Novo programa começa a dar cara nova para o município de Colombo


WEBMASTER 6 DE MAIO DE 2014

“Nosso Bairro” irá percorrer todas as regiões da cidade levando mais infraestrutura para os moradores

Revitalização das praças, parques e canteiros começa a ser feita e tornará os bairros mais organizados
Revitalização das praças, parques e canteiros começa a ser feita e tornará os bairros mais organizados
Revitalização e uma série serviços públicos. Estas são as palavras que estarão em ação e começaram a ser levadas para as ruas de Colombo. O novo Programa “Nosso Bairro” lançado pela Prefeitura Municipal pretende num curto espaço de tempo, levar mais infraestrutura para os moradores de todos os bairros da cidade.
Segundo a prefeita Beti Pavin, o objetivo desta iniciativa é devolver aos colombenses os bons serviços que tem de ser prestados pela prefeitura. “Estamos trazendo à nossa população uma rua mais transitável, boas calçadas, paisagismo, entre tantas outras coisas que irão acontecer daqui para frente para que os nossos moradores tenham uma Colombo mais organizada”, explicou.
A dinâmica do “Nosso Bairro” começa com a revitalização das praças, parques e canteiros da Sede do município melhorando o visual e oferecendo mais qualidade estrutural aos cidadãos. “Uma de nossas metas é fazer com que as famílias voltem a frequentar as praças públicas da cidade”, informou o secretário da Fazenda, Marcio Strapasson.
A Prefeita Beti Pavin vistoria o início dos trabalhos que irão levar infraestrutura aos moradores
A Prefeita Beti Pavin vistoria o início dos trabalhos que irão levar infraestrutura aos moradores
Após concluído os trabalho no Centro da cidade, a próxima parada do programa será o bairro Alto Maracanã e em seguida o Guaraituba. “Até o final do ano, 23 praças serão revitalizadas”, anunciou o secretário do Meio Ambiente, José Carlos Moretes do Amaral que pede a participação da população neste processo, indicando e sugerindo os locais que desejam o paisagismo.
Ações de melhorias da cidade
O Programa Nosso Bairro foi preparado para envolver diversas ações e atividades que os bairros, as ruas e as famílias necessitam, e estas ações de melhorias da cidade contemplam a pavimentação, calçamento, reformas, paisagismo, drenagem de rios, coleta e destinação dos resíduos envolvendo várias secretarias da prefeitura.
Primeira etapa concentra os serviços na Sede do município; depois será a vez do Alto Maracanã e Guaraituba
Primeira etapa concentra os serviços na Sede do município; depois será a vez do Alto Maracanã e Guaraituba
“Organizamos o Nosso Bairro pensando exclusivamente no cidadão e suas necessidades, desde os idosos até as crianças levando mais saúde, educação, cultura, esporte, emprego, oportunidade de geração de renda, segurança, com o foco no ser social, ser humano e no ser urbano”, pontuou o Assessor de Imprensa e Divulgação, Amauri Cardozo.
Serviço:
Para sugestões de paisagismo:
Secretaria Municipal do Meio Ambiente
Parque Municipal da Uva – Rua Marechal Floriano Peixoto, 8771 – Centro
Contato: 41-3656.4849.
Fotos: João Senechal/PMC
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG- colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo:
TWITTER: @ColomboPMC; no site oficial: www.colombo.pr.gov.br e no Instagram: @colombopmc

Dia do Trabalho aconteceu com festa e atividades físicas em Colombo


WEBMASTER 6 DE MAIO DE 2014

A Festa e a 1ª Edição da Corrida e Caminhada do Trabalhador movimentaram a cidade

Mais de 600 pessoas, entre inscritos e ‘pipocas’ participaram da 1ª Corrida e Caminhada do Trabalhador de Colombo
Mais de 600 pessoas, entre inscritos e ‘pipocas’ participaram da 1ª Corrida e Caminhada do Trabalhador de Colombo
A Festa em Comemoração ao 1° de Maio, Dia do Trabalho reuniu em Colombo, na antiga sede do Banestado, mais de 2500 pessoas entre servidores e familiares. A Festa do Trabalhador, ou 1° de Maio Solidário aconteceu na última quinta-feira (1°) e foi uma organização da Prefeitura de Colombo em parceria com a Associação dos Servidores Municipais de Colombo (Assemco) e a Força Sindical.
A prefeita Beti Pavin destacou a importância de comemorar o dia. “Este é um dia que deve sim ser comemorado e celebrado por todos, pois é com o trabalho do nosso servidor que as coisas acontecem, não adianta a prefeita sozinha, os secretários sozinhos. Os serviços na prefeitura, o atendimento ao cidadão, tudo é fruto do trabalho do servidor, então hoje esta festa linda é em sua homenagem, parabéns”, disse Beti, cumprimentando os servidores.
As atividades aconteceram durante todo o dia com apresentação de bandas locais, cama elástica para as crianças, distribuição gratuita de pipoca e algodão doce e brindes, que foram sorteados durante o dia. Além disto, estandes ofereciam produtos e serviços aos participantes da festa. Para chegar até o local os servidores contaram com duas rotas especiais de ônibus, que saíam dos bairros Guaraituba e Alto Maracanã.
Para as crianças, durante todo o dia a Festa do Trabalhador disponibilizou brincadeiras, pipoca e algodão
Para as crianças, durante todo o dia a Festa do Trabalhador disponibilizou brincadeiras, pipoca e algodão
O churrasco do almoço e o pastel no lanche da tarde ficaram por conta da Assemco. “A associação está hoje aqui para homenagear o trabalhador, para participar desta bonita festa e garantir boas refeições. Para isso foram preparados mais de mil quilos de carne, saladas e farofa, além do pastel servido à tarde, então é o papel da Assemco, uma associação para os servidores, trabalhando por eles principalmente no seu dia”, destacou Irene de Fátima Tosin Camilo, presidente da associação.
Corrida e Caminhada do Trabalhador
Para abrir o Dia do Trabalho com o pé direito, os servidores e amantes das atividades físicas puderam participar da 1ª Corrida e Caminhada do Trabalhador de Colombo. A largada aconteceu às 8h30 no Parque Municipal da Uva, no centro da cidade, e os trajetos reservaram trechos de 4,8 quilômetros para corrida e caminhada e um trecho de 9,6 km para corrida.
Para participar do evento, os mais de 500 inscritos receberam, cada um, um kit composto por numeral de peito, chip de cronometragem e medalha de participação, além da camiseta do evento. Os vencedores receberam troféu, do 1º ao 5º colocado geral masculino e feminino, nas distâncias de 4,8 km e 9,6 km, e por categorias na prova de 9,6 km.
Mais de 2500 pessoas participaram da festa, que ofereceu estandes de produtos, serviços e cuidados como maquiagem, além de artesanatos e cursos
Mais de 2500 pessoas participaram da festa, que ofereceu estandes de produtos, serviços e cuidados como maquiagem, além de artesanatos e cursos
De acordo com o chefe do departamento de Esportes, Jomir Claiton Pacheco, esse evento tem o objetivo de incentivar a população colombense à prática de atividade física, promovendo saúde e implementando a cultura do esporte. “Foi um sucesso, já que além dos inscritos nós tivemos aproximadamente cem participantes que vieram acompanhar, os chamados ‘pipocas’. E, depois desta, nós já convidamos a todos para participarem das próximas edições”, lembrou Pacheco. Para este ano estão previstas mais três corridas, e a próxima acontecerá em junho, em comemoração ao Dia dos Namorados.
A 1ª Corrida e Caminhada do Trabalhador foi uma realização da Prefeitura Municipal de Colombo por meio da Secretaria da Educação e Esporte em parceria com a Secretaria da Indústria, Comércio, Turismo e Cultura com o apoio da Sanepar, Polícia Militar do Paraná e iniciativa privada.
Fotos: Marcio Fausto/PMC
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG- colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo:
TWITTER: @ColomboPMC; no site oficial: www.colombo.pr.gov.br e no Instagram: @colombopmc

Delegado confirma um preso e está atrás de cinco suspeitos de agressão no Guarujá


Suspeito foi detido em Guarujá, onde a vítima foi atacada.
Mulher foi espancada e morta após boato em página de rede social.

Do G1 Santos

Homem agrediu dona de casa com um pedaço de madeira em Guarujá, SP (Foto: Reprodução / TV Globo)Homem agrediu dona de casa com um pedaço de madeira em Guarujá, SP (Foto: Reprodução / TV Globo)
O delegado Claudio Rossi, da Delegacia Sede de Guarujá, no litoral de São Paulo, confirmou a prisão temporária, na tarde desta terça-feira (6), de um morador do Distrito de Vicente de Carvalho, suspeito de ter participado do espancamento de Fabiane Maria de Jesus, de 33 anos, que morreu nesta segunda-feira (5) após passar dois dias internada no Hospital Santo Amaro. O homem preso é suspeito de acertar a cabeça dela com um pedaço de madeira. Fabiane foi atacada por uma multidão depois da publicação de um retrato falado em uma página no Facebook de uma mulher que realizava rituais de magia negra com crianças sequestradas. Segundo o delegado, outras cinco pessoas que participaram do crime estão sendo identificadas.
O suspeito, Valmir Dias Barbosa, de 48 anos, foi detido no bairro Morrinhos, a mesma região onde a vítima morava e foi atacada. Segundo a polícia, ele confessou a participação na agressão que acabou resultando na morte de Fabiane. O homem foi reconhecido após as imagens do linchamento terem sido entregues à polícia. Outras duas pessoas foram levadas à delegacia, elas testemunharam os fatos, conheciam a vítima e o rapaz que foi preso.
Valmir foi encaminhado para a Delegacia Sede de Guarujá no início da noite, depois que sua prisão temporária foi decretada. Ele alegou que tem filhos e que participou da ação por acreditar que as acusações à vítima, de que sequestrava crianças para rituais de magia negra, eram verdadeiras. 'Aconteceu e aconteceu. Não posso fazer mais nada', disse ele.
De acordo com Rossi, Valmir é o principal suspeito do crime, já que teria sido ele quem acertou a cabeça de Fabiane com um pedaço de madeira. "Dá a impressão que aquilo piorou a situação dela, o que contribuiu e reforçou de que seja ele o principal autor desse homicídio", afirma.
O delegado diz que, após a morte de Fabiane, começaram a ser veiculadas várias imagens, já que havia cerca de 200 pessoas no local. "Hoje veio a informação do indivíduo que teria dado uma paulada na vítima, que aparece mais em destaque. Tínhamos o endereço dele, os policiais do 1º Distrito Policial de Guarujá, coordenados pelo delegado Lara, foram ao local, prenderam o indivíduo e o conduziram à delegacia. Ele prontamente confessou a sua participação. Também foram localizadas duas testemunhas que estavam com o Valmir, elas confirmaram essa versão. Uma delas tirou Valmir do local, essa pessoa foi ouvida", explica.
Segundo o delegado, outras cinco pessoas aparecem em algumas imagens e a polícia depende da identificação e do endereço desses suspeitos para encontrá-los. "A população está colaborando, estão informando, viram que cometeram um absurdo, uma barbaridade. Até mesmo as pessoas que estavam no local aplaudindo, concordando, gritando, depois viram a realidade, viram que tinham cometido uma injustiça e estão colaborando conosco", diz.
  •  
GNews - Mulher espancada em SP (Foto: globonews)Mulher foi espancada e morta em Guaruá, SP
(Foto: Reprodução / GloboNews)
Como havia muitas pessoas no local, Claudio Rossi explica que algumas não serão identificadas. "Alguém vai sair sem ser punido, sem ser identificado nesse caso. Todos que, de alguma forma, participaram, deveriam respondem por crime de homicídio, mas sabemos que alguém vai deixar de ser responsabilizado", lamenta. Ele afirma ainda que a polícia tem a obrigação de identificar os suspeitos, mas também há o cuidado de não cometer injustiças.
O delegado responsável pelo caso foi ao Fórum de Guarujá pedir a prisão temporária de Valmir. "Temos a informação de que será concendida", afirma Rossi. Outras pessoas devem ser ouvidas sobre o caso nos próximos dias.
Familiares e amigos carregaram caixão de mulher espancada (Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)Familiares e amigos carregaram caixão de mulher
espancada (Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)
Enterro
Centenas de pessoas acompanharam, na manhã desta terça-feira, o enterro de Fabiane, que deixa marido e dois filhos, um de 12 anos e outro de 1 ano. A cerimônia reuniu familiares e amigos que não se conformam com a crueldade do crime.
O enterro foi realizado no cemitério Jardim da Paz, no bairro Morrinhos. O marido de Fabiane, Jaílson Alves das Neves, disse que não sente ódio dos suspeitos. “Para mim a ficha não caiu. Apesar da brutalidade, não guardo ódio, não guardo esse sentimento ruim no coração. Espero que não aconteça com mais famílias. Essas pessoas que agrediram ela e as que assistiram e não tiveram a coragem de salvar uma pessoa inocente não deram nem tempo de defesa para minha esposa. Quero que eles reflitam e que isso não aconteça nunca com a família deles”, explica.
Familiares estenderam faixas em protesto por morte de mulher espancada (Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)Familiares estenderam faixas em protesto por
morte de mulher (Foto: Anna Gabriela Ribeiro / G1)
Protesto
Após o enterro de Fabiane Maria de Jesus, dezenas de amigos e familiares realizaram uma passeata no bairro Morrinhos. A população não quer que a imagem do local fique manchada por causa do crime brutal.
Maria José Dias era amiga da vitima há 25 anos e foi a última a ver Fabiane ainda com vida. “Ela foi buscar uma bíblia que tinha esquecido na igreja. Tinha pedido para que eu não esquecesse de rezar por ela. Ela estava bonita no sábado, tinha acabado de cortar e pintar o cabelo. Ela se despediu e disse que ia ao médico. A Fabiane nunca fez mal a ninguém. Tiraram o direito de uma bebê crescer ao lado da mãe. Isso não se faz. Essas pessoas chutaram uma mãe indefesa”, afirma.
Os manifestantes levaram faixas e cartazes com pedidos de justiça. “Minha maior revolta é que eles fizeram com que a imagem do meu bairro fosse destruída. Eles acabaram com a imagem das pessoas que moram aqui e que são honestas e de bem”, explica.
Internautas criticaram administrador de página Guarujá Alerta (Foto: Reprodução / Facebook)Internautas criticaram administrador de página
Guarujá Alerta (Foto: Reprodução / Facebook)
Revolta de internautas
Dezenas de usuários da rede social criticaram duramente o administrador da página e um deles chegou a dizer que a página seria tão culpada quanto os agressores.
Em uma postagem feita no fim da tarde de segunda-feira, o dono da página afirma que está colaborando com as investigações e que não irá se pronunciar a respeito do caso para não atrapalhar o trabalho da polícia. Em alguns comentários, os usuários condenaram a publicação do retrato falado, mesmo sabendo que se tratava apenas de um boato.
De acordo com o delegado Luiz Ricardo Lara, que está à frente do caso, ainda é cedo para apontar a responsabilidade do administrador da página Guarujá Alerta. “Caso, durante a instrução do inquérito policial, seja vislumbrado que, de alguma forma, ele colaborou com o crime, na medida em que propalou esses boatos, enfim, que praticou uma infração penal, ele será responsabilizado por aquele ato”, afirma.
Retrato falado foi divulgado em 2012 (Foto: Divulgação / Polícia Civil)Retrato falado foi divulgado em 2012
(Foto: Divulgação / Polícia Civil)
Confusão
De acordo com o inquérito, o retrato falado atribuído a Fabiane havia sido feito por policiais do Rio de Janeiro, da 21ª DP (Bonsucesso), em agosto de 2012. Na ocasião, uma mulher foi acusada de tentar roubar um bebê do colo da mãe em uma rua de Ramos, na Zona Norte da cidade.
Imagens de câmeras de segurança divulgadas na época mostraram uma mulher passando com a filha de 15 dias no colo e sendo seguida pela suspeita. A vítima estava levando o bebê para fazer o teste do pezinho em um posto de saúde. Ao sair da unidade, foi surpreendida pela mulher.

Em família: filho de Pessuti assume cargo que era do pai em Itaipu


6 de maio de 2014
O filho do ex-governador do Paraná Orlando Pessuti, Orlando Moises Pessuti, foi nomeado para o cargo que era do pai na Itaipu binacional.
sergiopessmoises
O menino Pessuti passa a ser conselheiro da maior usina de energia limpa do mundo. O pai deixou o cargo para sair candidato e costurou a entrada do filho para a disputada cadeira. Além de “Pessutinho”, assume uma cadeira no conselho o ministro chefe da casa civil, Aloizio Mercdante. A remuneração extra para quem ocupa uma destas disputadas cadeiras é de R$ 20 mil no bolso. Só bobo é que não quer.

O fofo Bolsonaro candidato a presidente? Uma piada!


5 de maio de 2014
Foto: O GLOBO
Foto: O GLOBO
A gracinha do Bolsonaro dá trabalho até em piada pronta minha gente. O colunista e jornalista Ricardo Setti publicou um texto no blog dele (http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/) fazendo uma análise sobre a nova pretensão do fofo e meigo Bolsonaro que agora quer ser candidato à presidência. A piadinha arrancou protestos de Setti, que fez um texto, que segue abaixo (e vale a leitura toda), argumentado porque é difícil de engolir tal pretensão do machão reacionário Bolsonaro. Setti está tendo trabalho minha gente. Hoje em seu blog ele comentou que “houve um enorme afluxo de comentários ao post criticando as pretensões presidenciais do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ)”
Já foram liberados mais de 1.700 comentários, há mais de 1.000 na fila, e boa parte desce a borduna no grande colunista e traz a impressão digital dos fãs (tem louco pra tudo) do parlamentar. Você aí, já imaginou Bolsonaro comandando o Brasil? Faltariam paredões de fuzilamento. A nota é o que segue.
Meu amigo Lauro Jardim publicou uma nota em seu Radar On Line que explodiu na web dizendo que o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) havia decidido “fazer mais uma graça” e “anunciou oficialmente à cúpula do PP que está disponível para se candidatar a presidente da República”.
A nota provocou um aluvião de acessos e mais de 12 mil comentários — um número espantoso.
Pois eu acho que se trata mesmo apenas de uma “graça”, uma piada, uma brincadeira, a suposta candidatura do deputado a presidente.
Digo isto não porque abomino a maioria das ideias, as posturas, a atitude e o jeito de fazer política do deputado Bolsonaro.
Em primeiro lugar, é uma piada porque o PP é um partido de raposas, e não vai embarcar numa fria, em uma candidatura com chance zero de vingar.

Trio pronto para assalto é abordado pela PM e termina em cana


Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento
suspeitos
Suspeitos negam que iam assaltar (Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

Um trio foi preso em flagrante pela Polícia Militar (PM) dentro de um carro no bairro Parolin, em Curitiba, na noite desta segunda-feira (5). Eles foram autuados em flagrante por formação de quadrilha, já que, de acordo coma PM, planejavam assaltar uma loja no bairro Portão. 
“Eles estavam em um veículo Monza apenas esperando um ‘ok’ de um comparsa. Os policiais militares acharam estranho o trio no carro e foi feita a abordagem. Foi encontrada com eles uma espingarda que seria usado no crime”, afirmou à Banda B o investigador Dilson Nascimento, de plantão no Centro de Atendimento Integrado ao Cidadão, o Ciac-Sul, para o qual os suspeitos foram encaminhados.
O trio está detido à disposição da Justiça.

Suspeitos pulam muro de delegacia e tentam jogar celular para detentos


Por Luiz Henrique de Oliveira e Danaê Bubalo
11°DP
No local da ocorrência (Foto: Danaê Bubalo – Banda B)

Dois homens tentaram entregar uma sacola cheia de celulares para presos no 11° Distrito Policial, na Cidade Industria de Curitiba, na madrugada desta terça-feira (6). Policiais de plantão perceberam a ação e evitaram a chegada dos aparelhos aos detentos, mas não conseguiram prender os suspeitos, que fugiram logo em seguida.
11°DP DENTRO
Toca encontrada próximo à delegacia (Foto: Danaê Bubalo)
Os marginais deixaram a sacola com celulares para trás e também uma toca. O cabo Baura, da Polícia Militar, que foi em apoio aos policiais civis, falou sobre o caso. “Aqui no fundo é um mato extenso e eles conseguiram fugir. Além da sacola, encontramos esta toca que deve ser de um deles”, descreveu.
Recorrente
Na semana passada, a Banda B relatou outra situação semelhante, quando um homem de 41 anos morreu tentando passar arma, drogas e celulares aos detentos da carceragem da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Curitiba (DFRV)

Espera chega a cinco horas no penúltimo dia de atendimento no TRE; filas serão maiores amanhã


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha
Foto: Juliano Cunha - Banda B
Foto: Juliano Cunha – Banda B
Faltando um dia para o fim do prazo para regularização do título eleitoral, longas filas se formaram no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Curitiba nesta terça-feira (6). De acordo com a chefe da 1ª zona eleitoral, Monica Turchenski, a prática de deixar para a última hora é característica comum do brasileiro, mas todos que chegarem até 19 horas no tribunal serão atendidos.
filatre3
Foto: Juliano Cunha – Banda B
“Atendemos durante todo o ano de 2013, todos os meses deste ano, mas infelizmente o brasileiro tem essa prática. Apenas nesta terça devemos fechar com 3 mil regularizações de título”, disse.
Durante os últimos dias, todos os eleitores que chegarem até as 19h receberão senhas de atendimento. Ontem, o TRE trabalhou até 22 horas para os atendimentos. Quem estiver com pendências não poderá votar nas eleições de outubro. O primeiro turno será no dia 5 de outubro.
Documentação
Para resolver as pendências, basta procurar o cartório eleitoral mais próximo. Para quem vai tirar o título pela primeira vez, é preciso levar documento oficial com foto, comprovante de residência e certificado de quitação do serviço militar, no caso dos homens maiores de 18 anos.
Para transferir o domicílio, o eleitor deve apresentar documento oficial de identificação com foto, o título de eleitor e um comprovante de residência. Algumas regras também devem ser observadas, como não ter pendências com a Justiça Eleitoral, morar no endereço atual há mais de três meses e ter tirado o primeiro título ou ter feito a última transferência do documento há pelo menos um ano.

Motociclista envolvido em suposto assalto é assassinado em posto de combustíveis na Av. das Torres


 Por Marina Sequinel e Juliano Cunha
assassinato-posto-060514-bandab
(Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Um motociclista foi morto por ciclistas em um posto de combustíveis próximo à Trincheira da Vila Torres, em Curitiba, na tarde desta terça-feira (6). A informação é de que eles teriam discutido e atirado na vítima dentro do estabelecimento, localizado na rua Comendador Araújo.
Segundo as informações preliminares, momentos antes do crime, a vítima teria sido vista roubando R$ 230 de um pedestre na região do Jardim Botânico. Em seguida, ele foi até o posto, onde pelo menos dois homens o encurralaram. Os atiradores teriam dito “aqui ninguém rouba” e disparado contra o motociclista.
A polícia ainda não tem informações sobre os autores dos disparos. Segundo testemunhas, depois do assassinato, um homem chegou no posto perguntando, repetidas vezes, “cadê a chave da moto?”. Em seguida, ele a pegou no bolso da blusa da vítima e fugiu com a motocicleta.
O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML). A Divisão de Homicídios de Curitiba investiga o caso.

Após morte de dona de casa confundida com sequestradora, advogado quer lei contra boatos na internet


Da Agência Brasil




A morte da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, linchada no município paulista do Guarujá após ser confundida com uma suposta sequestradora de crianças, aponta para a necessidade de o Congresso Nacional aprovar uma lei específica para punir os casos de má utilização das redes sociais e da internet que resultem em crimes contra a integridade física. O alerta é do advogado da família de Fabiane, Airton Sinto.
“Fabiane morreu em virtude, principalmente, da leviandade do administrador da página [Guarujá Alerta] que disseminou falsos boatos e alarmou toda a comunidade de Morrinhos [bairro onde Fabiane morava com o marido e as duas filhas]”, acusou o advogado à Agência Brasil.
Sinto argumenta que a tragédia de Fabiane é irreversível, mas deve gerar o debate sobre punições mais severas que as previstas no Código Penal para quem, por meio das redes sociais ou internet, contribuir para a concretização de atos criminosos como o que vitimou a dona de casa.
“É necessário aprovar legislação específica para casos de utilização da rede social de forma irresponsável que causem dano efetivo à integridade física ou à vida de alguém”, comentou o advogado, revelando já ter sido procurado por um parlamentar que pediu sua colaboração para elaborar um projeto de lei com a proposta.
Sinto disse que aguarda o depoimento do responsável pela página Guarujá Alerta à Polícia Civil, previsto para acontecer ainda hoje (6), mas defendeu a detenção do investigado, alegando que todos os textos e fotos que podem ter incentivado o crime foram excluídos da página após Fabiane ter sido linchada.
“Estudamos a ideia de solicitar a prisão temporária do administrador, com base na destruição de provas e intenção de prejudicar a investigação policial”, afirmou Sinto. “A nosso ver, o administrador da página deve responde pelo evento final, ou seja, pelo homicídio de Fabiane, triplamente qualificado, dentro dos limites de sua culpabilidade”.
Ainda de acordo com o advogado, as imagens e notícias alertando pais e mães a não deixarem seus filhos sozinhos nas ruas de Morrinhos porque uma sequestradora de crianças estaria agindo no bairro eram falsas. “Não há e nunca houve ocorrência ou comunicação à polícia local sobre o fato de existir sequestradoras de crianças em Guarujá ou no bairro do Morrinhos”, garantiu Sinto, após consultar as autoridades policiais.
Confundida com a suposta sequestradora, Fabiane foi agredida no último sábado (3) por dezenas de pessoas e deixada inconsciente, até a chegada de policiais militares. A dona de casa morreu na manhã dessa segunda-feira (5), depois de dois dias internada em UTI.
As investigações para apontar os autores do boato e os responsáveis pelo linchamento estão sob a responsabilidade do 1º Distrito Policial de Guarujá. Parentes de Fabiane já foram ouvidos. Imagens registradas por aparelhos celulares podem ajudar a identificar os agressores. De acordo com Sinto, algumas das pessoas que aparecem no vídeo já foram identificadas.
Na própria rede social, o administrador da página Guarujá Alerta divulgou que está colaborando com as investigações e que não se manifestaria sobre o assunto para não atrapalhar o trabalho da polícia. Ele se defendeu no site alegando que sempre alertou os leitores da página de que a situação poderia se tratar apenas de boato.

Supostas vítimas de torturas são ouvidas e na quarta-feira ficarão cara a cara com acusados


Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique


O primeiro dia da audiência de instrução dos 21 policiais acusados de tortura contra os quatro suspeitos presos logo após a morte da menina Tayná, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, demorou mais de dez horas e chegou ao fim por volta das 23h30 desta segunda-feira (5).
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Dois dos suspeitos foram ouvidos e, nesta terça-feira à tarde, quando a audiência recomeçar no Fórum de Colombo, os outros dois serão interrogados. Após isso, na quarta-feira, os quatro rapazes, que estão em uma sala especial no Cindacta II da Aeronáutica, no bairro Bacacheri, em Curitiba, ficarão cara a cara com policiais para o reconhecimento oficial.

A expectativa é de que a audiência leve de dez a quinze dias para ser concluída. Os policiais são acusados de abuso de autoridade, falso testemunho, tortura, estupro e lesão corporal. Do lado de fora do Fórum, os 21 acusados pela tortura aguardavam a resposta dos advogados para o agendamento do depoimento, que deve acontecer até o dia 16. No total, são 88 testemunhas no processo, entre delegados, funcionários do Instituto Médico Legal (IML) e profissionais da imprensa.
O juiz Leonardo Bechara, que é o responsável pela audiência de instrução, comentou a expectativa para os próximos dias. “É um caso que tomou grande repercussão. Me sinto lisonjeado por presidir esta sessão, que é cansativa, devido aos inúmeros depoimentos que irão acontecer. É importante explicar que oO caso não terminar no dia 16, já que depois disso vamos analisar todo este processo”, afirmou à Banda B.
tayna
Ninguém sabe ainda quem matou Tayná (Foto: Arquivo Pessoal)
No Fórum, agentes da Polícia Rodoviária Federal (PFR) fizeram a segurança e não deixaram ninguém da imprensa ou da família de Tayná se aproximar.
Reconhecimento oficial
Nesta quarta-feira, os policiais civis devem passar por um reconhecimento oficial por parte das supostas vítimas de tortura. Isso deve acontecer no Cindacta, onde os quatro rapazes ficarão durante os dias da audiência, já que estão sob os cuidados do programa de proteção de testemunhas.

Richa diz que se arrepende da Copa em Curitiba e Dilma vem visitar Arena da Baixada


Da Redação


A Copa do Mundo tem capítulos diferentes nesta semana em Curitiba para o governador Beto Richa e a presidente Dilma Roussef. O primeiro, em entrevista nesta segunda-feira (5) ao programa Roda Viva, da TV Cultura, afirmou que hoje não lutaria pela Copa na capital. A segunda, por sua vez, vem à cidade para visitar a Arena da Baixada, na próxima sexta-feira (9).
(Foto: Jérôme Valcke)
Arena da Baixada receberá visita de Dilma (Foto: Jérôme Valcke)
Richa disse ao Roda Viva que os empréstimos têm juros maiores do que ele imaginava, porém não acredita que as obras serão supérfluas. “Não imaginava que os gastos fossem tão grandes”, disse o governador tucano.
Com relação à Dilma, a presidente visita a Arena da Baixada na próxima sexta-feira. O estádio atleticano deverá receber um jogo-teste no dia 14 de maio, com capacidade para receber 30 mil torcedores, ao invés dos 45 mil que deve acontecer na Copa.