No milésimo jogo da carreira, Alex dá vitória ao Coxa sobre o então imbatível J.Malucelli


Por João Pedro Alves

Na noite de Alex, quem brilhou foi… o próprio Alex. Depois de quase 19 anos de carreira, o meia completou 1.000 jogos nesta quarta-feira (19) e não deixou que ninguém estragasse o seu momento, marcando o gol da vitória do Coritiba por 1 a 0 sobre o até então líder e invicto J.Malucelli no estádio Couto Pereira. Foi apenas a coroação desta marca histórica, que rendeu várias homenagens ao “Menino de Ouro” nos últimos dias.
Já perto dos líderes, o Coritiba volta a atuar pelo Paranaense no próximo domingo (23), quando encara o Toledo no estádio 14 de Dezembro. O Jotinha vai ao estádio Newton Agibert para tentar se recuperar do primeiro tropeço contra o Prudentópolis.
Em noite de Alex, é ele quem balança as redes
Não é sempre que se completa mil jogos, então quando acontece toda e qualquer homenagem é válida. Ainda mais quando um atleta do nível de Alex chega a essa marca. Então a comemoração foi grande, com direito a troféu, placa e queima de fogos. Mas a noite não era só de festa, tinha também o confronto entre o Coritiba e o líder J.Malucelli, último invicto do Paranaense.
Até o apito inicial, tudo estava alviverde no Couto Pereira. Mas assim que a bola rolou, o “caçula” da capital tratou de mostrar que não seria fácil para seguir assim dentro de campo. Isso ficou claro com a forte marcação que não permitia a Alex e cia. espaço para jogar e levava a melhor sobre os coxas-brancas.
Além disso, o time do Barigui descia bem nos contragolpes e dava trabalho à defesa dos donos da casa. O grande momento foi quando chegou a balançar as redes – apesar do gol ter sido anulado. No lance polêmico, Bruno Batata completou para dentro após um cruzamento na área, mas estaria em posição de impedimento segundo a arbitragem.
O panorama alviverde só melhorou depois dos 30 minutos, quando o posicionamento do meio-campo foi reorganizado. A partir de então, a troca de passes melhorou e as chances de gol apareceram. Como quando Germano recebeu na área e chutou na rede pelo lado de fora ou na tentativa de Alex que passou sobre a meta.
Assim como o J.Malucelli, o Coritiba ainda teve um gol anulado por impedimento, marcado por Moacir, após bonita triangulação. Parecia que o primeiro tempo terminaria com o placar fechado. Apenas parecia. Já nos acréscimos, Deivid foi derrubado na área e o pênalti foi marcado. E lá foi “o cara” para a bola. Alex não desperdiçou, bateu no cantinho sem chances para o goleiro e pôde comemorar em grande estilo a chegada do jogo 1.000.
Ritmo cai e Jotinha tenta estragar a festa, mas Coxa administra vitória
O resultado parcial da primeira etapa alterou o andamento do jogo para o tempo complementar. De forma favorável ao J.Malucelli, destaca-se. Aproveitando uma postura diferente do Coritiba, mais contida e administrando o placar, o líder foi atrás do resultado. Com mais posse de bola, o ex-Corinthians Paranaense ficou mais tempo no campo de ataque e obrigou Vanderlei a fazer duas grandes defesas em chutes de Getterson e Tomas para manter a vitória.
Apesar desse início melhor, o Jotinha não conseguiu transformá-lo em uma pressão para criar novas oportunidades de empatar. Algumas chegadas aconteceram, mas nada que alterasse o placar. Enquanto isso, o Coxa estava tranquilo e jogava desta forma: dominava o meio-campo, marcava la atrás e saía apenas “na boa” para o ataque.
As mudanças que aconteceram no decorrer do segundo tempo ao invés de tornarem o jogo emocionante como seu ambiente, fizeram, de alguma forma, o ritmo cair e a animação pela festa de Alex passar. Ainda assim, a vantagem era alviverde pelo gol do astro da noite. Ele não fez mais nenhum gol, mas ainda arriscou algumas jogadas servindo os companheiros e tentou dar seu show particular aos presentes.
Não contente com a quebra da invencibilidade, o J.Malucelli quis porque quis dar um “presente de grego” a Alex e apostou em vários lançamentos na área que fizeram a defesa alviverde passar alguns momentos de apuro no fim. Mas foi o craque coxa-branca que ainda brilhou em uma jogada individual e deixou Victor Ferraz na cara do gol no último lance – faltou apenas colocar lá dentro para fechar com chave de ouro.
O Coritiba jogou o necessário, mas venceu e derrubou o líder pela primeira vez. Mas tão importante quanto os três pontos na tabela foi a coroação de Alex com gol em um jogo tão badalado em que ele era o protagonista.
FICHA TÉCNICACORITIBA 1 X 0 J.MALUCELLI
Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR).
Data: 19 de fevereiro de 2014, quarta-feira.
Horário: 19h30.
Coritiba: Vanderlei; Moacir, Luccas Claro, Leandro Almeida e Carlinhos; Gil, Germano, Norberto (Robinho) e Alex; Geraldo (Diogo) e Deivid (Victor Ferraz).
Técnico: Dado Cavalcanti.
J.Malucelli: Fabrício; Dedoné (Eduardo), Leandro Silva, Alex Fraga e Tomas; Wellington, William, Cleiton e Thiago Santos (Baiano); Bruno Batata e Getterson.
Técnico: Sandro Forner.
Público pagante: 9.853 pessoas.
Público total: 11.456 pessoas.
Renda: R$ 142.908,00.
Cartões amarelos: Germano, Alex, Luccas Claro (CFC). Cleiton, Getterson, Dedoné (JMA).
Gol: Alex (CFC), aos 47 minutos do primeiro tempo.

Trio tenta trocar ave por droga e acaba sobrando pro papagaio



Neste tempos bicudos em que vivemos, a coisa não está fácil nem para os papagaios. Uma simpática ave, da ordem dos psitaciformes, se viu involuntariamente envolvida em uma transação de drogas em Maringá. O caso aconteceu na madrugada desta quarta-feira (19).
O papagaio vivia tranquilamente em uma residência na cidade, alimentando-se de frutas e sementes de girassol e recebendo carinho de seu dono. Mas a paz na gaiola foi quebrada quando o filho do dono da ave resolveu, juntamente com outras duas pessoas, trocar o louro por algumas pedras de crack.
Para ler a reportagem completa, clique aqui.

Adolescente de 14 anos fica quatro horas dentro de carro com homem armado na RMC


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

Uma adolescente de 14 anos desapareceu por cerca de quatro horas em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na tarde desta quarta-feira (19). Na volta da escola, na Colônia Rio Grande, pela manhã, ela foi abordada por um homem em um carro preto e só foi liberada às 15h.
A polícia encontrou a garota já em Curitiba, próximo ao Parque Peladeiro, no bairro Cajuru. Ela informou que o rapaz estava armado e a obrigou a entrar no veículo com ele. Ele, então, ficou rodando pela cidade até que, por um descuido, ela conseguiu fugir, quatro horas mais tarde. De acordo com a vítima do rapto, ele não falou o tempo todo e não encostou nela em nenhum momento. Ela não soube dizer o modelo do veículo, apenas que parecia um Palio.
Segundo a Guarda Municipal, nunca houve casos parecidos na região. A adolescente foi levada para a delegacia para prestar depoimento. Os policiais realizam buscas no local para localizar o autor do sequestro relâmpago.

Compartilhe:


“As estradas estão iguais há 40 anos, a única diferença é que não andamos mais de cavalo”, reclama moradora


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

Os moradores de Bocaiúva do Sul, na região metropolitana de Curitiba, reclamam da situação das estradas que ligam a zona rural ao Centro da cidade. Quando chove, a rua de terra vira barro e não deixa nenhum veículo seguir caminho, segundo a comerciante Mari Poli, que procurou a Banda B nesta quarta-feira (19) para relatar o problema. Ela apontou que as localidades prejudicadas são a de Macieira e a de Salto Santa Rita.
“Faz cerca de oito anos que eles não colocam saibro aqui. As estradas estão iguaizinhas há 40 anos, a única diferença é que, em vez de cavalos, hoje nós andamos de carro. E olha que eu quase perdi o meu no barranco durante o caminho para o trabalho”, declarou Mari. Ela disse à reportagem que, ao tentar passar pela estrada, o veículo dela deslizou por causa do barro causado pela chuva e não saiu mais do lugar. “Eu não consegui chegar no meu serviço. E hoje vou ter que sair mais cedo, porque se chover, não tenho como voltar para casa”, completou.
De acordo com a moradora, quando a estrada está molhada, só é possível realizar o trajeto com a ajuda de um trator. “É só assim para a gente sair do local. Não adianta passar máquina aqui sem colocar saibro. Os veículos pesados afundam no banhado e ficam lá”, concluiu.
Em nota, a Prefeitura de Bocaiúva do Sul afirmou que diversas estradas sofreram com as chuvas que assolaram a cidade na última semana e que a Secretaria de Obras está agilizando o processo de recuperação. Como o município possui apenas seis máquinas e quatro operadores, uma nova contratação dos serviços está sendo agendada. Como, segundo o órgão, o nível de chuvas supera a capacidade de recuperação das ruas, o processo deve demorar alguns dias para ser concluído.

Governo anuncia desativação de carceragens em distritos policiais de Curitiba


Da Redação com AEN

O Governo do Paraná anuncio no final da tarde desta quarta-feira (19) a desativação das carceragens dos distritos policiais de Curitiba. Pelo menos 240 presos devem ser transferidos a partir da próxima semana para unidades do sistema penitenciário do Paraná, a cargo do Departamento de Execução Penal (Depen), da Secretaria estadual da Justiça. A decisão acontece no mesmo dia em que o Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol) anunciou que as delegacias de polícias de todo o Paraná não vão atender a população nesta quinta-feira (20).  Policiais civis vão parar as atividades por 24 horas para pressionar o governo estadual por “promessas não cumpridas”.
Segundo o Governo do Estado, a decisão foi tomada durante a reunião semanal do Comitê de Transferência de Presos (Cotransp), integrado por representantes das Secretarias da Justiça, Segurança Pública, Tribunal de Justiça e Ministério Público do Paraná, com a participação da Defensoria Pública do Estado.
A medida faz parte de um acordo firmado entre os poderes Executivo e Judiciário para desativar as carceragens de todos os distritos policiais da Capital. Não haverá mais presos no 1º, 3º, 6º, 8º, 11º e 13º DPs de Curitiba. As carceragens do 9º e 12º DPs já foram desativadas na semana passada.
Centro de triagem
Segundo relatório do Comitê de Transferência de Presos, o Departamento da Polícia Civil se compromete a reformar a carceragem do 11º Distrito Policial, que será transformada em Centro de Triagem, com capacidade máxima para 40 presos, que permanecerão no local apenas durante o período de conclusão do inquérito policial. O espaço terá parlatório, pátio de sol, sala de atendimento médico e odontológico e condições dignas de permanência no local, com colchões, uniformes e kit higiênico para cada preso.
O Depen dará continuidade à transferência semanal de 80 presos de Curitiba e Região Metropolitana para o sistema penitenciário do Estado, conforme previsto na Resolução 335/2013, assinada pela secretária da Justiça, Maria Tereza Uille Gomes.
Essas transferências observarão critérios como o de antiguidade na prisão, com prioridade para condenados. Em contrapartida, a Polícia Civil vai providenciar, com antecedência de 24 horas, as listas nominais dos presos a serem transferidos, contendo obrigatoriamente o RG e o mandado de prisão de cada detento.

Diretor de Inteligência da PF assume comando da Secretaria de Segurança do Paraná


Da Redação

novosecretario
Foto: Divulgação
O diretor de Inteligência do Departamento de Polícia Federal, José Alberto de Freitas Iegas, deve ser o novo secretário de Segurança Pública do Paraná. O governador Beto Richa anunciou nesta quarta-feira (19), no Palácio Iguaçu.
O novo secretário disse que a determinação do governador é dar continuidade ao trabalho que vem sendo realizado na segurança pública para reduzir ainda mais os índices de criminalidade. “É um desafio que assumo com responsabilidade e confiança. Conto com o apoio dos policiais paranaenses para fazer um bom trabalho”, afirmou Iégas.
Nascido em Presidente Prudente (SP), Iégas ingressou na Polícia Federal em 1996. Durante esse tempo, ocupou importantes cargos no Paraná. Foi delegado de Cascavel, Guarapuava, Londrina e Foz do Iguaçu e superintendente da Polícia Federal no Estado. Atualmente, exercia o cargo de diretor de inteligência em Brasília. Ele é formado em direito e pós-graduado em Segurança Pública pela Academia Nacional de Polícia.

Disputa “de território” deixa um baleado e termina em perseguição por ruas da RMC


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

Uma troca de tiros entre traficantes deixou um baleado e iniciou uma perseguição por parte de guardas municipais de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, durante a madrugada desta quarta-feira (19). De acordo com o coordenador Rosário, a Guarda estava em patrulhamento quando percebeu a tentativa de homicídio, iniciando a perseguição contra o atirador.
“Pelas informações do local, ambos eram traficantes e estavam defendendo ‘seus’ territórios. Então o atirador iniciou fuga e nossa equipe o seguiu. No Contorno Leste ele acabou se acidentando no canteiro central e tentou fugir para dentro do mato atirando contra os guardas. Ele chegou a voltar buscar o veículo depois e conseguiu fugir”, comentou.
Adriano Sales acabou baleado na virilha e um tiro de raspão na cabeça. Ele passou por cirurgia e não corre risco de morte.
O atirador fugiu com um Kadete, mas já foi identificado pela polícia. A Delegacia de São José dos Pinhais investiga o caso.

Grávida de 7 meses é presa na rodoviária de Curitiba com 2,5 mil comprimidos de ecstasy


Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

gestante-ectasy
Gestante levava droga dentro de bolsa. Foto: BH/Banda B

Uma jovem de 19 anos foi presa em flagrante na manhã desta quarta-feira (19) na Rodoferroviária de Curitiba, no centro da cidade, com cerca de 2,5 mil comprimidos de ecstasy. Ela está grávida de 7 meses e veio da cidade de São Paulo.
A ação foi realizada pela Polícia Federal em conjunto com a Polícia Militar, a chamada Força Tarefa. Segundo eles, a droga estava sendo investigada e uma denúncia anônima auxiliou a descoberta dos comprimidos. O delegado Cleo Mazoti contou à Banda B que a jovem se recusa em contar a procedência da droga. “Haverá novos interrogatórios, mas até agora ela não contou absolutamente nada. De onde veio a droga, para quem ela iria trazer ou até mesmo se ela mesma faria as vendas”, apontou.
A rota do tráfico aponta que possivelmente essa droga tenha vindo da Europa, justamente por ser incomum a vinda de drogas por São Paulo. “O comum é a droga ir até São Paulo saindo de Foz, passando pelo interior”, diz o delegado.
O capitão Alexandre da Polícia Militar afirmou que o monitoramento está se intensificando por causa do Carnaval. “É comum nessa época do ano o consumo de drogas aumentar. Por isso, estamos monitorando com mais frequência”, finalizou.

Gêmeos são baleados em briga de bar por dupla que voltou ao local para praticar o crime


)Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

gemeos
Dois tiros acertaram a vítima: cabeça e nádegas. Foto: AN/Banda B
Uma briga de bar terminou na morte de um jovem de 28 anos no bairro Pinheirinho, em Curitiba, na madrugada desta quarta-feira (19). O irmão gêmeo dele também foi baleado, mas conseguiu sobreviver. Wilton Ferreira de Lima Pietrus foi baleado na cabeça e nas nádegas. O irmão Wilson levou um tiro de raspão. Os dois suspeitos fugiram em um veículo. A polícia já tem informações sobre o paradeiro da dupla.
Por volta das 4h30, testemunhas afirmam que os quatro – vítimas e atiradores – estavam dentro de um bar, Videoke Dalla Costa, na BR-476, quando se desentenderam. A vítima e o irmão trabalhavam como garçom nesse bar, no entanto, após um desentendimento com os proprietários, Wilton estaria no local, nessa noite, apenas para acertar as contas do mês com os chefes. No entanto, acabaram se envolvendo em uma briga com a dupla de atiradores. As testemunhas não sabiam informar o motivo dessa discussão.
A dupla chegou a sair do bar, pegar o veículo Monza e dar a volta na Linha Verde. Eles estacionaram do outro lado do bar para facilitar a fuga. De acordo com algumas moças que estavam no local, os dois voltaram no bar e atiraram contra eles. Wilton morreu na hora e o irmão foi socorrido ao Hospital Trabalhador. Os atiradores fugiram com as luzes apagadas.
A Delegacia de Homicídios foi acionada e já tem informações sobre os autores. Um deles usa perna mecânica e moram na Vila Uberlândia, no bairro Portão.

Dilma garante segurança durante a Copa do Mundo


19 de fevereiro de 2014



A presidente Dilma Rousseff afirmou nesta quarta-feira, 19, durante entrevista a rádios de Alagoas, no Palácio da Alvorada, em Brasília, que o governo planeja medidas que vão reforçar a segurança nas cidades-sede da Copa do Mundo. “Estaremos muito bem preparados para garantir segurança na Copa do Mundo”, disse. “Temos certeza de que vamos fazer a Copa das Copas”, ressaltou.A presidente disse que será investido R$ 1,9 bilhão para a segurança durante o evento, que deixará um legado permanente às cidades que sediarão o Mundial. Ela admitiu a possibilidade de, se necessário, acionar as Forças Armadas.
Em relação a possíveis manifestações, Dilma defendeu a realização de protestos, já que a Constituição garante a liberdade de manifestação, mas condenou atos de vandalismo e o anonimato. “Repudio completamente o uso da violência em manifestações. E acho inadmissível em um país democrático o uso da violência. Pessoas que usam a violência e escondem o rosto não são democratas”, afirmou. “Estamos trabalhando numa legislação para coibir atos de vandalismo.”
Para a presidente, democratas são aqueles que exercem pacificamente seus direitos e a liberdade de questionar, propor, exigir mudanças.” As informações são do Estadão.

Trio encapuzado invade subprefeitura na RMC e explode posto bancário


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

almirante
Bandidos fugiram com quantia não informada. Foto: AN/Banda B

Três bandidos invadiram a subprefeitura de Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, na madrugada desta quarta-feira (19), e explodiram um posto bancário. Eles renderam dois vigias que estavam no local no momento do crime. O trio fugiu levando uma quantia não especificada de dinheiro.
Por volta das 4 horas, os bandidos invadiram a subprefeitura, que fica no bairro Cachoeira, e renderam os vigias. Os bandidos estavam armados e com capuzes na cabeça. De acordo com o soldado Roberto da Polícia Militar, os vigias foram ameaçados. “Um deles ficou mantendo os vigias como reféns sob a mira de revólver enquanto os dois foram até o Itaú para explodir”, contou à Banda B.
Eles utilizaram explosivos e conseguiram levar dinheiro do caixa do banco Itaú. A ação durou cerca de 10 minutos e eles fugiram logo em seguida. Os vigias não conseguiram ver de que forma o trio fugiu. O Centro de Operações Especiais foi acionado para recolher artefatos que ficaram pelo chão.
Imagens de câmeras de segurança poderão auxiliar a polícia nas investigações.

1° Encontro dos Blogueiros de Colombo



Amanhã, quinta feira, 20 de fevereiro, acontece em Colombo o 1° Encontro dos Blogueiros de Colombo.
Será um encontro que visará reunir "gregos e troianos", aproximar todos os blog's, para que esta nova mídia, que em breve substituirá em definitivo osjornais impressos e a velha mídia, possa estar cada vez mais forte e coesa em torno de seu papel perante a sociedade colombense.
Os blogueiros, pessoas inteligentes, já se tocaram a muito tempo, que devem publicar e criticar ações, situações e falta de comprometimento social, público e político.
Sabem que 'detonar' seus pares por tomar esta ou aquela posição social, pública e política, prejudica somente os blogueiros e não os verdadeiros "picaretas" que fazem mal as causas sociais, públicas e políticas.
Tudo que o "político" vagabundo, corrupto, salafrário quer é ver os blogueiros se "matarem" nas redes sociais ao invés de mostrarem seus podres. 
É um 1° encontro, para mostrar que mesmo não comungando um mesmo ideal social, público e político, os blog's se respeitam e se unem para levar, cada um a sua maneira, a informação ao seu leitor.
E contaremos com a ilustre presença do blogueiro Esmael Morais, o maior e mais respeitado blogueiro do Paraná.

O encontro será amanhã, 20 de fevereiro, as 19:00 horas, no Restaurante Copacabana, na Estrada da Ribeira, em frente ao terminal do maracanã. 
E o pessoal poderá aproveitar e apreciar a melhor dobradinha da região, com o menor preço e a melhor qualidade e atendimento.


EXTRAÍDO DO BLOG WILSON VIEIRA

Delegacias não vão atender população nesta quinta, garante Sinclapol: “Só faremos flagrantes”


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

As delegacias de polícias de todo o Paraná não vão atender a população nesta quinta-feira (20). Policiais civil vão parar as atividades por 24 horas para pressionar o governo estadual por “promessas não cumpridas”. De acordo com o Sindicato das Classes Policiais Civis do Estado do Paraná (Sinclapol), a população não poderá registrar boletins de ocorrências e as investigações e inquéritos ficarão parados. “Apenas flagrantes e locais de homicídios vamos atender”, garante o presidente André Gutierrez em entrevista à Banda B. O Instituto de Identificação também estará fechado.
Cerca de mil policiais vão se reunir a partir das 9 horas na Praça Nossa Senhora da Salete, no Centro Cívico. Caravanas do interior do Estado estão confirmadas para participar do manifesto. Uma assembleia no fim do dia vai determinar se a categoria volta ao trabalho ou permanece mais tempo com os braços cruzados.
O presidente do Sinclapol afirmou que, entre as reivindicações, o descaso como a Polícia Civil nos últimos tempos teve grande influência na paralisação. “Estamos com efetivo de investigadores de 2,6 mil em um previsto de 2,4 mil. Temos em todo Paraná 4,2 mil policiais, o que é previsto apenas para investigadores. Então, não tem condição, precisamos de respeito, valorização e contratação de efetivo”, explica.
A categoria quer a aprovação do novo estatuto da corporação, promoções, progressões de carreira que não estão sendo pagas e discutir a permanência de presos em delegacias. O governo do Estado divulgou na semana passada a autorização do pagamento das promoções, a partir de março deste ano, para integrantes das carreiras de Delegado de Polícia, Papiloscopista e Agente em Operações Policiais. No entanto, a categoria não ficou satisfeita e a greve não está descartada.

Caminhão tomba na Curva da Santa e complica descida para Santa Catarina; uma pessoa morreu


 Por Denise Mello e Bruno Henrique

Um caminhão da empresa Balaroti, carregado com materiais de construção, tombou por volta das 6 horas desta quarta-feira (19), na BR-376. O motorista ficou ferido e foi encaminhado ao hospital de Joinville. Já o ajudante, que foi lançado para fora da cabine, morreu no local. Até às 7h40, o corpo ainda estava na estrada a espera do caminhão do IML. Uma caminhonete F-250 também se envolveu no acidente, mas ninguém ficou ferido no veículo.
O acidente aconteceu no km 669, a chamada “Curva da Santa”, sentido Santa Catarina. “O tráfego pela rodovia já começou a ficar congestionado porque a pista está interditada parcialmente. Ainda temos que esperar a Política Técnica e deve demorar um pouco para liberar a BR. O melhor é que o motorista que pretenda seguir para Santa Catarina nesta manhã espere um pouco”, disse o policial rodoviário federal  Jardel, em entrevista à Banda B por volta das 7h40.
Até o fechamento desta reportagem ainda não havia a identificação da vítima fatal nem do motorista do caminhão encaminhado ao hospital.

Em janeiro, 5.400 focos do mosquito da dengue foram encontrados no Paraná


Da AEN

Um estudo da Secretaria Estadual da Saúde revela que, somente no mês de janeiro deste ano, cerca de 5.400 focos do mosquito da dengue foram encontrados em residências e estabelecimentos comerciais inspecionados no Paraná. Com base no levantamento dos índices de infestação realizado pelos municípios, o Estado traçou um perfil dos focos do mosquito mais encontrados.
dengue-180214-bandab
Foto: AEN
A maior parte dos criadouros com larvas do mosquito (43%) foi classificada como lixo ou outro tipo de material reciclável, como recipientes plásticos, copos descartáveis, garrafas pet, latas e demais objetos que acumulam água. Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz, isso mostra que o descarte adequado de materiais recicláveis é a principal forma de prevenir a dengue.
“Todo e qualquer recipiente que possa acumular água pode se tornar um potencial criadouro do Aedes aegypti. Eliminando de forma correta esses objetos, podemos manter nossas casas livres da dengue, protegendo assim nossa família e vizinhos”, alertou o superintendente.
Dipósitos móveis
Outros locais que merecem atenção especial da população são os depósitos móveis, como vasos, pratos e frascos de plantas, além de bebedouros de animais. Este tipo de criadouro representou 26% do total de focos encontrados pelas equipes municipais de saúde. Em seguida, vêm os depósitos ao nível do solo (tonéis, bacias e cisternas), com 13%; os pneus e câmaras de ar, com 8%; e os depósitos fixos (calhas, laje, ralos, sanitários em desuso), com 5%.
De acordo com o superintendente, a orientação é que a população dedique pelo menos 10 minutos por semana ao combate à dengue em sua casa. “Cerca de 90% dos criadouros do mosquito estão dentro de casa ou no quintal. Por isso, é importante que todos façam a sua parte e verifiquem periodicamente se há possíveis criadouros em sua residência”, explicou.
Números
De agosto de 2013 até esta terça-feira (18), foram confirmados 1.140 casos de dengue no Paraná. Quatro deles apresentaram quadros clínicos mais graves e um morreu em decorrência da doença.
O boletim da dengue divulgado nesta terça-feira (18) aponta ainda um crescimento no número de casos notificados como suspeitos nos últimos dois meses. O número subiu de 571 notificações na primeira semana de janeiro para 1.251 na primeira semana de fevereiro.
O médico veterinário da Sala de Situação da Dengue, Ronaldo Trevisan, explica que o aumento nas notificações reforça a importância de os gestores intensificarem as ações de controle da doença. Além disso, o crescimento mostra que os profissionais de saúde estão mais atentos aos sintomas da dengue.
“Em cidades com altos índices de infestação do mosquito, a maioria dos casos suspeitos são confirmados posteriormente como dengue. Desta forma, é importante que os profissionais de saúde sigam o protocolo de manejo clínico da dengue e tratem o paciente de acordo com a classificação de risco”, afirmou.

Manifestação contra a Copa vira “rolezinho” com passeata por ruas do Centro e do Batel


Por Felipe Ribeiro e Roberto Romanowski

Fotos: Roberto Romanowski
No dia em que Curitiba foi confirmada como sede da Copa do Mundo de 2014, cerca de 80 pessoas se reuniram na Boca Maldida nesta terça-feira (18) para protestar contra a realização do evento na capital paranaense. O grupo seguiu por ruas do bairro Batel e parou em frente ao Pátio Batel, onde pretendia realizar um “rolezinho”. A segurança foi acionada e impediu a entrada dos manifestantes no shopping que fizeram gritos de ordem no local. No retorno ao Centro, o grupo se dispersou na Praça Rui Barbosa.
Segundo os manifestantes, se posicionar contra a Copa é se posicionar contra a influência do poder econômico nas decisões políticas, que deveriam levar em consideração, primeiramente, os interesses do povo. “É instruir a população a uma democracia de verdade, direta e participativa, na qual todos também governam e não são governados por supostos representantes”, afirma a descrição no Facebook. Recentemente o secretário-geral da Fifa, Jérome Valcke chegou a declarar que a entidade irá sugerir plebiscitos antes da realização do evento para atingir uma maioria de pessoas favoráveis.
“A gente está protestando contra os crimes da Copa do Mundo, que está trazendo mais desigualdade social, corrupção, despejos e obras públicas inúteis. É contra isso que a gente está protestando. Escolhemos a data de hoje, justamente porque o mundo está voltado à Curitiba”, disse o manifestante Bernando Piloto.  A escolha de se reuniram na Avenida Batel, segundo ele, aconteceu por ser símbolo da desigualdade na cidade.
Confusões
Durante o protesto na Avenida Batel, os manifestantes se envolveram em confusões com motoristas e motociclistas. Primeiro eles sentaram na rua para trancar o trânsito e dois motociclistas que tentaram furar foram contidos, mas conseguiram passar. Em seguida o grupo chegou a chutar e bater com skates em uma caminhonete. Observando a situação, um taxista contrário ao movimento chegou a discutir com os manifestantes.
De acordo com os manifestantes, um novo ato foi marcado para sexta-feira (20) no mesmo horário do ato de hoje.