Após 24 horas de procura, polícia encontra corpo de homem em estado de decomposição em COLOMBO


Por Elizangela Jubanski e Danaê Bubalo

parque-aquatico
Corpo pode ser de jovem desaparecido há 11 dias. Foto: DB/Banda B
A Polícia Militar (PM) estava a procura de um corpo na região do Parque Aquático, no bairro São Dimas, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, depois de receber informações de moradores. Após 24 horas, policiais encontraram o corpo de um homem, ainda sem identificação com cerca de 35 anos, dentro de uma chácara por volta das 20 horas desta quinta-feira (23).
O corpo foi encontrado na rua das Flores esquina com a rua das Carmélias, na região do Monte Castelo. Segundo a PM, a primeira informação sobre o corpo veio na quarta-feira, mas nada foi encontrado. Já no fim da tarde de ontem, novamente os policiais receberam a informação sobre o corpo e, então, em novo patrulhamento, o homem morto foi encontrado próximo a uma piscina do parque.
“Foi nos repassado que teria um corpo no local, mas uma equipe veio até aqui e não encontrou. No outro dia, então, outra equipe encontrou. Parece que pode ser de um homem que estava desaparecido há 11 dias”, contou o cabo Augusto, do 22º BPM.
O pai de um jovem que está desaparecido há 11 dias na região esteve no local, mas não conseguiu identificar o corpo. Embora em avançado estado de decomposição, o homem pode ter sido assassinado a pedradas. Exames complementares no Instituto Médico Legal (IML) vão identificar a causa morte. A Delegacia do Alto Maracanã investiga o caso.

Guardadores de carros são baleados e dono de bar tenta socorrê-los, em vão


Por Elizangela Jubanski e Antônio Nascimento

Dois amigos foram mortos a tiros na madrugada desta sexta-feira (24) no bairro Rio Verde em Colombo, na região metropolitana de Curitiba. André Aragão de Oliveira, 28 anos, e Sérgio Luiz de Oliveira, 31 anos, eram guardadores de carros e foram baleados em frente a um bar. Os atiradores não foram localizados.
O crime aconteceu por volta das 4 horas e há poucas informações sobre o motivo dos disparos. A Guarda Municipal (GM) afirmou que a dupla foi levada ao Pronto-Socorro Alto Maracanã pelo dono do bar. Logo após os disparos, ele colocou os dois feridos no carro para tentar socorrê-los. Um morreu no estacionamento, outro morreu logo após dar entrada no hospital.
“Testemunhas disseram que ele disse que queria limpar o nome dele, por isso que teria levado a dupla até o pronto-socorro”, disse o guarda Rodrigues. Teve tumulto, correria e várias pessoas entraram no bar para tentar fugir dos disparos.
Os corpos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML). A delegacia do município investiga o caso.
.

Moradores no Mercês se assustam com caso de assassinato e pedem mais segurança


Por Marina Sequinel e Bruno Henrique

Os moradores do bairro Mercês, em Curitiba, estão assustados com o assassinato de um homem de 40 anos na tarde desta quinta-feira (23). Adilson Farias dos Santos foi morto com nove tiros na Rua Marcelino Champagnat.
Segundo o empresário da região, Luiz Carlos Boscardim, faz tempo que quatro ou cinco homens rondam o local cometendo crimes, principalmente assaltos. “É difícil achar um comerciante daqui que não foi roubado. Nós estamos todos assustados. Eu, por exemplo, já levei um tiro na frente do posto de gasolina há 18 anos, e desde então, as coisas só pioraram”, disse ele em entrevista à Banda B.
De acordo com ele, a dona de uma banca foi assaltada oito vezes nos últimos meses. “A frente do Banco do Brasil já é ponto de crimes. Nós estamos refém”, explicou ele. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga o caso para localizar os suspeitos e descobrir o motivo do assassinato.
Em nota, a Polícia Militar (PM) informou que, no Mercês, situado nas proximidades do centro e de responsabilidade do 12º Batalhão da PM, recebe policiamento intenso por meio da radiopatrulha, da Rotam e e é foco de operações diversas. Diversas apreensões e prisões tem sido realizadas na região pela corporação. No entanto a PM, além do policiamento, se coloca à disposição da população por meio do 190. 

Jovem tenta fugir da PM e acaba preso com mais de mil pedras de crack em Curitiba


Por Felipe Ribeiro e Danaê Bubalo

rotamcrack2
Foto: Divulgação
Um jovem de 19 anos foi preso com mais de mil pedras de crack no final da tarde desta sexta-feira (24) na Rua Dias Gomes, na Cidade Industrial de Curitiba. Diogo de Faria, de 19 anos, estava na Vila Resistência e tentou fugir de bicicleta quando avistou uma viatura das Rondas Tático Motorizada (Rotam) da Polícia Militar que realizava patrulhamento de rotina.
De acordo com o soldado Viana, o preso estava com 1058 pedras de crack e afirmou que entregaria para uma mulher. “Fomos atrás desta suposta responsável, mas como ela não foi encontrada, o Diogo vai responder pelo tráfico”, disse.
O preso foi encaminhado ao 11° Distrito Policial e fica à disposição da justiça.
rotamcrack
.

Soldados da PM têm madrugada diferente e realizam parto no Parolin: “Inesquecível”


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha

Quatro soldados da Polícia Militar (PM) da Unidade Paraná Seguro (UPS) viveram um momento inesquecível no bairro Parolin, em Curitiba, na madrugada desta sexta-feira (24). O que era para ser um patrulhamento de rotina virou uma missão para realizar o parto de um menino, que ocorreu com sucesso com a colaboração do quarteto.
parto1
Registro de um dos momentos mais emocionantes na vida dos soldados e dos pais do bebê. (Foto: Evandro Zangiski/ Arquivo Pessoal)
Eles estavam nas ruas quando foram informados por populares que uma mulher havia entrado em trabalho de parto e que ela precisava de ajuda. “Quando nós chegamos lá, o menino já estava quase nascendo. Ligamos para um médico do Samu, que nos orientou durante todo o momento. Ele falava pelo telefone e nós fazíamos o que ele dizia. Graças a Deus, deu tudo certo. É estranho, porque nós estamos acostumados a lidar com situações ruins, mas dessa vez foi completamente diferente”, disse, emocionado, o soldado Guimarães, um dos participantes da ação, em entrevista àBanda B.
“Nós estávamos mais nervosos que a mãe e o pai do bebê. Mas, passado a euforia, veio a felicidade e a gratificação”, completou Kowalski, outro soldado da UPS. Assim que a criança nasceu, uma viatura do Samu chegou para prestar atendimento e terminar os procedimentos, como o corte do cordão umbilical. Em seguida, mãe e filho foram encaminhados para a Maternidade Vitor Ferreira do Amaral, no Água Verde.
“Foi Deus quem me deixou preparado para essa situação, só pode ter sido. Foi uma emoção muito grande, principalmente por se tratar de uma família carente. Logo depois, eu já liguei para a minha esposa dizendo ‘acabei de fazer um parto’. Eu jamais vou esquecer disso”, contou Zangiski, o terceiro soldado envolvido. Junto com ele, Kowalski, Guimarães e Costa definiram a última madrugada como uma das experiências mais importantes que já tiveram na vida.

Esquema de segurança para o 2° turno irá contar com mais de 2,6 mil policiais em Curitiba e RMC


Da Redação

A Polícia Militar divulgou na tarde desta sexta-feira (24) o esquema de segurança para o segundo turno das eleições no próximo domingo. De acordo com a corporação, o efetivo será de 1.432 em Curitiba e 1.254 na região metropolitana. A PM irá atuar em todos os colégios eleitorais do estado, totalizando 8.980 policiais.
Foto: Juliano Cunha - Banda B
Foto: Juliano Cunha – Banda B
De acordo com o secretário de Segurança Pública do Paraná, Leon Grupenmacher, com o esquema, eles esperam que o pleito ocorra na mais absoluta tranquilidade. “Não vamos admitir irregularidades como boca de urna e transporte irregular de eleitores”, disse.
Segundo o subcomandante-geral da PM, Péricles de Matos, o efetivo irá atuar de maneira integrada apoiando a justiça eleitoral nas questões pertinentes. “Para domingo, o efetivo será três vezes maior do que o em domingos comuns, principalmente nas grandes cidades. A PM e as polícias Civil e Federal estão trabalhando dedicadamente para que qualquer conduta que possa prejudicar as eleições seja cessada”, afirmou.
Nos grandes colégios, como Curitiba, Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Foz do Iguaçu, os detidos por crimes eleitorais serão encaminhados para os Fóruns locais, unidades da PM ou da Polícia Civil. Já nas pequenas, diretamente para as delegacias.
Lei Seca
Assim como no primeiro turno, a chamada “Lei Seca” foi determinada no segundo turno pela Secretaria Estadual de Segurança Pública do Paraná. De acordo com o decreto, das 6h às 18h será proibida a venda, compra e consumo de bebidas alcoólicas em qualquer estabelecimento comercial do Paraná.
De acordo com o secretário de Segurança Pública, Leon Grupenmacher, a medida é cautelar e tem como objetivo garantir a ordem e a tranquilidade pública durante o pleito eleitoral.
“Se alguém for flagrado dirigindo alcoolizado, perturbando a ordem ou apresentando estado de embriaguez, de modo que cause escândalo ou coloque em perigo a segurança própria ou a de outro, será preso”, garante o coronel Péricles.
A pena para quem descumprir a lei seca é de até dois meses de detenção e pagamento de 60 a 90 dias de multa.
.

Idosa morre e garupa de motocicleta fica ferida em grave acidente em Curitiba


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

Uma idosa de 65 anos morreu atropelada por uma motocicleta no começo da tarde desta sexta-feira (24) na Rodovia do Xisto, Cidade Industrial de Curitiba. Na motocicleta Honda Biz, um casal seguia sentido Araucária e a garupa foi encaminhada ao pronto-socorro em estado gravíssimo.
De acordo com o soldado Marlon, do Siate, a vítima fatal era moradora da região e atravessava a via quando acabou atingida. “Quando chegamos ao local, ela ainda apresentava sinais vitais, mas acabou morrendo a caminho do Hospital do Trabalhador”, disse.
Segundo o soldado, a garupa tem 35 anos e já passou por procedimento cirúrgico. Já o motociclista passa bem e não corre risco de perder a vida.
O corpo da idosa foi encaminhado ao Instituto Médico Legal.

Gleisi recebeu em um shopping a propina de 1 milhão em 4 parcelas


gleisi shopping
“Alberto Youssef confirmou aos investigadores o que disse o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa sobre o dinheiro desviado da estatal para a campanha da ex-ministra da Casa Civil Gleisi Hoffmann (PT-PR) ao Senado, em 2010. Segundo ele, o repasse dos recursos para a senadora petista, no valor de 1 milhão de reais, foi executado em quatro parcelas. As entregas de dinheiro foram feitas em um shopping center no centro de Curitiba. Intermediários enviados por ambos entregaram e receberam os pacotes. Em nota, a senadora disse que não recebeu nenhuma doação de campanha nem conhece Paulo Roberto Costa ou Alberto Youssef.”

TSE nega pedido do PT de tirar reportagem de ‘Veja’ do Facebook


capa - veja 23.10O ministro do TSE Admar Gonzaga negou nesta sexta-feira (24) um pedido apresentado por Dilma Rousseff (PT) para que fossem retirados do Facebook links e menções à reportagem da revista “Veja” desta semana. Em sua publicação, a revista diz que o doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato, num de seus depoimentos de delação premiada, alegou que Dilma e o ex-presidente Lula tinham conhecimento do esquema de corrupção na Petrobras.
Para o ministro, o pedido da coligação de Dilma não é cabível, uma vez que se baseou num dispositivo legal que só valerá para as eleições do ano que vem. Na peça, os advogados do PT dizem que “Veja” antecipou sua edição com o objetivo de “agredir” a imagem de Dilma e “afetar a lisura do processo eleitoral”.
Devido a isso, se valem de um dispositivo da minirreforma eleitoral, que permite a retirada de conteúdo de sites da internet e de redes sociais material ofensivo a candidatos. Em seu voto, Gonzaga destaca que a minirreforma, aprovada a menos de um ano das eleições, só valerá para o próximo pleito, por isso, não atendeu o pedido do PT e sequer analisou se o conteúdo era ou não ofensivo a Dilma.
A presidente Dilma Rousseff aproveitou o horário eleitoral gratuito desta sexta para responder aos ataques da revista. Em longo discurso, a candidata petista classificou de “terrorismo” o que a publicação faz.
“Não posso me calar frente a esse ato de terrorismo eleitoral articulado pela revista ‘Veja’ e seus parceiros ocultos. Uma atitude que envergonha a imprensa e agride a nossa tradição democrática. Sem apresentar nenhuma prova concreta e mais uma vez baseando-se em supostas declarações de pessoas do submundo do crime a revista tenta envolver diretamente a mim e ao presidente Lula nos episódios da Petrobras, que estão sob investigação da Justiça”, afirmou a presidente logo no início da fala.

João Arruda: ‘Requião achou que já estava eleito’


joao_arruda_1811doze
De André Gonçalves, Gazeta do Povo:
A “virada” na disputa interna pela candidatura própria do PMDB somada ao empate técnico com Beto Richa (PSDB) no Datafolha e outras pesquisas qualitativas favoráveis fizeram o senador Roberto Requião (PMDB) acreditar que era o favorito para vencer a eleição no Paraná. “Naquele momento [começo de agosto], Requião achou que estava eleito”, diz o deputado federal João Arruda (PMDB), sobrinho do senador.
De acordo com pesquisa Datafolha divulgada em 15 de agosto, Richa tinha 39% das intenções de voto contra 33% de Requião (a margem de erro era de três pontos porcentuais). Ao final da disputa, o tucano venceu no primeiro turno com 55% dos votos válidos, mais que o dobro dos 27% de Requião. No começo da campanha, o senador também teve uma “vitória moral” intrapartidária, ao evitar que o PMDB se coligasse com o PSDB e o lançasse como candidato.
Quarto mais votado para a Câmara no estado, Arruda diz que a falta de recursos e uma “campanha competente” de Richa foram fundamentais para evitar que a tendência de vitória se concretizasse. “Eles [PSDB] se impuseram fazendo campanha, usando aliados fortes, como o Ratinho Júnior. Também fizeram um programa de tevê muito eficiente”, declarou o deputado.

Moradora do DF recebe compra de site chinês com pedido de ajuda... HELP ME


Bilhete foi enviado junto com uma blusa e teria sido escrito por um suposto trabalhador submetido a condições análogas ao escravo

Publicação: 24/10/2014 12:45 Atualização: 24/10/2014 13:17

"Sou escravo, ajude-me". O pedido, em inglês, veio acompanhado de uma blusa que a moradora de Águas Claras Sandra Miranda, recebeu nessa quinta-feira (23/10). A encomenda foi feita em um site chinês, famoso por vender peças com valores bem abaixo do mercado brasileiro.

O pedido de ajuda veio junto com uma blusa comprada em um site chinês (Reprodução)
O pedido de ajuda veio junto com uma blusa comprada em um site chinês


Ao se deparar com o bilhete, Sandra tirou uma foto e enviou para a filha, Raíssa Reis, que mora em São Paulo. A jovem, imediatamente publicou a imagem no Facebook. "Meu coração se aperta e lágrimas descem ao ver que, do outro lado do mundo, neste exato momento, existe alguém sendo escravizado para confeccionar o produto que eu e você compramos. É um sentimento que não tem como descrever", desabafou a filha. Até o início da tarde desta sexta-feira, a publicação na rede social já tinha mais de 2 mil compartilhamentos.

 (Twitter/Reprodução)
Denúncias de trabalhos escravos em grandes empresas têm sido recorrentes, não só no Brasil, mas no mundo. No início deste ano, três consumidoras britânicas também se depararam com pedidos de socorro. As mensagens foram escritas nas etiquetas das roupas comercializadas por US$ 17 na rede Primark. Outra cliente irlandesa também encontrou a anotação em uma das peças adquiridas. A empresa alegou que investiga os casos.

A mão-de-obra barata é um dos motores para o crescimento da economia na China. Pesquisas realizadas por entidades de direitos humanos mostram que a exploração de mulheres para confeccionar produtos vem crescendo no país devido aos custos, que são muito menores que o de outros países. Imigrantes ilegais e o número de habitantes também incham a oferta de trabalho. 

Em 2008, uma nova lei foi promulgada e garantiu alguns (pequenos, mas significativos) avanços relativos aos direitos dos trabalhadores, como a obrigatoriedade de contrato, o direito de entrar com ações na Justiça contra as empresas (antes, esse procedimento era feito somente por meio do sindicato) e a proibição de demissão sem justa causa. 

Gigantes de indústrias automotiva, tecnológica e de vestuário que se instalaram no país por conta dos baixos custos viram as mudanças como algo negativo. Já as marcas que mantêm fábricas em outros países comemoraram a legislação, que poderá trazer um aumento na competitividade.

Datafolha: Aécio lidera em 3 regiões; Dilma, em 2


aécio dilma - popularidade regional
Apesar de as pesquisas Datafolha e Ibope de ontem divulgarem resultados praticamente iguais de acordo com a margem de erro, a estratificação das duas pesquisas apresentam diferenças gritantes. Principalmente no Sul, onde, para oIbope, Dilma subiu 14% e empatou tecnicamente com Aécio. Para o Datafolha, Aécio manteve a vantagem que teve no Sul no primeiro turno e tem 57% contra43% de Dilma na região.
Veja os números da disputa por região, de acordo com o Datafolha.
Norte
Dilma Rousseff (PT) 57%
Aécio Neves (PSDB) 43%
Nordeste
Dilma Rousseff (PT) 71%
Aécio Neves (PSDB) 29%
Centro-Oeste
Aécio Neves (PSDB) 56%
Dilma Rousseff (PT) 44%
Sudeste 
Aécio Neves (PSDB) 54%
Dilma Rousseff (PT) 46%
Sul
Aécio Neves (PSDB) 57%
Dilma Rousseff (PT) 43%.

Jovem que ia fazer teste no Detran-PR fica gravemente ferido após acidente em Curitiba


Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento


Um grave acidente entre uma motocicleta CG 125 cilindradas e um Peugeot 206, na manhã desta sexta-feira (24), em Curitiba, deixou dois jovens feridos. A condutora da motocicleta, Ana Claudia Massuti, de 19 anos, teve ferimentos, mas sem risco de morte, já o garupa, Magaiver Massuti, 26, ficou gravemente ferido e corre risco de morrer.
A colisão aconteceu na Av. Juscelino Kubitschek de Oliveira na Cidade Industrial de Curitiba (CIC). Segundo o apurado pela Banda B junto aos bombeiros, os jovens feridos são primos e seguiam para a BR-116, já que Magaiver iria fazer o teste para tirar Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na sede do Detran (Departamento de Trânsito), no bairro Tarumã. No outro sentido, vinha o carro, que bateu contra motocicleta ao fazer a conversão à esquerda, para acessar o Contorno Sul.
O soldado Nascimento, do Corpo de Bombeiros, falou sobre o estado de saúde das vítimas. “A motociclista está em um estado mais tranquilo, já o garupa infelizmente corre risco de morrer. Eles foram encaminhados ao Hospital do Trabalhador, a batida foi muito forte”, explicou.
O Boletim de Ocorrência (BO) do caso foi realizado pelo Batalhão de Polícia de Trânsito da Polícia Militar (Bptran)

Família de delegada assassinada escreve carta pedindo justiça


Marido confessou o crime. Tatiene Damaris foi encontrada morta em casa

24 de outubro de 2014 10:50:21 Atualizado em 24 de outubro de 2014 11:45:04li
Família de delegada assassinada escreve carta pedindo justiçaA delegada Tatiene Damaris (Crédito: Fábio Guimarães/Agência O Globo )
    • Ouça a reportagem de Elisângela Salaroli ÁUDIO

      Ouvir
      Duração: 00:05:0A família da delegada assassinada Tatiene Damaris, adjunta da Delegacia de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, escreveu uma carta mostrando indignação e pedindo justiça. A delegada foi assassinada pelo próprio marido e encontrada em casa, nesta quinta-feira (23). 
    "O casal vivia bem, ninguém suspeitava de nada", disse o primo da delegada, André Lima.
    Confira a nota escrita pela família, na íntegra:
    "A família encontra-se profundamente abalada com o fato. Principalmente por se tratar de uma cidadã que atuou com seriedade no âmbito da segurança pública, e por ser mãe, mulher responsável, atuante. A sociedade, a família clama por justiça diante de um crime bárbaro no seio do seu próprio lar. A lacuna criada é imensa no seio familiar. Neste momento nos fortalecemos com orações ao criador."
    • A família está abalada e clama por justiça (Crédito: Elisângela Salaroli / Rádio Globo)

    O caso
    A delegada-adjunta Tatiene Damaris foi encontrada morta na tarde desta quinta-feira (23), dentro de casa, em Realengo, na Zona Oeste do Rio. Ela estava lotada na 36ª Delegacia de Polícia, em Santa Cruz, na mesma região. De acordo com a polícia, o corpo possuia marcas de espancamento. O marido da delegada estava em casa no momento do crime e depois confessou o crime. Tatiene deixa dois filhos, sendo um deles de apenas um ano de idade.

    Neymar Jr declara apoio a Aécio Neves





    O jogador do Barcelona e da Seleção Brasileira Neymar declarou, ontem, o apoio à candidatura de Aécio Neves (PSDB). Em vídeo publicado no Youtube, Neymar afirmou que, neste momento político, não podemos ter votos nulos ou brancos. O jogador destacou a importância de cada voto, e disse que é hora de mudança, de“um país ainda melhor para nossos filhos”. No final do vídeo, Neymar anunciou: “Eu vou apoiar o candidato Aécio Neves, porque me identifico muito com a proposta que ele tem para o Brasil”.







    Aécio 54,6%,Dilma 45,4%, diz IstoÉ/Sensus


    Da IstoÉ:
    Pesquisa ISTOÉ/Sensus realizada a partir da terça-feira 21 reafirma a liderança de Aécio Neves (PSDB) sobre a petista Dilma Rousseff nos últimos dias da disputa pela sucessão presidencial. Segundo o levantamento que entrevistou 2 mil eleitores de 24 Estados, o tucano soma 54,6% dos votos válidos, contra 45,4%obtidos pela presidenta Dilma Rousseff.
    Uma diferença de 9,2 pontos percentuais, o que equivale a aproximadamente 12,8 milhões de votos. A pesquisa também constatou que a dois dias das eleições11,9% do eleitorado ainda não decidiu em quem votar. “Como no primeiro turno, deverá haver uma grande movimentação do eleitor no próprio dia da votação”, afirma Ricardo Guedes, diretor do Instituto Sensus. Se for considerado o número total de votos, a pesquisa indica que Aécio conta com o apoio de 48,1% do eleitorado e a candidata do PT 40%.
    PESQUISA ISTOÉ/Sensus
    Realização – Sensus
    Registro na Justiça Eleitoral – BR-01166/2014
    Entrevistas – 2.000, em cinco regiões, 24 estados e 136 municípios do País
    Metodologia – Cotas para sexo, idade, escolaridade, renda e urbano e rural
    Campo – De 21 a 24 de outubro
    Margem de erro – +/- 2,2%
    Confiança – 95%
    De acordo com Guedes, a pesquisa realizada em cinco regiões do País e em 136 municípios revela que o índice de rejeição à candidatura de Dilma Rousseff se mantém bastante elevado para quem disputa. 44,2% dos eleitores afirmaram que não votariam na presidenta de forma alguma. A rejeição contra o tucano Aécio Neves é de 33,7%. Segundo o diretor do Sensus, a taxa de rejeição pode indicar a capacidade de crescimento de cada um dos candidatos. Quanto maior a rejeição, menor a possibilidade de crescimento. Outro indicador apurado pela pesquisa Istoé/Sensus diz respeito á votação espontânea, quando nenhum nome é apresentado para o entrevistado. Nessa situação, Aécio também está à frente de Dilma, embora a petista esteja ocupando a Presidência da República desde janeiro de 2011. O tucano é citado espontaneamente por 47,8% dos eleitores e a petista por 39,4%. 0,2% citaram outros nomes e 12,8% disseram estar indecisos ou dispostos a votar em branco.
    Para conquistar os indecisos as duas campanhas apostam as últimas fichas nos principais colégios eleitorais do País: São Paulo, Minas e Rio de Janeiro. O objetivo do PSDB e ampliar a vantagem obtida em São Paulo no primeiro turno e procurar virar o jogo em Minas e no Rio. Em São Paulo, Aécio intensificou a campanha de rua, com a participação constante do governador reeleito, Geraldo Alckmin, e do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. De acordo com as pesquisas realizadas pelo comando da campanha de Aécio, em Minas o tucano já estaria na frente de Dilma e a vantagem veio aumentando dia a dia na última semana. Processo semelhante ocorreu em Pernambuco, depois de Aécio receber o apoio explícito da família de Eduardo Campos e do governador eleito, Paulo Câmara. Os mesmos levantamentos indicam que no Rio de Janeiro a candidatura do senador mineiro vem crescendo, mas ainda não ultrapassou a presidenta. Para reverter esse quadro, Aécio aposta no apoio de lideranças locais, basicamente de Romário, senador eleito pelo PSB, que deverá acompanhá-lo nos últimos atos de campanha. Para consolidar a liderança, Aécio tem usado os últimos programas no horário eleitoral gratuito para apresentar-se ao eleitor como o candidato da mudança contra o PT. Isso porque, as pesquisas internas mostram a maior parte do eleitor brasileiro se manifesta com o desejo de tirar o partido do governo.
    No comando petista, embora não haja um consenso sobre qual a melhor opção a ser colocada em prática nos dois últimos dias de campanha, a ordem inicial é a de continuar a apostar na estratégia de desconstrução do adversário. Nas duas últimas semanas, o que se constatou é que, ao invés de usar parlamentares eleitos para esse tipo de ação – como costumava fazer o partido em eleições passadas — os petistas escalaram suas principais lideranças para a missão, inclusive o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a própria candidata. Os petistas apostam no problema da falta d’água para tirar votos de Aécio em São Paulo e numa maior presença de Dilma em Minas para procurar se manter á frente do tucano no Estado.

    ‘Veja’: doleiro diz que Dilma e Lula sabiam de tudo


    lula e dilma
    Do Globo:
    Em depoimento à Polícia Federal e ao Ministério Público em Curitiba, segundo a revista “Veja”, o doleiro Alberto Youssef teria dito que a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva “sabiam de tudo” sobre o esquema de corrupção na Petrobras. Ainda conforme a revista, que antecipou, nesta quinta-feira à noite, trecho da reportagem a ser divulgada nesta sexta-feira na íntegra, a revelação teria sido feita por Youssef na última terça-feira.
    Perguntado sobre o nível de comprometimento de autoridades no esquema de corrupção na Petrobras, o doleiro teria afirmado:
    — O Planalto sabia de tudo!
    Perguntado pelo delegado que colhia o depoimento a quem ele se referia, Youssef teria respondido:
    — Lula e Dilma.
    O advogado de Youssef, Antonio Figueiredo Basto, confirmou que o doleiro prestou depoimento à Polícia Federal de Curitiba na última terça-feira, mas disse não ter conhecimento da informação citada pela revista.
    — Eu nunca ouvi nada que confirmasse isso (que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras). Não conheço esse depoimento, não conheço o teor dele. Estou surpreso — afirmou Basto.
    ADVOGADO ALERTA PARA “ESPECULAÇÃO”
    Ele disse que Youssef prestou muitos depoimentos no mesmo dia e que o doleiro estava acompanhado de advogados de sua equipe.
    — Conversei com todos da minha equipe e nenhum fala isso. Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo. É preciso ter cuidado porque está havendo muita especulação.
    Basto também disse que a defesa não possui cópia do que foi falado por Youssef à Polícia Federal.
    — Nós não temos como pegar em mãos e não ficamos com cópia de nada. Então, não nego nem confirmo se esse depoimento é verdadeiro, se essa informação foi dada ou não e se sim, em quais circunstâncias.
    O depoimento citado pela revista não tem relação com os que foram prestados à 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba, cujo teor já foi divulgado anteriormente.
    O doleiro está preso em Curitiba desde março e é acusado de ser um dos chefes do esquema que teria desviado cerca de R$ 10 bilhões desde 2006. Seria a primeira menção de Youssef ao nome de Dilma nas investigações. Ele já havia citado Lula em depoimento prestado à Justiça Federal no dia 8 deste mês. Na ocasião, Youssef disse que Lula teve que ceder aos políticos de partidos acusados de participar das fraudes na Petrobras e empossou Paulo Roberto Costa na diretoria de Abastecimento. Ele afirmou que “agentes políticos” ameaçaram trancar a pauta do Congresso.
    — Tenho conhecimento que, para que o Paulo Roberto Costa assumisse o posto, esses agentes trancaram a pauta no Congresso por 90 dias. Na época, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou louco e teve de ceder e empossar Paulo Costa na diretoria de Abastecimento — afirmou, de acordo com vídeo do depoimento disponibilizado pela Justiça Federal.
    O doleiro ainda disse que o PT, PMDB e PP estavam envolvidos num esquema de corrupção na Petrobras que consistia na cobrança de propinas de empreiteiras pelo tesoureiro petista João Vaccari e pelo peemedebista Fernando Soares. As obras da estatal eram escolhidas por um cartel de dez empresas, que superfaturavam os preços em algo em torno de 20%, dinheiro que era dividido para políticos e diretores da estatal.
    No trecho da reportagem divulgado ontem à noite, “Veja” faz um relato da chegada de Youssef na sala para o interrogatório. “A temporada na cadeia produziu mudanças profundas em Youssef. Encarcerado desde março, o doleiro está bem mais magro, tem o rosto pálido, o cabelo raspado e não cultiva mais a barba. O estado de espírito também é outro. Antes afeito às sombras e ao silêncio, Youssef mostra desassombro para denunciar, apontar e distribuir responsabilidades na camarilha que assaltou durante quase uma década os cofres da Petrobras”, descreve a reportagem.
    PEDIDO PARA ADIAR DEPOIMENTO À CPI
    Youssef vai pedir à CPI da Petrobras que remarque seu depoimento, previsto para a próxima quarta-feira, para depois que seu acordo de delação premiada for homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o que não tem data marcada para acontecer. O advogado de Youssef, Antônio Figueiredo Basto, disse que o doleiro permanecerá em silêncio se o depoimento for mesmo confirmado para semana que vem.
    — Meu cliente vai permanecer calado na quarta-feira. Por conta do acordo de delação premiada que ele fez com a Justiça, ele tem que permanecer em silêncio. Ele está disposto a falar à CPI, mas só depois da homologação do acordo com o STF. Por isso, é melhor que a CPI redesigne o depoimento para outra data. Até para evitar o deslocamento para Brasília, escolta e todos os gastos decorrentes da viagem — disse Basto.
    Basto aguarda que o juiz federal de Curitiba, Sérgio Moro, despache seu pedido de anulação do depoimento do testa de ferro Leonardo Meirelles, diretor presidente da Labogen, no qual ele diz que Youssef tinha negócios com o PSDB.
    Segundo o advogado, Youssef nega ter tido negócios com o PSDB e quer uma acareação com Meirelles para desmenti-lo. De acordo com o advogado, o juiz só deve despachar seu pedido na segunda-feira. Em depoimento de Meirelles ao juiz Moro, na última segunda-feira, o diretor do Labogen disse que Youssef fazia negócios com o PSDB e com o ex-presidente do partido Sérgio Guerra.
    Ao tomar conhecimento do depoimento de Meirelles, Youssef pediu que seu advogado desmentisse a informação oficialmente.

    Homem é assassinado dentro de Audi após futebol entre amigos em possível tocaia


    Por Luiz Henrique de Oliveira e Antônio Nascimento


    Um homem de 29 anos foi assassinado dentro de um Audi A3 na Rua Mandaguari, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, no fim da noite desta quinta-feira (24). Segundo a Polícia Militar (PM), Rodrigo Gimenes tinha jogado bola com amigos em uma cancha particular e participado de um churrasco, quando, ao sair do local, foi vítima de uma tocaia.
    De acordo com o soldado Neto, da PM, os autores do crime estavam em um veículo Polo. “Desceram dois homens que atiraram várias vezes, um pela lateral e outro pela frente. A vítima morreu com pelo menos 20 disparos de arma de fogo. Ainda não temos informações sobre o que pode ter motivado o crime”, descreveu à Banda B.
    Amiga da vítima presa
    Durante a apuração no local de morte, a PM suspeitou de um jovem em um Hyundai Veloster prata que passava por lá e várias vezes, sempre em alta velocidade. Guardas municipais foram chamados e fizeram abordagem ao motorista e a acompanhante, que preferiram fugir. Na Rua Jandaia do Sul, o motorista perdeu o controle e bateu contra um monte de areia. Ele conseguiu fugir, mas a carona não. A Guarda apurou que a jovem detida era amiga da vítima fatal.
    De acordo com a Guarda, o carro tinha sido roubado neste mês no bairro Batel e já estava com as placas clonadas. A carona foi encaminhada à Delegacia de Pinhais, para ser autuada por receptação.

    Plano de levar 800 kg de maconha a SP é descoberto pela PRF; dois são presos na RMC


    Por Luiz Henrique de Oliveira 
    (Fotos: Bruno Henrique – Banda B)

    Uma abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Praça de Pedágio de Porto Amazonas, na região metropolitana de Curitiba, resultou na apreensão de 800 kg de maconha dentro de um Honda Civic com alerta de roubo, no fim da madrugada desta sexta-feira (24). Além disso,dois homens foram presos em um Fox, usado como carro batedor, na BR-277. O destino da droga seria o estado de São Paulo.
    Segundo o policial rodoviária Gamiero, uma investigação, aliada a uma denúncia, resultou na apreensão de hoje. “Fizemos a abordagem primeiro no carro batedor, onde descobrimos até um rádio comunicador ligado direto ao outro veículo (veja na galeria de fotos). Conseguimos prender os dois suspeitos e apreender a maconha que estava distribuída dentro do Honda, mas infelizmente o motorista fugiu a tempo”, descreveu.
    Gamiero também explicou que o Honda Civic tinha alerta de roubo de Cascavel, já o Fox, com placas de Itu (SP),era quente. “É um carro sem alerta, porque abre a passagem e passa primeiro pela blitze, informando o motorista do outro veículo”, explicou.
    A droga teria como parada final o estado de São Paulo, de acordo com o PRF. Suspeitos e entorpecente foram encaminhados à sede da Polícia Federal (PF), no bairro Santa Cândida, em Curitiba.