Edital – PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO para a contratação de EDUCADOR INFANTIL


WEBMASTER 7 DE JANEIRO DE 2014
  • CRONOGRAMA PROCESSO SELETIVO 03/2013
    DATAEVENTO
    13/12/2013Publicação do edital de abertura
    16/12/2013 a 21/12/2013Inscrições
    23/12/2013Publicação da relação de inscritos
    06/01/2014Correção dos dados cadastrais
    07/01/2014Publicação da classificação
    08/01/2014Recurso da classificação
    09/01/2014Publicação do resultado final
    20/01/2014Procedimentos de contratação

População reclama de sujeira e mau cheiro em lago do Passeio Público


Por Marina Sequinel, Bruno Henrique e Adilson Arantes
passeio-publico-sujeira-070114-bandab1
Foto registrada nesta terça pela reportagem mostra que pontos do parque ainda precisam de limpeza. (Crédito: Bruno Henrique – Banda B)

Quem aproveita o tempo de folga para ir ao Passeio Público, no Centro de Curitiba, reclama do descaso das autoridades na limpeza e manutenção do parque. Segundo os turistas, o lagoprincipal está sujo e as águas deixam um cheiro ruim por todo o local.
É o que garante a aposentada Edna Boni, uma das frequentadoras ‘assíduas’ do passeio. “Quanto menos chove, mas limpa fica a água. Mas, com o calor, chegam outros problemas. O mau cheiro é um deles”, disse à Banda B na manhã desta terça-feira (7).
passeio-publico-sujeira-070114-bandab
(Foto: Bruno Henrique – Banda B)
De acordo com ela, os funcionários não dão conta da limpeza, já que muitas pessoas jogam lixo no lago e na grama todos os dias. “Falta capricho, apesar dos esforços por parte de quem limpa o local. Claro que o parque está melhor do que antes e que é possível passear, mas ainda sim o mau cheiro está forte”, completou o aposentado Loreci de Pilar, que mora em Rio Branco do Sul e veio para a capital no início do ano para visitar os pontos turísticos.
Muitos turistas tiraram fotos dos lagos sujos, onde não é possível enxergar os peixes e tartarugas que vivem nas águas. Segundo o superintendente Alfredo Trindade, da Secretaria do Meio Ambiente, a limpeza geral do Passeio Público foi realizada nesta segunda-feira (6). Ele garante que as equipes já abriram as drenagens e ligações de esgoto e que um caminhão da Sanepar aspirou a água que dificultava o acesso a alguns lugares do parque. “Além dessas ações, nós precisamos manter também o programa de revitalização, para que o novo paisagismo permaneça”, explicou o superintendente.
O Passeio
O Passeio Público é o parque mais antigo da cidade. Ele foi inaugurado em 1886 e hoje conta com 70 mil metros quadrados de área verde.

Motociclista fica em estado gravíssimo e motorista diz que ele “parou do nada”


Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha
acidentedentro
Motociclista ficou gravemente ferido (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Um grave acidente em uma das ruas mais perigosas de Curitiba, a sinuosa Cândido Harttman, deixou um motociclista de 53 anos gravemente ferido na tarde desta terça-feira (7), próximo à entrada do Parque Barigui, em Curitiba. A motorista do Citroen Aircross envolvida na colisão, e também testemunhas, afirmaram à Banda B que o condutor da moto teria “parado do nada”.
Já a soldado Josiane, do Batalhão de Polícia de Trânsito, falou com cautela sobre o acidente, até pela outra parte não poder passar sua versão dos fatos, já que foi encaminhada em estado gravíssimo ao Hospital Evangélico. “Não conseguimos ter certeza do que aconteceu, apenas a versão da motorista e de testemunhas”, descreveu à Banda B, confirmando que o condutor da motocicleta corre risco de morte.
Local perigoso
O local em que o acidente aconteceu é sempre palco de graves acidentes. Em um recente caso, um pai desceu para ver o que tinha acontecido e descobriu que o filho tinha batido o carro. Relembre na notícia relacionada:

Irmãos que prometeram matar “quem não traficar” fazem primeira vítima


Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha
CAPAODENTRO1
Jovem de 20 anos morreu com vários tiros (Fotos: Juliano Cunha – Banda B)

A Polícia Militar (PM) e a Delegacia de Homicídios de Curitiba (DH) estão em alerta para tentar prender dois irmãos que teriam prometido matar quem se recusar a participar do tráfico de drogas na Favela do Papelão, no bairro Capão Raso, em Curitiba. Nesta terça-feira (7) a primeira vítima teria sido feita: um jovem de 20 anos que morreu com vários tiros. Na mesma situação, um adolescente de 16 anos foi baleado e socorrido em estado grave ao Hospital do Trabalhador (HT).
CAPAODENTRO2
Casa dos irmãos ficou completamente destruída
Quem confirmou à Banda B o clima de tensão no Papelão foi um amigo das vítimas, que diz ter levado, no último sábado, um tiro no pé destes mesmos suspeitos. “Hoje eles chegaram perguntando se o adolescente ia fazer a correria do tráfico e como disse que não levou os tiros. Após isso, foram até o outro rapaz e o assassinaram. A polícia precisa prender estes dois”, afirmou, pedindo para não ser identificado.
Logo após o crime alguns moradores da região foram até a casa dos supostos autores e quebraram tudo. A PM também foi até lá, mas os suspeitos não foram localizados, conforme destacou à Banda B o investigador Castro, da DH. “Estamos com todos os supostos apelidos dos envolvidos e a Homicídios fará o possível para elucidar o caso”, disse.
O corpo do jovem que morreu foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

Novo apostador aparece em delegacia para registrar sumiço de bilhete da Mega


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

A ‘novela‘ da Mega Sena da Virada ainda não teve fim em Curitiba. Um terceiro apostadorprestou queixa sobre o desaparecimento do bilhete premiado na Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) na tarde desta terça-feira (7). Toda a confusão tem como pivô os R$ 224 milhões sorteados no último dia 31. Cada um dos quatro vencedores deve receber R$ 56 milhões.
Segundo o delegado da DFR, Rodrigo Souza, um homem de ‘mais idade’ chegou na delegacia e, informalmente, disse que teriam ‘roubado’ a história dele sobre o bilhete furtado no lava-car. “Ele afirmou que quem deixou o carro para lavar e perdeu o bilhete foi ele e não o homem que registrou o Boletim de Ocorrência, Aníbal Fayes Marrauri. Essa pessoa ainda falou que não sabia como esse Aníbal fez o B.O. com a história dele”, relatou à Banda B.
O terceiro ‘ganhador’ da Mega da Virada garantiu ao delegado que a câmera de segurança da Cabral Lotérico, local onde saiu o prêmio, vai provar que ele é o verdadeiro vencedor. “Nós estamos esperando as imagens gravadas para saber o que realmente aconteceu. Eu até disse para ele que, se isso se confirmasse, eu ligaria para avisar. Mas até isso acontecer, só podemos fazer especulações”, explicou Souza.
De acordo com as informações apuradas pela polícia, o novo apostador e o homem que registrou o B.O., não são conhecidos, mas moram próximos um do outro. Apesar do imbróglio, o prêmio de R$ 56 milhões já foi retirado pelo portador do bilhete premiado, na última quinta-feira (2). “Nós já nem sabemos mais o que pensar. Temos que esperar as provas para levantar os fatos”, concluiu o delegado.
A DFR continua a investigar o caso.

Moradores querem saber por que estação-tubo no Batel ainda não foi inaugurada


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

Usuários da linha de ônibus Santa Cândida/Capão Raso reclamam do ‘desaparecimento‘ daestação-tubo Bento Viana, na região do bairro Batel, em Curitiba. Segundo os moradores, o tubo foi retirado no final de setembro do ano passado para as obras, mas não foi recolocado até agora.
O porteiro Nicolau Farosz contou à Banda B que todas as obras nas ruas já foram concluídas, mas que o local onde os usuários embarcavam continua vazio. “É complicado porque complica a situação de quem trabalha ali perto, além da lotação dos outros tubos. Eles disseram que em novembro a estação seria reativada, mas até agora nada”, relatou o porteiro nesta segunda-feira (6).
Sem a estação-tubo Bento Viana, os moradores precisam se deslocar para a Silva Jardim ou para a Coronel Dulcídio para pegar o ônibus. “Nós queremos saber o motivo pelo qual o tubo desapareceu”, completou o morador.
Resposta
Em nota, a Urbs informou que a estação-tubo Bento Viana será entregue até o fim deste mês, já que a estrutura já está pronta para ser colocada no local. Segundo a organização, o atraso nas obras foi causado por problemas da empresa contratada para executar o trabalho. Reuniões foram marcados para cobrar agilidade na conclusão do serviço por parte da empresa.

Jovem entra em banca pelo telhado e é preso já na ‘página 69 de revista para adultos’


Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique


Um jovem de 24 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) dentro de uma banca de revistas em um bairro nobre de Curitiba, na noite desta segunda-feira (7). O rapaz havia entrado no estabelecimento comercial pelo telhado para roubar revistas e outros produtos.
O detalhe no caso é que testemunhas garantem que o suspeito demorou demais para sair da banca após começar a ler uma revista para adultos e não conseguir parar. Com isso a PM chegou e efetuou a sua prisão. A informação não oficial é que o jovem estava simplesmente na ‘página 69′ da revista e de lá não mais saía. Não foi confirmado se as páginas estavam grudadas, uma vez que o material foi deixado de lado por estar impróprio para uso.
“Uma cabeça pensou mais que a outra”, afirmou uma testemunha que não quis se identificar.
Pneuzinhos a mais
Outra situação inusitada em Curitiba aconteceu na prisão de duas jovens por furto qualificado. Elas estavam em um hipermercado e foram flagradas com dois carrinhos cheios de pneus novos. Como as duas eram magrinhas e não tinham nenhum ‘pneu a mais’, não teve justificativa, foram autuadas em flagrante.

Três pessoas ficam feridas em acidente com ônibus no Capão Raso


Por Elizangela Jubanski e Roberto Romanowski

colisao-onibus
Peugeot teve perca total, de acordo com motorista. Foto: Bh/Banda B

Um acidente entre um ônibus da linha Carbomafra e um veículo no bairro Capão Raso, em Curitiba, na noite desta segunda-feira (6), deixou três pessoas feridas. No momento da colisão, o ônibus levava cerca de 20 passageiros, entre eles, três precisaram de atendimento médico porque bateram a cabeça com o impacto da colisão.
colisao-onibus-dentro-2
Ônibus teve parte da lateral destruída. Foto: BH/Banda B
O acidente aconteceu no cruzamento da rua Francisco Ader, conhecida como a Rápida do Portão, sentido bairro, e a rua Antônio Gasparin. O ônibus que saia do Terminal do Capão Raso e seguia para a Cidade Industrial colidiu com o Peugeot, bem no cruzamento dessas ruas. O carro atingiu a parte traseira do coletivo e rodou na pista. O ônibus conseguiu parar aproximadamente 300 metros depois da colisão e teve partes da lataria bastante danificada.
De acordo com a cobradora do coletivo Zenilda Rodrigues, os passageiros caíram com o impacto e alguns bateram a cabeça. Pelo menos três foram atendidos pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e encaminhados ao Hospital Trabalhador. Ainda de acordo com ela o carro é que teria avançado o sinal vermelho. “Faz anos que eu trabalho como cobradora e eu nunca vi isso. A gente saiu do terminal e o sinal estava verde pra gente. Foi pouca coisa, graças a Deus, mas o susto foi grande”, explicou.
colisao-onibus-dentro
Cerca de 20 passageiro estavam de ônibus. Foto: BH/Banda B
O condutor do Peugeot também conversou com a Banda B e alegou que o sinal verde era dele. “Eu estava sentido o bairro Pinheirinho quando eu fui passar e o ônibus ultrapassou no vernelho. O ônibus estava tão rápido que parou uns 300 metros depois. Pelo que eu vi meu carro deu perca total. Eu tenho testemunha de que foi isso”, se defende Diego Rodrigues de Freitas. A noiva dele passou mal depois da colisão e também foi encaminhada ao hospital.
Moradores que se reuniram para acompanhar os procedimentos disseram que o local é palco de vários acidentes e, quase sempre, tem ônibus envolvido. “A gente quem mora há tempo na região sabe que, por ser maior, eles vem embalados no terminal, não querem parar e acabam furando o sinal”, disse o morador Aramis, apenas assim identificado.
O Batalhão de Polícia de Trânsito (Bptran) esteve no local para colher informações.

Ocupantes de Honda Civic atiram contra família que procurava pizzaria em Curitiba


Por Luiz Henrique de Oliveira e Roberto Romanowski
GOLBRANCO
Apenas o motorista do Gol teve ferimentos (Foto: Roberto Romanowski – Banda B)

Três homens, fortemente armados em um Honda Civic preto abriram fogo contra uma família que estava em um Gol branco com placas de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, que trafegava pela Av. Senador Salgado Filho, na altura da Rua Emanuel Soares Gomes, no bairro Uberaba, na capital. O fato aconteceu por volta das 19h desta segunda-feira (6). Um homem de 26 anos, identificado como Daniel Lourenço de Carvalho, ficou gravemente ferido.
Segundo a Polícia Militar (PM), o Civic começou a dar sinal de luz para que o Gol encostasse e, temendo o pior, o condutor, que estava no carro com sua esposa e filhos, resolveu acelerar, mas foi forçado a parar no semáforo. Neste momento, ocupantes do carro importado começaram a atirar contra o motorista. A vítima foi socorrida pelo Siate do Corpo de Bombeiros e socorrida em estado gravíssimo ao Hospital Cajuru.
Ainda de acordo com a PM, a esposa do homem disse aos policiais que eles são moradores da Vila Torres e que estavam no Uberaba a procura de uma pizzaria. Os atiradores fugiram do local e, após buscas, a polícia conseguiu encontrar o Honda Civic abandonado no estacionamento de um hospital de Curitiba e descobriu que o veículo tem alerta de roubo.
Com relação aos ocupantes do Gol, após levantamento dos nomes descobriu-se que o Daniel conta com passagens pela polícia por porte ilegal de armas e a esposa dele tem passagens por associação ao tráfico. A polícia não descarta a hipótese de que o atentado tenha relação com a guerra entre traficantes na região da Vila Torres. A Delegacia de Homicídios (DH) investiga o caso.

Guarda municipal de folga faz biarticulado parar e desce para prender dupla de assaltantes


Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique


Um guarda municipal de Curitiba foi um verdadeiro herói na manhã de segunda-feira (6) na região da Av. Sete de Setembro, no bairro Rebouças, em Curitiba. Ele viu o assalto a um homem que voltava da Rodoviária e, mesmo de folga, já que voltava do trabalho, fez o biarticulado em que estava parar e desceu para prender a dupla de ladrões.
O delegado Rubens Recalcatti, do 1° Distrito Policial (1° DP), para qual os suspeitos foram encaminhados, falou sobre o caso à Banda B. “O guarda observou que o rapaz voltava com uma bagagem quando os dois  ladrões o abordaram. Ele prontamente pediu para o motorista parar o ônibus e desceu para prender os suspeitos”, contou o delegado.
No 1° DP, os dois ladrões chegaram a dar nomes falsos, mas logo em seguida foram devidamente identificados e vão permanecer detidos à disposição da Justiça. “São dois rapazes que já têm uma extensa ficha criminal”, concluiu Recalcatti.

Jovem de 20 anos é morta em casa e filha é encontrada suja de sangue



Uma jovem de 20 anos foi encontrada morta em um matagal na zona norte de Londrina na manhã desta segunda-feira (6). Tatiane Moraize Barbaro foi alvo de dois disparos de arma de fogo, um na cabeça e outro no braço. O crime foi registrado no Residencial Ana Terra.
De acordo com a 4ª Companhia Independente de Polícia Militar (4ª CIPM), a mulher foi possivelmente executada na noite de domingo (5) dentro de sua residência, na Rua São Gonçalo. O corpo dela teria sido arrastado até a plantação de soja, nos fundos do terreno.
Para ler a reportagem completa, clique aqui.

Homem que matou ‘amigo’ após discussão para saber quem era dono de rádio pilha é preso


Da Redação


Investigadores da Delegacia de Homicídios (DH) prenderam, nesta segunda-feira (6), Ricardo Quintino, de 24 anos. Ele é acusado de matar Gilmar Lopes, de 32 anos, com golpes de faca de cozinha na Rua Cândido Xavier, no bairro Água Verde, em Curitiba. O crime foi motivado pela posse de um rádio de pilha e aconteceu em julho de 2012.
Segundo o delegado Fábio Amaro, da DH, apesar de serem amigos o autor e a vítima teriam discutido em razão do rádio, entrando em luta corporal. “O Ricardo então pegou uma faca e um pedaço de madeira para dar pauladas contra a vítima. Na época do crime o acusado foi encaminhado à DH pela Polícia Militar (PM), mas liberado em seguida, por falta de provas”, descreveu o delegado à Banda B.
OLYMPUS DIGITAL CAMERA
Suspeito confessou o crime (Foto: Divulgação)
Após o desenrolar dos trabalhos de investigação e também com a conclusão dos laudos periciais, o responsável pelo crime teve a sua prisão preventiva solicitada e decretada pelo judiciário. “Em seu interrogatório o suspeito acabou confirmando a autoria do crime, relatando que na data dos fatos estava sob efeito de entorpecentes”, contou Amaro.
Ainda de acordo com o delegado, é de se lamentar que a vida humana tenha tido, neste caso, valor semelhante apenas a de um rádio de pilhas. “Isso reforça nosso entendimento de que o delito de homicídio está banalizado na sociedade”, afirmou.
O acusado encontra-se preso à disposição da justiça pública e, caso seja condenado, poderá pegar uma pena de 12 a 30 anos de reclusão.