Preso quatro vezes pelo mesmo crime em 2014, homem volta para casa após decisão judicial


Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

Ele saiu da delegacia por volta das 16h25 (Foto: Juliano Cunha - Banda B)
Ele saiu da delegacia por volta das 16h25 (Foto: Juliano Cunha – Banda B)
Preso quatro vezes em flagrante apenas no ano de 2014 por envolvimento com furtos de carros, Adir Santos Mobele, de 30 anos, foi solto na tarde desta sexta-feira (12) após uma decisão da 11ª Vara Criminal.
Mobele havia sido preso na última segunda-feira (8), no bairro Pinheirinho. De acordo com a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), desta vez ele estava utilizando um barracão a venda em um leilão sem o consentimento do dono para desmanche de carros.
Na situação, o preso estava utilizando um barracão a venda em um leilão sem o consentimento do dono para desmanche de carros. “Não é a polícia quem não está trabalhando, acredito que o judiciário quem não fez a sua parte. Quatro vezes pelo mesmo crime tem alguma coisa errada”, disse o superintende Emir Silveira.
alvarasolturadfrv
Notícia Relacionada:

Assassino da Baixada disse à polícia que tinha uma lista de pessoas para matar


Sailson confessou ter matado 43 pessoas na Baixada
Sailson confessou ter matado 43 pessoas na Baixada Foto: Guilherme Pinto / Extra
Bernardo Costa e Rafael Soares

Com a mesma naturalidade com que afirma ter matado 43 pessoas nos últimos nove anos, Sailson José das Graças admitiu que seus próximos alvos já estavam marcados para morrer. A agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense, o homem, preso na madrugada da última quarta-feira, contou que sua companheira, Cleusa Balbina, escrevia os nomes das pessoas que queria que Sailson matasse numa lista. Os nomes que encabeçam o pedaço de papel eram os de Raimundo Basílio da Silva, Fátima Miranda, Paulo Vasconcellos e Francisco Carlos Chagas - mortos nos últimos dois meses.
- A Cleusa exercia uma influência muito forte sobre ele. Todas as pessoas com quem tinha qualquer tipo de problema, ela pedia a Sailson para “resolver”. No depoimento, ele disse que essa lista existia, mas não a achamos quando fizemos a busca na casa em que eles viviam - afirmou o delegado Marcelo Machado, responsável pelo caso.
Cleusa e Sailson não levavam uma vida a dois tradicional. Sob o mesmo teto do casal, uma pequena casa em Corumbá, Nova Iguaçu, morava também um ex-marido dela, José Messias - preso com os dois por participação nos crimes. E, em troca de cama, comida e roupa lavada, Sailson afirmou à polícia que tinha que matar as pessoas com quem Cleusa e José Messias tinham “problemas”.
Cleuza Balbina de Paula, presa suspeita de ter sido a mandante de 4 mortes atribuidas a Sailson
Cleuza Balbina de Paula, presa suspeita de ter sido a mandante de 4 mortes atribuidas a Sailson Foto: Guilherme Pinto / Extra
Em 23 de outubro, Cleusa teria cismado que Francisco Carlos Chagas, com quem também se relacionava, teria roubado seu celular. Horas depois, o homem foi encontrado morto a facadas. Duas semanas depois, a mulher não perdoou Paulo Vasconcellos, que não teria devolvido R$ 40 reais que Cleusa havia emprestado. Paulo teve o mesmo fim que Francisco. Sailson confessou os dois crimes. Para a polícia, nesses casos, Cleusa foi a mandante e mentora intelectual das mortes.
No caso de Raimundo Basílio da Silva, morto em 30 de novembro, Cleusa pode ter tido uma participação maior no crime: de acordo com o relato de Sailson a agentes da DHBF, a mulher chegou a empurrar o homem, de 60 anos, em direção ao facão que seu companheiro segurava.
Por mais violento que fosse o crime, o trio não se preocupava em ser discreto. Quando Sailson, Cleusa e José Messias foram presos, estavam num bar em Corumbá, onde anunciavam para quem quisesse ouvir que haviam acabado de matar Fátima Miranda. A conversa foi interrompida depois que agentes da DHBF anunciaram a prisão em flagrante.sequência de mortes
Sailson disse que tinha lista de pessoas para matar
Sailson disse que tinha lista de pessoas para matar Foto: Cléber Júnior / Agência O Globo
Supostas vítimas vão à delegacia

Apesar de Cleusa e Sailson não estarem mais na sede da DHBF, a especializada passou a ser procurada por mulheres que afirmam ser vítimas de Sailson. No fim da tarde, uma mulher de 22 anos, foi ao local para denunciar o homem por estupro e tentativa de homicídio. Ela contou que no dia 29 de outubro ele invadiu sua casa, em Belford Roxo, e a violentou na frente do filho de 2 anos. Mostrando marcas nos ombros, nos peitos e no pescoço, a mulher disse ainda que implorou a Sailson que não fizesse mal à criança e nem a ela, mas mesmo assim, segundo a denunciante, o criminoso foi até a cozinha, pegou uma faca e a golpeou.
- A criança chorava muito e eu implorava pela vida. Ele chegou a pegar o pescoço do meu filho, mas eu implorei para que o deixasse em paz. Minha casa ficava numa rua bastante movimentada. Ele foi embora nu depois que eu gritei por socorro durante as facadas Ele foi embora, me deixando muito ferida. Ele disse que fez aquilo porque queria — contou a vítima, que registrou o caso na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Belford Roxo. Ontem, ela não fez o reconhecimento do criminoso.
Mais cedo, a mãe de outra mulher que havia sido vítima de um homicídio em Belford Roxo, procurou a especializada para dizer que Sailson havia assassinado sua filha. Após buscas no sistema da polícia, agentes explicaram que o assassino da filha da mulher já havia sido identificado e ainda mostraram a foto do homem á mulher, que confirmou que era engano.
Cleusa foi encaminhada para o sistema prisional. Já Sailson vai passar o fim de semana na Polinter, no Jacarezinho, onde vai continuar a ser ouvido pelo delegado Marcelo Machado. Após o fim dos depoimentos, ele será encaminhado a um presídio.


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/assassino-da-baixada-disse-policia-que-tinha-uma-lista-de-pessoas-para-matar-14825068.html#ixzz3LoqWhU3V

Homem morre após ziguezaguear na pista da PR-323 e bater de frente


Segundo o Corpo de Bombeiros, vítima estava voltando de pescaria.
Ocupantes do carro foram encaminhados a hospitais em estado grave.

Do G1 PR
Carro ficou totalmente destruído após a batida. (Foto: André Almenara)Carro ficou totalmente destruído após a batida. (Foto: André Almenara/Arquivo pessoal)
Um homem de 63 anos morreu no começo da tarde deste sábado (13) em um acidente na rodovia PR-323, entre Paiçandu e Água Boa, no norte do Paraná. Segundo o Corpo de Bombeiros, ele saiu de uma pescaria e estava ziguezagueando na pista antes de bater de frente contra outro carro, com placas de Engenheiro Beltrão.

A rodovia chegou a ser interditada nos dois sentidos, mas, no começo da tarde, já estava liberada, de acordo com a PRE. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico-Legal (IML) de Maringá.
Os dois ocupantes do outro veículo ficaram gravemente feridos e foram levados para o Hospital Metropolitano, em Sarandi, e para o Hospital Universitário, em Maringá. Os bombeiros precisaram quebrar o carro em que eles estavam para conseguir retirá-los das ferragens.
Bombeiros precisaram quebrar carro para retirar vítimas das ferragens. (Foto: André Almenara)Bombeiros precisaram quebrar carro para retirar vítimas das ferragens. (Foto: André Almenara/Arquivo pessoal)Populares se aglomeraram para ver o resgate dos feridos. (Foto: André Almenara)Populares se aglomeraram para ver o resgate dos feridos. (Foto: André Almenara/Arquivo pessoal)

Motorista causa acidente ao furar sinal, deixa casal ferido e foge com a chave do carro


Por Marina Sequinel e Danaê Bubalo
(Fotos: Danaê Bubalo – Banda B)
Um casal em uma motocicleta ficou ferido após se envolver em um acidente com um veículo Gol na Cidade Industrial de Curitiba na noite desta sexta-feira (13). O caso aconteceu no cruzamento da Rua João Bettega com a Professor Algacyr Munhoz Mader.
Segundo testemunhas, o motorista do carro, que seguia na pista sentido Centro, furou o sinal vermelho na João Bettega e a moto atingiu a lateral do veículo. O piloto e a garupa sofreram ferimentos leves.
Após o acidente, o motorista do Gol fugiu do local. “Ele se preocupou em fechar o carro e levar a chave do veículo, mas não com a vida das vítimas. Felizmente, nada de mais grave aconteceu com elas”, disse o tenente Beckert, do Corpo de Bombeiros, à Banda B.
O casal foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador e o automóvel foi guinchado. A Polícia segue à procura do causador da ocorrência.
.

STF nega liberdade a 11 presos na Operação Lava Jato


Da Agência Brasil

ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki negou pedido de liberdade a11 investigados na Operação Lava Jato. A defesa dos presos alegou que eles deveriam ter o mesmo tratamento dado pela Justiça Federal ao ex-diretor da Petrobras Renato Duque, que teve a prisão preventiva revogada. Mas o ministro considerou que as situações são diferentes e optou por mantê-los presos.
zavascki
Teori Zavascki negou pedido de liberdade a 11 investigados. (Foto: EBC)
Ontem (12), o juiz federal Sérgio Moro aceitou a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) no Paraná contra nove acusados de envolvimento no esquema de formação de cartel e pagamento de propina investigado na operação. Na quinta-feira (11), o MPF denunciou 36 pessoas pelos crimes de formação de quadrilha, corrupção e lavagem de dinheiro. Destas, 22 eram ligadas às empreiteiras envolvidas no esquema.
Moro aceitou denúncia contra os seguintes acusados de participação no esquema: Alberto Youssef, Paulo Roberto Costa, Waldomiro de Oliveira, Carlos Alberto Pereira da Costa, Enivaldo Quadrado, Gerson de Mello Almada, Carlos Eduardo Strauch Albero, Newton Prado Júnior e Luiz Roberto Pereira.
Ao oferecer a denúncia, o MPF informou que deve pedir na Justiça o ressarcimento aos cofres públicos de R$ 971.551.352,28 de todas as empresas denunciadas. O valor representa cerca de 3% do que o MPF considera que foi desviado dos contratos com a Petrobras.

Condenado por crime no Morro do Boi é libertado pela Justiça


Da Redação

O condenado no caso do Morro do BoiJuarez Ferreira Pinto, foi libertado pela Justiça do Paraná para cumprir o resto da pena em casa na noite desta sexta-feira (12). A alegação é de que Juarez está com a saúde debilitada, já que é portador do vírus da Aids. A informação foi confirmada à Banda B pelo advogado dele, Cláudio Dalledone Junior, na manhã de hoje (13).
Juarez-Ferreira-Pinto
(Foto: Divulgação)
Juarez cumpria a pena de 65 anos e cinco meses de prisão na Casa de Custódia de Curitiba. Com a decisão, ele foi transferido para a prisão domiciliar.  Ele foi condenado por latrocínio e atentado violento ao pudor.
O crime aconteceu no dia 31 de janeiro de 2009, quando o casal Osíris Del Corso e Monik Pegorari de Lima resolveram fazer a trilha do Morro do Boi, em Matinhos, no Litoral do Paraná. Na ocasião, eles abordaram um homem para pedir informações.
Após ajudar o casal, o criminoso tentou violentar Monik e, ao defendê-la, Del Corso foi morto com um tiro. O homem ainda disparou duas vezes contra a jovem, que ficou paraplégica.
A Justiça determinou que a autoria do crime foi de Juarez. Depois do julgamento, ele foi condenado a 65 anos e cinco meses de prisão. Antes dele, outro homem chegou a ser preso pelo crime.

Casal é preso acusado de torturar filho de quatro meses em Rio Branco do Sul


Da Redação

Um casal foi preso acusado de torturar o próprio filho de apenas quatro meses em Rio Branco do Sul, na região metropolitana de Curitiba, na manhã desta sexta-feira (12). Segundo as investigações, o pai Jorge Costa, de 22 anos, foi apontado como o agressor, enquanto a mãe, Suellen Ribeiro Lourenço, 18, foi detida por conivência com o crime.
A denúncia indicou que o acusado agredia o bebê com cortes, banhos de água fria e sufocamentos. O bebê apresentava sinais de machucados e mordidas no rosto, além de cicatrizes. A mãe declarou aos policiais que não levou o caso às autoridades porque o companheiro a ameaçava de morte.
Ela contou ainda que o filho era amamentado apenas com água e açúcar. Ele foi internado com sinais de desnutrição no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba.
A prisão do casal foi resultado de um trabalho conjunto das Polícias Militar e Civil com o Conselho Tutelar da cidade.

E-mails internos de ex-gerente da Petrobras implodem estatal


graca_foster
Oposição quer demissão da presidenta Graça Foster após denúncia que atinge cúpula
Rodolfo Borges, El País
O escândalo de corrupção na Petrobras ganhou mais um capítulo decisivo nesta sexta-feira. A geóloga Venina Velosa da Fonseca, funcionária de carreira da maior estatal brasileira desde 1990, perdeu seu emprego na tentativa de avisar a atual diretoria da empresa sobre os ilícitos investigados pela Operação Lava Jato, revelou reportagem do jornal Valor Econômico.
Rica em detalhes, a matéria dá conta de que Venina informou, desde 2008 até este ano, vários diretores da empresa, entre eles a atual presidenta da companhia, Graça Foster, e seu antecessor, José Sérgio Gabrielli, sobre suspeitas de malfeitos na diretoria de Abastecimento, então dirigida por Paulo Roberto Costa, preso na operação da Polícia Federal.
E o que ganhou a funcionária por tentar proteger a empresa que até outro dia era motivo de orgulho para seus funcionários? Antes de ser afastada, no mês passado, após auditorias internas na estatal, a ex-gerente da Petrobras foi enviada para o escritório da petroleira em Cingapura, em 2010, onde teria sido instruída a não trabalhar e aconselhada a fazer um curso de especialização.
Meses depois, Venina enviou uma mensagem para Graça Foster dizendo que “do imenso orgulho que eu tinha pela minha empresa passei a sentir vergonha”.

1ª Feira de adoção e conscientização animal acontecerá neste domingo em Colombo


WEBMASTER 12 DE DEZEMBRO DE 2014

Ação vai contar com uma Cãominhada que ocorrerá na trilha do Parque da Uva

1ª Feira de adoção e conscientização animal acontecerá neste domingoNeste domingo, dia 14, das 10 às 16h, acontece no Parque da Uva a “1ª Feira de Adoção e Conscientização de Aumigos de Colombo”. A ação tem o objetivo de sensibilizar a população para guarda responsável de animais domésticos, como também incentivar a adoção de cães de rua.
A Prefeitura Municipal por meio da Secretaria de Meio Ambiente vem procurando dar auxílio no sentido de apoiar ações como esta e promover o debate deste assunto junto às escolas da rede pública de ensino, através dos Programas de Educação Ambiental, cujo tema abordado é a Guarda Responsável de Animais.
Este evento é uma iniciativa de um grupo de protetores independentes que retiram animais abandonados das ruas, cães e gatos, que na maioria das vezes estão em péssimo estado de saúde e higiene, recolhendo-os em seus lares e com suas próprias condições disponibilizam o tratamento e a cirurgia de castração, para que na sequência possam ser destinados para adoção.
Nesta feira, terão aproximadamente 30 cães, filhotes e adultos, que foram recolhidos das ruas do município e estão em lar temporário sob a responsabilidade das protetoras. “Todos os animais serão doados castrados, vacinados e saudáveis, prontos para encontrar um lar definitivo”, informa a engenheira ambiental da Prefeitura, Daniele Gasparin.
Para adotar será necessário ser maior de 18 anos, apresentar RG, comprovante de residência e assinar o Termo de Adoção. A ação, além da adoção de animais, também contará com atividades paralelas como venda de produtos para PET e uma Cãominhada que ocorrerá no período da tarde pela trilha do Parque.
Vale lembrar que neste dia não serão recolhidos animais e também não serão aceitamos doações de animais.
Serviço:
“1ª Feira de Adoção e Conscientização de Aumigos de Colombo”
Data: 14/12 (domingo) – Horário: das 10 às 16h
Local: Parque Municipal da Uva
Endereço: Rua Marechal Floriano Peixoto, 8771 – Centro
Contato: 41-3656.4849
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo

Colombenses aproveitam os serviços do Justiça no Bairro


WEBMASTER 9 DE DEZEMBRO DE 2014

Atendimentos diversos estavam à disposição dos moradores na Regional Maracanã

A coordenadora do Programa Justiça no Bairro, a desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná, Joeci Machado Camargo realizou audiências durante todo o dia do evento no município
A coordenadora do Programa Justiça no Bairro, a desembargadora do Tribunal de Justiça do Paraná, Joeci Machado Camargo realizou audiências durante todo o dia do evento no município
A audiência consensual de divórcio entre Vanderli Silveira Borges e Ivaldo Antonio Borges foi uma das centenas realizadas neste sábado (06) de cidadania proporcionado pelo Programa Justiça no Bairro, uma iniciativa parceira da Prefeitura Municipal com o Poder Judiciário e o Sistema Fecomércio/Sesc/Senac-PR.
“Já estávamos vivendo separados há três anos e precisávamos resolver as nossas vidas e cada um seguir o seu caminho. E agora ficou tudo acertado e estamos saindo daqui contentes por ter sido tão rápida a audiência e sem precisar gastar, o que foi o melhor de tudo”, comentaram Vanderli e Ivaldo Borges que estavam acompanhados da filha.
Além deste modelo de audiência, a Regional Maracanã abrigou das 9 às 17h, outras audiências de conciliação na área de família como guarda, reconhecimento de paternidade e maternidade, alimentos e retificação de registro civil e ainda a realização de exames de DNA. Outros serviços também estavam disponíveis com os Cartórios de Registro Civil, Copel, DNALab, FAE, Hospital Erasto Gaertner, Instituto de Identificação do Paraná e Sanepar.
“Como sempre o resultado foi extremamente proveitoso em face da realização de perícias de interdição, as coletas para as perícias de DNA, que permitiram o impulsionamento dos autos, trazendo satisfação a população que ansiosa esperava a resposta, permitindo o sucesso do evento”, enfatizou a Desembargadora Joeci Machado, coordenadora do projeto. Ao todo foram realizados 2450 atendimentos dos quais 950 processos (entre audiências e confecção da carteira de identidade).
Serviços
Público presente na Regional Maracanã durante todo o dia lotou todas as dependências que promoviam atividades e proporcionavam serviços jurídicos, de saúde, entre outros
Público presente na Regional Maracanã durante todo o dia lotou todas as dependências que promoviam atividades e proporcionavam serviços jurídicos, de saúde, entre outros
A população também pode fazer a emissão da 1ª via do documento de Identidade e do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF). A saúde também atuou com aferição de pressão arterial e glicemia, orientações sobre DST’s, câncer de mama e dengue. Além de uma campanha de prevenção e detecção do câncer bucal.
Aqueles que estavam em busca de uma oportunidade no mercado de trabalho puderam verificar vagas de emprego através da Agência do Trabalhador. Teve ainda um espaço para orientações sobre linhas de créditos disponíveis com representantes do Banco do Empreendedor, legislações ambientais, apresentação de atividades desenvolvidas pela fiscalização ambiental, atualização e cadastro do Bolsa Família (CadÚnico) e atendimento com técnicas da assistência social.
Para a secretária da Ação Social e Trabalho, Maria da Silva Souza, esta ação que oferece os mais variados serviços, agiliza a vida das pessoas. “Atender estas demandas que estavam reprimidas, principalmente na área da família, são de extrema importância, portanto esta parceria entre estes realizadores traz muitos benefícios à população”, destacou.
Para completar as atividades e serviços do dia, os pequenos puderam participar de oficinas de pintura, contação de histórias e desenhos. Já o domingo, 07, foi de oficializar a união de 800 casais de Curitiba e região metropolitana por meio do casamento coletivo do Programa Justiça no Bairro, na Arena da Baixada. Deste total, 71 eram de Colombo.
DSC_0016 DSC_0009 DSC_0020 DSC_0030 DSC_0039 DSC_0043 DSC_0054 DSC_0064
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Marcio Fausto/PMC

Mais de 46 mil peixes são entregues a produtores de Colombo


WEBMASTER 12 DE DEZEMBRO DE 2014

Alevinos foram para açudes de 27 agricultores para diversificar a propriedade, a alimentação e fomentar o lazer

A coordenadora do Programa, Daniele Cordeiro explicou aos produtores a forma correta de largar os pequenos peixes nos açudes
A coordenadora do Programa, Daniele Cordeiro explicou aos produtores a forma correta de largar os pequenos peixes nos açudes
Na manhã desta sexta-feira, 12, no Parque Municipal da Uva, produtores rurais de Colombo retiraram os alevinos subsidiados pela Prefeitura Municipal através do Projeto Vida na Água. Ao todo foram entregues 46.950 pequenos peixes para 27 produtores.
O produtor de verduras e hortaliças, Celso Nodari, adquiriu mais de cinco mil alevinos para soltar em diversos tanques da família. “Desde que a prefeitura começou com este programa, sempre participei e nunca mais precisei comprar peixe. Além de comer, a pescaria é uma diversão”, comentou seu Celso.
De acordo com o secretário da Agricultura e Abastecimento, Marcio Toniolo, responsável pela iniciativa, o programa tem por objetivo diversificar as fontes de renda dos pequenos produtores rurais do município, incentivar o aumento da produção de peixes para o consumo familiar e a venda.
“A realização deste projeto apoia os nossos produtores em diversificar a sua propriedade, incentiva o consumo de peixe favorecendo a saúde e a qualidade de vida do nosso agricultor e também estimula o lazer”, explicou o secretário da Agricultura e Abastecimento.
A coordenadora do Programa e engenheira agrônoma da secretaria, Daniele Cordeiro, informou que neste ano foram subsidiados alevinos mais resistentes as perdas. “Disponibilizamos alevinos do Tipo 2, maiores e com sobrevida maior, antes, com o do Tipo 1 aconteciam muitas perdas”, esclareceu.
A engenheira Daniele, no ato da entrega, também expos aos produtores a forma correta de largar os pequenos peixes nos açudes. “Primeiro é necessário estabilizar a temperatura, soltando os sacos ainda fechados na beira do tanque por alguns minutos”, detalhou.
A coordenadora continua a explicação. “Depois abre um pequeno buraco no pacote para a água entrar aos poucos e não ocorrer o choque térmico e por fim todos são liberados com bastante cuidado e assim evita-se a morte prematura destes alevinos”, completou.
Projeto Vida na Água
O Projeto Vida na Água consiste na distribuição de alevinos com a participação dos produtores rurais do município de forma subsidiada pela Secretaria Municipal da Agricultura e Abastecimento-SEMAA, ou seja, 50% por parte dos beneficiários e 50% por parte da Prefeitura.
Neste ano foram comprados alevinos de várias espécies, como Carpa, Tilápia, Bagre Africaco, Jundiá, Cat Fish, Pacu, Piauçu e Lambari.
Mais informações sobre o trabalho da prefeitura em:
FACEBOOK: facebook.com/pmdecolombo
Foto: Cathiane Simões Kaminski/PMC

Criança de dois anos esquecida em transporte escolar morre de insolação


Da Redação com Portal Terra

Gabriel de Oliveira, de dois anos, foi encontrado morto dentro de um carro de transporte escolar irregular na zona norte do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (12). A polícia suspeita que a condutora, identificada como Cláudia Vidal da Silva, esqueceu o menino dormindo no veículo. As informações são da Globonews.
gabriel
(Foto: Reprodução)
Ela buscou o menino em casa para levá-lo até uma creche, mas ele dormiu e ficou trancado das 10h às 12h. O garoto foi encontrado já desacordado e chegou morto ao hospital. A pediatra afirmou que ele sofreu “insolação extrema”.
Em sua defesa, a condutora contou que teve um mal súbito, encostou o carro e acabou desmaiando. Quando retomou a consciência, cerca de 1h30 depois, a criança já estava sem vida.

Polícia prende traficante em bairro nobre de Curitiba após adolescente confessar que era ‘funcionário’ dele


Por Marina Sequinel e Danaê Bubalo
traficante-cabral
(Foto: Danaê Bubalo – Banda B)

Um traficante foi preso em casa com 10 quilos de maconha, no bairro Cabral, em Curitiba, na noite desta sexta-feira (13). Policiais das Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) chegaram até Adriano Beatriz, de 30 anos, após denúncias anônimas de que um adolescente repassava certa quantia da droga em frente ao Shopping Mueller, na região Central.
A Polícia Militar (PM) abordou o menor, de 16 anos de idade, e com ele foram encontrados 180 gramas de maconha. Ele disse, então, que revendia o entorpecente para o traficante. Na residência de Adriano, a PM apreendeu 10 quilos da droga, comprimidos de ecstasy e também uma pistola.
“Ele organizava festas raves e revendia os produtos nos locais dos eventos”, explicou o sargento Pelosi à Banda B. O menor foi encaminhado à Delegacia do Adolescente e Adriano levado ao Centro Integrado de Atendimento ao Cidadão (Ciac-Sul), onde deve permanecer à disposição da justiça.
No Cajuru
Por volta das 21h desta sexta-feira, uma equipe da Rotam avistou um homem saindo de uma casa em atitude suspeita na Travessa Lins, no bairro Cajuru. Ao avistar os policiais, ele correu para o terreno e fugiu pelo telhado das residências vizinhas.
trafico-cajuru
(Foto: Danaê Bubalo – Banda B)
A equipe da PM foi atrás e conseguiu alcançar o indivíduo. Cleiton Pereira dos Santos, de 29 anos, foi abordado e, com ele, havia uma pequena quantidade de drogas. Questionado, o rapaz levou os policiais até a sua casa, onde estavam escondidos 69 buchas de cocaína, 25 buchas de maconha, 154 pedras de crack, uma balança de precisão, 5 munições de revólver e pistola, além de R$ 90 em notas trocas e uma arma de fabricação caseira.
De acordo com a Sargento Márcia, da PM, Cleiton já esteve preso por furto, tráfico e posse de arma. O homem foi preso em flagrante e encaminhado ao Ciac-Sul.

Jovem briga com a família durante surto e, horas depois, é encontrado morto em ribanceira em Colombo


Por Marina Sequinel e Danaê Bubalo

Um jovem de 23 anos morreu depois de ter um surto e discutir com os familiares em Colombo, na região metropolitana de Curitiba, na noite desta sexta-feira (12). O caso aconteceu na chácara da família, localizada na Rua Padre Domingos Marine, no bairro Itajucuru.
Segundo os parentes, o rapaz era usuário de drogas e teria brigado devido ao vício. Ele estava sob o efeito de entorpecentes quando, após a briga, saiu correndo para um matagal dentro do terreno. Cerca de duas horas depois, desconfiados da demora, os familiares foram atrás do jovem e o encontraram caído em uma ribanceira.
Uma equipe do Siate, do Corpo de Bombeiros, e a Polícia Militar foram acionadas para atender a situação. Ao chegarem no local, o rapaz já estava em óbito. Os familiares não souberam informar se ele morreu por causa da queda ou de uma possível overdose.
O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba, para a realização de exames que comprovem a causa da morte. A polícia segue na investigação do caso.

Garupa de moto fica gravemente ferido em acidente e piloto foge sem prestar socorro


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha
moto-acidente-131214-bandabdentro
Garupa da moto estava sem capacete no momento da colisão. (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Um homem de aproximadamente 30 anos, ainda não identificado, ficou gravemente ferido em um acidente na Rua João Bettega, na Cidade Industrial de Curitiba, na manhã deste sábado (13). Ele estava na garupa de uma motocicleta CG quando o piloto sofreu uma queda.
“O que nós conseguimos apurar é que o condutor se perdeu em uma curva e acabou atingindo um poste. Como a vítima estava sem capacete, sofreu traumatismo craniano”, explicou o soldado Elias, socorrista do Siate, em entrevista à Banda B.
Segundo testemunhas, o piloto fugiu e voltou, posteriormente, com companheiros para tentar colocar a motocicleta em um Fiat Uno. A manobra não deu certo e ele saiu do local, sem prestar atendimento à vítima.
O homem da garupa foi encaminhado em estado gravíssimo para o Hospital do Trabalhador.
.

Homem morto com pedradas na cabeça é encontrado com calças abaixadas em rodovia


Por Marina Sequinel e Juliano Cunha
assassinato-colombo
(Foto: Juliano Cunha – Banda B)

Um homem de 34 anos foi encontrado morto no km 6 da Rodovia da Uva na manhã deste sábado (13). O caso aconteceu no bairro Santa Tereza, em Colombo, na região metropolitana de Curitiba (RMC).
Romildo Aparecido dos Santos apresentava ferimentos causados por pedradas na cabeça. O corpo estava com as calças abaixadas e com a genitália para fora. “É até um detalhe estranho, porque não há sinais de que ele tenha sido arrastado”, explicou o soldado Pereira, da Polícia Militar (PM), à Banda B.
A vítima morava em Quatro Barras, também na RMC, e trabalhava em uma marmoraria em Colombo. Segundo um caminhoneiro, funcionário de uma empresa localizada na frente do local do crime, o corpo foi encontrado por volta das 5h30. “Ele foi ajudar um colega a trocar o pneu às 5h e não viu nada. Quando retornou, meia hora depois, avistou Romildo”, completou o soldado.
O corpo foi recolhido ao Instituto Médico Legal e a Delegacia de Colombo investiga o caso.
.