HOSPITAL REGIONAL NÃO SERÁ CONSTRUÍDO EM COLOMBO POR INCAPACIDADE DE J.CAMARGO


Da esq, à dir.: Parceiros do Rim, Nilton Luiz; vereadores, Gilberto Agrolombo e Helder Lazarotto; secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto; vereador Eurico Dino; secretária da Saúde de Colombo, Ivonne Busatto e o presidente do Legislativo, vereador Onéias Ribeiro Foto: Divulgação

ESSA MATÉRIA FOI VEICULADA NO PRIMEIRO SEMESTRE DE 2011 MAS POR INCAPACIDADE ADMINISTRATIVA DO EX PREFEITO J. CAMARGO PERDEMOS  A CONSTRUÇÃO DO HOSPITAL REGIONAL QUE ERA PARA SER CONSTRUÍDO AQUI EM COLOMBO
NA OCASIÃO O O SECRETÁRIO ESTADUAL DE SAÚDE  NOS GARANTIU QUE O HOSPITAL SERIA PARA COLOMBO, BASTARIA O MUNICÍPIO OFERECER O TERRENO, MAS  O EX PREFEITO BEM DEU BOLA PARA O POVO E OS PACIENTES RENAIS DE COLOMBO. 



Na quinta-feira (2), o presidente do Legislativo, vereador Onéias Ribeiro acompanhado dos vereadores, Helder Lazarotto, Eurico Dino e Gilberto Agrolombo e também da secretária da Saúde Ivonne Busato e o presidente da Associação Parceiros do Rim, Nilton Luiz Carneiro de Mello, esteve reunido com o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto para tratar da instalação de uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), uma antiga reivindicação da população de Colombo.
Segundo o vereador Helder Lazarotto, há tempos que o município vem pleiteando junto ao governo do Estado a instalação de uma UTI em Colombo. “O crescimento populacional do Município fez crescer também as demandas na área da saúde. Foi pensando nisso que como representante dos colombenses estamos novamente solicitando que Colombo seja atendido e que em breve possamos comemorar a instalação de uma Unidade de Tratamento Intensivo, melhorando significativamente o atendimento nesta área, que hoje acontece em Curitiba”, explicou o vereador Helder.
Ainda segundo o Vereador, se o Município tiver uma UTI o segundo momento é a instalação de um espaço que atenda os pacientes que realizam hemodiálise, um procedimento que hoje acontece em clínicas e hospitais de Curitiba.
O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, que demonstrou na conversa o interesse em atender a solicitação, falou da importância da Unidade para Colombo e demais municípios vizinhos, bem como explicou os processos necessários para que a reivindicação possa ser atendida.

Manifestação por homem que perdeu terreno deixa trânsito lento em avenida de acesso à BR-277



manifestacao
Manifestantes queimaram pneus e interromperam o trânsito em São José dos Pinhais. (Foto: Juliano Cunha – )

Cerca de 100 pessoas se reuniram na tarde desta sexta-feira (4) para realizar uma manifestação em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Segundo a Polícia Militar (PM), os moradores estavam indignados com o caso de um homem que perdeu o terreno onde morava já que se tratava de uma área de invasão.
O protesto aconteceu no cruzamento da Avenida Rui Barbosa com a rua Laerte Fenelon, no Jardim Ipê. “Esse homem reuniu todas essas pessoas porque o local onde ele morava, em uma área de invasão, teria sido comprado por um outro indivíduo, que passou o trator em tudo e derrubou a casa onde ele vivia. Ele afirmou que agora tinha que morar dentro de um carro”, explicou o subtenente Padilha da PM.
Os manifestantes queimaram pneus e interromperam o trânsito na região, que ficou bastante lento, devido ao tráfego de trabalhadores que saíram mais cedo para assistir ao jogo do Brasil para a Copa do Mundo. A via já está liberada mas o fluxo de automóveis ainda é devagar, desde a alça de acesso à BR-277 até a Avenida Rui Barbosa.
PMs estiveram no local para controlar a situação. “Foi um protesto rápido, mas que atrapalhou bastante o trânsito”, concluiu o subtenente.

Fonte: Banda B

“Estrada da Graciosa será liberada até terça e é preciso ‘abraçar’ Morretes”, diz prefeito


Por Luiz Henrique de Oliveira


Estrada da Graciosa estará liberada a partir do início da semana que vem para a passagem de veículos em meia pista. A informação foi dada à reportagem, na tarde desta sexta-feira (4), pelo prefeito de Morretes, Helder Teófilo dos Santos (PSDB). Segundo ele, agora é preciso que os curitibanos e paranaenses ‘abracem’ o povo de Morretes, que desde quando parte da pista cedeu, há quatro meses, teve prejuízo pela falta de turistas.
“Depois de um longo e tenebroso inverno, recebemos a notícia que nos deixa feliz. Vamos intensificar uma divulgação para que a sociedade de um modo geral faça o uso desta estrada histórica e importante para todo o Estado”, iniciou o prefeito.
obrasgraciosa
Obras aconteceram durante quatro meses (Foto: Divulgação AEN)
“Com tudo o que aconteceu, precisamos fortalecer o emprego e o comércio da região. Quem vem para cá não se arrepende, pelo turismo histórico e natural, com a Mata Atlântica”, completou.
O prefeito acredita que na segunda ou terça a estrada estará liberada para os veículos passarem. “A obra estará pronta no máximo terça-feira. Toda estrutura de concreto está sendo colocada a partir de hoje. Com a liberação da estrada, as obras continuam, para a contenção de barreira e limpeza, isso vai se estender até o mês de outubro”, concluiu.
Restauração
A estimativa de investimentos para a restauração da estrada é de R$ 5 milhões em projetos e obras. Além da ação emergencial, as equipes estudam a colocação de muros nas encostas do quilômetro 12, onde ocorreu desabamento da barreira, e obras complementares. Os muros vão evitar que as pedras do morro desabem novamente.

NEYMAR ESTÁ FORA DA COPA DO MUNDO 2014

Atacante deixou o Castelão antes do jogo entre Brasil e Colômbia terminar, e Rodrigo Lasmar confirma que jogador não pode mais jogar a competição


A situação de Neymar, que era preocupante, se confirmou num drama para o jogador e para a seleção brasileira. O atacante da seleção brasileira está fora da Copa do Mundo. Ele chegou a um hospital em Fortaleza, local da vitória do Brasil por 2 a 1 sobre a Colômbia, ainda chorando muito, e às 20h30, na Arena Castelão, o médico Rodrigo Lasmar confirmou que o jogador teve uma fratura na região da terceira vértebra lombar, o que o deixa de fora da competição (assista ao vídeo).
- O exame de tomografia computadoriza que foi feito mostrou uma fratura no processo transverso no nível da terceira vértebra lombar, ou seja, é uma fratura na região da coluna, não é uma fratura grave, que precise de tratamento cirurgia, mas limita muito os movimentos, ele vai sentir dor por uma certo tempo, ele precisa de uma imobilização, de uma cinta lombar para o controle da dor. Infelizmente não vai ter condições de jogar, o prazo de uma semana é muito curto para que ele tenha condições de voltar. Mas em termo de expectativa de recuperação é uma fratura que evolui muito bem, que a expectativa de consolidação futura é muito boa - afirmou.
Neymar deixou o campo depois de sofrer uma joelhada no campo de defesa, aos 41 minutos do segundo tempo, numa entrada dura de Zúñiga.
Neymar chega de ambulância em hospital de Fortaleza (Foto: Reprodução SporTV)Neymar chega de ambulância em hospital de Fortaleza (Foto: Reprodução SporTV)
Em campo, o Brasil venceu a Colômbia e enfrenta a Alemanha na próxima terça-feira, no Mineirão, pela semifinal da Copa do Mundo, em partida às 17h.
Neymar machucado jogo Brasil x Colômbia (Foto: Reuters)Neymar deixa a partida de maca e com muito choro na Arena Castelão (Foto: Reuters)

Nestas férias escolares o turismo é opção de lazer em Colombo


WEBMASTER 4 DE JULHO DE 2014

Moradores e visitantes tem opções diversificadas de passeio e cultura para aproveitar esse período por meio do Circuito Italiano de Turismo Rural

Posto de Informações Turísticas Atendimento: Terça á Domingo e feriados das 8h30 às 17h Endereço: Rua Marechal Floriano Peixoto, 8771- Centro Telefone: 41-3656.6639
Posto de Informações Turísticas | Atendimento: Terça á Domingo e feriados das 8h30 às 17h
Endereço: Rua Marechal Floriano Peixoto, 8771- Centro | Telefone: 41-3656.6639
As típicas férias escolares de julho chegaram e com ela as pessoas muitas vezes aproveitam para descansar, mas em certos momentos esse período pode ser marcado também pela monotonia ou pela dúvida do que fazer com os pequenos em casa. Então, que tal aproveitar estas férias para conhecer um pouco mais Colombo? Turismo religioso, gastronômico, cultural e religioso fazem parte desse roteiro do Circuito Italiano de Turismo Rural.
Com paisagens lindíssimas nesta época do ano, os amantes da natureza têm no município uma ótima opção de lazer e no Parque Municipal Gruta do Bacaetava está um dos principais pontos turísticos da cidade. A Gruta foi descoberta por acaso no século XIX pelo imigrante italiano Antônio Gasparin e desde então recebe visitas. A visita no interior da gruta é feita com acompanhamento de guias e com grupos de até 30 pessoas. Os passeios acontecem a cada 30 minutos e é necessária a reserva antecipada para visitas em grupos com mais de 15 pessoas.
Parque Municipal Gruta do Bacaetava | Atendimento: Quarta à Sexta 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h30, sábados domingos e feriados das 8h30 às 16h30 sendo que o último grupo de visitação na caverna sai às 16h | Endereço: Rua Antônio Gasparin S/N – Bacaetava | Telefone: 41-3656.5669
Parque Municipal Gruta do Bacaetava | Atendimento: Quarta à Sexta 8h30 às 11h30 e das 13h às 16h30, sábados domingos e feriados das 8h30 às 16h30 sendo que o último grupo de visitação na caverna sai às 16h | Endereço: Rua Antônio Gasparin S/N – Bacaetava | Telefone: 41-3656.5669
Outra opção para quem quer estar mais perto da natureza é o Parque Municipal da Uva, um ponto conhecido da população local e de outras regiões, pois é onde ocorre a já tradicional Festa da Uva, que neste ano completou 51 edições. O parque é uma ótima opção para reunir familiares e amigos, pois oferece aos visitantes alternativas de trilhas e caminhadas, estrutura com churrasqueira, parquinho para as crianças e também tanques de pesca.
Colombo possui a maior colônia italiana do Estado do Paraná e obviamente essa herança cultural se reflete entre tantas coisas, na gastronomia da região. Café colonial, massas, geléias, queijos e vinhos são alguns dos produtos que os visitantes encontram nos estabelecimentos distribuídos por toda cidade. Confira detalhes no site www.colombo.pr.gov.br.
Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário | Endereço: Rua Francisco Busato, 8114 Centro | Telefone: 3656.3734
Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário | Endereço: Rua Francisco Busato, 8114 Centro | Telefone: 3656.3734
E para religiosos ou admiradores desse tipo de atração, o município conta com alguns locais que estão repletos de história. Um deles é a Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário que foi construída em 1899. Trata-se de uma réplica de uma Igreja de Vicenza no Norte da Itália, com quadros e objetos que ressaltam a religiosidade dos imigrantes italianos.
Viagem no tempo
Agora se o visitante quiser fazer uma viagem no tempo e conhecer um pouco sobre a história e a cultura, o Circuito oferece visitas aos museus. Um deles é o Museu Municipal Cristóforo Colombo que conta a história da cidade, a formação da população, a vinda dos imigrantes e as festas típicas da região. Vale lembrar que o museu é uma réplica da 1ª Sociedade Cristóforo, fundada por imigrantes no começo do século 20.
As opções de turismo em Colombo são diversas e paisagens incríveis, mesmo para aqueles que já conhecem vale a pena revisitar, como destaca o secretário da Indústria, Comércio, Turismo e Cultura de Colombo, Antônio Ricardo Milgioransa. “As paisagens mudam a cada estação e no inverno é charmoso visitar Colombo”.
Estrangeiros
Turistas da Colômbia visitaram a cidade e passaram no Posto de Informações Turísticas para buscar mais detalhes dos locais de visitação do município; o vice-prefeito, Ademir Goulart, o secretário da Indústria, Comércio, Turismo e Cultura, Antonio Ricardo Milgioransa e a equipe de profissionais do setor recepcionaram os visitantes
Turistas da Colômbia visitaram a cidade e passaram no Posto de Informações Turísticas para buscar mais detalhes dos locais de visitação do município; o vice-prefeito, Ademir Goulart, o secretário da Indústria, Comércio, Turismo e Cultura, Antonio Ricardo Milgioransa e a equipe de profissionais do setor recepcionaram os visitantes
E aproveitando este cenário e a realização da Copa do Mundo no Brasil, turistas argentinos e colombianos passaram recentemente pela cidade e visitaram entre diversos pontos, a Gruta do Bacaetava, buscaram informações no Posto de Informações Turísticas e apreciaram a gastronomia e o bom vinho fabricado nas tradicionais vinícolas de Colombo.
Gostamos muito de Colombo, as grutas foram muito legais, mas também vale muito a pena ver as vinícolas que faz tempo que as famílias formaram e fizeram parte da sua vida para agradar os paladares dos turistas e do povo de Colombo. O vinho é dos melhores que temos experimentado”, disseram os visitantes da Colômbia Claudia Contreras, engenheira industrial, 27 anos, Néstor Contreras, engenheiro civil, 28 anos, Felipe Perez, administrador de empresas, 32 anos, e Pedro Jimenez, engenheiro de petróleo, 23 anos.
Para o secretário da pasta do Turismo, Antônio Ricardo Milgioransa, esta e outras visitas representam o trabalho de divulgação e ampliação do Circuito Italiano de Turismo Rural. Ficamos muito honrados em receber estes turistas, isto mostra a importância do projeto do Turismo com a diversidade dos potenciais em nosso município, visando sempre divulgar o trabalho a outros países”, disse.
Fotos: João Le Senechal
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG- colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC; no site oficial: www.colombo.pr.gov.br e no Instagram: @colombopmc

Colombo Empregos: 62 vagas estão disponíveis nas duas Agências do Trabalhador do município


WEBMASTER 4 DE JULHO DE 2014

Maior número de oportunidades é para auxiliar de linha de produção, auxiliar de limpeza, operador de caixa e empregado doméstico diarista

Moradores de Colombo que estão em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho da cidade, seja para o primeiro emprego ou a recolocação profissional, podem ir até uma das agências do município e fazer o cadastro para visualizarem as 62 vagas disponíveis no local, nesta sexta-feira, 04. Aqui, no site da Prefeitura Municipal por meio da Secretaria da Indústria, Comércio, Turismo e Cultura é possível visualizar todas elas. Confira!
As oportunidades estão divididas em diversos setores e as funções com maior número de vagas de emprego, são: auxiliar de linha de produção, de limpeza, operador de caixa e empregado doméstico diarista. Também há a possibilidade de acompanhar as vagas disponíveis para cada perfil pela internet, através do site:

Serviço:
  • Agência do Trabalhador – Maracanã – Rua Durval Ceccon, 664, Park Shopping Colombo. Telefone: 3666-6066
  • Agência do Trabalhador – Sede – Rua Venâncio Trevisan, 111. Telefone: 3656-5001.
Vagas encontradas: 62
VagasDescrição da Vaga
2Açougueiro
3Assistente de serviço de contabilidade
2Atendente de balcão
1Auxiliar contábil
2Auxiliar de escritório, em geral
6Auxiliar de limpeza
6Auxiliar de linha de produção
2Auxiliar de marceneiro
1Costureira em geral
1Cozinheiro geral
4Empregado doméstico diarista
1Empregado doméstico nos serviços gerais
1Farmacêutico
3Garçom
1Impressor serigráfico
2Latoeiro de veículos (reparação)
1Marceneiro
1Masseiro (padeiro)
1Monitor de recreação
2Motorista de automóveis
2Motorista de caminhão
5Operador de caixa
2Operador de telemarketing ativo e receptivo
2Padeiro
2Pedreiro
1Pintor de máquinas industriais
1Recepcionista, em geral
1Repositor – em supermercados
2Servente (construção civil)
1Vendedor interno
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
BLOG- colombopmc.blogspot.com.br; FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo: TWITTER: @ColomboPMC; no site oficial: www.colombo.pr.gov.br e no Instagram: @colombopmc

Em tempo recorde, AL aprova hora-atividade de professores do Paraná


Restrições do período eleitoral e recesso apressam trâmite de mensagens enviadas pelo governo do Estado




Curitiba - A Assembleia Legislativa (AL) do Paraná aprovou ontem dois projetos de lei que tratam da carreira dos docentes da rede pública de Estado da Educação. As mensagens, relativas à complementação da hora-atividade para o magistério e à concessão do auxílio-transporte, passaram em segunda votação, sendo dispensada a redação final, no mesmo dia em que ocorreu a leitura em plenário. Segundo a assessoria de imprensa da Casa, houve um entendimento entre a base aliada e a oposição ao governador Beto Richa (PSDB) para que todo o trâmite legislativo fosse esgotado em menos de 24 horas.

Por conta das restrições impostas pelo período eleitoral e também devido à proximidade do recesso parlamentar, que começa no próximo dia 17, o chamado "tratoraço" tem sido utilizado com frequência nas últimas sessões da AL. Os deputados estaduais têm transformado o plenário em comissão geral, artifício que permite que as mensagens sejam votadas sem a análise prévia por parte das comissões temáticas da Casa. Outras dez propostas, sendo cinco de autoria do Poder Executivo, quatro do Tribunal de Justiça (TJ) e uma da Procuradoria-Geral de Justiça tiveram o mesmo trâmite nesta semana (veja algumas propostas no quadro).

A primeira matéria, 10/2014, autoriza a implementação de, no mínimo, 1/3 sobre uma hora atividade aos professores, a partir de 1° de agosto. O aumento de 30% para 33% e, depois, para 35%, foi uma das pautas discutidas durante a greve de abril da categoria. Conforme o texto, a complementação será feita mediante o pagamento da porcentagem sobre uma hora aula, até a data anterior ao primeiro dia do ano letivo de 2015. O impacto financeiro previsto é de R$ 72 milhões para 2014 e R$ 78,67 milhões para o ano que vem.

A proposta 9/2014, que reajusta o auxílio-transporte dos atuais R$ 266,21 para

R$ 360,74, a partir de outubro deste ano, também chegou ontem. A alteração foi negociada durante reunião com representantes das Secretarias de Estado da Educação, da Administração e Previdência, da Fazenda e de Governo, além dos integrantes da APP-Sindicato. Neste caso, a despesa estimada é de R$ 22,7 milhões anuais, provenientes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e do Tesouro do Estado. A rede pública do Paraná tem 2.149 escolas, 1.366.251 estudantes matriculados e 73.595 docentes e pedagogos.

Consenso
O deputado Professor Lemos (PT) lembrou que a concessão dos benefícios é uma reivindicação antiga da categoria e que só foi viabilizada graças ao acordo firmado entre as partes dois meses atrás. "Ainda temos muito o que avançar, mas estamos contentes com essa conquista importante", disse. Ele adiantou que outra mensagem relativa à carreira, também acordada com a administração estadual, deve chegar em breve à AL. "Os professores com contrato temporário vão receber 25% a mais pela pós graduação." O líder do governo, Ademar Traiano (PSDB), elogiou o entendimento entre as partes, que segundo ele foi resultado da "sensibilidade do governador Beto Richa". "Esse respeito da família Richa para com os professores, que vem desde os tempos em que o governador era José Richa, tem de ser enaltecido", discursou.

Gleisi: ‘Paraná não quer um governo que não sai do lugar’


Dilma e ex-presidente Lula participaram da festa de lançamento da chapa do PT no Estado, na noite de ontem, em Curitiba

Theo Marques
"Não creio que em outros momentos do passado o governo federal tenha investido tanto aqui", discursou Dilma, ao lado de Lula e Gleisi
Curitiba - Com as presenças da presidente Dilma Rousseff (PT), do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e de quatro ministros, o PT apresentou na noite de ontem a chapa majoritária para concorrer às eleições de outubro no Paraná. Além dos chefes de Estado e da senadora Gleisi Hoffmann (PT), candidata ao governo do Paraná, estiveram no Teatro Positivo, em Curitiba, os postulantes a vice, Haroldo Ferreira (PDT), a senador, Ricardo Gomyde (PCdoB), e representantes das outras duas siglas da coligação - PRB e PTN.

Dilma usou boa parte do seu discurso para rebater as acusações do governador Beto Richa (PSDB), que concorre à reeleição, de que a União "discrimina" o Estado, por supostamente travar a liberação de empréstimos. O tema vem sendo explorado pelo tucano e deve reverberar durante a campanha. Ela também reforçou a confiança em Gleisi e no marido da senadora, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a quem chamou de "atacantes de sua seleção". Aloizio Mercadante (Casa Civil), Miguel Rossetto (Desenvolvimento Agrário) e Henrique Paim (Educação) fecharam o "time" do Palácio do Planalto no encontro.

"Não creio que em outros momentos do passado o governo federal tenha investido tanto aqui", afirmou, acrescentando que apenas o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) já destinou R$ 47 bilhões aos municípios paranaenses.

Segundo a presidente, os tucanos "mentem" ao falar de sua administração. "Mas a minha proposta é que nós só falemos a verdade sobre eles. Vamos lembrar o que produziram quando eram governo: recessão, desemprego, redução da renda, achatamento salarial e dilapidação do patrimônio público, com a venda de empresas a preços aviltados", completou, em referência aos oito anos da gestão de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

A candidata ao Palácio Iguaçu discursou em seguida, afirmando que pretende fazer no Paraná o que fazem Lula e Dilma no Brasil. "Tenho certeza de que o Paraná não quer olhar para trás, não quer um governo que não sai do lugar, que mergulhou o Estado no caos financeiro."

Tanto Dilma como Lula chegaram às 20 horas e saíram sem falar com a imprensa. Correligionários levantaram placas com as hashtags #mudamaisbrasil, #olhandoprafrente e #dilmaisfuturo. Muitos também entoaram gritos de guerra, como "não vai ter Beto" e "tá tendo Copa, tá tendo tudo, só não vai ter segundo turno".

O PT enfrentou dificuldades para fechar a coligação no Paraná, anunciando Haroldo Ferreira como vice somente na noite de terça-feira, já depois de ultrapassado o prazo para a realização das convenções. O imbróglio se deu porque o PDT queria indicar o vereador Jorge Bernardi (PDT) ao Senado. O cargo, contudo, acabou ficando com Gomyde.

As visitas da presidente e do ex-presidente, que já estiveram em Curitiba neste ano, serviram para aparar as arestas e mobilizar a militância, mostrando que o Paraná deve ser uma prioridade do PT. No pleito de 2010, mesmo vitoriosa, Dilma teve desempenho inferior a José Serra (PSDB) no Estado. Foram 2,59 milhões (44,56%) de votos válidos, contra 3,26 milhões (55,43%) do então adversário.

DFRV prende ladrão especializado em assaltos a concessionárias


3 de julho de 2014
Policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) prenderam, por volta das 19h30 da última terça-feira (1.º), um jovem de 19 anos, em uma casa na Vila Barigui 2, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). LEIA MAIS
Com ele foi apreendida uma moto avaliada em R$ 50
mil roubada de uma concessionária Honda da Avenida Presidente Wenceslau Braz. “Ele e outros comparsas, que já estão identificados, levaram três motos neste dia”, contou o delegado-titular da DFRV, Cassiano Aufiero.
Aufiero destacou que graças às câmeras de segurança das lojas, a especializada conseguiu localizar e prender o ladrão. “Ele aparece em vários outros assaltos. Felizmente, na maioria dos casos, nós já conseguimos recuperar os carros. Ele era um especialista em assaltar concessionárias”, disse o delegado.
O jovem teve participação confirmada em outros assaltos. Da concessionária Le Lac ele levou um Peugeot 408, que já foi recuperado. Da Honda Niponsul levou dois Honda Civics. Um deles foi recuperado. Do Corujão do Portão levou duas Amarokes, ambas recuperadas. Tentou levar uma outra Amarok do Corujão do Campina do Siqueira, mas não conseguiu, por isso há apenas o registro como tentativa. Levou uma iX 35 da Hyundai do Tarumã. Este carro também foi recuperado já. Roubou uma Mitsubishi L 200 da concessionária do Tarumã. Este carro também foi recuperado. Roubou também um Tiguan da concessionária Volkswagen de São José dos Pinhais. Carro também recuperado. “Depois que foi preso ele até de forma irônica reclamou do nosso serviço. Disse que a gente recuperava todos os carros que e
le roubava, por isso era obrigado a fazer novos assaltos”, contou o delegado.


Fonte: BEM PARANÁ

Maringá terá terminal intermodal


4 de julho de 2014

Obra custará R$ 69 milhões e atenderá todas as linhas urbanas e metropolitanas, contando também com transporte de passageiros por trilhos.LEIA MAIS

Gesli Franco, da Sucursal de Maringá/Gazeta do Povo
terminal_040714
(Foto:Prefeitura Maringa/Divulgacao)
Maringá, no Norte do Para­­ná, deverá contar com um terminal intermodal nos próximos anos. Pelo projeto, serão 22 mil metros quadrados de construção para atender todas as linhas urbanas e metropolitanas. Além disso, parte dos passageiros deverá ser transportada pela área ferroviária que terá dois pares de trilhos. A prefeitura espera lançar o edital de licitação até dezembro.
A obra, estimada em R$ 69 milhões, teve o financiamento recém aprovado pela Caixa Econômica Federal (CEF) e faz parte do Programa Pró-Transporte, do Ministério das Cidades. Segundo o secretário municipal de Planejamento, Laércio Barbão, R$ 63 milhões serão investidos no terminal, outros R$ 6 milhões destinados para duas obras viárias de ligação entre bairros da zona Sul e zona Norte.
Pelo projeto, a estrutura do intermodal ficará ao lado do atual terminal de transporte urbano, no centro da cidade. A ideia é unir terminal urbano, o metropolitano e uma estação de passageiros, com corredores de ônibus. Isso ocupa o quadrilátero das principais avenidas centrais: Duque de Caxias, Herval, Horácio Raccanello Filho e Tamandaré. “Esse projeto foi pensado desde os primeiros rabiscos para receber modais de transporte, ainda mais agora com o projeto do Trem-Pé-Vermelho”, observa o secretário, referindo-se à autorização do Ministério das Cidades na semana passada para a elaboração do projeto executivo que prevê a ligação entre cidades das regiões Norte e Noroeste do estado, incluindo Maringá, por meio dos trilhos.
Para a doutora em Ar­­­quitetura e Urbanismo e coordenadora do curso na Universidade Estadual de Maringá (UEM), Fabíola Cordovil, o projeto é uma ação de mudança, mas não deve ser encarado como solução única para resolver os gargalos do trânsito na cidade. Segundo ela, é preciso que haja mudanças principalmente na qualidade do transporte coletivo. “Não adianta construir algo grandioso sem que se exija da empresa de transporte coletivo melhorias nos serviços. Do contrário, o cidadão não vai achar vantajoso pegar um ônibus lotado, pagando caro, porque existe um terminal que o leve de um ponto ao outro da cidade.”
Em visita recente à cidade, o médico patologista e professor da Universidade de São Paulo (USP) Paulo Saldiva, pesquisador nas áreas de doenças respiratórias e saúde ambiental e ecologia aplicada, ministrou uma palestra sobre as doenças causadas pela poluição ambiental, e na ocasião, também apontou a integração do transporte público como a solução mais viável para desafogar o trânsito e estimular o não uso do carro particular.
Durante a palestra, a discussão do terminal intermodal foi levantada e apontada pelo professor como um passo importante. “Não estudei a cidade para ir além, mas posso afirmar que em cidades inglesas, por exemplo, houve priorização total do transporte público e temos a prova que deu certo. Se isso está sendo levado em conta em Maringá, já é um grande avanço.”
Fonte:Folha de São Paulo

Governo do PR não investe o mínimo em saúde, mas TC aprova suas contas


4 de julho de 2014

Estado aplicou 11,22% de suas receitas na área em 2013, quando tinha de ter destinado ao menos 12%. Verba para ciência também ficou aquém do que determina a lei

protesto_040714
O Tribunal de Contas do Paraná (TC) aprovou ontem as contas do governo do estado referentes a 2013. Porém, o relatório do conselheiro Ivan Bonilha, aprovado por unanimidade, aponta 15 ressalvas, quatro determinações e dez recomendações ao Executivo. O principal problema verificado foi que o estado não fez o investimento mínimo de 12% de suas receitas em saúde, como manda a Constituição Federal. Em 2013, o governo Beto Richa investiu R$ 2,35 bilhões na área – o que corresponde a 11,22% da sua arrecadação.
Nos gastos em saúde foram incluídas despesas com o programa Leite das Crianças, a gestão de saúde dos servidores públicos e dependentes, os gastos do Complexo Médico Penal de Piraquara e as despesas para desenvolvimento de vacinas realizadas pelo Tecpar (Instituto de Tecnologia do Paraná). O governo ainda tentou incluir como gastos de saúde as despesas custea­das com recursos próprios das universidades estaduais, as pensões pagas a portadores de hanseníase e o dinheiro direcionado para a manutenção do agrupamento aeropolicial de resgate aéreo. Os valores foram desconsiderados por Bonilha. “Elas não se enquadram no que está descrito na Lei 141/2012 [que regulamenta os gastos da União, Estados e municípios com saúde]”, disse o conselheiro.
O Executivo também tentou descontar da conta da saúde as perdas de repasse do Fundeb (Fundo de Desen­volvimento e Manutenção da Educação Básica). São cerca de R$ 517 milhões que, devido à metodologia do fundo, foram transferidos aos municípios. A Lei 141, porém, impede esse desconto.
A legislação foi regulamentada em 2012. Mas Bonilha disse que “não seria razoável” exigir que o governo do Paraná se estruturasse para sua “imediata aplicação”. “Temos percebido um esforço para aumentar os repasses [à saúde] e o primeiro quadrimestre de 2014 tem demonstrado isso.”
Outro descumprimento
O governo também não cumpriu a destinação do porcentual mínimo de 2%, estabelecido na Constituição do Paraná, em ciência e tecnologia. Foram destinados R$ 254 milhões à área – 1,62% da receita tributária. Bonilha relativizou o cumprimento do índice, dizendo que outros estados não conseguiam cumprir seus repasses mínimos ao setor. “A análise comparativa mostra que o Paraná possui um dos maiores índices em investimento em Ciência e Teconologia. Também é inegável que o porcentual pode ser lido como desproporcional se comparado a outras áreas de igual ou maior relevância para a população.”
Por outro lado, nos investimentos em educação, o relatório de Bonilha mostra que o governo aplicou um repasse superior ao mínimo constitucional. No total, R$ 6,9 bilhões foram destinados para o ensino público no ano passado. O valor equivale a 33,06% da receita. O mínimo constitucional é de 30%.

Argumento

“Perseguição” federal foi usada como argumento para aprovar as contas
A demora na liberação dos empréstimos do Proinveste para o Paraná repercutiu ontem na sessão de aprovação das contas do governo do estado. Ao analisarem o relatório de Bonilha, os conselheiros Nestor Batista e Durval Amaral encamparam o discurso do governo estadual de que haveria “perseguição” ao Paraná. O primeiro pronunciamento nesse sentido partiu de Amaral. Ele lembrou que as desonerações do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) promovidas pela União atingiram os caixas de estados e municípios. “Existe um desrespeito flagrante da União para com a federação”, disse. Na sequência, Amaral – que foi secretário-chefe da Casa Civil de Beto Richa antes de ser eleito conselheiro pela Asssembleia – afirmou que a dificuldade na liberação dos empréstimos trazia dificuldades para o governo paranaense. Nestor Batista foi ainda mais duro. Segundo ele, o Paraná tem sido historicamente preterido pela União em relação a outros estados. “O Paraná gasta R$ 1,5 bilhão com universidades estaduais. O Rio Grande do Sul gasta R$ 41 milhões. Criaram-se universidades federais em tudo que é lugar, menos no Paraná. E tem paranaense em Brasília que poderia fazer um trabalho nesse sentido, mas joga contra”, disse. Ele ainda comentou sobre a tradição do tribunal de não desaprovar as contas dos governadores. “Tem que desaprovar as contas de ladrão, de desonesto e trambiqueiro. No caso do Paraná, que está sendo perseguido pelo governo federal, fica difícil para os conselheiros desaprovarem a conta do Beto porque não se atingiu um índice.”

Requião não é julgado

O TC-PR não julgou ontem o processo que pode tornar inelegíveis o senador Roberto Requião (PMDB) e o ex-governador Orlando Pessuti (PMDB). O tribunal apura a suposta responsabilidade dos dois, quando eram governadores, sobre o incêndio de um barracão da Codapar em 2009. Eles não teriam tomado medidas adequadas para evitar prejuízos ao imóvel e, consequentemente, aos cofres públicos. Se forem condenados pelo TC, em tese podem ficar inelegíveis.
Fonte:Gazeta do Povo

Motorista sem cinto de segurança fica em estado grave após acidente no Rebouças


Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique
acidentedentro
Motorista da Saveiro ficou gravemente ferido (Foto: Bruno Henrique – )

O motorista de uma Saveiro, que vinha pela Av. Silva Jardim sem cinto de segurança, ficougravemente ferido após bater contra um caminhão caçamba, que fazia a Rua Alferes Poli. O acidente aconteceu no fim da madrugada desta sexta-feira (4), no bairro Rebouças, em Curitiba.
acidentedentro2
Caminhão envolvido no acidente (Foto: BH – )
A tenente Franciane, do Corpo de Bombeiros, confirmou à reportagem que a vítima ferida estava sem o dispositivo de segurança. “O estado dele é grave e foi levado ao Hospital Cajuru. Por ser um cruzamento com sinaleiro, alguém avançou e causou a colisão”, descreveu.
O motorista do caminhão caçamba nada sofreu. O homem ferido não foi identificado.

Fonte: Banda B
.

Após separação, homem sobe em telhado com faca e está lá há quatro horas


Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique
telhadodentro
Homem está no telhado há quatro horas (Foto: Bruno Henrique – )

O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar atendem desde as 3h desta sexta-feira (4) uma situação envolvendo um homem sob o efeito de drogas, na Rua Lourdes Gomes Carvalho, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Com uma faca na mão, o rapaz subiu no telhado de uma residência e ameaça se jogar.
reportagem esteve no local por volta das 7h e ouviu o rapaz gritar que estava envolvido com pedofilia e que tinha sido tirado de casa pela esposa. “Ele está aí faz tempo, atrapalhando todo mundo. Acho que só está fazendo ameaças mesmo”, afirmou o tecnólogo César Luiz Serafim, morador na região.
Até o fechamento desta reportagem, às 7h30, o homem continuava no telhado, acompanhado de perto por bombeiros e policiais.

Fonte: Banda B

Carreta escapa de eixo e atinge carros de funcionários de Prefeitura da RMC


Por Luiz Henrique de Oliveira e Marco Piza

(Fotos: Claudio Takayasu) 

Uma situação inusitada foi registrada por um leitor  na manhã desta quinta-feira (3) no Centro de São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba. Um caminhão que vinha pela Rua Doutor Mota Junior virou à direita na Rua Capitão Tobias Pereira Cruz e o engate quebrou, fazendo com que a carreta descesse desgovernada e atingisse três carros.
Todos os veículos são de funcionários da Secretaria Municipal de Saúde de São José dos Pinhais. “Ninguém ficou ferido, apenas danos materiais. Achei curioso e enviei as fotos para vocês, porque foram muitos carros atingidos”, descreveu à reportagem o leitor participativo Claudio Takayasu.
O Boletim de Ocorrência do caso foi feito pela Polícia Militar (PM).

Fonte: Banda B