Dona do lava-car confirma que limpou carro de suposto ganhador: “Nunca peguei uma bala de ninguém”


Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

posto-lava-car-030114-bandab
Lava-car, alvo de acusações, trabalhou normalmente. Foto: BH/Banda B

A proprietária do lava-car onde o bilhete premiado da Mega da Virada teria sido furtado, conforme Boletim de Ocorrência registrado pelo suposto ganhador Aníbal Fayes Marrauri, nega ter levado qualquer objeto do carro da família. Nilza Alves Correia conversou com a Banda B na manhã desta sexta-feira (3) e contou que lembra ter limpado um dos veículos da família.
dona-lavacar-030114-bandab
“Nunca roubei nada de ninguém”, disse a proprietária do lava-car. Foto: BH/Banda B
“Eles moram aqui perto. Lembro que uma pessoa veio trazer o carro aqui. Trabalhamos em família. Somos em quatro: meu marido, meus filhos e eu, não tenho funcionário. Não pegamos nada de ninguém, nem uma bala”, afirma. O lava-car está funcionamento normalmente.
De acordo com o B.O feito por Aníbal, ele viajou no dia 24 de dezembro e deixou o carro com a irmã, que o levou para lavar. Quando retornou, teria percebido que o bilhete havia desaparecido. O suposto vencedor registrou o B.O. no 8º Distrito Policial. O prêmio de R$ 56.169.465,02 do bilhete sorteado em Curitiba foi retirado na manhã de ontem, por volta das 10 horas.
Nilza contou à Banda B que levou um susto ao saber que estava sendo alvo de acusações. “Queria saber porque ele está fazendo isso. Vou procurar uma delegacia. Estou aqui há cinco anos e todos sabem que somos sérios. Estão me expondo de uma maneira absurda”, reclama a proprietária do lava-car.
bo-mega
B.O realizado pelo apostador.
Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Caixa Econômica Federal informou que o único documento que habilita o recebimento do prêmio é o recibo original da aposta, emitido pelas casas lotéricas. Entretanto, em casos de roubos ou furtos, a recomendação é de que o apostador procure uma delegacia.
Suspeita
Já o dono da lotérica em Curitiba onde o vencedor da Mega da Virada fez a aposta afirmou que o suposto furto do bilhete premiado não passou de uma “malandragem”. Segundo Severo Marques, o homem que apresentou o Boletim de Ocorrência (B.O.) não seria o real vencedor dos R$ 56 milhões sorteados. Ele afirmou que o “verdadeiro” milionário já teria retirado o prêmio em uma agência da Caixa Econômica Federal.
Marques contou à Banda B que Aníbal Fayes Marrauri, que fez o B.O., apareceu duas vezes na Cabral Lotérico, no centro da cidade, nesta quinta-feira (02). “Por volta das 8h, ele chegou antes mesmo das funcionárias e as ajudou a abrir a porta de aço. Bastante nervoso, ele perguntou se o bilhete premiado era daqui. Perto das 11h, ele voltou com o Boletim”, contou o dono à reportagem.

Sensação térmica no Litoral do Paraná atinge mais de 50ºC


3 de janeiro de 2014



A alta temperatura no Litoral do Estado durante a quinta-feira causou sensação térmica acima dos 50°C. Em Antonina, os termômetros marcaram 38,2°C. Já em Paranaguá a máxima foi de 38°C. Segundo o Simepar, o fim de semana será de chuva e com temperaturas mais baixas por conta de uma frente fria que chega ao estado.

Rapaz mata a namorada, coloca corpo no carro e morre em acidente


Da Catve.tv

acidente-sc-030114-bandab
(Foto: Bondenews)
Um rapaz de 23 anos morreu em um acidentedurante a tarde de quinta-feira (2), na BR-470, em Blumenau (SC).
Sandro Madruga Pereira fugia da polícia após termatado a facadas a namorada de 17 anos, em Pomerode (SC). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista levava o corpo da jovem na carroceria de uma Saveiro.
Para ler a reportagem completa, clique aqui.

Aposentado é pego com cocaína e alega que pó branco era “barbatana de tubarão”


Por Elizangela Jubanski e Roberto Romanowski

drogas-aposentado
Policiais afirmaram que suspeito usava a droga no momento da abordagem. Foto: RR/Banda B

Um aposentado de 63 anos foi preso em flagrante com drogas e outros produtos ilícitos na noite desta quinta-feira (2) no bairro Rebouças, em Curitiba. O carro dele, um Palio Weekend Adventure, carregava duas caixas com 38 envelopes, contendo cocaína, 31 comprimidos de estimulante sexual, cerca de R$ 4.010 em dinheiro e US$ 170 dólares. Também, sacolas com roupas de grife, par de algemas, máquina de choque elétrico, dois celulares e agendas com anotações supostamente do tráfico.
drogas-aposentado-dentropeq
Bolsa que chamou atenção carregava envelopes de cocaína. Foto: RR/Banda B
De acordo com os policiais do 12º BPM, o Palio estava estacionado e levantou suspeita pela atitude do motorista. Ao fazerem a abordagem, descobriram os produtos. O suspeito, assim que foi abordado, contou aos policiais que a substância nos envelopes seria “barbatana de tubarão”, utilizada para a calcificação dos ossos. Logo depois, caiu em contradição e disse que os envelopes continham analgésico. No entanto, o teste para reagente à cocaína foi confirmada. O aposentado se disse surpreso ao saber que o que carregava era droga.
“Quando a equipe o abordou parecia que ele estava consumindo a droga porque tinha vestígios dentro do carro. Depois ele disse que não sabia o que era, muito menos a procedência. Então, foi levado”, contou o tenente Rocha da Polícia Militar à Banda B.
O suspeito, que não contava com passagens pela polícia, foi encaminhado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul), teve o seu carro apreendido e autuado em flagrante deverá responder por tráfico de drogas.

Família compra maconha e ajuda polícia a fechar cerco contra traficante


Por Elizangela Jubanski, Roberto Romanowski e Bruno Henrique

Três pessoas da mesma família que estavam comprando maconha na rua Jaime Reis, no bairro São Francisco, ajudaram a Polícia Militar (PM) a realizar a prisão de um traficante de drogas no Centro de Curitiba. Miguel Valter de Castro, 57 anos, estava com 32 pedras de crack, 25 gramas e muitas notas de baixo valor.
Logo depois da compra os três foram abordados pela polícia. Eles disseram ser usuários de drogas e a quantidade comprada por eles não caracterizava tráfico. Diante disso, os policiais souberam de quem o trio comprou a droga e seguiram em patrulhamento. Castro foi encontrado a metros dali, na rua Jaime Reis.
O suspeito de tráfico de drogas já esteve preso durante 21 anos pelo crime de homicídio. Ele foi autuado em flagrante e vai responder por tráfico de drogas. Os usuários responderam termo circunstanciado e foram liberados.
Outros
Charles Alberto Toledo, 33 anos, foi preso em flagrante com 2 buchas de cocaína e 63 buchas de crack. Ele foi abordado em um veículo Gol na rua João Parolin, no bairro Parolin, mas fugiu da polícia, entrou na contramão, cruzou preferenciais, mas na altura da rua Padre Ladislau Kula, no bairro Santo Inácio, ao entrar em uma residência, foi preso por policiais militares.
Marlon Luis de Bairros andava pela rua Eduardo Sprada, no bairro Campo Comprido, quando fugiu de uma abordagem policial. Ele foi detido na Avenida Nossa Senhora Aparecida com 33 comprimidos de ectasy. Bairros possui várias passagem pela polícia e foi preso em flagrante.
Também, Diogo Pereira Cabral, 29 anos, foi preso na rua Dorival Zagonel, no bairro Prado Velho, após jogar uma pedra em uma viatura. Ele foi revistado e a policiais encontraram um simulacro de pistola, 179 gramas de maconha e 20 pedras crack. Ele tem passagens por furto.

Mesmo ferido, motorista tenta socorrer amigo baleado depois de briga, mas ele não resiste


Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

A Delegacia de Curitiba investiga um crime que aconteceu na madrugada desta sexta-feira (3) em um posto de gasolina no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Dois homens foram baleados e Rodrigo Hammerschimit, 31 anos, morreu dentro de um veículo a caminho do hospital.
De acordo com a Polícia Militar, os dois homens baleados estavam em um posto de combustível quando foram surpreendidos por homens em outro veículo. Testemunhas ouviram disparos de arma de fogo e dois homens baleados. Cláudio Aparecido da Silva, 39 anos, amigo da vítima fatal que também foi baleado, dirigiu o veículo Monza até um hospital na tentativa de socorrê-los.
Rodrigo não resistiu e morreu ainda dentro do carro a caminho do hospital. Cláudio conseguiu pedir socorro e foi atendido no Hospital Trabalhador, no bairro Portão.
A polícia acredita que a motivação possa ser vingança. As famílias das vítimas estão sendo ouvidas. Eles não têm passagem pela polícia.

Caminhoneiro mata ex-genro que ameaçava filha grávida em relacionamento conturbado


Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

crime-araucaria-dentro
Vítima cumpria medida protetiva para não chegar perto de ex. Foto: BH/Banda B

O pai de uma jovem não aguentou as ameaças do ex-genro e fez justiça com as próprias mãos na manhã desta quinta-feira (2) no bairro Passaúna, em Araucária, na região metropolitana de Curitiba. Rosnei de Mirando Silva, 25 anos, foi morto com três disparos de arma de fogo dentro de casa. A irmã e a tia da vítima estavam em casa e viram o crime. O sogro dele é caminhoneiro e ainda não foi encontrado.
Silva e a mulher estariam juntos há cerca de 6 meses, em um relacionamento bastante conturbado, segundo familiares. A vítima cumpria uma medida protetiva da Leia Maria da Penha em que era proibido chegar perto da ex. Mesmo assim, de acordo com a Polícia Militar (PM), as ameaças continuaram. Ele já teria agredido a garota. O casal se conheceu na vizinhança e as famílias moram próximas. Ela está grávida de cerca de 3 meses.
A vítima estava em casa, na rua Catarina Druszcz Goldriend, quando o sogro foi até lá, por volta das 9 horas. A tia e a irmã da vítima estavam em casa e viram o crime. O pai da garota disparou cerca de três tiros contra Silva, que morreu na hora.

Homens encapuzados trancam namoradas de vítimas no banheiro e executam trio em São José


Por Elizangela Jubanski, Roberto Romanowski e Antônio Nascimento

trio-saojose
Trio estava no andar superior do sobrado. Foto: RR/Banda B
Três pessoas foram assassinadas no fim da noite de quarta-feira (1º) por oito homens encapuzados que invadiram um sobrado na Rua Olavo Nunes de Almeida, no Jardim Aquarius, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. O triplo homicídio foi registrado por volta das 23h40.  Carlos Henrique da Silva D’avila, 25 anos, Luis Antonio da Luz Ramos, 25 anos, e Luan Gustavo Teixeira 17 anos, morreram na hora.
De acordo com a Polícia Militar, os atiradores arrombaram a porta do sobrado, renderam duas garotas, que seriam as namoradas de dois rapazes, e as trancaram dentro de um banheiro, ainda no piso inferior. Eles ordenaram que as garotas tirassem a roupa antes de se trancarem.
Os encapuzados subiram até o primeiro andar, onde estavam os rapazes, segundo informações da PM, e pediram que eles deitassem no chão. As vítimas foram executadas com disparos de arma de fogo. As garotas conseguiram sair do banheiro e acionar o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e também a polícia.
Em entrevista à Banda B, o Soldado Célio da PM informou que os encapuzados estavam em busca de alguma coisa, possivelmente de drogas. “Eles cortaram com facas colchões, almofadas, travesseiros e parece que encontraram o que estavam procurando. Ali é conhecido como um  ponto de drogas na região”, contou.
Os corpos foram recolhidos ao Instituto Médico Legal de Curitiba. O crime será investigado pela Delegacia de São José dos Pinhais.

Dono de lotérica desmente bilhete furtado e diz que ‘verdadeiro’ milionário já retirou o prêmio


Por Marina Sequinel e Geovane Barreiro

O dono da lotérica em Curitiba onde o vencedor da Mega da Virada fez a aposta afirmou que o suposto furto do bilhete premiado não passou de uma “malandragem”. Segundo Severo Marques, o homem que apresentou o Boletim de Ocorrência (B.O.) não seria o real vencedor dos R$ 56 milhões sorteados. Ele afirmou que o “verdadeiro” milionário já teria retirado o prêmio em uma agência da Caixa Econômica Federal.
Marques contou à Banda B que Aníbal Fayes Marrauri, que fez o B.O., apareceu duas vezes na Cabral Lotérico, no centro da cidade, nesta quinta-feira (02). “Por volta das 8h, ele chegou antes mesmo das funcionárias e as ajudou a abrir a porta de aço. Bastante nervoso, ele perguntou se o bilhete premiado era daqui. Perto das 11h, ele voltou com o Boletim”, contou o dono à reportagem.
De acordo com ele, Aníbal alegou que teria viajado no dia 24 de dezembro e deixado o carro com a irmã, que levou o veículo para lavar. Quando retornou, teria percebido que o bilhete havia desaparecido. O suposto vencedor registrou o B.O. no 8º Distrito Policial.
A reportagem tentou entrar em contato com a delegacia para obter mais informações sobre o caso, mas até o fechamento desta reportagem, a ligação não foi completada. Por telefone, a assessoria da Caixa informou que não vai se pronunciar sobre o assunto.

Adolescentes de 10 e 15 anos se afogam em Represa de Quatro Barras; um não resistiu


Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha
afogamento-020114-bandab
(Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Dois adolescentes se afogaram na Represa do Iraí, no Jardim Acássias, em Quatros Barras, na região metropolitana de Curitiba, na tarde desta quinta-feira (2). O garoto de 10 anosconseguiu ser socorrido pelos primos que estavam com os adolescentes, já o de 15 anos não resistiu e morreu durante o socorro do Corpo de Bombeiros.
afogamento-020114-bandab2
(Foto: Juliano Cunha – Banda B)
Os dois garotos estavam acompanhados de outros primos que pescavam na represa. Eles estavam com pranchas e não sabiam nadar. Embora estivessem próximo à margem, notaram que não dava pé e começaram a pedir socorro. Os primos conseguiram salvar o garoto mais novo, identificado apenas como Douglas, já Eliezer foi resgatado pela equipe do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu.
A vítima é de São Paulo e estava de casa de parentes em Quatro Barras durante as férias escolares. Douglas foi levado ao Hospital Angelina Caron. O corpo do adolescente foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba