Curitiba começa a testar modelos eletrônicos de EstaR




 

Nos próximos 15 dias, a cidade vai experimentar um sistema de pagamento por dispositivos móveis, como tablets e celulares
Dentro dos próximos 15 dias Curitiba vai começar a testar um novo sistema para pagamento das vagas de estacionamento rotativo. Ao invés dos tradicionais cartões de papel, a regularização do EstaR em algumas ruas do Centro Cívico poderá ser feita por meio de dispositivos móveis, como tablets e celulares.

Mudanças recentes não agradaram a todos
O funcionamento do EstaR é o mesmo há mais de 30 anos. A mudança mais significativa ocorreu em maio, quando a comercialização dos tíquetes e a regularização das notificações das 10,9 mil vagas passaram a ser feitas em 160 lotéricas credenciadas da Caixa. Antes, agentes de trânsito, bancas de jornal e terceiros vendiam o tíquete enquanto o pagamento da notificação só poderia ser feito nas sedes da Setran.
O novo modelo não facilitou a vida dos usuários, que continuam precisando encontrar um ponto de venda. De acordo com a Setran, porém, a medida fez com os 169 dos 356 agentes de trânsito que cuidam do EstaR passassem a se dedicar somente às funções de orientação e fiscalização.
Ainda no mês passado, a Caixa disse à Gazeta do Povo que pretende aumentar o número de lotéricas credenciadas para 210 até o fim de 2014, além de habilitar algumas bancas de jornal para o serviço.
Seleção
São Paulo provou três empresas e deve optar por uma delas
Na gestão anterior da capital paulista, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) realizou projetos-piloto para testar novas tecnologias como alternativa para o sistema de papel da Zona Azul (o EstaR paulistano e de outras cidades) que hoje estão suspensos. Os testes realizados na chamada Zona Azul Eletrônica foram feitos em três áreas controladas por três diferentes empresas e seus respectivos modelos.
“O teste foi encerrado no ano passado. Agora estamos esperando a prefeitura decidir por qual sistema ela quer como oficial”, explica o diretor de tecnologia da Rede Ponto Certo, Rafael Sandini.
A empresa era responsável pela Zona Azul Digital. Nela, o usuário estacionava seu veículo, dirigia-se ao comércio credenciado e comprava os créditos eletrônicos com o valor que desejasse. Automaticamente, o automóvel já estava habilitado para o estacionamento. Os créditos podiam ser controlados pelo celular, bloqueando e desbloqueando o tempo de uso, por ligação ou SMS.
Onde
Cinco ruas do Centro Cívico foram escolhidas para testar o Pango. Até o lançamento do projeto, o cartão de EstaR nessas vias está dispensado:
• Rua da Glória: entre a Acyr Camargo de Queiroz e Av. João Gualberto (lado direito da rua) e entre ­­ruas Ary Camargo de Queiroz e Com. Fontana (lado esquerdo).
• Rua Ary Camargo de Queiroz: entre Heitor Stockler de França e Rua da Glória (lado esquerdo).
• Rua Comendador Fontana: entre Av. Cândido de Abreu e Rua Mal. Hermes (lado esquerdo).
• Rua Papa João XXIII: do início até a Rua Ernani Santiago de Oliveira.
• Rua Dr. Roberto Barrozo: entre a Euclides Bandeira e a Av. Cândido de Abreu.
A modernização do sistema de controle do estacionamento regulamentado teve início no fim do ano, quando o município publicou portarias em Diário Oficial convidando empresa que quisessem apresentar tecnologias voltadas para monitoramento e fiscalização de trânsito, controle de semáforos e de vagas rotativas.
Quatro projetos relacionados ao EstaR foram aprovados por uma comissão formada pela Secretaria de Trânsito (Setran) e representantes da UFPR e da Universidade Posi­­­tivo, mas dois ainda dependem de estudos de viabilidade. Os outros dois serão projetos-piloto nas ruas da capital.
O primeiro, Pango Mobile Parking, é da empresa israelense Pango e vai funcionar por um período de 90 dias, a partir, provavelmente, da semana iniciada no dia 14 de julho. O outro piloto que deve ser testado ainda não foi divulgado.
Funcionamento
Os motoristas que estacionarem o carro na área coberta pelo projeto vão poder utilizar o Pango com duas novas opções para pagar o EstaR, no modo pré-pago de créditos de estacionamento ou pelo cartão de crédito. A principal novidade será a possibilidade de usar o celular para utilizar a vaga sem precisar se locomover e deixar comprovante no painel do veículo, uma vez que a informação ficará em um sistema virtual. Por ele, o usuário informa sua localização e o período de começo e término de utilização da vaga enquanto o sistema calcula o tempo e informa o valor a pagar.
Para dar suporte ao projeto, novas placas de sinalização vão ser instaladas e funcionários da empresa estarão nas ruas selecionadas divulgando e orientando a população. Os créditos também serão vendidos em agências lotéricas da Caixa Econômica, assim como a cartela de papel, que continua valendo. O preço atual de R$ 1,50 a hora e o modelo de hora cheia serão os mesmos.
“É a nossa primeira ação no país. O sistema funciona em diversos locais do mundo e tem capacidade para oferecer uma solução completa no futuro”, diz o diretor da Pango Brasil, Daniel Cândido. Em países como Israel e Estados Unidos, o Pango Mobile Parking oferece outras funcionalidades como, por exemplo, a cobrança pelo tempo de permanência fracionado minuto a minuto e a localização de vagas rotativas disponíveis por georreferenciamento.
Araucária usa um sistema semelhante
A cidade de Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba, colocou em operação um sistema de estacionamento rotativo eletrônico há dois anos e meio.
O sistema funciona com pagamento via cartão de crédito e também com recarga em dinheiro nos 51 pontos credenciados e com monitores de trânsito. Pelos smartphones é possível regularizar o estacionamento pelo aplicativo Mobilicidade, disponível para os sistemas Android e iOS. Quem preferir ativar por ligação precisa ligar para o telefone (41) 4063-9099 ou 2626-1702.
O usuário pode vincular até 5 placas por cadastro e escolher o tempo, que funciona de 20 em 20 minutos até o limite de 2 horas. O preço é de R$ 1,20 a hora, mas o motorista fica com crédito caso utilize menos que o tempo comprado, em fração por minuto inclusive. As 1,2 mil vagas disponíveis na área central são monitoradas em tempo real pelos fiscais por aparelhos portáteis.
“A maioria aprova, mas alguns ainda reclamam até porque antes disso não existia nenhum tipo de cobrança. Quem vem de fora normalmente elogia”, afirma o coordenador local da Serttel, empresa responsável pelo Estacionamento Rotativo de Araucária, Wilian Ramires Roncolato.

Justiça encaminha ao STF provas sobre relação de Collor com Youssef

Collor de Mello - Senador da Republica 


Durante busca e apreensão realizada no escritório de Youssef, foram apreendidos oito comprovantes de depósitos bancários em espécie que teriam por beneficiário o senador


A Justiça do Paraná encaminhou nesta quinta-feira (3) ao STF (Supremo Tribunal Federal) o que considera provas encontradas fortuitamente durante buscas da Operação Lava Jato acerca de suposta relação entre o doleiro Alberto Youssef e o senador Fernando Collor (PTB-AL).
Pivô da Lava Jato, Youssef foi preso em março acusado de comandar um esquema de lavagem de dinheiro. Na decisão desta quinta, o juiz Sergio Moro relata que, durante busca e apreensão realizada no escritório de Youssef, foram apreendidos oito comprovantes de depósitos bancários em espécie que teriam por beneficiário o senador.

Como Collor tem foro privilegiado, o caso só pode ser analisado pelo STF. O juiz diz ser "prematura" a conclusão de que os depósitos teriam natureza criminosa. "Nem há prova de sua relação com os fatos que já compõem o objeto das oito ações penais propostas"."São oito depósitos em espécie fracionados de R$ 1.500,00, R$ 9.000,00, R$ 1.500,00, R$ 9.000,00, R$ 8.000,00, R$ 9.000,00, R$ 8.000,00 e R$ 4.000,00, em 02 e 03 de 05/2013, somando R$ 50.000,00", diz o despacho.
No entanto, segue, "a localização em escritório de suposto doleiro de comprovantes de depósitos em espécie constitui indício de crime e necessita ser melhor investigado, perante o foro próprio, o Supremo Tribunal Federal". Em maio, o senador negou conhecer Alberto Youssef ou manter "qualquer relacionamento pessoal ou político" com o doleiro.

Eleições 2014 no Programa Mesa Redonda dos Blogs


Programa " MESA REDONDA DOS BLOGS " exibido terça feira dia 01/07, apresentação Wilson Vieira e Nilton do Rim.

Programa " MESA REDONDA DOS BLOGS "




Em Curitiba, Dilma e Lula lança Gleisi ao Governo do Paraná



Dilma, Lula e alta cúpula do partido participam de encontro do PT para lançar a candidatura de Gleisi Hoffmann ao governo do Estado


Com uma série de críticas ao governo estadual, o encontro do PT em Curitiba reúne, na noite desta quinta-feira (3), a presidente Dilma Rousseff, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e boa parte da alta cúpula petista e base aliada para apoiar a candidatura da senadora Gleisi Hoffmann ao governo do Paraná. O encontro acontece no Teatro Positivo, no bairro Campo Comprido, que está com a plateia lotada de militantes do PT.
Logo no início do discurso, Dilma atacou, sem citar nomes, o governador Beto Richa (PSDB) – que vem declarando que o Paraná seria preterido pelo governo federal, principalmente pela demora na liberação de empréstimos solicitados pelo estado. “O Paraná nunca foi discriminado pelo governo federal, porque pra mim os interesses do povo de qualquer estado estão acima de questões partidárias”, disse a presidente.
Festival de inaugurações
Mais cedo, Dilma participou de um festival de inaugurações de obras em 10 cidades, inclusive Curitiba. Isso porque a partir do próximo sábado (5) a legislação eleitoral proíbe inaugurações por agentes públicos, o que acelerou o ritmo de entregas de obras. O evento aconteceu em Brasília, mas foi replicado por videoconferência nas demais cidades.
Em Curitiba, Dilma inaugurou 480 unidades do programa "Minha Casa, Minha Vida" no bairro Santa Cândida. A presidente aproveitou para lançar a terceira etapa do programa, com a previsão do lançamento de mais 3 milhões de moradias até o fim do governo.
Ainda hoje, em Foz do Iguaçu, a senadora Gleisi Hoffmann e o ministro dos Transportes Paulo Passos lançaram o contrato para construção da segunda ponte internacional sobre o Rio Paraná. Eles também lançaram um edital de licitação para revitalizar a Ponte da Amizade, entre Brasil e Paraguai.
Agenda privada da presidente
Laura Beal Bordin, especial para a Gazeta do Povo
A presidenta Dilma Rousseff (PT) chegou à Curitiba por volta das 15h45 no avião oficial da presidência e deixou o Aeroporto Afonso Pena logo depois, numa comitiva sem escolta oficial dos batedores das polícias federal, militar e guarda municipal.
De acordo com a assessoria de comunicação da Presidência, Dilma cumpria agenda privada na capital e nenhuma informação foi divulgada. Ainda de acordo com a assessoria de comunicação, os gastos com combustível do avião oficial da Força Aérea Brasileira (FAB) foram custeados pelo PT, uma vez que o evento é particular.
Dilma afirmou que o Paraná recebeu R$ 47 bilhões em recursos do governo federal nos últimos 12 anos, desde o início do governo Lula. “Não creio que em outros momentos do passado outros governos investiram tanto”, alfinetou. Ela citou a destinação de recursos recentes para o estado em projetos de mobilidade social e em bandeiras do partido como o Bolsa Família e Mais Médicos.
Gleisi, em sua fala, também criticou a atual gestão do estado, dizendo que "o Paraná não quer uma gestão que confunde choque de gestão com caos financeiro". Ela sinalizou que tem o apoio do governo federal, mais que outras chapas. "Temos o compromisso da Dilma para nos amparar e nos assistir. Governaremos juntas a partir de 2015".
Retomando a antiga rivalidade entre PT e PSDB, Dilma fez um longo discurso sobre o partido adversário, lembrando de fatos que remontam à época de Fernando Henrique Cardoso na presidência. “Os nossos adversários andam espalhando muitas inverdades ao nosso respeito. A nossa proposta é só fazer o contrário a respeito deles: só falar a verdade. Vamos lembrar o que eles produziram enquanto estiveram no governo. Produziram recessão, desemprego, redução da renda e achatamento salarial. Eles produziram isso não porque são maus, mas porque se submeteram ao modelo de gestão proposto pelo capital financeiro”, disse.
A presidente encerrou o discurso desejando boa sorte para a seleção brasileira no jogo desta sexta-feira (4), contra a Colômbia. E aproveitou para criticar quem "joga contra". "Estamos dando uma lição a quem tem complexo de vira-latas, a quem previu o caos e torcia pelo pior. Eles estão sendo silenciados pela Copa das Copas", afirmou.
Gleisi subiu ao palco ao lado de Lula e Dilma, que a aplaudiram. Além dos três, o palco ficou lotado de aliados: o candidato a vice na chapa da Gleisi, Haroldo Ferreira, o candidato a senador na mesma chapa, Ricardo Gomyde (PC do B), o presidente nacional do PT, Rui Falcão, os ministros Aloísio Mercadante (Casa Civil), José Henrique Paim (Educação), Paulo Bernardo (Comunicações) e Miguel Rossetto (Desenvolvimento Agrário), além de Osmar Dias (PDT), o presidente da Itaipu Binacional Jorge Samek e os representantes de movimentos sindicais e de estudantes.

Copel vai pedir à Aneel reajuste médio de 24,86% na tarifa


Porcentual do aumento a ser diferido para o próximo reajuste, em junho de 2015, será de 10,1% e deve se somar aos 5% que foram postergados no reajuste de 2013


A Companhia Paranaense de Energia (Copel) definiu em 24,86% o novo reajuste médio da tarifa de energia. O valor definido após o pedido de diferimento foi informado em Fato Relevante divulgado ao mercado no final da tarde desta quinta-feira (3), após a decisão do Conselho de Administração da Copel. O pedido será encaminhado à Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para análise.
No último dia 24, a Aneel autorizou um aumento médio de 35% na conta de luz, mas a companhia pediu a suspensão do reajuste após manifestação do governo estadual. Se a agência aprovar o pedido da Copel, o porcentual do aumento a ser diferido para o próximo reajuste, em junho de 2015, será de 10,1% e deve se somar aos 5% que foram postergados no reajuste de 2013 e não entraram no cálculo da tarifa deste ano para não pressionar ainda mais o índice.

A decisão foi tomada atendendo manifestação do Estado do Paraná - acionista majoritário da empresa, com voto contrário dos conselheiros Marco Aurélio Rogeri Armelin e Natalino das Neves. "Ressalta-se que cabe à Aneel analisar e aprovar o reajuste e o diferimento propostos", afirma a companhia em fato relevante.Com o diferimento de parte da sua tarifa para o próximo ano, a Copel Distribuição volta a ter seu caixa pressionado e deve contar com a ajuda da Holding para manter sua saúde financeira. Se aplicada integralmente, a tarifa média de 35% ajudaria a recompor os custos da empresa com a exposição involuntária ao mercado de curto prazo, mas e empresa optou por diferir parte do aumento e não poderá contar a totalidade dos recursos até o reajuste de 2015, quando o restante do porcentual deve ser aplicado aos consumidores.
Segundo o presidente da companhia, Lindolfo Zimmer, afirmou ao Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, quando o reajuste foi aprovado pela diretoria da Aneel, "o governador (do Estado do Paraná, Beto Richa), preocupado com a saúde financeira da empresa e o lado social dos consumidores", desejava entender melhor esses números. Os cálculos preliminares da Copel indicavam reajuste da ordem de 32,45%.

Denúncia diz que alunos soldados da PM fazem mais faxina do que aulas práticas no Guatupê


Por Marina Sequinel


Um aluno soldado da Polícia Militar (PM) entrou em contato com a Banda B na tarde desta quarta-feira (2) para denunciar a falta de aulas práticas na Academia do Guatupê, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Segundo ele, a turma está a cerca de dois meses de se formar e apenas 25% da carga horária do curso foi cumprida, com mais de 600 horas de aulas vagas – nas quais os estudantes devem limpar os cômodos da sede.
“Nós sabemos que o povo espera de nós um ótimo trabalho como policial, mas não é isso que nós estamos aprendendo. Posso dizer que os alunos da Academia, uma renomada instituição, não passam de faxineiros disfarçados. Para a mídia, nós aparecemos de farda, mas na prática passamos dias e dias sem aula só fazendo faxina”, disse o aluno soldado, que preferiu não se identificar, em entrevista à reportagem.
denuncia
Aluno-soldado em um dos momentos de faxina (Foto cedida à Banda B)
Durante as aulas vagas, os alunos limpam o pátio, cortam a grama, varrem as folhas e organizam as salas. “Os instrutores marcam as aulas mas não vão. Na maioria das vezes é porque é longe e eles dizem que têm que arcar com as despesas sozinhos”, explicou.
De acordo com ele, o fato de terem de limpar o local é uma tradição militar e o problema não está nisso. Das 1555 horas-aula do curso, apenas 25% da parte teórica foi concluída, mas a turma já está em estágio operacional, como determinou o currículo. “O pior é a gente ter que trocar a aula pela faxina. Nós não sabemos atirar ou fazer abordagens. Eu acredito que não é esse policial que a sociedade quer protegendo as famílias, mas sim alguém com conhecimento de segurança pública. Como policial e cidadão, não sei o que será de nós”, completou ele.
O aluno soldado contou que tem medo que a falta de instrução prejudique os policiais depois de formados. “Nós podemos padecer nesse mundo marginalizado e o sustento da minha família será comprometido. Precisamos de uma solução para isso”, concluiu.
Banda B entrou em contato com a Polícia Militar, que enviou uma nota à emissora, negando que a faxina tenha sido feita em horário de aula.

Homem com perna amputada entra no Parque Náutico para nadar e desaparece


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

 
 
 
Foto:  Juliano Cunha - Banda B
Foto: Juliano Cunha – 

Um cadeirante de aproximadamente 40 anos desapareceu no começo da tarde desta quinta-feira (3) após pular no lago do Parque Náutico do Iguaçu, no bairro Boqueirão, em Curitiba. De acordo com o tenente Bochoski, do Grupo de Operações de Socorro Tático (Gost) do Corpo de Bombeiros, testemunhas contaram que tinha a perna esquerda amputada e por um tempo aparentava estar bem. 
“Pelo que nos relataram, ele desceu da cadeira de rodas e se arrastou até a beira. Já dentro do lago ele afundou uma vez e voltou sem ajuda. Na segunda, porém, ele desapareceu”, disse.
Jovens que corriam no parque observaram a cena e rapidamente pediram ajuda. Um canoísta tentou socorrer o cadeirante, mas não o encontrou mais.
O lago possui aproximadamente cinco metros de profundidade e o Gost usa um mergulhador com busca circular para buscar o cadeirante.
As buscas foram encerradas no final da tarde e devem ser retomadas na sexta-feira.
Fonte: Banda B
.

Viaduto do Projeto Copa desaba e deixa pelo menos dois mortos e 19 feridos em BH


Da Agência Brasil

Um viaduto em obras desabou nesta tarde, por volta das 15h, na Avenida Pedro I, região da Pampulha, em Belo Horizonte. O local fica próximo à Lagoa do Nado. A estrutura despencou e atingiu um micro-ônibus, um carro e um caminhão.
viadutocopa
Foto: Divulgação PM/MG
Segundo a Secretaria de Saúde do estado, duas pessoas morreram e 19 ficaram feridas.  Dez feridos foram socorridos no local e levados para o pronto-socorro do Hospital Risoleta Tolentino Neves, sendo que dois deles foram posteriormente transferidos para Hospital Municipal Odilon Behrens. Mais nove estão recebendo atendimento médico no local.
O trânsito está interrompido no local. De acordo com o Corpo de Bombeiros, 13 viaturas e um helicóptero da corporação foram enviados. Atuam também três ambulâncias do Samu.
O viaduto é uma das vias de acesso ao Estádio Mineirão, que fica distante cerca de 4 quilômetros do local do acidente e é uma das sedes da Copa do Mundo. O último jogo no estádio ocorreu no dia 28 de junho, entre Brasil e Chile, e o próximo será na semana que vem, no dia 8 de julho.
.

José Dirceu é transferido para presídio do regime semiaberto


14183337
Após ser transferido, Dirceu conversa com advogada no interior do Centro de Progressão de Pena, onde cumprirá regime semiaberto.
O ex-ministro José Dirceu foi transferido no início da tarde desta quarta-feira (2) do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para o CPP (Centro de Progressão Penitenciário), presídio destinado a presos com direito ao trabalho externo.
A transferência cumpre decisão de ontem da juíza Leila Cury, do TJDF (Tribunal de Justiça do Distrito Federal). Em seu despacho, Cury pediu que o presídio e a Subsecretaria do Sistema Prisional do DF fossem informadas imediatamente da decisão.
Dirceu estava preso na Papuda desde novembro do ano passado. O ex-ministro foi condenado a 7 anos e 11 meses pelo crime de corrupção ativa no processo do mensalão do PT, mas tem direito a cumprir a pena no regime semiaberto.
O Código Penal afirma que o semiaberto é destinado a presos não reincidentes condenados a mais de quatro anos de prisão e menos de oito anos.
HISTÓRICO
O pedido de trabalho externo de Dirceu se arrasta desde o ano passado. Primeiramente ele tentou obter autorização para trabalhar num hotel de Brasília. Lá, seria gerente e receberia salário de R$ 20 mil.
Dúvidas sobre o verdadeiro proprietário do hotel surgiram após a revelação de que a empresa que comandava o estabelecimento era sediada no Panamá e tinha como presidente um auxiliar de escritório que residia num bairro pobre da cidade.
Devido a isso, Dirceu desistiu da proposta e obteve uma nova, para trabalhar no escritório de advocacia do José Gerardo Grossi, em Brasília, com salário de R$ 2,1 mil. Primeiramente, o pedido foi negado pelo presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Joaquim Barbosa. Todavia, na semana passada foi autorizado pela maioria da corte.

Adolescentes armados roubam mulher que caminhava no Barigui, mas um policial se exercitava ao lado



arma-barigui
Arma apreendida com os adolescentes. Foto: DB/
Um sargento da Polícia Militar (PM) apreendeu em flagrante dois adolescentes na noite desta quarta-feira (2) após terem assaltado uma frequentadora que caminhava no Parque Barigui, em Curitiba. O sargento também se exercitava e ouviu o pedido de socorro da vítima. A dupla estava com um revólver calibre 38.
A mulher, com cerca de 40 anos, caminhava pelo Parque quando por volta das 21 horas foi abordada pela dupla. O sargento que também se exercitava ouviu os gritos de pedidos de socorro. “Eu estava com uns amigos quando, de repente, ouvi gritos e fui ver o que tinha acontecido. Vi um rapaz correr e quando soube o que tinha acontecido fui atrás dele, que entrou em um matagal. Esse foi rendido e o outro os populares o dominaram. Com o segundo, encontrei a arma e seis munições intactas”, descreveu o sargento Fernandes da Academia do Guatupê.
Os dois suspeitos, que seriam adolescentes, foram reconhecidos pela vítima. Uma viatura da PM foi acionada para dar apoio e realizou a apreensão da dupla. Inicialmente, eles foram encaminhados ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul), no entanto, depois foram levados para a Delegacia do Adolescente para ser oficialmente identificados.

Fonte: Banda B
.

Momentive anuncia investimento de R$ 140 milhões no Paraná


Publicado em 02/07/2014 16:57
l

Governo do Estado firma protocolo com a empresa de produtos químicos industriais Momentive, para implantação de uma nova linha na sua unidade em Curitiba. Curitiba, 02/07/2014.Foto: José Gomercindo/ANPr
A norte-americana Momentive, líder mundial na produção de materiais químicos industriais, vai investir R$ 140 milhões para implantação, na sua unidade da Cidade Industrial de Curitiba, de uma nova linha de produtos. Serão fabricados formaldeído e resina cerâmica. Nesta quarta-feira (02), o governador Beto Richa assinou o protocolo de intenções que inclui a empresa no programa Paraná Competitivo, do Governo do Estado.

O governador ressaltou a importância do investimento da Momentive, como contribuição para o desenvolvimento do Estado. “O diálogo, o respeito e a segurança jurídica têm sido fundamentais para que empresas nacionais e internacionais investirem no Paraná”, afirmou Richa.

O governador disse que essa postura do Governo Estadual e as ações do programa Paraná Competitivo resultam em um cinclo de expansão industrial que é o maior da história do Estado. “Os investimentos industriais no Estado apoiados pelo programa Paraná Competitivo já passam de R$ 35 bilhões e resultam em 180 mil novos empregos. As empresas estão investindo também no interior. Cerca de 75% dos investimentos vão para o interior, garantindo empregos e oportunidades para os paranaenses de todas as regiões”.

Richa destacou dados que confirmam o bom momento econômico do Estado, como o Produto Interno Bruto (PIB) do Estado, que no ano passado cresceu mais que o dobro do nacional. O Paraná, conforme dados do Ministério do Trabalho, foi o terceiro Estado maior gerador de empregos com carteira assinada. Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e Sebrae apontaram o Paraná como o melhor ambiente para a instalação de micro e pequenas empresas.

ESTABILIDADE - O diretor-presidente da Momentive, Cícero Luiz Ferreira da Silva, elogiou a política de incentivos fiscais do Paraná Competitivo. “Quando se pensa em investir em uma unidade industrial, é preciso pensar na estabilidade futura. O Paraná nos oferta isso agora”, disse ele.

Cícero Luiz Ferreira da Silva ressaltou, ainda, que a ampliação da unidade foi impulsionada pelo Programa Paraná Competitivo. “A intenção era ampliar os serviços, mas isso não seria possível com a mesma intensidade e velocidade como está acontecendo”, disse.

ÚLTIMA GERAÇÃO - A Momentive possui três fábricas no Brasil que, juntas, geram aproximadamente 330 empregos. Instalada na Cidade Industrial de Curitiba desde 1976, a empresa opera com tecnologia de última geração para produção de químicos industriais, destinados, principalmente, à industrialização de derivados de madeira.

A nova unidade será construída ao lado da já existente e fabricará insumos para empresas da construção civil e indústrias de móveis (que trabalham com MDF, MDP, OSB, compensados). “Produzimos insumos para empresas que fabricam produtos de alta qualidade e precisamos ofertar o que temos de melhor no mercado”, disse o presidente da Momentive.

A ampliação se inicia em agosto deste ano e o início da produção está previsto para dezembro de 2015. Devem ser produzidos cerca de 150 mil toneladas/ano de formaldeído e 300 mil toneladas/ano de resina cerâmica, gerando cerca de 20 empregos diretos e 110 indiretos.

Ferreira da Silva informou que esta é a primeira fase dos investimentos previstos no Paraná. A expectativa é de que em dois anos a unidade seja ampliada com investimentos de R$ 110 milhões, gerando mais 20 empregos diretos e 390 indiretos.

Com 60 unidades industriais em todo o mundo, a Momentive é líder global em especialidades químicas e materiais, com a fabricação de diversos produtos voltados para os setores industriais e de consumo.

PRESENÇA - Participaram do evento os secretários estaduais da Fazenda, Luiz Eduardo Sebastiani, e da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho; o diretor da Agência Paraná Desenvolvimento, Carlos Alberto Gloger; e Daniel Cordeiro, representando o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul (Horácio Monteschio).
 

Prefeitura de Colombo apresenta Projeto de Qualificação Profissional


WEBMASTER 2 DE JULHO DE 2014

Durante reunião, o Secretário da Indústria e Comércio, turismo e Cultura, apresentou as metas para a qualificação da população colombense

Técnicos da Prefeitura e do IFPR conhecem o projeto apresentado pelo  Secretário Antonio Ricardo Milgioransa
Técnicos da Prefeitura e do IFPR conhecem o projeto apresentado pelo
Secretário Antonio Ricardo Milgioransa
Na última semana, técnicos da Secretaria Municipal Indústria, Comércio, Turismo e Cultura de Colombo se reuniram com a diretora do IFPR Campus Colombo, com o objetivo de conhecer o projeto de formação e Qualificação Profissional da população Colombense.
O Secretário Antonio Ricardo Milgioransa apresentou com detalhes o cenário estatístico do município, com base nos estudos do IBGE – (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e estudos realizados na secretaria, referente a população economicamente ativa do município, que ultrapassa aos 117 mil trabalhadores e a ocupação das vagas.
Segundo ele, apenas trinta e cinco por cento dos trabalhadores ativos do município trabalham em Colombo e os demais trabalham em Curitiba e região metropolitana.
Foram apresentados ainda os dados do censo escolar do município, atualizado com base nos números da rede municipal de educação e da rede estadual de educação, por faixa etária, Neste censo foi identificada a população alvo da atuação do Instituto Federal do Paraná e demais parceiros da educação profissional no município.
“O compromisso da Administração municipal e demais entidades parceiras, tem como intuito viabilizar o acesso a educação e qualificação profissional os diversos segmentos da população de Colombo, melhorando os indicadores de trabalhadores que morram e trabalham em Colombo.” Disse o Secretário Antonio Ricardo.
De acordo com a Professora Edilomar Leonart, que é a Diretora Geral do Câmpus Colombo do IFPR que será instalado na antiga Associação Banestado no bairro Roça Grande. O compromisso com do Instituto é com o desenvolvimento local e regional onde está inserido, mediante a formação de cidadãos, críticos e reflexivos, preparados para atuação no mundo do trabalho. “Nesse sentido, vamos iniciar em 2015 as atividades com a oferta do curso Técnico em Informática, integrado ao Ensino Médio, para estudantes oriundos do ensino fundamental. Essa oferta visa a formação enquanto cidadão, a preparação para a continuidade dos estudos e, também, a formação profissional para área de Informática, com vistas ao desenvolvimento de atividades de ensino, pesquisa, extensão e inovação”. Disse a Diretora.
Ainda em terão inicio as atividades com cursos de qualificação pelo Programa Nacional de Acesso ao Emprego e Ensino Técnico – PRONATEC e, também, com cursos de qualificação pelo próprio instituto, tanto na modalidade presencial quanto à distância. “Nesse primeiro momento, estaremos com atividades na UAB – Universidade Aberta Brasil no Campus de Colombo mediante convênio com a Prefeitura de Colombo, a qual tem sido uma grande parceira em todas as atividades e propostas do IFPR”. Completou Edilomar.
Participaram do encontro, além do Secretário Antonio Ricardo Milgioransa, os diretores dos setores da Indústria e Comércio, Turismo e Cultura e o evento foi realizado na sede da Secretaria na Rua José Leal Fontoura, número 414 – centro de Colombo.
Foto: Osni Mendes
Técnicos da Prefeitura e do IFPR conhecem o projeto apresentado pelo
Secretário Antonio Ricardo Milgioransa

Prefeitura convoca permissionários de taxi e transporte escolar para vistorias


WEBMASTER 2 DE JULHO DE 2014

Além de regularizar veículos inspeção garante mais segurança à população

A partir do próximo dia 14, a Prefeitura de Colombo, através da seção de Fiscalização, iniciará as vistorias em taxis e veículos de transporte escolar. As vistorias que acontecem a cada semestre garantem também a segurança de motoristas e passageiros, pois assegura que o veículo está apto para circular no município.
A vistoria será realizada na rua Marechal Floriano Peixoto, 8771 – no Parque Municipal da Uva, das 9h às 11h e 13h30 às 16h. Os proprietários devem ficar atentos as datas e a documentação exigida para cada categoria.
Para o taxi
Permissionários de taxi em Colombo têm do dia 21 ao dia 25 de julho para realizarem a vistoria
Permissionários de taxi em Colombo têm do dia 21 ao dia 25 de julho para realizarem a vistoria
Atualmente o município conta com uma frota de 163 veículos permissionários no serviço de taxi, e estes proprietários terão do dia 21 ao dia 25 de julho para comparecer e realizar a inspeção. Veículos com mais de oito anos de fabricação, sem a cor laranja, que não possuírem o brasão e sem a faixa removível não terão o veículo vistoriado. Confira os documentos exigidos:
· Certidão Negativa de Débito – (taxa de vistoria a vencer em 11/07/2014);
· Documento do veículo;
· Documentos – Permissionário e Condutor;
· Declaração de que não possui condutor.
· Taxa de Aferição atualizada – IPEM;
· Curso taxitur;
· Cópia da anuidade Sindical / 2014;
Para o transporte escolar
Entre os dias 14 e 18 de julho veículos que realizam transporte escolar devem comparecer a inspeção
Entre os dias 14 e 18 de julho veículos que realizam transporte escolar devem comparecer a inspeção
Para o transporte escolar, a vistoria acontece entre os dias 14 e 18 de julho. Ao todo, 163 veículos realizam o este serviço em Colombo, e serão vistoriados veículos permissionários que apresentarem os seguintes documentos:
· Termo de Permissão original
· Certidão Negativa de Débitos – (taxa de vistoria a vencer em 11/07/2014);
· CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo) atualizado, conforme DETRAN-PR;
· Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dentro do período de validade do Permissionário e Condutor;
· Declaração de que não possui condutor;
· Apólice de seguro contra terceiros, passageiros ou não, por danos físicos;
· Comprovação de acompanhante, para os que executem transporte de estudantes até 4ª série conforme Lei Nº 599/96 Art. 9º.
· Certificado de vistoria do tacógrafo.
O não comparecimento implicará em sanções disciplinares prevista em lei, além do bloqueio da Permissão/Autorização. Para os proprietários de taxi o não comparecimento renderá uma multa de R$ 488,00. Segundo o chefe da Fiscalização de Colombo, Edson Luiz Carrão, a população também pode ajudar a fiscalizar avaliando as condições do veículo e verificando se o selo colado no canto superior do vidro está atualizado. “O selo é a marca que diz se o veículo está autorizado a prestar esse tipo de serviço”.
Serviço:
Vistoria em Taxi e Transporte Escolar
Seção de Fiscalização de Posturas
A partir do dia 14/07
Rua Marechal Floriano Peixoto, 8771 – no Parque Municipal da Uva
Contato: 41-3656.8151
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC e no site oficial: www.colombo.pr.gov.br
Foto: João Senechal/PMC

Suspeito de estupro nos dias de jogos do Brasil na Copa é preso em Curitiba





A Delegacia da Mulher de Curitiba prendeu, nesta quarta-feira (2), Sherlon do Rocio Madsen, de 27 anos. Ele é apontado como o estuprador que agiu durante a estreia do Brasil na Copa do Mundo, contra a Croácia, no último dia 12. Ele aproveitou a pouca movimentação nas ruas para estuprar uma mulher, na região do Bosque do Trabalhador, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC).
ESTUPRADOR-2
Retratado do estuprador divulgado pela polícia (Foto: Polícia Civil)
De acordo com a polícia, o suspeito já foi reconhecido pela vítima do estupro e por tentativa contra outras duas mulheres. Ele tinha uma cicatriz entre o polegar e o indicador da mão esquerda, o que ajudou na identificação. A apresentação do suspeito na Delegacia da Mulher acontecerá na tarde desta quinta-feira (3), onde mais informações sobre o caso serão dadas à 

Bandidos rendem funcionários do McDonald’s ao lado do Barigui e fogem com dinheiro





Dois bandidos armados renderam os funcionários do McDonald’s do bairro Campina do Siqueira, em Curitiba, localizado na BR-277, do lado do Parque Barigui. O crime aconteceu no início da manhã desta quinta-feira (3). Os marginais, que estavam em uma motocicleta, fugiram com o dinheiro do cofre. O valor levado não foi informado
Segundo o apurado pela reportagem, os marginais estavam com roupas sociais e renderam o primeiro funcionário algumas quadras antes da rede de fast food, provavelmente porque já tinham a informação de quem ele era. Outros trabalhadores foram abordados em seguida e colocados para dentro, até a chegada da gerente, que também foi rendida.
Os ladrões fugiram após arrombar o cofre e não foram localizados. Detalhe é que, algumas horas antes, eles estiveram em outro McDonald’s, no bairro Seminário, onde planejavam praticar o crime. Os dois desistiram pela presença de seguranças e foram até a outra loja, localizada alguns quilômetros à frente.
Recorrente
Os arrombamentos à rede de fast food têm sem tornado constantes em Curitiba. Nos últimos meses, foram pelo menos três casos acompanhados pela reportagem.
Fonte: Banda B