Bandidos não perdoam e invadem Santuário do Perpétuo Socorro no Alto da Glória


Por Luiz Henrique de Oliveira


O Santuário do Perpétuo Socorro, no bairro Alto da Glória, em Curitiba, foi invadido por pelo menos três ladrões armados na manhã desta quinta-feira (20). Sem temer nada, nem a Deus, eles renderam os funcionários que faziam a limpeza do dia anterior, em que ocorreram as tradicionais novenas de quarta-feira. Foram oito trabalhadores que permaneceram deitados no chão sob forte ameaça. Ninguém foi agredido.
SANTUARIO
Santuário foi vítima de bandidos (Foto: Reprodução Google Street View)
A informação chegou à Banda B porque, na noite de ontem, durante a missa, o padre Primo, do Perpétuo Socorro, lamentou o que aconteceu e pediu para a população ficar atenta com a violência. Na manhã de hoje, a confirmação veio por meio da supervisora administrativa do santuário,  Ana Rocha. “Foi levada uma pequena quantidade das ofertas, porque o nosso cofre tem boca de lobo e não tem como ser aberto”, descreveu.
Segundo ela, é o primeiro assalto nos últimos dois anos. “Em 2011 teve um roubo em que os bandidos foram até mais agressivos. Eles aproveitaram que na quinta abrimos mais cedo, às 7h40, renderam o nosso vigilante e entraram no Santuário”, descreveu Ana, confirmando que imagens internas das câmeras de segurança podem ajudar na identificação dos ladrões.
Desabafo
Ainda durante a entrevista, Ana – em nome dos padres, trabalhadores e frequentadores do Santuário – fez um desabafo. “Aqui está muito complicado. A Praça Portugal lotada de moradores de rua e os flanelinhas tomando conta também. É preciso um módulo da Polícia Militar (PM) com urgência. Nós estamos gritando por socorro”, concluiu.
A Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba (DFR) investiga o caso.