Delegado passa por cirurgia e seu estado é preocupante; investigador apresenta melhoras


Da Redação


O delegado Leonardo Carneiro, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), baleado durante a manhã de hoje (29) em um confronto com suspeito de tráfico de drogas, passou por uma cirurgia para retirada de uma bala que perfurou seu intestino. Uma tomografia nas próximas horas vão definir se houve dano a sua coluna cervical, de acordo com o Hospital Evangélico, no qual ele está internado.
Leonardo está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e seu estado é considerado muito grave. Já o investigador Roberto Batista Soares, o Robertinho, está estava e não corre risco de morte.
Os outros dois policiais feridos tiveram apenas ferimentos leves
A Polícia Civil emitiu uma nota oficial sobre o confronto:
Durante uma investigação para combater o tráfico de drogas em Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba, um delegado e um investigador do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) da Polícia Civil foram baleados, no final da manhã desta quarta-feira (29).
O delegado operacional do Cope Leonardo Carneiro, 30 anos, e o investigador Roberto Batista Soares, 35 anos, foram encaminhados ao Hospital Evangélico, em Curitiba. O estado de saúde de Carneiro é preocupante. O investigador passa bem.
Em um segundo confronto, ocorrido no início da tarde, também em Campo Magro, outros dois policiais civis foram atingidos por disparos. Rafael Busch, 26 anos, e Carlos Antonio de Souza, 49 anos, foram levados até o Hospital do Trabalhador, em Curitiba, e apresentam quadro estável. Na troca de tiros, o criminoso acabou morto.

“Pedreira vai bombar e quero Roberto Carlos na reabertura”, diz presidente da FCC


Por Luiz Henrique de Oliveira


2pedreiropauloleminski
Roberto Carlos pode reinaugura a pedreira (Foto: Divulgação)
Em sua participação no Jornal da Banda B 2° Edição na tarde desta quarta-feira (29), o presidente Marcos Cordiolli, da Fundação Cultural de Curitiba, afirmou que está faltando espaço na agenda da Pedreira Paulo Leminski. Para a reinauguração, Cordiolli torce e vai fazer de tudo para que Roberto Carlos seja o responsável pelo primeiro show.
“O calendário de eventos é muito complexo. Foi anunciar que a Pedreira foi reaberta que tem chovido propostas. Ainda não foi confirmado, mas eu torço muito e quero que o Roberto Carlos esteja aqui presente na reinauguração da Pedreira”, afirmou Cordioli em entrevista ao jornalista Adilson Arantes.
Durante a entrevista, o presidente da FCC também falou sobre as novidades no Carnaval de Curitiba. “Nunca nossa cidade viu um Carnaval como esse, fiquem ligados nas nossas programações”, disse ele, que destacou a mudança de local, da Av. Cândido de Abreu para a Rua Marechal Deodoro. “Isso será um ganho, vocês vão ver na prática”, garantiu.
Confira abaixo a programação completa do Carnaval em Curitiba:

7 DE FEVEREIRO
ESCOLHA DO CORTEJO REAL
Eleição do Rei Momo, rainha e princesas do carnaval. Inscrições até o dia 4 nos núcleos regionais e até o dia 7 na sede administrativa da Fundação Cultural, no Moinho Rebouças.
Horário: 21h
Local: Memorial de Curitiba
Ingresso: gratuito
9, 16 E 23 DE FEVEREIRO
BLOCO GARIBALDIS E SACIS
O grupo que agita há 15 anos o pré-carnaval curitibano desfila agora em novo local, mas com a animação de sempre. No dia 9, a orquestra contemporânea de Olinda também desfila.
Horário: 14h às 19h
Local: Avenida Marechal Deodoro
Ingresso: gratuito
22 DE FEVEREIRO
BLOCO GARIBALDIS E SACIS NO SÍTIO CERCADO
Pelo segundo ano seguido o bloco leva seu trio elétrico para o bairro.
Horário: 14h às 19h
Local: Rua São José dos Pinhais, Bairro Sítio Cercado
Ingresso: gratuito
DE 28 DE FEVEREIRO A 3 DE MARÇO
GROTESC-O-VISION
Local: Cinemateca de Curitiba
Ingressos: R$10 e R$5
Mais informações: www.vigormortis.com.br
PSYCHO CARNIVAL
Sick Sick Sinners, Crazy Horses, Super Jam Com Ovos Presley, Cwbillys, The Brown Vampire Katz, Degolados, Burning Aces (Áustria) e Salidos de La Cripta (Colômbia) são algumas das bandas confirmadas.
Horário: 22h
Local: Jokers
Ingresso: R$35 por noite, R$100 (pacote três noites) e R$120 (quatro noites)
1º DE MARÇO
DESFILES DAS ESCOLAS DE SAMBA
Horário: a partir das 18h
Local: Avenida Marechal Deodoro, entre a Barão do Rio Branco e a Marechal Floriano Peixoto.
Ingresso: gratuito
1º A 3 DE MARÇO
CURITIBA ROCK CARNIVAL
Atrações como Abraskadabra, Diablo (Porto Alegre), Camarones Orquestra Guitarrística (Natal), Radio Cadáver, Cadela Maldita, Hillbilly Rawhide E Pelebrói Não Sei.
Horários: 13h às 22h
Local: Rua Barão do Rio Branco, esquina com Visconde de Guarapuava (em frente à Câmara Municipal)
Ingresso: gratuito
2 DE MARÇO
ZOMBIE WALK
Horário: 12h (concentração) e 14h (saída)
Local: Boca Maldita (saída)
Ingresso: gratuito
APURAÇÃO DOS VOTOS DOS DESFILES
Horário: 13h
Local: Memorial de Curitiba
Ingresso: gratuito
3 E 4 DE MARÇOBAILE INFANTIL
Horário: 15h às 19h
Local:Ginásio de Esportes Bairro Novo
Ingresso: gratuito
BAILE ADULTO
Horário: 20h à meia-noite
Local: Ginásio de Esportes Bairro Novo
Ingresso: gratuito

E N S A I O S D A S E S C O L A S
MOCIDADE AZUL
Horário: 20h30 às 22h30 (quintas-feiras a sábados) e 17h às 21h (domingos)
Local: Associação dos Moradores do Santa Mônica e São Fernando – Amasemo – Anexo ao Estádio Algacy Tulio (R. Waldemar Cavanha, 2000, Fazendinha)
Ingresso: gratuito
LEÕES DA MOCIDADE
Horário: 20h30 às 23h (terças-feiras e sextas-feiras)
Local: Rua São Bento, 607- Armazém da Vila – Vila Hauer
Ingresso: gratuito
EMBAIXADORES DA ALEGRIAHorário: 20h às 2h (sextas-feiras e sábados)
Local: Rua Capiberibe, 851 – Santa Quitéria
Ingresso: gratuito
 ACADÊMICOS DA REALEZAHorário: 20h à meia-noite (terças-feiras e quintas-feiras)
Local: Novo Vasquinho (Rua Dr. Roberto Barroso, 1190, Bom Retiro)
Ingresso: R$5
OS INTERNAUTASHorário: 20h às 22h30 (quintas-feiras e sextas-feiras), 19h às 22h30 (sábados) e 16h às 20h (domingos)
Local: Barracão (Rua Rio Solimões, 938, Jardim Weisópolis, Pinhais)
Ingresso: gratuito
IMPERATRIZ DA LIBERDADEHorário: 19h às 23h (quartas-feiras) e 15h às 20h (sábados)
Local: 3º Mundo (Rua Maestro Carlos Frank, 2050, Boqueirão)
Ingresso: gratuito
 UNIDOS DE PINHAISHorários e locais a serem definidos
 UNIDOS DO BAIRRO ALTO
Horários e locais a serem definidos
BLOCO CARNAVALESCO DERREPENT
Horários e locais a serem definidos

Prefeitura de Colombo inicia obras para implantação de asfalto em 14 ruas


WEBMASTER 29 DE JANEIRO DE 2014

As vias que receberão a benfeitoria estão distribuídas entre sete bairros do município

Ao todo, 14 ruas de oito bairros de Colombo serão pavimentadas neste primeiro semestre de 2014
Ao todo, 14 ruas de oito bairros de Colombo serão pavimentadas neste primeiro semestre de 2014
Começaram nesta semana as obras de pavimentação de, pelo menos, 14 ruas de Colombo, realizadas pela Prefeitura em parceria com as secretarias de Obras e Viação e de Planejamento, por meio do Programa Pavimentação Comunitária. As vias passaram por processo licitatório em dezembro e, para o secretário de Planejamento, Cezar Antonio Bittencourt Filho, a realização desta obra é mais uma etapa que vai colocar em dia a demanda reprimida. “É importante lembrar que durante os últimos anos houve uma grande demanda sem atendimento, ruas sem manutenção, o que gerou o acúmulo na necessidade e diversos problemas decorrentes. Hoje temos estas 14 ruas sendo executadas e mais outras 20 para serem feitas depois, e o resultado é o progresso visível e uma população mais saudável“, destacou o secretário.
O valor investido para a realização deste primeiro lote foi de mais de R$ 4,8 milhões e o prazo para término é de 180 dias
O valor investido para a realização deste primeiro lote foi de mais de R$ 4,8 milhões e o prazo para término é de 180 dias
As ruas que estão sendo contempladas com a melhoria são, Judith Schluga, Amália Strapasson de Souza, Paulo Pereira, Antônio Amilton Baggio e Shirlei Boeira Souto, no bairro Centro Industrial Mauá. No bairro Jardim Paraná será pavimentada a rua Natálio Canestraro. As ruas Arlindo Andretta, Padre Durval Sechi e Vergínia Betinardi Dalprá, do bairro São Gabriel, também serão contempladas, além das ruas Mário Muller do bairro São Sebastião, Maria Tereza Graboski do Jardim Guarujá, Dos Abacateiros no Jardim das Graças, Uruguai no Rio Verde e rua Gustavo Nass, no Jardim César Augusto.
Ao todo, serão mais de 4,5 quilômetros de asfalto nestes primeiros lotes. Para os próximos meses já está prevista a pavimentação de pelo menos mais 20 ruas por todo o município, fechando um total de mais de 11 quilômetros de asfalto. Além disto, outras ruas já receberam benfeitorias, como a Rua Kelvin, no bairro Alto Maracanã, e a Rua João Couto, no bairro São Gabriel.
Para Gustavo de Luccas, sócio da loja de Moto Peças da rua João Couto, o asfalto veio em muito boa hora. “Demorou, mas saiu, estamos felizes, pois antes tinha que ficar limpando constantemente as peças novas por que o pó era demais, acabava desvalorizando. Agora vamos conseguir manter limpo por mais tempo e poder dedicar mais tempo para outras atividades”, destacou Luccas.
Mobilidade urbana
Diversas ruas serão pavimentadas com nove metros de largura, melhorando o tráfego e facilitando o comércio na região
Diversas ruas serão pavimentadas com nove metros de largura, melhorando o tráfego e facilitando o comércio na região
Destas ruas que estão sendo asfaltadas, algumas merecem destaque como a rua Arlindo Andretta, localizada no bairro São Gabriel, e as ruas Judith Schluga, Paulo Pereira, Amália Strapasson de Souza e Shirlei Boeira Souto, do Centro Industrial Mauá. Para estas o projeto foi licitado contemplando implantação de asfalto com nove metros de largura. A diferença das demais se deve ao fato de que as vias têm grande tráfego de caminhões e algumas dão acesso à Estrada da Ribeira e à BR 116. As demais ruas são projetadas para possuir largura de sete metros.
Bittencourt explicou a importância de se fazer uma boa estrutura nestes locais. “A largura foi pensada dentro do projeto para que houvesse uma melhora significativa no tráfego, dando mais conforto para quem precisa utilizar estas ruas, que são vias principais e de maior tráfego, e também com grande movimentação de caminhões”, lembrou o secretário.
O valor total aproximado, investido nestes primeiros lotes foi de R$ 4,8 milhões, e o prazo médio para finalização das obras é de 180 dias, ou seja, em junho próximo os bairros devem estar com as ruas prontas.
Fotos: João Senechal/PMC
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC; INSTAGRAM: @colombopmc e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br

MÉDICO RECUPERA ROSTO DE VÍTIMAS DE ATAQUE COM ÁCIDO NO PAQUISTÃO.


Cirurgião gastou R$ 200 mil do próprio bolso para fazer cirurgias.
Seis mulheres foram operadas na cidade de Karachi, no sul do país.

Da AP

Um cirurgião fez operações reconstrutivas em seis mulheres desfiguradas por ataques com ácido no Paquistão. O médico Asim Shahmalak, que vive no Reino Unido, gastou cerca de 50 mil libras (mais de R$ 200 mil) do próprio bolso para bancar os procedimentos, sem cobrar nada das pacientes.
As cirurgias ocorreram em uma clínica da cidade de Karachi – a mais populosa do Paquistão, localizada no sul do país –, com a ajuda de uma equipe britânica. Shahmalak havia visitado a cidade no ano passado para conhecer as mulheres, que precisavam passar por transplante de cabelo, sobrancelhas e cílios. O médico é um dos nove do mundo capazes de realizar cirurgias desse tipo.
Algumas das vítimas foram atacadas com ácido sulfúrico, que pode ser comprado por baixos preços nas ruas de Karachi.
Entre as mulheres que passaram pela cirurgia, está Kanwal Ashar, de 24 anos, que teve ácido jogado no rosto por um homem após ela ter recusado a proposta de casamento dele. Outra paciente atendida foi Kanwal Qayum, de 26 anos, vítima de um "amigo" que a atacou por ficar com ciúmes após ela ter começado a trabalhar em um novo emprego.
O médico Asim Shahmalak examina uma das pacientes vítima de ataque de ácido que ele operou no Paquistão (Foto: Shakil Adil/AP Images for Crown Clinic)O médico Asim Shahmalak examina uma das pacientes vítimas de ataque de ácido no Paquistão (Foto: Shakil Adil/AP Images for Crown Clinic)
Foto divulgada pela Clínica Crown mostra uma das mulheres que passou por cirurgia após ser vítima de ataque de ácido no Paquistão (Foto: Shakil Adil/AP Images for Crown Clinic)Foto divulgada pela Clínica Crown mostra uma das mulheres que passaram por cirurgia após ter sido vítima de ataque de ácido no Paquistão (Foto: Shakil Adil/AP Images for Crown Clinic)
O cirurgião Asim Shahmalak gastou cerca de 50 mil libras (mais de R$ 200 mil) de seu próprio bolso para bancar as cirurgias. (Foto: Shakil Adil/AP Images for Crown Clinic)O cirurgião Asim Shahmalak gastou cerca de 50 mil libras (mais de R$ 200 mil) do próprio bolso para bancar as cirurgias de reconstrução em seis mulheres desfiguradas (Foto: Shakil Adil/AP Images for Crown Clinic)
Algumas das vítimas foram atacadas com ácido sulfúrico, que pode ser comprado por baixos valores nas ruas de Karachi. (Foto: Shakil Adil/AP Images for Crown Clinic)Algumas das vítimas foram atacadas com ácido sulfúrico, que pode ser comprado por baixos valores nas ruas da cidade de Karachi (Foto: Shakil Adil/AP Images for Crown Clinic)
Entre as mulheres que passaram pela cirurgia está Kanwal Ashar, de 24 anos, que teve ácido jogado em seu rosto por um homem após ela recusar sua proposta de casamento. Outra mulher atendida pelo médico foi Kanwal Qayum, 26 anos, que foi vítima do ataque d (Foto: Shakil Adil/AP Images for Crown Clinic)Uma das mulheres vítimas de ácido que passaram por cirurgia (Foto: Shakil Adil/AP Images for Crown Clinic
)

PROCURADORIA DA REPÚBLICA INVESTIGA PAI DE NEYMAR E DETALHES DE VENDA.


MPF requisita relação de débitos relacionados à empresa e seus sócios.
Pai de Neymar diz que negociação do jogador com o Barcelona foi legal.

Do G1 Santos

neymar barcelona (Foto: Reuters)Negociação envolvendo Neymar é investigada
(Foto: Reuters)
A Procuradoria da República em Santos, no litoral de São Paulo, instaurou um procedimento investigatório criminal contra Neymar da Silva Santos, pai e empresário do atacante Neymar, do Barcelona, e responsável pela empresa N&N Sports, que recebeu € 40 milhões (R$ 132 milhões) pela transferência do jogador para o Barcelona, em maio do ano passado. O Ministério Público Federal (MPF) quer apurar se houve crime tributário e enviou ofício à Receita Federal do Brasil pedindo informações sobre a situação da empresa perante o fisco.
Novas informações surgidas na imprensa dariam conta de um suposto recebimento de recursos que chegariam à ordem de R$ 130 milhões. O MPF em Santos enviou ofício ao Delegado da Receita Federal em Santos requisitando dados.
O Ministério Público Federal de Santos declara que durante a investigação instaurada não foi possível, de forma consistente, elucidar por completo a questão fiscal da empresa, que segundo informações fornecidas pela Fazenda Nacional indicariam a existência de débitos tributários. Nos documentos já recebidos pelo MPF não foi possível definir o atual estado dos débitos, se há parcelamentos ou se existe inscrição junto à divida ativa.
No novo pedido enviado à Receita Federal, o MPF requisita a relação de todos os débitos existentes relacionados à empresa e seus sócios, se há parcelamento desses débitos e sua situação atual, e se houve quitação ou não. Em relação à N&N, também são pedidos ainda todos os informes e declarações feitas pela empresa ao órgão relacionado a débitos existentes e sua situação. Da mesma forma foi pedido que a Receita Federal traga ao conhecimento do MPF outras informações relacionadas ao investigado e a qualquer uma de suas empresas, julgadas pertinentes por parte do órgão.
O Ministério Público Espanhol também pode ser contatado pelo MPF em Santos para requisitar informações, através de pedido de colaboração. De acordo com informações noticiadas na imprensa espanhola, uma investigação sobre o caso já estaria sendo realizada após denúncia de um dos sócios do Barcelona não ter conseguido dados sobre o contrato do atacante e do suposto pagamento adicional de R$ 130 milhões à empresa do pai do jogador.
O procedimento investigatório criminal é de responsabilidade do procurador da República Thiago Lacerda Nobre e recebeu o nº 1.34.012.0000084/2013-31
Declaração
Neymar da Silva Santos, que é pai e empresário do jogador Neymar, se pronunciou na tarde desta terça-feira (28) sobre os detalhes da negociação com Santos e Barcelona. "Eu pedi para o Barcelona quebrar a confidencialidade do contrato, mas é algo que existe para proteger a pessoa física e a família do Neymar. A gente não expõe valores, mas pedi ao Bartomeu para abrir o contrato. Não devo nada às Receitas da Espanha e do Brasil. Espero que acreditem nestes esclarecimentos. Queremos paz", afirma o pai do atleta
.

MOTORISTA QUE DERRUBOU PASSARELA ADMITE QUE FALAVA AO CELULAR, DIZ A POLICIA.


Luis Fernando prestou depoimento ainda no hospital ao delegado.
Acidente na Linha Amarela causou cinco mortes e deixou 4 feridos.

Kathia MelloDo G1 Rio

O motorista Luis Fernando da Costa, de 30 anos, disse em depoimento na tarde desta quarta-feira (29) que estava falando no celular no momento do acidente que causou cinco mortes e deixou quatro feridos na Linha Amarela, nesta terça-feira (28). A informação foi passada pelo delegado da 44ª DP (Inhaúma), Fabio Asty, que investiga o motivo de o motorista não ter visto a caçamba levantar antes de colidir com uma passarela na altura de Pilares, na Zona Norte.
"Isso indica  uma falta de cuidado, uma negligência. Ele não observou  nos retrovisores laterais e o caminhão possui retrovisor central. A distração  pode ter ocasionado ele não ter visto a caçamba içada", afirmou o delegado.
Ao fim do inquérito, se confirmada a negligência, Luis Fernando pode responder por três lesões corporais — ele próprio é o quarto ferido — e cinco homicídios culposos, quando não há intenção de cometer o crime.
O motorista contou ao delegado que começou a falar com um amigo assim que entrou na Linha Amarela. O amigo, que também seria motorista da empresa de caminhões, será convocado para prestar depoimento e a polícia vai checar informações com a companhia telefônica.

Problema no caminhão
O motorista voltou a afirmar, em depoimento, que houve um problema técnico no caminhão na sexta-feira (24).
Segundo disse ao delegado, a caixa de marcha do veículo caiu e foi levada para a manutenção. A polícia vai investigar se o problema pode ter afetado o sistema que aciona a caçamba. O caminhão foi usado por um outro motorista um dia antes do acidente.
" A caixa de marcha é acoplada ao sistema de bombeamento hidraúlico da caçamba e quando o mecânico fez o reparo pode ter provocado uma avaria involuntária no sistema hidraúlico", disse o delegado.
Asty disse ainda que Luis Fernando voltou a afirmar que não percebeu em nenhum momento que a caçamba estava içada e confirmou que o içamento é feito em três passos: a embreagem é acionada, em seguida a trava é aberta e por último a alavanca deve ser puxada para que ela suba.  
A polícia informou que vai ouvir os depoimentos do chefe da mecânica da empresa Aliança, do gerente operacional da empresa. Uma perícia complementar vai verificar se o defeito apresentado pode ter sido a causa de um possível acionamento da caçamba do caminhão involuntariamente.
Segundo informações do delegado, não há previsão de alta médica para o motorista do caminhão. De acordo com ele, os médicos disseram que Luis Fernando está com ruptura de fígado, um trauma no abdomên e problemas cardíacos. Nesta terça, ele ficou sabendo das mortes ocorridas no acidente. " Ficou muito supreso e emocionado" disse Asty. 
Mais cedo, Fábio Asty interrogou Antonio Thimotheo, que é motorista de ônibus há 10 anos e passava pela Linha Amarela na hora do acidente. Antonio disse que tentou chegar perto para avisar que a caçamba estava levantada, mas que o caminhão estava mais rápido. "Eu só posso andar a 70 km/h e n 
Arte queda de passarela da Linha Amarela (Foto: Arte/G1)
Ainda de acordo com a testemunha, a carreta havia passado por outras passarelas com a caçamba levantada, mas pelas pistas do meio, onde há altura suficiente. "Ali, onde ele colidiu, é inclinada", explicou.
Depoimento informal do motorista 
Costa disse em depoimento informal à polícia na terça que não viu a caçamba levantada e que sabia que estava trafegando em horário proibido na via, mas alegou que estava "com pressa". A declaração dele foi dada no hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste, onde estava internado.
De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Luis Fernando foi transferido para o Hospital do Coração de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.
Um representante da empresa Arco da Aliança, responsável pela carreta, também será ouvido na delegacia. Outras testemunhas e sobreviventes serão intimados, após liberação médica, para esclarecer o caso.
Imagens de câmeras de segurança da Linha Amarela, fornecidas pela concessionária Lamsa, que administra a via, também estão sendo analisadas, e a polícia aguarda o resultado dos laudos periciais, que devem ficar prontos em até 10 dias, já que foi pedida urgência na conclusão dos trabalhos.
Mais uma morte
Subiu para cinco o número de mortos no acidente, que ocorreu na altura de Pilares, no Subúrbio. Morreu às 6h desta quarta-feira Luiz Carlos Guimarães, de 60 anos, que estava internado em coma no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, no Subúrbio, após ter sofrido um traumatismo craniano e um edema (inchaço) cerebral.
Luiz Carlos estava no banco de trás do Palio que foi esmagado pela estrutura. Pelo menos outros dois veículos foram atingidos pela passarela. Ainda não há informações sobre o local e o horário de enterro da vítima.
Enterros
Quatro vítimas da queda da passarela na Linha Amarela — Adriano Oliveira, Célia Maria, Alexandre Almeida e Luiz Caros Guimarães — foram enterradas na tarde desta quarta-feira em cemitérios da Região Metropolitana do Rio.
Protesto
Colegas e parentes de Alexandre Almeida, que era taxista, fizeram uma carreata que ocupou todas as faixas da Linha Amarela, na pista sentido Barra da Tijuca, altura de Pilares, por volta das 14h30 desta quarta. A via foi liberada às 14h50, de acordo com o Centro de Operações da Prefeitura. O trânsito chegou a ter retenções enquanto houve o bloqueio, mas voltou a fluir normalmente
.

MULHER ATROPELADA TEM CORPO DIVIDIDO EM QUATRO PARTES, DIZ POLICIAL.

 

Esposa do motorista disse à polícia que ele irá se apresentar nesta quarta.
Atropelamento ocorreu na BR-277, na região do Orleans, em Curitiba.

Bibiana DionísioDo G1 PR

Atropelamento foi na BR-277, na região do Orleans, e o motorista fugiu do local (Foto: João Carlos Frigério/Estadão Conteúdo)Atropelamento foi na BR-277, na região do Orleans, e o motorista fugiu do local (Foto: João Carlos Frigério/Estadão Conteúdo)
Uma mulher de 46 anos morreu na madrugada desta quarta-feira (29) após ser atropelada na BR-277, no bairro Orleans, em Curitiba. Com o impacto da batida, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o corpo da vítima se partiu em quatro partes. O motorista, que fugiu do local do acidente, estava acompanhado por um adolescente de 16 anos. O rapaz afirmou que ambos estavam em um bar antes do acidente, porém, como não foi realizado o teste do bafômetro, a polícia não pode afirmar se o condutor estava embriagado.

O corpo já foi retirado pelo Instituto Médico-Legal (IML) do local. E o carro precisou ser guinchado.
O atropelamento ocorreu no quilômetro 98 da rodovia. Ainda de acordo com a PRF, a esposa do motorista foi até o local do acidente e afirmou que o marido irá se apresentar nesta quarta-feira em uma delegacia da Polícia Civil. O casal reside em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba.

O delegado Rodrigo Brown, da Delegacia de Delitos de Trânsito de Curitiba (Dedetran), afirmou que já foi aberto um inquérito para investigar a morte. Equipes de investigação estão à procura do motorista. "O mais importante é prender o autor para ele não fugir e responsabilizá-lo com a maior brevidade possível", disse o delegado.
Outro caso
Este é o segundo caso de atropelamento da região de Curitiba de grande proporção neste ano. Em 11 de janeiro, um motorista atropelou um ciclista na BR-116, na região do Atuba, em Curitiba. Com a intensidade do impacto, o corpo ficou preso ao para-brisa, mas isso não impediu que o motorista continuasse a dirigir por mais seis quilômetros.

O condutor  só desistiu de seguir, após ser parado por um motociclista. Neste caso, o motorista foi preso em flagrante. Conforme a polícia, o teste do bafômetro indicou dois miligramas de álcool por litro de ar. Este patamar é o máximo que o equipamento pode medir
.

APÓS ASSALTO MULHER TENTA RESGATAR O FILHO NA CADEIRINHA E ACABA SENDO ARRASTADA.


Família saía para viajar e foi abordada por ladrões, em Ponta Grossa, PR.
Segundo a PM, mulher sofreu escoriações; os três homens estão foragidos.

Do G1 PR, em Ponta Grossa

Polícia utilizou cães para tentar localizar os três homens que fizeram o assalto (Foto: Reprodução/RPC TV)Polícia utilizou cães para tentar localizar os três homens
que fizeram o assalto (Foto: Reprodução/RPC TV)
Uma mulher foi arrastada pelo próprio carro após um assalto em Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná. O caso ocorreu na manhã desta quarta-feira (29). De acordo com a Polícia Militar, a mulher e o filho saíam para viajar quando foram surpreendidos por três homens armados. Como a criança já estava na cadeirinha de segurança, a mãe tentou evitar que o carro fosse levado com o filho dentro e agarrou-se ao automóvel.
Ainda segundo a PM, a mulher foi arrastada por alguns metros até que os ladrões pararam o carro e entregaram o menino. A mulher bateu a cabeça e sofreu algumas escoriações, mas recebeu atendimento no local. Já a criança não teve ferimentos. Até a publicação desta reportagem, ninguém foi preso.
O roubo aconteceu na Avenida Nicolau Klüppel Neto, no bairro Santa Paula, às 6h20. Segundo a polícia, por meio de denúncias e de patrulhamento, o carro foi encontrado abandonado em uma das ruas do bairro. Ainda de acordo com a PM, cães do Choque K9 fizeram rastreamento no local para tentar localizar os foragidos. A Polícia Civil e a Polícia Científica também trabalham para encontrar provas dos criminosos
.

IMPACTO AMBIENTAL DO METRÔ DE CURITIBA DEVE SER AVALIADO POR ESTUDOS.


Prefeitura publicou edital de tomada de preços nesta quarta-feira (29).
Estimativa é de que o custo da avaliação seja de R$ 480 mil.

Fernando CastroDo G1 PR

Metrô irá da CIC ao Santa Cândida nas duas etapas (Foto: Divulgação/ Prefeitura de Curitiba)Linha Azul deve ligar CIC Sul e o Santa Cândida
(Foto: Divulgação/ Prefeitura de Curitiba)
O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc) publicou nesta quarta-feira (29) o edital de tomada de preços para a contratação do Estudo Complementar de Impacto Ambiental da construção do metrô. O valor estimado para a contratação é de R$ 480 mil, e a empresa vencedora deve ser escolhida pelo menor preço apresentado.
O estudo deve embasar o Relatório de Impacto ao Meio Ambiente (Rima) para a implantação da Linha Azul do metrô, que vai da CIC Sul até o Santa Cândida. De acordo com a Prefeitura de Curitiba, havia um estudo ambiental anterior, porém, ele teve a validade expirada em 30 de março de 2013.
Além disso, a mudança na tecnologia de construção utilizada também gerou a necessidade de um novo estudo de impacto ambiental. O método “Shield”, que escava por baixo da terra, será adotado em detrimento do modelo anterior, que escavaria a partir de cima do solo. Segundo a Prefeitura, a custo da contratação já está incluso no orçamento total do metrô, de R$ 5,46 bilhões.
O edital completo pode ser acessado no site Transparência da Prefeitura de Curitiba, no site , ou ainda na própria sede do órgão, ao custo de R$ 10 para as fotocópias. Os envelopes também devem ser entregues no IPPUC até as 14h30 do dia 14 de fevereiro, com a abertura das propostas programada para a sequência. O órgão fica na Rua Bom Jesus, 669, no Cabral
.

APÓS LIMINAR DO TSE EDGAR BUENO RETORNA A PREFEITURA DE CASCAVEL.


Prefeito e vice ficaram afastados dos cargos por pouco menos de 48 horas.
Bueno e Theodoro ficarão no cargo até decisão final da ação sobre fraude.

Fabiula WurmeisterDo G1 PR

Pacheco foi recebido pelo prefeito afastado, Edgar Bueno (Foto: Vanderlei Faria/Prefeitura de Cascavel/Divulgação)Edgar Bueno retornou à prefeitura menos de 48 horas após passar o cargo ao presidente da Câmara de Vereadores, Márcio Pacheco (Foto: Vanderlei Faria/Prefeitura de Cascavel/Divulgação)
Pouco menos de 48 horas após deixar a prefeitura de Cascavel, no oeste do Paraná, o prefeito Edgar Bueno (PDT) retomou o cargo por volta das 16h desta quarta-feira (29). A mudança foi garantida por liminar concedida pelo ministro Marco Aurélio Mello, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na manhã desta quarta, que permite a Bueno permanecer no cargo até o fim do julgamento da ação que apura denúncias de fraude nas eleições municipais de 2012. A decisão beneficia também o vice-prefeito Maurício Theodoro (PSDB) condenado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR) no mesmo processo.

Ainda no início da tarde, o advogado Marcos Boschirolli havia adiantado ao
 G1 que ao conceder a liminar o TSE apontou “algumas inconsistências” no processo de cassação. “Com isso certamente vamos poder provar a verdade dos fatos” comentou ao explicar que todas as outras ações, como a posse de Pacheco e a diplomação do segundo colocado nas eleições, o deputado estadual José Lemos (PT), estariam suspensas.Desde segunda-feira (27) a prefeitura estava a cargo do presidente da Câmara, o vereador Márcio Pacheco (PPL). No período em que comandou o município interinamente, ele nomeou quatro novos secretários, recebeu o pedido de exoneração em massa dos secretários e presidentes de autarquias que faziam parte da equipe de Bueno e retirou os 13 projetos de lei de autoria do Executivo encaminhados à Câmara de Vereadores.
Na decisão da ação movida pela coligação de José Lemos, que corre em segredo de Justiça, consta que a chapa de Bueno fez propaganda caluniosa alegando que o deputado não morava mais em Cascavel, situação que o impediria de assumir o cargo caso vencesse as eleições.

Bandido deixa quatro policiais, inclusive delegado, feridos e acaba morto em confronto na RMC.


Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha
Fotos: Juliano Cunha – Banda B

O delegado Leonardo Carneiro e o investigador Robertinho, do Centro de Operações Policiais Especiais, o Cope, a tropa de elite da Polícia Civil (PC), e pelo menos outros dois policiais, foram baleados no final da manhã desta quarta-feira (29) durante um tiroteio com um marginal emCampo Magro, na região metropolitana de Curitiba. Os primeiros dois feridos foram encaminhados ao Hospital Evangélico pelo Siate do Corpo de Bombeiros em estado grave.  O suspeito morreu após três trocas de tiros com policiais.
Segundo o delegado Cássio Conceição, do Cope, o marginal que causou toda essa confusão era de alta periculosidade. “Estava há muito tempo sendo investigado por tráfico de drogas e hoje os policiais estavam em oito realizando uma campana. Ele percebeu e rendeu o delegado e o investigador, que acabaram baleados desta forma. Após isso ele ainda feriu mais dois e acabou morrendo em confronto”, resumiu o delegado à Banda B.
Do início ao fim
a4
Suspeito chegou a ser atendido, mas morreu (Foto: Banda B)
O delegado e o investigador estavam em uma operação contra o tráfico de drogas quando foram abordados pelo suspeito, identificado como Edmilson Gotardo Nogueira, no bairro Pioneiros. Os policiais foram encaminhados às pressas para a sala de cirurgia do Evangélico. Carneiro levou três tiros; no peito, no braço e na perna, já Robertinho um na barriga.
Em seguida a primeira troca de tiros, inúmeras viaturas da Polícia Civil e da Polícia Militar foram até Campo Magro, onde realizaram uma tocaia contra o suspeito. “Íamos pegar ele de qualquer maneria”, falou o delegado Conceição. Houve então duas situações de tiroteios; em uma delas o superintende Carlinhos (COPE) e outro investigador foram baleados, já na outra um policial militar foi quem levou um tiro que acertou o seu colete. Carlinhos levou um disparo na perna e o o outro policial civil na mão. Eles foram levados pelo helicóptero da Polícia Rodoviária Federal (PRF) até o Hospital do Trabalhador.
Com o suspeito foi encontrado um revólver calibre 38 e duas pistolas, uma delas era do delegado.