Universitária vai até casa de namorado para terminar relacionamento e é assassinada; ele tentou se matar


Por Elizangela Jubanski

coronel-dentro2
Vanessa cursava faculdade em Cascavel e iria se formar em janeiro de 2015. Foto: Reprodução Facebook

A estudante de odontologia Vanessa Piva, 22 anos, foi assassinada pelo namorado no município de Coronel Vivida, no interior do Paraná. Ela foi encontrada morta na manhã deste sábado (29), na Rua Major Estevão Ribeiro do Nascimento, bairro Muller, pela própria mãe. De acordo com a Polícia Militar (PM), Vanessa saiu da casa dos pais na noite de sexta-feira (28) para ir até a casa do namorado entregar roupas e objetos porque iria terminar o relacionamento. As informações são do Veja Coronel e da Catve.
coronel-dentro
Zeno atirou contra própria cabeça e está internado em estado grave. Foto: Reprodução Facebook
A jovem não retornou para a casa dos pais na noite de sexta e também não atendeu as ligações da família. Preocupada, a mãe de Vanessa foi até a casa do namorado e, ao chegar, encontrou a filha morta com ferimentos de arma de fogo na cabeça. O namorado Zeno Bortolotto, 42 anos, foi encontrado agonizando, também com ferimento de arma de fogo, por volta de 14h20, na empresa dele, que fica no centro da cidade. Ele foi encaminhado pelo Serviço de Atendimento Médico Móvel (Samu) ao hospital em estado grave. A Polícia Militar (PM) informou que Bortolotto estava com uma pistola na cintura e um revólver calibre 32 ao lado, que possivelmente tenha usado para atirar contra a própria cabeça. Exames podem indicar se ele chegou a disparar a arma contra a namorada e, logo após, contra a própria cabeça.
O namorado de Vanessa é dono de uma empresa de gráfica e informática. A família não informou há quanto tempo eles estavam junto ou que o relacionamento do casal era conturbado.
Vanessa cursava faculdade em Cascavel e iria se formar em janeiro de 2015. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Pato Branco. A Delegacia da região investiga o caso.