grande rotatividade – próximo dali.
“Ficamos estarrecidos ao ver que ela usava o filho para despistar a polícia e a guarda. Que exemplo essa mãe está dando a essa criança?”, questiona o supervisor Aparecido da GM.
Ela foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul). O garoto foi levado ao Conselho Tutelar e ficará sob custódia do município até que a Justiça decida sobre a guarda.

Padrasto aproveita internação de mulher e estupra enteada de 11 anos no Sítio Cercado


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

Um homem de 40 anos foi levado para o Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) ao confessar ter estuprado a enteada de apenas 11 anos. O crime teria acontecido na última sexta-feira (27) no Bairro Novo A, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba.
Policiais militares foram acionados na noite deste domingo por moradores da região que descobriram que o agressor tinha retornado à residência da família. Ele foi detido dentro de casa e confessou ter abusado da enteada. O crime teria ocorrido durante o internamento da mãe da menina em uma casa hospital de Curitiba para um tratamento de saúde.
A menina foi levada para casa de parente no bairro Santa Felicidade depois do abuso. O agressor teria fugido, mas retornou à residência na noite de ontem. Moradores estavam indignados com o crime e com o retorno do homem.
Policiais do Nucria ouviram o suspeito, que foi liberado depois do depoimento já que não houve o flagrante.  A polícia vai instaurar inquérito para que o agressor possa responder pelo crime dentro da cadeia. Não há informações sobre a mãe da garota.

Bancos fecham nesta terça-feira e só reabrem na quinta


Da Agência Brasil

As agências bancárias vão fechar amanhã (31), assim como no dia 1º de janeiro, de acordo com Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Hoje (30) os bancos abrem normalmente.
A federação lembra que, nos dias em que as agências estiverem fechadas, os clientes poderão usar os canais alternativos de atendimento para fazer operações bancárias, como caixas eletrônicos, internet banking, mobile banking, banco por telefone e correspondentes (casas lotéricas, agências dos Correios, redes de supermercados e outros estabelecimentos comerciais credenciados).
bancos-fecham-301213-bandab
(Foto: Divulgação/EBC)
As contas de consumo (água, luz, telefone e TV a cabo, por exemplo) e os carnês que vencerem no período em que os bancos ficarão fechados poderão ser pagas no próximo dia útil (2 de janeiro), sem a incidência de multa. Os tributos, normalmente, já estão com a data ajustada pelo calendário de feriados (federais, estaduais e municipais).
Os clientes também podem agendar nos bancos os pagamentos das contas de consumo ou pagá-las (as que têm código de barras) nos próprios caixas automáticos, ou em correspondentes. Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser agendados ou pagos por meio do Débito Direto Autorizado (DDA).

Dois milhões de veranistas na FESTA DA VIRADA NO LITORAL PARANAENSE



A expectativa cresce para quem irá passar o Ano-Novo no Litoral do Paraná. A Ecovia, concessionária responsável pelo trecho entre Curitiba e as praias, prevê um movimento de 30 mil veículos hoje. A PM calcula que cerca de 2 milhões de pessoas estejam no litoral para a virada do ano.
Para celebrar a chegada de 2014, prefeituras organizam festas e queimas de fogos. “Cerca de 150 pessoas participam da organização,” explicou o secretário do Turismo e Desenvolvimento Econômico de Matinhos, Ruy Hauer Reichert. Para acompanhar o réveillon em Matinhos, a advogada Maria Clara Correia já tem planos: “Vamos fazer lentilha e costelinha de porco e logo depois vamos para a praia. Queremos chegar cedo para pegar um lugar legal”, diz.
Clima
Segundo o Simepar, o último dia do ano terá tempo instável no Litoral, com muito calor (máxima de 32.°C) e possibilidades de chuva. O casal Mariana e Ricardo de Mello pretende ver os fogos da areia de qualquer jeito: “Se chover, vamos vir de capuz, guarda-sol, qualquer coisa. Só não vale perder a festa”, diz Mariana.
Gasolina a R$ 3,129
O preço da gasolina comum, que chega a R$ 3,129 no Litoral do Paraná, assustou alguns consumidores. A diferença chega a R$ 0,20 em relação a alguns postos de Curitiba. O mesmo acontece com o etanol: enquanto o litro custa cerca de R$ 1,959 em Curitiba, chega a R$ 2,199 nas praias. O dentista Gilberto Mendes optou por abastecer uma quantia menor ao invés de encher o tanque. “Achei caro, vou deixar para abastecer em Curitiba”, diz. Segundo Adalto Mendes Lüders, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Matinhos, o valor acompanhou o preço praticado pela Petrobras, em dezembro.

Confira a programação de eventos para a noite de réveillon no Litoral paranaense:
Paranaguá
O Show da Virada será realizado na Praça 29 de Julho, a partir das 22 horas, com a presença da bateria da Escola de Samba Beija-Flor de Nilópolis. Para a meia-noite está programada uma queima de fogos.
Matinhos
Haverá queima de fogos em quatro pontos da praia, com cerca de 15 minutos de duração em cada ponto. Além disso, dois palcos foram montados próximos à Avenida Atlântica e terão shows abertos para a população entre 22 e 2 horas.
Guaratuba
Cerca de 700 mil pessoas são esperadas para o Ano-Novo na cidade. Serão 16 minutos de fogos saindo do Morro do Cristo e haverá um trio elétrico na Praia Central das 22 às 2 horas.
Pontal do Paraná
Serão cinco pontos com queima de fogos – Praia de Leste, Santa Terezinha, Shangri-lá e em Pontal do Sul.
Festas
O Hyddra Concept Lounge (R. Alvorada, 620, Caiobá) e o Café Curaçao (Av. Brejatuba, 500, Guaratuba) organizam festas de ano-novo com open bar de cerveja, refrigerante, suco, vodka e espumante. Os ingressos estão à venda pelo Disk Ingressos, a partir de R$ 48 para o Hyddra e R$ 88 para o Café Curaçao.

Socorrista diz a jornal que acidente dividiu capacete de Schumacher em duas partes



Uma das primeiras pessoas a se aproximarem de Michael Schumacher após o acidente revelou que o impacto foi tão forte que o capacete "estava dividido" em duas partes.
A declaração foi dada por um socorrista ao jornal alemão "Bild".
"Dava para ver uma grande quantidade de sangue", disse ele, que não teve o nome identificado.
O maior campeão da história da Fórmula 1 está internado em hospital de Grenoble, na França, em estado crítico. Ele bateu com a cabeça em uma pedra enquanto esquiava com o filho Mick, 14 anos, e três amigos da família em Méribel, estação nos Alpes Franceses, próximo à fronteira com a Suíça.
Schumacher passou por cirurgia para interromper hemorragia cerebral e está em coma induzido. Em entrevista nesta segunda-feira, os médicos não quiseram fazer qualquer previsão. "Ele está lutando pela vida", afirmou Jean-François Payen, chefe do departamento de anestesia do hospital de Grenoble. "No momento, não podemos dizer qual será o futuro de Michael Schumacher. Estamos esperando e tentando ganhar tempo."
Novo boletim médico deve ser divulgado apenas na manhã de terça-feira


.

Programa Mais Médicos termina ano com mais de 6 mil profissionais


Da Agência Brasil

O Programa Mais Médicos termina o ano com 6.658 profissionais trabalhando em 2.177 municípios e 28 distritos indígenas. A meta é, até março de 2014, ter 13 mil profissionais trabalhando nos municípios que aderiram ao programa. O Ministério da Saúde calcula que cada médico, acompanhado pela Equipe de Saúde na Família, atende cerca de 3.500 pessoas.
mais-medicos-291213-bandab
(Foto: Divulgação)
Após os protestos populares que tomaram o país, o governo assinou a Medida Provisória que implantou o Mais Médicos. O principal argumento era que o país sofre falta de médicos, principalmente no interior e nas periferias das grandes cidades.
O programa foi alvo de críticas das principais entidades médicas, como o Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Federação Nacional dos Médicos. Uma delas é que o contrato de trabalho era ilegal, já que os profissionais recebem uma bolsa de ensino para trabalhar, e a vinda de médicos estrangeiros sem precisarem passar pelo Exame Nacional de Revalidação de Diplomas (Revalida). As entidades recorreram à Justiça, promoveram protestos e postergaram a emissão do registro provisório.
Em julho, o presidente em exercício do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, confirmou a validade da medida provisória que instituiu o Mais Médicos.
O Ministério Público do Trabalho abriu investigação sobre o contrato de trabalho, e em janeiro, deve começar a visitar locais de atendimento para avaliar se há vínculo inadequado. Para o Ministério da Saúde, os médicos estão passando por uma formação. Cada um recebe bolsa no valor de R$ 10 mil.
Entre os médicos estrangeiros do programa, a maioria veio de Cuba, e chegou ao país por meio de um acordo do governo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). Em novembro, cerca de 3 mil desembarcaram no Brasil. Houve situações em que sofreram hostilidades. Os médicos estrangeiros tiveram aulas de português e sobre as doenças mais frequentes nas regiões onde irão atender.
Após negociações, a medida provisória que instituiu o programa foi aprovada pelo Congresso Nacional, e transformada em lei. Na legislação, a emissão do registro provisório passou a ser responsabilidade do Ministério da Saúde.
O programa prevê curso de especialização com duração de um ano. O estado que recebeu o maior número de médicos do programa é a Bahia, com 787 profissionais. Em segundo lugar, vem o estado de São Paulo, com 588 médicos; seguido pelo Ceará, com 572, e pelo Maranhão, com 445.
Na Região Norte, o estado de Roraima solicitou 88 profissionais e, com a chegada de 70 médicos do programa, teve atendida 79% de sua necessidade. Já o estado do Tocantins recebeu 104 profissionais, 77% do solicitado (135). No Nordeste, os estados da Paraíba e de Alagoas receberam, respectivamente, 158 e 131 médicos, e tiveram atendidas 86% e 82% da necessidade, respectivamente.

Paranaenses devem estourar 600 toneladas de fogos na noite de Ano Novo


Por Marina Sequinel e Geovane Barreiro

A noite de Ano Novo será bastante colorida no Paraná. É o que garante a Associação Industrial e Comercial de Fogos de Artifício do estado. A previsão é de que cerca de 600 toneladas de fogos sejam vendidas para a festa de chegada de 2014 – quantia similar à do ano passado.
Segundo Rodolfo Aymoré, presidente da associação, a tendência para esse ano é o aumento na quantidade de cores, a diminuição do barulho, e o artefato ecologicamente correto. “Há 15 anos, os fogos eram 20% brilho e 80% estouro, hoje acontece o contrário. Há mais segurança e proteção à natureza”, explicou à Banda B.
fogos-de-artificio-301213-bandab1
(Foto: Ilustrativa)
Para Aymoré, a consciência de que os fogos tradicionais, de mão, oferecem risco às pessoas aumentou ao longo do tempo. “Por isso, o ideal é sempre comprar kits prontos, que ficam no chão e que não necessitam de contato humano, como as baterias, por exemplo. É importante o consumidor também sempre comprar em lojas tradicionais e licenciadas”, completou.
O preço dos kits variam muito, dependendo da quantidade de fogos. O de duração de um minuto e meio, colorido com vermelho, prata e ouro, custa R$ 209. Já uma caixa com 480 morteiros, que estoura em sequência e pesa 60 kg, tem o valor de R$ 3900 e a queima leva de três a quatro minutos.
De acordo com o presidente, a maior compra para o Reveillon deste ano foi feita por um empresário do ramo de publicidade: ele adquiriu, sozinho, 2300 kg de fogos, todos coloridos e ecológicos, que deve garantir 20 minutos de show. “Esses artefatos dão o ar de festa e deixam a noite mais bonita. Por isso que quem é acostumado não abre mão de comprar os fogos”, concluiu Aymoré.