Hospital fecha as portas em Piraquara e moradores reclamam de falta de atendimento na cidade


Por Felipe Ribeiro e Marco Piza

O fechamento do Hospital Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, vem causando uma série de transtornos para moradores, que entraram em contato com a Banda B nesta quinta-feira (18). De acordo com relatos dos próprios moradores, o local era responsável pela maior parte dos atendimentos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na cidade e que agora os deslocamentos ficaram muito maiores.
“Agora nós precisamos ir para Pinhais ou Curitiba para conseguir um atendimento, isso é um problema muito grande já que não temos condições de ir até lá”, disse a moradora Maria do Rosário.
De acordo com a secretaria de Saúde de Piraquara, Maristela Zanela, o hospital era privado e possuía um contrato com a prefeitura para compra de serviços de pronto-atendimento e exames complementares, que acabou no último dia 12. “Quitamos todas as pendências com o hospital. Eles alegam recursos insuficientes para continuar funcionando. Em vigência eles mantém um contrato com o Governo do Estado que agora precisa ser regularizado”, disse.
Segundo a secretaria, a prefeitura montou um pronto-atendimento próprio que vem suprindo os atendimentos, mas em 2015 uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) deve ser inaugurada na cidade. “O que é competência do município, nós estamos avançando para atender bem nossos habitantes”, concluiu.
.