1ª Corrida e Caminhada do Trabalhador acontece em Colombo


WEBMASTER 15 DE ABRIL DE 2014

Evento terá percurso de 4,8 km e de 9,6 km; interessados devem se inscrever por meio dos sites www.assessocor.com.br ewww.linhadechegada.com.br

1ª Corrida e Caminhada do Trabalhador acontece em ColomboAcontece no próximo dia 01 de maio, data em que é comemorado o Dia do Trabalhador, a 1ª Corrida e Caminhada do Trabalhador de Colombo. Esta primeira edição será realizada no Parque Municipal da Uva, Centro da cidade, nas distâncias de 4,8 km, de corrida e caminhada, e também corrida de 9,6 km.
São esperados cerca de 500 participantes que devem se inscrever através dos siteswww.assessocor.com.br ewww.linhadechegada.com.br com uma taxa de inscrição de R$ 35,00, que será utilizada para cobrir as despesas com o kit montado para o evento que será entregue a cada inscrito.
O kit será composto por: numeral de peito, chip de cronometragem e medalha de participação e os inscritos ainda receberão a camiseta do evento. O material deverá ser retirado no dia da corrida a partir das 7h20, no local de competição e a largada está prevista para às 9 horas. Os vencedores serão premiados com troféu do 1º ao 5º colocado geral masculino e feminino, nas distâncias de 4,8 km e 9,6 km, e por categorias na prova de 9,6 km.
De acordo com o chefe do departamento de Esportes, Jomir Claiton Pacheco, esse evento tem o objetivo de incentivar a população colombense à prática de atividade física, promovendo saúde e implementando a cultura do esporte.
A 1ª Corrida e Caminhada do Trabalhador é uma realização da Prefeitura Municipal de Colombo por meio da Secretaria da Educação e Esporte em parceria com a Secretaria da Indústria, Comércio, Turismo e Cultura com o apoio da Sanepar, Guarda Municipal, Polícia Militar, 22º Batalhão e iniciativa privada.
Serviço:
Evento: 1ª Corrida e Caminhada do Trabalhador de Colombo
Data: 01/05 – Horário: 9 horas
Local: Parque Municipal da Uva – Rua Marechal Floriano Peixoto, 8771, no Centro
Contato: 41-3656.7145 / 4960.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC, INSTAGRAM: @colombopmc e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br

Campanha IPTU 2014 destaca investimentos realizados com a contribuição


WEBMASTER 15 DE ABRIL DE 2014

“O seu IPTU está em tudo que Colombo faz” é o tema da inserção que tem o objetivo de chamar a atenção para os setores beneficiados pela arrecadação

Campanha IPTU 2014 destaca investimentos realizados com a contribuição
Os moradores do município de Colombo já podem ver distribuídos pela cidade, os outdoors da campanha da Prefeitura que chamam a atenção para a importância da contribuição feita através do Imposto Predial e Territorial Urbano, o IPTU. Nela, as peças criadas em 2014 mostram como o imposto está em cada serviço prestado pela Prefeitura à população.
Campanha IPTU 2014 destaca investimentos realizados com a contribuiçãoOs carnês já estão sendo distribuídos e o secretário da Fazenda, Márcio Strapasson, lembra que ao pagar o contribuinte faz muito mais do que ficar em dia com a tributação municipal. “O IPTU é a contribuição do cidadão para que os serviços fundamentais, necessários a todos, funcionem com qualidade e sejam acessíveis. A campanha lançada vem com este mote, pois realmente, o IPTU está em todas as ações que a Prefeitura realiza, já que é com este recurso que, em grande parte, conseguimos realizá-las”, destacou Strapasson.
Sempre com a meta de construir uma cidade cada vez melhor, a tributação arrecadada todo ano é revertida para benfeitorias e melhorias em diversos setores. Na educação, o IPTU auxilia na garantia do uniforme com tênis e meias, da merenda, do kit de material escolar e do transporte, todos serviços realizados com qualidade e comprometimento, para o desenvolvimento do capital intelectual do município.
Construção compartilhada
Campanha IPTU 2014 destaca investimentos realizados com a contribuiçãoPara o desenvolvimento urbano, o IPTU também é aplicado em obras e melhorias na infraestrutura da cidade, como a pavimentação, que em um projeto recente está substituindo o antipó deteriorado de algumas vias, por massa CBUQ de qualidade. Outros projetos realizados em diversos departamentos, como os do Esporte, da Ação Social, da Segurança, do Monitoramento e do Planejamento, também se beneficiam desta arrecadação.
O secretário destaca que os investimentos feitos são um compromisso que todos assumem junto da equipe gestora. “A partir do momento que o cidadão quita seu tributo e fica em dia com a arrecadação municipal, ele assume esta coparticipação na realização das obras e dos projetos. Podemos dizer sim que Colombo está sendo gerida por todos em uma construção compartilhada”, concluiu Strapasson. O pagamento da parcela única do IPTU garante ao contribuinte o desconto de 7% até o próximo dia 25 de abril.
Tabela de vencimentos IPTU 2014
Desconto 7% | 25/04
Desconto 5% | 11/05
Parcela / Vencimento
01/05 | 11/05
02/05 | 11/06
03/05 | 11/07
04/05 | 11/08
05/05 | 11/09
Serviço:
Prefeitura Municipal de Colombo
Rua XV de Novembro, 105 – Centro – Telefones: 41 3656-8080 / 41 3656-8000
Regional Maracanã
Rua Dorval Ceccon, 664 | Telefone: 41 3675-5900
Regional Roça Grande / Osasco
Rua Prefeito Pio Alberti, 450 | Telefone: 41 3621-1382
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC, INSTAGRAM: @colombopmc e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br

Velório de menino de 11 anos achado morto comove Três Passos, RS



'Sempre tinha um sorriso no rosto', diz amiga de garoto morto aos 11 anos.
Pai, madrasta e amiga do casal foram presos como suspeitos.

O corpo de Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, encontrado morto em um matagal no interior deFrederico Westphalen, no Norte do Rio Grande do Sul  foi velado entre a manhã e a tarde desta terça-feira (15), no ginásio do Colégio Ipiranga, onde ele estudava, em Três Passos, no Noroeste. A cerimônia foi marcada pela comoção de moradores do município de cerca de 24 mil habitantes. O pai do menino, a madrasta e uma amiga da família estão presos. O corpo será levado para Santa Maria, onde será sepultado.
Colegas de aula estavam presentes na cerimônia. Alguns lembraram que o menino cultivava a religiosidade em seu cotidiano. “Mesmo diante de todo o sofrimento que passava, sempre tinha um sorriso no rosto. Ensinou pra todos que era preciso ser forte para superar todas as dificuldades", contou ao G1 a estudante Angélica Rodrigues, de 12 anos, amiga de Bernardo. As aulas no Colégio Ipiranga foram suspensas até a semana que vem.
Velório do menino encontrado morto no Noroeste do Rio Grande do Sul (Foto: Cristiane Luza/Jornal Folha do Noroeste)Amigos detalharam rotina de religiosidade do
garoto (Foto: Cristiane Luza/Jornal Folha do
Noroeste)
O suposto distanciamento entre Bernardo e o pai, o médico cirurgião Leandro Boldrini, também foi destacado por famílias que conheciam o garoto. As buscas por Bernardo, que ficou desparecido durante 10 dias já haviam mobilizado a comunidade escolar. "Procuramos incansavelmente. Estamos frustrados", comentou a psicóloga do colégio, Denise Helena Escher.
A escola divulgou uma nota lamentando a "cruel morte" de Bernardo e decretou luto oficial de três dias. "O Colégio Ipiranga chora com o partir de seu aluno. O teu sorriso viverá no coração de cada um de nós que aqui estamos chocados com a forma que partiste. Bernardo, que Deus te guarde e que vivas no amor de todos os colegas e professores que rezaram e ainda rezam por ti", afirma o comunicado.
Por volta de 15h desta terça, o corpo começou a ser deslocado para Santa Maria, na Região Central do estado, onde residem familiares de Bernardo. No município, ocorrerá um novo velório na Capela do Hospital de Caridade. Na manhã de quarta (15), ele será enterrado no Cemitério Ecumênico Municipal de Santa Maria, ao lado do túmulo da mãe. O sepultamento deve começar às 10h.
Ex-babá diz que madrasta o 'agredia com palavras'
Corpo de menino desaparecido em Três Passos, RS, será enterrado em Santa Maria, RS (Foto: Reprodução/RBS TV)Corpo de menino será enterrado em Santa Maria
(Foto: Reprodução/RBS TV)
Uma ex-babá do menino Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, encontrado morto em um matagal no interior de Frederico Westphalen, no Norte do Rio Grande do Sul, confirmou que o garoto recebia pouca atenção do pai e da madrasta, com quem morava na cidade deTrês Passos, a cerca de 400 quilômetros de Porto Alegre. A mulher trabalhou na casa da família por dois anos. A mãe do menino morreu há quatro anos.
O pai do garoto e a madrasta, além de uma amiga do casal, são suspeitos do crime.  Eles foram presos na noite de segunda-feira (14), depois que o corpo da criança foi encontrado, e estão em local não revelado por medida de segurança.
"Ela sempre afastava o menino dela. Agredia com palavras", diz Helaine Marisa Wentz, ex-babá do menino.
Durante a madrugada, moradores da cidade foram até a residência do casal para protestar com velas e cartazes, pedindo justiça. O pai é médico e a madrasta é enfermeira.
saiba mais

O caso chocou a comunidade de Três Passos. Órfão de mãe, o garoto já havia se queixado de abandono familiar, segundo a delegada Caroline Virginia Bamberg, responsável pela investigação. Em entrevista coletiva nesta terça-feira (15), ela afirmou que o menino chegou a procurar o Judiciário por conta própria, no início deste ano, para falar do assunto.
Na manhã desta terça (15), o Colégio Ipiranga, onde Bernardo curava o 6º ano do ensino fundamental, suspendeu as atividades por causa da morte do menino. As aulas só voltam na semana que vem. Emocionados, colegas e professores do garoto rezaram e pediram justiça.
Amigos da família disseram que Bernardo não tinha outros parentes na cidade. A mãe dele morreu em fevereiro de 2010. Segundo a polícia, a mulher cometeu suicídio com um tiro na cabeça no consultório médico do ex-marido, pai do garoto.
Caso corre em segredo de Justiça
A investigação corre em segredo de Justiça e poucos detalhes são fornecidos à imprensa. Entretanto, de acordo com a delegada, a amiga do casal relatou à polícia onde o corpo de Bernardo Uglione Boldrini estava enterrado.
A Polícia Civil disse ter certeza do envolvimento do pai, da madrasta e da amiga da mulher no sumiço do menino. “Precisamos identificar o que cada um fez para a condenação", afirmou aos jornalistas. Os três estão presos preventivamente por 30 dias.
O menino foi morto com uma injeção letal, segundo a Polícia Civil, o que ainda deverá ser confirmado pelo laudo. O corpo dele passará por perícia, já que foi encontrado em estado de decomposição.
Desaparecido 
De acordo com a família, Bernardo Boldrini havia sido visto pela última vez às 18h do dia 4 de abril, quando ia dormir na casa de um amigo, que ficava a duas quadras de distância da residência da família. No domingo (6), o pai do menino disse que foi até a casa do amigo, mas foi comunicado que o filho não estava lá e nem havia chegado nos dias anteriores.
No início da tarde do dia 4 de abril, a madrasta foi multada por excesso de velocidade. A infração foi registrada na ERS-472, em um trecho entre os municípios de Tenente Portela e Palmitinho. A mulher trafegava a 117 km/h e seguia em direção a Frederico Westphalen.
“O menino estava no banco de trás do carro e não parecia ameaçado ou assustado. Já a mulher estava calma, muito calma, mesmo depois de ser multada”, relatou o sargento Carlos Vanderlei da Veiga da PRF. A madrasta informou que ia a Frederico Westphalen comprar um televisor.

Menino achado morto no RS pediu para morar com outra família, diz MP


Segundo promotora, duas famílias indicadas preferiram não abrigar garoto.
Justiça deu nova chance para pai manter a guarda e buscar reconciliação


Encontrado morto em um matagal no interior de Frederico Westphalen, no norte do Rio Grande do Sul, o menino Bernardo Uglione Boldrini, de 11 anos, havia pedido em janeiro passado para morar com outra família por causa da falta de afeto em casa, diz o Ministério Público (MPE). 

A informação é da promotora da Infância e Juventude de Três Passos, Dinamárcia Maciel. No final do ano passado, ela instaurou um procedimento investigativo contra o pai de Bernardo, Leandro Boldrini. O médico foi preso junto com Graciele Ugolini Boldrini, a madrasta, e Edelvania Wirganovicz, amiga do casal, sob suspeita de serem os autores da morte.

Bernardo estava desaparecido desde o dia 4 de abril. Seu corpo foi encontrado na segunda-feira (14). Segundo a Polícia Civil, ele foi morto com uma injeção letal, o que ainda deverá ser confirmado pelo laudo. Graciele e Leandro Boldrini, que têm uma filha juntos, de 1 ano e 1 mês, moravam em Três Passos, no noroeste, junto com o garoto. A mãe biológica dele cometeu suicídio em 2010, aos 30 anos, segundo a Polícia Civil.
Corpo de menino desaparecido em Três Passos, RS, será enterrado em Santa Maria, RS (Foto: Reprodução/RBS TV)Corpo de Bernardo foi encontrado enterrado em
Frederico Westphalen (Foto: Reprodução/RBS TV)
"Ele estava em situação de negligência afetiva pelo abandono familiar, mas garantiu que jamais sofreu agressões físicas”, explicou Dinamárcia. Segundo a promotora, em entrevista em janeiro do ano passado, o garoto pediu para se mudar. “Pedi então que ele indicasse duas pessoas que ele queria morar. O Bernardo apresentou duas famílias, mas elas não compareceram. Alegaram que não queriam se incomodar e se envolver”, acrescentou.
Devido à falta de opções, a avó de Bernardo, que reside em Santa Maria, na região central do estado, se ofereceu para ter a guarda provisória do menino. No entanto, o pai foi chamado pela promotora e se mostrou muito interessado em restabelecer o vínculo com o filho. “Ele estava aparentemente interessado e o menino concordou. Como o pai não tinha antecedentes criminais, naquele momento, tendo em vista essa preferência pela família biológica, o juiz autorizou uma experiência”, disse a promotora.
Dinamárcia ressaltou que a postura adotada ao permitir a manutenção da guarda pelo pai é de praxe. “Considerando que não havia em nenhum momento, desde novembro, quando tivemos conhecimento do caso, notícias de agressões físicas, nos pareceu por consenso do próprio Bernardo que haveria uma oportunidade do pai resgatar o sentimento com o filho. Não dá pra trabalhar com o imprevisível. Mas dentro de um bom senso da legalidade, se fez o que faria em qualquer caso”, afirmou.
Velório marcado por comoção
O corpo de Bernardo  foi velado entre a manhã e tarde desta terça-feira (15), no ginásio do Colégio Ipiranga, onde ele estudava, em Três Passos. A cerimônia foi marcada pela comoção de moradores do município de cerca de 24 mil habitantes.
Velório do menino encontrado morto no Noroeste do Rio Grande do Sul (Foto: Cristiane Luza/Jornal Folha do Noroeste)Amigos detalharam rotina de religiosidade do
garoto (Foto: Cristiane Luza/Jornal Folha do
Noroeste)
Colegas de aula estavam presentes na cerimônia. Alguns lembraram que o menino cultivava a religiosidade em seu cotidiano. “Mesmo diante de todo o sofrimento que passava, sempre tinha um sorriso no rosto. Ensinou para todos que era preciso ser forte para superar todas as dificuldades", disse a estudante Angélica Rodrigues, de 12 anos, amiga de Bernardo. As aulas no Colégio Ipiranga foram suspensas até a próxima semana.
O suposto distanciamento entre Bernardo e o pai também foi destacado por famílias que conheciam o garoto. As buscas por Bernardo, que ficou desparecido durante 10 dias já haviam mobilizado a comunidade escolar. "Procuramos incansavelmente. Estamos frustrados", comentou a psicóloga do colégio, Denise Helena Escher.
A escola divulgou uma nota lamentando a "cruel morte" de Bernardo e decretou luto oficial de três dias. "O Colégio Ipiranga chora com o partir de seu aluno. O teu sorriso viverá no coração de cada um de nós que aqui estamos chocados com a forma que partiste. Bernardo, que Deus te guarde e que vivas no amor de todos os colegas e professores que rezaram e ainda rezam por ti", diz o texto.
Por volta de 15h, o corpo foi levado para Santa Maria, na região central do estado, onde residem familiares de Bernardo. No município, ocorrerá um novo velório na Capela do Hospital de Caridade. Na manhã de quarta (16), ele será enterrado no Cemitério Ecumênico Municipal de Santa Maria, ao lado do túmulo da mãe. O sepultamento deve começar às 10h.
saiba mais

Caso corre em segredo de Justiça
A investigação corre em segredo de Justiça e poucos detalhes são fornecidos à imprensa. Em entrevista coletiva, a delegada Caroline Virginia Bamberg, responsável pelo caso, disse que a amiga do casal relatou à polícia onde o corpo de Bernardo estava enterrado.
A Polícia Civil disse ter certeza do envolvimento do pai, da madrasta e da amiga da mulher no sumiço do menino. “Precisamos identificar o que cada um fez para a condenação", afirmou aos jornalistas. Os três estão presos preventivamente por 30 dias em local não revelado por medida de segurança.
De acordo com a família, Bernardo havia sido visto pela última vez às 18h do dia 4 de abril, quando ia dormir na casa de um amigo, que ficava a duas quadras de distância da residência da família. No domingo (6), o pai do menino disse que foi até a casa do amigo, mas foi comunicado que o filho não estava lá e nem havia chegado nos dias anteriores.
No início da tarde do dia 4 de abril, a madrasta foi multada por excesso de velocidade. A infração foi registrada na ERS-472, em um trecho entre os municípios de Tenente Portela e Palmitinho. A mulher trafegava a 117 km/h e seguia em direção a Frederico Westphalen. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que a mulher estava acompanhada do menino.
“O menino estava no banco de trás do carro e não parecia ameaçado ou assustado. Já a mulher estava calma, muito calma, mesmo depois de ser multada”, relatou o sargentoda PRF Carlos Vanderlei da Veiga. A madrasta disse ao policial que ia a Frederico Westphalen comprar um televisor.

Suspeito de comandar tráfico em bairro de Campo Largo é preso com 20 kg de maconha


Por Luiz Henrique de Oliveira



O serviço reservado da Polícia Militar (PM) apreendeu 20 kg de maconha em uma operação no bairro Francisco Gorski, em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, na tarde de ontem. Um suspeito de comandar o tráfico na região foi preso e outras cinco pessoas foramencaminhadas à delegacia.
De acordo com o superintende Job de Freitas, da Delegacia de Campo Largo, a informação de que um carro vinha carregado com maconha foi fundamental na operação dos policiais. “No local marcado para a entrega, a polícia encontrou a droga, um simulacro e outras situações que comprovam o tráfico. Seis pessoas foram trazidas à delegacia”, contou.
Job comentou que, devido a falta de provas, apenas o dono da casa e uma mulher que estava com ele ficaram detidos. “O primeiro por tráfico de drogas e associação ao tráfico e a segunda apenas por associação. Os outros quatro envolvidos eram adolescentes e pedreiros que trabalhavam na obra da casa do suspeito, que estava em reforma”, disse.
Os detidos estão encarcerados na DP de Campo Largo, à disposição da Justiça.

Quadrilha que saía do Paraná para assaltar e humilhar sacoleiros em São Paulo é presa


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

Quatro membros de uma quadrilha paranaense que assaltava sacoleiros no estado de São Paulo foram presos nesta terça-feira (15) por policiais do Centro de Operações Especiais (Cope). De acordo com o investigador Hilton, da Delegacia de Presidente Prudente, os quatro abordavam sacoleiros em estradas dos dois estados e utilizavam de muita violência para ficar com todos os pertences.
presosSP
Foto: Juliano Cunha – Banda B
“Eles levavam tudo que era comprado na capital paulista, além de levarem dinheiro e até mesmo as roupas das vítimas. Era muito humilhante, já que eles verificavam até as partes íntimas e usavam muita pressão psicológica”, disse.
Entre os membros da quadrilha, duas foram presas em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. Com os presos foram apreendidas duas pistola ponto 40, um veículo Jetta, vários celulares, notebooks e mais de R$ 15 mil em dinheiro.
No Paraná, os trechos de maior ação da quadrilha eram em Mauá da Serra e Faxinal. Um quinto bandido ainda é procurado pela polícia.

Auxiliar administrativa vai trabalhar de carro e só encontra o que sobrou dele uma semana depois


Por Luiz Henrique de Oliveira
UNO DENTRO
Depois e antes do carro (Foto: Arquivo pessoal)

A auxiliar administrativa Sandra San, de 33 anos, vive um drama. Moradora no bairro Orleans, em Curitiba, ela teve o carro furtado próximo ao seu trabalho, no bairro Juvevê, no último dia 10. Quase uma semana depois, o que sobrou do Fiat Uno foi encontrado em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, nesta terça-feira (15).
UNO DENTRO 2
Isto é o que sobrou do carro (Foto: Arquivo Pessoal)
Sandra é mais uma vítima de um crime que preocupa os moradores de Curitiba: o furto de carros. Para piorar, ela não tinha seguro, por conta do alto valor. “O que eu fico indignada é que era um carro comum, ano 1996, que eu só usava para ir trabalhar. Até agora só paguei a segunda parcela dele”, contou à Banda B.
Ainda de acordo com Sandra, agora só resta dar baixa no veículo e partir para outra. “Pelo menos deixo aqui registrado no Portal da Banda B minha indignação com o que aconteceu”, disse.
A Polícia Civil investiga o caso.

Assaltantes marcam encontro na frente de mercado e polícia aparece de penetra


Da Redação com Polícia Civil

Quatro homens que marcaram encontro e pretendiam assaltar um mercado de Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba, foram presos na última sexta-feira (15) após policiais civis do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) aparecerem de penetras no local. De acordo com o delegado Leonardo Bueno Carneiro, denúncias anônimas entregaram o esquema e os quatro acabaram presos antes mesmo de iniciarem a ação.
quadrilha
Foto: Juliano Cunha – Banda B
De acordo com as informações, os marginais que praticariam o crime iriam se reunir durante a madrugada em frente ao Mercado Tanguá, na Vila Tanguá. “Em diligências com outras equipes do Cope, foram realizadas as prisões de quatro homens em frente ao mercado, no momento em que planejavam a ação”, contou o delegado.
Foram presos João Maria Santos Filho, 55 anos; Gerson de Oliveira, 31 anos; Carlos Alexandre da Silva, 23 anos; e Valter Roni Borges, de 33 anos. Dois revólveres calibre 38 e dois veículos foram apreendidos. “Foram feitas buscas nas casas dos presos e na residência de Oliveira nós encontramos R$1.850 em notas de R$50 todas manchadas de tinta vermelha. O que faz gerar a suspeita de que esse dinheiro veio de algum caixa eletrônico explodido”, contou o delegado-adjunto do Cope.
Os bandidos chegaram em dois veículos. Num Siena branco, estavam Oliveira e Filho. Já Silva conduzia um Peugeot 206. Borges chegou ao local a pé. Verificou-se posteriormente que o Peugeot era proveniente de roubo e estava com a placa de outro veículo do mesmo modelo. Durante a busca no Siena, foram encontrados dois revólveres calibre 38. Ao checar o Sistema de Investigação Policial, verificou-se que Borges estava evadido do sistema prisional. “O quarteto foi autuado em flagrante por formação de quadrilha, porte e posse arma de fogo com sinal adulterado, adulteração de sinal identificador de veículo automotor, tentativa de roubo e receptação qualificada”, explicou Carneiro.
Traficante
Também na última sexta-feira (11), policiais do Cope prenderam Daniel Henrique Felau, 28 anos, no Cajuru, em Curitiba, por possuir um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas. “Os policiais faziam uma investigação a respeito da venda de um fuzil, quando abordaram Felau, que se identificou com uma CNH falsa, em nome de Carlos Eduardo Darcie de Carvalho. Por isso, ele também foi autuado em flagrante por uso de documento falso”, contou Carneiro.

A partir de hoje, curitibano já pode comprar e se deliciar com o pinhão


Da Redação


pinhao
(Foto: Divulgação AEN-PR)
Com o fim do verão e a queda das temperaturas é tradicional o consumo do pinhão e agora ele está liberado. A partir de hoje, o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) permite a colheita e a comercialização do fruto no Estado.
Antes de hoje, qualquer pessoa que fosse flagrada em uma dessas situações, até o dia 15, estariam sujeitas a responder a processo administrativo e a processo criminal, além de receber auto de infração ambiental com multa de R$ 300,00 para cada 60 quilos da semente
O abate dos pinheiros nativos adultos com pinhas nos meses de abril, maio e junho continua proibido.

MENINO DE 11 ANOS FOI ASSASSINADO COM PLANO MAQUIAVÉLICO PLANEJADO PELO PAI E MADRASTA

O pai, a madrasta e uma amiga do casal foram presos na noite de segunda.
Criança era procurada há 10 dias; caso causou comoção em Três Passos.




O menino de 11 anos que estava desaparecido desde o dia 4 abril foi morto com uma injeção letal, segundo a Polícia Civil de Três Passos, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul, onde a criança morava. O corpo de Bernardo Boldrini foi encontrado nessa segunda-feira (14) enterrado em um matagal, na beira de um rio, no interior de Frederico Westphalen, no Norte do estado. O pai, a madrasta e uma amiga do casal foram presos.
A suspeita dos policiais é que a madrasta tenha feito a aplicação, que será confirmada pela perícia. No dia que Bernardo sumiu, a mulher foi multada por excesso de velocidade em uma rodovia da região. A polícia disse que o menino estava dormindo no banco de trás. A madrasta informou que ia a Frederico Westphalen comprar um televisor.
Policiais fazem buscas ao corpo do menino de 11 anos desaparecido em Três Passos, RS (Foto: André B. Piovesan/Folha do Noroeste)Corpo foi achado em matagal, na beira de rio
(Foto: André B. Piovesan/Folha do Noroeste)
De acordo com a família, ele foi visto pela última vez em Três Passos, quando disse que ia dormir na casa de um amigo, que fica a duas quadras de sua residência. Dois dias depois, quando o pai foi buscar o garoto, descobriu que ele não estava lá e não havia chegado nos dias anteriores.
Nessa segunda, minutos após saberem da morte, dezenas de pessoas protestaram em frente à casa da família. Foram deixados alguns objetos, rosas brancas, velas, e cartazes foram fixados na grade. A polícia faz a guarda para que o local seja preservado.
Menino de 11 anos está desaparecido no Rio Grande do Sul (Foto: Reprodução/RBS TV)Menino de 11 anos estava desaparecido há 10 dias
(Foto: Reprodução/RBS TV)
A polícia vai dar mais detalhes da investigação em uma entrevista coletiva. O corpo de Bernardo vai ser velado no ginásio de esportes da escola em que ele estudava. O enterro está marcado para a tarde desta terça-feira (15) em Santa Maria, onde a mãe está sepultada.
Os dois carros da família foram recolhidos pela polícia no final de semana, mas ainda não há informações sobre o resultado da perícia. Contatada pelo G1 no sábado (12), a madrasta de Bernardo preferiu não se manifestar. Ela afirmou que a Polícia Civil a orientou a família a não revelar mais informações sobre o caso.

Cansada de assaltos em estação-tubo, empresa de ônibus estuda contratar segurança particular


Por Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento

Cansada de assaltos na estação-tubo Osternack, que fica localizada no bairro Ganchinho, em Curitiba, a empresa de ônibus São José já estuda contratar uma empresa de segurança particular para atuar no local. De acordo com relatos do sindicato e da empresa, foram 15 assaltos nos últimos 45 dias no local, o que preocupa a todos na região.
osternack
Foto: Divulgação
Localizada no cruzamento das ruas Eduardo Pinto da Rocha e Tijucas do Sul, os cobradores reclamam do fato de uma Unidade Paraná Seguro estar localizada a menos de 500 metros do local e do fato dos assaltantes agirem sempre sozinhos. “Eles sempre chegam armados, ameaçam os cobradores e nada é feito”, afirma.
Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus (Sindimoc), trabalhar ali é um perigo diário e várias tentativas de sensibilizar o poder público já foram tomadas. “Lamentavelmente a sensação de insegurança é muito grande, nos espanta a UPS ficar tão perto e a situação continuar ocorrendo. Tivemos reuniões no início do mês, mas os casos continuam”, disse.
A Banda B entrou em contato com a Prefeitura de Curitiba, que informou que a responsabilidade de garantir a segurança pública é do Governo do Estado. A Polícia Militar, por sua vez, disse que sempre que alguém é flagrado, é preso em flagrante e levado para a delegacia. Sobre casos anteriores, a responsabilidade passa a ser da Polícia Civil já que deve ser investigada. A PM frisa que é importante que as vítimas registrem boletins de ocorrência, para que a área apareça nos registros de maior incidência de crimes.

Suposto toque de recolher de traficantes fecha comércios e suspende aulas em Curitiba


Por Felipe Ribeiro e Luiz Henrique de Oliveira



Um suposto toque de recolher promovido por traficantes na comunidade do Xapinhal fez comerciantes fecharem as portas mais cedo nesta terça-feira (15). De acordo com o relato dos mesmos, a disputa de tráfico na região teria provocado esta ação. O Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Xapinhal 2 também encerrou as atividades mais cedo devido ao forte boato que circulava na região.
Segundo os relatos, várias pessoas comentam sobre a situação na região, mas ninguém confirma que de fato haja um toque de recolher. A Banda B entrou em contato com comerciantes da região e, enquanto alguns confirmam o boato, outros dizem não saber de nada. O aviso, segundo comerciantes, teria partido em retaliação à morte de um traficante.
Em nota, a Prefeitura de Curitiba confirmou que o CMEI Xapinhal 2 encerrou as atividades mais cedo nesta terça-feira em razão de informações que circulavam na comunidade sobre um suposto toque de recolher na região, felizmente até agora não comprovadas. Foi uma medida de precaução tomada pela direção da unidade e do núcleo regional de Educação diante da preocupação manifestada por funcionários e moradores das redondezas.
A Polícia Militar, por sua vez, reforçou o número de policiais no local e realiza uma patrulha preventiva. Policiais a paisana conversaram com comerciantes e até o momento o boato não foi confirmado.

Trabalhadores encostam barra de ferro em fio de luz e têm braços e mãos queimados

Por Elizangela Jubanski e Bruno Henrique



Duas pessoas foram levadas ao Hospital Evangélico em estado grave ao levarem um choque na manhã desta terça-feira (15) no bairro Xaxim, em Curitiba. Um garoto de 17 anos e outro jovem de 25 anos montavam um andaime quando levaram um choque ao encostar a barra de ferro no fio de alta tensão. Eles tiveram ferimentos nos braços e na mãos, mas não correm risco de morte.
Os trabalhadores estavam em um barracão na rua Frei Henrique de Coimbra montando um andaime para dar início a um trabalho de reparo no local quando o acidente aconteceu. Os dois acabaram encostando as barras de ferro nos fios de luz. Eles tiveram queimaduras nos braços e nas mãos.
De acordo com os socorristas do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate), as vítimas foram levadas ao Hospital Evangélico. “Ainda bem que o fio que a barra encostou era de menor potência, senão algo pior poderia ter acontecido”, finaliza o cabo Evandro.

Menino desaparecido no RS foi morto com injeção letal, diz polícia


O pai, a madrasta e uma amiga do casal foram presos na noite de segunda.
Criança era procurada há 10 dias; caso causou comoção em Três Passos.




O menino de 11 anos que estava desaparecido desde o dia 4 abril foi morto com uma injeção letal, segundo a Polícia Civil de Três Passos, na Região Noroeste do Rio Grande do Sul, onde a criança morava. O corpo de Bernardo Boldrini foi encontrado nessa segunda-feira (14) enterrado em um matagal, na beira de um rio, no interior de Frederico Westphalen, no Norte do estado. O pai, a madrasta e uma amiga do casal foram presos.
A suspeita dos policiais é que a madrasta tenha feito a aplicação, que será confirmada pela perícia. No dia que Bernardo sumiu, a mulher foi multada por excesso de velocidade em uma rodovia da região. A polícia disse que o menino estava dormindo no banco de trás. A madrasta informou que ia a Frederico Westphalen comprar um televisor.
Policiais fazem buscas ao corpo do menino de 11 anos desaparecido em Três Passos, RS (Foto: André B. Piovesan/Folha do Noroeste)Corpo foi achado em matagal, na beira de rio
(Foto: André B. Piovesan/Folha do Noroeste)
De acordo com a família, ele foi visto pela última vez em Três Passos, quando disse que ia dormir na casa de um amigo, que fica a duas quadras de sua residência. Dois dias depois, quando o pai foi buscar o garoto, descobriu que ele não estava lá e não havia chegado nos dias anteriores.
Nessa segunda, minutos após saberem da morte, dezenas de pessoas protestaram em frente à casa da família. Foram deixados alguns objetos, rosas brancas, velas, e cartazes foram fixados na grade. A polícia faz a guarda para que o local seja preservado.
Menino de 11 anos está desaparecido no Rio Grande do Sul (Foto: Reprodução/RBS TV)Menino de 11 anos estava desaparecido há 10 dias
(Foto: Reprodução/RBS TV)
A polícia vai dar mais detalhes da investigação em uma entrevista coletiva. O corpo de Bernardo vai ser velado no ginásio de esportes da escola em que ele estudava. O enterro está marcado para a tarde desta terça-feira (15) em Santa Maria, onde a mãe está sepultada.
Os dois carros da família foram recolhidos pela polícia no final de semana, mas ainda não há informações sobre o resultado da perícia. Contatada pelo G1 no sábado (12), a madrasta de Bernardo preferiu não se manifestar. Ela afirmou que a Polícia Civil a orientou a família a não revelar mais informações sobre o caso.