Primos brigam e um acaba morto; família nega conflito mas polícia dá outra versão


Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique

campo-comprido
Primo foi morto ao lado da avó. Foto: BH/Banda B

Uma discussão entre dois primos terminou em morte na manhã desta quinta-feira (6), no bairro Campo Comprido, em Curitiba. José Luiz Guerra, 27 anos, foi ferido por arma de fogo disparada pelo primo Ademir Guerra, 30 anos. O autor fugiu e ainda não foi encontrado. A família contou que os dois não trabalhavam. A Polícia Militar (PM) disse que eles estavam sendo investigados por tráfico de drogas na região.
O crime aconteceu na rua Waldemar Cavanha, na Vila Progresso, por volta das 9h. De acordo com testemunhas, os primos estavam discutindo quando Ademir levantou uma arma em direção ao primo e puxou o gatilho. A família não quis informar sobre os motivos da briga e disse que eles não tinham rixas. A vó dos primos teria visto o momento do crime.
No entanto, o capitão Aguiar da PM contou à Banda B que minutos antes do crime teria abordado Ademir próximo a residência dele. “Estamos monitorando eles há tempos. São suspeitos de tráfico de drogas na região. Os primos não se dava bem e brigavam constantemente”, revela.
A vítima não era casada, nem tinha filhos. Ele morava com a avó ao lado da casa do primo, autor dos disparos. Por ser autoria conhecida o inquérito será feito pelo 11º Distrito Policial.

Jovem suspeito por homicídio é assassinado no Sítio Cercado


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

assassinadositiocercado
Foto: Juliano Cunha – Banda B
Um jovem de 24 anos foi assassinado na tarde desta quinta-feira (26) no cruzamento das ruas João Socha e Travessa Victório Fabri, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. De acordo com o delegado Fábio Amaro, a vítima tinha passagens pela polícia por roubo e é suspeita de um homicídio na região.
“Ele possuí familiares aqui na rua e apenas nos contaram que ele caminhava na rua quando um motociclista teria passado e realizado os disparos, mas existe essa suspeita de que ele já cometeu um homicídio, então vamos investigar”, disse.
O corpo de Bruno Ferreira da Silva foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). A Delegacia de Homicídios investiga o caso.

Homem flagrado por câmeras assassinando amante da esposa é condenado a 20 anos de prisão


Do MP-PR



O Tribunal do Júri de Umuarama, no noroeste do Paraná, condenou Welington de Sá da Silva a 19 anos e seis meses de prisão, pela morte de Arlindo Alves Vieira, ocorrida em maio de 2011. O julgamento foi realizado no último dia 28.
O crime, de motivação passional, teve grande repercussão na época. Segundo o promotor de Justiça Carlos Roberto Moreno, responsável pela acusação, o réu assassinou a vítima com tiros de escopeta em frente à casa paroquial da Igreja Matriz de Umuarama. O crime foi registrado pelas câmeras de segurança da casa paroquial. Silva conduzia um veículo VW Gol, de cor branca, e seguia a motocicleta pilotada pela vítima. Quando passavam em frente à casa paroquial, o Gol emparelhou com a moto e foram disparados quatro tiros, que resultaram na morte de Vieira.
“Verificou-se, pelas imagens, a forma cruel como o crime foi praticado, pois o primeiro disparo derrubou a vítima e os outros três atingiram o corpo já no solo”, destaca o promotor de Justiça. A Promotoria apontou que o motivo do crime foi um relacionamento extraconjugal que a vítima mantinha com a esposa do réu.
O Corpo de Jurados, formado de quatro homens e três mulheres, rejeitou as teses da defesa, rechaçando a legítima defesa putativa e o homicídio privilegiado. Na sentença, do juiz Adriano Cesar Moreira, o réu foi condenado a 16 anos e seis meses de reclusão pelo homicídio qualificado e a três anos pelo porte da arma de uso restrito, utilizada para cometer o crime.

Dupla que espancou e matou jovem na noite de Natal é presa; motivo seria vingança


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

Dois acusados pela morte de Kalvin Vitor, de 20 anos, na noite de Natal, foram presos pela Delegacia de Homicídios (DH) de Curitiba durante o carnaval. O crime na Rua Pastor Manoel Virgínio de Souza, no bairro Capão da Imbuía.
presoscapao
Hudson e Cleverton (Foto: Divulgação Polícia Civil)
De acordo com o delegado Fábio Amaro, a motivação teria sido uma discussão por motivo passional três dias antes do crime. Outras quatro pessoas participaram das agressões, já foram identificados e são procurados pela polícia. “Foi um crime bárbaro, uma vez que o jovem foi espancado no meio da rua por seis pessoas portando pedaços de madeira, barras de ferro e outros objetos. A princípio o motivo do crime foi uma briga passional”, comentou.
Hudson de Souza Oliveira, 35 anos, foi preso em Curitiba e Cleverton Pieres, 20 anos, teve o mandado cumprido em Santa Catarina. Os dois estão presos na DH. Clóvis Pieri Neto, 24 anos, Milton Paulo Pieri, 46 anos, Ronald Elci, 19 anos e Van Basten Carlos Lourenço, 18 anos, que tiveram as suas Prisões Temporárias decretadas pelo Judiciário local. Quem tiver qualquer informação do paradeiro dele pode repassar anonimamente através do telefone 0800-643-1121.
Van Basten, Milton, Clóvis e Ronald são procurados. (Foto: Divulgação Polícia Civil)

Policiais se passam por vendedores e prendem ladrões de carro que atraiam vítimas pela internet


Da Redação com Polícia Civil
dupla-ladrao
A dupla apresentou documento falso para a polícia. O segundo indivíduo foi baleado durante confronto e está no hospital. (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Dois ladrões de carros foram presos no bairro Portão, em Curitiba, no final da tarde da última quarta-feira (5). Eles atraiam as vítimas pela internet, por meio de um site de venda de carros utilitários de luxo. A captura da dupla foi realizada pelos policiais da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV).
Segundo o delegado Cassiano Aufiero, há duas semanas, uma das vítimas dos marginais procurou a especializada e contou para os policiais como eles agiam. “Eles vasculhavam os sites, procurando por veículos que custavam R$ 90 mil ou mais. Ao entrar em contato com o vendedor, os criminosos sempre ofereciam um Gol como parte do pagamento e agendavam um encontro para ver o carro e fechar negócio”, explicou Aufiero.
A pessoa chegava no local e a dupla dava voz de assalto, fazendo o dono do veículo de refém. Em seguida, eles andavam com a vítima pela cidade e a abandonava em algum matagal. Para capturar os responsáveis, os policiais civis usaram a mesma estratégia. Ao invés de se passarem por compradores, eles fingiram ser vendedores.
Eles postaram a foto de uma caminhonete Hilux no mesmo site usado pelos bandidos. “O veículo serviu como ‘isca’. “Depois de um tempo, eles enfim caíram na armadilha. Nós negociamos pela internet, eles nos ofereceram o Gol, e então marcamos um encontro para as 17h desta quarta-feira próximo ao Hospital do Trabalhador”, contou.
Conforme o combinado, os policiais foram até o local com a caminhonete. Depois de alguns momentos de espera, os dois homens se aproximaram e ergueram a camisa para mostrar que estavam armados. “Os policiais então deram voz de prisão e eles reagiram. Um foi preso e outro baleado na perna e levado ao hospital”, contou Aufiero.
No momento de serem identificados, um dos bandidos não tinha documentos e o outro apresentou um RG falso, do estado de Minas Gerais. “Por isso ainda não temos as identificações exatas deles. Aguardamos os resultados dos exames feitos pelo Instituto de Identificação, mas como eles podem ser de outro estado, o processo pode demorar. Mesmo assim, eles vão permanecer aqui na nossa carceragem”, relatou o delegado. Eles já teriam feito, pelo menos, seis vítimas na capital.

Procurado por quatro crimes, homem é preso após roubar carro de luxo em Curitiba


Por Marina Sequinel e Felipe Ribeiro



Um homem de 53 anos foi preso em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, com umcarro de luxo, modelo Mercedes A-200, roubado. Daniel Borges foi abordado pelos policiais na última segunda-feira (3) na residência onde morava, localizada na rua Manoel Ribas.
Segundo o investigador Diego, da Polícia Civil, as buscas pelo veículo começaram no final de semana. “Nós recebemos a denúncia da posse do carro de origem duvidosa e prosseguimos com a apuração dos fatos. O carro foi roubado no bairro Boa Vista, em Curitiba. Na casa do suspeito, nós apreendemos um revólver e também uma identidade falsa”, contou à Banda B.
O automóvel roubado por Daniel é avaliado em aproximadamente R$ 110 mil. Na chegada na delegacia, os policiais descobriram que o acusado tinha quatro mandados de prisão expedidos contra ele no estado de Santa Catarina. Dois deles por roubo, um por receptação e outro por formação de quadrilha. O acusado foi encaminhado para a carceragem.

Garoto de 14 anos “viciado” em vídeo game mata a tia a facadas e diz que sofria bullying


Por Denise Mello e Antonio Nascimento 

sobrado
Sobrado onde bancária foi morta por sobrinho – Foto: Bruno Henrique/Banda B
Um adolescente de 14 anos matou a própria tia a facadas na madrugada desta quinta-feira (6) na casa da família, no bairro Hauer, em Curitiba. Vizinhos ouviram gritos de socorro e se aglomeraram em frente à casa para ver o que acontecia. O garoto só parou quando um vizinho, que é soldado do BOPE, invadiu a residência. A tia estava gravemente ferida e o adolescente só disse que a esfaqueou porque vinha sofrendo bullying dos colegas por namorar uma garota considerada feia. No vídeo game estava o jogo GTA, conhecido pela violência extrema.
O crime aconteceu durante a madrugada no sobrado da família de classe média, localizado Rua Professora Maria de Assumpção. Ali moravam a bancária do HSBC Josineire Oliveira Zieben, 43 anos, o marido, que trabalha em um banco e está em viagem a trabalho em Londres, e o sobrinho de 14 anos, que veio do interior para estudar em Curitiba. Os vizinhos ouviram muitos gritos e correram para saber o que estava acontecendo. Um soldado do BOPE tentou chamar a atenção de algum morador e o adolescente saiu na janela para ver o que acontecia. Olhou e voltou para dentro. Os gritos recomeçaram. Foi então que o policial resolveu entrar. Dentro encontrou uma cena trágica: a tia toda ensaguentada e o sobrinho ao lado com uma faca.
Josineire recebeu mais de 30 facadas no rosto, pescoço, braços e peito. O Siate foi acionado e ela chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu e morreu. O adolescente, de forma fria, apenas disse que já pensava em matar a tia há uma semana e planejou tudo. Ele esperou a tia dormir e, por volta das 2 horas, entrou no quarto e começou a esfaqueá-la.
Vizinhos disseram que ele parecia ser um jovem calmo e não havia grandes brigas na residência. Todos estavam chocados. Amigos do garoto falaram que ele passava o dia jogando GTA no vídeo game. O jogo simula situações reais em que os protagonistas cometem crimes, matam e ganham dinheiro para isso.
O adolescente foi apreendido e está na Delegacia do Adolescente. Ele veio à capital há cinco anos para estudar. É aluno do Colégio da Polícia Militar do Paraná.

Foragido da justiça com extensa ficha é preso no litoral e passa nome falso para a polícia


Da Polícia Civil



Policiais civis designados para a Operação Verão Paraná 2013-2014, cumpriram na última quinta-feira (27), mandado de prisão expedido em desfavor de Paulo Roberto Carneiro Ayres, 32 anos, em Matinhos, no litoral do estado. Ele possui longo histórico policial por roubo, receptação, favorecimento pessoal, porte ilegal de arma de fogo, entre outros crimes.
A equipe de plantão, comandada pelo delegado Rodrigo Souza, conseguiu localizar a residência do homem. As informações obtidas davam conta de que ele estaria se preparando para deixar a cidade. De posse dessa informação, os policiais realizaram monitoramento da casa e quando Ayres ingressou no veículo foi abordado pelos policiais.
No momento da abordagem, o homem ainda usou um nome falso para tentar ludibriar os policiais, mas infelizmente para ele não houve êxito em seu intento. Agora ele se encontra detido na carceragem temporária da Delegacia de Matinhos.

Urbs deve definir em até duas semanas se tarifa de ônibus sobe ou não em Curitiba


Por Felipe Ribeiro

Com o adiamento da divulgação do novo valor da tarifa técnica do transporte coletivo, provocado pela greve de motoristas e cobradores na última semana, a Urbanização de Curitiba (Urbs) deve levar cerca de duas semanas para definir se a passagem sobe ou não para o usuário de ônibus. De acordo com o presidente da Urbs, Roberto Gregório, o salário dos trabalhadores representa 47,5% do valor da tarifa técnica e, com o reajuste dos trabalhadores, é provável que esse reajuste aconteça, mas a definição se esse valor recairá sobre o usuário ainda depende de um acordo entre a Prefeitura da capital e o Governo do Estado, que repassa o subsídio referente à integração com a região metropolitana.
transporte-050314-bandab
Foto: SMCS
Recentemente, o assessor técnico do Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), Antônio José Veloso, explicou em entrevista à Banda B que a tarifa técnica é uma expressão que traduz o real custo de levar um passageiro de um lugar a outro com segurança, conforto e pontualidade. Hoje esse valor é de R$ 2,93, R$ 0,23 maior que o pago pelo usuário.
Esses R$ 0,23 são custeados pelo subsídio do Governo do Estado, que já anunciou a renovação do convênio em R$ 80 milhões. Mas aqui entra outro entrave, já que a Urbs diz que esse calculo foi feito com números defasados do ano de 2013 e não representa o real custo da integração do transporte de Curitiba com a região metropolitana. O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) estima que a tarifa técnica suba para R$ 3,06.
R$ 0,43 a mais
Outro ponto do grande imbróglio que é o calculo do real valor da tarifa no transporte de Curitiba foi um relatório do Tribunal de Contas (TCE) e a CPI do Transporte, que afirmam que a tarifa técnica está acima do que Urbs e empresas passam ao usuário. O TCE chegou a determinar a redução da tarifa técnica em R$ 0,43 no novo reajuste, mas está suspensa por uma liminar do Tribunal de Justiça.
Já o presidente da CPI do Transporte Coletivo, vereador Jorge Bernardi (PDT), disse em audiência que o lucro das empresas é muito alto. Segundo investigado pela CPI, o lucro poderia chegar a R$ 8,5 milhões. Ainda segundo o relatório, a tarifa técnica estaria R$ 0,31 acima do calculo.
Greve de motoristas e cobradores
Diante de impasse salarial, motoristas e cobradores fizeram greve de três dias na semana passada. Eles aceitaram uma proposta feita em audiência no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de reajuste de 5,26% no INPC mais 3,82%, totalizando 9,28% de aumento real; abono de R$ 300 e reajuste de 10,5% no valor da cesta básica, mas a categoria considerou baixo os reajustes.