Jovem paranaense crava 7 a 1 e ganha sozinho bolão com 148 mil apostas


'Vi a Seleção com o Fred, o Felipão desorientado e resolvi apostar em um placar que ninguém apostaria', conta o estudante de direito de Maringá, no norte do Paraná


Ninguém imaginava que a seleção brasileira seria tão duramente massacrada pela Alemanha em uma semifinal de Copa do Mundo. Ninguém? O jovem Elton Sato, de Maringá, no norte do Paraná, imaginou, sim, que os brasileiros teriam a maior derrota de sua história em mundiais, justamente naquele disputada dentro de casa: ele cravou a derrota por 7 a 1 e venceu, sozinho, um bolão com 148 mil apostas, organizado pelo canal SporTV.
Elton diz que só havia apostado em resultados comuns até então (Foto: Arquivo Pessoal)Elton diz que só havia apostado em resultados comuns até então (Foto: Arquivo Pessoal)
- Eu estava apostando em resultados comuns e não tinha ganhado nada. Aí vi a Seleção com o Fred, o Felipão desorientado e resolvi chutar alto, apostar em um placar que eu sabia que ninguém apostaria. Brasileiro nunca arrisca contra o próprio time. Nem eu acreditava, antes do jogo, que poderia acontecer -, diz.
 O estudante de direito conta que reuniu os amigos para torcer para o Brasil, mas, depois do quinto gol alemão, todos deixaram o patriotismo de lado e passaram a desejar a vitória no bolão a cada lance. Ele ganhou uma TV com a aposta inesperada.
- Depois do 5 a 0, vimos que não dava mais e passamos a torcer pela vitória no bolão. A cada gol, todos meus amigos vibravam e viam que eu estava mais perto de ganhar. Graças ao Oscar, posso comemorar. Quando ele fez o gol, foi uma loucura geral.
Sato não havia acertado nenhum resultado dos jogos do Brasil nesta Copa do Mundo, mas, garante, já tinha previsto que a Costa Rica venceria os campeões mundiais Itália e Uruguai, na primeira fase da competição. 
- Me considero um cara sortudo. Fico triste com a derrota do Brasil, mas muito feliz com a minha vitória. Nunca tinha ganhado nada grande. Por esta, nem eu esperava.

Última acusada de matar Louise Maeda é condenada a 20 anos de prisão


Jurados entenderam que Fabiana Perpétua de Oliveira, de 23 anos, cometeu o crime de homicídio, mas absolveram a ré da acusação de ocultação de cadáver


Foi condenada a 20 anos de prisão a última acusada pelo assassinato da universitária Louise Sayuri Maeda. Os jurados entenderam que Fabiana Perpétua de Oliveira, de 23 anos, cometeu o crime de homicídio, mas ela foi absolvida da condenação de ocultação de cadáver. A ré já estava presa preventivamente e vai continuar detida até completar a pena imposta. O tempo que passou na prisão, cerca de três anos, será descontado do tempo total da sentença.
As informações foram repassadas pelo assistente de acusação Gianfranco Petruzziello. Ele criticou a maneira como a defesa de Fabiana agiu, porque levou nova versão sobre os acontecimentos – diferente da fornecida por outros acusados. “Foi positivo, [pois] foi até mais [severo] do que a gente esperava, mas ficou de bom tamanho. Vamos aguardar se defesa vai recorrer ou não. O que surpreendeu foi que a defesa trouxe a quinta versão diferente sobre os acontecimentos, mas os jurados entenderam que ela cometeu o crime de homicídio.”
Arquivo familiar
Arquivo familiar / Louise foi morta em 2011. Seu corpo foi achado em uma cavaAmpliar imagem
Louise foi morta em 2011. Seu corpo foi achado em uma cava
O inquérito
De acordo com o inquérito do caso, o crime foi motivado por vingança e em razão da universitária ter denunciado furtos que vinham ocorrendo no caixa da iogurteria onde trabalhava. O crime ocorreu em 31 de maio de 2011, por volta das 23h57, em uma ponte sobre o Rio Iguaçu, situada na Rua Pellanda, bairro Campo do Santana, em Curitiba. Louise recebeu dois tiros, e, logo em seguida, seu corpo foi arremessado do alto da ponte.
Conforme as investigações da polícia, no início de maio de 2011, Louise descobriu uma série de irregularidades cometidas por Márcia, entre elas furtos, e sugeriu aos proprietários da empresa que demitissem a funcionária. No dia do crime, Louise e Fabiana Perpétua de Oliveira - outra acusada pelo crime - deixaram juntas o Shopping Mueller, onde fica a iogurteria em que trabalhavam.
Segundo a polícia, Márcia convenceu Fabiana a convidar a vítima para ir a um barzinho. Elas entraram em um Gol, onde Márcia e o outro acusado, Elvis de Souza, as esperavam. Eles seguiram até o bairro Campo de Santana, onde Márcia simulou passar mal. Fora do carro, Louise foi levada a um ponto isolado, onde foi executada, na versão levantada pela polícia.
O advogado de defesa, Juliano Flenik, negou que a defesa tenha apresentado uma afirmação diferente durante o julgamento. “As teorias desde o início são as mesmas”, afirmou. Ele afirma que a defesa se baseou em quatro pilares durante o julgamento: negativa de autoria, desclassificação, inexistência de comportamento típico e participação de menor potencial.
Flenik afirmou que a defesa vai recorrer da decisão em relação ao tempo de reclusão de Fabiana. “A defesa percebeu um extrapolamento da dosimetria da pena estabelecida”, disse o advogado. “Ela foi inocentada de um dos crimes [ocultação de cadáver] e mesmo assim teve uma pena maior que a ré que foi condenada pelos dois crimes”, argumenta Flenik.
Condenados
Outros dois envolvidos na morte de Maeda, em 2011, já foram condenados. O primeiro julgamentolevou Márcia Nascimento a 19 anos de reclusão por homicídio triplamente qualificado e ocultação do cadáver. Em fevereiro deste ano, o réu Élvis de Souza foi condenado a 21 anos, também pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.
Fabiana e a outra mulher já condenada eram companheiras de trabalho de Louise. As três trabalhavam em uma iogurteria de um shopping de Curitiba. Élvis de Souza era namorado de Márcia na época do crime. A bolsa que Louise carregava na noite do assassinato foi encontrada na casa do pai de Élvis durante as buscas realizadas por policiais.
Relembre o caso
Louise desapareceu em 31 de maio após sair do trabalho. O corpo foi encontrado no dia 17 de junho de 2011 em uma cava do Rio Iguaçu, em Curitiba.Márcia e Fabiana foram detidas na madrugada seguinte à confirmação da morte da universitária. Élvis se entregou à polícia somente no dia 23 de junho, mesma data em que a família fez a cerimônia de despedida e que o corpo de Louise foi cremado. No dia 15 de julho de 2011, uma reconstituição dos fatos foi realizada pela polícia. O procedimento foi realizado com base no depoimento de cada um dos três acusados. No dia 6 de outubro de 2011, o processo foi desmembrado porque a defesa de uma das acusadas pediu um exame de sanidade mental
.

Veja a lista COMPLETA dos candidatos às eleições no Paraná


Justiça Eleitoral divulgou nomes de todos os políticos que pediram para ter candidaturas registradas aos cargos de governador, vice-governador, senador e deputado


0

Lista de candidatos do PR
Para ver a lista completa em PDF dos candidatos que vão disputar as eleições deste ano, CLIQUE AQUI
O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) divulgou nesta terça-feira (8) a lista de candidatos que vão disputar as eleições pelo estado paranaense. Constam no documento os nomes dos políticos que solicitaram candidaturas. Os pedidos ainda precisam ser analisados antes de serem ratificados pelo órgão.
Constam os nomes dos que disputam os cargos de governador, vice-governador, senador, deputado federal e deputado estadual. Os suplentes também estão disponíveis para consulta. Para conferir os nomes, é possível baixar a lista, em formato PDF, no quadro ao lado.

Ex-deputado Plínio de Arruda Sampaio morre aos 83 anos


Da Agência Brasil


Aos 83 anos, morreu hoje (8), em São Paulo, o ex-deputado federal Plínio de Arruda Sampaio. Vítima de câncer ósseo, Plínio estava internado há cerca de um mês no Hospital Sírio-Libanês.
Na eleição de 2010, o ex-deputado concorreu à Presidência da República pelo PSOL, ficando em quarto lugar na disputa.
Natural de São Paulo, formado em direito pela USP, Plínio de Arruda Sampaio foi promotor público e elegeu-se deputado federal em 1962, pelo extinto Partido Democrata Cristão (PDC). Reeleito duas vezes deputado, teve o mandato cassado pelo Ato Institucional nº 1 (AI-1), exilou-se no Chile e nos Estados Unidos e voltou ao Brasil em 1976, no início do processo de reabertura política.
Um dos fundadores do PT, Plínio de Arruda Sampaio participou da campanha das Diretas Já. Elegeu-se deputado federal constituinte em 1986, quando defendeu uma reforma agrária que previa o fim dos latifúndios. Na Assembleia Nacional Constituinte, foi vice-líder do PT em 1987 e, em 1988, substituiu o então líder Luiz Inácio Lula da Silva no comando da bancada. Após 20 anos, Plínio deixou o partido m 2005, filiando-se ao PSOL.
A ex-deputada Luciana Genro (PSOL), que foi ao hospital na tarde de hoje para visitar seu colega de legenda, confirmou o falecimento dele e informou que quando chegou para a visita Plínio já havia falecido. Segundo ela, Plínio de Arruda Sampaio fará uma grande falta ao Brasil. “Uma triste coincidência fez com que eu chegasse ao hospital Sírio libanês poucos minutos após o falecimento do nosso querido Plínio. Plínio partiu com a consciência do dever cumprido, após décadas de luta em defesa da igualdade e da justiça social. O PSOL tem muito orgulho de ter sido escolhido por Plínio como o seu partido nestes últimos anos da sua vida”.

Criança de cinco anos desaparece em cidade do PR; buscas mobilizam comunidade




Um menino de cinco anos está desaparecido desde a tarde dessa segunda-feira (7) em Jataizinho (25 km de Londrina). A mãe o viu pela última vez por volta das 17h quando brincava com amiguinhos da mesma idade em frente à residência onde mora. Os pais acionaram a ajuda da Polícia Militar depois que o menino não retornou para a casa após as 19h. André tem cabelos encaracolados castanhos, olhos castanhos e desapareceu quando vestia uma camiseta azul e um shorts da mesma cor.

Vítima é levada com as mãos amarradas e queimada viva em estrada rural da RMC


Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha
carbonizadodentro
Corpo ficou impossível de ser identificado

Um corpo com as mãos amarradas para trás foi encontrado carbonizado na Estrada das Queimadas, na zona rural de Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba, no início da tarde desta terça-feira (8). Um morador da região ouviu tiros e, em seguida, viu uma fumaça. Quando foi verificar o que estava acontecendo, encontrou a vítima ainda agonizando.
O tenente Joseph, da Polícia Militar, falou sobre o caso à reportagem. “Ainda é cedo para conseguir definir o que aconteceu, mas parece que ele foi queimado após os tiros. Não dá nem para precisar se é um homem ou uma mulher. Isso só será possível com exames no Instituto de Criminalística”, disse o policial.
O morador Roberto Maeski, de 70 anos, foi quem encontrou o corpo queimado. “Foi um grande susto, porque aqui é uma região tranquila. Eu ouvi os disparos e quando olhei um pouco depois vi a fumaça. Fui ver o que aconteceu e acabei vendo uma cena difícil de esquecer”, descreveu.
O corpo da vítima foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML). A Delegacia de Campo Magro  investiga o caso.

Fonte: Banda B

Vergonha histórica: Alemanha faz 7 a 1 e humilha Brasil na ‘Copa das Copas’


Por João Guilherme Pellanda
Ídolo até então, David Luiz esteve perdido contra a Alemanha
Ídolo até então, David Luiz esteve perdido contra a Alemanha (Foto: Divulgação/Fifa)
Na Copa das Copas, o vexame dos vexames envergonhou uma nação. Marca profunda em uma história gloriosa de vitórias. Ou mesmo derrotas – mas derrotas honrosas, não como esta. O choro na hora do hino, a vibração de David Luiz, as defesas de Julio César nos pênaltis. Nada disso importa mais. Os alemães, como se jogassem contra crianças, fizeram 7 a 1 ao natural em uma Seleção Brasileira perdida.
O jogo
O Brasil atacou primeiro, conseguiu um escanteio no primeiro minuto de jogo. Continuou em cima, mostrando atitude ofensiva. A Alemanha também adiantava a marcação, pressionando a saída de bola brasileira e também criava oportunidades.Um começo de jogo franco. Não dava nem para imaginar o que estava por vir.
Aos 11 minutos, o Brasil deu bobeira – e contra os alemães, é fatal. Primeiro Marcelo perdeu a bola lá na frente. No contra-ataque, ele mesmo cedeu o escanteio. Lahm cobrou, a bola passou por todo mundo até chegar em Müller, livre de marcação. Ele bateu de chapa, para marcar 1 a 0 para a Alemanha.
O Brasil tentava reagir depois deste primeiro golpe, mas mostrava ansiedade e errava muitos passes. Nas saídas, deixava a zaga aberta e sofria com os contra-ataques. A partir daí, começava o maior vexame da história das Copas.
A Alemanhã marcou quatro gols em seis minutos. Parecia brincadeira. Müller, Khedira e Kroos duas vezes, acabaram com o jogo nos primeiros 29 minutos de jogo. A Seleção parecia estar em uma enorme roda de ‘bobinho’. Os jogadores brasileiros eram como crianças sofrendo nas mãos de gigantes – indefesas.
Para o segundo tempo, Felipão tirou Hulk e Fernandinho e colocou Ramires e Paulinho. O Brasil até melhorou, mas nada mais importava a essa altura. O estrago já estava feito. Para piorar as coisas, o goleiro alemão estava bem no jogo. Neuer defendeu as chances de Oscar e Paulinho.
A vergonha continuou. Aos 24 minutos, Lahm tocou para dentro da área para Schürrle, que ampliou a goleada. Ele ainda fez mais um, depois de um chute cruzado, alto, que bateu no travessão antes de entrar. Oscar ainda fez o único gol brasileiro, mas não mudou nada. O Brasil estava eliminado da Copa, em casa – foi pior que o ‘Maracanaço’.

Confusões no Centro e em bairros pós-jogo; ônibus incendiados e apedrejados


Por Luiz Henrique de Oliveira e Danaê Bubalo




A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros vêm tendo trabalho neste pós-jogo entre Brasil e Alemanha, pela Copa do Mundo. Por volta das 18h45, desta terça-feira (8), vários focos de confusão aconteceram no Centro de Curitiba, com ônibus sendo apedrejados. A situação mais grave é a de dois coletivos incendiados.
De acordo com as primeiras informações, após o 7° gol alemão alguns vândalos incendiaram um ônibus da linha Bairro Novo, na Rua Aristides Marquezini, no bairro Sítio Cercado. Existe a informação de que um ônibus também foi incendiado em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba.
Pelo microblog twitter, o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, pediu ações por parte da Guarda Municipal contra o vandalismo. “A Guarda Municipal está autorizada a adotar todas medidas repressivas contra vândalos após jogo.Peço todo rigor à Polícia Militar e Federal. Ñ se trata de nenhum tipo de manifestação e ñ se pode admitir vandalismo por causa da derrota. Toda responsabilidade e serenidade”, afirmou.

Dez anos de saudade



 Fazem dez anos que meu pai, José Richa, nos deixou. Seu legado é maravilhoso, especialmente para seus filhos, eu, o Pepe e o Adriano. Aprendemos com ele e com minha mãe, Arlete, a lição da simplicidade, da humildade e do respeito. Tenho muito orgulho de meu pai e da grande figura humana que ele foi. Politicamente, ele foi uma “escola”. Sua maior lição, penso, foi o princípio de que democracia é substantiva, não admite adjetivos. Ou é democracia ou não é.
paieeu

Audi volta a produzir no Paraná diz Beto Richa





Depois de seis longos meses de negociação, amanhã, com grande alegria, poderemos anunciar a retomada da produção de veículos Audi no Paraná. Participei de todos os momentos desse processo, conversei com os dirigentes da indústria, mostrei as vantagens de investir no Paraná.
As tratativas foram exitosas e o protocolo com a empresa foi assinado no dia 21 de agosto, no meu gabinete. O anúncio oficial será feito pelo presidente mundial da montadora alemã, Rupert Stadler, nesta quarta, às 10h30, no Palácio Iguaçu.
A Audi vai investir R$ 504 milhões na instalação da nova linha de produção em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, para fabricação dos modelos A3 e Q3. Quando estiver operando em capacidade máxima, a fábrica deverá produzir 26 mil veículos por ano.
É uma grande conquista dos paranaenses. É mais uma empresa atraída pelo programa Paraná Competitivo.
Em pouco mais de dois anos, criamos um ambiente propício para investimentos no Estado. Priorizamos o diálogo, a segurança jurídica e o entendimento com as empresas. Com essa política de industrialização, resgatamos a confiança do setor produtivo e voltamos a atrair grandes empresas como a Audi e também a Volkswagem, que na próxima semana anunciará a produção do Golf em território paranaense.
O nosso programa de industrialização está gerando 150 mil novos empregos e mais de R$ 25 bilhões em investimentos para o Estado. Bom para o Paraná, melhor ainda para os nossos trabalhadores.

Curitibanos acampam para conseguir pulseira da Fan Fest; vuvuzela vira despertador


Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique
pedreiradentro1
Teve gente que armou a barraca para conseguir a pulseira 

Curitibanos e moradores da Região Metropolitana montaram barraca desde a noite de ontem noParque São Lourenço, em Curitiba. Tudo para garantir uma pulseira para a FIFA Fan Fest desta terça-feira (8), que acontece na Pedreira Paulo Leminski. As vuvuzelas, que não paravam de tocar nem por um minuto para desespero dos moradores da região, viraram despertador ainda na madrugada.
pedreiradentro2
Fila é quilométrica no parque 
Um morador de Almirante Tamandaré, na região metropolitana, que se identificou como Rafael ‘Do Brasil’, afirmou à reportagem que vale tudo, porque agora é decisão. “Semifinal Brasil e Alemanha rapaz. É hexa certeza. É ‘tóis’ Neymar. Estamos aqui e hoje é dia de muita festa. Vai Brasil”, afirmou em um dos poucos momentos que largou a vuvuzela.
A fila é quilométrica e dá a volta no parque. Para Larissa Bueno, vale tudo para assistir o jogo no telão da Pedreira. “A Taça do Mundo é Nossa. Às 9h eles começam a distribuir, mas eu estou aqui desde bem cedo”, descreveu.
Os portões da Pedreira abrirão às 11 h. Ao meio-dia, sobe ao palco o grupo folclórico afrobrasileiro Egbé. Às 15 h, quem se apresenta é a cantora Michele Mara. O jogo será exibido às 17 h e, em seguida, é a vez do músico Zé Rodrigo. Os portões fecharão às 21 h.
.

Brasil busca superar problemas em jogo com a Alemanha e chegar à final


Da Agência Brasil


A seleção brasileira busca hoje (8), em jogo contra a Alemanha, às 17h (horário de Brasília), no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, voltar a uma final de Copa, o que não ocorre desde 2002. Nesse ano, o Brasil foi campeão em cima da Alemanha.
O time brasileiro terá que superar a ausência de Neymar, que sofreu uma lesão nas costas no último jogo e está fora da Copa. Também terá que superar o desfalque do capitão Thiago Silva, que recebeu o segundo cartão amarelo no torneio e cumpre suspensão.
brasil
(Foto: Divulgação)
Superar a ausência do astro do time pode ser o grande desafio do técnico Felipão na preparação para o jogo. Ele faz mistério sobre o substituto de Neymar. Uma opção é a volta de Luiz Gustavo. O volante voltaria após cumprir suspensão contra a Colômbia, e Paulinho, seu substituto no jogo, continuaria entre os titulares para deixar o meio-campo brasileiro mais combativo. A outra possibilidade é a entrada de Willian no lugar de Neymar, mantendo as características atuais do time. O técnico precisa optar entre reforçar o meio-campo para medir forças com os alemães, fortes nesse setor, ou manter o time veloz no ataque contra a lenta defesa adversária.
Na defesa, as dúvidas são menores. O zagueiro Dante é nome praticamente certo para substituir Thiago Silva. Dante é jogador do principal time da Alemanha, o Bayern de Munique, e tem como companheiros de clube nada menos do que sete jogadores da seleção alemã.
A Alemanha vem de uma vitória simples contra a França. O jogo não foi bonito, mas a vaga veio de forma incontestável. O técnico Joachim Löw tem à disposição seus principais jogadores. Os meias Schweinsteiger, Özil e Kroos são os principais articuladores no meio-campo e costumam dominar esse setor nas partidas. No ataque, Thomas Müller e André Schürrle podem ser titulares e dar muito trabalho à defesa brasileira.
No último encontro entre as duas seleções, um amistoso em agosto de 2011, a Alemanha venceu por 3 a 2. A partida foi na Alemanha e contou com gols de Schweinsteiger, Götze e Schürrle para a Alemanha e Alexandre Pato e Robinho para o Brasil.
Em copas do Mundo, houve apenas um confronto, com vitória na final de 2002. À época, o astro alemão era o goleiro Oliver Kahn, que foi eleito o melhor jogador da Copa, mesmo após falhar no primeiro gol do Brasil.

Policial é baleado ao reagir a assalto em Curitiba; abordagem aconteceu na garagem de casa


Por Danaê Bubalo



Um cabo da Polícia Militar do 17º Batalhão, lotado em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba, foi baleado no final da tarde desta segunda-feira (7), no bairro Fazendinha, em Curitiba. Amarildo Batista, 50 anos, foi vítima de um assalto na Rua Sezinando Martinho da Cruz. Ele chegou a ser atingido por um disparo, mas a bala acertou o ombro. Batista não corre risco de morte.
Por volta das 18 horas, o cabo Batista estava saindo de casa para ir trabalhar quando foi abordado por dois homens que estavam em uma motocicleta e deram voz de assalto. O policial não estava fardado e se preparava para tirar o carro da garagem. Ao ver os ladrões, o policial sacou a sua arma e reagiu ao assalto atirando contra eles. Os marginais não foram atingidos e revidaram acertando um tiro no ombro de Batista. A dupla conseguiu fugir de motocicleta.
O cabo foi socorrido rapidamente até o Hospital Evangélico e não corre risco de perder a vida. Ele deve passar por um procedimento cirúrgico para retirar o projétil que ficou alojado no braço.
.