A VEREADORA MICHELI MOCELIN SERÁ INTIMADA A DEPOR NA CPI DA UVA NA PRÓXIMA SEMANA

Foto: Marcio Fausto


 O presidente da CPI da UVA, vereador Gil Gera e seu relator Waldirlei Bueno,  em entrevista coletiva que  aconteceu na tarde dessa sexta feira, dia 16/05 declararam que foi positiva as oitivas que aconteceram nesses dois dias na Câmara Municipal de Colombo. Prestaram depoimentos o sr. Raimundo de Freitas Lourenço, que é funcionário municipal e o ex secretário de obras da gestão passada o Sr. Moacir ( BALÃO ) e o sr. Claudio José de Souza que trabalhava no monitoramento na época do suposto sequestro. O ex prefeito J. Camargo e suas irmãs que eram secretárias municipais  não compareceram. O relator vereador Waldirlei Buaeno nos disse que a Polícia Civil  está empenhada nas investigações,  e assim que se apresentarem novidades no curso da investigação informará a comissão, e ainda informou que a comissão está concentrada em apurar as administrações  e contabilidade da festas e um pente fino nas referidas prestações de contas.

Queremos saber qual foi o valor  e como foi roubado o dinheiro da festa da uva de 2011?
Na segunda feira o presidente da Câmara, o sr. Jose Renato Strapasson fará a indicação do quinto integrante da comissão, já que o vereador Clodoaldo Camargo pediu para ser desligado da mesma.

 Na próxima semana todas essas  pessoas que não compareceram serão intimadas novamente e provavelmente   o Jamis ( suposto namorado da Maria Amélia ) que se encontra preso. Provavelmente  logo após a copa a referida CPI estará concluída e seu resultado  será remetido para a justiça.

A vereadora Micheli Mocelin, será intimada a depor porque na época, ela respondia pela Secretária de Turismo e  muitas das despesas eram ordenadas  por ela.

Fotos: Marcio Fausto






Suspeito de assaltar casas é morto em confronto com a PM em Colombo


Da Redação




Um suspeito entrou em confronto com policiais militares e foi morto na tarde desta sexta-feira na rua João Elias Alves da Silva, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. A informação inicial é que ele teria assalto casas na região do bairro Jardim Campo Alto.
Uma viatura do Siate do Corpo de Bombeiros se desloca ao local da troca de tiros. Não foi informado pela Polícia Militar (PM) se outros assaltantes estiveram envolvidos na situação.
O corpo do acusado foi encaminhado para o Instituto Médico Legal.

Neurologista que desapareceu antes de plantão é encontrado e já está em casa


Da Redação




O neurologista de uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) e de um tradicional hospital de Curitiba, que desapareceu no final da tarde de quarta-feira (14), foi encontrado nestas últimas horas. Ele já está em casa e com a família. A Delegacia de Vigilâncias e Capturas de Curitiba (DVC), que investiga o caso, confirmou a informação à Banda B.
Ontem à tarde, colegas de trabalho do médico informaram que ele saiu para almoçar e não apareceu para assumir o plantão na UPA. A informação que chegou a Banda B é que o neurologista estava em um hotel no Centro de Curitiba. Em respeito a um pedido da família, os policiais da DVC não passaram mais informações sobre o caso.

Polícia procura ladrão solitário que assalta agências dos Correios de Curitiba


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

A Polícia Civil divulgou na tarde desta sexta-feira (16) imagens de um ladrão solitário que assalta as agências dos Correios de Curitiba. As câmeras mostram a ação do criminoso, que já realizou pelo menos quatro assaltos na capital.
ladrao-solitario
Ladrão solitário já assaltou quatro agências na capital. (Foto: Reprodução)
Ele age com apenas uma arma de fogo escondida nas roupas ou na mochila. Silenciosamente, o homem mostra o revólver para as atendentes e pede para que elas passem o dinheiro. “Ele age sozinho e leva tudo o que tem no caixa. Nós acreditamos que a arma que ele carrega não se trata de um simulacro, é mesmo de verdade”, explicou o delegado Marcelo Magalhães, da Delegacia de Furtos e Roubos da capital.
Um detalhe que chamou a atenção dos policiais é que o assaltante sempre usa luvas na mão direita durante as ações. “A gente não sabe se ele tem uma tatuagem, algum tipo de marca ou deficiência que o leva a esconder a mão. Mas é algo que pode ajudar a identificá-lo”, destacou o delegado.
Nas duas gravações divulgadas, o homem age da mesma forma: mostra a arma para as vítimas e as faz passar todo o dinheiro do caixa. Em seguida, sai andando tranquilamente do local. Ele é branco, alto, magro e geralmente se veste de preto.
Quem tiver qualquer informação sobre a identificação do rapaz pode ajudar a polícia ligando para o telefone (41) 3218-6100 .

ASSISTA AOS VÍDEOS ABAIXO

Acusado de matar funcionário que salvou patroa durante assalto é preso


Da Redação com Polícia Civil

Policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR) prenderam um dos homens responsáveis pela morte do homem que defendeu a mulher do patrão durante um assalto na última sexta-feira (9). André Barbosa, de 24 horas, foi abordado por volta das 17h desta quinta (15) na comunidade Terra Santa, no bairro Tatuquara, em Curitiba.
latrocida
(Foto: Juliano Cunha – Banda B)
Ele é acusado de matar Jobrair Caldas, de 46 anos, funcionário de uma fábrica e oficina de carretas na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Segundo o delegado Rodrigo Souza, da DFR, o criminoso foi identificado graças a testemunhas do crime e, contra, ele foi solicitado um mandado de prisão, cumprido pelos policiais da especializada. “Já temos também a imagem do outro homem que participou do crime e agora estamos atrás dele”, disse o delegado.
O crime
Caldas trabalhava em uma fábrica e oficina de carretas localizada na Rua Roberto Ozório de Almeida, na CIC. Ele era considerado como um dos melhores funcionários da empresa e tido pelo padrão como “braço direito”. Na tarde da última sexta, dois homens armados invadiram o local em uma moto e renderam 20 funcionários da empresa e o casal de proprietários. Horas antes eles foram ao local verificar quais eram a condições para a prática do crime. Como desculpa, disseram estar buscando emprego. O latrocínio ocorreu no momento em que a esposa do dono tentava falar ao celular. Os ladrões começaram a agredi-la e Caldas foi defendê-la. Ele foi atingido por um tiro no peito e morreu na hora.

Funcionário de oficina defende mulher do chefe durante assalto e acaba morto por bandidos


Por Marina Sequinel e Danaê Bubalo
latrocinio-cic-100514-bandabdentro
Bandidos invadiram uma oficina de carretas na CIC. (Foto: Danaê Bubalo – Banda B)

funcionário de uma fábrica e oficina de carretas na Cidade Industrial de Curitiba (CIC) foi morto depois de reagir a um assalto no final da tarde desta sexta-feira (9). O crime aconteceu dentro do estabelecimento, localizado na rua Roberto Ozório de Almeida.
Dois homens armados invadiram o local e renderam 20 funcionários da empresa e o casal proprietário. Segundo o dono, que não quis se identificar, minutos antes do crime os indivíduos chegaram e perguntaram se havia vagas de emprego. “Eles saíram e logo depois voltaram, dando voz de assalto. Eles foram muito agressivos, me renderam e falaram para eu abrir o cofre. No que eu fui fazer isso, eles começaram a bater na minha esposa, porque ela estava no celular, mas não para chamar a polícia nem nada, porque ela não percebeu o que estava acontecendo”, explicou o proprietário à Banda B.
moto-abandonada-100514-bandab
Moto abandonada pelos assaltantes tem placas de Santa Catarina. (Foto: Danaê – Bubalo)
Quando eles engatilharam o revólver e o colocaram na cabeça da mulher, o funcionário Jobrair Caldas, de 46 anos, reagiu e foi para cima dos marginais. A dupla atirou contra ele, que foi atingido no peito e morreu na hora. “Jobrair era um excelente funcionário, o meu braço direito, e essa ação monstruosa foi uma perda enorme para nós. O que todos querem agora é justiça”, disse o dono da oficina.
A dupla de assaltantes fugiu e abandonou uma motocicleta no local. A polícia já tem pistas sobre os atiradores e acredita que eles tinham informações privilegiadas para cometer o crime. A Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba trabalha no caso.

Viatura cai em rio durante perseguição e policiais ficam feridos


Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento




Dois policiais militares da 1° Companhia do 17° Batalhão tiveram ferimentos leves após caírem com a viatura em um rio na Planta São Marcos, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, na madrugada desta sexta-feira (16). Eles faziam acompanhamento tático a um Corsa Sedam roubado na tarde de ontem em Curitiba. Os marginais conseguiram fugir.
O tenente Cason, da Polícia Militar (PM), explicou que os policiais caíram no rio para evitar a batida contra o Corsa, que tinha se envolvido em outro acidente. “Estavam no acompanhamento dos marginais e a viatura caiu em um rio. Os policiais desviaram do Corsa para evitar que algo mais grave acontecesse”, explicou.
De acordo com Cason, os marginais fugiram logo em seguida ao acidente dos policiais. “Mesmo molhados e feridos, os policiais foram atrás, mas os bandidos já tinham fugido”, explicou.
Os policiais foram encaminhados ao Hospital Cajuru, onde receberam atendimento e deverão ser liberados em breve.

Homem que estuprou esposa de PM na frente de filho de três anos é preso


Por Luiz Henrique de Oliveira e Danaê Bubalo


Policiais militares do 17º Batalhão prenderam no final da noite desta quinta feira (15) o homem acusado de abusar sexualmente a esposa de um policial militar no começo da tarde na área rural de Mandirituba, na região metropolitana de Curitiba. O rapaz foi preso na sua casa, em Fazenda Rio Grande, após denúncia anônima que chegou por parte da população.
suspeito
Suspeito confessou o crime (Foto: Divulgação PM)
Segundo a Polícia Militar (PM), Clodoaldo Bernardo da Silva, de 21 anos, tentou assaltar uma residência no Jardim Brasília, na área rural de Mandirituba, mas como não conseguiu seguiu pela estrada de chão até encontrar a vítima que tinha ido buscar o filho de três anos na escola. A mãe e o menino foram abordados pelo bandido que, agindo com extrema violência, bateu na criança e levou a mulher a força para o meio do mato, onde a estuprou na frente do filho. A mulher conseguiu se soltar do bandido e pedir ajuda.
Rapidamente várias viaturas da polícia militar se deslocaram até o local na tentativa de prender o suspeito. Clodoaldo tem diversas passagens pela polícia e era foragido da Delegacia de Fazenda Rio Grande. Ele confessou o crime com frieza e afirmou que fez tudo sozinho, sob o efeito de drogas. A vítima reconheceu o jovem por meio de uma tatuagem que ele tem no braço.
O tenente Cason, do 17º Batalhão, lamentou o que aconteceu e a marca que ficará na vida de seu colega de farda. “Ao sair pela rua encontrou a vítima e a violentou. Fomos até a casa dele e conseguimos prendê-lo. Certamente a família sofrerá com isso por algum tempo”, descreveu.
O suspeito está detido na carceragem da Delegacia de Fazenda Rio Grande, à disposição da Justiça.