FALTA DE MEDICAMENTOS NO RIO DE JANEIRO PODE LEVAR PACIENTES RENAIS A ÓBITO



Descaso  da Secretária Estadual do Rio de Janeiro pode levar muitos pacientes renais crônicos transplantados a perca da função renal ou à óbito. Ocorre que  a mais de dois meses está faltando azatioprina e micofenolato, medicamentos imunossupressores importantes para impedir a rejeição do órgão transplantado.


VEJA VÍDEO