Jornal sobre cavalos de Requião esquenta o dia na Boca Maldita


unnamed
Um jornal distribuído hoje na Boca Maldita de Curitiba causou maior fuzuê entre a Polícia Militar, servidores do TRE-PR e dissidentes do PMDB. O “Paraná Total”, de oito páginas, assinado pelo jornalista Carlos Bahia, dedicou a edição às denúncias contra o senador Roberto Requião (PMDB), a maioria já divulgada pela imprensa paranaense. A PM e o TRE apreenderam alguns exemplares dos jornais, o que gerou bate-boca entre os dissidentes do PMDB e os policiais. “O jornal não é do PMDB, o jornal é meu, está assinado, inclusive com as fontes em que foram baseadas as matérias desta edição”, disse Bahia.
“Cavalgada com dinheiro público” é a principal manchete do jornal, que tem ainda as matérias “Scarpelini tira o sono da família Requião”, “Roberto Requião faltou com verdade” (sobre os pedágios e cópia do aditivo assinado por Requião) e “O castelo da vovó Naná” – alusão ao irmão do senador, o psicólogo Eduardo Requião. “Empregada rouba R$ 324 mil e devolve R$ 565 mil” e ainda “Projeto de Requião penaliza consumidor”. “Em protesto contra a apreensão, a União das Associação de Bairros vai distribuir exemplares do jornal já nesta segunda-feira, 25, às 6h, no terminal da Praça Rui Barbosa”, adianta Bahia.

Beto Richa e Ratinho em carreata em Almirante Tamandaré


unnamed
O governador Beto Richa participou neste sábado, 23, de uma grande carreata que percorreu Almirante Tamandaré e Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba. Richa foi acompanhado do apresentador Ratinho, pai do deputado Ratinho Junior, e pelo prefeito de Almirante Tamandaré, Aldnei Siqueira. Centenas de veículos acompanharam a carreta e foram recebidos com festa pelas pessoas nas casas, nas calçadas, nas ruas. “É muito empolgante receber este carinho”, afirmou Beto Richa.
A cada bairro, mais carros se juntavam ao grupo. Nas ruas, janelas das casas, no comércio, as pessoas acenavam e faziam sinal de vitória. “Nossa campanha é alegre, feita de propostas e muito próxima das pessoas”, disse Beto.
O apresentador Ratinho afirmou que Beto Richa é um dos melhores governadores do País. “Nunca tivemos tantas indústrias interessadas em se instalar aqui, nunca se viu tantos investimentos no Paraná como agora. Então, eu quero participar e caprichar, para que o Paraná não volte ao atraso e que outras pessoas não voltem a assumir este Estado, que está tão bem”, disse Ratinho.
Em Almirante Tamandaré, a carreata passou perto do Terminal Cachoeira que está sendo revitalizado pelo Governo do Estado. Outra obra importante para o município é a duplicação da Rodovia dos Minérios (PR-092), que começará em setembro. Aguardada pela população da região metropolitana norte, a duplicação terá 23 quilômetros, de Curitiba a Rio Branco do Sul, passando também por Almirante Tamandaré e ainda mais um trecho da Estrada dos Romeiros, em Itaperuçu.
“Essa duplicação garantirá mais segurança para quem usa a rodovia, além de trazer desenvolvimento que permitirá a atração de novas empresas e o desenvolvimento para os municípios da região metropolitana”, afirmou Beto.
Dos três colégios técnicos que estão sendo construídos pelo Governo do Estado na RMC, um fica em Almirante Tamandaré e o outro na Fazenda Rio Grande. Ainda em Almirante Tamandaré, o governador Beto Richa está terminando a reconstrução do Colégio Estadual Ambrósio Bini, que estava abandonado há quase uma década.
Reginaldo Aragão, motorista, se juntou à carreata de Beto e de Ratinho em Fazenda Rio Grande. “Estou com eles porque o coração manda e também porque aqui em Fazenda nunca tivemos tanta pavimentação e melhorias nas praças como agora. Esse apoio veio do governador Beto Richa”, disse Aragão.
Outro morador de Fazenda Rio Grande que participou da carreata foi o técnico administrativo Marcos dos Santos. “O Beto é o melhor para o Paraná, e por isso vim aqui com a minha família para dar nosso apoio”, disse Santos.

Documento impede viaturas da PM ultrapassar 80 Km/h e causa polêmica nas redes sociais


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

Um documento assinado pelo comandante do 13° Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Sérgio Luiz dos Santos, causa polêmica nas redes sociais neste sábado (23). Isso porque a determinação, que teria sido divulgada em um mural interno, impede que as viaturas ultrapassem os 80 Km/h, o que impediria as perseguições policiais, já que bandidos poderiam correr em velocidade bem superior aos policiais. O 13° Batalhão atende boa parte da região sul de Curitiba, incluindo alguns dos bairros considerados mais violentos da cidade.
Outra determinação do documento garante que se o policial for multado por excesso de velocidade, a corporação mão intermediaria com recurso junto ao Departamento de Trânsito.
“Nos casos de identificação de veículos em situação delituosa, o Oficial CPU deverá coordenar o acompanhamento através de cerco policial na malha viária, sem exceder a velocidade estabelecida na via”, diz o documento.
A Banda B entrou em contato com a assessoria de imprensa da Polícia Militar, que informou que a situação já está sendo verificada, mas uma resposta oficial deve ser emitida apenas na segunda-feira.
Confira o suposto documento:
boletimPM
.

Noticias do empresário que flagrou mulher com outro em motel em Curitiba vira campeão de visualizações na internet


Redação

22.08 - FOTO TRAIÇÃO
Frame do vídeo que circula no WhatsApp. Reprodução
Um vídeo tomou conta dos celulares dos curitibanos por meio do aplicativo WhatsApp nesta semana. Um empresário flagrou a esposa em um quarto de motel aqui de Curitiba com o amante. Ele invadiu o local e filmou toda a ação. As imagens teriam sido divulgadas pelo próprio marido, que ficou inconformado com o flagra.
“No motel, com outro, pelada. Em um motel de quinta categoria que custa R$ 30 a pernoite. O que eu fui fazer da minha vida? Com dois filhos. Uma pessoa que eu dediquei minha vida inteira, dez anos da minha vida. Pega meu dinheiro pra ir para o motel com outro cara?”, diz o empresário, indignado.
Ainda, o vídeo mostra que o empresário se refere o tempo todo aos pais da esposa. “Vou mostrar tudo para eles. Olha aqui, olha isso aqui”.
O vídeo tem pouco mais que 1 minuto e está sendo compartilhado na ‘velocidade da luz’ pelos internautas. No entanto, na própria gravação, o marido admite que ela teria terminado o relacionamento. “Terminou comigo porque eu não tinha dinheiro”, relata no vídeo.
E não adianta pedir, a Rádio Banda B não vai divulgar o vídeo.
Nas redes sociais
O marido traído foi além e também postou mensagem na rede social. Confira no o print screen:
video

Pitbull da família ataca e mata homem dentro de casa no Abranches


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

Um homem de 57 anos morreu no final da tarde deste sábado (23) após ser atacado por um Pitbull mestiço na Rua Lúcia Dechandt, no bairro Abranches, em Curitiba. De acordo com a família, a vítima era alcoólatra e pode ter provocado o cão, vindo a provocar a reação do animal. Ele morreu na hora após uma mordida no pescoço e outra no crânio.
pitbullabranches
Foto: Banda B
Segundo o cabo Damázio, Paulo João Saneliki era aposentado devido ao alcoolismo e morava nos fundos de uma residência do bairro há um ano e meio. “Uma das irmãs dele disse que o cachorro já a tinha mordido antes e tinha um histórico violento, já a outra afirmou que ele era mansinho e gostava mais do Saneliki do que de qualquer outro familiar”, disse.
O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). O cachorro foi preso no canil da família. O cabo ainda não tem informações do que irá acontecer com ele.
Segundo ataque na semana
Nesta semana, um menino de cinco anos também foi atacado por um cachorro Pitbull mestiço em Curitiba. Na situação que ocorreu no bairro Parolin, o menino passou por uma cirurgia na tarde da última quinta-feira (21). O cão foi resgatado por um grupo de protetores animais.

Boca Maldita abraça Pessuti


unnamed
Com a presença dos ex-presidentes do MDB de Curitiba, e do PMDB de Curitiba, respectivamente, Silvio Sebastiani e Doático Santos, acompanhados de um grande número de militantes, foi lançado neste sábado (23) na Boca Maldita da capital, o movimento Volta Pessuti. “A iniciativa demonstra o inconformismo dos peemedebistas com as agressões gratuitas perpetradas pelo candidato Requião, contra o ex-governador Orlando Pessuti. Grosseria, estupidez e maledicência não podem ter lugar em nossa legenda, afirmavam os participantes do evento”, disse Doático Santos.
“Além destas questões, filiados do PMDB Curitibano, repudiam com veemência as atitudes de Requião de arrombar as portas do partido e a indicação ao TRE de invasão, busca e apreensão na casa do adversário político”, completou Doático Santos.
Na ‘invasão’ da casa do secretário-geral da legenda na capital, segundo os dissidentes, nenhuma evidência foi elencada que justificasse a busca e apreensão na residência, caracterizando mera perseguição política. “Importante também, salientar que nenhum material da suposta difamação foi encontrada pelo oficial de justiça designado para o caso”.
Nos pronunciamentos dos presentes foi deixado muito claro que a solidariedade manifestada, também era extensiva ao presidente do PMDB do PMDB do Paraná, deputado Osmar Serraglio, “igualmente atingido pela tentativa de usurpação do legítimo poder partidário”.

Motociclista abandona maleta no Cabral e mobiliza Esquadrão Antibombas


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha
Foto: Juliano Cunha - Banda B
Foto: Juliano Cunha – Banda B

Uma suspeita de bomba no bairro Cabral, em Curitiba, mobilizou o Esquadrão Antibombas da Polícia Militar na manhã deste sábado (23). De acordo com o tenente Kretschner, do 20° Batalhão, uma maleta de madeira foi primeiro colocada na frente da casa de um jornalista na Rua Clóvis Beviláqua, mas o motociclista passou e abandonou próximo ao Graciosa Country Club.
Percebendo a ação, vigilantes acionaram a PM, que esteve no local e se utilizou até mesmo de um drone e um raio-x para se verificar o artefato.
Após a análise, contatou-se que nada havia de risco na maleta. Ela foi levada para perícia.

Investigadora da Polícia Civil morre em acidente entre viatura e ambulância na BR-116


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha
Foto: Blog do Lobão
Foto: Blog do Lobão

Uma investigadora da Delegacia da Mulher morreu e outra ficou gravemente ferida após uma colisão frontal envolvendo uma viatura descaracterizada da Polícia Civil e uma ambulância no começo da manhã deste sábado (23) no quilômetro 173 da BR-116, em Quitandinha, na região metropolitana de Curitiba.
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a investigadora Kelly Freitas era passageira da viatura e chegou a ser socorrida pelo Grupamento Aeropolicial de Resgate Aéreo (Graer). No Hospital do Trabalhador ela não resistiu aos ferimentos e morreu.
A motorista da viatura e os três passageiros da ambulância também foram socorridos por em estado grave, mas estavam conscientes e passavam bem.
Equipes da concessionária Autopista Planalto Sul estiveram no local para o socorro das vítimas. O corpo de Kelly foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML).

O homem bomba vai falar, sua delação pode derrubar a republica


Costa
“Esta delação premiada pode derrubar a República”, frase de um deputado do PMDB que figura entre os amedrontados pela ayitude do ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto Costa. Costa ofereceu à Justiça Federal do Paraná fazer um depoimento em regime de delação premiada, quando falaria tudo o que sabe sobre contratos com a Petrobras.
Com a delação premiada, Paulo Roberto Costa pode negociar redução de pena e até pedir que seus parentes, como filhas e genros, não sejam envolvidos nos processos que ele responde. O ex-diretor da Petrobras percebeu que pelo encaminhamento das ações contra ele, dificilmente deixará de ter pesadas condenações. Ele estaria disposto a falar tudo o que sabe, o que deve envolver outros dirigentes da Petrobras e também de políticos que teriam se beneficiado pelo esquema que ele montou.
Além de Paulo Roberto Costa, o doleiro Alberto Youssef também está indiciado no esquema que movimentou mais de R$ 10 bilhões.
PF FAZ OPERAÇÃO NESTA SEXTA-FEIRA
A Polícia Federal cumpriu nesta sexta-feira, no Rio, 12 mandados na sexta fase de diligências da Operação Lava-Jato, sendo 11 deles de busca e apreensão e um de condução coercitiva – quando a pessoa é obrigada a prestar depoimento – em empresas vinculadas ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, e seus familiares. No início da tarde, três carros da operação chegaram à Superintendência da Polícia Federal com os malotes de documentos apreendidos nas empresas suspeitas de ligação com o ex-diretor da estatal.
As medidas foram requeridas ao juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba pelos integrantes da Força Tarefa do Ministério Público Federal, em trabalho conjunto com a Polícia Federal. Um sócio do genro de Costa seria ouvido pelo suposto empréstimo de dinheiro a ele, o qual foi apreendido posteriormente com o executivo em casa.
A Polícia Federal indiciou 46 pessoas por lavagem de dinheiro e evasão de divisas, entre elas o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef. O ex-diretor da Petrobras e o doleiro atuaram juntos na área de consultoria a empresas que têm negócios com a Petrobras. Dono da empresa Costa Global, Paulo Roberto Costa havia se associado a Youssef para a compra da Ecoglobal, empresa que obteve um contrato de R$ 443,8 milhões com a estatal, segundo a investigação. Esse contrato foi apreendido na sede da Petrobras.
Pelas investigações da PF, Youssef e outros três doleiros movimentaram aproximadamente R$ 10 bilhões de forma atípica. Alguns indiciados foram apontados também por corrupção, formação de quadrilha e tráfico de drogas.

Dissidentes do PMDB-PR fazem ‘Dá-lhe, Pessuti’ na Boca Maldita e até até cavalos da manada de Requião


dissidentes do pmdb fazem
Os dissidentes do PMDB do Paraná organizam neste sábado (23), na Boca Maldita de Curitiba, o ato “Dá-lhe Pessuti” pela retomada da direção do partido no Estado. O ato será animado pela banda Vovó Dallas, terá cavalos da manada do senador Roberto Requião (PMDB), desafeto dos dissidentes, e a distribuição de cópias aditivo do contrato assinado por Requião que desobrigou concessionárias de obras no pedágio no Paraná. “Vamos reunir mais de 50 diretórios e fazer um ato de repúdio contra Requião pelo arrombamento da sede do partido, da invasão inescrupulosa à minha residência, entre outros arbítrios”, disse Doático Santos, secretário-geral do PMDB de Curitiba.

Homem tenta atravessar BR-277 e morre atropelado; mulher fica ferida após desviar corpo e capotar


Por Felipe Ribeiro e Danaê Bubalo

Um homem de aproximadamente 45 anos morreu atropelado na noite desta sexta-feira (22) ao tentar atravessar a BR-277 próximo ao quilômetro 99, no bairro Orleans, em Curitiba. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele passava pela pista sentido capital quando acabou atingido por um veículo Montana. Após a situação, um Peugeot 308 percebeu o corpo, mas ao tentar desviar, atravessou o canteiro central e capotou na pista.
Segundo o motorista do Montana, que não quis se identificar, um veículo estava na pista da direita e ele seguia pela pista da esquerda, o pedestre desviou do primeiro carro, mas ele não conseguiu desviar. “Eu não consegui frear a tempo, tanto que parei só 30 metros à frente. Vários veículos ainda o atropelaram na sequência”, contou.
O Peugeot era dirigido por uma jovem que, ao notar o corpo do homem no meio da pista, desviou e perdeu o controle do carro. A jovem capotou, atravessou o canteiro central e só parou na pista sentido Campo Largo. Ela teve apenas ferimentos leves, mas o carro ficou completamente destruído.
Outras duas pessoas, além do motorista do Peugeot, pararam no local para prestar esclarecimentos. Todos fizeram o teste do bafômetro e nenhum deu positivo. De acordo com o Policial Rodoviário Federal Aguinaldo, a alta velocidade e a pouca iluminação no local podem ter sido fatores determinantes para a causa do acidente. O corpo do homem sem identificação foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba.