Confira a lista dos deputados federais paranaenses eleitos


Da Redação



Confira abaixo a lista dos deputados federais paranaenses eleitos para a Câmara Federal nos próximos quatro anos:

Christiane Yared PTN 3,53% 200.144
Delegado Francischini SD 2,82% 159.569
Evandro Roman PSD 1,62% 92.042
Joao Arruda PMDB 3,11% 176.370
Hermes Frangão Parcianello PMDB 2,65% 150.213
Osmar Serraglio PMDB 2,07% 117.048
Sergio Souza PMDB 1,37% 77.699
Zeca Dirceu PT 2,75% 155.583
Enio Verri PT 1,90% 107.508
Assis do Couto PT1,34% 76.116
Toninho Wandscheer PT 1,27% 71.822
Valdir Rossoni PSDB 3,13% 177.324
Luiz Carlos Hauly PSDB 1,53% 86.439
Alfredo Kaefer PSDB 1,46% 82.554
Dilceu Sperafico PP 2,68% 151.930
Marcelo Belinati PP 2,43% 137.817
Ricardo Barros PP 2,02% 114.396
Nelson Meurer PP 1,88% 106.478
Takayama PSC 2,88% 162.952
Edmar Arruda PSC 1,50% 85.155
Luciano Ducci PSB 2,76% 156.263
Leopoldo Meyer PSB 1,06% 59.974
Alex Canziani PTB 3,31% 187.475
Giacobo PR 2,55% 144.305
Luiz Nishimori PR 1,89% 106.852
Leandre PV 1,43% 81.181
Sandro Alex PPS 2,06% 116.909
Rubens Bueno PPS 1,69% 95.841
Aliel Machado PCdoB 1,46% 82.886
Diego Garcia PHS 1,08% 61.063

Confira a lista dos deputados estaduais paranaenses eleitos


Da Redação



Confira a lista dos 54 deputados estaduais eleitos para os próximos quatro anos na Assembleia Legislativa do Paraná:
Tiago Amaral PSB 1,50% 86.390
Gilberto Ribeiro PSB 1,32% 76.110
Traiano PSDB 1,21% 69.740
Evandro Junior PSDB 1,12% 64.467
Plauto DEM 1,11% 63.959
Pedro Lupion DEM 1,10% 63.580
Paulo Litro PSDB 1,06% 60.918
Bernardo Ribas Carli PSDB 0,96% 55.481
Elio Rusch DEM 0,96% 54.993
Francisco Buhrer PSDB 50.757
Mauro Moraes PSDB 0,87% 49.925
Cantora Mara Lima PSDB 0,76% 43.549
Nelson Justus DEM 0,75% 43.446
Ratinho Junior PSC 5,23% 300.928
Paranhos PSC 1,21% 69.684
Guto Silva PSC 0,79% 45.313
Marcio Nunes PSC 0,78% 45.105
Palozi PSC 0,68% 39.364
Gilson de Souza PSC 0,60% 34.470
Claudia Pereira PSC 0,51% 29.379
Cobra Reporter PSC 0,51% 29.097
Hussein Bakri PSC 0,46% 26.682
Wilmar Reichembach PSC 0,44% 25.452
Alexandre Guimarães PSC 0,42% 24.357
Missionário Ricardo Arruda PSC 0,41% 23.592
Marcio Pauliki PDT 1,09% 62.762
Pastor Edson Praczyk PRB 0,83% 47.797
Professor Lemos PT 0,74% 42.374
Tadeu Veneri PT 0,73% 42.206
Péricles de Holleben Mello PT 0,71% 40.966
Nelson Luersen PDT 0,65% 37.316
Andre Bueno PDT 0,63% 36.506
Fernando Scanavaca PDT 0,62% 35.905
Dr. Batista PMN 1,09% 62.707
Schiavinato PP 1,07% 61.507
Maria Victoria PP 0,78% 44.870
Marcio Pacheco PPL 0,43% 24.855
Rasca Rodrigues PV 0,41% 23.815
Ney Leprevost PSD 1,24% 71.470
Chico Brasileiro PSD 0,88% 50.930
Luiz Carlos Martins PSD 0,70% 40.368
Adelino Ribeiro PSL 42.924
Douglas Fabricio PPS 0,95% 54.518
Tercilio Turini PPS 0,82% 47.023
Alexandre Curi PMDB 1,99% 114.797
Artagao Junior PMDB 1,37% 78.594
Romanelli PMDB 1,05% 60.298
Requiao Filho PMDB 0,87% 50.167
Anibelli Neto PMDB 0,86% 49.349
Nereu Moura PMDB 0,85% 48.735
Ademir Bier PMDB 0.79% 45.699
Jonas Guimarães PMDB 0.70% 40.139
Tião Medeiros PTB 31.875
Felipe Francischini SD 35.842

Atletiba é marcado por cenas de violência em terminais e ruas da Grande Curitiba


Por Felipe Ribeiro e Danaê Bubalo

Torcida atleticana seguindo para a Arena da Baixada (Foto: Danaê Bubalo - Banda B)
Torcida atleticana seguindo para a Arena da Baixada (Foto: Danaê Bubalo – Banda B)
O sábado (4) de Atletiba é marcado por confusões em várias partes de Curitiba e região metropolitana. Equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal atendem as ocorrências, mas até o momento, ninguém foi preso.
No Terminal Cabral, uma briga marcada pelo Facebook entre as organizadas de Atlético e Coritiba foi contida pela PM no começo da tarde. De acordo com os policiais, eles haviam recebido a denúncia deste encontro e realizaram um trabalho preventivo escoltando a torcida rubro-negra do Terminal do Barreirinha até o Couto Pereira.
No Centro, Rua Presidente Faria, torcedores do Atlético estavam em um biarticulado próximo ao Passeio Público, quando torcedores coxas-brancas os receberam a pedradas. O ônibus foi apedrejado e várias vidraças foram destruídas. De acordo com a ouvinte da Banda B, Sidnéia Cardoso, ela estava em um coletivo no sentido contrário quando passou pela canaleta.
No Terminal Fazendinha, cerca de 70 rubro-negros que seguiam para a Arena da Baixada quando foram abordados pela Guarda Municipal. Segundo o guarda Valmir Cordeiro, eles soltaram um rojão na saída do ônibus e várias bombas, pedaços de pau e socos-ingleses. “Eles estavam armados para um confronto com a torcida do coxa. Como eles jogaram para fora do ônibus, dispensaram o flagrante”, disse.
Torcida coxa-branca em São José (Foto: Divulgação PMPR)
Torcida coxa-branca em São José (Foto: Divulgação PMPR)
Em São José dos Pinhais, na região metropolitana, a PM atendeu uma ameaça de quebra-quebra por parte de torcedores alviverdes. Cerca de 25 torcedores estavam armados com pedras, pedaços de pau e rojões. De acordo com o tenente Cason, eles foram contidos e a PM procura por objetos ilícitos com eles.
No Terminal Afonso Pena, cerca de 15 torcedores do Atlético invadiram o local e estavam embarcando em ônibus. PM foi acionada, todo mundo foi obrigado a descer e pagar a passagem corretamente.
O clássico Atletiba está marcado para começar às 16h20.

Suposta briga entre cunhados deixa um morto com cinco tiros na RMC


Da Redação


clima de eleições não impediu um assassinato na tarde deste domingo (5) em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba. Um homem de aproximadamente 30 anos, ainda não identificado, foi assassinado na Rua Ernesto Cortebele Beli.
campina
(Foto: Colaboração)
Segundo testemunhas, o homem foi morto pelo cunhado após uma discussão inflamada. Quem atende ao local de morte são guardas municipais da cidade, que ainda não tem informações mais precisas sobre o caso.
A Polícia Civil investiga o assassinato.

Eleitora de 100 anos não perde uma votação e afirma “é um direito nosso”


Por Marina Sequinel e Bruno Henrique
vo-carmela
(Foto: Bruno Henrique – Banda B)
Maria Carmela Fontana, a vó Carmela, uma eleitora de 100 anos de idade, vai encarar as urnas eletrônicas na tarde deste domingo (5). Isso mesmo: há 30 anos ela não é obrigada a votar mas, apesar disso, não deixa de participar da escolha dos representantes uma vez sequer.
Moradora de Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, ela tem cinco filhos, 11 netos, 17 bisnetos e cinco tataranetos. “Eu sempre votei porque acho importante para o país. É um direito que nós temos e que deve ser valorizado”, disse ela em entrevista à Banda B, bastante lúcida e forte.
Segundo a família, vó Carmela sempre foi às urnas porque, como a família é grande, sempre tem algum parente candidato. “Eu ainda quero acreditar nos políticos”, concluiu ela, que vive na cidade desde 1939.

Alvaro Dias é reeleito senador do Paraná com 77% dos votos


Da Redação



Alvaro Dias (PSDB), de 69 anos, foi reeleito ao senador do Paraná neste domingo, com 77% dos votos e 99,83% das urnas apuradas. Favorito nas campanhas, Dias venceu com tranqulidade o pleito.
O segundo colocado foi Ricardo Gomyde, do PC do B, com 12% dos votos e Marcelo Almeida, do PMDB, com 8%. Com a vitória e se cumprir o mandato até o fim, Dias será o senador a ficar mais tempo no cargo em toda a história, com 32 anos.

Christiane Yared comemora 200 mil votos: “A vontade de combater a impunidade venceu”


Por Elizangela Jubanski



A candidata a deputada federal Christiane Yared (PTN) comemora a primeira posição entre os mais votados nas eleições de 2014. Com 99,78%, Christiane contabiliza 200.058 mil votos com 3,54% dos votos válidos. O segundo mais votado é Alex Canziani do PTB com 187.368 mil votos.
A candidata postou em sua página oficial um agradecimento aos eleitores. “Amigos, já conquistamos o primeiro lugar, com 90 mil votos e ainda faltam 70% das seções para serem totalizadas. Amigos, conseguimos. Vencemos! A vontade de combater a impunidade venceu”, diz a mensagem.
Em 2010, o candidato mais votado foi Ratinho Júnior, com 58.924 votos. O menos votado foi Leopoldo Costa Meyer (PSB), com 38.649 votos.

BETO RICHA REELEITO GOVERNADOR DO PARANÁ

 

beto richa - voto
Com 98% das urnas apuradas, Beto Richa (PSDB) confirmou sua reeleição. Beto tem 55,77% (3.245.781 votos), Roberto Requião (PMDB) 27,51% (1.601.260 votos) Gleisi Hoffmann (PT) strong>14,83% (863.099 votos)
Fonte: TSE

Dilma vota e descarta vitória no 1° turno

dilma votação - 05.10
Em Porto Alegre, Dilma Rousseff (PT) foi a primeira a votar entre os três principais presidenciáveis. Dilma disse que sempre trabalhou com a perspectiva de uma disputa decidida em dois turnos. A candidata do PT também declarou que não tem preferência por enfrentar Aécio Neves (PSDB) ou Marina Silva (PSB) no segundo turno. As informações são do Estadão.

Richa vota e agradece a confiança do eleitor


beto voto gif 05.10
Depois de assistir a missa dominical da igreja São João Batista Precursor e acompanhar a esposa Fernanda Richa, que votou na Escola Municipal Walter Hoerner, Beto Richa votou no Colégio Estadual Amâncio Moro. O candidato agradeceu o carinho e a confiança do eleitor, e registrou que este é um momento de grande alegria. A candidata à vice, Cida Borghetti, também acompanhou Richa. O atual governador foi recebido por dezenas de jornalistas.

Seis pessoas ficam feridas em três acidentes diferentes em Curitiba


Por Marina Sequinel e Danaê Bubalo
(Fotos Danaê Bubalo – Banda B)

Três pessoas ficaram feridas em um acidente no cruzamento das avenidas Visconde Machado e Visconde Rio Branco, no Centro de Curitiba, na manhã deste domingo (5), dia das eleições. Um carro Gol com placas de Blumenau (SC) teria furado o sinal vermelho, achando que ainda estava no amarelo, segundo testemunhas.
Ele colidiu contra um Celta, com placas de Minas Gerais. O motorista do Gol chegou a ficar enclausurado, mas foi socorrido pelo Siate. O condutor e o passageiro do Celta também ficaram levemente feridos.
Os três foram encaminhados ao Hospital Evangélico.
Colisão contra árvore
Um veículo Fiesta com placas de Curitiba, bateu contra uma árvore no Centro de Curitiba, por volta das 6h30. O acidente aconteceu na Rua Saldanha Marinho, próximo a estação-tubo Visconde de Nacar.
acidente-arvore
(Foto: Danaê Bubalo – Banda B)
De acordo com um garçom de um restaurante da região, o motorista teria ficado no estabelecimento bebendo, da noite até a manhã. Com sinais de embriaguez e sem cinto de segurança, ele perdeu o controle do carro e acabou causando a colisão.
O automóvel ficou completamente destruído e o homem, que aparentava ter 30 anos de idade, foi levado ao Hospital Evangélico com ferimentos leves.
Na Linha Verde
Por volta das 6h, um veículo Ipanema colidiu contra a lateral do rodado de um ônibus na Avenida Salgado Filho, no Prado Velho.
Dois rapazes que estavam no carro, com idade entre 20 e 25 anos, ficaram gravemente feridos. Eles não usavam o cinto de segurança no momento do acidente.
Segundo o sargento Batista, do Corpo de Bombeiros, ambos sofreram fraturas no fêmur e foram encaminhados ao Hospital Cajuru. Testemunhas afirmaram que as vítimas apresentavam fortes sinais de embriaguez.

Richa admite frio na barriga, mas confia em vitória no 1° turno: “Fiz minha parte, resta esperar”


Por Felipe Ribeiro e Bruno Henrique

O candidato à reeleição Beto Richa (PSDB) votou por volta das 11 horas da manhã deste domingo (5) no Jardim Social, em Curitiba. Ele admitiu frio na barriga, mas acredita na vitória já no primeiro turno.
beto-richaeleição
Foto: Bruno Henrique – Banda B
“Estou tranquilo, fiz a minha parte, conseguimos crescer o suficiente para atingir o primeiro turno e é isso que nós esperamos. Nosso compromisso é de uma política séria, ética, de resultados e sem perseguição política, cumprindo com a nossa obrigação”, disse.
Segundo o candidato, ele esperava o “bombardeio” que recebeu na eleição, principalmente pela presença de Roberto Requião (PMDB) como adversário. “Assim que eu soube da presença dele na disputa, esperamos isso, já que as campanhas dele são agressivas, muitas armações e falsas promessas. Nosso compromisso é com a verdade e com os paranaenses”, comentou.

Garota baleada após negar relação sexual a jovem de 15 morre na BA


Vítima ficou internada em hospital e morreu na quinta, em Feira de Santana.
Fato ocorreu no sábado, em Serra Preta; enterro será nesta sexta-feira (3).

Do G1 BA, 
Uma adolescente de 13 anos que estava internada no Hospital da Criança, em Feira de Santana, após ser baleada com tiro de espingarda na zona rural de Serra Preta, morreu na tarde de quinta-feira (2), na Bahia. Familiares, que preferiram não se identificar, informaram à polícia que três adolescentes levaram a jovem e uma amiga para uma casa na zona rural do município e um suspeito de 15 anos tentou manter relações sexuais com ela.
Ainda segundo a família, ela teria negado e acabou baleada com um tiro de espingarda. O crime ocorreu no sábado (27). O enterro do corpo da jovem está marcado para às 11h desta sexta-feira (2), em Serra Preta. De acordo com a delegada Maria Isabel Rodrigues, "o que nos chegou aqui inicialmente foi através da Polícia Militar que se tratava de uma situação em que houve um tiro acidental. Na segunda-feira (29), iniciamos as investigações, que caminham no sentido de que não tenha sido acidental", informa.
Em protesto por causa da morte da garota, moradores do povoado do Bravo, em Serra Preta, onde a adolescente morava, fizeram protesto na quinta-feira. Eles colocaram fogo em galhos e entulhos e fecharam a BA-052 conhecida como estrada do feijão. Joelva Gonçalves, mãe da adolescente, espera por justiça. "Espero justiça porque nenhuma mãe quer passar o que eu estou passando", lamenta.
O pai do garoto de 15 anos, suspeito de ter disparado contra a garota, esteve na delegacia de Serra Preta na manhã desta sexta-feira. Segundo ele, o jovem irá se apresentar na segunda-feira (6).

Família e amigos velam Hugo Carvana no Rio


Ator morreu aos 77 anos no sábado, 4; velório acontece no Parque Lage e enterro está cremação está marcada para esta segunda

Luisa Girãodo EGO, no Rio
Velório de Hugo Carvana (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)Pedro, filho de Hugo Carvana, coloca uma faixa do Fluminense no caixão  (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)
Velório de Hugo Carvana (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)Velório de Hugo Carvana acontece no Parque Lage, na Zona Sul do Rio (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)
Hugo Carvana em 2008 (Foto: TV Globo / Fabrício Mota)Carvana em 2008 (Foto: TV Globo / Fabrício Mota)
Familiares e amigos de Hugo Carvana participaram do velório do ator e diretor neste domingo, 5, no Parque Lage, Zona Sul do Rio. A família tentou que a cerimônia acontecesse no campo do Fluminense, time de coração do Hugo, mas acabou optando pelo parque. O corpo chegou ao local por volta de 8h15 e foi recebido por Pedro, filho do ator, que vestia uma camisa do time do pai. Pedro colocou uma faixa do tricolor sobre o caixão.
"A partida do meu pai é dolorosa, mas ao mesmo tempo é uma oportunidade de celebrar o que o Carvana deixou de legado. A mania de olhar a vida com humor, alegria e com a elegância de um vagabundo errante. Tem de tentar aproveitar para olhar um pouco a figura e trazer para os dias de hoje a alma de passarinho, a inocência e leveza que ele levava a vida", disse ele, fazendo referência a uma das maiores obras de seu pai, o filme "Vai trabalhar, vagabundo".
O corpo será cremado nesta segunda-feira, 6, em cerimônia fechada para a família no Memorial do Carmo, no Caju, Zona Portuária.
O ator  estava internado desde o dia 28 no hospital Pró-cardíaco. Segundo informações da "GloboNews", o ator teve há 12 anos câncer no pulmão e, há seis meses, o câncer voltou. No dia 28, ele foi internado com um quadro de insuficiência respiratória e infecção.
Seu último papel na TV foi na minissérie "O brado retumbante". Hugo ficou conhecido por interpretar Waldomiro Pena, nos anos 80, em "Plantão de polícia", da TV Globo. Dirigiu os filmes "Vai trabalhar, vagabundo", "O homem nu" e "A casa da mãe Joana".
Carreira
Hugo começou a carreira no teatro, onde encenou "O Auto da Compadecida", de Ariano Suassuna. Aos 18 anos, fez sua estreia nos cinemas em chanchadas. Em 1967, trabalhou ao lado de Gláuber Rocha no filme "Terra em transe" e depois repetiu a parceria nos filmes "Câncer" e "O dragão da maldade contra o santo guerreiro".

Durante a ditadura militar, começou a frequentar o Teatro Opinião, de resistência à ditadura, que o levou a militar diretamente na campanha das Diretas Já. Foi presidente da Fundação de Artes do Rio de Janeiro, a Funarj, durante o governo de Leonel Brizola.
Pedro, filho do Hugo Carvana (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)Pedro, filho do Hugo Carvana (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)
Velório de Hugo Carvana (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)Filho ajuda a levar o caixão  (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)
Velório de Hugo Carvana (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)Cartaz do filme Bar Esperança foi colocado no local do velório (Foto: Marcos Serra Lima/EGO)

Mais de 142 milhões de brasileiros vão às urnas eleger seus representantes neste domingo


Da Agência Brasil
Foto: Agência Brasil
Foto: Agência Brasil

Eleitores de todo o país e residentes no exterior vão às urnas hoje (5) para votar nos candidatos de sua preferência a deputados estaduais, distritais, federais, senadores, governadores e presidente da República. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), estão aptos a votar 142.822.046 eleitores, sendo 52,13%, mulheres e 47,78%, homens, uma diferença de 4% a mais de mulheres.
Esse eleitorado deverá comparecer a uma das 3.033 zonas eleitorais do o país e do exterior. Estarão disponíveis para serem usadas nesse pleito 534 mil urnas eletrônicas, entre as principais, as reservas e as receptoras de justificativa de voto. Estão escalados para trabalhar 3.033 juízes eleitorais e cerca de 22 mil servidores da Justiça Eleitoral. Os eleitores residentes no exterior só poderão votar para presidente.
Vivem fora do Brasil e estão aptos a votar 354 mil eleitores. Eles moram em uma das 135 cidades espalhadas por 89 países. O maior eleitorado está nos Estados Unidos, com 112,2 mil pessoas, seguido do Japão, com 30,6 mil, de Portugal, com 30,4 mil, da Itália, com 20,9 mil, e Alemanha, com 17,5 mil. Mesmo estando aptos a votar, os brasileiros que vivem em países onde há menos de 30 eleitores não irão às urnas.
Nas eleições de hoje, os brasileiros poderão votar nos cinco cargos em disputa: presidente da República, governador, senador, deputado federal, deputado estadual ou distrital. Serão eleitos neste domingo 27 senadores – um de cada estado e do Distrito Federal, 513 deputados federais, 1.035 estaduais e 24 distritais. Também serão eleitos os 27 governadores. Para alguns desses cargos, a decisão poderá sair hoje ou ficar para o segundo turno, no próximo dia 26, entre os dois mais votados.
A Presidência da República está sendo disputada por 11 candidatos. Os 27 cargos de governador dos estados ou do DF estão sendo disputados por 176 candidatos. Cento e oitenta e cinco disputam as 27 vagas do Senado, 7.140 concorrem a uma das 513 vagas de deputado federal, 17.010 disputam uma das 1.035 vagas de deputado estadual e 1.028 concorrem a uma das 24 cadeiras de deputado distrital. A ordem de votação é deputado estadual ou distrital, deputado federal, senador, governador e presidente da República.
A votação será das 8h às 17h, obedecendo o horário da localidade. O eleitor deverá comparecer à seção de votação com documento oficial com foto e com o título. A previsão do TSE é que, em média, o eleitor gaste 1 minuto e 14 segundos para votar nos cinco cargos em disputa.
Nestas eleições, mais de 21,6 milhões deverão votar pelo sistema biométrico (15,18% do eleitorado apto). O sistema será adotado em 764 municípios de todos os estados e do Distrito Federal. No entanto, em 762 desses municípios houve revisão eleitoral biométrica. Em Bento Gonçalves (RS) e Florianópolis (SC) não houve a revisão, mas parte do eleitorado já está identificada pelas impressões digitais. Com isso, a identificação dos eleitores nessas localidades será mista.
Para as eleições de hoje foram selecionados para trabalhar como mesários 2,4 milhões de brasileiros, entre homens e mulheres. Segundo o TSE, mais da metade desses mesários são voluntários, se ofereceram para trabalhar. Eles estarão atuando nos 5.570 municípios brasileiros e nas cidades de 89 países onde os brasileiros que se cadastraram poderão votar.

Prática proibida pela Justiça Eleitoral, santinhos tomam conta de locais de votação em Curitiba


Da Redação


Fotos: Bruno Henrique – Banda B
Apesar de proibida pela Justiça Eleitoral, Curitiba amanheceu tomada por santinhos políticos na manhã deste domingo (5), dia do primeiro turno das Eleições de 2014. A aposta dos candidatos, mesmo que infringindo a lei, é conquistar últimos os últimos votos de eleitores ainda indecisos para o pleito.
No maior colégio eleitoral de Curitiba, Colégio Estadual Senhorinha de Moraes Sarmento, várias pessoas optaram por votar cedo e assim que as urnas abriram, a movimentação já era intensa.
Próximo ao Colégio Estadual Júlia Wanderley, dois homens já recolhiam o lixo da rua. “Comecei agora pouco e o carrinho já está cheio. Trabalho há oito anos na Prefeitura de Curitiba, mas até que neste ano está mais tranquilo”, disse um trabalhador da limpeza na Rua Vicente Machado.
Os eleitores que ainda não sabem onde vão votar podem fazer a consulta no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou baixar o aplicativo que o órgão desenvolveu para smartphones. No site, qualquer um dos mais de 142 milhões de eleitores pode pesquisar a seção usando o próprio nome ou o número do título de eleitor.
O sistema de busca desenvolvido na página da internet ainda permite localizar os pontos para voto em trânsito e no exterior. Mais de 210 seções foram espalhadas nas capitais dos estados e nos municípios com mais de 200 mil eleitores para atender às pessoas que solicitaram o voto em trânsito.
.