Presos mantêm três reféns em rebelião na cadeia de TB

 

Pelotão de Choque, Cope e Bope de Curitiba estão em Telêmaco para negociar com os detentos / FOTO: JEFFERSON ABREU/REPÓRTER TB
Pelotão de Choque, Cope e Bope de Curitiba estão em Telêmaco para negociar com os detentos / FOTO: JEFFERSON ABREU/REPÓRTER TB
 | 14/07/2014 às 05:48h   | 
Cerca de 110 presos da Cadeia Pública de Telêmaco Borba já estão rebelados há mais de 12 horas e mantém três agentes carcerários reféns. De acordo com informações do portal Repórter TB, o motim teve início após uma tentativa de fuga frustrada por um agente, que percebeu a ação dos detentos e chamou a polícia. Ao mesmo tempo em que os presos davam início à rebelião, uma viatura da PM que estava em uma oficina no centro da cidade foi incendiada.
Dentro da cadeia, presos colocaram fogo em colchões e tentaram quebrar uma das paredes que dá acesso ao pátio da carceragem. Foram acionados policiais do Grupo Tigre, Cope, Bope e Pelotão de Choque para negociar com os detentos, que mantém os reféns sob seu poder desde as 18 horas de ontem. Ainda não há informações sobre quais são as reivindicações dos presos.
Mais informações em breve
.