Prazo para desconto de 7% no IPTU encerra nesta sexta-feira, dia 25



Secretaria da Fazenda destaca as diferenças entre taxa de lixo e taxa de limpeza e conservação, cobrada no carnê 



A Secretaria da Fazenda alerta para o fim do prazo do pagamento da cota nica do Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU) de Colombo, que se encerra no dia 25 de abril, nesta sexta-feira. O pagamento até esta data garante desconto de 7%. Depois disto, a quitação feita até o dia 11 de maio concede desconto de 5%.
É através deste tributo, e das taxas incluídas no carnê, que diversos serviços são realizados pelo município. E neste ano, o contribuinte observou a discriminação de algumas taxas, que são especialmente direcionadas aos serviços em questão.
Uma das taxas arrecadadas através do carnê do IPTU é a de limpeza e conservação da cidade. O secretário da Fazenda, Marcio Strapasson, explica a diferença. “Uma das taxas que hoje é paga em cota única anual, junto do IPTU é a de limpeza e conservação. Esta verba arrecadada é utilizada pelos setores que realizam o serviço de limpeza de bocas de lobo, canteiros nas ruas, calçadas e ruas. Há quem confunda com a taxa de coleta de lixo, cobrada mensalmente na conta de água, mas são duas coisas diferentes, destacou Strapasson.
A taxa cobrada na fatura de água é uma arrecadação para a manutenção das coletas de resíduos orgânico e seletivo. Esta é uma taxa mensal, arrecadada através da Sanepar, empresa que fornece a água para o Estado do Paraná, e repassada aos municípios, para que realizem o serviço de coleta.

Retorno para o cidadão
O secretário da Fazenda, explica a importância de evidenciar os setores beneficiados com cada valor. “O IPTU como um todo será investido no município e quem ganha é o cidadão, mas distinguir as taxas aplicadas é importante para que ele possa ver onde o seu dinheiro está sendo empregado”, lembrou o secretário.
Hoje o tributo é empregado pela prefeitura em educação, com o fornecimento dos uniformes, merenda escolar de qualidade e transporte para os alunos. Assim como no setor de obras, o tributo auxilia nos investimentos realizados pela Prefeitura em drenagem, evitando que enchentes atinjam o município e pavimentação, para acabar com a lama e com a poeira.
Quem ainda não recebeu o carnê pode retirar a segunda via no site, na área da Prefeitura 24 Horas, através do endereço portal.colombo.pr.gov.br ou no site www.seuiptu.com.br.

BBOOXX
Tabela de vencimentos IPTU 2014

Desconto 7% | 25/04
Desconto 5% | 11/05

Parcela / Vencimento

01/05 | 11/05
02/05 | 11/06
03/05 | 11/07
04/05 | 11/08
05/05 | 11/09

Serviço:

Prefeitura Municipal de Colombo
Rua XV de Novembro, 105 Centro Telefones: 41 3656-8080 / 41 3656-8000

Regional Maracanã
Rua Dorval Ceccon, 664 | Telefone: 41 3675-5900

Regional Roça Grande / Osasco
Rua Prefeito Pio Alberti, 450 | Telefone: 41 3621-1382

Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG  colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC, INSTAGRAM: @colombopmc e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br

Regina Casé vai a cemitério para enterro de dançarino do 'Esquenta!'


Muito emocionada, disse que ficaria 'chocada' mesmo sem conhecer DG.
Dançarino morreu ao ser baleado em favela da Zona Sul do Rio.





A apresentadora do programa "Esquenta!" da TV Globo, Regina Casé, chegou para o enterro do dançarino Douglas Rafael da Silva Pereira, conhecido como DG, às 14h45 desta quinta-feira (24), no Cemitério São João Batista, em Botafogo, Zona Sul do Rio. Regina entrou em meio a um tumulto e chorou muito ao falar com jornalistas sobre a morte. O corpo foi enterrado às 15h35, sob muita chuva, comoção e aplausos.

A apresentadora deu um longo abraço na mãe de DG e pediu rigor nas investigações, como mostrou o RJTV (
veja no vídeo ao lado). "Haja o que houve, quem esteja com a razão, a verdade tem que vir à tona o mais rápido possível. Estou me empenhando, assim como todos juntos, o máximo, acompanhando de todos os lados. Fira a quem ferir, nós vamos saber a verdade e saber o que aconteceu.""Se fosse uma pessoa que eu nunca vi na vida, que eu não conhecesse, eu ficaria chocada de qualquer maneira", disse a apresentadora, muito emocionada, e lembrando que, em quatro anos de programa com participação de DG, ele se mostrou sempre pontual e dedicado. "Era um excelente profissional, todas as crianças amam, muito criativo."
Mais cedo, Regina Casé já havia postado uma mensagem em seu perfil no Instagram. "Abraçados..., de roupa...., chorando.... adormecemos por algumas horas. Hoje o dia vai ser duro. Apoiar e amparar sua família, a minha, a nossa... E procurar forças pra enterrar nosso menino e buscar coragem pra continuar... DG Vem que vem pra sempre pros nossos corações!", escreveu.
Protesto
Um grupo formado por mais de cem pessoas, liderado por dezenas de motociclistas saiu de Copacabana, onde fica a comunidade Pavão-Pavãozinho, para protestar na porta do cemitério contra a política de pacificação. DG, dançarino do programa de Regina Casé na TV Globo, foi encontrado morto após ser atingido por um tiro na terça (22) em uma creche da favela pacificada. Após o enterro, um grupo seguiu em nova passeata de volta à favela.
Uma chuva forte caiu por volta das 14h30, mas não esfriou os ânimos da manifestação. "Não vai ter Copa" foi o primeiro grito que se ouviu quando o grupo se aproximava da saída do Túnel Velho. Em seguida, as palavras de ordem exigiam o fim da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), que era chamada de "assassina". Os manifestantes foram aplaudidos por quem já estava no velório do dançarino.
Corpo de DG é enterrado com cerca de 400 pessoas presentes (Foto: Káthia Mello / G1)Corpo de DG é enterrado com cerca de 400 pessoas presentes (Foto: Káthia Mello / G1)
Moradores da comunidade Pavão-Pavãozinho protestam após morte do dançarino Douglas Rafael da Silva Pereira, pela Rua Nossa Senhora de Copacabana, no Rio de Janeiro (Foto: Fábio Motta/Estadão Conteúdo)Moradores da comunidade Pavão-Pavãozinho protestam após morte do dançarino Douglas Rafael da Silva Pereira, pela Rua Nossa Senhora de Copacabana, no Rio de Janeiro (Foto: Fábio Motta/Estadão Conteúdo)
A mãe de DG, Maria de Fátima Silva, disse que não gostaria da presença de policiais no enterro de seu filho. "Eu não quero eles aqui. Aqui estão os amigos do meu filho, que vieram se despedir dele. Não tem bandido aqui. Eles não têm que estar aqui", dizia ela ao perceber a intensa movimentação policial que se formou após a chegada do grupo que saiu a pé da comunidade Pavão-Pavãozinho para protestar. Durante toda a manhã não havia policiamento nos arredores do cemitério.
'Esquenta!'
Douglas Rafael fazia parte do Bonde da Madrugada, do programa "Esquenta!". Em nota enviada no dia em que o corpo de DG foi encontrado, Regina Casé lamentou a morte e pediu que o crime seja esclarecido.

"Eu estou arrasada e toda a família Esquenta está devastada com essa notícia terrível. Uma tristeza imensa me provoca a morte do DG, um garoto alegre, esforçado, com vontade imensa de crescer. O que dizer num momento desses? Lamentar claro essa violência toda que só produz tragédias assim. Que só leva insegurança às populações mais pobres do país. Agora, é impossível saber exatamente o que houve. Mas é preciso que a Polícia esclareça essa morte, ouvindo todos, buscando a verdade. A verdade, seja ela qual for, não porá fim à tristeza. Mas é o único consolo", disse.
Policiamento foi reforçado ao redor do cemitério (Foto: Káthia Mello / G1)Policiamento foi reforçado ao redor do cemitério
(Foto: Káthia Mello / G1)
A assessoria de imprensa da Globo também se manifestou: "A família Esquenta! está profundamente abalada e triste com a notícia da morte. Perdemos um dos mais criativos dançarinos que já conhecemos em qualquer palco. Desde a primeira temporada do nosso programa, há quatro anos, DG só alegrava nossas gravações. Ele vai sempre ser lembrado em nossas vidas por estas duas palavras: alegria e criatividade".

Reforço
O policiamento continuava reforçado na manhã desta quinta-feira nas proximidades do Morro Pavão-Pavãozinho, após o protesto violento da terça (22), quando foi achado o corpo do dançarino.
Grupo de manifestantes caminha em direção ao Cemitério São João Batista (Foto: Daniel Silveira / G1)Grupo de manifestantes caminha em direção ao Cemitério São João Batista (Foto: Daniel Silveira / G1)
A mãe de Douglas, Maria de Fátima Silva durante velório do dançarino Douglas Rafael da Silva Pereira, conhecido como DG, no Cemitério São João Batista, zona sul do Rio de Janeiro (RJ) (Foto: José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo)Mãe de Douglas, Maria de Fátima Silva, durante velório do dançarino (Foto: José Lucena/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Supremo absolve Collor de Mello de peculato, corrupção e falsidade ideológica


Tribunal analisou última ação da época em que senador era presidente.
Procuradoria acusou Collor de receber propina em troca de contratos.



O plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) absolveu nesta quinta-feira (24) o ex-presidente da República e senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) das acusações de peculato, corrupção passiva e falsidade ideológica.
O senador e ex-presidente da República, Fernando Collor (PTB-AL) (Foto: Geraldo Magela/Agência Senado)O senador e ex-presidente da
República, Fernando Collor
(PTB-AL) (Foto: Geraldo Magela /
Agência Senado)
Segundo a denúncia do Ministério Público, Collor teria recebido propina de empresários do setor de publicidade em troca de benefícios em contratos. Conforme a acusação, o dinheiro era usado para pagar contas pessoais do ex-presidente, como a pensão de um filho fora do casamento.
As acusações de falsidade ideológica e de corrupção já estavam prescritas e, de qualquer forma, não poderia mais haver punição em razão do tempo decorrido dos fatos.
Dos oito ministros que votaram, três consideraram que os crimes que prescreveram nem deveriam ser julgados (Teori Zavascki, Rosa Weber e Joaquim Barbosa). Os outros cinco votaram pela absolvição (Cármen Lúcia, Dias Toffoli, Luís Robero Barroso, Luiz Fux e Ricardo Lewandowski).
Os ministros Marco Aurélio Mello, que é primo de Collor, Gilmar Mendes e Celso de Mello não participaram do julgamento.
A denúncia foi recebida pela Justiça comum, e o caso chegou ao Supremo em 2007, quando Collor assumiu o mandato de senador. O processo estava sob a relatoria do ministro Menezes Direito, que morreu em 2009.
Punir alguém em 2014 por fatos ocorridos em 1991, na minha visão, seria quase como punir outra pessoa, passado tanto tempo"
Luís Roberto Barroso, ministro do STF
Em 2009, a relatora passou a ser a ministra Cármen Lúcia. O processo ficou quatro anos no gabinete de Cármen Lúcia e, em novembro de 2013, ela enviou para Dias Toffoli, que é revisor da ação penal. O processo foi liberado no fim do ano passado para julgamento.
A vice-procuradora da República Ela Wiecko pediu que Collor fosse condenado pelos desvios por conta da "teoria do domínio do fato". Para ela, não havia possibilidade de o acusado não ter conhecimento das irregularidades.
A relatora da ação, ministra Cármen Lúcia, destacou que não ficou provado que o ex-presidente tinha conhecimento de desvios. "Só tem o domínio do fato quem tem conhecimento do fato. O MP tem que ter prova disso para que não se tenha leitura equivocada. Não se cuida de uma denúncia que pode ser tratada como primor de peça."
  •  
Demora
O presidente do Supremo, ministro Joaquim Barbosa, disse que, embora a mãe da criança tenha confirmado que recebeu dinheiro de envolvidos, não há prova de "relação direta" do ex-presidente.
"A mãe confirmou que recebeu recursos por intermédio desses fatos. Há pelo menos mais do que indícios. O que falta? É a relação direta dele, do ex-presidente, com aquela prova que o ligaria diretamente. Há uma ligação indireta. [...] O que realmente falta é a prova definitiva da ordem, da determinação dele."
O ministro Luís Roberto Barroso criticou a demora para o julgamento.
"Uma das áreas que eu acho que nós ainda não estamos conseguindo funcionar bem é a do sistema punitivo. No Brasil, entre truculência e impunidade, o grande traço constante tem sido a demora, a absoluta morosidade em que os processos tramitam. Punir alguém em 2014 por fatos ocorridos em 1991, na minha visão, seria quase como punir outra pessoa, passado tanto tempo."
Ao final do julgamento, Joaquim Barbosa foi perguntado sobre a demora do julgamento e respondeu: "Eu acho que isso é um retrato de como funciona a Justiça criminal brasileira."

Sindicato diz que proposta é “aceitável” e greve dos professores pode terminar sábado


Por Felipe Ribeiro e Danaê Bubalo

Após uma reunião de aproximadamente quatro horas, o sindicato dos professores e funcionários da rede estadual de ensino demonstravam alguma satisfação com a contraproposta do Governo do Estado apresentada nesta quinta-feira (24), mas a decisão de encerramento ou não da greve ficou para assembleia marcada para o próximo sábado (26). De acordo com a presidente da APP-Sindicato, Marlei Fernandes, a proposta é “aceitável”, mas um entrave no piso salarial pode manter a paralisação que chega ao seu terceiro dia nesta sexta-feira (25).
Foto: Joka Madruga - Divulgação APP-Sindicato
Foto: Joka Madruga – Divulgação APP-Sindicato
“A proposta do governo é aceitável, mas é a categoria que irá decidir se continuamos ou não em greve. O nosso impasse ficou em relação ao piso salarial, já que ofereceram apenas 6,5% de reajuste, enquanto buscamos os 8,32%”, disse.
Em relação as demais propostas, a Secretaria da Educação afirmou não ter como cumprir o espaço para a hora atividade de 33% da carga-horária, mas se comprometeu em realizar um pagamento adicional até dezembro. A partir de janeiro, a reivindicação passa a ser cumprida. “Reconhecemos a hora-atividade como uma medida importante para educação e como uma questão de governo, por isso estamos fazendo um grande esforço para que ela seja implantada”, disse o secretário de Estado da Educação, Paulo Schmidt.
Por fim, para fazer frente à nova despesa com o pagamento da hora-atividade, o estado propôs um novo calendário de quitar progressões e promoções pendentes de professores e funcionários da educação, de maio a fevereiro.
De acordo com balanço divulgado nesta quinta pelo sindicato, 80% da categoria estava de braços cruzados no segundo dia de greve. O balanço da Secretaria da Educação dizia que 60,1% das 2.149 escolas estaduais tiveram atendimento parcial, 15,92% das unidades da rede paralisaram totalmente as atividades, enquanto 24% dos colégios funcionaram normalmente.
Ainda não está definido o horário e local da assembleia do próximo sábado.

Colombo deverá vacinar mais de 37 mil pessoas contra a Gripe


WEBMASTER 23 DE ABRIL DE 2014

Público alvo pode procurar uma das 21 Unidades Básicas de Saúde do município para ser imunizada

Vacina contra a Gripe (Influenza) estará disponível até o próximo dia 09 de maio
Vacina contra a Gripe (Influenza) estará disponível até o próximo dia 09 de maio
Até o próximo dia 09 de maio, 37.362 mil pessoas do público alvo de Colombo devem ser imunizadas contra a Gripe, na 16ª edição da Campanha de Vacinação. O dia de mobilização nacional (Dia D) está marcado para sábado, dia 26. “Este público corresponde a 80% da meta determinada pelo Ministério da Saúde, mas pretendemos chegar próximo dos 100%”, disse o secretário da Saúde, Fernando Aguilera.
Este ano, a vacina influenza estará disponível para a seguinte população: crianças da faixa etária de seis meses a menores de cinco anos; trabalhadores da área de saúde que atuam nos serviços de atendimento para Influenza; gestantes, independente da idade gestacional (meses de gravidez); mulheres no puerpério, até 45 após o parto; pessoas com 60 anos de idade ou mais; população privada de liberdade; povos indígenas; pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (conforme listagem definida pelo Ministério da Saúde).
A vacina encontra-se disponível nas 21 Unidades Básicas de Saúde (US) das 8 às 16 horas do dia 22 de abril a 09 de maio, sendo que no dia 26, dia de mobilização nacional, todas as unidades de saúde estarão atendendo das 8h às 17h.
Influenza
Dia de mobilização nacional (Dia D) está marcado para sábado, dia 26; todas as US’s estarão abertas
Dia de mobilização nacional (Dia D) está marcado para sábado, dia 26; todas as US’s estarão abertas
A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. “A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém contaminadas por secreções respiratórias podem levar o agente infeccioso direto à boca, aos olhos e ao nariz”, explicou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, enfermeira Mirian Costa Chiaverini.
Os sintomas, muitas vezes, são semelhantes aos do resfriado, que se caracterizam pelo comprometimento das vias aéreas superiores, com congestão nasal, tosse, rouquidão, febre variável, mal-estar, mialgia e cefaléia. A maioria das pessoas infectadas se recupera dentro de uma a duas semanas sem a necessidade de tratamento médico. No entanto, nas crianças muito pequenas, idosos e portadores de quadros clínicos especiais, a infecção pode levar a formas clinicamente graves, pneumonia e morte.
Confira os endereços e contatos das 21 Unidades Básicas de Saúde de Colombo:
Unidade de SaúdeEndereçoTelefone
Alexandre NadolnyR: Brasílio Pereira, 183663-4397
Alto MaracanãR: Abel Scussiato, 883606-0024
AtubaR: Ludovico Klindinger, 1503675-9563
BacaetavaR: Estradas das Grutas, 393656-5333
CaicR: Antonio Frc Scrok, 393562-7743
CapivariR: José Carrão, S/Nº3656-5175
GuaraitubaR: Genésio Moreschi, 2573666-1372
J.D. CristinaR: Cornélio Procópio, 4113666-4103
J.D. das GraçasR: Angelo F. Dalprá, 4573606-4103
J.D. ParanáR: Florindo Berlezi,333675-6359
J.D. OsascoR: Zacarias M. Meira, 5053606-2477
LiberdadeR: Felicio Falavinha,183562-1766
MauáR: Fortunato Taverna,1003675-8308
Monte CasteloR: Orquídeas, 7243666-9413
N.S. FátimaR: São Frcº Xavier, 023606-1507
QuitandinhaR: José Mª S.Paranhos, 783663-3041
Santa TeresaR: Colibri, 313656-6715
São DimasR: Presidente Farias, 433666-8388
São DomingosR: Ludovico Kachel, 1473621-1455
São JoséR: Atalaia, 11953666-4788
SedeR: José Leal Fontoura, 4073656-6364
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG – colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC, INSTAGRAM: @colombopmc e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br
Foto: Marcio Fausto/PMC

VEJA VÍDEO DE POLICIAL MATANDO A NAMORADA EM CURITIBA



Um policial civil matou a namorada a tiros no meio de uma rua da região central de Curitiba, na manhã desta quinta-feira (24), e em seguida tentou se suicidar com um tiro no pescoço.
Napoleão Seki Júnior, 38, sobreviveu e foi levado ao hospital Cajuru, onde passa por uma cirurgia nesta tarde. O estado dele é grave. A mulher, identificada somente como Paloma, teria 23 anos.
A Polícia Civil do Paraná confirmou a identidade do policial, um investigador que atualmente estava lotado no departamento administrativo da corporação. Caso sobreviva, será preso em flagrante por homicídio.
Segundo a polícia, o investigador não tinha histórico de agressão ou desvios de conduta ao longo da carreira.
Testemunhas relataram que o casal estava discutindo dentro de um veículo. Em seguida, Seki Júnior retirou a namorada do carro e a algemou de costas na beirada da rua Reinaldino S. de Quadro, esquina com a rua Sete de Abril, no bairro Alto da 15. A cena foi filmada por uma testemunha e obtida pelo site "Plantão 190".
Em seguida, o autor do crime sacou a arma e efetuou quatro disparos no peito da namorada, que morreu na hora.
Depois, atirou no próprio pescoço, mas permaneceu consciente, sentado na calçada até a chegada de viaturas do Siate (Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência) e da Polícia Militar.

fONTE: UOL





Homem é flagrado tentando aplicar golpes na RMC e oferece R$ 1 mil para tentar evitar prisão


Por Felipe Ribeiro e Geovane Barreiro

Um homem de 39 anos foi flagrado tentando aplicar o “golpe do paco” na área comercial da Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba, durante a manhã desta quinta-feira (24). O golpe consiste em um pacote recheado de folhas de jornal com dinheiro nas pontas para simular uma recompensa. Existem muitas variantes deste golpe, mas todas se baseiam na ganância da vítima.
presofazenda-240414-bandabfora
Foto: Barbosa Júnior
Na situação de hoje, os policiais militares do 17° Batalhão chegaram até o suspeito após denúncias de moradores da região. “Realizamos o patrulhamento e percebemos que ele tentou fugir, nisso percebemos o montinho de dinheiro com notas de R$ 20 nas pontas, característica do golpe do paco”, comentou.
Após a voz de prisão Juraci Alves Oliva ainda tentou oferecer R$ 1 mil aos policiais para tentar evitar a prisão. “Ele só complicou a própria situação e agora vai responder também por corrupção ativa”, concluiu.
Com a divulgação das imagens a polícia busca encontrar outras vítimas do estelionatário.

Perfil de dono de bar discrimina cliente em rede social e causa polêmica em Curitiba


Da Redação



A reclamação de uma cliente aliada com uma suposta resposta infeliz de um empresário vem causando polêmica nas redes sociais nesta quinta-feira (24). O protesto da cliente feito no facebook no último domingo (20) e nos comentários do post uma resposta vinda do perfil oficial do dono do Phoenix American Mex, em que ele afirma que o local não é para “manas”, uma clara referência a uma pessoa de classe social mais baixa, indigna os internautas. Em nota postada também no facebook, o bar e restaurante lamentou a situação e garantiu que um funcionário acessou a conta pessoal do empresário para responder os comentários dos clientes.
De acordo com o relato da cliente que iniciou toda a discussão, ela teria sido informada pelo garçom do bar na noite do último sábado (19) que dentro do período de uma hora conseguiria uma mesa para se sentar, o que não aconteceu após três. Diante da situação, ela se sentiu lesada e postou o relato na rede social.
Diante da indagação de que independentemente do valor gasto, ela deveria ser tratada da mesma maneira que qualquer outro cliente, o empresário respondeu dizendo que o Phoenix é um dos bares de maior sucesso da capital curitibana, inclusive recebendo constantes elogios da maior empresa cervejeira do mundo. “Esse puxadinho no qual você sentou é o local que trabalhamos para ser a parte mais vip da Casa com grande investimento já feito até o momento, porém ainda não concluído. Ainda bem que não te conheço e não terei o desprazer de receber uma pessoa desse caráter e postura em nossa Casa”, disse. Mais à frente, diante dos vários questionamentos, ele voltou a utilizar a palavra “mana”.
Um perfil da Polícia Civil do Paraná na rede social facebook também postou o comentário, porém, a assessoria de imprensa do órgão afirmou que este perfil não é o oficial da corporação e não a representa, apesar de ter mais de 50 mil curtidas.
A Phoenix American Mex também se pronunciou sobre o caso, confira a nota na íntegra:
Em nome de seus proprietários, a Phoenix American Mex inicialmente agradece ao grande público que vem prestigiar o nosso estabelecimento social, vem através da presente esclarecer os lamentáveis fatos ocorridos recentemente e que estão sendo vinculados pela mídia social. Esclarece-se que infelizmente um funcionário acessou indevidamente a conta pessoal para responder comentários de clientes. Em face deste episódio, imediatamente tomamos as atitudes inerentes ao fato. Por fim, a Phoenix American Mex sempre prezou ao bom atendimento prestado aos seus clientes, e vai revisar todo o staff permanente. De igual modo, preocupados com o zelo e respeito despendidos, ficamos a disposição para qualquer outros esclarecimentos de forma pontual.

Polícia prende integrantes de quadrilha especializada em roubar carros na RMC


Da Redação com Polícia Civil
presos-roubos-carros-240414-bandab
(Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Três integrantes de uma quadrilha de roubo de veículos foram presos em Araucária, na região metropolitana de Curitiba, na madrugada do último sábado (19). Com eles, foram recuperados uma caminhonete S10 roubada em março, em Quitandinha, e um C3 roubado neste mês na Cidade Industrial (CIC).
Segundo o delegado Cassiano Aufiero, da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, os criminosos foram capturados em uma casa na rua João Palka, no bairro Capela Velha. Foram presos Sivaldo José Freitas, de 44 anos, Vagner Haskel da Silva, de 31 anos, os dois com passagens pela polícia, e Alberto de Jesus Rodrigues, também de 44. “ Nós já estávamos investigando essa quadrilha há algum tempo. Depois de prender esse trio com os carros, fomos até uma outra residência utilizada pelo bando, também em Araucária”, contou Aufiero.
Quando os policiais civis chegaram na segunda casa, no bairro Iguaçu, três outros membros da quadrilha que estavam lá fugiram. “Mas todos foram identificados e terão as prisões pedidas à Justiça”, afirmou.
presos-roubos-carros-240414-bandab1
(Foto: Juliano Cunha – Banda B)
Na residência, os policiais encontraram 529 gramas de crack, 24 munições de calibre .40, nove munições de calibre 9 milímetros, duas munições de calibre 44 e dez munições de calibre 38. “Por isso, os quadrilheiros presos foram autuados por tráfico de drogas, receptação, posse ilegal de munições e associação criminosa”, explicou o delegado.
A polícia acredita que os carros eram roubados para serem revendidos ou encaminhados para desmanches no Paraná e em Santa Catarina.

Acidentes envolvendo caminhões deixam Régis Bittencourt com tráfego lento na RMC


Da Redação

acidente116
Foto: Divulgação PRF
Dois acidentes envolvendo caminhões deixam o tráfego lento na BR-116, entre os quilômetros 31 e 40, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba. O primeiro acidente aconteceu por volta das 9h30. Um tombamento de caminhão em cima da ponte sobre a Represa do Capivari chegou a interditar a rodovia por cerca de duas horas, mas desde o final da manhã, o movimento segue em meia pista.
O outro acidente ocorreu no mesmo sentido da rodovia. A batida traseira entre dois caminhões interdita uma das faixas. Um motorista chegou a ficar preso nas ferragens e foi encaminhado ao Hospital Angelina Caron com ferimentos leves.
A carga de enxofre espalhada preocupa pelo risco de contaminação. Não há previsão para a liberação total da pista em ambos os dois trechos.

Policial civil algema e mata namorada no Alto da XV; ele tentou se suicidar em seguida


Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha
identidades
Paola e Napoleão namoravam já há um mês (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

O policial civil Napoleão Seki Júnior, de 36 anos, lotado no Núcleo Jurídico da Secretaria de Segurança Pública do Paraná, matou a namorada, Paola Natália Cardoso, de 23, no início da tarde desta quinta-feira (24) na rua  Sete de Abril com a Reinaldino S. de Quadro , no bairro Alto da XV, em Curitiba. Após o crime, ele atirou contra o próprio pescoço, mas sobreviveu e foi encaminhado em estado grave ao Hospital Cajuru.
altodaxvdentro
No local da ocorrência (Foto: Juliano Cunha – Banda B)
Uma testemunha viu tudo e contou detalhes do crime à Banda B. “Ela estava em um Celta e foi tirada para fora do carro, onde o policial a algemou. Ele deu vários chutes contra a moça e disparou quatro vezes. Em seguida, o policial atirou contra o pescoço. Muitas pessoas viram, mas ficaram com medo de se meter porque ele estava armado”, contou uma mulher moradora na região. “Os dois gritavam e discutiam muito”, completou.
Várias viaturas da Polícia Civil e Militar estiveram no local e isolaram a quadra. “Quando chegamos constatamos a briga do casal e a moça morta. O rapaz estava conseguindo andar e foi socorrido. Efetuou quatro disparos contra ela e um contra ele mesmo. O rapaz não tinha noção de onde estava e não conseguia conversar. O caso agora está a cargo da Delegacia da Mulher”, afirmou o soldado Barreto, da PM, que estava na primeira viatura que chegou ao local.
Paola namorava Napoleão há um ano, em um relacionamento conturbado. Ela deixa um filho de um ano e três meses, fruto de outro relacionamento. Ela era estudante da Universidade Federal do Paraná. Em seu facebook, a maioria das fotos são junto ao filho.

Caminhão com carga de enxofre tomba e interdita BR-116 sentido Curitiba


Por Elizangela Jubanski



Um caminhão carregado com enxofre tombou por volta das 9h30 desta quinta-feira (24) na BR-116, no quilômetro 40, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba. O tombamento aconteceu na pista sentido Curitiba, em cima da ponte sobre a Represa do Capivari.
O Corpo de Bombeiros foi acionado pelo perigo de contaminação da represa. Não há informação sobre como aconteceu o tombamento. O trecho permaneceu completamente bloqueado por cerca de duas horas devido ao acidente. No início da tarde de hoje o tráfego estava parcialmente liberado, seguindo com lentidão.
A carga de enxofre espalhada preocupa os ambientalistas pelo risco de contaminação. O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) poderá ser acionado, caso necessário.