Polícia já sabe quem atirou contra menino de três anos em Campo Largo


Por Luiz Henrique de Oliveira


A Delegacia de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, já sabe quem atirou contra Celso Ricardo de Melo, de 56 anos, e atingiu, sem querer, a nuca do enteado dele, de três anos,na noite desta terça-feira (1). A informação inicial era de que apenas o menino tinha se ferido, mas o superintendente Job de Freitas, de Campo largo, confirmou à Banda B que o verdadeiro alvo foi atingido por dois tiros.
“Foram dois homens que chegaram em uma motocicleta. Os dois estavam armados e um deles foi identificado. O Celso, que era o único alvo, é alguém com duas passagens por homicídio e está internado no hospital com ferimento no abdômen. Já o menino atingido, que está em uma situação muito grave, levou os tiros porque foi ao portão com um cachorro na hora do tiroteio”, descreveu o superintendente.
Freitas apontou a motivação para a tentativa de homicídio. “A princípio tinha um comentário de ser um rolo com um veículo, mas no decorrer das investigações descobrimos  que é algo relacionado ao tráfico de droga”, concluiu.