Homem com tatuagem de facção criminosa é encontrado morto; é a 2ª morte com a marca do ‘palhaço’


Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

tatuagem-palhaco
Homem foi morto com pedradas na cabeça. Foto: BH/Banda B
Um homem ainda sem identificação oficial foi encontrado morto na localidade do Passaúna, no Jardim Tropical, em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. O corpo foi encontrado na manhã desta quarta-feira (2) em uma cavas próximo a rua Sandro Fiala. Há marcas de pedradas na cabeça da vítima. A vítima tem uma tatuagem de palhaço, que indica envolvimento com facção criminosa responsável por assassinar policiais. Nos últimos 15 dias, esta é a segunda morte na região de Curitiba de pessoas com tatuagem de palhaço.
Um pescador encontrou o corpo do homem por volta das 9h quando se preparava para pescar nas cavas. A Polícia Militar (PM) foi acionada e o Instituto de Criminalística identificou que a vítima foi morto com golpes de concretos e pedras. Testemunhas disseram que viram um carro preto saindo em alta velocidade.
Outra morte
O primeiro com tatuagem de palhaço a aparecer morto foi um jovem de aparentemente 20 anos, encontrado no dia 19 de março na localidade de Palmital, também em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. Ele estava na Estrada do Tietê e vestia bermuda nylon e camiseta vermelha. O jovem foi morto com disparos de arma de fogo na cabeça. A vítima também tinha uma tatuagem de palhaço na panturrilha.