Estudante da PUCPR é assaltado no portão da universidade; bandidos foram presos em seguida

Por Elizangela Jubanski



Um estudante da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) foi assaltado em frente ao Portão 3, no bairro Prado Velho, em Curitiba, na noite desta quarta-feira (9). O estudante foi abordado por dois homens que estavam armados com uma faca. A dupla foi presa cerca de 40 minutos depois por policiais do 12º Batalhão da Polícia Militar (BPM).
De acordo com o boletim de ocorrência, registrado no Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul), os dois bandidos abordaram o estudante quando ele saiu da Universidade. “Eles estavam com uma faca e levaram pertences da vítima, como celular e mochila”, contou a delegada Márcia Marcondes à Banda B.
Logo após o roubo, o estudante procurou a PM e deu características dos bandidos, que foram presos nas mediações. Ele reconheceu a dupla e conseguiu recuperar seus objetos roubados.
Casos recorrentes
Em dezembro, uma guerra fria entre gangues rivais da Vila Torres deixou moradores e, principalmente, alunos da PUCPR inseguros nas entradas e saídas para as aulas. Entre os casos de violência, um tiroteio, também ao lado do Portão 3, deixou uma mulher ferida por uma bala perdida. Ninguém foi preso.
Já na semana seguinte, outro confronto entre gangues aconteceu ao lado da Universidade por volta das 19 horas – horário de intensa movimentação entre os universitários. Nesse dia, estudantes da PUCPR e outros passageiros do transporte coletivo, que passavam pelo local no momento do tiroteio, foram obrigados a se ajoelhar e deitar no chão dos ônibus na tentativa de escapar dos disparos. A situação foi bastante tensa e os motoristas relataram à Banda B que alguns conseguiram dar a marcha ré para sair da área de risco.
PUC
A Banda B entrou em contato com a assessoria da PUCPR sobre o assalto ocorrido na noite de ontem, mas ainda não obteve resposta se há ou não algum trabalho de segurança no entorno ou de orientação dos alunos e funcionários.


NOTA PUCPR – Curitiba, dia 11 de abril de 2014

A Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) possui um sistema de monitoramento que compreende 378 câmeras, 14 monitores de segurança eletrônica e 80 vigilantes, operando no Câmpus com circulação motorizada durante 24 horas. Além da ronda nas dependências da universidade, a equipe de segurança faz ronda nos arredores do Câmpus durante todo o período de aulas, com reforço nos horários de maior fluxo de alunos, que são a entrada e saída das aulas.
                                               
Em 2009 a Polícia Militar do Paraná (PMPR) instalou um módulo na esquina da Rua Guabirotuba com a Rua Imaculada Conceição, no Prado Velho, com o objetivo de reforçar a segurança na região. Em parceria com a Universidade, a PMPR faz o monitoramento de quatro câmeras de segurança instaladas em ruas da região. A Guarda Municipal faz o monitoramento das oito câmeras de segurança instaladas em pontos de ônibus próximos à Universidade. 

A PUCPR também disponibiliza Sistema Integrado de Segurança, com um número de telefone próprio. A comunidade acadêmica pode ligar durante 24h em situações de emergência ou enviar um SMS. Conforme o caso, a equipe envia um segurança no local imediatamente ou aciona a Polícia Militar.

Assessoria de Imprensa



Obrigada!