Anvisa suspende lotes de medicamento para tratar aumento de cálcio no sangue


Da Agência Brasil

A Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (21) no Diário Oficial da União suspende a distribuição, a comercialização e o uso dos Lotes 33336101 (val.: 1º/7/2015) e 33181101 (val.: 1º/4/2015) do medicamento gliconato de cálcio 10% solução injetável 4, fabricado por Isofarma Industrial Farmacêutica Ltda.
De acordo com o texto, o laudo do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde indicou resultado insatisfatório no ensaio de esterilidade, em razão da detecção da presença do microorganismo Bacillus circulans.
A Anvisa determinou ainda que a empresa promova o recolhimento do estoque existente no mercado.
Na última segunda-feira (17), a agência já havia suspendido outro lote do mesmo medicamento depois que algumas unidades apresentaram material estranho com flocos escuros e partículas de coloração branca na composição.

Dupla tranca funcionários em banheiro e foge com dinheiro e carro de empresa da RMC


Por Felipe Ribeiro e Antônio Nascimento

Dois homens armados assaltaram uma empresa de polímeros de São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, durante o final da tarde desta sexta-feira (21). De acordo com a Polícia Militar, a dupla trancou os funcionários no banheiro da empresa, fez a limpa no caixa e fugiu com um veículo Fiorino com a logomarca da empresa.
O caso aconteceu na Rua Irati e neste momento a Polícia Militar já realiza buscas para tentar encontrar os bandidos.
A Delegacia de São José dos Pinhais investiga o caso.
Santa Felicidade
No bairro Santa Felicidade, em Curitiba, três bandidos armados assaltaram um posto de gasolina. De acordo com testemunhas, os assaltantes chegaram em um veículos Fox, renderam os funcionários e fizeram a limpa no caixa durante a tarde desta sexta.
A Delegacia de Furtos e Roubos investiga o caso.

Justiça penhora parte de salário do deputado paranaense que alegou pobreza


Alfredo Kaefer, segundo deputado federal mais rico do Brasil, perdeu 30% de seu salário como parlamentar. Respondendo a dezenas de processos judiciais, em um deles ele se declarou pobre para não pagar custas
22/11/2014 | 09:34 | 
Reeleito para seu terceiro mandado consecutivo na Câmara Federal, o deputado Alfredo Kaefer(PSDB) vai perder 30% do seu salário como parlamentar. É que uma decisão do juiz Pedro Ivo Lins Moreira, da 1ª Vara Cível de Cascavel, no Oeste, determinou que o percentual seja descontado para pagamento de um dívida movida pelo Landesbank Baden-Württemberg, um instituição bancária germânica. A dívida é de R$ 733,9 mil e faz parte de um dos processos contra a Diplomata Agroindustrial, empresa do parlamentar que está em fase de recuperação judicial com dívidas superior a R$ 400 milhões.
Na decisão, que ainda é passiva de recurso judicial, o magistrado determinou que o Departamento Pessoal da Câmara dos Deputados em Brasília seja oficiado para promover os descontos na folha de pagamento de Kaefer. Os valores deverão ser depositados em conta judicial vinculada aos autos.
Gustavo Lima/Ag. Câmara
Gustavo Lima/Ag. Câmara / Alfredo Kaefer, deputado federal (PSDB-PR, foto)Ampliar imagem
Alfredo Kaefer, deputado federal (PSDB-PR, foto)

A semana que termina foi repleta de problemas judiciais para o parlamentar. Em outra ação que tramita na 4ª Vara Cível de Cascavel, a juízaGabrielle Britto de Oliveira determinou a penhora das quotas sociais da empresa RCK Comunicações Ltda, que pertence ao deputado. A decisão é para pagamento de um título cobrado judicialmente no valor de R$ 60,4 mil. A RCK é responsável pela publicação de dois jornais diários locais – O Paraná e Hoje. 

Sem condições
A mesma juíza no início da semana negou um pedido do deputado que para evitar o pagamento de custas judiciais em outro processo solicitou à Justiça o benefício de assistência jurídica gratuita. Kaefer alegou que atualmente sua única remuneração atual é o salário de parlamentar e que o pagamento das custas processuais, no valor de R$ 910,00, “importaria em um desiquilíbrio financeiro que atingiria a manutenção das necessidades da família”. A declaração de pobreza do parlamentar não convenceu a juíza. “Seria, no mínimo, total falta de bom senso acreditar nisso”, escreveu em seu despacho ao negar o pedido de Kaefer.
Curiosamente na última campanha eleitoral, quando foi eleito pela terceira vez consecutiva para ocupar uma das cadeiras da Câmara dos Deputados, Kaefer declarou à Justiça Eleitoral ter um patrimônio de R$ 108 milhões. Pela declaração, ele é o segundo deputado mais rico do país, ficando atrás apenas do alagoano João Lyra, (PSD), que declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) patrimônio. De R$ 246 milhões.
A reportagem não conseguiu contato com o deputado Alfredo Kaefer para comentar as ações judiciais.

Rogério Ceni confirma que tem filho fruto de relação extraconjugal


Em nota, goleiro fala sobre o caso e cita o amor por Henrique, de dois anos

Por São Paulo
Rogério Ceni treino São Paulo (Foto: Site Oficial / saopaulofc.net)Rogério Ceni confirmou que tem mais um filho (Foto: Site Oficial / saopaulofc.net)
O goleiro do São Paulo, Rogério Ceni, confirmou, por meio de uma nota oficial, que tem um filho fruto de uma relação extraconjugal: Henrique, de apenas dois anos. A informação foi divulgada neste sábado pela colunista Sonia Racy, do jornal O Estado de São Paulo.

No comunicado, o capitão do Tricolor fala sobre a sensação de ser pai mais uma vez e pede a compreensão do público em geral. Ele deve entrar em campo com o garoto em algum dos próximos jogos.
Henrique é o terceiro filho do jogador. Ele também é pai das gêmeas Clara e Beatriz, de 10 anos, frutos do casamento com Sandra, a esposa de Ceni.

Confira a nota divulgada pelo goleiro:


"Há cerca de dois anos tive a terceira grande felicidade de minha vida, nascia Henrique, meu terceiro filho.

Desde o momento em que soube que seria Pai, até o ultimo dia de minha vida, dei e darei a ele todo carinho e acima de tudo o amor que todo Pai orgulhoso tem pelos seus filhos, o mesmo amor que sinto e dedico as minhas princesas Beatriz e Clara.

O que pode soar como surpresa para quase todos é uma realidade para mim e para as pessoas próximas envolvidas.

E é por todas elas e, em especial as crianças, que gostaria de pedir a compreensão e a sensibilidade de todos nesse momento.

Rogério Ceni"

Grave acidente mata duas pessoas e deixa carro destruído no litoral


Colisão ocorreu no Km 351 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega.
Automóvel tentou ultrapassar outro carro em uma curva da via.

Do G1 Santos

Carro ficou totalmente destruído após acidente em Peruíbe, SP (Foto: Vasni Anunciada/Arquivo Pessoal)Carro ficou totalmente destruído após acidente em Peruíbe, SP (Foto: Vasni Anunciada/Arquivo Pessoal)
Um grave acidente matou duas pessoas e deixou outras duas feridas na tarde deste sábado (22) em Peruíbe, no litoral de São Paulo. A colisão entre dois carros e um caminhão ocorreu no Km 351 da Rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura do bairro Caraguava, no sentido Curitiba (PR).
Segundo a Polícia Rodoviária, o automóvel onde estavam as duas vítimas fatais tentou ultrapassar outro carro em uma curva e acabou se chocando de frente contra uma carreta, ficando totalmente destruído. O caminhão foi parar em um barranco ao lado do acostamento e o veículo que seria ultrapassado caiu em um canal paralelo à rodovia.
O motorista da carreta não se feriu. Dos três ocupantes do automóvel que caiu no canal, dois tiveram ferimentos leves. Todos foram levados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Pronto Socorro Municipal para atendimento, por conta das escoriações e do susto. Apesar da gravidade do acidente, a pista não precisou ser interditada.
Dois carros e um caminhão se envolveram em grave acidente em Peruíbe (Foto: Orion Pires/G1)Dois carros e um caminhão se envolveram em grave acidente em Peruíbe (Foto: Orion Pires/G1)
Duas pessoas morreram após carro bater de frente com caminhão (Foto: Orion Pires/G1)Duas pessoas morreram após carro bater de frente com caminhão (Foto: Orion Pires/G1)
Motorista de carreta envolvida em acidente não se feriu (Foto: Vasni Anunciada/Arquivo Pessoal)Motorista de carreta envolvida em acidente não se feriu (Foto: Vasni Anunciada/Arquivo Pessoal)
Caminhão envolvido no acidente foi parar em um barranco (Foto: Orion Pires/G1)Caminhão envolvido no acidente foi parar em um barranco (Foto: Orion Pires/G1)
Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas em Peruíbe, SP (Foto: Vasni Anunciada/Arquivo Pessoal)Duas pessoas morreram e outras duas ficaram feridas em Peruíbe (Foto: Vasni Anunciada/Arquivo Pessoal
)

Casa do cineasta Zelito Viana, no Rio, é assaltada pela 2ª vez em 4 meses


Zelito e a mulher foram feitos reféns por cinco homens armados.
Cineasta é irmão do falecido comediante Chico Anysio.

Do G1 Rio
Pela segunda vez em quatro meses a casa do cineasta Zelito Viana foi invadida por assaltantes no Bairro Cosme Velho, Zona Sul do Rio. Cinco homens armados fizeram ele, a mulher, a produtora Vera de Paula, e duas amigas reféns e fugiram depois de recolher objetos de valor na noite desta sexta-feira (21).

Zelito e a mulher jantavam acompanhados por duas amigas quando os criminosos invadiram o imóvel. Segundo o cineasta, os assaltantes foram muito violentos e agrediram a todos.
“Dessa vez foi ruim . Dessa vez eles vieram cinco, bem armados com pistola pesada e com muita violência. Eu apanhei muito”, contou Zelito.

Os criminosos reviraram todos os cômodos da casa. “Eles estavam atrás de um cofre que eu não tenho”, disse Zelito. Foram roubados aparelhos de TV, telefones celulares, câmeras fotográficas e filmadoras, roupas e garrafas de bebida.

De acordo com o 2º BMP (Botafogo), o grupo teria fugido por uma mata vizinha ao imóvel, localizado na Rua Senador Pedro Velho. Policiais foram mobilizados para fazer buscas pelos assaltantes, mas nenhum deles foi localizado.
Dentre o prejuízo, Zelito disse que a maior perda foi de um notebook, no qual estava armazenado um livro que ele escrevia. “Vai ver que não era para eu escrever esse livro”, lamentou.

Zelito destacou ainda que os criminosos fizeram tortura psicológica com ele. Ameaçaram a todos de morte e chegaram a sugerir que havia assassinado Vera. Eles a tiraram de perto do marido e um dos homens falou que ela estava morta. “Veio para mim e disse que ‘o senhor já está solteiro’, como se ela já estivesse morta, ‘e o corpo dela a gente vai jogar não sei onde’. Fizeram todo tipo de violência verbal”, relatou.

Em julho, Zelito e Vera chegaram a ter mãos e pés amarrados e foram amordaçados durante um assalto à residência deles. O casal ficou preso em um dos quartos do imóvel por mais de uma hora. À época, Zelito contou que era a quarta vez que tinha a casa invadida por criminosos.

Zelito Viana, é cineasta e irmão do falecido comediante Chico Anysio e da atriz e comediante Lupe Gigliotti. Ele é tio da atriz e diretora Cininha de Paula, do roteirista e ator Bruno Mazzeo e do ator Marcos Palmeira.

Sérgio Moro quebra sigilo de empresas de Youssef


SÈrgio Fernando Moro
A Justiça Federal do Paraná determinou a quebra do sigilo bancário das empresas GFD Investimentos, Empreiteira Rigidez e RCI Software no período de 1º de janeiro a 14 de novembro de 2014. As três são empresas de fachada usadas pelo doleiro Alberto Youssef para repassar propinas a agentes políticos. A decisão, do juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal, estende o período de apuração da Operação Lava-Jato para 2014. Até agora, só vinham sendo apurados fatos e movimentações financeiras ocorridos entre 2009 e 2013.
O pedido feito pelo Ministério Público Federal (MPF) abrange a campanha eleitoral deste ano. A Polícia Federal e o MPF suspeitam que as propinas obtidas no superfaturamento de obras da Petrobras tenham sido doadas a partidos políticos ou diretamente a campanhas eleitorais. Dessa forma, a doação estaria sendo usada como forma de lavagem de dinheiro desviado da estatal, uma vez que a propina entraria legalmente no caixa dos partidos e dos políticos.
DOAÇÕES A PP E PMDB
A Lei dos Partidos permite que empresas doem dinheiro mesmo em ano eleitoral e não há limite de valores. Proíbe apenas doações de entidades ou governos estrangeiros, autoridades e órgãos públicos, autarquias, empresas públicas ou concessionárias de serviços públicos, sociedades de economia mista e fundações mantidas por órgãos ou entidades governamentais, além de entidades de classe ou sindical. O dinheiro pode ser usado em mais de uma eleição e os critérios de distribuição são definidos pelos próprios partidos. Na prática, as autoridades querem descobrir se a Lei dos Partidos foi burlada e se o dinheiro desviado da Petrobras irrigou partidos e campanhas.
Documentos apreendidos na Operação Lava-Jato indicam que Youssef teria intermediado doações para diretórios e deputados do PP e do PMDB na eleição de 2010. Num dos e-mails interceptados pela PF, o doleiro tratou de doações com representantes da Queiroz Galvão e da Jaraguá Equipamentos. Segundo requerimento da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras, os valores citados corresponderam aos declarados à Justiça Eleitoral. “O PP nacional apareceu em uma conversa entre Youssef e Morais (Othon Zanoide de Morais Filho, da Queiroz Galvão) no dia 17 de agosto de 2010 como destinatário de uma doação de R$ 500 mil que deveria ser registrada em nome da Vital Engenharia, uma das empresa do grupo Queiroz Galvão. O mesmo diretório apareceu também em outra troca de e-mails entre os dois como beneficiário de R$ 2,04 milhões”, diz o documento da CPMI. O TSE registra doações de R$ 500 mil da Queiroz Galvão e de R$ 2,24 milhões da Vital Engenharia ao PP em 2010.
EMPRESA ENTROU EM LIQUIDAÇÃO
A Jaraguá Equipamentos fechou contratos de R$ 2,215 milhões com a Petrobras entre 2009 e 2014 e um de R$ 508 milhões em consórcio com a Engesa, com 11 aditivos. Após a Lava-Jato, a empresa entrou em recuperação judicial. Seu dono, Álvaro Garcia, um torneiro mecânico que começou com uma empresa de 10 funcionários em Osasco, afirma estar em depressão. O executivo Paulo Dalmazzo, que dirigia a Jaraguá, afirmou à Justiça que repassou R$ 1,9 milhão à MO Consultoria, empresa usada pelo doleiro, para intermediar contratos com a Petrobras. Entre 2010 e 2012, a Jaraguá Equipamentos depositou R$ 4,5 milhões na conta do PT.
O advogado Adriano Bretas, que defende Youssef, disse ontem que as delações premiadas terminam na próxima semana. De acordo com o advogado, Youssef só deve voltar a falar na próxima semana. Nas alegações da ação que Youssef responde por remessas ilegais por meio da Labogen, a defesa afirma que a investigação alcança quatro deputados federais: André Vargas (ex-líder do PT), Cândido Vaccarezza (PT-SP), Vicente Cândido (PT-SP) e Luiz Argolo (SD-BA).
Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/brasil/juiz-quebra-sigilo-de-empresas-de-youssef-ate-este-mes-14631268#ixzz3Jntr8bHJ
© 1996 – 2014. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.

Ministro do Supremo suspende decisão que autorizou Dirceu a viajar


Foto: André Coelho – O Globo
zé dirceu - andre coelho
Do Globo:
O ministro do Supremo Tribunal Federal, Luís Roberto Barroso, suspendeu neste sábado a decisão do juiz Nelson Ferreira Junior, da Vara de Execuções Penais e Medidas Alternativas do Distrito Federal, que autorizou o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu a passar duas semanas em São Paulo. Barroso, que é relator do processo que julgou Dirceu no caso do mensalão, argumentou que não houve qualquer comunicação formal a ele da decisão tomada pelo juiz e pediu informações, com a máxima urgência, dos fundamentos da decisão. Dirceu cumpre pena em prisão domiciliar em Brasília.
No despacho, Barroso diz que a decisão deverá ficar suspensa até que receba esclarecimentos. Ele ainda destacou que a autorização de viagem foi dada mesmo com o parecer desfavorável do Ministério Público (MP).
Conforme o GLOBO revelou na sexta-feira, o juiz Nelson Ferreira Junior atendeu a pedido de Dirceu e autorizou que ele viajasse entre São Paulo e Vinhedo, no interior do estado, onde tem residência em um condomínio. A autorização foi dada para viagem entre os dias 18 de novembro e 2 de dezembro. No pedido à Justiça, Dirceu argumentou que precisa viajar para cuidar de seu escritório. O ex-ministro aproveitou também para pedir para passar o Natal em Passa Quatro, no sul de Minas, onde vivem sua mãe e irmãos. O MP se pronunciou contra as duas viagens, mas juiz autorizou a ida a São Paulo e disse ser ainda cedo para decidir sobre viagem no período natalino.
Na sexta-feira, a defesa do ex-ministro foi procurada pelo GLOBO, mas não confirmou se Dirceu já havia viajado para São Paulo. Segundo a assessoria do STF, se ele estiver no estado, deverá retornar a Brasília assim que for intimado oficialmente, caso contrário estará descumprindo as regras do regime domiciliar, sob pena de perder o benefício.
Dirceu foi condenado a sete anos e onze meses, por corrupção ativa, no processo do mensalão. O ex-ministro foi preso no dia 15 de novembro do ano passado, mas conseguiu no dia 28 de outubro o direito de cumprir a pena em regime domiciliar, em Brasília.

Adolescente se fratura e reacende polêmica de uso do banco como rampa de skate no Batel


Por Felipe Ribeiro e Danaê Bubalo

rampabatel
Foto: Danaê Bubalo – Banda B
Um skatista de 16 anos sofreu uma fratura no pé no começo da tarde deste sábado (22) no cruzamento das ruas Bispo Dom José e São Thomaz de Aquino, no bairro Batel, em Curitiba, e reacendeu a polêmica envolvendo o uso dos bancos localizados na polêmica calçada de granito. Em 2013, um vídeo circulou nas redes sociais provocou uma intensa discussão, já que a lei não proíbe o uso.
De acordo com testemunhas, o uso do local por skatistas é diário, principalmente pelo fato de ser plano e proporcionar uma facilidade para as manobras. A única infração passível de punição no local é uma possível quebra, que pode ser apontada como vandalismo.
Na polêmica de 2013, muitos questionaram a forma com que a Guarda Municipal abordou os jovens, já que poderia ser abusiva.
Na situação deste sábado, o adolescente foi encaminhado ao Hospital Cajuru com uma torção no tornozelo.

Jovem de 18 anos é flagrado com fuzil e diz que foi ameaçado por membro da Gangue da Dinamite


Por Felipe Ribeiro e Danaê Bubalo

Um jovem de 18 anos foi levado à delegacia no começo da tarde deste sábado (22) após uma denúncia apontar que ele estaria escondendo um fuzil dentro de casa, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba. Segundo ele, o amigo de um suspeito preso teria o ameaçado para guardar a arma em casa.
IMG-20141122-WA0009
Foto: Divulgação Polícia Militar
De acordo com a polícia, o jovem estava com a namorada em frente de casa quando foi abordado. Prontamente ele confessou que estava com a arma escondida atrás da geladeira e garantiu que estava sendo ameaçado por um dos membros presos da Gangue da Dinamite para guardar o fuzil. A quadrilha em questão foi desarticulada recentemente pela Polícia Civil acusada de organizar ataques a caixas eletrônicos sob o comando até mesmo de policiais militares.
O jovem não possuí passagens pela polícia e trabalha com carteira assinada, o que, a princípio, leva a delegacia a crer que esteja falando a verdade.
Ele deve ser levado ao Centro de Operações Especiais (Cope) para maiores esclarecimentos.
.

Mega-Sena sorteia R$ 135 mi neste sábado; veja os dez maiores prêmios

Este é o maior prêmio da história pago em concursos regulares.

Com esse dinheiro, ganhador pode comprar 900 carros de luxo.

Do G1, em São Paulo

  •  
Mega-sena aposta casa lotérica sorteio loteria (Foto: Paola Fajonni/G1)Mega-Sena pode pagar R$ 135 milhões neste
sábado (Foto: Paola Fajonni/G1)
O sorteio do concurso 1.655 da Mega-Sena, que será realizado neste sábado (22), pode pagar R$ 135 milhões para a aposta que acertar as seis dezenas - este é o maior prêmio da história dos concursos regulares. O sorteio será realizado em Macatuba (SP), a partir das 20h (horário de Brasília).
De acordo com a Caixa Econômica Federal (CEF), com este valor, o ganhador poderá comprar 38 imóveis de R$ 3,5 milhão cada, ou ainda uma frota de 900 carros de luxo. Se quiser investir, aplicando o prêmio de R$ 135 milhões na poupança, poderá se aposentar com uma renda de de R$ 820 mil por mês, o equivalente a R$ 27 mil por dia.
Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas 6 dezenas, com preço de R$ 2,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa. Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 12.512,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.
Maiores prêmios da história
O maior prêmio pago por um concurso regular da Mega-Sena, até então, foi o do concurso 1.220, sorteado em 06/10/2010, que pagou mais de R$ 119 milhões a um apostador de Fontoura Xavier (RS). Já o maior prêmio, considerando os concursos especiais, foi o do concurso 1455 da Mega da Virada, sorteado em 31/12/2012, que pagou R$ 244.784.099,16 e foi rateado para três ganhadores. Confira abaixo a tabela com os 10 maiores prêmios registrados pela Caixa.
Dez maiores prêmios da história da Mega-Sena
Valor total do prêmio         Data do sorteio e número do concurso        Número de ganhadores       
R$ 244.784.099,1631/12/2012 - 1455 (Mega da Virada)3
R$ 224.677.860,0831/12/2013 - 1560 (Mega da Virada)4
R$ 194.395.200,0431/12/2010 - 1245 (Mega da Virada)4
R$ 177.617.487,6031/12/2011 - 1350 (Mega da Virada)5
R$ 144.901.494,9231/12/2009 - 1140 (Mega da Virada)2
R$ 119.142.144,2706/10/2010 - 12201
R$ 111.503.902,4919/02/2014 - 15751
R$ 92.522.954,2304/09/2010 - 12117
R$ 80.499.108,1606/11/2013 - 15451
R$ 73.451.540,2625/06/2011 - 12951
Fonte: Caixa Econômica Federal
Para apostar
A Caixa Econômica Federal faz os sorteios da Mega-Sena duas vezes por semana, às quartas-feiras e aos sábados. As apostas podem ser feitas até as 19h do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 2,50
.

Transexual receberá indenização por ser obrigada a usar o banheiro masculino em empresa do Paraná


Da Redação com TRT

O Tribunal Regional do Trabalho do Paraná (TRT-PR) determinou que a Kraft Foods do Brasil indenize uma trabalhadora transexual em R$ 5 mil por obrigá-la a usar o banheiro masculino. De acordo com decisão da Primeira Turma do TRT divulgada nesta sexta-feira (21), embora nascida com características masculinas e possuir nome de batismo masculino, ela se autoidentificava como sendo do gênero feminino. A condenação foi motivada pelo fato de a empresa determinar, após algum tempo, que ela usasse o vestiário dos homens.
A ajudante geral foi contratada por tempo determinado em 2011 e, na época, requereu junto à empresa o uso do vestiário feminino, o que a princípio lhe foi deferido. Em sua defesa, a empresa alegou que a posterior determinação para que a trabalhadora usasse o banheiro masculino foi em virtude de “reclamações das empregadas femininas”, já que ela teria aparência física de homem.
De acordo com o desembargador Edmilson Antonio de Lima, a conduta de empresa foi discriminatória, ofendendo o que dispõe o inciso IV do artigo 3º da Constituição da República. “A autora se vê como mulher e assim espera ser tratada pela sociedade. As travestis, transexuais, ou seja, as transgênero de modo geral devem ser encaradas como mulheres na utilização do banheiro e em qualquer ocasião de suas vidas sociais, em respeito ao princípio da dignidade humana, sem nenhuma discriminação”, disse.
O direito de o transexual ser tratado socialmente de forma condizente com sua identidade sexual é tema com repercussão geral reconhecida pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A matéria é tratada em recurso extraordinário de relatoria do ministro Luís Roberto Barroso, no qual se discute indenização por danos morais exigida por um transexual que teria sido constrangido por funcionário de um de shopping center em Florianópolis (SC) ao tentar utilizar banheiro feminino. A manifestação do ministro Luís Roberto Barroso no sentido de reconhecer repercussão geral da matéria foi seguida, por maioria, em deliberação no Plenário Virtual da Corte.
.

Briga de casal termina com jovem esfaqueado e mulher arrependida em Curitiba


Por Felipe Ribeiro e Bruno Henrique

Uma briga de casal terminou com um homem de 22 anos esfaqueado e uma mulher presa no começo da madrugada deste sábado (22) na Vila Verde, Cidade Industrial de Curitiba.
De acordo com a Polícia Militar, a mulher se irritou com alguma das atitudes do marido e usou uma faca de cozinha para golpeá-lo. O jovem foi atingido próximo ao coração e corre risco de morte no Hospital do Trabalhador.
No local, a mulher demonstrava arrependimento e chorava com ele no colo. Ela foi presa pela Guarda Municipal e encaminhada ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac) Sul.
.

Bandidos explodem caixas eletrônicos na frente de prefeitura da RMC; ataques na semana chegam a 6


Por Felipe Ribeiro e Bruno Henrique

Pelo menos seis bandidos fortemente armados explodiram dois caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal durante a madrugada deste sábado (21) em Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba.
De acordo com a polícia, os assaltantes chegaram até o local em um Vectra e um veículo que aparentava ser um furgão. A agência foi completamente destruída e o Vectra foi abandonado nas proximidades.
Esta é a sexta ação na semana, que começou com dois ataques na segunda-feira, em Balsa Nova e Araucária. Na terça, quarta e sexta-feira supermercados de Curitiba foram os alvos.
O Comando de Operações Especiais investiga os casos.