Polícia prende um dos maiores assaltantes da RMC; com 20 anos, ele tem até confronto policial na ficha


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

A Polícia Civil prendeu, nesta semana, um dos maiores ladrões conhecidos em Almirante Tamandaré e Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba. Jackson Romário de Andrade, de 20 anos, chamado de “Romarinho”, é acusado de assaltar estabelecimentos comerciais e motociclistas.
jackson-030914-bandab
(Foto: Juliano Cunha – Banda B)
Segundo o delegado Hertel Rehbein, ele é também um dos principais suspeitos de matar Josmar Fitz, de 24 anos, no bairro Tranqueira, em Almirante Tamandaré, em novembro do ano passado. “Jackson já tinha dois mandados de prisão expedidos contra ele. Ele sempre agia com comparsas, esperando em trilhas para surpreender os motoqueiros”, contou o delegado em entrevista à Banda B.
A ficha criminal de Jackson é longa: ele já participou de confronto com a polícia, tentou assaltar a casa do irmão de um delegado, e participou de roubos em supermercados e lanchonetes. Jackson andava, ainda, com uma Ecosport roubada.
Ele foi encaminhado para a Delegacia de Almirante Tamandaré.
.

Neozelandês não aceita abordagem, chuta boca de policial e é baleado no Cajuru


Da Redação

Uma abordagem policial acabou em confusão na rua João Wisniewski, no bairro Cajuru, em Curitiba, na tarde desta quarta-feira (3). Um neozelandês acabou sendo baleado após agredir um dos policiais no momento da revista.
O 9º Distrito da Polícia Civil teria recebido a informação de que o local seria ponto de tráfico de drogas. Durante o patrulhamento, um casal de neozelandeses em atitude suspeita foi abordado pelo grupo.
Quando o policial foi revistar a bolsa que a mulher levava, o homem teria chutado a boca dele, que revidou. Com a confusão, o neozelandês acabou sendo atingido por um tiro de raspão no abdômen. Após a confusão, ele afirmou para a polícia que teria confundido o investigador, que não usava farda, com um ladrão.
Ele achou que o suposto assaltante roubaria o notebook que estava na bolsa e, por isso, teria partido para a agressão. O neozelandês foi encaminhado para o Hospital Cajuru. A acompanhante não ficou ferida.

Beto Richa vai contratar mais 10 mil policiais nos próximos quatro anos


Postado em 3 de setembro de 2014, por BetoRicha


O governador Beto Richa anunciou nesta segunda-feira (1), em sabatina com estudantes e professores da Universidade Positivo, que vai contratar mais 10 mil policiais civis e militares nos próximos quatro anos. “Vamos melhorar ainda mais a segurança dos paranaenses”, afirmou Richa.  A sabatina foi organizada pela Universidade Positivo, em parceria com o portal Ric Mais.
Beto lembrou que, quando assumiu o governo, em 2011, o estado tinha o mesmo número de policiais de 20 anos antes.  “Eu não poderia ver os paranaenses padecendo por falta de segurança e não fazer nada. Por isso, investimos fortemente na segurança e tivemos importantes avanços”, afirmou Richa. Por meio do Programa Paraná Seguro, Beto contratou 10 mil policiais e foram adquiridas 1.415 viaturas novas. Foram instaladas 14 Unidades Paraná Seguro (UPS), dez em Curitiba, duas na Região Metropolitana e duas no interior do estado, em Cascavel e Londrina. Com todas essas ações, o Estado do Paraná teve redução de 21% no número de homicídios.
Durante uma hora, Beto fez um balanço da administração e apresentou novas propostas. Programas que já apresentaram bons resultados, como o Mãe Paranaense, que reduziu em 40% o índice de mortalidade materna, serão ampliados. “Também estamos investindo fortemente nos hospitais em manutenção e custeio e modernizando a gestão da saúde pública no estado do Paraná”, disse Beto, que também lembrou o Resgate Aéreo, que atende a todo o estado com bases em Curitiba, Londrina e Cascavel. Os helicópteros do Resgate  já ajudaram a salvar  mais de mil pessoas e contribuíram para colocar o Paraná no terceiro lugar no ranking de transplante de órgãos.
Ao ser questionado sobre a gestão do ensino superior estadual, Beto Richa ressaltou que o Paraná é o estado que mais investe em educação superior. Beto investiu R$ 2 bilhões no Ensino Superior, que representa um aumento de 90% se comparado com 2010. Beto Richa enfatizou também o forte investimento realizado na área de inovação. “Criamos a Conta Inovação, para apoiar o desenvolvimento de pesquisas.”

Marina está na frente de Dilma em SP e RJ, diz Ibope


ibope rio g1
Do G1:
Pesquisas Ibope realizadas em São Paulo e no Rio de Janeiro mostram como está a corrida à Presidência da República nos dois estados. O nível de confiança das duas pesquisas, feitas entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro, é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos percentuais, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%.
Marina Silva (PSB) está na frente nos dois estados – no Rio de Janeiro, ela ultrapassou a candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT); em São Paulo, aumentou a vantagem sobre ela e sobre o adversário Aécio Neves (PSDB).
Confira os números:
São Paulo
Marina Silva (PSB) – 39%
Dilma Rousseff (PT) – 23%
Aécio Neves (PSDB) – 17%
Pastor Everaldo (PSC) – 2%
Eduardo Jorge (PV) – 1%
Outros com menos de 1% – 1%
Branco/nulo – 7%
Não sabe/não respondeu – 10%
O Ibope ouviu 1.806 eleitores em 87 municípios de SP. A pesquisa, encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S.Paulo”, está registrada no TRE-SP sob o número 00021/2014 e no TSE sob o número 00492/2014.
Rio de Janeiro
Marina Silva (PSB) – 38%
Dilma Rousseff (PT) – 32%
Aécio Neves (PSDB) – 11%
Pastor Everaldo (PSC) – 2%
Outros com menos de 1% – 1%
Brancos e nulos – 10%
Não sabe ou não respondeu – 6%
O Ibope ouviu 1.610 eleitores em 44 municípios de RJ. A pesquisa, encomendada pela TV Globo, está registrada no TRE-RJ sob o número 00026/2014 e no TSE sob o número 00491/2014.

Câmara discute privacidade na internet após vazamento de fotos de Jennifer Lawrence


jennifer gif
O vazamento das fotos da atriz Jennifer Lawrence, estrela deJogos Vorazes, colocou em pauta na Câmara, mais uma vez, a privacidade e a segurança do internauta brasileiro. Parlamentares discutem formas de aprimorar a já rigorosa legislação destinada ao tema.
A questão teve destaque no começo do ano, quando o Marco Civil foi aprovado em sessão presidida pelo deputado João Arruda (PMDB-PR). O projeto regulamenta o uso da internet e estabelece garantias, deveres e direitos para internautas. O tema também esteve em evidência em 2012, quando foi sancionada a Lei Carolina Dieckmann, como ficou conhecida a Lei Brasileira 12.737/2012, que trata de crimes que acontecem por meio de invasão de computadores e divulgação de imagens.

Torcedor do Coritiba que atropelou e matou atleticano na saída do Couto é absolvido pela Justiça


Por Luiz Henrique de Oliveira


torcedor do Coritiba, Krystofer Martins Salvador Lopes, de 20 anos, foi absolvido pela Justiça, nesta terça-feira (3), pela morte do estudante e torcedor do Atlético-PR, João Henrique Mendes Xavier Vianna, de 21. O crime aconteceu em 2009. Lopes dirigia o carro dele quando atropelou e matou Vianna, além de ferir outro torcedor, no cruzamento das Ruas Desembargador Westphalen e Engenheiros Rebouças, logo após um Atletiba, que aconteceu no Couto Pereira, válido pelo Campeonato Brasileiro. A Juíza Michele Pacheco Cintra entendeu que no caso houve inexigibilidade de conduta diversa, ou seja, a atitude do jovem foi justificada pelo risco a que ele estava submetido, cercado por torcedores rivais.
O advogado criminalista Elias Mattar Assad, que atuou na defesa no julgamento, que aconteceu na 1° Vara do Tribunal de Juri de Curitiba, contou que Lopes estava sendo acusado de homicídio com dolo eventual, quando há a intenção de matar. “O júri entendeu que não se tratava de crime doloso, mas sim de homicídio culposo, quando existe imprudência. Essa decisão fez com que o caso saísse do Júri Popular e a decisão fosse para a Juíza”, iniciou Assad
De acordo com o criminalista, a Juíza absolveu totalmente o acusado, devido à inexigibilidade de conduta diversa. “Isso é explicado da seguinte forma. Você no lugar do acusado teria agido de outra forma? Se a resposta fosse sim, a conduta não estava justificada, mas a juíza entendeu que não, que faria da mesma forma, o que justificou a conduta dele”, complementou à Banda B.
Assad fez questão de relembrar o caso e explicar a tese da defesa. “O Coritiba tinha vencido o Atletiba por 3 a 2 e ele e outras pessoas estavam dentro de um carro comemorando, quando cruzaram com torcedores atleticanos, que foram para cima deles. O Lopes fez uma manobra e acabou matando um rapaz e ferindo outro. Ele estava em uma situação de risco e não restou outra atitude a não ser tentar fugir”, descreveu.
Lopes chegou a ficar preso depois do crime. Na época, ele se recusou a fazer o bafômetro e também não ficou no local do atropelamento para prestar esclarecimentos. “Essas questões não são tratadas na esfera criminal, mas ele foi absolvido de ambas. Na primeira, por não ter sido comprovado a embriaguez e, na segunda, porque se ele ficasse lá poderia até ser morto, o que justificou a conduta”, concluiu o criminalista.
O Ministério Público pode entrar com recurso contra a decisão da Juíza.
.

Autopista Régis Bittencourt investe 70 milhões em obras de melhoria do Acesso Norte de Curitiba



Investimento engloba a construção de três trevos em desnível e 15 quilômetros de vias marginais na região

Curitiba, 2 de setembro – Os usuários que trafegam na rodovia Régis Bittencourt / BR-116 identificam uma série de obras que estão em execução entre os municípios de Campina Grande do Sul e Colombo (PR). Estas intervenções, de responsabilidade da Autopista Régis Bittencourt, acontecem no Acesso Norte de Curitiba e compõem-se de três trevos: no km 12,8 (Santa Monica), km 15,3 (Vila Zumbi e Vila Liberdade) e km 17,5 (Atuba). Neste trecho também estão em construção 15 quilômetros de vias marginais que atenderão aos municípios de Quatro Barras, Campina Grande do Sul e Colombo. O investimento previsto é de mais de R$ 70 milhões e cerca de 300 empregados diretos e indiretos trabalham nesta fase das obras.

As obras de implantação dos três trevos em desnível compreendem dispositivos com passagem inferior, do tipo trincheira, no município de Colombo. A obra do km 12,8, próximo ao Clube Santa Mônica, está em fase de terraplanagem e serviços de drenagem. As próximas etapas serão de implantação de viadutos e pavimentação, em ambos os sentidos, com previsão para início em outubro. A trincheira existente, localizada no km 12,7, receberá obras de melhoria de pavimento e terá alteração de tráfego, que passará de bidirecional para monodirecional, intervenção que será realizada após a conclusão das obras do trevo.

A obra do km 15,3 está localizada na proximidade dos bairros Vila Zumbi e Vila Liberdade. O novo trevo permitirá os movimentos de retorno e acesso em ambos os sentidos da rodovia, com segurança. As equipes trabalham atualmente na implantação dos viadutos no local, com intervenções na pista sentido São Paulo, para concretagem das lajes do viaduto. O mesmo serviço será efetuado na pista sentido Curitiba e a colocação das vigas do viaduto está em andamento. Para esta etapa das obras, a Concessionária implantou desvios de tráfego em ambos os sentidos da rodovia e complemento da passarela existente para atender a população daqueles bairros.

As obras de implantação das vias marginais acontecem em oito trechos intercalados, a saber:
·      Campina Grande do Sul
Do km 0,7 ao km 2,2 e do km 5,8 ao km 8,3 – pista sentido Curitiba;
Do km 6,1 ao km 6,6 – pista sentido São Paulo.
·       Colombo
Do km 12,2 ao km 10,5; do km 14,5 ao km 13,1 e do km 16,3 ao km 17,5 – pista sentido São Paulo;
Do km 13,3 ao km 14,8 e do km 16,2 ao km 17,5 – pista sentido Curitiba.

Os serviços nestas frentes de obras são de drenagem e terraplanagem para a construção da nova pista lateral à existente. Alguns trechos já estão recebendo pavimentação. As vias marginais de Campina Grande do Sul estão com obras em fase final, com a pista já pavimentada e pintura da sinalização horizontal concluída na maioria da sua extensão. Na fase atual, a Concessionária está implantando as placas da sinalização vertical, passeio para pedestres e cobertura vegetal. Com a conclusão das obras, haverá melhoria no acesso a estas cidades, com mais conforto para os usuários e melhoria da segurança viária.

Obras do trevo do Atuba

O local em referência é o cruzamento no Trevo da Cruz do Atuba, no km 17,5. A Concessionária está executando obras de reformulação do trevo e a construção de uma trincheira adicional, paralela à existente, que possibilitará os movimentos veiculares sem conflito, acrescentando novas alças de acesso às futuras ruas laterais que estão sendo implantadas com o dispositivo.

A obra ainda incluirá um desvio circular para acesso local e para a BR-116, adequação de vias para conexão com o tráfego local e implantação de passeio (para o trânsito de pedestres).

Em razão do atraso na imissão de posse de áreas adjacentes ao Trevo do Atuba, cujos processos de desapropriação tramitam na 1ª e 2ª Varas de Colombo/PR, as obras do dispositivo não podem prosseguir e, por este motivo, foram paralisadas pela Concessionária em agosto. “Este atraso prejudica o cumprimento dos prazos de entrega, assim como a todos os usuários daquela região que aguardam a conclusão desta importante obra”, afirma o Diretor Executivo da Autopista Regis Bittencourt, o Sr. Nelson Bossolan.

A Concessionária recomenda que os usuários atentem para a sinalização das obras. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo telefone 0800 70 90 116. O telefone gratuito 0800 717 1000 está disponível para o atendimento aos usuários com deficiência auditiva e da fala.

__________________________________________________________________________
Sobre a Autopista Régis Bittencourt – Concessionária responsável, desde 2008, pelos 402 quilômetros da Rodovia Régis Bittencourt (BR-116/SP/PR) que liga as cidades de São Paulo (SP) e Curitiba (PR). A Autopista Régis Bittencourt, com sede social localizada na cidade de Registro (SP), local para onde deverão ser encaminhadas todas as comunicações legais, se constitui em pessoa jurídica distinta de Arteris S.A. (sua controladora societária).
Sobre a Arteris – A Arteris, companhia do setor de concessões rodoviárias do Brasil, administra 3.250 quilômetros de vias nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina, por meio de suas nove concessionárias: Autovias, Centrovias, Intervias, Vianorte, Autopista Fernão Dias, Autopista Fluminense, Autopista Litoral Sul, Autopista Planalto Sul e Autopista Régis Bittencourt. A Arteris é uma empresa de capital aberto, com ações negociadas no Novo Mercado da Bovespa. É controlada pela Abertis e pela Brookfield. Em 2013, recebeu o Prêmio Socioambiental Chico Mendes, o Passaporte de Responsabilidade Socioambiental Chico Mendes e a concessão do uso do Selo Verde da categoria Ação Socioambiental Responsável – do Instituto Chico Mendes -, pelo Programa Viva Meio Ambiente desenvolvido nos estados onde a empresa está presente. Saiba mais: www.arteris.com.br.

Após ter vídeo íntimo vazado, mulher perdoa namorado: 'sabe que errou'


Moradora de Santos afirma que ficou sabendo do vazamento por amigas.
Após perdoar o rapaz, vítima retomou o relacionamento com ele.

Guilherme LucioDo G1 Santos
Mulher que teve vídeo íntimo vazado pensou em se matar (Foto: Guilherme Lucio/ G1)Mulher recebeu o vídeo no próprio celular e entrou em desespero (Foto: Guilherme Lucio/ G1)
Uma moradora de Santos, no litoral de São Paulo, surpreendeu amigos e familiares ao resolver perdoar e voltar a namorar um rapaz que divulgou na internet vídeos íntimos que mostravam ela praticando sexo oral com ele.

Segundo a auxiliar administrativa, que preferiu não se identificar, a decisão veio porque o rapaz se arrependeu da atitude. Mesmo após o constrangimento de ver o vídeo sendo compartilhado por milhares de pessoas nas redes sociais, ela decidiu aceitar o rapaz de volta. "Todos cometemos erros. Ele sabe que errou", afirma.

A vítima afirma que jamais esperou que o namorado pudesse divulgar o vídeo, mas conta que procurou entender a situação. "Ele estava namorando uma mulher muito bonita. Eu tenho 42 anos e ele tem apenas 25. Queria mostrar para os amigos e tudo mais. Ele achava que não iria dar em nada", diz.

O vídeo foi gravado há cerca de dois meses, pouco tempo após o casal começar o relacionamento. Ela explica que ainda tentou repreender o namorado. "Eu falava para ele: 'Para! Você é bobo? Não precisa disso!' Ainda cheguei a pensar que ele deletaria o vídeo", explica.

Dois dias após o vídeo, a auxiliar recebeu uma ligação de uma amiga, falando que as cenas estavam passando por vários grupos em uma rede social. Após receber a notícia, ela decidiu falar com o companheiro. "Ele falava que alguém pegou o celular dele e postou, que já havia apagado o vídeo, mas não adiantava. O que mais me deixou magoada foi ele me dizer, um dia antes, que tinha apagado o vídeo", afirma.

A vítima, que é mãe de três filhas, diz que pensou em se matar depois de que se deu conta do que aconteceu. "Queria sumir, pensava seriamente em tirar a minha vida. Olhava para as minhas filhas e pensava como seria a vida delas sem mãe. Foi nelas que ganhei força para continuar", diz.

Ela conta que pensou em processar o namorado, mas acabou desistindo. "Eu cheguei a ir na Delegacia da Mulher e procurar um advogado, mas decidi não levar esse caso mais para frente. Na verdade, o que eu quero é esquecer. Eu não fiz nada pois eu sinto algo por ele", revela.

Sobre reatar o namoro, a auxiliar explica que ficou em dúvida, mas crê que tomou a atitude certa. "Todos cometem erros. O importante é que eu gosto dele e, por isso, eu perdoei. Sei que são vidas diferentes, idades distantes, mas o fundamental é o amor que um sente pelo outro", finaliza
.

Perfil no Twitter é investigado em Curitiba por divulgar mais de cem imagens de menores nuas




CURITIBA — Um perfil no Twitter está sendo investigado pelo Núcleo de Combate aos Cibercrimes (Nuciber) da Polícia Civil por divulgar mais de cem fotos de adolescentes curitibanas nuas e seminuas desde o dia 24 de julho. De acordo com o delegado Demetrius Gonzaga, a polícia já ouviu 12 vítimas da página e agora tenta localizar os responsáveis pela conta, e aqueles que ajudaram no compartilhamento das fotos. Se forem adultos, os culpados podem ser enquadrados por pedofilia e formação de quadrilha.
Na página, que ainda estava no ar no Twitter até a tarde desta terça-feira, apesar de já ter tido as suas imagens deletadas, o dono do perfil pede aos seus mais de 1.760 seguidores que continuem a enviar mais fotos de jovens nuas, fazendo referência, inclusive, a escolas específicas de Curitiba. O responsável pela iniciativa chegou a criar um grupo no Facebook com o mesmo propósito, mas ele já foi retirado do ar pela rede social.
“Tem fotos de meninas do Sesi, Dom Bosco, Bom Jesus, Pedro Macedo, Bagozzi e etc??? Manda por DM pra mim Obs: Não divulgo nome de vcs”(SIC), escreveu o dono do perfil no último dia 26.
Dos 12 inquéritos já registrados na Nuciber em relação à página, quatro configuram casos de difamação e oito correspondem ao crime de pedofilia, devido à divulgação de imagens de menores nuas. Segundo o delegado Demetrius Gonzaga, o primeiro inquérito referente ao perfil foi aberto nesta segunda-feira, e ofícios pedindo a quebra do sigilo sobre os autores da página, e a sua retirada do ar, já foram enviados ao Facebook e ao Twitter.
— A investigação já está adiantada. Coletamos dados, recebemos algumas denúncias anônimas, estamos analisando as informações e já começamos um rastreamento dos suspeitos — afirma o delegado, lembrando que, além dos autores do perfil, aqueles que ajudaram na divulgação das imagens também estão sendo investigados.
— Se forem adultos, serão enquadrados no crime de pedofilia, podendo pegar até seis anos de reclusão. E eles ainda podem ser enquadrados por formação de quadrilha, o que aumentaria a pena.
Muitas das fotos divulgadas no perfil foram tiradas pelas próprias jovens com seus celulares, a pedido de amigos ou namorados, e foram vazadas na internet sem o seu consentimento. De acordo com Gonzaga, aqueles com quem elas compartilharam as imagens também serão objeto de investigação.
— Em muitos casos, as próprias vítimas fizeram as imagens e as repassaram para alguém. Essas pessoas que receberam as fotos diretamente serão as primeiras na linha de investigação.
Marco Civil prevê a retirada das imagens dos sites
Diretor de Educação da Safernet Brasil, ONG que monitora crimes e violação de direitos humanos na internet, Rodrigo Nejm informa que a entidade está acompanhando o caso, e orienta que as vítimas devem primeiro notificar as redes sociais para a retirada do ar de suas imagens, e, depois, procurar a delegacia mais próxima para registrar o crime.
Ele lembra ainda que o Marco Civil, que entrou em vigor no mês passado, prevê que nos casos de vazamento de imagens íntimas, os sites que forem notificado pelas vítimas devem retirar as fotos mesmo sem uma ordem judicial. Se não o fizerem com agilidade, estarão sujeitos a penalidades e multas.
O episódio traz novamente à tona a discussão sobre a prática do sexting (envio de selfies de nudez ou vídeos de conteúdo erótico) pelos jovens, e da pornografia de vingança (o vazamento de imagens íntimas na rede sem o consentimento de seus autores). Para Nejm, é importante ressaltar que, nesses casos, os adolescentes que fizeram as selfies eróticas não devem ser criticados por pais, amigos e pela sociedade.
— O problema não está nos jovens expressarem a sua sexualidade por meio da tecnologia, mas sim na divulgação desse material sem o seu consentimento, por terceiros. Diante dessa perspectiva, é importante que os adolescentes que tiveram suas imagens íntimas vazadas não sejam julgados por as terem feito, porque, na verdade, eles são as vítimas — afirma.
— Agora, os jovens precisam sim ter consciência de que ao produzir essas imagens, e compartilhá-las pelos meios digitais, eles o estão fazendo numa arena pública, que muitas vezes pode escapar do seu círculo de amigos.

ONG atendeu 101 vítimas em 2013

Para amparar as vítimas de casos de sexting e pornografia de vingança, a Safernet disponibiliza um canal de denúncia (http://www.safernet.org.br/site/denunciar) e um serviço de orientação psicológica (www.canaldejuda.org.br).
— Torço para que esse episódio de Curitiba não tenha repercussões trágicas. É importante as meninas que tiveram suas fotos vazadas no perfil percebam que esse é um problema que tem solução — reforça Nejm.
Em novembro de 2013, o caso da jovem Júlia Rebeca, do Piauí, intensificou a discussão sobre esse tipo de abuso: após ter um vídeo íntimo compartilhado na internet, a adolescente de 17 anos foi encontrada morta em seu quarto,vítima de suicídio. Horas antes, a jovem se despediu em seu perfil no Twitter.
Segundo levantamento recente da Safernet, os casos desse tipo de abuso mais que dobraram nos últimos anos no país: em 2013, a organização atendeu 101 vítimas, número 110% maior do que o de atendidos em 2012. A maioria dos pedidos de ajuda (77%) vem de mulheres, entre 13 e 15 anos.


Bandidos explodem caixa dentro de estacionamento de prefeitura na RMC


Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique
caixadentro
Caixa foi explodido pela Gangue da Dinamite (Foto: Bruno Henrique – Banda B)

Bandidos explodiram o caixa eletrônico da Caixa Econômica Federal (CEF) localizado dentro do estacionamento da Prefeitura de Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba. A ação da ‘Gangue da Dinamite’ aconteceu no fim da madrugada desta quarta-feira (3).
Moradores na cidade ouviram um barulho de explosão e quando foram verificar o que tinha acontecido encontraram o caixa eletrônico destruído. Os marginais teriam pulado o muro para agir e fugido em uma caminhonete, que foi abandonada pouco depois do crime na Estrada do Caqui. Imagens de câmeras de segurança serão utilizadas para identificar os suspeitos.
Um funcionário da prefeitura, que não quis se identificar, contou à Banda B que o caixa tinha sido abastecido com dinheiro na segunda-feira (1). A Polícia Federal (PF) investiga o caso. Ninguém quis gravar entrevista, mas a informação não oficial é que todo o dinheiro foi levado.

Transporte aéreo será ampliado para outras regiões do Paraná, diz Beto


Postado em 1 de setembro de 2014, por BetoRicha


O serviço de resgate aéreo, que conta com helicópteros e aviões exclusivos para o transporte de pessoas em situação de urgência e emergência, será ampliado nos próximos quatro anos com novas bases regionais, afirmou o governador Beto Richa durante encontro com funcionários do hospital Angelina Caron, nesta segunda-feira (1), em Campina Grande do Sul. “Um programa que deu muito certo, tanto é que agora vamos ampliar para outras regiões para aumentar a cobertura geográfica e garantir um atendimento mais rápido. Tenho certeza de que o melhor ainda está por vir”, afirmou Richa.
Beto implantou no Paraná o transporte aeromédico descentralizado com bases em Londrina, Curitiba, Cascavel e Guarapuava. Desde a implantação, o serviço já salvou a vida de mais de mil paranaenses. Antes, as aeronaves do Estado eram exclusivas para o transporte de autoridades. “Sabemos que, em saúde, cada minuto é precioso para salvar vidas. É a modernização e humanização de um serviço essencial para a população, prestado com agilidade e qualidade.”
O governador fez um balanço da administração e falou ainda que o uso do transporte aéreo tem contribuído para o Estado melhorar os indicadores da saúde. O Paraná saltou do 10º para o 3º lugar no transplante de órgãos, além de ser o estado brasileiro que mais reduziu mortalidade materna.
ANGELINA CARON – Beto Richa falou do apoio aos hospitais paranaenses e agradeceu a oportunidade de conversar com os colaboradores do hospital. “Hoje, apoiamos todos os hospitais públicos e filantrópicos do Paraná com recursos para custeio, obras e melhorias”, disse Beto, que elogiou o atendimento prestado pelo Angelina Caron. “Um hospital que é referência no atendimento de qualidade para milhares de paranaenses de todas as regiões”. “Venho aqui para cumprimentar pelo bom trabalho e dedicação sem limites que orgulha o Paraná”, disse Beto.
Localizado em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, o hospital Angelina Caron é uma importante referência para diversas especialidades. Tem cerca de 1500 funcionários. O diretor presidente Marco Caron pediu aos colaboradores apoio ao governador Beto Richa. “Eu conto com vocês para ajudar a eleger o governador. O hospital precisa do Estado e o Beto tem nos ajudado como nunca na história. Por isso, assumimos o compromisso com ele”, disse o diretor.
O Estado repassou ao hospital dois aparelhos de raio X, sete máquinas de hemodiálise, microscópio, uma ambulância e um aparelho de colonoscopia. “Isso tudo nos ajudou, e tenho certeza que vai ajudar ainda mais. O Beto teve dificuldade com discriminação da União na liberação de verbas e mesmo assim fez um bom governo”, avaliou.