Suspeito de homicídio é encontrado morto dentro de casa no Guabirotuba


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

mortoguabirotuba
Foto: Juliano Cunha – Banda B
Um homem de 59 anos foi encontrado morto dentro da própria casa na Rua Frá Angélico, no bairro Guabirotuba, em Curitiba, durante a tarde desta segunda-feira (27). De acordo com o tenente Marçal, do 20° Batalhão da Polícia Militar, vizinhos escutaram tiros durante a madrugada e a vítima era procurada por homicídio em Minas Gerais.
“Ele provavelmente morava sozinho, mas a informação que nos passaram é a de que ele bebia muito e tinha algumas desavenças. Ele estava em um corredor entre o quarto e a cozinha e não possui nenhuma marca de agressão, apenas os disparos de arma de fogo que o vitimaram”, disse.
O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia de Homicídios investiga o caso.

Mulheres que teriam aplicado golpes em clientes são presas após quatro anos ‘desaparecidas’


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

Duas mulheres, acusadas de estelionato por fecharem uma autoescola após já terem recebido o valor do serviço de vários clientes, foram presas no último sábado (25) em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. As duas estavam desaparecidas por quase quatro anos.
De acordo com o delegado Marcelo Magalhães, o mandado de prisão preventiva foi cumprido em uma festa social devido ao grande número de pessoas que se sentiram prejudicadas. “Logo após a prisão, elas alegaram dificuldades financeiras não teriam como ressarcir os clientes, por isso teriam tido que fechar a autoescola. Mas agora vamos ouvi-las para apurar tudo o que aconteceu”, comentou.
Segundo relatos de clientes, alguns teriam recebido parte do seus serviços, enquanto alguns não teriam tido sequer uma aula.
Karina da Silva Hoffmann e Mara Regina Pereira permanecem detidas na Delegacia de Pinhais e ficam à disposição da justiça.

Programa Passe Escolar de Colombo abre as inscrições em fevereiro


WEBMASTER 27 DE JANEIRO DE 2014

Benefício que consiste na redução de 50% no valor da tarifa, é concedido aos alunos matriculados no ensino superior e pós-médio

passe-escolar
De 03 a 28 de fevereiro, estarão abertas as inscrições para o Programa Passe Escolar, que atende estudantes matriculados no ensino superior e pós-médio conforme especificações e critérios estabelecidos na lei 1195/2010.
O benefício, que consiste na redução de 50% no valor da tarifa, será concedido aos alunos durante o período letivo e que residem a mais de 1.500 metros da unidade de ensino. Também para ter acesso, a renda familiar não deve ultrapassar três salários mínimos.
Para tanto, é necessário o cadastramento que será executado durante este mês de fevereiro, sendo obrigatório o recadastro no mês de julho, assim como a oportunidade para novos alunos. Outro ponto importante é que o estudante traga em mãos, no dia do cadastro, o seu cartão usuário URBS/METROCARD.
O estudante que ainda não possui o seu cartão vale transporte deve ir até uma Rua da Cidadania mais próxima (URBS) ou até Rua Benjamin Constant, 148 Centro (METROCARD), ambos são gratuitos. O cartão é feito e entregue na hora.
As inscrições para utilizar este benefício serão feitas diariamente, sem agendamento, das 8 às 17 horas, na Regional Maracanã, na rua Dorval Ceccon, 664. Informações pelo telefone 41-3675.5901 / 5923.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG- colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo:
TWITTER: @ColomboPMC; no site oficial: www.colombo.pr.gov.br e no Instagram: @colombopmc

Empresário de site para amantes pede apoio de atleticanos e diz ter confiança em acerto


Por Felipe Ribeiro e Luiz Henrique de Oliveira
O diretor geral site de relacionamentos extraconjugais AshleyMadison.com, Eduardo Borges, afirmou em entrevista à Banda B nesta segunda-feira (27) que está confiante que o Atlético irá aceitar a proposta de R$ 4 milhões para a empresa obter o naming rights da Arena da Baixada pelos dois meses da Copa do Mundo. Confira a entrevista completa no player acima.
arenanamingrights
Foto: Divulgação CAP S/A
“Nós ainda não recebemos uma resposta oficial do Atlético, mas estamos otimistas que o negócio dará certo. Hoje os clubes têm receio de relacionar a marca a um site de traições, mas é importante frisar que o site não aumento o número de ‘puladas de cerca’, ele apenas facilita isso”, disse.
Sobre a possibilidade de estender o patrocínio, Borges disse que a empresa está totalmente aberta, uma vez que a empresa conta com R$ 10 milhões em caixa para investir em patrocínios e marketing no Brasil. “Estamos 100% abertos a negociação. O nosso site é destinado para o público masculino, uma vez que mulheres não pagam para usar o site, então o segmento esportivo é muito bom para nós”, explicou.
Para a Copa, Borges comentou que seria excelente ter a marca no evento, principalmente pelo setor turístico, uma vez que o site opera em 31 países. “O site é bem visado entre o público americano, por exemplo, então o turista que quiser alguma coisa no Brasil irá nos procurar, por isso a nossa procura ao Atlético”, comentou.
A oferta de R$ 4 milhões foi feita diretamente pelo CEO do AshleyMadison, Noel Biderman, para o presidente Mario Celso Petraglia e o diretor de Marketing, Mauro Holzmann. Em troca, o site de relacionamentos extraconjugais teria direito aos naming rights do estádio durante os meses da copa (junho e julho), mudando o atual nome para “Arena Ashley Madison”.

MAIS DE 42 MIL PESSOAS ASSINAM PEDIDO DE DEPORTAÇÃO DE JUSTIN BIEBER.


  • Reprodução/Instagram
    23.jan.2013 - Justin Bieber é fichado ao ser detido pela polícia de Miami Beach. Ele foi preso por dirigir embriagado e disputar um racha com um amigo
    23.jan.2013 - Justin Bieber é fichado ao ser detido pela polícia de Miami Beach. Ele foi preso por dirigir embriagado e disputar um racha com um amigo
Mais de 42 mil pessoas já participam de um abaixo-assinado postado no site da Casa Branca e que pede a deportação do cantor canadense Justin Bieber, que foi detido na semana passada na Flórida por participar de um racha supostamente sob a influência de substâncias tóxicas, de acordo com números contabilizados até esta segunda-feira (27).

"Nós, o povo dos Estados Unidos, sentimos que não estamos bem representados no mundo da cultura pop. Gostaríamos de ver o perigoso, insensato, destrutivo e consumidor de drogas Justin Bieber deportado e com sua permissão de residência revocada", diz o pedido, postado na seção "We The People" da página oficial da Casa Branca.

O cantor "não só é uma ameaça para a segurança de nosso povo, mas também é uma má influência para nossos jovens. Nós, o povo, queremos que Justin Bieber saia de nossa sociedade", acrescenta o pedido, criado por um cidadão de Detroit na quinta-feira passada.

A seção "We The People" (Nós, o povo) funciona desde 2011 e centraliza inquietações, pedidos e perguntas dos cidadãos à Administração.

Se em 22 de fevereiro o pedido sobre Bieber alcançar as 100 mil assinaturas, o Governo terá que se pronunciar a respeito.
Ampliar

Justin Bieber curte praia no Panamá após ser detido16 fotos

3 / 16
26.jan.2014 - Fã flagra Justin Bieber curtindo praia no Panamá, dias após ser detido pela polícia. Segundo o TMZ, o cantor recebeu a visita do cantor Usher, seu mentor profissional, que foi aconselhá-lo sobre os rumos que está dando para sua vida Leia mais Reprodução/Twitter
No sábado passado, um cidadão da Califórnia iniciou no "We The People" outro pedido sobre Bieber, neste caso para apoiar o cantor e que contava hoje com pouco mais de 500 assinaturas.

"Deixem de pedir que Justin Bieber seja deportado. Ele é um ser humano e comete erros. Não merece isto", sustenta esse pedido, cujo autor assegura que o artista "salvou muitas vidas", incluindo a sua.

Bieber reside nos EUA com um visto que é concedido para pessoas que têm "uma excelente habilidade nas ciências, nas artes, na educação, nos negócios ou no esporte".

Um estrangeiro com residência permanente (Green Card) ou visto temporário, como é o caso de Bieber, pode ser deportado dos EUA se se for declarado culpado de um delito com agravante, como um roubo, embora os relacionados com a posse de drogas possam representar também a expulsão.

Como se previa, Bieber não compareceu hoje perante um tribunal de Miami por participar de um racha supostamente sob a influência de substâncias tóxicas, embora "haverá uma futura audiência" perante um magistrado.

Dado que Bieber depositou a fiança de US$ 2,5 mil imposta por uma "falta menor", "o caso mudará de data para uma futura audiência judicial perante um juiz" que se encarregue de delitos menores, em que "os acusados estão em liberdade após pagamento de fiança", assinalou Eunice Sigler, diretora do escritório de relações públicas do Circuito Judicial do Tribunal de Miami-Dade.

Neste fim de semana, o ídolo juvenil do pop foi visto em uma praia do Pacífico panamenho, após ter protagonizado em Miami o incidente pelo qual foi detido e posteriormente posto em liberdade após pagamento de fiança.

O cantor admitiu aos agentes que o detiveram que tinha fumado maconha, bebido umas cervejas e ingerido alguns remédios que requerem receita, e foi posto em liberdade poucas horas depois de comparecer perante o juiz por videoconferência e pagar a fiança.
Ampliar

Fichado, Justin Bieber vira meme na internet16 fotos

1 / 16
Após ser preso por dirigir alcoolizado, Justin Bieber virou piada na internet. A foto onde aparece sorrindo ao ser fichado virou alvo de montagens feitas pelos internautas. O astro pop chegou a ser comparado com Miley Cyrus

Com duas baixas importantes, Atlético viaja ao Peru com 20 jogadores relacionados


Da Redação

Com duas ausências importantes, o Atlético viaja no começo da tarde desta segunda-feira (27) para Lima, no Peru, onde enfrenta o Sporting Cristal pela Libertadores da América na próxima quarta-feira (29). O atacante Dellatorre e o meia Elias foram as ausências mais sentidas pelos torcedores rubro-negros.
delegaçãoAtlético
Delegação do Atlético chega ao Aeroporto Afonso Pena (Foto: Felipe Dalke – Banda B)
Já os atacantes Mosquito e Douglas Coutinho, o lateral-esquerda Natanael, o meia Nathan e o volante Otávio são as novidades da lista.
Para a estreia do Atlético Paranaense na, o técnico Miguel Ángel selecionou 20 atletas que viajam com a delegação rubro-negra. O Furacão treinou no período da manhã desta segunda-feira (27) e viaja daqui a pouco para o Peru.
Veja, abaixo, a lista dos 20 jogadores:
Goleiros: Santos e Weverton;
Laterais: Lucas Olaza, Natanael e Sueliton;
Zagueiros: Cleberson, Dráusio e Manoel;
Volantes: Deivid, João Paulo, Otávio e Paulinho Dias;
Meias: Fran Mérida, Marcos Guilherme, Nathan e Zezinho;
Atacantes: Douglas Coutinho, Ederson, Marcelo e Mosquito.

Colombo Empregos: 140 vagas estão disponíveis nas duas Agências do Trabalhador do município


WEBMASTER 27 DE JANEIRO DE 2014

Maior número de oportunidades é para auxiliar de linha de produção, ajudante de carga e descarga de mercadoria, atendente de balcão, motorista de caminhão e operador de caixa

Moradores de Colombo que estão em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho da cidade, seja para o primeiro emprego ou a recolocação profissional, podem ir até uma das agências do município e fazer o cadastro para visualizarem as 140 vagas disponíveis no local, nesta segunda-feira, 27. Aqui, no site da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria da Indústria, Comércio, Turismo e Cultura é possível visualizar todas elas. Confira!
As oportunidades estão divididas em diversos setores e as funções com maior número de vagas de emprego, são: auxiliar de linha de produção, ajudante de carga e descarga de mercadoria, atendente de balcão, motorista de caminhão e operador de caixa. Também há a possibilidade de acompanhar as vagas disponíveis para cada perfil pela internet, através do site:
http://portal.mte.gov.br/portal-mte/

Serviço:
Agência do Trabalhador – Maracanã
 – Rua Durval Ceccon, 664, Park Shopping Colombo. Telefone: 3666-6066
Agência do Trabalhador – Sede – Rua Venâncio Trevisan, 111. Telefone: 3656-5001.
 Vagas encontradas: 140
VagasDescrição da Vaga
1Agente educador
5Ajudante de carga e descarga de mercadoria
1Ajudante de pintor
1Assistente comercial de seguros
1Assistente de logística de transporte
2Assistente de serviço de contabilidade
4Atendente de balcão
1Auxiliar de administração
1Auxiliar de compras
3Auxiliar de cozinha
1Auxiliar de depósito
3Auxiliar de limpeza
12Auxiliar de linha de produção
2Auxiliar de mecânico de autos
3Auxiliares administrativos e de escritórios
1Chapeiro
1Coladeira (confecção em série)
1Colocador de cerâmica
1Comprador
2Conferente de mercadoria
2Contador
1Controlador de entrada e saída
2Costureira de máquinas industriais
3Costureira em geral
1Eletricista
2Eletricista auxiliar
3Eletricista de instalações de veículos automotores
2Encarregado de manutenção
1Engenheiro orçamentista
1Estofador de móveis
3Instalador de som e acessórios de veículos
2Instrutor de aprendizagem em informática
2Jardineiro
3Latoeiro de veículos (reparação)
1Limpador de vidros
2Marmorista (construção)
1Mecânico de bombas hidráulicas
1Mecânico de equipamentos industriais
3Mecânico montador
1Monitorador de sistemas e suporte ao usuário
2Motorista de automóveis
4Motorista de caminhão
2Motorista entregador
4Operador de caixa
1Operador de empilhadeira
1Operador de extrusora de borracha e plástico
3Operador de máquinas fixas, em geral
3Operador de retro-escavadeira
1Operador de serra esquadrejadeira
3Pedreiro
2Pintor de automóveis
1Planejador de controle de qualidade
1Programador de controle de produção
1Recepcionista, em geral
2Recepcionista atendente
2Recepcionista telefonista
2Roçador – na cultura
3Servente de limpeza
4Soldador
2Técnico de edificações
3Técnico em manutenção de equipamentos de informática
1Torneiro mecânico
1Vendedor de serviços
6Vendedor interno
1Vigia
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG- colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo:
TWITTER: @ColomboPMC; no site oficial: www.colombo.pr.gov.br e no Instagram: @colombopmc

Operário de bicicleta é assassinado com cinco tiros a caminho do trabalho


Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

rurbano
Vítima morava no bairro Sítio Cercado e seria usuária de drogas. Foto: BHH/Banda B

Um operário do ramo da construção civil foi morto a tiros na manhã desta segunda-feira (27) no bairro Campo de Santana, em Curitiba. Michel dos Santos de Andrade, 30 anos, foi morto com pelo menos cinco tiros, em cima da bicicleta dele. O atirador fugiu e não há informações sobre o paradeiro dele.
O crime aconteceu na rua Miguel Furmann, na Comunidade Rurbana, onde está sendo construído um novo loteamento. Andrade estava próximo ao trabalho quando foi abordado pelo atirador. Moradores ouviram cerca de seis tiros por volta das 7h30 e acionaram a Polícia Militar (PM). O Instituto de Criminalística foi até o local para levantar as informações sobre o crime.
A vítima morava no bairro Sítio Cercado, na Vila Osternack, e seria usuário de drogas, de acordo com policiais militares que conversaram com moradores. O Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba recolheu o corpo e a Delegacia de Homicídios deve investigar o caso.

Jovem que apresentou sinais vitais na doação de órgãos reage bem à medicação


Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

glenda
Jovem sofreu um acidente de trânsito em dezembro. Foto: Ric/TV
A jovem de 24 anos que apresentou sinais vitais na hora da retirada dos órgãos para doação está apresentando melhoras no quadro clínico. Glenda Paula dos Santos está internada no Hospital Trabalhador, no bairro Portão, em Curitiba.
De acordo com a mãe da garota, Maria das Graças, que acompanha os procedimentos, a febre constante da filha foi controlada pelos médicos. “Estamos orando todo o tempo. Graças a Deus ela está reagindo bem aos medicamentos. Antes as febres dela era de 42ºC, agora estão amenas e tem dias que nem apresenta mais”, contou a mãe à Banda B, na manhã desta segunda-feira (27).
Ela sofreu um acidente de trânsito e foi internada no dia 16 de dezembro, com uma grave lesão no pescoço. No dia 31, o hospital atestou a morte da jovem e a família autorizou a doação. Já na mesa de cirurgia, a vítima do acidente teve sinais vitais e os funcionários a transferiram para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI).
Também, a paciente está com problemas no rim e precisa fazer hemodiálise todos os dias. A mãe aproveitou para pedir mais doações de sangue para a filha. “Ela está fazendo transfusões de sangue e a doação é importante para que o hospital não fique desfalcado”, finalizou.
As investigações do acidente seguem normalmente. Embora o estado seja grave e ela continue em coma, o estado de saúde de Glenda é estável.

Polícia Militar da Paraíba prende médico paranaense procurado por estelionato


27 de janeiro de 2014
Um médico procurado pela Justiça do Paraná, suspeito de estelionado, foi localizado pela Polícia Militar na Paraíba na noite do último domingo (26). O mandado de prisão foi expedido em 2013, depois de denúncias de que o médico produzia medicamentos caseiros por valores entre R$ 6 e R$ 10 mil, e vendia aos pacientes que apresentavam doenças de pele. Os medicamentos agravavam ainda mais o problema das vítimas.
O suspeito foi preso em uma igreja evangélica na Paraíba, onde também atua como pastor. Ele foi encaminhado à 12ª Delegacia Distrital  da cidade e deve ser transferido para o Paraná.

Fruet garante “Operação de Guerra” e não descarta novos financiamentos para a Arena


Por Luiz Henrique de Oliveira
arena2
Foto da Arena na semana passada – Foto: Junior Soneca

O prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet (PDT), disse em entrevista à imprensa nesta segunda-feira (27) que acontece uma Operação de Guerra para garantir que os quatro jogos da Copa do Mundo de 2014 não saiam da capital. Segundo ele, durante a cerimônia de ampliação do atendimento na Unidade de Saúde do Pilarzinho, novos financiamentos não estão descartados para depois do dia 18 de fevereiro, prazo limite dado pela Fifa para que a Arena da Baixadaesteja dentro dos padrões mínimos para receber as partidas.
“Quero defender Curitiba e garantir que a obra ganhe ritmo, deixando claro todo empenho e um diálogo aberto. É uma operação de guerra. Temos que olhar para o futuro e não adianta ficar pensando no passado”, afirmou o prefeito, que confirmou a vontade da FIFA em tirar a Copa de Curitiba. ”Uma medida emergencial foi tomada na semana passada. Após o dia 18 será necessário definir se outros recursos serão precisos e a forma de consegui-los de uma maneira que não se haja dinheiro fácil. Queremos dar alegria aos curitibanos, mas não vou permitir irresponsabilidades”, explicou.
Ainda de acordo com Fruet, os prazos não foram cumpridos e a diferença no orçamento demonstra um erro por parte de quem o fez. “É hora de demonstrar humildade e reconhecer os erros. Prazos não foram cumpridos, por conta de um orçamento que não funciona. Quando se fala em dinheiro público, tudo é diferente, os ritmos são maiores e a mudança de valor não se justifica e terá consequência à frente”, falou.
Por fim, o prefeito mostrou otimismo com a realização da Copa. “Estamos confiantes que agora tudo será cumprido. Nosso conselho gestor da Copa trabalhou até no domingo e hoje já está na Arena da Baixada”, concluiu.

Soldado da PM desaparecido há um mês é encontrado morto a tiros


Da Redação


O soldado da Polícia Militar do Paraná (PMPR), Emerson Cauvilla, de 35 anos, teve o corpo recolhido por familiares junto ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML) neste fim de semana. Ele estava desaparecido há quase um mês.
cauvilha
Soldado foi vítima de homicídio (Foto: Divulgação PMPR)
O corpo de Emerson foi encontrado em janeiro e estava sem identificação no IML. Familiares o reconheceram neste sábado (25). O soldado da PM foi vítima de disparos de arma de fogo, em um possível caso de assassinato.
Por meio da rede social facebook, amigos de farda do PM deixaram o seguinte recado:
“NOTA DE FALECIMENTO!!! Mais um guerreiro que se vai, hoje já não temos ao nosso lado. Nosso irmão de farda trabalhava no 17BPM, e estava desaparecido desde o início do mês.  Infelizmente foi encontrado ja no IML, vítima de disparos de arma de fogo. Descanse em paz Sd PM Emerson Cauvilla”.
A Polícia Civil investiga o caso.

Irmão de Beto Richa diz que vai processar empresária e revista por reportagem com denúncias


pepe richa
Pepe Richa, irmão do governador Beto Richa, nega as acusações – Foto: Revista Isto é
Redação com Gazeta do Povo

O secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Pepe Richa, e o representante do escritório do governo do estado em Brasília, Amauri Escudero, reagiram à denúncia da empresária Ana Cristina Aquino, publicada neste fim se semana pela revista IstoÉ. Em nota, ambos afirmaram que processarão a revista e a denunciante. Pepe Richa disse temer que “interesses políticos e eleitoreiros” tenham motivado a publicação da reportagem.
Na reportagem, a empresária Ana Cristina Aquino envolve a cúpula do governo do Paraná. Em pelo menos quatro páginas de um registro em cartório, Ana descreve um emaranhado de ligações de políticos com empresários em torno do interesse em negócios milionários e suspeitos e diz temer pela própria vida desde que decidiu contar o que sabe. Segundo ela, Pepe Richa, hoje secretário de Logística e irmão do governador do Paraná, o tucano Beto Richa, e Amaury Escudero, atual representante do escritório do governo em Brasília, se tornaram seus parceiros no plano: o de abrir uma filial da sua empresa no Estado com a finalidade de fechar um contrato com a montadora Renault do Brasil. Um negócio que poderia render milhões por mês.
I
Ana Cristina Aquino fez a denúncia
Segundo ela, parte do valor do contrato com sua transportadora ficaria com os intermediadores. A empresária mineira afirmou ainda que pagou uma propina de R$ 500 mil a Pepe Richa. Ana Cristina, que é investigada por lavagem de dinheiro e falsidade ideológica, não apresentou provas à revista.
“Todas as alusões ao meu nome na matéria da revista IstoÉ não têm fundamento. São inverdades absurdas. A própria ideia de que eu poderia ter ingerência nos negócios da Renault é de uma impropriedade que expõe ao ridículo quem a formula”, afirmou Pepe Richa na nota. “Ingresso com processos judiciais contra quem apresentou a denúncia e contra quem a publica”, diz a nota. “Peço investigação policial para apurar as responsabilidades sobre a denúncia e sobre os interesses que possam orientá-la. Também sobre a possibilidade de uso indevido de meu nome em negociações escusas. Temo que interesses políticos eleitoreiros estejam envolvidos.”
Escudero
Amauri Escudero também disse ao Jornal Gazeta do Povo que vai processar a empresária e a revista IstoÉ. “Nenhuma informação publicada pela revista IstoÉ é verdade. Processarei a revista e a falsa denunciante”, afirmou por meio de nota.

Fim de semana registra 34 mortes violentas em Curitiba e região; Ana é uma das vítimas


Por Elizangela Jubanski

vitimas-fatais-moto-2
Ana Carolina e Paulo Carvalho perderam a vida em um acidente com moto. Foto: Reprodução

O fim de semana de calor registrou 34 mortes violentas em Curitiba e região metropolitana. De acordo com o boletim do Instituto Médico Legal (IML), das 18 horas de sexta-feira (24) até as 6 horas de hoje (27), ocorreram dez homicídios, sete vítimas do trânsito, dez casos a esclarecer, uma queda, cinco afogamentos e um registro de enforcamento.
O número registrado está na média nos últimos fins de semana. Na semana passada, o IML registrou 32 mortes violentas, enquanto no fim de semana retrasado os números apontaram que 31 pessoas em Curitiba e região morreram de forma violenta.
Trânsito
Entre os acidentes fatais, um aconteceu na Cidade Industrial na noite de sábado (25). Dois jovens que estavam em uma motocicleta na rua Pedro Gusso colidiram contra um Fiat Palio, que cruzou a preferencial dos jovens. Paulo Carvalho (foto), sem idade confirmada, morreu no Hospital Evangélico à 1h15. Já Ana Carolina de Carvalho, 20 anos, morreu na hora devido ao impacto. O motorista do Palio apresentava sinais de embriaguez e foi levado a Delegacia de Delitos de Trânsito (Dedetran).
Também na noite de sábado (25), um motorista de um Megane foi atingido por uma carreta na BR-277, sentido Ponta Grossa. Osvaldo Taborda, 61 anos, teria tentado uma conversão brusca para ter acesso ao bairro da cidade de Campo Largo. Taborda teria voltado a pista e a carreta que trafegava logo atrás não conseguiu parar, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PFR). O acidente aconteceu no quilômetro 104, na altura do Jardim Guarani. De acordo com testemunhas, o carro de Taborda foi completamente esmagado. O motorista ficou preso nas ferragens e morreu na hora. O caminhoneiro não teve ferimentos.

“Nos estaleiros criou-se uma promiscuidade entre a política e a gestão”, acusa almirante Melo Gomes.


Emporderf devia estar sob tutela da Economia ou da Indústria que se regem pela eficiência, enquanto a Defesa obedece à eficácia.
Melo Gomes com o então ministro da Defesa, Nuno Severiano Teixeira, na assinatura de um contrato para a construção de navios para a Marinha FERNANDO VELUDO/NFACTOS

O ex-chefe de Estado-Maior da Armada (CEMA) é crítico em relação ao que se passa com os Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENCV).
Em declarações ao PÚBLICO, o almirante Melo Gomes vê na interferência de interesses políticos na gestão a origem dos males que afectaram durante décadas os estaleiros. E que, finalmente, desembocaram no contrato de subconcessão à West Sea, empresa do grupo Martifer, assinado em 10 de Janeiro com a Emporderf.
“Criou-se uma promiscuidade entre a política, de todos os partidos do arco governamental, e a gestão. Da política a nível nacional e local, dada a importância dos estaleiros”, refere. A relevância advém, logicamente, da capacidade empregadora para a cidade e concelho de Viana de Castelo, e de estes serem um centro industrial importante no norte litoral. Assim se foi fraguando uma mistura que, progressivamente, oxidou a capacidade dos ENVC.
“O resultado desta promiscuidade é que nos estaleiros ninguém era responsável, as lideranças não tinham capacidade de se afirmar, já que interesses vários, partidários e locais, entravam em jogo”, acentua. Uma análise que desenha um quadro de um barco à deriva. Com singularidades que punham irremediavelmente em causa a operacionalidade da unidade produtiva.
O almirante Melo Gomes aborda um aspecto concreto. “Os ENVC não tinham engenharia mas, sim, excelentes artífices que precisavam de balizas para trabalhar”, exemplifica. O ex-CEMA sintetiza a situação numa espécie de fórmula de descalabro: “Os estaleiros não tinham engenharia, tinham pouca gestão e quase nenhum comando.” A consequência era óbvia: “uma produtividade inferior.”
Não se trata de uma mera opinião pessoal. “O último estudo apresentado ao Governo, em Janeiro de 2011, feito por uma empresa de auditoria, a At Kearny, revelava que faltava engenharia e gestão, havia excesso de pessoal e inexistência de liderança intermédia”.

"O mal já vinha de trás"
Uma situação que não é recente. “O mal já vinha de trás, mas então não representava o que hoje representa, pois a sofisticação dos navios é, agora, muito maior”, adverte o militar. “Os estaleiros cumpriram mas não evoluíram”, diagnostica. Um mal que se arrastou. “Nenhuma das reestruturações se concretizou”, aponta.
Acredita, por isso, que há uma desadequação da actual tutela da Emporderf. “A arquitectura da Emporderf não faz sentido numa holding do Estado, não devia estar no ministério da Defesa mas na Economia ou na Indústria”, observa o almirante Melo Gomes. “A Defesa não tem a ver com a eficiência mas com a eficácia, a eficiência tem a ver com os resultados dos recursos investidos, na relação custo/benefício, a eficácia com o resultado”, comenta.
Melo Gomes recorda que as encomendas da Marinha aos estaleiros de Viana, canceladas devido aos cortes orçamentais decretados pelo actual ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, eram de 300 milhões de euros. Em causa estavam seis patrulhões da classe Viana do Castelo, até oito lanchas de desembarque e um navio polivalente logístico com projecto alemão no pacote das contrapartidas à aquisição por Portugal dos dois submarinos da classe Trident.
“Os navios patrulha da Marinha podiam vir a ser feitos em série e serem vendidos para o estrangeiro”, revela. Deste modo, seria inaugurada uma nova linha de produtos que, logicamente, teriam custos mais contidos. “Foram apresentadas propostas a Angola, Marrocos e Nigéria”, recorda o ex-CEMA.
Sobre a opção de subconcessão finalmente decidida pelo executivo, o militar equaciona: “Havia duas opções, seguir o estudo e manter os estaleiros no sector público ou optar pelo liberalismo destrutivo deste Governo.” Neste ponto, não tem certezas. “O Governo fez esta subconcessão, não sei se é bom negócio para o Estado, não sei se a subconcessão garante a necessidade de manter a construção naval no país”, refere. E subsiste uma interrogação: “Quem paga os 271 milhões de euros do passivo dos estaleiros, mais os 31 milhões de euros das rescisões dos contractos de trabalho? Sobre quem vão recair estes custos?”
As dúvidas desaparecem quanto à importância que atribui à manutenção de estaleiros em Portugal. “Considero a construção naval como um activo estratégico do país, ainda mais se o desígnio é o regresso ao mar”, destaca. “O regresso ao mar não se faz sem navios e os estaleiros de Viana do Castelo têm a dimensão para a construção”, conclui.