Portuguesa deixa gramado, e jogo contra o Joinville é interrompido por ordem judicial

Aos 16 minutos de partida, vem a ordem para que a Lusa deixe o gramado para atender a determinação judicial. Liminar em vigor devolve pontos a time paulista




A estreia da Portuguesa na Série B do Campeonato Brasileiro, contra o Joinville, foi paralisada por ordem judicial. Durante o primeiro tempo, com respaldo de uma liminar obtida por um torcedor na 3ª Vara Cível do Foro Regional da Penha, o delegado responsável pelo jogo interrompeu o jogo aos 16 minutos. 
Na última quinta-feira, essa decisão, uma tutela antecipada, determinou que fossem devolvidos os quatro pontos perdidos pela Lusa na Série A do ano passado pela escalação irregular do meia Héverton, na última rodada, contra o Grêmio. Isso livraria a equipe do rebaixamento que foi determinado em julgamento no STJD, em dezembro.
Durante o primeiro tempo, o filho do presidente da Portuguesa, Ilídio Lico, levou a liminar às mãos do delegado da partida, Laudir Zermiani. Minutos depois, ele interrompeu a partida. O técnico da equipe paulista, Argel Fucks, recebeu a notícia e, sem hesitar ou se surpreender, tirou imediatamente o time de campo. 
- Por que começou o jogo, então? - perguntou um atleta do Joinville, ao saber que a liminar não havia sido cassada, para em seguida ouvir um pedido de calma de Argel.


Os jogadores da Lusa foram para o vestiário, o que revoltou os torcedores na arquibancada. Eles gritaram “vergonha!” e mostraram notas de dinheiro, cobrando pelo valor dos ingressos.
- Sou funcionário da Portuguesa. É uma decisão do presidente, do departamento de futebol, tenho que acatar - disse Argel.
Ao GloboEsporte.com, na última quinta, Ilídio Lico havia declarado que a equipe entraria em campo, mesmo com a liminar, caso a CBF não respondesse o pedido de adiamento do jogo. Disse que tinha respeito pelo público e pelo futebol. Porém, assim que a partida teve início, Lico foi notificado de que estava descumprindo uma ordem judicial e poderia responder criminalmente por isso. Imediatamente, entrou em contato com o filho, Marcos Lico, e pediu que o time saísse de campo.
Logo depois, o presidente do Joinville, Nereu Martinelli, afirmou que recebeu por meio do vice-presidente da CBF na região Sul, o catarinense Fábio Nogueira, o aviso de que a única pessoa capacitada para receber essa notificação seria o presidente da CBF, José Maria Marin.
Joinville x Portuguesa  (Foto: Karen Couto/RBS TV)Delegado da partida com a liminar que interrompe o jogo
(Foto: Karen Couto/RBS TV)
Martinelli procurou o delegado da partida, que foi ao vestiário da Portuguesa e deu alguns minutos para que o time paulista voltasse a campo. No entanto, prevaleceu a ordem vinda de São Paulo para que não houvesse jogo.
Quando o trio de arbitragem deixou o gramado, sob proteção policial, os torcedores também começaram a ir embora.
- Conversamos antes da partida com os diretores da Portuguesa, falamos para eles discutirem só na terça-feira a legitimidade da liminar. Até porque a Portuguesa é simpática, tem essa diretoria nova. Outras liminares já foram cassadas, e essa vai ser com certeza. Quem vai ser prejudicada é a Portuguesa - alertou o presidente do Joinville.
O árbitro da partida Marcos André Gomes da Penha (ES) disse que entregará a súmula da partida em branco para que a CBF resolva o que fazer.

Vice jurídico pede demissão
A decisão do presidente Ilídio Lico de mandar o time da Portuguesa a campo causou o pedido de demissão do vice jurídico do clube, Orlando Cordeiro de Barros. Ele havia alertado que isso seria um descumprimento de uma ordem judicial.

- Há uma liminar da Justiça. Isso tem efeito de lei e tínhamos de cumpri-la. Se não fosse favorável a nós, eu também defenderia seu cumprimento. É uma questão de postura. A minha era irredutível e, como o presidente decidiu ir ao contrário, estou saindo do cargo - disse o vice em entrevista à “Folha de S. Paulo”.

Manhã de sexta-feira santa tem dois assassinatos na RMC, um foi em Colombo


Por Luiz Henrique de Oliveira, Antônio Nascimento e Bruno Henrique


A Polícia Militar atendeu dois locais de mortes na manhã desta sexta-feira (18) de Páscoa na região metropolitana de Curitiba. Um caso foi no bairro Alto Maracanã, em Colombo, e o outro no Jardim Guarituba, em Piraquara.
Colombo
COLOMBO
Vítima levou vários tiros (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Marcos Paulo dos Santos foi encontrado assassinado com vários tiros por volta das 5h30 desta sexta-feira na rua Rui Barbosa. Um morador da região fumava um cigarro de palha e tomava chimarrão, quando ouviu vários disparos.
“Sai para ver o que tinha acontecido após alguns minutos e encontrei este rapaz já morto. Acho que ele levou mais de seis tiros”, disse à Banda B. Ao lado do corpo do suspeito, um telefone celular e documentos.
Piraquara
PIRAQUARA
Neste caso, a morte foi com golpes de pedra (Foto: Bruno Henrique – Banda B)
Na rua São João Batista um homem com porte físico avantajado foi encontrado assassinado com golpes de pedra no início da manhã de hoje. Policiais militares foram ao local e, seguindo rastros de sangue, encontrou o corpo da vítima, que ainda não foi identificada oficialmente.
A Polícia Civil investiga os casos.

Viagens pelas rodovias do PR duram o dobro de tempo nesta sexta-feira santa


Da Redação 

O fluxo de veículos na BR-277 rumo às praias e ao interior do Paraná começou a diminuir no início da tarde desta sexta-feira (18). Perto das 13h30, o número de carros registrados por hora passou para 1,6 mil – o pico registrado até agora foi de 2,3 mil veículos entre as 11 e 12h. O movimento era de quatro vezes acima do normal.
congestionamento
Na BR-277 sentido Curitiba/Campo Largo, o trânsito ficou congestionado na maior parte do dia. (Foto: Ana Cristina Trento)
Uma viagem para Laranjeiras do Sul, por exemplo, que fica a 370 km de Curitiba, leva normalmente cerca de quatro horas para ser feita. Com o movimento das estradas neste feriado prolongado, o motorista deve fazer o trajeto em oito horas, o dobro do tempo em ocasiões normais. Já no sentido Curitiba, o fluxo é baixo, com 260 carros por hora.
Segundo a concessionária Ecovia, que administra a região, mais de 14 mil veículos já seguiram hoje para o litoral do Paraná. Mesmo com a diminuição do fluxo, o movimento continua intenso no sentido Paranaguá e há congestionamentos. A Polícia Rodoviária Federal (PRF), não há interdições na estrada. Na BR-376, sentido litoral de Santa Catarina, a fila passou dos 30 km na manhã desta sexta devido a obras no local.
BR-277 sentido interior
Em direção ao interior, o movimento também é intenso na tarde de hoje com vários trechos de fila. Entre Curitiba e São Luiz do Purunã, 252 mil veículos são aguardados neste feriado. A melhor alternativa, segundo a Ecovia, é evitar pegar a estrada entre até as 15h e viajar após este horário ou no sábado (19), a qualquer hora. Um grande volume de motoristas saiu da capital de maneira concentrada, na manhã de hoje, o que gerou congestionamentos por excesso de veículos em pontos diferentes, ao longo da saída para o Contorno Sul e o 140, o encontro das BRs 277 (sentido Oeste) e 376 (sentido Norte e Campos Gerais).
BR-376 sentido litoral de Santa Catarina
Já em direção ao litoral catarinense, o volume de carros na tarde de hoje é acima do normal. A Autopista Litoral Sul espera que 39 mil veículos circulem por dia no trecho entre Curitiba e Palhoça. Na saída para o feriado, o maior movimento deverá ocorrer entre às 17h e meia noite de quinta-feira (17) e das 6h às 16h de sexta-feira (18), com maior concentração de fluxo no sentido Sul (Palhoça). No retorno, a previsão é de que o fluxo seja intenso durante toda a segunda-feira (21) das 8h até a meia-noite com maior volume de tráfego no sentido Norte.

Homem assalta terminal do Portão, se prepara para ‘curtir’ feriado e acaba atrás das grades


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

Um homem que costumava assaltar estações-tubo em Curitiba foi preso no terminal do Portão na tarde desta sexta-feira (18). Luiz Fernando da Silva Bello, de 34 anos, abordou o cobrador de uma das entradas do terminal, deu voz de assalto e levou cerca de R$ 140 do caixa.
assaltante-estacao-tubo-180414-bandab
(Foto: Juliano Cunha – Banda B)
Em seguida, ele saiu para pegar o ônibus como se nada tivesse acontecido. A Guarda Municipal (GM) foi acionada e conseguiu capturar o assaltante. “De ‘belo’ ele não tem nada mesmo, só o sobrenome. Ele estava visivelmente embriagado e, após o crime, teria erguido uma garrafa de vinho para curtir o feriado. A sorte foi que nós chegamos rapidamente no local e agora ele vai passar a Páscoa preso”, afirmou o guarda Peruchi em entrevista à Banda B.
O assaltante não estava armado, mas passou o tempo todo ameaçando a vítima e os guardas. De acordo com o guarda, ele vestia uma camiseta de uma torcida organizada do Coritiba. “Ele foi preso xingando todo mundo. Ele olhou para mim e me pediu um óculos, para que pudesse marcar o meu rosto para me matar depois”, completou o guarda.
Depois da ação da guarda, Luiz Fernando foi encaminhado para o Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul) e deve permanecer preso.

Caminhão enrosca em fios e derruba postes em cima de loja na Avenida das Torres


Por Marina Sequinel
(Fotos cedidas pelo comerciante à Banda B)

Um a carreta de um caminhão enroscou em fios elétricos e acabou derrubando três postesna Avenida das Torres, em Curitiba, na noite desta quinta-feira (17). Dois postes caíram sobre uma loja de veículos da região.
Segundo o comerciante do estabelecimento, o acidente aconteceu por volta das 20h de ontem e, até a manhã desta sexta-feira (18), o local ainda estava sem luz. “A Copel esteve ontem e hoje aqui para a substituição dos postes da rua e a energia só foi estabelecida agora há pouco. Mas o prejuízo com a loja sou eu quem tem que arcar”, relatou ele à Banda B.
O comerciante ainda afirmou que o problema aconteceu porque os cabos da rede estão muito baixos. “Outros também estão assim ao longo da rua e ninguém resolve”, reclamou. O caminhoneiro não teria ficado no local, já que quando o dono da loja chegou não havia ninguém lá.

ÁUDIO DO MESA REDONDA DOS BLOG'S COM PARTICIPAÇÃO DO VEREADOR GIL GERA FALANDO DE CPI DA UVA

Dois capotamentos assustam moradores do Sítio Cercado; uma pessoa ficou gravemente ferida


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha
(Fotos: Juliano Cunha – Banda B)

Um grave acidente assustou os moradores do bairro Sítio Cercado, em Curitiba, na tarde desta sexta-feira (18). Na esquina das ruas dos Pioneiros com a David Tows, um Sandero colidiu contra uma kombi da Secretaria Municipal de Trânsito (Setran), que acabou capotando.
A kombi seguia pela canaleta de ônibus quando ultrapassou o sinal vermelho para atender uma ocorrência. “Como o sinal estava verde para mim, eu passei e não consegui frear quando vi a kombi”, relatou o motorista do Sandero à Banda B. Com o impacto, o veículo da Setran travou no meio-fio, rodou e capotou.
O motorista do Sandero estava com a esposa e a filha. Felizmente, ninguém ficou ferido. De acordo com o condutor da kombi, os outros carros pararam para o veículo passar, mas o Sandero não. “Nesse tipo de colisão, a kombi capota mesmo. Sorte que todos estavam usando cinto de segurança e não houve vítimas”, concluiu ele.
No Alto Boqueirão
(Fotos: Juliano Cunha – Banda B)

Na continuação da rua dos Pioneiros, que converge para a Wilson Dacheux Pereira, outro acidente marcou a tarde de hoje, a cerca de 500 metros de onde ocorreu o primeiro caso.
O motorista de um veículo vermelho fez uma conversão proibida na esquina com a rua Francisco Derosso e bateu em um Palio. Com o impacto, o Palio rodou, capotou e acabou atingindo um pedestre de aproximadamente 30 anos, que estava na calçada.
Identificado apenas como Emerson, a vítima foi socorrida pelo Siate e encaminhada para o Hospital do Trabalhador em estado grave. Segundo populares, o homem é metalúrgico e morador da região.

Gangue do Maçarico corta caixa eletrônico de agência bancária no Batel


Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique


santander
Caixa foi cortado pela gangue (Foto: Bruno Henrique – Banda B)
Se muita gente deixou Curitiba para aproveitar o feriado prolongado de Páscoa e Tiradentes, os membros da Gangue do Maçarico parecem ter ficado por aqui. Tanto que, na manhã desta sexta-feira (18), quando um cliente foi a uma agência bancária do Santander no bairro Batel, a encontrou com sinais de destruição.
O banco está localizado na rua Vicente de Machado, em frente ao Hospital do Exército, o que deixou um cliente preocupado. “Cheio de militares indo ali e os bandidos nem se importaram. Realmente é uma sensação de insegurança aqui em Curitiba”, afirmou.
Um caixa eletrônico foi destruído e o dinheiro dele levado. O valor não foi informado pela Polícia Militar (PM).

Homem desce de ônibus e é assassinado em tocaia na CIC


Por Danaê Bubalo


Um homem de 28 anos foi assassinado na noite desta quinta-feira (17) na Rua Jan Frederik de Jager, na Vila Augusta, na Cidade Industrial de Curitiba. Segundo testemunhas, a vítima estava no interior do ônibus da linha Vila Marisa, quando desceu e foi surpreendida pelos autores.
Foram ouvidos oitcicio disparos e seis atingiram o rapaz, identificado como Hugo Rodrigues. Logo que a reportagem chegou ao local, foi impedida pela tenente Larissa Toniollo, do 23º Batalhão, de buscar informações sobre o que aconteceu. Por sua vez, o investigador Castro, da Delegacia de Homicídios de Curitiba (DH), falou sobre o caso à Banda B.
“A vítima não tem residência aqui, ela era moradora em São José dos Pinhais e possivelmente veio visitar um filho que mora na CIC. Foi uma tocaia, eles sabiam que o rapaz ia descer do ônibus”, descreveu.
O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

VEREADOR GIL GERA PRESIDENTE DA CPI DA UVA NÃO TEME REPRESÁLIAS, DISSE EM ENTREVISTA AO PROGRAMA MESA REDONDA DOS BLOG'S





Ontem dia 17/04 no programa MESA REDONDA DOS BLOG'S, pela RÁDIO MARACANÃ o presidente da CPI da UVA, o vereador Gil Gera, em entrevista por telefone, declarou que segue firme na presidência da CPI e que não teme as ameças que vem sofrendo  pelo fato de estar presidindo a CPI.  Diz que é baiano de coração e cresceu comendo acarajé e que não foi desmamado  com garapa. Seguirá firme diante da COMISSÃO, desenvolvendo o seu trabalho junto com o RELATOR da CPI o vereador Waldirlei Bueno e os outros integrantes e que não medirá esforços para que no prazo regimental de 120 dias consiga apurar todos fatos ocorridos nas referidas FESTAS e informar toda população com isenção. Disse ainda que na próxima semana a CPI receberá vários documentos importantes  para serem analisados, declarou ainda que em todas as reuniões da CPI os 10 primeiros minutos serão abertas a imprensa e aos vereadores não participantes da referida comissão. pois o blogueiro Ivan de Colombo tinha declarado minutos antes no programa MESA REDONDA que a CPI ficaria desacreditada, pois nas última reunião viu vários vereadores que votaram contra a CPI estar participando da mesma.

Assaltantes interceptam carro-forte e roubam R$ 2 milhões no Sertão de PE


Crime aconteceu entre as cidades de Ouricuri e Parnamirim.
Polícia realiza buscas na região para tentar capturar os suspeitos.


Na tarde desta quinta-feira (17), criminosos assaltaram um carro-forte que trafegava pela BR-316, próximo à localidade de Alto do Engenheiro, distante 22 quilômetros do centro de Ouricuri, Sertão pernambucano. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o veículo foi ultrapassado por outro carro com cerca de quatro homens armados.
O carro-forte foi abordado por volta das 14h30. Durante a ação, os dois pneus dianteiros foram estourados e os vigilantes responsáveis pela segurança do carro-forte desembarcaram e conseguiram fugir.
De acordo com o relato dos vigilantes, aconteceram três explosões e os criminosos deixaram o local levando cerca de R$ 2 milhões, além de duas espingardas calibre 12 e um revólver calibre 38. Os seguranças relataram à polícia a suspeita de que, antes da ação, o carro-forte estaria sendo seguido por uma caminhonete, mas eles não têm certeza se o veículo estava mesmo envolvido no assalto.
Foram levados cerca de R$ 2 milhões de carro-forte no Sertão de PE, diz PRF (Foto: Divulgação / PRF)Foram levados cerca de R$ 2 milhões de carro-forte
no Sertão de PE, diz PRF (Foto: Divulgação / PRF)
Segundo informações da Delegacia deParnamirim, uma policial militar que vinha do Recife com a família com destino a Ouricuri passava pelo local e viu a ação dos criminosos. Ela pediu que os familiares deixassem o local e iniciou a abordagem aos assaltantes. Houve troca de tiros, mas a PM saiu ilesa e seguiu para a Delegacia de Parnamirim.
Os homens conseguiram fugir, mas policiais do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI), das Rondas Ostensivas Com Apoio de Motocicleta (ROCAM), Polígono da Quixaba, 7º BPM de Ouricuri e da Polícia Rodoviária Federal foram para a caatinga na tentativa de capturar os homens.
A polícia também informou que o motorista e o carro-forte são os mesmos que sofreram uma tentativa de assalto em 12 de março deste ano, próximo ao distrito de Quixaba, que fica a 40 quilômetros de Ouricuri. Na ocasião, o motorista percebeu a ação e fez uma manobra retornando ao posto policial, de onde foi escoltado pela Polícia Militar e pela Polícia Federal até seu destino.