Dois amigos são mortos em intervalo de quatro horas na CIC; polícia acredita na ligação dos crimes



homicidio-cic-fabio-05714-bandab
Fábio foi morto quatro horas depois de Eduardo ser baleado. (Foto: Danaê Bubalo – )

Dois rapazes foram mortos em um intervalo de quatro horas na Cidade Industrial de Curitiba (CIC) na noite desta sexta-feira (5). A polícia acredita na ligação entre os crimes, já que as vítimas seriam amigas.
O primeiro homicídio aconteceu por volta das 19h na rua Jair Sibonei, na Vila Barigui. Dois homens em um veículo Punto branco chegaram no local, desceram do carro e atiraram várias vezes contra o jovem de 20 anos, que estava sentado no meio-fio da via na companhia de amigos. Eduardo de Toledo chegou a ser socorrido pela população até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois.
Segundo informações da polícia, ele foi atingido por três tiros, na cabeça, no peito e no ombro. As pessoas que levaram o rapaz até a UPA não permaneceram para relatar o que exatamente teria acontecido, mas familiares procuraram a Divisão de Homicídios e informaram que Eduardo tem passagem pela polícia por homicídio. Eles acreditam que esse tenha sido o motivo da morte do rapaz.
Quatro horas depois, Fábio Barbosa, de 19 anos, foi morto na rua Professor Algacyr Munhoz Mader, também na CIC. De acordo com testemunhas, já passavam das 23h quando o jovem passou correndo no meio da via, parecendo fugir de um veículo que vinha logo atrás. Um Fiat Uno, também branco, parou ao lado de Fábio e os ocupantes dispararam contra ele, que morreu na hora.
Ao chegar no local, a polícia recebeu informações de que Eduardo e Fábio eram amigos e que ambos tinham passagens. Os investigadores acreditam que os crimes estão ligados e que podem ter sido cometidos pelos mesmos autores.
Os corpos das vítimas foram recolhidos ao Instituto Médico Legal e a Divisão de Homicídios deve investigar os casos.

Fonte Banda B
.

Caminhão tomba após acidente com duas carretas e motorista morre na BR-376


Da Redação



Um acidente envolvendo duas carretas e um caminhão no km 672,9 da BR-376 interditou a pista e deixou um motorista morto na manhã deste sábado (5) na região de Guaratuba. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caminhão, que levava uma carga de carvão, tombou na pista.
Com a carga espalhada na pista, duas faixas precisaram ser bloqueadas, deixando apenas uma habilitada para o tráfego. Equipes da concessionária Autopista Litoral Sul, que administra a rodovia, estiveram no local e trabalharam no atendimento, remoção dos veículos e liberação total da via.
No momento do acidente, o congestionamento chegou a dez quilômetros de distância, segundo a concessionária. O tráfego é lento na via sentido Palhoça.
.

PAVIMENTAÇÃO DA RUA TELÊMACO BORBA MARGINAL DA RIBEIRA JÁ COMEÇOU






Rua Telêmaco Borba no Guaraituba.

A Prefeitura de Colombo já liberou as ordens de serviço para  a pavimentação da Rua Telêmaco Borba, marginal da Estrada da Ribeira no Guaraituba. Com essa obra aquela região ganhará mais fluides no transito e  toda estrutura necessária para os pedestres que circulam na região.  A nossa reportagem conversou com o Secretário de Obras Municipal João Maria Rodrigues que nos relatou que essa obra também vai  influenciar para  na sequencia dar inicio as obras do binário Genésio Moreschi e Rua Cascavel.  Esse binário já vem sendo estudado pela secretária e com certeza vai trazer grande melhoria para o trafego da região e melhorar para os comerciantes. A prefeita Beti Pavin vem cumprindo as promessas de campanha e nossa cidade está virado num canteiro de obras. A obra está sendo executada pela Sharmon Construtora e com um custo de R$ 367.136,60 e prazo para  conclusão das obras é de 5 meses.

Homem encapuzado invade casa e mata rapaz enquanto dormia; criança de 2 anos é baleada






Um homem foi morto com três tiros enquanto dormia na casa da mãe, no bairro Capão Raso, em Curitiba, na madrugada deste sábado (5). O crime aconteceu na rua Francisco Habinovski por volta da 1h.
Segundo a mulher da vítima, um homem encapuzado arrombou a residência, foi direto para o quarto e atirou contra Joelson Akes, de 33 anos, que estava na cama com ela e o filho de dois anos de idade. A criança acabou sendo baleada na região da bacia e foi encaminhada em estado grave para o Hospital Evangélico. Ela está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e corre risco de morte.
Joelson chegou a ser socorrido e levado ao Hospital do Trabalhador, mas não resistiu e entrou em óbito. O casal tinha ido até a casa da mãe da vítima para assistir ao jogo do Brasil com a Colômbia, que aconteceu nesta sexta-feira (4) às 17h.
No momento do crime, estavam no local, além da esposa e do bebê, a mãe e a irmã de Joelson, e os outros três filhos do casal, que dormiam em um quarto separado. Nenhum pertence da casa foi levado pelo autor.
Joelson trabalhava como auxiliar de produção e não tinha passagens pela polícia. O corpo dele foi recolhido ao Instituto Médico Legal e a Divisão de Homicídios deve investigar o caso.

Fonte; BandaB
.

Candidatos ao governo do Paraná ainda não registraram candidatura



Os nove candidatos têm até as 19 horas deste sábado (5) para oficializar disputa no Tribunal Regional Eleitoral do estado
Nenhum dos nove candidatos ao governo do Paraná havia registrado oficialmente a candidatura até as 10h30 desta sexta-feira (4), véspera legal do prazo para isso. A informação é do Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-PR).

Veja as chapas formadas
PSDB Governador: Beto Richa (PSDB) Vice: Cida Borghetti (Pros) Senador: Alvaro Dias (PSDB) Coligação: PSDB-PROS-PP-PSB-DEM-PR-PSC-PTB-SDD-PMN-PSD-PTdoB-PHS-PSDC-PSL-PEN-PPS
PT Governador: Gleisi Hoffmann (PT) Vice: Haroldo Ferreira (PDT) Senador: Ricardo Gomyde (PCdoB) Coligação: PT-PDT-PRB-PTN-PCdoB
PMDB Governador: Roberto Requião (PMDB) Vice: Rosane Ferreira (PV) Senador: Marcelo Almeida (PMDB) Coligação: PMDB-PV-PPL
PSol Governador: Bernardo Pilotto (PSol) Vice: Maicon Palagano (PSol) Senador: Luiz Piva (PSol)
PTC Governador: Tulio Bandeira (PTC) Vice: Ulisses Sabino (PTC) Senador: Luiz Barbara (PTC)
PRP Governador: Ogier Buchi (PRP) Vice: Valfredo Dzazio (PRP) Senador: Mauri Vianna (PRP)
PSTU Governador: Rodrigo Tomazini (PSTU) Vice: Érika Andreassy (PSTU) Senador: Evandro Castagna (PSTU)
PRTB Governador: Geonísio Marinho (PRTB) Vice: Rodrigo Sottile (PRTB) Senador: Adilson Silva (PRTB)
PCB Governador: Silvana Souza (PCB) Vice: Indefinido (PCB) Senador: Indefinido (PCB)

O prazo para o registro se encerra neste sábado. No último dia para a oficialização, os candidatos devem comparecer ao TRE-PR entre 13h e 19h, período em que o órgão irá realizar o procedimento, que é obrigatório.
No momento do registro, entre os documentos que devem ser apresentados pelos candidatos, está a previsão de gastos com a campanha eleitoral.
Novas regras para campanha só para 2016
As novas regras sobre doação de campanha eleitoral não valerão para as eleições deste ano. A decisão foi tomada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em junho.
Na ocasião, o órgão entendeu que a “minirreforma eleitoral” não deveria ser aplicada no pleito deste ano, uma vez que processo eleitoral já tinha sido iniciado, com as convenções partidárias. Segundo o tribunal, o Artigo 14 da Constituição Federal prevê que qualquer regra sobre eleições só tem validade se for aprovada um ano antes do pleito.
O texto sancionado pela presidente Dilma Rousseff em dezembro do ano passado proíbe, em vias públicas, propaganda eleitoral em cavaletes e a afixação de cartazes, mas libera o uso de bandeiras e de mesas para distribuição de material, contanto que não dificultem o trânsito de pessoas e veículos.
Também proíbe a substituição de candidatos a menos de 20 dias das eleições e obriga a publicação de atas de convenções partidárias na internet em até 24 horas. A nova lei também limita – a 1% do eleitorado, em municípios com até 30 mil eleitores – a contratação de cabos eleitorais. Acima disso, será possível empregar uma pessoa a cada mil eleitores a mais.
Veja mais sobre os candidatos

Candidatos ao governo do ParanáAMPLIAR

1 / 9
Beto Richa é o atual governador do Paraná pelo PSDB. Com 49 anos, é engenheiro civil natural de Londrina. Foi eleito prefeito de Curitiba em 2004 e reeleito para o cargo em 2008. Foi eleito em 2010 para o governo do Paraná e busca a reeleição. 

Suspeito que vendia supostos ingressos da Copa pelo Facebook é preso em Curitiba


Da Redação com Polícia Civil




Investigadores da Delegacia de Estelionatos e Desvio de Cargas (DEDC) prenderam, na tarde desta quarta-feira (02), em uma agência bancária localizada no pátio do Ceasa de Curitiba, Odair Pereira Costa de Oliveira, de 32 anos. Ele vendia ingressos para assistir aos jogos da Copa do Mundo, mas não entregava o produto.
De acordo com as investigações, ele colocava em seu perfil no Facebook uma montagem fotográfica, na qual oferecia os supostos ingressos. Após negociar com as vítimas, ele recebia o dinheiro por transação financeira, mas não entregava. A DEDC foi acionada pelas vítimas e por meio do perfil na rede social conseguiu identificar o suspeito.
Ao todo, o prejuízo causado foi de aproximadamente R$ 6 mil. As duas vítimas são de São Paulo e Belo Horizonte.
.

Família de homem baleado em casa na RMC diz que PM que atirou seria amante da mulher dele





 
 
 
protesto

simulacro
Simulacro apresentado pela PM na noite do crime. Foto: DB/Banda B
A família do jovem que foi baleado pela Polícia Militar (PM) na noite de quarta-feira (2) durante uma briga com a esposa contesta e versão oficial e diz que o jovem foi morto a queima roupa e não portava nenhuma arma de brinquedo. Carlos Eduardo de Castro Araújo, 25 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul. Familiares afirmam que policiais invadiram a residência da família, que fica na colônia Maria José, em Quatro Barras, na região metropolitana de Curitiba, empurraram a mãe do jovem, que tentou evitar os disparos, e atiraram contra Araújo, sem qualquer tentativa de reação.
A versão apresentada pela polícia é que os vizinhos acionaram a viatura ao ouvirem gritos e brigas. Em entrevista à Banda B na noite dos fatos, o tenente Werner afirmou que os policiais viram Araújo saindo de casa com um revólver na mão. “No momento em que pediram para que o homem baixasse a arma, ele apontou em direção aos policiais, que atiraram contra ele”, relatou. O disparo atingiu o peito do jovem.
No entanto, a família afirma que o casal passava por conflitos desde a semana passada quando Araújo viu uma mensagem de outro homem no celular da mulher, mas que na noite de quarta-feira conversava sem qualquer excitação. Durante essa conversa policiais militares invadiram a casa da família. “Eles fizeram uma tocaia, é mentira, isso tudo é uma calúnia. Tem muitas testemunhas e todos sabem que esse policial que entrou na nossa casa é amante da ex-mulher dele. Eu sei que esse policial é, na verdade, um bandido fardado. Ele é um assassino que entrou para fazer isso. Eu tentei empurrar o homem e implorei para ele não atirar no meu filho, eu vi o policial balear meu filho e cair na minha frente. Meu filho não estava armado e não fez nada disso que estão falando que ele fez. Isso foi um assassinato a sangue frio”, desabafou a mãe do jovem, Nerci Araújo. A ex-mulher que Nerci se refere é a mesma que estava com a vítima no momento dos tiros.
(Ouça a sonora da mãe no ícone acima)
Durante o velório do jovem, na noite de ontem, outras testemunhas afirmaram que Araújo não portava nenhuma arma. O pai Edson Araújo disse à Banda B que o filho foi ferido sem qualquer motivo. “Eu quero uma resposta, quero justiça porque eu não vou sujar minha mão de sangue da mesma forma que fizeram com meu filho. Esse policial atirou por cima do ombro da minha mulher. Meu filho nunca usou arma, não tinha nada nas mãos dele. Assim que ele caiu, eu deitei no chão e fiquei estancando o sangue dele, outro policial entrou com duas armas na mão”, contou.
A Polícia Militar (PM)  mostrou um simulacro que teria sido apreendido junto com o jovem. Também, de acordo com a versão da PM, o jovem teria sido socorrido pelo Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência. Já a família diz que os próprios policiais levaram a vítima baleada.
Outro lado
A assessoria de imprensa da PM falou sobre o caso por meio de nota:
A Corregedoria da Polícia Militar (COGER) informa que está acompanhando o andamento do Inquérito Policial Militar (IPM), que foi aberto pelo 22º Batalhão da Polícia Militar (22º BPM), imediatamente após a ocorrência que se deu na noite da última quarta-feira (02/07/14), em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), na qual um homem de 25 anos foi morto.
De acordo com as primeiras informações coletadas pela corporação, a família de uma mulher acionou a PM via 190 dizendo que ela estaria sendo ameaçada pelo próprio marido, o qual estava de posse de uma arma de fogo. Chegando ao local, a equipe policial se deparado com o homem, que apontou a arma, e a equipe policial revidou. Ainda no local, foi constatado que a arma apontada pelo homem era de brinquedo, ou seja, um simulacro.
Segundo informações do 22º BPM, o Siate foi acionado – protocolo nestes casos –, mas a família não quis aguardar a chegada e levou o homem baleado em um veículo particular, que foi escoltado por uma viatura da PM, até o Hospital Angelina Caron.