Mais 5 são presos por suspeita de fraude em licitação do TC


Gaeco também cumpriu 11 mandados de busca e apreensão; coordenador geral do órgão teria recebido R$ 200 mil de empresário

Theo Marques/17-01-2013
 
Curitiba - O Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público (MP) do Paraná informou ontem que cumpriu mais cinco mandados de prisão temporária, além da prisão em flagrante do coordenador geral do Tribunal de Contas (TC) do Paraná, o servidor efetivo Luiz Bernardo Dias Costa, na quarta-feira, durante a operação que investiga irregularidades na licitação da ampliação do anexo ligado ao prédio do órgão, na capital.

Segundo o MP, além de Costa, foram detidas pessoas ligadas à empresa Sial Construções Civis Ltda. Além disso, também foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão na empresa, no TC e em residências das pessoas investigadas. Ontem, o Gaeco ainda cumpriu cinco mandados de conduções coercitivas de funcionários do TC para serem ouvidos a respeito dos fatos. As investigações foram iniciadas há aproximadamente três meses.

Conforme a apuração, o coordenador geral do TC teria recebido cerca de R$ 200 mil em propina de um empresário ligado à construtora, que venceu a concorrência pública para a obra, orçada em R$ 36,4 milhões. A prisão em flagrante teria ocorrido na sede da empresa, no momento em que Costa receberia o dinheiro. O contrato para realização da obra tinha sido assinado no último dia 2, durante as celebrações dos 67 anos do TC do Paraná.

Licitação


O certame para a escolha da empresa vencedora não foi nada tranquilo. O edital de licitação que prevê a obra de cerca de 12,5 mil metros quadrados foi publicado em 7 de novembro de 2013 e previa um custo máximo de R$ 40 milhões. A Sial venceu o certame ao apresentar a proposta de R$ 36,4 milhões, entretanto os concorrentes pediram a impugnação do edital de licitação e também interpuseram recursos administrativos questionando o processo, mas todos acabaram sendo derrubados.

Manifestação do TC


Ontem, a assessoria de imprensa do TC informou, através de uma nota, que "prestou todas as informações solicitadas pelo Gaeco, fornecendo documentos e dados relacionados ao procedimento licitatório".

A nota ainda diz que "em relação ao processo licitatório questionado, as obras não foram iniciadas e nem houve qualquer espécie de pagamento ou dispêndio de recursos públicos". O órgão também ressaltou que, até a completa apuração dos fatos, o processo da obra está suspenso.

Sigilo


O advogado de Luiz Bernardo Dias Costa, Roberto Brzezinski, informou que não vai comentar o assunto enquanto não estiver totalmente inteirado das investigações realizadas pelo Gaeco.

O coordenador estadual do Gaeco, Leonir Batisti, afirmou que as investigações ainda estão em andamento e que o caso corre em sigilo judicial, por isso não repassou detalhes sobre a operação.

A reportagem também entrou em contato com a Sial, mas não houve retorno até o fechamento da edição.

Saiba Mais

* A empresa Sial Construções Civis Ltda, de Curitiba, venceu a concorrência pública aberta em novembro de 2013 pelo Tribunal de Contas (TC) do Paraná.

* O resultado da licitação foi homologado pelos conselheiros do TC em maio de 2014, de forma unânime. O extrato do contrato entre o TC e a empresa foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do órgão no último dia 3 de junho.

* O objeto do contrato é a execução da obra de reforma e ampliação do edifício anexo do TC, localizado no Centro Cívico da capital, e vigoraria por 3 anos. O valor do contrato é de R$ 36.478.753,80.

Prefeitura de Colombo promove o Fórum Municipal da Mulher


WEBMASTER 20 DE JUNHO DE 2014

O enfrentamento à violência contra a mulher, Lei Maria da Penha e o aprofundamento na realidade das mulheres serão os temas nos debates

Prefeitura de Colombo promove o Fórum Municipal da MulherNo próximo dia 24, terça-feira, acontece em Colombo o Fórum da Mulher, com o objetivo de efetivar a garantia dos direitos das mulheres colombenses, principalmente aquelas que se encontram em situação vulnerabilidade à violência.
Com o objetivo de contribuir significativamente para prevenção e a erradicação da violência contra mulheres, o fórum será um grande alerta para a sociedade colombense que se une em um dos mais importantes debates que interessa à todas as pessoas.
A advogada Janaína Feliciano Ferreira Aksenen, que é colombense, estará palestrando sobre o tema: “Maria da Penha e outras Marias…”, mostrando para a plateia a importância de uma política consistente para as mulheres. Neste mesmo evento será realizado um levantamento para tornar clara a realidade das mulheres em Colombo e qual a avaliação que fazem dos serviços que são prestados pelo município no atendimento às situações de violência.
O evento será realizado nas dependências da Regional Maracanã e terá início às 13 horas da terça-feira dia 24/06. Após a abertura, acontece a palestra motivadora para os debates. Às 16 horas então, o tema será “Conhecendo as Marias de Colombo” e o encerramento está previsto para as 17 horas.
A partir deste fórum será implementado o Conselho da Mulher, fazendo valer a Lei Municipal 1059/2008 que cria o Conselho Municipal da Mulher.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG- colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC; no site oficial: www.colombo.pr.gov.br e no Instagram: @colombopmc

Motoristas e cobradores descartam greve segunda, mas ainda esperam nova proposta



Uma reunião no Tribunal Regional do Trabalho, entre representantes do Sindicato de Motoristas e Cobrador de Curitiba (Sindimoc) e do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano e Metropolitano de Passageiros de Curitiba e Região Metropolitana (Setransp), definiu que o sindicato que representa a categoria vai retirar o indicativo de greve para a próxima segunda-feira (23). Apesar disso, uma assembleia amanhã deve definir se uma paralisação pode acontecer a partir da próxima terça-feira (24).
onibus1
(Foto: Divulgação)
Até terça, motoristas e cobradores aguardam que Setransp, Urbs e COMEC, responsáveis pelo transporte coletivo em Curitiba e região, apresentem uma nova proposta à categoria. Segundo o presidente do Sindimoc, Anderson Teixeira, o dissídio coletivo acordado no começo de março não foi totalmente cumprido. O dissídio previa reajuste de 9,28% – que equivale a 5,26% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (INCP) mais 3,28% –, mais abono de R$ 300 e reajuste de 10,5% na cesta básica para os motoristas e cobradores de ônibus de Curitiba e Região. Porém, o acordo não teria sido cumprido.
Saetransp, Comec e Urbs ainda não se manifestaram sobre a possibilidade de greve na segunda-feira, dia em que acontece em Curitiba o terceiro jogo da Copa do Mundo entre Espanha X Austrália, na Arena. O jogo está marcado para as 13 horas.

Fonte Banda B
.

PM reforça patrulhamento para evitar ação de manifestantes antes do jogo na Arena




A Polícia Militar (PM) parece reforçar o patrulhamento e vários policiais estão no Centro de Curitiba de olho na possibilidade de acontecer uma manifestação antes do jogo entre Honduras e Equador, que começa às 19h desta sexta-feira (20) na Arena da Baixada, em Curitiba. Agora há pouco, viaturas se deslocaram para a Praça Carlos Gomes, onde pela rede social facebook os possíveis manifestantes marcam como ponto de partida.
Essa precaução por conta da PM acontece também pelo que aconteceu na última segunda-feira, no Centro de Curitiba, quando em torno de 40 manifestantes protagonizaram uma quebradeira na região central, durante o jogo entre Irã e Nigéria.

Bandidos assaltam equatorianos e levam ingresso e U$ 1 mil perto da Arena


equador


Três turistas equatorianos, enquanto caminhavam para a Arena da Baixada para a partida de logo mais entre Honduras X Equador, foram assaltados e tiveram um dos ingressos e U$ 1 mil roubados por marginais, na Av. Sete de Setembro, no bairro Batel. Por volta das 15h desta sexta-feira (20), eles chamaram policiais militares (PM) desesperados com o que aconteceu.
reportagem esteve no local da ocorrência e tentou contato com a polícia, que não quis falar sobre o caso. O que foi apurado é que os equatorianos apontaram para dois homens e uma mulher que teriam cometido o crime. Com eles nada foi encontrado e, por conta disso, tanto os estrangeiros, quanto os possíveis autores, foram levados à Delegacia de Futebol e Eventos (Demafe) para prestar depoimento.
Vários curiosos acompanharam o trabalho da PM no local.

Fonte: Banda B

REQUIÃO FOI O GRANDE VENCEDOR DA CONVENÇÃO DO PMDB


Hoje dia 20/06 sexta feira aconteceu ma Sociedade URCA, a CONVENÇÃO ESTADUAL DO PMDB, onde o senador Roberto Requião venceu com 319 votos a  seu favor e 250 votos a favor da coligação com o PSDB do governador Beto Richa e ainda teve 4 votos nulos e um voto em branco. Pelo Twiter o senador Requião declarou, Venceu a dignidade e as bases do PMDB.

A derrota do PSDB e dos deputados a favor da coligação foi por uma diferença de 69 votos e com certeza esse fim de semana será de muitos debates dos grupos vencedores dos derrotados. 

Requião também anunciou que Marcelo Almeira será o candidato do PMDB ao senado.

O candidato a vice na chapa de Requião será escolhido no dia 30 de junho.





Mais quatro estão presos por fraude em licitação no TCE


19 de junho de 2014
O coordenador-geral Luiz Bernardo Dias Costa foi preso em flagrante após receber R$ 200 mil da Sial Engenharia e Construção
Diego Ribeiro e Felipe Aníbal/Gazeta do Povo
tce1
Mais quatro pessoas estão presas acusadas de participar da fraude na concorrência pública para construção de um anexo do Tribunal de Contas do Estado (TCE), no Centro Cívico, em Curitiba. Além deles, foram presos, nesta quarta-feira (18), pelo Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), braço do Ministério Público, o coordenador-geral do TC, Luiz Bernardo Dias Costa e o empresário Edmilso Rossi, proprietário da construtora Sial Engenharia e Construção vencedora da licitação no valor de R$ 36,4 milhões.
Entre os outros presos estão o filho de Rossi, um funcionário do departamento financeiro da Sial, e o ex-deputado estadual e ex-funcionário do TC Davi Cheriegate. Todos são suspeitos de estarem envolvidos com fraude na mesma concorrência. Luiz Bernardo Dias Costa foi preso em flagrante após receber R$ 200 mil da Sial Engenharia e Construção em maços de dinheiro. Os outros cinco foram detidos em decorrência de mandados de prisão temporária.
Além das prisões, policiais e promotores do Gaeco estiveram no prédio do Tribunal de Contas, onde cumpriram mandados de busca e apreensão. Foram recolhidos documentos da coordenadoria-geral – setor onde Costa estava lotado – e do departamento de licitações do TC. O coordenador do Gaeco, Leonir Batisti, não quis dar declarações sobre a operação para não prejudicar as investigações e também porque o caso está sob sigilo judicial.
Processo licitatório está suspenso, segundo TCE
Por nota, o Tribunal de Contas do Estado informou que suspendeu o processo licitatório 01/2013 até que haja completa apuração dos fatos. “Em relação ao processo licitatório questionado, as obras não foram iniciadas e nem houve qualquer espécie de pagamento ou dispêndio de recursos públicos”, afirma o texto.
O tribunal ainda informou que prestou todas as informações necessárias ao Gaeco sobre a concorrência. O texto diz que o TC “está tomando todas as providências necessárias para que o caso seja elucidado, possibilitando o pleno exercício da ampla defesa a todos os envolvidos”, relata a nota.
Desde as prisões ocorridas, a reportagem tem tentado localizar todos os advogados de defesa. O único que atendeu aos chamados foi Roberto Brzezinski, advogado de Luiz Bernardo Dias Costa. Brzezinski ainda se inteirava da situação para poder conversar com a reportagem.

Equatorianos se revoltam com conta em boate e terminam balada na delegacia




Três equatorianos foram encaminhados à Delegacia de Futebol e Eventos (Demafe) na madrugada desta sexta-feira (20). Depois de muitos comes, bebes e curtição com as brasileiras, eles consideraram alta demais a conta de uma boate no Centro de Curitiba e se recusaram a pagar. Os três foram detidos pela Polícia Militar (PM).
Na delegacia especializada, os estrangeiros, com a intermediação de um delegado, se acertaram com os donos da casa noturna. A conta teve o seu valor diminuído e eles foram liberados após pagarem o novo valor. Detalhe é que um equatoriano ficou tão nervoso que chegou a fazer as necessidades nas calças.
Após o ocorrido, os estrangeiros foram levados até o hotel no Centro de Curitiba para passar a noite e tomar um banho.
O trio está em Curitiba para ver o jogo entre Honduras X Equador, logo mais, às 19 horas, na Arena.

fONTE; Banda B
.

HOJE É O GRANDE DIA PMDB VAI DE BETO OU DE REQUIÃO


requi e beto
Richa e Requião no centro da disputa
Cerca de 700 delegados do PMDB decidem nesta sexta-feira (20), na convenção estadual, se o partido vai apoiar a reeleição do governador Beto Richa (PSDB), com a provável indicação do cargo de vice, ou se vai lançar candidatura própria, o que vai significar a presença do senador Roberto Requião na disputa. A convenção começa às 9 horas e vai até às 15 horas, na Sociedade Urca, em Curitiba. A expectativa é que até às 16 horas, uma hora depois do último voto, já seja possível saber o resultado.
O ex-governador Orlando Pessuti, que até terça-feira (17) apoiava a ideia de candidatura própria e apresentava o nome para a disputa, mudou de ideia e anunciou o apoio à coligação com o tucano. Há a possibilidade de Pessuti ser indicado como vice de Richa, caso vença a proposta de coligação. Outros nomes do PMDB que disputam o eventual cargo são o deputado estadual Caito Quintana e o deputado federal, presidente do partido no estado, Osmar Serraglio.
As duas alas garantem ter entre 70% e 80% dos votos, o que aponta que um dos grupos deverá se declarar traído ao final  da apuração hoje.
O PMDB é considerado peça chave na matemática das eleições no Paraná. Analistas dizem que, caso o partido apóie Richa, as chances de reeleição aumentam muito. Já num cenário com a presença de Requião, seria maior a possibilidade de um segundo turno não se sabe se entre o peemedebista, Richa ou a candidata petista, Gleisi Hoffmann.

Fonte: Banda B