De Delfim para Bernardo


15 de janeiro de 2014
“Todo oligopólio legalmente protegido, como é o nosso setor de comunicações, torna-se preguiçoso no desenvolvimento tecnológico e contenta-se em explorar o consumidor indefeso. Forçar, por exemplo, como sugerem os interessados, a venda da TIM para os atuais operadores (com mais dinheiro do governo) seria um erro trágico, pelo qual pagaríamos em alguns anos”.paulobernardo
de Delfim Neto na sua coluna semanal na Folha de S. Paulo. O recado é direto ao ministro Paulo Bernardo (Comunicações).

Detran alerta proprietários de veículos sobre novas regras do seguro obrigatório


Da Agência Estadual de Notícias

O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) e a Secretaria Estadual da Fazenda alertam osproprietários de veículos registrados no Estado sobre a mudança no calendário de pagamento do Seguro Obrigatório (DPVAT). Por determinação federal, válida para todo Brasil, a partir deste ano o vencimento do seguro coincidirá com o calendário de pagamentos do IPVA.
O boleto bancário para pagamento não será mais enviado ao usuário e deverá ser impresso pelo site www.dpvatsegurodotransito.com.br. A cobrança será feita por ficha de compensação pagável em qualquer banco.
detran-seguro-150114-bandab
(Foto: Divulgação – AEN)
A alteração atende a uma resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados, do Ministério da Fazenda, que definiu que a emissão do boleto seria feita pela Seguradora Líder, escolhida para o processamento.
A mudança aconteceu também porque, a partir de 2014, motos, ônibus, microônibus e vans poderão parcelar o DPVAT em até três vezes. As parcelas seguirão o calendário de pagamentos do IPVA, independente do parcelamento do imposto ou se o veículo é isento do mesmo.
Para veículos novos, no primeiro licenciamento, e para os proprietários de carros de passeio as regras continuam as mesmas e o pagamento do DPVAT será feito em parcela única.
No caso de falta ou atraso no pagamento, o proprietário do veículo fica descoberto do seguro em caso de acidente de trânsito e o Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo não será entregue.
Se tiver dúvidas, o usuário pode ligar para o SAC DPVAT, no número 0800 022 12 04.
Valores – O valor do seguro varia conforme o veículo: para moto o valor é de R$ 292,01; para carro é R$ 105,65, para caminhão R$ 110,38 e para ônibus, micro-ônibus e vans de aluguel e aprendizagem o valor é de R$ 396,49.

Agente é rendido por preso e colegas pedem por intervenção na PCE


Por Marina Sequinel e Marco Piza

Uma rebelião de presos agita a tarde desta quarta-feira (15) na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. A informação foi confirmada àBanda B pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários.
Um agente foi feito refém por cerca de 30 detentos por volta das 16h e ainda não foi libertado. A Polícia Militar (PM) tenta negociar com os criminosos, que querem transferência para as cidades de origem.
Os agentes da PCE pedem pela intervenção federal para resolver a situação, já que, em apenas dois meses, seis funcionários foram rendidos. De acordo com o Sindicato, o governo do estado não tem mais condições de arcar sozinho com a melhora das condições de infraestrutura e também de trabalho na penitenciária.
Pela manhã, cerca de 150 agentes se reuniram no Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) para protestar contra a falta de segurança, baixos salários e medo durante as atividades rotineiras. Devido ao protesto, os presos deveriam ficar sem visitas e sem sair das celas.

Curitibanos reclamam de mais duas praças abandonadas, desta vez no Bairro Alto


Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha (fotos)

Os moradores no Bairro Alto não aguentam mais e querem saber o que está acontecendo: Por que a Prefeitura de Curitiba esqueceu da periferia?”, questionou à Banda B nesta quarta-feira (15) o engenheiro Victor Campani. Ele chamou a reportagem para ir até a Rua Erasmo Maeder, onde estão localizadas duas praças em situação de abandono. Fato semelhante foi reportado pela Banda B no último fim de semana, quando moradores do bairro Abranches, por conta própria, efetuaram a limpeza em um espaço público
A primeira praça está localizada na Rua Eramos Maeder com a Ada Macagge e a segunda na Erasmo com a Rua Coronel Domingos Soares. Em ambas está tudo errado, segundo o engenheiro Campani. “O aspecto aqui é de total abandono. Está tomado pelo mato e acho estranho, porque parece que a prefeitura só se preocupa com a região central e esquece da periferia”, afirmou à Banda B.
Ainda de acordo com o egenheiro, solitações ao 156 da Prefeitura de Curitiba não faltaram. “Já fizemos vários pedido em novembro e até agora nada. Eles deviam deixar tudo em ordem pelo menos uma vez por mês”, descreveu ele, que fez questão de mostrar mais preocupação com a praça na Rua Coronel Domingos Soares. “Ali virou um ponto de tráfico de drogas”, concluiu.
Banda B entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Curitiba e aguarda o retorno.
No Abranches
Como citado na matéria, no fim de semana moradores no bairro Abranches, cansados de esperar pela Prefeitura de Curitiba, fizeram a limpeza em uma praça por conta própria.

Mulher é presa, por suspeita de levar filha de oito anos para cometer furtos


Prisão ocorreu na terça-feira (14), em Londrina, no norte do Paraná.
Segundo a polícia, ela usava a criança para facilitar o acesso aos prédios.


Uma mulher de 25 anos foi presa na terça-feira (14) suspeita de furtar um apartamento em Londrina, no norte do Paraná. Segundo a polícia, ela usou a filha, de oito anos, para facilitar o acesso ao prédio durante o furto. A suspeita foi identificada após a vítima procurar a polícia na segunda-feira (13), com imagens de câmeras de segurança que registraram a ação. Ela foi localizada em uma casa no Centro da cidade, onde foi presa por já ter um mandado de prisão por outros crimes.
As imagens das câmeras mostram a suspeita entrando com a filha em um prédio, aproveitando que o portão da garagem está aberto. Depois ela vai até o elevador, onde conversa com uma moradora. Por fim, a suspeita aparece saindo do prédio com vários objetos em mãos.
“Em um dos apartamentos que ela entrou tinha um morador. Ela alegou que foi a filha pequena que abriu a porta de forma indevida. Saiu do local e foi ao andar seguinte para praticar o crime de furto, visto que a vítima deixou a porta destrancada”, disse o delegado Edgar Soriane.

Para a polícia, a criança disse que não foi a primeira vez que foi levada pela mãe em furtos. O delegado informou que a suspeita também foi levada pela mãe para a prática de crimes quando era criança. “A suspeita está perpetrando o que aconteceu com ela quando era pequena, já que a mãe também a levava para roubar”, afirmou. 
De acordo com o delegado, no local onde ela foi encontrada, havia diversos objetos comprados com um cartão furtado. “Ela efetuou várias compras no shopping e deu um prejuízo de mais de R$ 6 mil à vítima. Conseguimos os comprovantes de que foi ela quem fez esse roubo, além do furto no apartamento utilizando a criança”, contou Soriane.
A mulher contou para a polícia que já tinha perdido a guarda da filha anteriormente, e que a criança mora com a sogra. A suspeita responderá por furto qualificado e corrupção de menores
.

Assaltante faz 16 passageiros reféns por duas horas em ônibus de linha em Foz




Policiais militares de Santa Terezinha de Itaipu e do Batalhão de Fronteira receberam a informação de que um ônibus da empresa Itaipu, que faz o itinerário Foz a Santa Terezinha, estava sendo assaltado por um homem armado nesta madrugada (15). As viaturas se deslocaram em direção ao veículo que estava em alta velocidade pela BR 277 sentido a Cascavel, os policiais confirmaram que se tratava de um assalto seguido de sequestro.
onibuscatve
No local da ocorrência (Foto: Divulgação Catve.tv)
Dentro do coletivo estavam 16 passageiros, mais o motorista e o cobrador. O assaltante embarcou no ponto conhecido como “cadeião” em Três Lagoas, e em determinado momento anunciou o assalto. Todos os passageiros foram obrigados a ficar com a cabeça abaixada. Durante todo o tempo o motorista esteve com a arma apontada para a cabeça, tendo que seguir as ordens do assaltante.
O ônibus furou a barreira montada no posto da Polícia Rodoviária Federal e passou direto pela cancela da praça de pedágio. Foram duas horas de tensão, e depois de trocar tiros com a polícia e uma intensa negociação o assaltante identificado como Vanderlei Carlos Xavier de Quadros, morador de Foz do Iguaçu, foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia da Polícia Civil de Medianeira.
O preso é fugitivo da Colônia Penal e da Penitenciária Estadual de Foz do Iguaçu. Testemunhas afirmaram ter reconhecido o assaltante de outros delitos cometidos no mesmo ônibus em dias anteriores. As vítimas prestaram esclarecimentos na delegacia e depois foram liberadas. O preso deve responder pelos crimes de tentativa de homicídio e cárcere privado.
Para assistir a matéria completa no Portal Catve.tv clique aqui.

Advogados pedem impeachment de Roseana Sarney por violações aos direitos humanos


Da Agência Brasil

Um grupo de sete advogados e um bacharel em direito (sete deles moradores de São Paulo e um do Maranhão) vai pedir à Assembleia Legislativa do Maranhão o impeachment da governadora Roseana Sarney. De acordo com Rubens Glezer, um dos integrantes do Coletivo de Advogados em Direitos Humanos, a denúncia por crime de responsabilidade, com o pedido de perda de cargo, vai ser protocolado ainda hoje (14). O requerimento é destinado ao presidente da assembleia estadual, Arnaldo Melo, filiado ao mesmo partido da governadora, o PMDB.
“O presidente deve formar uma comissão especial para fazer um parecer preliminar que vai dizer se a petição atende aos requisitos formais e se há fundamentos legais no pedido. Claro que, a nosso ver, o requerimento preenche isso, e a assembleia terá que votar pela aceitabilidade do pedido”, defendeu Glezer em entrevista à Agência Brasil e à Rádio Nacional. A OAB disse não ter conhecimento da iniciativa do Coletivo de Advogados em Direitos Humanos.
roseana-sarney-140114-bandab
(Foto: Divulgação/EBC)
Na cópia do requerimento, à que a Agência Brasil teve acesso, os advogados citam duas razões para acusar Roseana Sarney de “atentar contra o exercício dos direitos individuais e sociais” dos detentos e, assim, cometer crime de responsabilidade. Um é tolerar que autoridades a ela subordinada cometam abuso de poder. Outro é violar direitos constitucionais.
“A lei que estabelece os crimes de responsabilidade, que fundamentam os pedidos de impeachment, permitem a todo e qualquer cidadão pedir isso. Por se tratar de um caso de violações de direitos humanos e das garantias individuais, pessoas de fora do estado muitas vezes possuem mais condições políticas de fazer essa denúncia do que quem está sujeito ao sistema de segurança pública que está sendo questionado”, afirmou o advogado.
Se o requerimento for aceito e Roseana perder o cargo, será preciso definir como ficará a situação do comando do Executivo estadual, uma vez que o vice-governador, Washington Luiz Oliveira (PT), renunciou ao cargo, em novembro, para assumir uma vaga no conselho do Tribunal de Contas do Estado (TCE). “Vale destacar que o resultado do impeachment é muito mais democrático, ou menos traumático, que uma eventual intervenção federal, quando o governador é substituído por alguém nomeado pelo presidente da República.”
De acordo com Glezer, os profissionais que assinam o requerimento não podem ser acusados de oportunistas ou de ter interesses políticos. Para ele, a ineficiência do governo estadual resultou numa das mais “desastrosas políticas carcerárias” do país, com o assassinato de 60 detentos no interior do Complexo Penitenciário de Pedrinhas durante 2013.
“Há uma inércia política que constitui um crime. Nos acusar [disso] seria ignorar os fatos que cercam as violações aos direitos humanos, tudo o que vem sendo noticiado pela mídia e que o próprio procurador-geral da República cogita pedir a intervenção federal no estado”, destacou.
Desde 2007, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) vem acompanhando a situação do sistema carcerário estadual, tendo inclusive acionado a Organização dos Estados Americanos (OEA), que pediu informações ao governo estadual sobre problemas como os identificados pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Sistema Carcerário, da Câmara dos Deputados, em 2008. Entre as violações estão a superlotação dos presídios e a falta de assistência aos presos.
Procurado para comentar o assunto, o governo estadual se limitou a informar que “tem dado prioridade às questões que envolvem a solução para os problemas do sistema penitenciário maranhense”.

Saúde lança campanha para diagnóstico precoce da hanseníase


Da Agência Brasil

O Ministério da Saúde lançou hoje (14) campanha educativa de combate à hanseníase. Com o slogan “Hanseníase Tem Cura”, a campanha orienta profissionais de saúde na identificação dos sinais e sintomas visando o diagnóstico precoce da doença.
hanseniase-140114-bandab
(Foto: Divulgação/Semsa)
De acordo com a pasta, as ações serão concentradas em todas as capitais e em cidades com mais de 100 mil habitantes localizadas nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, além da Baixada Fluminense, das regiões metropolitanas de São Paulo e de Belo Horizonte e do norte de Minas Gerais. As áreas são consideradas prioritárias por concentrarem a maioria dos casos de hanseníase no país.
Serão divulgados materiais como cartazes, gravações de rádio, outdoors e campanhas na internet para a população em geral e um e-mail informativo para profissionais de saúde.
Em Brasília, uma carreta da Fundação Novartis ficará estacionada, até sexta-feira (17), na Rodoviária do Plano Piloto. Lá, profissionais farão o diagnóstico da doença e orientarão a população sobre os sintomas. Também serão desenvolvidas atividades em duas estações de trem geridas pela Fundação Vale, nos estados do Pará e no Maranhão.
Balanço divulgado pelo governo indica que três estados registram as maiores incidências de hanseníase do país, com coeficiente de prevalência acima de três casos para cada 10 mil habitantes – Mato Grosso (7,69), Tocantins (5,54) e Maranhão (5,22). Rio Grande do Sul (0,12), Santa Catarina (0,29) e São Paulo (0,34) apresentam as menores taxas de prevalência da doença.
Em dezembro do ano passado, o embaixador especial da Organização Mundial da Saúde (OMS) para Eliminação da Hanseníase, Yohei Sasakawa, lamentou o fato de o Brasil ainda não ter atingido o patamar estabelecido pelo organismo para erradicação da doença, que é menos de um caso para cada 10 mil habitantes. Ao lembrar os avanços da ciência, que garantiram tratamento e cura, ele enfatizou que é preciso intensificar os esforços para atacar a hanseníase, marcada pela discriminação e pelo estigma.

Trio suspeito de assaltar caminhões troca tiros com policiais; um deles morreu no confronto


Por Elizangela Jubanski

Uma troca de tiros entre assaltantes e Polícia Militar (PM) terminou na morte de um suspeito em Quatro Barras, na região metropolitana de Curitiba, na madrugada desta quarta-feira (15). Os bandidos dispararam várias vezes contra a viatura da PM durante a perseguição. Um dos tiros acertou de raspão o ombro esquerdo de um soldado. O projétil acertou o encosto para a cabeça. A perseguição durou cerca de uma hora. Jean Carlos Pacheco, 40 anos, foi atingido durante o confronto e morre ainda dentro do carro. Depois de se envolverem em um acidente, a dupla de comparsas fugiu.
De acordo com o tenente Meira, policiais suspeitaram do trio, que estava dentro de um Celta estacionado às margens da BR-116. Duas carretas próximo ao carro poderiam indicar que os bandidos pretendiam assaltar as cargas. Na tentativa de abordá-los, os policiais se aproximaram, mas o veículo seguiu em alta velocidade. A ação começou por volta das 2 horas. Assim que notaram que estavam sendo perseguidos, de acordo com Meira, eles começaram a atirar. “Os disparos deles atingiram o para-brisa da viatura e um deles ficou alojado no encosto da cabeça. Pegou um soldado de raspão no ombro”, descreveu o tenente à Banda B.
Quando os suspeitos chegaram na altura da rua Vicente Machado, se perderam em uma cruva acentuada e bateram contra um barranco. Nesse momento, dois deles entraram em um matagal para fugir dos policiais que vinham logo atrás. Eles conseguiram se embrenhar no matagal. Já os policiais notaram que o terceiro suspeito estava ferido no banco de trás do veículo.
O Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) foi acionado, mas o suspeito já estava morto. Não há informação sobre a ficha criminal de Pacheco. Há hipótese de os dois suspeitos estarem feridos. A polícia segue a procura deles.

Agentes penitenciários cruzam os braços para pedir ‘fim do medo’ durante trabalho


Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

agentes dentro
Agentes estão reunidos em frente ao Depen. Foto: BH/Banda B

Cerca de 150 agentes penitenciários estão reunidos em frente ao Departamento Penitenicário do Paraná (Depen), dentro do Complexo Penitenciário de Piraquara, na manhã desta quarta-feira (15). Eles estão protestando contra a falta de segurança, pedem mais efetivo e o fim do medo durante as atividades rotineiras. A manifestação deve acontecer durante todo o dia e os presos, hoje, não terão banho de sol, visitas, entre outras atividade. Eles vão permanecer dentro das celas, até que a manifestção dos agentes termine.
De acordo com o Sindicato dos Agentes Penitenciários, os trabalhadores se sentem inseguros diante de ameaças e agressões ocorridas nos últimos dias. “Já tivemos um caso em que dez presos agrediram um agente. Ele foi internado com ferimentos graves. Esses trabalhadores precisam de ambiente de trabalho seguro. Nossa secretária está no Maranhão e nossa situação também é precária também”, conta o vice-presidente Antony Johnson.
A categoria pede a contratação de mais agentes penitenciários, esquema de segurança reforçado, rádio comunicadores, porte de arma, entre outros. Os agentes querem ser recebidos pelo diretor do Depen, Cezinando Paredes, mas caso não sejam recebeidos prometem se manifestar em frente ao Palácio Iguaçu, no Centro Cívico.
Estopim
O motivo da manifestação de hoje teve estopim o episódio que aconteceu no último dia 9. Dez presos mantiveram um agente penitenciário como refém por seis horas na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Eles o liberaram no final da tarde.
O objetivo dos detentos era a transferência para Foz do Iguaçu, ocorrida um dia após a rebelião. As direções do Departamento de Execução Penal do Paraná (Depen) e policias militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope) participaram das negociações. Em nota, a Secretaria de Justiça (Seju) prometeu instaurar um procedimento administrativo para apurar como o motim aconteceu, a fim de reforçar o esquema de segurança.

Em 2013, quatro milhões de brasileiros trocaram de operadora de telefone


Da Redação com assessoria


Em 2013, entre os meses de janeiro e dezembro, quatro milhões de trocas de operadoras de telefone sem alteração de número foram realizadas no Brasil, conforme relatório da portabilidade numérica divulgado pela ABR Telecom (Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações).
A Entidade Administradora do serviço no Brasil registra que os assinantes de telefonia fixa responderam por 1,76 milhão (44%) das transferências concluídas em 2013 e os usuários de telefones móveis, por 2,28 milhões (56%).
O relatório da ABR Telecom referente ao quarto trimestre de 2013, mostra que entre os meses de outubro e dezembro, foram realizadas 909 mil transferências entre operadoras, a partir de demanda de usuários que solicitaram a manutenção do número do telefone. Dessas, 387,86 mil migrações (43%) foram efetuadas para assinantes de telefonia fixa e 521,83 mil (57%) para usuários de serviço móvel, semelhante ao percentual verificado ao longo do ano.
Marco - Ao observar a série histórica da portabilidade numérica no Brasil, o relatório da ABR Telecom aponta que se mantém em agosto de 2011 o mês de maior número de efetivações para os terminais fixos e móveis com 193,71 mil (36%) e 342,56 mil migrações (64%) realizadas respectivamente.
Consolidado - Desde setembro de 2008, quando a portabilidade numérica foi instituída no Brasil, até o dia 31 de dezembro de 2013, foram efetivadas 22,08 milhões de migrações, sendo 8,15 milhões (37%) para telefones fixos e 13,93 milhões (63%) para móveis.

Bandidos armados com fuzil explodem caixa eletrônico de montadora na RMC


Da Redação


Pelo menos quatro homens armados renderam um funcionário e explodiram um caixa eletrônico dentro de uma montadora de veículos em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. A situação aconteceu durante a madrugada desta quarta-feira (15).
Segundo a Polícia Militar (PM), os marginais estavam armados com fuzil e pistola. Eles foram truculentos e fugiram em um veículo Jetta branco. Buscas foram realizadas, mas até o fechamento desta reportagem ninguém foi localizado.
A Polícia Civil investiga o caso.

Garota é brutalmente assassinada e ‘colegas’ preferem silêncio sobre possível autor


Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

novo-mundo-dentro
Local encontrado corpo da garota, sem identificação. Foto: BH/Banda B

A Polícia Militar (PM) registrou um crime brutal na manhã desta quarta-feira (15) no bairro Novo Mundo, em Curitiba. Uma garota foi encontrada morta em um matagal com sinais de agressões. Havia pedaços de vidros e madeiras, possivelmente usados no crime. Ela está sem identificação e vivia pelas ruas do bairro, de acordo com comerciantes. A vítima aparenta idade de 16 a 20 anos.
O corpo da garota foi encontrado em um beco na Rua Salomão Guelman. Vários comerciantes disseram à Banda B que a vítima morava nas ruas desde que passou a usar drogas. Eles pediram para não ser identificados, uma vez que, no local, muitos usuários se reúnem para usar drogas e amedrontar pedestres.
Ao lado do corpo policiais encontraram pedaços de garrafa quebrada, madeiras e pedaços de objetos manchados com sangue. Ela estava escondida embaixo de um edredon. O Instituto de Criminalística acredita que ela tenha sido morta no local pelo tanto de sangue encontrado. O crime pode ter acontecido na noite de ontem ou durante a madrugada.
Enquanto a PM realizava os procedimentos de isolamento, quatro moradores de rua foram até o local. Eles conversaram entre si e optaram em não contar à polícia sobre o suposto autor do crime.

Pavão furtado do Passeio Público é fotografado morto e polícia procura suspeito


Da Redação
pavao2
Polícia tenta identificar o homem que segura o pavão (Foto: Divulgação)

Polícia Civil de Curitiba descobriu uma pista importante sobre quem foram os responsáveis pelo furto de um pavão do Passeio Público, no último dia 5 de dezembro. Uma foto do pavão morto, sendo segurado por um homem, chegou às mãos do delegado Rubens Recalcatti, do 1° Distrito Policial, nesta terça-feira (14).
“Não posso divulgar como consegui a imagem, mas ela é importante e estamos aprofundando as investigações deste caso. A intenção é identificar o rapaz que aparece na imagem”, afirmou o delegado à Banda B.
Vale ressaltar que algumas semanas depois do sumiço do pavão um periquito e uma calopsita também foram roubadas no parque. A hipótese é que o crime estejam relacionados e os responsáveis poderão responder por furto, crime ambiental e crime contra o patrimônio.

Motorista que carregou corpo de ciclista no para-brisa é transferido de delegacia


Da Redação


Por medida de segurança, a Polícia Civil transferiu o motorista suspeito de atropelar um ciclista e dirigir com o corpo da vítima no para-brisa por mais de seis quilômetros na região metropolitana de Curitiba. Ele saiu nesta terça-feira (14) da Delegacia do Alto Maracanã, em Colombo, e foi realocado para a Delegacia Sede, no centro do município da região metropolitana. A informação foi confirmada pela da Polícia Civil. que não entrou em detalhes sobre os motivos da transferência.
O suspeito fez o teste do bafômetro no qual foi comprovado que ele estava dirigindo sob o efeito de álcool naquela sexta-feira em que cometeu o crime. Ele deve ser indiciado por homicídio doloso, quando há intenção de matar. O caso foi relatado em primeira mão pela Banda B, que esteve no local da ocorrência. Ainda, a reportagem conseguiu imagens das câmeras de segurança que mostram o momento em que o motorista alcoolizado é abordado pela população.

Incêndio de grandes proporções atinge galpões com produtos inflamáveis em Paranaguá


Por Luiz Henrique de Oliveira e Geovane Barreiro


Um incêndio de grandes proporções em Paranaguá, no litoral do Paraná, atinge dois galpões com produtos altamente inflamáveis desde as 3h desta quarta-feira (15). Mais de cinco caminhões do Corpo de Bombeiros (CB) tentam combater as chamas na Rua José da Costa Leite, na Vila Primavera.
Segundo os bombeiros, foram atingidos galpões com bobina de papel e algodão, produtos altamente inflamáveis. A gerente de um hotel próximo ao local, Delmira Alves Carneiro, afirmou àBanda B que a fumaça é intensa. “Começou de madrugada e continua. Estava vindo para o hotel e vi um monte de papel picado caindo do céu e uma fumaça negra”, descreveu.
Ninguém do CB quis falar sobre o caso, sob a justificativa de que a ocorrência ainda está em andamento.

Operação do Gaeco contra o tráfico de drogas invade Região Norte da Grande Curitiba


Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique


Uma megaoperação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) com o apoio da Polícia Militar (PM), na manhã desta quarta-feira (15), visa cumprir 16 mandados de prisões contra suspeitos de tráfico de drogas.
gaecopmpr
Movimentação de policiais é intensa na sede do Gaeco (Foto: Bruno Henrique – Banda B)
Segundo informações iniciais apuradas pelaBanda B, a operação ficou localizada nos bairros Tingui, Barreirinha e Almirante Tamandaré, já na região metropolitana de Curitiba. Até por volta das 7h30, ninguém da PM ou do Gaeco passou detalhes do resultado da operação.
Mais informações em breve


Homem sofre tentativa de assalto e é esfaqueado no Centro de Curitiba


Por Elizangela Jubanski e Roberto Romanowski

centro
Homem foi ferido no braço, mas passa bem. Foto: RR/Banda B

Uma tentativa de latrocínio na Praça Tiradentes, no Centro de Curitiba, na noite desta terça-feira (14), movimentou a Guarda Municipal (GM). Um homem foi esfaqueado em frente a uma barraquinha de espetinhos por volta das 23h30. O assaltante não foi detido.
A vítima não foi identificada. O homem foi surpreendido pelo assaltante enquanto conversava com outro homem, do espetinho. O bandido tentou levar a carteira dele, mas vendo a reação da vítima desferiu um golpe com faca no braço dele. A Guarda Municipal, que estava próximo ao Paço da Liberdade, foi acionada. De acordo com os guardas, o corte não foi profundo e a vítima, com cerca de 40 anos, foi encaminhada pelos guardas ao Hospital Cajuru. O agressor fugiu sentido Alto da XV.
Manchas de sangue no chão, levavam a um andarilho que dormia embaixo da marquise de uma banca de jornais, em frente ao mercado de flores que funciona na região. Mas, o envolvimento desse andarilho foi descartada após integorratório informal.

Rede de esgoto rompe e moradores se preocupam com saúde das crianças no Pinheirinho


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

Um vazamento de esgoto na rua Marquês Beccari está deixando moradores de Pinheirnho, em Curitiba, preocupados com a saúde das crianças que brincam na região. Segundo eles, a rede se rompeu no período do Natal, depois que uma empresa terceirizada da Sanepar mexeu no buraco.
Irasmo Micalovski, conselheiro de saúde do bairro, disse que, até agora, o problema não foi resolvido. “Eles fizeram um buraco mal acabado, a terra ficou mole e a rede rompeu. A água de esgoto está vazando bem na frente da casa de um dos moradores. Muitas crianças brincam na rua e a gente se preocupa com a saúde delas e de todos que passam por ali”, relatou à Banda B na tarde desta terça-feira (14).
De acordo com Irasmo, a população já entrou em contato com a Sanepar várias vezes e, em uma das tentativas, a organização afirmou que não conseguia encontrar o endereço do local. “Eles não vêm resolver a situação e são as pessoas que ficam aqui sofrendo. Toda vez que chove, o vazamento piora e o mau cheiro se espalha ainda mais. O resultado disso? Mais pessoas doentes para encher os postos de saúde”, reclamou o conselheiro.
Em nota, a Sanepar informou que deve enviar técnicos ao local para resolver o problema.